Claudinei Oliveira relaciona Vitória com Diogo Mateus, Mattis e retorno de Jorge Wagner


claudinei_thiago_19032015_1

O técnico Claudinei Oliveira relacionou 23 jogadores para partida contra o Asa de Arapiraca nesta terça no Barradão, valendo vaga na terceira fase da Copa do Brasil para enfrentar o Palmeiras.

As novidades ficaram por conta dos contratados Guilherme Mattis e Diogo Mateus, o retorno de Jorge Wagner que foi “poupado da ultima partida” e a ausência de Luiz Gustavo que cumprirá suspensão por terceiro cartão amarelo, além de ter se queixado de cansaço muscular.

Time que treinou como titular: Fernando Miguel; Romário (Diogo Mateus), Ramon, Ednei e Mansur; Amaral, Flávio, Marcelo, Jorge Wagner (Vander) ; Gabriel e Elton.

RELACIONADOS

Goleiros: Fernando e Wilson;
Laterais: Diego Renan, Diogo Mateus, Mansur, Romário e Euller;
Zagueiros: Ednei, Ramon, Diego Mattis e Maracás;
Volantes: Amaral, Marcelo e Flávio;
Meias: Escudero; Gabriel; Dakson, David e Jorge Wagner;
Atacantes: Vander, Elton, Rhayner e Léo Ceará.

ELTON

douglas_elton_futurapress_marcosbezerra

O diretor de futebol do Vitória Anderson Barros confirmou que não haverá troca de Elton por Pedro Ken e nenhum outro jogador do Coritiba, o mesmo disse que houve um interesse do clube paranaense pelo atleta mas que o Vitória não deseja liberar e que o centroavante permanece na toca.

Anúncios

Com problemas no meio campo, Vitória antecipa retorno de Arthur Maia


arthur-maia-540px

Sem conseguir sucesso nas contratações de um meia, o Vitória pediu ao Joinville a devolução de Arthur Maia e ele já se despediu do clube catarinense e é aguardado na Toca do Leão, onde será integrado ao elenco para disputa do segundo turno do brasileiro.

O retorno de Arthur Maia foi um pedido de Ney Franco, que analisou o elenco, tem estudado os garotos da base e conversado com os profissionais do Vitória, com isso o clube entrou em contato e conseguiu que Maia voltasse a vestir a camisa do Vitória ainda em 2013.

Arthur Maia disse que leva as coisas boas dá passagem, e uma saída pela porta da frente, reclamou da falta de sequência no momento em que estava atuando bem, mas agradeceu a oportunidade e experiência.

.“Foi uma opção do Vitória. Os dois clubes conversaram entre eles e acharam o que era o melhor pra mim”.

OPINIÃO LMP: Gosto muito do futebol do Arthur Maia e venho criticando a diretoria, Caio Junior a torcida pela forma como o garoto saiu, Maia sempre foi visto como grande craque, não é a toa que atraiu olhares de Barcelona, Benfica, e Manchester City, além de Cruzeiro e São Paulo.

Acredito que o empréstimo acabou sendo bom para ele, fez um gol importantíssimo no estadual num clássico e vinha jogando bem até que um dos ídolos do clube se recuperou de contusão e reassumiu a titularidade, com isso ele ficou indo para o banco e entrando em algumas partidas com uma certa desenvoltura, espero que este seja o momento de Arthur Maia realmente brilhar com a camisa do Vitória, para isso é preciso sequência, e o apoio que todos tiveram com Renato Cajá, tenham com o jovem promissor das divisões de base.

PS: David Braz reintegrado ao elenco

PS2: Nino e Mansur também estão fora do brasileirão.

[VITÓRIA 2X1 BAHIA] Que vexame hein freguês, Mais um triunfo e tabu mantido contra o rival?


vitória x bahia

9 anos e 10 jogos, esse é o histórico do Vitória sem sofrer derrotas para o Bahia na Fonte Nova, para aumentar a pressão o Leão não perde para o superman desde 01/05/2011 na semifinal do baiano quando o tricolor venceu no Barradão por 3×2 e o rubro negro ficou com a vaga para final por ter vencido em Pituaçu e ter a vantagem de melhor campanha. De lá para cá foram 6 clássicos com 3 empates e 3 triunfos do Vitória, já vai fazer 2 anos.

O JOGO

O Vitória começou bem o clássico, Renato Cajá estava doido para repetir a dose e ser novamente o primeiro a brocar as redes da fonte, ele acertou um belo chute na trave em cobrança de falta e depois em mais duas tentativas levou perigo, o rubro negro dominava o jogo e criava as melhores oportunidades e aos 20 minutos em cobrança de escanteio de Cajá, Victor Ramos subiu mais que todos e cabeceou no travessão, a bola sobrou no meio da área com Michel que chutou firme e abriu o placar Vitória 1×0 Bahia.

Com vantagem no placar o Leão passou a dominar ainda mais a partida e criou algumas oportunidades de gol, até que Escudero recebeu a bola na esquerda e lançou perfeitamente para Maxi Biancucchi que percebeu bem a chegada de Mansur e mesmo estando de costas deu um belo passe de calcanhar por entre as pernas do defensor Fahel e o camisa 6 chutou para vencer Marcelo Lomba e decretar o segundo do Leão, 32 minutos, Vitória 2×0 Bahia, o que se viu a partir de então foi a vergonhosa manifestação da torcida do Bahia jogando objetos no gramado e o Vitória buscando o terceiro gol.

No segundo tempo o rubro negro voltou muito acomodado, deixou de marcar com o mesmo ímpeto do primeiro tempo e de atacar, buscou administrar o placar e com isso o rival cresceu e aos 6 minutos Tite diminuiu o placar após cobrança de Talisca, a zaga do Leão e o goleiro Deola vacilaram e o zagueiro do Bahia disputou a bola com o companheiro Fahel para diminuir o placar, o que se viu após isso foi um domínio estéril do tricolor, teve mais posse, buscou mais o jogo , mas não conseguiu levar muito perigo ao gol de Deola, resultado final. Vitória2x1 Bahia.

FICHA TÉCNICA
Campeonato Baiano – 8ª rodada
Vitória 2 x 1 Bahia
Local
: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 28/04/2013
Horário: 16h
Árbitro: Jailson Macêdo Freitas
Auxiliares: Alessandro de Rocha Matos e Elicarlos Franco de Oliveira
Gols: Michel e Mansur (Vitória) / Titi (Bahia)

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Gabriel Paulista, Victor Ramos e Mansur (Fabrício); Michel, Cáceres, Renato Cajá e Escudero; Maxi Biancucchi (Vander) e Dinei (Giancarlo) Técnico: Caio Júnior.

Bahia: Marcelo Lomba; Pablo, Demerson, Titi e Magal; Fahel, Toró, Anderson Talisca e Rosales (Adriano); Ryder (Marquinhos) e Obina (Fernandão). Técnico: Joel Santana.

[BAHIA 1X5 VITÓRIA] Um nome na História, a Arena Fonte Nova conheceu o seu dono! Fotos e Videos


BAHIA X VITÓRIA

O Mundo viu ser escrita mais uma página da história do futebol, mais uma página dos BAVIs e mais uma página da história da Fonte nova, há quem diga que na verdade a primeira página da história da nova Arena Fonte Nova, e foi de uma maneira épica, de maneira singular de uma maneira que só o Vitória poderia escrever, foi verdadeiramente um nome na história.

O leão conseguiu o primeiro triunfo na história da nova Arena, Renato Cajá marcou o primeiro gol do estádio e a torcida rubro-negra pode bater no peito e se orgulhar da grande festa que fez e que certamente ficará marcada para eternidade.

O JOGO

O Vitória começou muito nervoso, errando passes e com o posicionamento da defesa desajustado, resultado, o Bahia teve duas boas oportunidades de marcar, primeiro com Michael Jackson após vacilo de Gabriel Paulista, mas Deola fez uma defesa de pagar o ingresso, este lance poderia mudar o resultado da história, mas o nosso goleiro esteve numa noite muito feliz e viria a se confirmar isso logo depois quando em uma bola mal afastada Helder chutou e outra grande defesa, após estes 14 minutos iniciais o Leão começou a se sentir na selva e mostrar que era o Rei, primeiro Escudero tentou drible e Neto meteu a mão na bola o juiz só não marcou a penalidade porque não quis.

BAHIA X VITÓRIA

O brioso cresceu na partida e em jogada individual Mansur foi derrubado e desta vez o juiz marcou a penalidade, Cajá partiu para bater, fazer o gol e entrar para história. O primeiro tempo terminou 1×0 e a expectativa cresceu para como as equipes iriam se comportar no retorno, a resposta veio logo no inicio, contra ataque rápido e Maxi Biancucchi faz um gol com a assinatura de craque, Vitória 2×0 e festa rubro negra nas arquibancadas. Não demorou muito e o Vitória chegaria a mais um gol, Michel, recebeu o passe de Biancucchi e fez o terceiro.

Com o placar confortável aconteceu aquilo que se espera o Vitória se acomodou na partida, e o Bahia tentando diminuir o vexame veio para cima, e diminuiu com Zé Roberto. O gol tricolor deveria incendiar o jogo, mas o que aconteceu foi que o Leão despertou novamente na partida e chegou logo ao quarto gol, e queria história de que fosse dele, Vander, o jogador que saiu no inicio da temporada do tricolor de maneira muito conturbada, faz o gol e os tricolores tiveram que engolir guela a baixo, para completar faltava o gol dele, Escudero, o gringo jogou de mais, uma partida muito boa e um gol para acordar o seu bom futebol.

HISTÓRIA

O primeiro BAVI da história da Fonte Nova foi Bahia 1×3 Vitória

O Ultimo BAVI da Fonte Nova foi Bahia 5×6 Vitória

O primeiro BAVI da Nova Arena Fonte Nova foi Bahia 1 x 5 Vitória

500 mil ACESSOS!

O blog Leão Minha Paixão agradece a todos pelo carinho e por cada uma das visitas, chegamos a importante marca de meio milhão de acessos, além de mais de 2600 pessoas na nossa página no facebook e 1000 seguidores no twitter

500

FICHA TÉCNICA

Campeonato Baiano – 2º fase

Bahia 1 x 5 Vitória

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

Horário: 16h

Data: 07/04/2013

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA/GO)

Assistentes: Adson Márcio Lopes Leal (BA) e José Raimundo Dias da Hora (BA)

Gols: Zé Roberto (Bahia) / Renato Cajá, Maxi, Michel, Vander e Escudero (Vitória)

Cartões amarelos: Fahel, Adriano (Bahia) / Luís Alberto, Escudero (Vitória)

Público: 37.274 pagantes

Bahia: Marcelo Lomba (Omar); Neto, Danny Morais, Titi e Magal; Fahel, Hélder, Marquinhos Gabriel e Paulo Rosales (Anderson Talisca); Adriano (Zé Roberto) e Obina. Técnico: Jorginho.

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Gabriel Paulista, Victor Ramos e Mansur; Michel (Edson Magal), Luís Alberto, Escudero e Renato Cajá (Marquinhos); Maxi (Vander) e Dinei. Técnico: Caio Júnior.

Herrera, Escudero, Luis Alberto e Mansur


escudero_fernandomartins_62

A novela sobre a contratação de Herrera já teve vários capítulos entre idas e vindas, e depois de tantas confirmações e “desconfirmações”, obtive a seguinte informação, o jogador está realmente em negociação e deve chegar em breve a Toca, inclusive o seu empresário já liberou o atleta e o Vitória agora busca a liberação junto ao sheik Árabe que é dono do passe do atleta.

Escudero

Outro que virou novela, mas que também deve ter final feliz, o jogador está sendo esperado amanhã em Salvador, após a tentativa frustrada por parte do EMELEC o atleta já teria tudo acertado com o rubro negro baiano.

Luis Alberto

Este já está fechado com o Leão, chega na sexta em Salvador, a sai situação é o seguinte ele entrou em litigio com o clube da Romênia por descumprimento de contrato e obteve na justiça o direito de negociar com outro clube e fechou com o Vitória, ele viajou para buscar a documentação e chega para assinar.

A partir deste momento não farei mais nenhum comentário sobre estes atletas até a confirmação da chegada por parte do Vitória.

Mansur

O Vitória foi procurado por clube estrangeiro acerca de Mansur e pediu 6 mi de Euros(R$ 18 mi), o clube ofereceu 4 mi de Euros (R$ 12 mi)  e ainda houve uma contra proposta do Leão que aguarda contato para definir o futuro do atleta que deve ser vendido e nem deve voltar da seleção brasileira para Toca do Leão.

[VITÓRIA X ATLÉTICO MG] Com Barradão lotado o sub-20 vai tentar repetir o feito do sub-15 e ser campeão da Copa do Brasil.


tampao_site

Um grande confronto está marcado para a terça feira 11/12/12 às 19:00 horas e a promessa é de um grande publico para assistir ao primeiro jogo da final entre Vitória e Atlético MG valendo o título da Copa do Brasil sub-20, ambos já garantiram vaga na taça libertadores da categoria em 2013.

A semana foi de intenso trabalho na Toca e com a recuperação do zagueiro Clayton o treinador Carlos Amadeu ganhou mais este reforço e poderá mudar a equipe titular, outra posição indefinida é o ataque, onde Marcone e Alan Pinheiro brigam pela titularidade.

O jogo também é a despedida do Vitória em 2012 e encarado como o grande presente depois do acesso a série A, o Leão chega a final após ter batido: América MG(atual campeão), Palmeiras, Cruzeiro, e Grêmio, havia a expectativa do clássico BAVI mas o rival foi eliminado na semifinal pelo galo.

A expectativa é que o Leão vença o jogo e abra vantagem para o jogo de volta em Minas, melhor ainda é vencer sem sofrer gols o que dá ainda mais vantagens para equipe rubro-negra, de acordo com o treinador Carlos Amadeu deve ser um jogo muito aberto com as duas equipes buscando sempre o ataque e que isso é muito bom, já que o Vitória é um time bastante ofensivo e com isso terá bastante espaço para buscar surpreender o adversário que tem estilo de jogo bem parecido.

476980cb289935c8eac8e4e-campeao2

Uma motivação extra para os garotos é a presença confirmada do novo treinador do clube, Caio Junior já disse que conhece bastante a base do Vitória e que será um prazer trabalhar com estes jovens talentos, os meninos da Toca de olho em uma vaga no time de cima darão a vida para impressionar o treinador.

Em 2010 a equipe do sub-15 foi campeã da Copa do Brasil da categoria e agora é a vez do sub-20, que tem quatro jogadores na seleção brasileira, Gustavo, Mansur, Gabriel Soares e Willie viajam e se apresentam para servir o país logo após a partida e isso comprova ainda mais a força desse time e bom trabalho desenvolvido pela divisão de base do Vitória através de Carlos Amadeu, João Paulo(coordenador da base) e Epifânio Carneiro.

385081_457307867650586_1276877904_n

O Leão deverá ir a campo com: Gustavo, Dimas, Josué, Clayton(Matheus), Mansur, Edson, Gabriel Soares, Arthur Maia, Mauri, Willie, Alan Pinheiro. TÉC: Carlos Amadeu.

Estão concentrados os seguintes jogadores: Gustavo, Ruan, Dimas, Guilherme, Josué, Matheus Salustiano, Clayton, Gabriel Araújo, Mansur, Iuri, Edson, Gabriel Soares, Arthur Maia, Mauri, Agdon, Alan Pinheiro, Willie, Marcone, Vinícius, Nathan, Wonbum Lee e Diego.

5

Vitória tem 4 jogadores convocados para seleção sub-20 e jogo decisivo contra o Grêmio!


Fato inédito na história do futebol nordestino: um clube, o Vitória, teve quatro jogadores convocados para a Seleção Brasileira sub-20. A seleção vai disputar o Sul-Americano da Argentina. A lista foi divulgada, nesta segunda-feira, pela CBF e os rubro-negros selecionados são o goleiro Gustavo, capitão da seleção, lateral-esquerdo Mansur, volante Gabriel Soares e atacante Willie.

Três outros clubes – Grêmio, Flamengo e Botafogo – tiveram três jogadores selecionados. Fluminense e Vasco cederam dois atletas cada.

A apresentação dos 27 será no dia 10 de dezembro para iniciar o período de preparação na Granja Comary. O Brasil estreia no Sul-Americano Sub-20 da Argentina no dia 10 de janeiro, contra o Equador. Além das duas equipes, o Grupo B da competição contará com Uruguai, Peru e Venezuela, e a cidade chave será San Juan.

O Brasil tentará a conquista do tetracampeonato. Em 2007, no Paraguai, 2009, na Venezuela, e 2011, no Peru, o Brasil ficou com a taça. Ao todo, a Seleção já conquistou o título 11 vezes e é o maior vencedor do Sul-Americano Sub-20.

A competição dará quatro vagas para o mundial da categoria, que será disputado nos meses de junho e julho, na Turquia.

COPA DO BRASIL SUB-20

O  Vitória enfrentará o Grêmio pela Copa do Brasil sub-20 às 19:30 desta quarta-feira no Barradão os ingressos estão sendo vendidos a RS 10,00 no próprio estádio e a partida é valida pela semifinal da competição, é o primeiro jogo e o Leão precisa de um bom resultado para decidir a vaga no Rio Grande do Sul, o finalista garante vaga na libertadores da categoria.

[VITÓRIA 4X3 PARANÁ] Na Luta, na Raça, o que vale é os 3 pontos!


Parabéns, isso mesmo, quero parabenizar aos 6784 guerreiros que não são de açúcar, 6784 valentes que com toda adversidade não arredou o pé, este triunfo, com uma bela virada foram de vocês, vocês são dignos da minha admiração.

Cheguei ontem por volta da 20:35 no Barradão e encontrei o meu Brother Franciel Cruz(http://victoriaquaeseratamen.wordpress.com/ e http://www.somosmaisvitoria.com.br/) nos saudamos e entrei para me concentrar para o ludopédio, o clima estava agradável o céu com algumas nuvens, mas sem indícios daquele pré-diluvio que passou a cair durante a partida, pois bem, vi o novo telão que diga-se de passagem de qualidade infinitamente superior ao antigo, porém é preciso aproximar mais a câmera para que possamos conseguir visualizar os lances do jogo(ao vivo), estava parecendo partida de FIFA 2012 no XBOX 360 heheheh.

O Vitória começou em cima, pressionando o Paraná e encurralando a saída de bola, por duas vezes Neto fez o  abafa e quase saiu o gol do Leão, na primeira ele pressionou o goleiro que se atrapalhou e o gol só não saiu porque Pedro Ken não acreditou no lance, a bola ficou livre na cara do gol e não teve ninguém para empurrar para dentro, já no segundo lance Neto pressionou o zagueiro tomou a bola e tocou para trás, Michel bateu de primeira e quando a nação já gritava gol, a bola caprichosamente passou a direita do goleiro Wendel. O rubro-negro dominava, o Paraná tentava nos contra ataques e assutava com as Léo BR324 e Mansur AV Paralela totalmente livre de congestionamento é só chegar e passar, porém Douglas conseguiu fazer boas defesas, e Victor e Gabriel também espanavam tudo que sobrava na área.

O Vitória tentava o gol e na saída do buliçoso Marco Aurélio machucado o jovem Leílson entrou em campo, e no primeiro lance mostrou qualidade. Tudo começou com o valente Neto Baiano, ele roubou a bola no meio de campo e lançou Pedro Ken, o camisa 8 atravessou a bola  da direita para o centro-esquerdo e Leílson avançou com velocidade e tocou na saída do goleiro, festa no Barradão, Vitória 1×0 Paraná, a expectativa era a melhor possível, nesse momento o brioso dominava a partida e aí uma palavra utilizada pelo Butagreno do nordeste, Franciel em seu ultimo texto veio a tona, o time do Vitória é oximoro.

O “alvinegro” recuou e viu o tricolor do Paraná crescer e explorar a BR324 e a AV Paralela, mas por graças chegou o fim do primeiro tempo. O segundo infelizmente começou da mesma forma que terminou o primeiro tempo, Vitória recuado e o Paraná tentando as laterais, pois bem, para piorar Uelliton estava numa noite infeliz, errou todos os passes que tentou e pensou, e num vacilo desse nasceu o escanteio que gerou o gol de empate de Wendel, detalhe, cobrança no segundo pau, e Uelliton fica parado como se não houvesse ninguém adversário, mas o camisa 7 estava logo atrás dele e cabeceou com sabedoria para vencer Douglas que nada pode fazer, 1×1. O time de Ricardinho cresceu no jogo, e há muito já estava gostando da partida, e num novo vacilo, Uelliton fez falta na entrada da área e aquela merda do Lento Flavio que não acertou nada aqui em um ano, conta com a colaboração duma pane geral da defesa para deixar Wendel livre para marcar o seu segundo gol e estabelecer a virada do Paraná, Lúcio Flavio cobrou a falta, toda a barreira pulou e abriu, a bola passou por baixo, Douglas espalmou para frente, Léo ficou parado olhando, carrinho do atacante e gol, já caia um diluvio no Barradão, o frio era de arrepiar a medula, mas foi justamente aí que veio o banho de agua fria.

A torcida por um momento sentiu o golpe da virada mas aos poucos começou a se restabelecer e a apoiar o time, neste momento eu já estava ao lado novamente de Franciel e toda a sua galera, e falei com ele, o seu Francis manda uma palavra de Salvação aí pelo amor de Deus! Pronto o time nos ouviu e resolveu honrar o manto, o sangue a que a torcida dava na arquibancada parece que voltou a camisa naquele momento e o Vitória chegou ao gol com Neto Baiano o bandeirinha assinalou impedimento (que trio de arbitragem péssimo, os caras vieram para enojar o babá , rebanho de sacripantas), mas o Leão continuou com o seu objetivo e quando Pedro Ken recebeu a bola e inteligentemente lançou para o meio da área Léo fez a única coisa boa dele durante os 90 minutos, driblou o goleiro e marcou o gol de empate, lembro que a primeira reação foi olhar para o bandeirinha, e depois ver a explosão na arquibancada 2×2 no placar, mas precisávamos e queríamos mais.

O Vitória se encontrou no jogo, e ontem o artilheiro do Brasil estava mais para garçom, tudo começou com uma das características marcantes dele, a bola saiu da área e iria para escanteio, mas ele correu e impediu a saída, olhou para área e colocou na cabeça de Tufão, quer dizer Victor Ramos, 3×2 Vitória e festa no Barradão, nesse momento tudo era alegria e acontece um lance inusitado, virou para Franciel e para galera e digo: Franciel manda uma palavra de Salvação aí para ver se Mansur acerta uma. Contra ataque do Vitória e Mansur erra o drible mas a bola chega em Neto, ele tocou fácil e Mansur acertou uma como pedi, Vitória 4×2 Paraná, prenuncio de goleada e tranquilidade não é? Que nada, um minuto depois Uelliton toca novamente errado, Léo BR 324 só vê Fernandinho livre tocar para Arthur descolocar Douglas e deixar o clima tenso, Vitória 4×3 Paraná e aí foram 13 minutos de tensão até o juiz determinar o fim do jogo.

Foi sofrido, foi molhado, foi gripado, mas valeu a pena, mais 3 pontos, 7 pontos para o quinto colocado, 22 jogos de invencibilidade no Barradão e estamos fortes na competição.

PEGA LEÃO

FICHA TÉCNICA – VITÓRIA 4 X 3 PARANÁ CLUBE

Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).
Data: 10 de julho de 2012, terça-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Felipe Duarte Varejão.
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires e Jose R. Maciel Linhares.
Cartões Amarelos: Douglas, Victor Ramos, Uelliton, Pedro Ken (Vitória); Paulo Henrique, Anderson, Fernandinho, Luisinho, Lúcio Flávio e Wendel (Paraná)
Cartão Vermelho: Fernandinho (Paraná)
Público – 6784 pessoas

GOLS: VITÓRIA: Leílson, aos 22 minutos do primeiro tempo, Léo, aos 22 do segundo tempo, Victor Ramos, aos 28 do segundo tempo, e Mansur, aos 35 do segundo tempo

PARANÁ CLUBE: Wendel, aos cinco e aos 12 minutos do segundo tempo, e Arthur, aos 36 do segundo tempo

VITÓRIA: Douglas; Léo, Victor Ramos e Gabriel Paulista e Mansur; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Tartá (Eduardo Ramos); Marco Aurélio (Leilson depois Dankler) e Neto Baiano Técnico: Paulo César Carpegiani

PARANÁ: Luis Carlos; Paulo Henrique, Anderson, Alex Alves e Fernandinho; Cambará, Luisinho (Nilson), Wellington (Marquinhos) e Lucio Flavio (Lucas); Wendel e Arthur
Técnico: Ricardinho

Douglas: Um ótimo primeiro tempo, vacilou no rebote do segundo gol, mas houve uma contribuição geral da defesa. Nota 6,0

Léo: Muito ruim, o gol foi a única coisa boa. Nota 4.0

Victor Ramos: Tufão,Tufão,Tufão, esteve bem, mas as vezes tem que sair espanando tudo, mais um gol na conta, tá virando artilheiro. Nota 7.5

Gabriel: A mesma coisa, quase complica tentando sair com a bola, campo molhado espana a bola garoto, mas foi bem. Nota 7.0

Mansur: É impressionante, não marca nada, mas até apoiou com qualidade, errou o lance e acabou fazendo o gol. Nota 4.5

Uelliton: Uma partida para esquecer, não acertou nada, 3 vacilou nos gols. Nota 3,0

Michel: Teve que trabalhar triplicado, por ele, por Uelliton e por Léo, Nota 8.0

Pedro Ken: O maestro, dois belos passes e muita determinação tática, ajudou muito na marcação: Nota 9.0

Tartá: Oscilou junto com o time, começou puxando bem os contra ataques, mas depois  passou a errar passes e viradas de bola, se recuperou no meado do segundo tempo, mas pode render mais. Nota 6.0

Marco Aurélio: Estava buliçoso, mas saiu machucado. SEM NOTA

Neto Baiano: Guerreiro, eu gosto da determinação dele,  boas assistências, faltou marcar o dele. Nota 9.0

Leíson: Uma grata surpresa, para mim um dos melhores em campo, entrou com personalidade e deu dor de cabeça a defesa e ainda ajudou na marcação pelo setor esquerdo, um belo gol. Nota 9.0

Eduardo Ramos: Entrou para segurar a onda no meio e foi bem, teve a chance de marcar o seu mas desperdiçou. Nota 6.5

Dankler: Quase marca em seu primeiro lance, entrou para ajudar na marcação na lateral direita e não comprometeu: NOTA 6,5

Carpegiani: Seu time tem oscilado professor! No geral o time foi bem, tem  sido valente para buscar os resultados e ele mudou corretamente. Nota 7.0

Jogos da terça-feira – Série B

Vitória 4 x 3 Paraná
Criciuma 4 x 3 Boa Esporte
Guaratinguetá 2 x 1 ASA
Atlético-PR 1 x 0 Ipatinga

Gustavo já está na Argentina para defender a Seleção


goleiro rubro-negro Gustavo é o único atleta de um clube do Nordeste convocado pelo técnico Ney Franco, da Seleção Brasileira Sub-20, para o Quadrangular Internacional a ser realizado na província de Chaco, Argentina.A equipe chegou nesta quarta-feira a Chaco e realizou um treino de reconhecimento do gramado do Estádio Sarmiento Chaco, local do jogo desta quinta-feira, contra o Uruguai.
O vencedor do confronto Brasil x Uruguai vai decidir o título do quadrangular com o vencedor de Argentina x Chile. A final será no sábado, às 20 horas. Os perdedores se enfrentarão pelo terceiro lugar.A competição serve de preparação da Seleção Brasileira para o Sul-Americano de 2013, que também contará com a participação do Chile e da Argentina.
PS: Lembrando que Mansur também foi convocado, mas foi cortado por contusão, o interessante é que o atleta se recuperou antes do tempo e vai jogar pelo Vitória neste sábado.

Qual o Vitória que entrará em campo?


A semana esta bem movimentada na Toca do Leão, e sem duvida alguma a pergunta mais proferida é: Qual o Vitória que entrará em campo? Não é um questionamento simplesmente relacionado aos 11 titulares, até já sabemos que haverá substituições importantes, mas no tocante a postura da equipe em campo, o Vitória do primeiro tempo, ou do segundo em Goiânia?

Os retornos de Nino, Mansur, Douglas e Uelliton animam bastante e faz com que aumente a esperança de que o primeiro tempo contra o Goiás seja a tônica dos 90 minutos contra o Avaí, pelo menos o pensamento dos atletas tem sido o melhor possível. Pedro Ken afirmou que o Vitória tem que pensar na liderança, e que abriga não é somente para subir, mas para ser campeão, e que por isso o Avaí precisa pagar o pato e com isso todo o trabalho do Vitória na série B, volte a ser valorizado.

Os atletas não escondem a decepção e Neto Baiano foi outro que afirmou ser necessário apagar a péssima impressão da ultima rodada. Já Carpegiani busca nos reforços achar o equilíbrio do time que já demonstra um padrão tático, mas que oscila muito dentro de uma mesma partida, o time deve formar com: Douglas, Nino, Gabriel, Victor Ramos, Mansur, Uelliton, Rodrigo Mancha, Pedro Ken, Tartá, Marquinhos e Neto Baiano no clássico esquema 4-4-2 variando no jogo para o 4-4-1 e ou 4-4-3 dependendo da movimentação de Marquinhos e Tartá que oscilam entre o meio campo e o ataque.

Uma coisa é fato, para conseguir superar o trauma, o Vitória precisará muito do apoio incondicional da sua torcida guerreira, a nação rubro-negra tem que ir ao Barradão, e precisa gritar, aplaudir e empurrar o Leão da Barra rumo ao triunfo e a importante permanência no G4 do brasileirão.

Mais uma vez quero ressaltar o pacto, você apoia, a gente lota, Vitória ganha.

SRN

PS: Participe do nosso grupo no facebook, em breve novidades:https://www.facebook.com/groups/259704767429855/

PS2: Siga no twitter: @valmerson

PS3: Curta a nossa fã page: https://www.facebook.com/leaominhapaixao

RELACIONADOS PARA VITÓRIA X AVAÍ

Antes mesmo de terminar o treinamento coletivo no CT Manoel Pontes Tanajura, o técnico do Vitória, Paulo César Carpegiani, divulgou a lista dos jogadores relacionados para a partida do próximo sábado, dia 30, contra o Avaí, no estádio Manoel Barradas, pela oitava rodada da Série B.
A grande novidade na lista foi a presença do jovem Willie, revelado nas divisões de base do clube. Outra surpresa foi o volante Mineiro, esquecido no elenco nos últimos meses.
Confira a lista:
Goleiros: 
Renan e Douglas
Laterais: Nino Paraíba, Wellington Saci e Mansur
Zagueiros: Rodrigo, Gabriel e Victor Ramos
Volantes: Rodrigo Mancha, Uelliton, Ananias e Mineiro
Meias: Willie, Eduardo Ramos, Tartá, Pedro Ken e William
Atacantes: Neto Baiano, Marquinhos e Marco Aurélio