O que esperar do Vitória 2016


ECV 2016

A começar pelo primeiro semestre onde o rubro negro terá pouco mais de 16 jogos, isso contando que ao contrario de 2015 o time não decepcione e chegue à final do estadual e também dos jogos da Copa do Brasil, já que por incompetência não disputará a Copa do Nordeste é a justificativa para as poucas contratações da diretoria até o momento, posso até dar um credito a isso, mas claro que as perdas de Escudero e Rhayner não serão digeridas sem uma grande contratação e sem os resultados necessários.

Ganhar o campeonato baiano virou obrigação para o Vitória em 2016, pois além de recuperar a hegemonia e apagar os vexames de 2015, o time é o único representante do certame que faz parte da elite do futebol brasileiro, e que de certo a competição também servirá de preparação para série A, onde teremos grandes adversários e apesar de que haverá contratações, já precisamos ter uma base solida pra chegar forte no nacional.

O Elenco

As renovações de Mattis, Diego e Amaral até agora é o ápice do time de Mancini, o retorno do velocista William Henrique e do questionado Arthur Maia também dão um certo volume ao time, Nickson e Rafaelson são observados com esperança, o camisa 09 por exemplo deve iniciar a temporada como titular e tem que mostrar a fome de gol que tinha na base, principalmente em jogos contra o rival em que sempre deixou sua marca. Ainda tem os recém contratados Alipio e Tiago Real que chegam sob a desconfiança e precisam mostrar trabalho pra conquistar a torcida rubro negra.

Ronaldo, Gustavo, Fernando Miguel,Euller,Diego Renan, Alef,  Arthur Maia, Rafaelson, Tiago Real, David, Amaral,Caique,Flavio, Gabriel, Mattis, Wellison, Josué, Nickson, Marcelo, Rômulo, Vander, Wallace, Willian Henrique,Yan, Ramon, além de Norberto e Robert que estão entregues ao departamento médico e de Gatito, Pedro Ken e Diogo Mateus que ainda negociam a renovação de contrato.

Eleições

Ano de eleições no clube, e ao que tudo indica pela primeira vez direta, com o sócio torcedor escolhendo seu presidente e a formação do conselho do clube, eis que quem esta no comando não quer dar chances de sair do clube e por isso eu espero um Vitória forte em 2016, acredito piamente que reforços irão chegar a toca do leão, a exemplo de 2013 quando o clube fez grandes investimentos no elenco com Escudero, Cáceres, Maxi e Cajá.

 

Anúncios

[VITÓRIA X NÁUTICO] Confronto com clima de decisão no Barradão!


VITÓRIA X NAUTICO

Na reta final da série B cada jogo é uma verdadeira decisão e o clima hoje em Salvador é justamente este, o Vitória recebe o Náutico no Barradão e precisa vencer para não dar chances ao Timbu e a outros de se aproximarem do rubro negro e do G-4, recuperar a segunda colocação e continuar de olho no Botafogo.

Com uma série de mexidas nos treinos durante a semana Vagner Mancini prometeu mudar o time do Vitória mas a base deverá ser mantida, Vander deve ser a única ’’novidade’’ na 10 que circula com Deivid, Jorge Wagner e Flavio.

No alvirrubro a palavra é recuperação, após vexame em casa diante do Botafogo o time pernambucano sabe que uma derrota praticamente sepulta suas chances de acesso em 2015 e por isso a equipe de Dal Pozo deve vim fechada e buscar explorar os contra ataques, chances do leão pressionar e buscar o gol desde o inicio, marcando o Vitória encontrará espaços para jogar com mais tranqüilidade e surpreender o timbu.

A expectativa é de publico superior aos 25 mil no Barradão hoje empurrando o rubro negro que quer manter a invencibilidade que já duram 09 jogos e o tabu de 14 anos sem perder do Náutico em casa.

FICHA TÉCNICA

Vitória x Náutico

Série B – 33ª rodada

Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador

Data: 31/10/2015

Horário: 16h10 (da Bahia)

Árbitro: Rodrigo Alonso Ferreira (SC)

Auxiliares: Rosnei Hoffmann Scherer (SC) e José Roberto Larroyd (SC)

 

Vitória: Júnior Gatito; Diogo Mateus, Ramon, Kanu e Diego Renan; Amaral, Pedro Ken, Escudero e Rhayner; Vander e Elton. Técnico: Vagner Mancini.
Náutico:  Júlio César; Rafael Pereira, Fabiano Eller, Ronaldo Alves e Fillipe Souto; João Ananias, Jackson Caucaia, Willian Magrão e Biteco; Hiltinho e Bergson (Daniel Morais). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Renovações podem reforçar o pequeno elenco do Vitória


dankler

Caio Junior que conta com apenas 20 atletas, sendo que Nino e Michel estão machucados, pode ganhar dois reforços da base que ele tanto elogia.

O zagueiro Dankler afastado desde a final da série b e o lateral direito Romário recuperando de cirurgia no joelho podem renovar o contrato após problemas, o empresario do zagueiro recuou da negativa e começa a negociar a prorrogação do contrato que ia até junho, as conversas estão acontecendo e Dankler pode se juntar ao grupo na semana que vem.

romario400

Já o lateral vive um dilema ou renova ou vai a justiça, isso porque o contrato que se encerra no final deste mês é o primeiro do atleta e a lei da ao Vitória prioridade na renovação, mas o jogador alega que não recebeu os cuidados medicos necessarios a sua lesão o que acabou num agravamento, o jogador acabou fazendo a ccirurgia no joelho fora do clube, no estado do Rio e teria recebido auxilio do Flamengo que anseia em contar com seu futebol. O Flamengo teria desistido em contar com o atleta e a saída seria a renovação, mas isso vai depender se ele vai querer colocar o clube na justiça, o que parece que não vai ocorrer.

O vitória ainda está na briga para anunciar os retornos de Pedro Ken e Neto Baiano e o zagueiro Rodolfo do Vasco foi especulado como novo reforço.

[Ceará 1×3 Vitória] Campeão do primeiro turno, melhor campanha da história da série b


Este é o Vitória, dono de uma marca impressionante no brasileiro série b 2012, arrasador no Barradão e também como visitante, e se não tem mais o artilheiro do Brasil Neto Baiano, tem um elenco recheado de jogadores de qualidade e goleadores também.

O jogo começou truncado e a defesa cometeu um erro que vem se tornando recorrente, cometer penalidades bobas, é a terceira nos últimos 4 jogos, tem que corrigir isso, o time é bom, mas nem sempre dará para buscar a virada.

O time foi bem armado e mostrou muita competência, o elenco é bom e o treinador tem conseguido extrair ao máximo a qualidade de todos eles.

Deola: Um monstro, grandes defesas, trouxe a confiança necessária. Nota 8,0

Nino: Mesmo guerreiro de sempre, é impressionante a sua regularidade. Nota 7,5

Gabriel: Partidaça, jogou muito, conseguiu fechar bem os espaços. Nota 8,0

Victor Ramos: Não precisava cometer aquele Pênalti, mas se recuperou e fez uma grande partida. Nota 7,0

Gilson: Resolveu o problema da lateral esquerda, com ele o time deixou de ficar empenado, joga fácil. Nota 8,0

Uelliton: Marcou bem enquanto aguentou, é um monstro, renova mesmo parceiro: Nota 7,5

Michel: Homenageado pelo adversario, mas mostrou o profissionalismo e garra de sempre. NOTA 7,5

Pedro Ken: Gol do maestro, outra bela partida. Nota 9,0

Willie: Oscilou durante o jogo, mas tem muita qualidade, outra assistência na conta. Nota 8,0

Elton: Ainda não está 100%, mas foi o cara em campo, uma assistência e 1 gol> Nota 10,0

Wiilian: Matador, fez o seu, deixou outra na trave, tem uma média impressionante: Nota 10,0

Tartá: Entrou ligado, participou de boas tramas no ataque. Nota 7,0

Rodrigo Mancha: Não tem a mesma qualidade de Uelliton e Michel, mas fez bem a sua função: Nota 7,0

Rodrigo: Entrou no fim para fechar a zaga e foi feliz: Nota 7,0

Carpegiani: Mostra a cada jogo que conhece o elenco que tem na mão, escalou corretamente e substituiu com inteligência: Nota 10,0

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B

Ceará 1 x 3 Vitória

Local: Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE)

Data: 24 de agosto de 2012, sexta

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Assistentes: Ubirajara Ferraz Jota (PE) e Márcio da Silva Oliveira (RN)
Gols: Elton, William e Pedro (Vitória) / Mota (Ceará)

Ceará: Fernando Henrique; Paulo Sérgio, Thiego, Daniel Marques e Márcio Careca; Heleno, João Marcos (Robert), Juca (Magno) e Bruninho (Robston); Mota e Itamar. Técnico: PC Gusmão.

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Gílson; Michel, Uelliton (Rodrigo Mancha), Pedro Ken e Willie (Rodrigo); William e Elton (Tartá). Técnico: Paulo César Carpegiani.

 

[América-MG 1X2 VITÓRIA] Com raça e dedicação, superando as adversidades


Já disse aqui em diversas oportunidades que este Vitória 2012 aprendeu a gostar de vencer, e não importa as dificuldades, os 3 pontos é sempre o objetivo, foi necessário passar pela lambança do arbitro Antonio Schneider, mas foi até bom, o time mostrou garra, disciplina tática e sobretudo superação.

Bom para calar a imprensa corrompida e parte da corneteira torcida leonina que já estava tocando as trombetas do apocalipse na ultima rodada, está aí, mais uma vez o Vitória queima e cala a língua ferina de vos outros.

O jogo começou bem movimentado com a verdadeira luta de dois times que buscam uma vaga no G-4 e consequentemente na série A, pena que o juiz quis interferir na normalidade da partida, mas que bom que ele não conseguiu, digo isso porque mesmo com o placar adverso e com um jogador a menos, o Vitória não se intimidou, e teve uma aplicação tática maravilhosa, enquanto que o América buscava ampliar o placar a qualquer custo, com isso o jogo ficou franco, disputado e bom de se ver.

Quero nesta estrofe  desculpar, é que cometi uma injustiça com o Arbitro Antonio Schneider, ao assistir novamente a partida eu percebi uma coisa, ele na verdade estava buscando igualar as coisas, é que o Vitória jogava com 12 em campo, é verdade conte você mesmo: Deola, Carlinhos, Victor, Gabriel, Gilson, Manha, Michel, Leílson, Pedro Ken, Pedro ken, Willie e Willian, viram? Realmente temos que fazer justiça, quem tem Pedro Ken tem um a mais e por isso o juiz acertou em manter a igualdade.(rsrrsrsrsrsrsr)

Voltando a assunto sério, fiquei muito feliz com a partida do Vitória, e a coroação com o triunfo, realmente o time mereceu, pois fez por onde conseguir este objetivo.

Fico indignado quando leio tais comentários, durante o jogo após as substituições a explosão de cornetas estava por todos os lados, o que isso? Criticaram a saída de Willian e Carlinhos para entrada de Nicácio e Rodrigo, queriam Marquinhos e Léo, mas vamos aos fatos: Marquinhos além de não está em boa fase, tem características totalmente diferentes da do camisa 9 e sua entrada poderia proporcionar maior liberdade aos defensores do alviverde, pois sem um homem referência a tendência é que a zaga tenha mais liberdade para sair em suas ações. Já no caso da lateral, Léo não treinou a semana inteira com dores, havia o risco dele ir para o jogo e sentir a lesão e o Vitória ficar com 2 a menos em campo, e aí “torcida” o que iriam dizer? Achei acertada a decisão de mandar Gabriel para lateral e colocar Rodrigo na defesa, era arriscado demais apostar em Léo, quem não lembra da contusão de Dinei?(Talvez alguns digam que é fácil comentar isso agora, após o resultado, mas os convido a visitar o meu twitter e facebook e vê se o que digo agora não foi o que comentei com aqueles que estavam soltando as bruxas).

Agora o Vitória terá duas partidas em casa e espero sinceramente que os 6 pontos sejam assegurados, vencer estas partidas será muito importante ao decorrer do campeonato, ainda mais que estamos na virada da competição e é agora que é hora do Leão mostrar as suas garras.

 

PEGA LEÃO.

FICHA TÉCNICA

América MG 1 X 2 VITÓRIA
Campeonato Brasileiro 2012 (Série B) – 1º turno (16ª Rodada)

Data
11 de agosto
Hora
16h20
Local
Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Gols
1º tempo
Alessandro(AMG), aos 23min, e Pedro Ken (VIT), aos 32min
2º tempo
Marcelo Nicácio (VIT), aos 40min
Árbitro
Antônio Frederico de Carvalho Schneider  (RJ/CBF-1)
Assistentes
1 – Ediney Guerreiro Mascarenhas  (RJ/CBF-1)
2 – Jackson Massara dos Santos (RJ/CBF-1)
Cartão amarelo: Leandro Ferreira (AMG)
Expulsão: Deola, aos 24min do 1º tempo
Renda: R$41.910,00
Público: 2.475 pagantes

AMÉRICA MG
Neneca; Boiadeiro, Gabriel, Vinícius Simon e Bryan; Dudu (Pará), Leandro Ferreira, Thiaguinho (Soares) e Thiago Humberto (Fábio Júnior); Alessandro e Rodrigo Pimpão

Técnico: Milagres

VITÓRIA
Deola;  Carlinhos (Rodrigo Costa), Gabriel, Victor Ramos e Gilson; Rodrigo Mancha, Michel, Pedro Ken e Leilson; Willie (Douglas) e William (Marcelo Nicácio)

Técnico: Paulo César Carpegiani

[ASA 2X3 VITÓRIA] Com sustos, mas o triunfo prevaleceu.


O Vitória chegou há mais um triunfo na série B 2012 e aguarda o fechamento da rodada para saber se é o novo líder da competição, a sua parte já foi feita, agora é torcer pela derrota do Criciúma para o ABC em Natal.

Jogando como a torcida gosta, assim começou o rubro-negro indo para cima dos donos da casa e pressionando como se estivesse no Barradão, aos 8 minutos Pedro Ken com a sua visão além do alcance(Lion do Thundercats), observou a corrida de Marquinhos e lançou a bola em profundidade, o camisa 11 que retornou ao time titular tirou o goleiro e marcou o primeiro do Vitória fazendo 1×0.

Mesmo com tantos desfalques o brioso não sentiu dificuldades e dominou o time do ASA no primeiro tempo, e só não ampliou por que Nicácio ainda não está em boa forma física. No segundo tempo o Leão começou arrasador e justificou a superioridade da primeira etapa. Novamente ele Pedro Ken cobrou uma falta com rapidez e inteligência e Nino soltou um torpedo, Vitória 2×0 e maior tranquilidade. Pouco tempo depois ainda comemorava o gol, quando o Vitória marcou o terceiro com Victor Ramos de cabeça, aí era só comemorar.

Porém foi justamente aí que os sustos começaram, 20 minutos e o Vitória vencia para 3×0, lançamento na área e a defesa fica assistindo o jogador pular no meio da área e marcar o gol. O que parecia ser apenas o gol de honra, chegou a assustar e lembrar aquele jogo contra o Goiás, isso porque 3 minutos depois em novo vacilo da defesa, o ASA chegou ao segundo gol e aí amigo, foi um verdadeiro Deus nos acuda, pressão dos donos da casa e contando os minutos para o jogo acabar, o alvinegro ainda teve um jogador expulso e com isso o Leão retomou o domínio da partida, e teve até mais duas chances para ampliar o resultado que terminou com ASA 2X3 VITÓRIA.

Um ótimo resultado, o Leão justificou a fama de melhor visitante da série B, e o melhor, abriu uma vantagem de 6 pontos  para o 5º colocado. O Time começou com um volume muito bom e a marcação bem ajustada, um equilíbrio nos setores e pressionando o adversário, essa é a postura que queremos ver, infelizmente a condição física de Nicácio e Marquinhos não eram as melhores, pois poderíamos ter um melhor desempenho, é preciso corrigir as oscilações que com isso seremos o Campeão da série B com certeza.  No próximo jogo o Vitória não contará com o goleiro Douglas suspenso pelo terceiro cartão amarelo, mas tem o retorno do artilheiro do Brasil Neto Baiano, o jogo será contra o Atlético PR em Paraná.

Ficha técnica – ASA 2×3 Vitória
11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Local: Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca-AL.
Data: Terça-feira, 17 de julho.
Horário: 19h30.

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).
Auxiliares: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Victor Oliveira Cruz (SE).

Gols: Lúcio Maranhão e Roberto (aos 20 e aos 23 minutos, respectivamente) para o ASA; Marquinhos, Nino Paraíba e Victor Ramos (aos sete minutos do primeiro tempo, aos quatro e aos 15 do segundo, respectivamente) para o Vitória.

Cartões amarelos: Gaúcho e Fabiano (ASA); Douglas (Vitória).

Cartão vermelho: Gabriel (ASA).

ASA: Gilson; Gabriel, Gaúcho (Danilo Cruz), Fabiano e Chiquinho; Cal, Elvis, Lucas (Geovane), Valdívia (Maranhão) e Roberto Jacará; Lúcio Maranhão. Técnico: Heriberto da Cunha.

Vitória: Douglas; Nino, Victor Ramos, Gabriel e Dener; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Leílson (Eduardo Ramos); Marquinhos (Willie) e Marcelo Nicácio (Tartá). Técnico: Paulo César Carpegiani.

Douglas: Foi muito bem, fez boas defesas, saídas de gol e garantiu o triunfo, Nota 7,5

Nino: Um monstro, correu muito e marcou um golaço Nota 8,0

Victor Ramos: Está se especializando em fazer gols, mais um na conta e foi bem na defesa: Nota 8,0

Gabriel: Esteve muito bem também, vacilou junto com todos no gol do ASA. Nota 7,5

Dener: Uma boa estreia, marcou com eficiência, sofreu um pouco no final do jogo com o time saindo nas costas dele, mas resistiu bem a pressão, quero ver a sua continuidade. Nota 7,0

Uelliton: Bom jogo, mas precisa caprichar no passe de bola, assustou em duas oportunidades, como sempre um guerreiro em campo. Nota 7.0

Michel: Marca muito e saí bem para o jogo, é o grande parceiro de Uelliton: Nota 7,5

Pedro Ken: É  um maestro em campo, marca muito e saí fácil para o jogo, coloca a Vitória na conta dele. Nota 10,0

Leílson: Não repetiu a boa atuação do ultimo jogo, mas não complicou, o garoto tem muito futuro. Nota 6,5

Marquinhos: É um talento nato, marcou um golaço e colocou pressão em Carpegiani e em Tartá. Nota 7,5

Marcelo Nicácio: Sentiu muito a falta de ritmo e o condicionamento físico irregular, mas foi aquele jogador que pelo menos buscou fazer a sua função e segurou a defesa adversaria. Nota 6,0

Ricardo Silva/Carpegiani: Colocou o melhor que tinha em campo e o time foi bem, venceu mais uma fora de casa e substitui coerentemente. Nota 9,0

[VITÓRIA 2X0 AVAÍ] Trauma superado e G4 confirmado


 

O Vitória ainda estava sob pressão pela derrota sofrida diante do Goiás de virada por 4×3 após está vencendo por 3×0, mas mesmo sem jogar bem o Leão manteve a invencibilidade no Barradão em 2012 e carimbou os 3 pontos e a permanência no g4, o rubro negro, ou seria alvinegro? Manteve a quarta colocação, mas agora com 04 pontos de distância do quinto colocado.

Cheio de mudanças o Vitória não conseguiu engrenar como de costume no Barradão, mesmo com o Avaí buscando somente se defender e sair em contra ataque, os passes errados atrapalhavam muito o time da casa que não conseguia levar muito perigo ao gol de Diego, Marquinhos, Tartá e Pedro Ken não estavam numa tarde feliz e com isso a bola pouco chegou no artilheiro do Brasil Neto Baiano.

Ainda no primeiro tempo o que deu a tônica foi  Vitória no ataque mas sem levar perigo, e o Avaí assustando somente nas patinadas de Rodrigo que quase entrega o famoso leite em duas oportunidades, Carpegiani percebeu as falhas e logo no primeiro tempo, mandou Gabriel para o aquecimento, mas o jogo terminou na primeira etapa sem mudanças e com 0x0 no placar.

O Vitória precisava vencer, e Carpegiani colocou Marco Aurélio para fazer a sua estreia no lugar de Tartá, e Gabriel no lugar de Rodrigo, mas quem esperava  Vitória em cima logo no inicio, viu um jogo tão parado como no primeiro tempo, somente após os 10 minutos que o Leão começou a tentar e Diego salvou em duas oportunidades, daí para frente o nome de Marco Aurélio passou a ser o nome mais pronunciado no ataque leonino, ele chutou, tocou, lançou e despertou a vontade de vencer, o sangue que estava faltando com a ausência do vermelho no manto rubro negro, e foi justamente num bela jogada de Marcou Aurélio que achou Neto Baiano que fez o pivô com maestria para Pedro Ken que estava mal, marcar Vitória 1×0, festa no Barradão.

Já era esperado que a retranca do Avaí não iria continuar, eles vieram para cima e ameaçaram, Douglas fez duas boas defesas e em outro lance quase vacila, mas Gabriel esperto tirou, quando o resultado parecia se confirmar eis que uma mudança mudou a cara do jogo, Mineiro entrou em lugar de Marquinhos e num contra ataque rápido ele passou por dois defensores e chutou no canto na saída do goleiro Diego e garantiu o triunfo Rubro Negro, Vitória 2×0 e três pontos somados na classificação.

 

DOUGLAS: Fez boas defesas, mas assustou em duas oportunides, precisa ter de volta a tranquilidade, tem que ter sequência para isso. Nota 7.0

NINO: É o titular, é o cara que a torcida aprendeu a gostar, vai para cima e marca com qualidade, mesmo com tanto tempo longe ele não se omite. Nota 7.0

RODRIGO: Uma lastima, foi muito mal em todos os lances que participou, quase entrega o leite. Nota 3.0

VICTOR RAMOS: Esteve muito bem, e no primeiro tempo teve que jogar por ele e por Rodrigo. Nota 8.0

MANSUR: Foi bem hoje, marcou muito bem,  e apoio com uma certa qualidade. Nota 7.5

UELLITON: Guerreiro em campo, estou gostando de ver os seus lançamentos, muita qualidade. Nota 8.0

RODRIGO MANCHA: É um bom reserva, erra muitos passes, mas não comprometeu. Nota 6.0

PEDRO KEN: Esteve muito mal, mas no momento em que teve chance, mostrou qualidade e por isso merece uma boa nota. Nota 8.0

TARTÁ: Hoje não foi nem de longe o cara que tem sido o destaque do Leão. Nota 4.0

MARQEUINHOS: Lastimável, perdeu dois gols na cara com  goleiro, precisa melhorar muito. Nota 3.0

NETO BAIANO: Não teve muitas oportunidades, mas fez o pivô como ninguém hoje, deixou Marquinhos duas vezes na cara do gol e deu o passe para Pedro Ken marcar o gol. Nota 7.5

MARCO AURÉLIO: Mudou a cara do jogo, uma bela estreia, foi para cima, chutou e criou boas oportunidades de gol. Nota 8.0

GABRIEL: Zagueirão, foi muito bem e corrigiu as falhas de Rodrigo, quase marca o seu, mas lá atrás deu conta do recado: Nota 7.5

MINEIRO: Retornou ao time depois de um longo tempo e mostrou sua qualidade, um bonito gol, espero que tenha continuidade. Nota 8.0

PAULO CESAR CARPEGIANI: O Treinador foi muito bem hoje, sua única falha foi começar com Rodrigo, mas mexeu muito bem nas 3 oportunidades e foi decisivo para os 3 pontos: Nota 9.0

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B

Vitória x Avaí 

Local: Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador (BA)

Data: Sábado, 29 de junho.

Árbitro: Marcelo Aparecido R. de Souza (SP-CBF).

Assistentes: Herman Brumel Vani (SP-CBF) e Celso Barbosa de Oliveira (SP-CBF).
Cartões amarelos: Nino Paraíba, Marquinhos, Mineiro, Neto Baiano e Rodrigo Mancha (Vitória) / Diogo Orlando, Patrick e Cleber Santana (Avaí)
Cartão vermelho: Marcinho Guerreiro (Avaí)
Gols: Pedro Ken e Mineiro (Vitória)

 

Vitória: Douglas; Nino Paraíba, Victor Ramos, Rodrigo (Gabriel Paulista) e Mansur; Uelliton, Mancha, Pedro Ken e Tartá (Marco Aurélio); Neto Baiano e Marquinhos (Mineiro). Técnico: Paulo César Carpegiani.

Avaí: Diego, Arlan (Jefferson Maranhão), Cássio, Sillva e Aelson; Marcinho Gerreiro, Diogo Orlando (Evando), Patrick e Cleber Santana; Acosta e Felipe Alves (Laércio). Técnico: Hemerson Maria.

O Vitória atuou neste jogo com a camisa alvinegra, isso ocorreu por causa de uma campanha de marketing que visa que torcedores doem sangue e ajude o Hemoba. Para contribuir com a campanha, o torcedor deve acessar o site http://www.meusanguerubronegro.com.br e conferir os postos de doação credenciados pelo Hemoba.

Qual o Vitória que entrará em campo?


A semana esta bem movimentada na Toca do Leão, e sem duvida alguma a pergunta mais proferida é: Qual o Vitória que entrará em campo? Não é um questionamento simplesmente relacionado aos 11 titulares, até já sabemos que haverá substituições importantes, mas no tocante a postura da equipe em campo, o Vitória do primeiro tempo, ou do segundo em Goiânia?

Os retornos de Nino, Mansur, Douglas e Uelliton animam bastante e faz com que aumente a esperança de que o primeiro tempo contra o Goiás seja a tônica dos 90 minutos contra o Avaí, pelo menos o pensamento dos atletas tem sido o melhor possível. Pedro Ken afirmou que o Vitória tem que pensar na liderança, e que abriga não é somente para subir, mas para ser campeão, e que por isso o Avaí precisa pagar o pato e com isso todo o trabalho do Vitória na série B, volte a ser valorizado.

Os atletas não escondem a decepção e Neto Baiano foi outro que afirmou ser necessário apagar a péssima impressão da ultima rodada. Já Carpegiani busca nos reforços achar o equilíbrio do time que já demonstra um padrão tático, mas que oscila muito dentro de uma mesma partida, o time deve formar com: Douglas, Nino, Gabriel, Victor Ramos, Mansur, Uelliton, Rodrigo Mancha, Pedro Ken, Tartá, Marquinhos e Neto Baiano no clássico esquema 4-4-2 variando no jogo para o 4-4-1 e ou 4-4-3 dependendo da movimentação de Marquinhos e Tartá que oscilam entre o meio campo e o ataque.

Uma coisa é fato, para conseguir superar o trauma, o Vitória precisará muito do apoio incondicional da sua torcida guerreira, a nação rubro-negra tem que ir ao Barradão, e precisa gritar, aplaudir e empurrar o Leão da Barra rumo ao triunfo e a importante permanência no G4 do brasileirão.

Mais uma vez quero ressaltar o pacto, você apoia, a gente lota, Vitória ganha.

SRN

PS: Participe do nosso grupo no facebook, em breve novidades:https://www.facebook.com/groups/259704767429855/

PS2: Siga no twitter: @valmerson

PS3: Curta a nossa fã page: https://www.facebook.com/leaominhapaixao

RELACIONADOS PARA VITÓRIA X AVAÍ

Antes mesmo de terminar o treinamento coletivo no CT Manoel Pontes Tanajura, o técnico do Vitória, Paulo César Carpegiani, divulgou a lista dos jogadores relacionados para a partida do próximo sábado, dia 30, contra o Avaí, no estádio Manoel Barradas, pela oitava rodada da Série B.
A grande novidade na lista foi a presença do jovem Willie, revelado nas divisões de base do clube. Outra surpresa foi o volante Mineiro, esquecido no elenco nos últimos meses.
Confira a lista:
Goleiros: 
Renan e Douglas
Laterais: Nino Paraíba, Wellington Saci e Mansur
Zagueiros: Rodrigo, Gabriel e Victor Ramos
Volantes: Rodrigo Mancha, Uelliton, Ananias e Mineiro
Meias: Willie, Eduardo Ramos, Tartá, Pedro Ken e William
Atacantes: Neto Baiano, Marquinhos e Marco Aurélio

Nino e Pedro Ken a disposição


Paulo Cesar Carpegiani esta ganhando reforços importantes, além da lateral esquerda, setor onde o elenco tem tido bastante problemas e possivelmente será resolvido com a chegada de Dener nesta sexta feira, a lateral direita terá o reforço de Nino que esta recuperado de lesão e fez trabalho físico hoje na Toca do Leão e do meia Pedro Ken que também fez atividades, ambos poderão treinar com bola a partir da segunda feira.

Arthur Maia e Mansur, serão submetidos a exame nesta sexta e caso não acuse mais nada, os jogadores também ficarão a disposição de PCC, agora só falta o goleiro Renan que deve ficar a disposição contra o time que o revelou o Avaí, aqui mesmo no Barradão!

[Bahia 3×3 Vitória] Não faltaram raça, amor e paixão!


Parabéns Esporte Clube Vitória pelos seus 113 anos, parabéns a cada um dos jogadores que entraram em campo hoje e foram guerreiros, vocês honraram o manto e por falar de guerreiros, quero parabenizar aos 3 mil leoninos que estiveram no nosso parquinho metropolitano, vocês me enchem de orgulho, aos 3  milhões e meio de torcedores do Vitória fica aqui o meu obrigado, é um prazer torcer ao lado de vocês.

Perdemos o título, mas ao contrario do ano passado, para mim o Vitória esta no caminho certo, o time tem jogadores de qualidade e Ricardo Silva encontrou um bom esquema de jogo, é preciso que a diretoria cumpra a sua palavra e reforce o elenco que aí vamos brigar pelo título do campeonato brasileiro e da Copa do Brasil, agora quero falar um pouco do jogo.

Meus amigos que jogo foi este? Uma bela partida de futebol hoje no nosso parquinho metropolitano, o Vitória entrou mal escalado e eu disse isso no texto pré-jogo, para mim Marquinhos sem condições de jogo deveria começar no banco e Geovanni deveria continuar como titular, mas a pressão da imprensa corrompida baiana foi grande e Ricardo Silva cometeu seu único erro na tarde de hoje.

O Vitória começou em cima e conseguiu brocar logo no inicio com um cruzamento lindo de Victor Ramos e um golaço de Neto Artilheiro do Brasil Baiano, quem esperava maior tranquilidade, viu o Vitória vacilar incrivelmente no lance seguinte e levar o empate numa jogada batida do Bahia, Gabriel levanta a bola e alguém arremata, desta vez Fahel recebeu livre para bater forte e contar com a falha de Douglas que não fechou bem o ângulo, após o gol o Bahia cresceu e o Vitória se perdeu em campo, e aos 46 outra bola lançada e Douglas vacilou feio e a bola entro direto, virada do Bahia em Pituaçu, ao Vitória só restava vim para o segundo tempo e tentar a virada histórica.

Ricardo Silva tirou Marquinhos acertadamente e colocou Dinei, o Vitória foi para cima e após escanteio o jogador do Vitória foi derrubado pênalti que Neto Baiano cobrou com maestria e empatou o jogo, o Leão acordou e foi para cima. Contra ataque rápido e a bola fica com Tartá que foi derrubado na área o juiz da a vantagem e Pedro Ken cruza milimetricamente para Dinei marcar o gol da virada e o que seria o gol do título.

O jogo estava franco e aberto e quando Neto Baiano saiu eu sinceramente me preocupei, Geovanni entrou para cadenciar o jogo e tentar arrematar no contra ataque, mas quem chegou ao gol foi o Bahia, após a terceira cobrança de falta  na área o jogador do Bahia cabeceia e Douglas rebate para pequena área, Diones pega a sobra e marca o gol do empate e do título do Bahia, é verdade que o Vitória ainda foi pra cima e Rodrigo Mancha e Pedro Ken por duas vezes tiveram a chance de brocar, mas ficaram nas defesas milagrosas de Marcelo Lomba, por fim o esporte é assim mesmo, nós que estamos acostumados com as taças, temos que parabenizar o rival pelo seu título após 11 anos de puro jejum, agora resta ao Vitória vencer a Copa do Brasil e a série B do Brasileiro e espero em Deus que isso vai acontecer.

PARABÉNS ESPORTE CLUBE VITÓRIA!

DOUGLAS: Foi mal hoje, sentiu a pressão e falhou quando não podia. Nota 4.0

ROMÁRIO: Estava bem indo para cima, se contundiu muito cedo.

RODRIGO: Foi valente, mostrou raça, mas vacilou no terceiro gol.  Nota 7.0

VICTOR RAMOS: Belo passe e muita vontade o jogo todo, estou gostando das suas atuações:  Nota 8.0

WELLINGTON SACI: Levou pressão no primeiro tempo e no segundo cresceu com o time, mas é muito fraco:  Nota 5.0

UELLITON: Raça, meu capitão é simbolo de garra, é isso que a torcida espera de você.  Nota 8.0

RODRIGO MANCHA: Foi valente, mostrou qualidade, mas perdeu o gol do título: Nota 7,5

PEDRO KEN: Um ruim primeiro tempo e o segundo tempo de muita garra, ótimo passe e só faltou o gol do título.  Nota 8.0

TARTÁ:Teve muita vontade, mas não foi bem hoje: Nota 5,0

MARQUINHOS: Péssimo, foi um grande erro sua entrada de primeiro, pior em campo: Nota 2,0

NETO BAIANO: Valente, guerreiro, brigador e artilheiro, pena que não deu, mas você é o cara. Nota 10,0

GABRIEL: Improvisado e mesmo assim foi muito bem, não houve avanços do Bahia pelo seu lado. Nota 8,5

DINEI: Entrou e deu outra cara ao Vitória, muito bem em campo e gol que poderia ser o do título: Nota 8,5

GEOVANNI: Sem muito tempo, entrou para tentar ligar os contra ataques, mas o jogo ficou muito parado com confusões, catimbas e tudo mais depois do gol de empate. Nota 6,0

RICARDO SILVA: Só vacilou ao entrar com Marquinhos e eu avisei, tem que ler mais o LMP, mas substituiu bem e o time tem tido um bom rendimento com ele em campo. Nota 7,5