VASCO 2X3 VITÓRIA Leão vence e respira


Pressionado, o leão entrou em campo no seu aniversário de 119 anos precisando vencer, de uniforme novo, com time modificado, o Vitória teve êxito e triunfou diante do Vasco por 3×2 em São Januário.

Mancini prometeu oxigenar a equipe e foi a campo com 6 mudanças e deu certo, aos 16 minutos o rubro negro abriu o placar com André Lima depois de Neilton pressionar a defesa e a bola sobrar livre para o camisa 99 chutar e fazer 1×0. Após a vantagem o Vasco foi pra cima e pressionou o Vitória até que aos 37′ Rhayner comete penalidade, André Rios bate e Caique defende, no rebote a defesa fica parada, Caique sai para abafar em André Rios e comete nova penalidade desta vez cobrada por Pikachu que empata.

No segundo tempo o Vitória teve uma postura melhor e com a entrada de Lucas Fernandes o time chegou ao segundo gol após belo contra ataque, o atacante bateu a bola desviou no zagueiro e enganou Martin Silva, Leão 2×1.

O Vasco em desvantagem se atirou ao ataque e cedeu espaços para o contra ataque mas foi de bola parada o terceiro, após a cobrança a bola bate no zagueiro Werley e entra, gol contra, 3×1 no placar. Pressão cruzmaltina, 3 defesas de Caique e aos 37 o alvinegro diminui após vacilo na marcação, Andre Rios fica de cara com Caique e fuzila para deixar o placar em 3×2.

Apesar da pressão o Vitória conseguiu sua primeira Vitória e respira na competição, agora enfrenta o Sampaio Correia pela Copa do Nordeste e domingo encara o Ceará pelo brasileirão.

FICHA TÉCNICA
Vasco 2×3 Vitória
Campeonato Brasileiro – 5ª rodada
Data: 13/05/2018 (domingo)
Horário: 16h
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves (RS)
Assistentes: Laeirson Peng Martins (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)
Assistentes adicionais: Vinicius Gomes do Amaral (RS) e Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS)

Cartões amarelos: Breno, Henrique (Vasco) / Walisson Maia, Willian Farias, Fillipe Soutto (Vitória)

Gols: Yago Pikachu, Andrés Ríos (Vasco) / André Lima, Lucas Fernandes, Werley, contra (Vitória)

 

Vasco: Rafael Galhardo, Breno, Werley e Henrique; Desábato, Bruno Silva (Bruno Cosendey), Yago Pikachu, Wagner  (Riascos) e Caio Monteiro (Kelvin); Andrés Rios. Técnico: Zé Ricardo.

 

Vitória: Caíque; Lucas (José Welison), Kanu, Ramon e Jeferson;  Willian Farias, Fillipe Soutto e Rhayner (Lucas Fernandes); Neilton, Wallyson e André Lima (Denilson). Técnico: Vagner Mancini.

Anúncios

Vitória pronto com muitos desfalques


1RM_7225Mancini tem muitos problemas para escalar o time que enfrentará o Atlético mineiro amanhã, sem contar com Kieza e Vander suspensos, ele também não contará com Victor Ramos e William Farias machucado, o recém contratado Bruno foi outro que vai fazer tratamento no DM, já Zé Love anda não teve nome no BID.

Retornando da seleção, Caique já esta em minas onde se integra ao restante do elenco que viaja hoje as 17 horas.

No treino Mancini fez trabalho tático com ênfase nas bolas paradas, o treinador disse que esta na duvida entre Serginho atuando o 4-4-2 ou Ramallo com o sistema com 3 atacantes.

Goleiros: Fernando Miguel e Caíque
Zagueiros: Kanu, Vinícius e Ramon
Laterais: Diego Renan, Diogo Mateus e Euller
Volantes: Amaral, Marcelo e José Welison
Meias: Cárdenas, Tiago Real, Serginho e Flávio
Atacantes: Ramallo, Alípio, David, Marinho e Nickson

[EC VITÓRIA 3X2 SPORT] Leão vence o Sport e sobe na classificação


EC VITÓRIA 3x2 SPORT

O Vitória começou o jogo indo para cima do Sport e logo no inicio teve duas boas chances de abrir o placar, a primeira com Amaral que recebeu, dominou e sozinho chutou em cima do goleiro, depois com Dagoberto que desperdiçou a chance de abrir o placar e marcar seu primeiro gol com a camisa do Vitória.

 

Quando o rubro negro dominava o jogo e parecia abrir o placar, eis que um banho de água fria, lançamento preciso de Diego Souza e Matheus Ferraz aparece sozinho na área com tranquilidade para dominar e chutar forte sem chances para Caique, Sport 1×0 mesmo com o Vitória atuando com 3 zagueiros.

 

Depois do gol o jogo ficou um pouco parado, até que Everton Felipe fez falta forte em vander e levou o segundo cartão amarelo, vermelho pra ele e Sport com um a menos em campo. A partir daí o Vitória partiu pra cima de vez em busca do gol de empate e chegou a ele com Vander que dominou e chutou forte para empatar, ele correu em direção da torcida e fez sinal de reverência, como se pedisse desculpas, decretado o fim do primeiro tempo.

 

No segundo tempo o Vitória voltou todo ataque, o time que já tinha mudado com Nickson em lugar de Amaral ainda na etapa inicial se lançou a frente e até os zagueiros faziam uma linha avançada próximo ao meio campo.

Para coroar as boas partidas que vem fazendo eis que o leão chegou a virada com Euller num belo gol, ele dominou no peito e bateu com força no canto do goleiro Agenor e festa no Barradão.

A situação ficou favorável mas não tranquila quando Lênis foi expulso por agredir Dagoberto e Nickson em lançamento marcar, 3×1 Vitória. Não tranquila porque mesmo com dois homens a mais e dois gols de diferença, o Vitória voltou a falhar e Matheus Ferraz diminuiu, 3×2. Já com Yan e Rafaelson em campo o rubro negro teve a chance de ampliar mais desperdiçou pelo menos 4 grandes contra ataques. O time ainda teve duas penalidades não assinaladas pela arbitragem

CAIQUE O goleiro voltou a titularidade e foi bem, sem culpa nos gols e com boas saídas 6,0

D.RENAN A direita esta fazendo bem pra ele, voltando a ser importante, bons lançamentos 7,0

VICTOR RAMOS KANU RAMON Não se pode tomar dois gols como foram os do Sport com 3 zagueiros, precisam treinar mais 5,0

EULLER Melhor em campo, marcou, atacou, armou, e fez um golaço, vem mostrando evolução 8,0

AMARAL hoje estava até bem na partida mas perdeu um gol feito, saiu por questões do jogo 6,5

WILLIAN FARIAS É um monstro, marca muito, merecia aquele gol para ser coroado. 8,0

TIAGO REAL Não marca, não arma e perde bons lances, quem disse que o Sport estava com um menos¿ 4,0

VANDER Vinha mal mas marcou um belo e importante gol, no segundo tempo esteve mais solto 7,0

DAGOBERTO Vem sendo muito participativo, buscando o jogo e gostei muito das tabelas com Euller e Nickson, falta o gol pra tirar o peso. 7,0

NICKSON Com personalidade moleque, entrou muito bem, foi pra cima e marcou o gol da Vitória 8,0

YAN Entrou com pouco tempo sem avaliação

RAFAELSON apesar do pouco tempo teve duas grandes chances e o nervosismo atrapalhou 5,0

VAGNER MANCINI Hoje tem meus parabéns pela escalação com 3 zagueiros e por mudou ainda no primeiro tempo e certo para o time buscar o triunfo 7,0

 

FICHA TÉCNICA

Vitória x Sport 

Campeonato Brasileiro – 12ª rodada

Local: Barradão, em Salvador

Data: 29/06/2016

Horário: 19h30

Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)

Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ).
Cartões amarelos: Tiago Real, Dagoberto, Nickson e Vander (Vitória); Everton Felipe, Durval e Lenis (Sport)
Cartão vermelho: Everton Felipe e Lenis (Sport)
Gols: Vander, Euller e Nickson (Vitória); Matheus Ferraz 2X (Sport)

Vitória:  Caíque; Diego Renan, Victor Ramos, Kanu, Ramon e Euller; Amaral (Nickson), Willian Farias  e Tiago Real (Rafaelson); Vander  e Dagoberto (Yan). Técnico: Vagner Mancini

Sport: Agenor; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Rodney Wallace; Ronaldo, Rodrigo Mancha, Diego Souza (Vínicius Arajuo), Gabriel Xavier (Lenis) e Everton Felipe; Edmilson (Rogério). Técnico: Oswaldo de Oliveira

[EC VITÓRIA X SPORT] Time precisa voltar a vencer no Barradão nesse clássico nordestino


EC VITÓRIA x SPORT

O Vitória precisa voltar a vencer em casa para não entrar na zona de rebaixamento, o leão baiano tem pela frente o “primo” Sport que saiu do z-4 com uma goleada de 5×1 na rodada passada e chega embalado a Salvador onde pretende surpreender neste duelo de 6 pontos.
Mancini tem muitos problemas para escalar o time, sem contar com Marinho, Kieza e Fernando Miguel, o treinador esta sendo obrigado a mudar a equipe, ele conta com o retorno de Victor Ramos e Vander recuperados de lesão, porém com tantos desfalques o time e esquema a ser usado só será revelado minutos antes do jogo. O certo é que o goleiro Caique volta a titularidade no gol, o jovem arqueiro da base já era solicitado por boa parte da torcida e a expectativa é que mais uma vez ele aproveite a oportunidade e dê conta do recado.
Ramon, Flavio, Vander,Gabriel e Rafaelson brigam por vaga e a depender da escolha do treinador de 2 destes 5 nomes, será a forma como a equipe ficará postada em campo, o certo é que o time não irá para o jogo com 3 atacantes, sendo o 5-3-2 e o 4-4-2 os esquemas a serem adotados.
Empolgado com a goleada e por ter deixado a zona de rebaixamento, o Sport quer vencer no Barradão,ultrapassar o EC Vitória e se distanciar no z-4, para tal feito Oswaldo de Oliveira conta com Diego Souza que vem retomando sua grande fase no leão pernambucano.

HISTÓRICO

São 19 jogos na história do brasileiro série A

6 triunfos do EC VITÓRIA

6 empates

7 triunfos do Sport
20 gols para o Sport e 18 para o Vitória, o confronto é marcado por grande equilíbrio e placares apertados, 2×0 foi a maior diferença e nos últimos dois jogos em 2014 os visitantes levaram a melhor com o Sport vencendo no Barradão e o Vitória vencendo na ilha.

 

FICHA TÉCNICA

Vitória x Sport 

Campeonato Brasileiro – 12ª rodada

Local: Barradão, em Salvador

Data: 29/06/2016

Horário: 19h30

Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)

Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ).

[BAHIA 0X2 VITÓRIA] O Leão domina o rival e vence o clássico com autoridade


BAhia 0x2 VITÓRIA BAVI

O Vitória não tomou conhecimento do rival e em mais um jogo comemorativo da Arena Fonte Nova, o leão faz a festa e de quebra acaba com a invencibilidade do rival na temporada 2016.

Mancini promoveu mudanças na equipe e surpreendeu a todos, a entrada de Marinho no ataque era aguardada, Arthur Maia foi sacado para tal mas a entrada de Caique no gol e Welison improvisado na lateral direita deixou a todos atônitos e na expectativa de como a equipe se comportaria em campo.

O JOGO

O BAVI começou pegado com as equipes fazendo faltas e abusando da troca de farpas entre os jogadores, de criação muito pouco, Amaral chutou de fora pra defesa de Lomba, o Bahia respondeu com Edigar Junior para grande defesa de Caique que iniciaria ali sua grande participação, sendo o melhor em campo na sua estreia como profissional aos 18 anos, justamente em um clássico.

Os Vitória detinha a posse, abria a bola nas laterais com Marinho e Vander mas não tinha objetividade e nem velocidade, sem contar que Tiago Real isolado no centro pouco aparecia. O Bahia buscava os contra ataques e assustava com Luisinho, porém Ramon e Vinicius estavam atentos e quando não conseguiam parar o ataque rival, eis que surgia Caique com boas defesas. O rubro negro ainda teve duas grandes chances de abrir o placar ainda no primeiro tempo desperdiçadas, a primeira de cabeça com Robert sozinho na pequena área mandando pra fora e a segunda no ultimo lance com um contra ataque rápido com 5 jogadores contra 3 defensores e Amaral recebeu na área mas isolou.

Segundo Tempo

Mancini e Doriva resolveram apostar no mesmo time, porém a postura do Vitória mudou e em menos de um minuto, o Leão com a marcação avançada roubou a bola e Vander recebeu em profundidade na esquerda, ajeitou e bateu colocado de direita no canto de Marcelo Lomba pra fazer Vitória 1×0 Bahia. Com o gol a superioridade do leão tomou corpo e logo no lance seguinte, Robert sozinho sem goleiro conseguiu chutar em cima do zagueiro. O time de Mancini passou a pressionar, criar jogadase acuar o Bahia de Doriva, até que em jogada rápida o Vitória roubou a bola, avançou e após juiz não marcar uma penalidade escandalosa, Tiago Real conseguiu roubar a bola e tocar colocado por cima de Lomba, no ângulo fazendo um lindo gol e decretando o triunfo rubro negro que ainda teve chances de ampliar mas desperdiçou.

Fim do centésimo jogo da Arena Fonte Nova e o Vitória chega a marca de 7 BAVIs de invencibilidade e quase 02 anos.

FICHA TÉCNICA

Bahia x Vitória Campeonato Baiano-

6ª Rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador

Data: 13/03/2016 Horário: 16h Árbitro: Gleidson Santos Oliveira Assistentes:  Elicarlos Franco de Oliveira e Dijalma Silva Ferreira Junior Gols: Vander, Tiago Real,

Cartão Amarelo:Amaral, Vander, João Paulo, Ramon, José Welison

Bahia: Marcelo Lomba; Hayner, Gustavo (Robson), Éder e João Paulo; Feijão; Paulo Roberto (Rômulo); Juninho, Luisinho e Edigar Junio; Zé Roberto (Jacó). Técnico: Doriva

Vitória: Caique; José Welison, Ramon, Vinícius e Diego Renan; Amaral, Willian Farias e Tiago Real (Leandro Domingues); Marinho (Arthur Maia), Vander e Robert (Flávio). Técnico: Vagner Mancini

CAIQUE Pelo menos 3 grande defesas, muito seguro, saindo do gol segurando o go quando vencendo, mostrou qualidade e maturidade, melhor em campo NOTA 10

WELISON: Apesar de improvisado conseguir desempenhar bem sua função que foi evitar os avanço do lateral esquerdo João Paulo e foi muito b. NOTA 7

VINICIUS: Du vacilo contra Paulo Roberto mas depois se recuperou, teve duas chances de marcar de cabeça desperdiçou mas fez a dele la atrás NOTA 6,5

RAMON: Mesmo com pouca idade e com a responsabilidade de ser o xerife da defesa, ele se saiu muito bem, bela partida anulando o ataque do rival: NOTA 8

DIEGO RENAN: oi bem na marcação mas tímido nos apoios, melhorou no segundo tempo NOTA 6,5

AMARAL:Levou cartão no inicio e preocupou, erra muitos passes e teve uma chance e ouro e isolou, no segundo tempo cresceu e anulou o meio  Bahia. NOA 6

WILLIAM FARIAS: Marca bem mas não tem conseguido dar continuidade as jogadas, erra passes simples e rmite os contra ataques. NOTA 5

TIAGO REAL: Isolado o centro no primeiro tempo, foi importante no segundo e marcou um golaço. NOTA 7,5

VANDER: Primeiro tempo horroroso, pedi até que ele fosse substituído mas que bom que Mancini não me ouviu, primeira jogada e gol com sua marca registrada, chute colocado sem chances pra Lomba e tranquilidade para o Vitória. NOTA 7

MARINHO: Não foi tão brilhante mas teve papel decisivo, segurou os laterais, comandou as puxadas de ataque pelas pontas e impôs mais respeito ao adversário NOTA 7

ROBERT: Centroavante que se preza não pode perder os gols que perdeu. NTA 4

Leandro Domingues, Arthur Maia e Flavio: Entraram para segurar a bola e garantir o triunfo e foram bem NOTA 6.0

MANCINI: Mudou e surpreendeu a todos, time venceu bem e ganha moral pras finais NOTA9

O que esperar do Vitória 2016


ECV 2016

A começar pelo primeiro semestre onde o rubro negro terá pouco mais de 16 jogos, isso contando que ao contrario de 2015 o time não decepcione e chegue à final do estadual e também dos jogos da Copa do Brasil, já que por incompetência não disputará a Copa do Nordeste é a justificativa para as poucas contratações da diretoria até o momento, posso até dar um credito a isso, mas claro que as perdas de Escudero e Rhayner não serão digeridas sem uma grande contratação e sem os resultados necessários.

Ganhar o campeonato baiano virou obrigação para o Vitória em 2016, pois além de recuperar a hegemonia e apagar os vexames de 2015, o time é o único representante do certame que faz parte da elite do futebol brasileiro, e que de certo a competição também servirá de preparação para série A, onde teremos grandes adversários e apesar de que haverá contratações, já precisamos ter uma base solida pra chegar forte no nacional.

O Elenco

As renovações de Mattis, Diego e Amaral até agora é o ápice do time de Mancini, o retorno do velocista William Henrique e do questionado Arthur Maia também dão um certo volume ao time, Nickson e Rafaelson são observados com esperança, o camisa 09 por exemplo deve iniciar a temporada como titular e tem que mostrar a fome de gol que tinha na base, principalmente em jogos contra o rival em que sempre deixou sua marca. Ainda tem os recém contratados Alipio e Tiago Real que chegam sob a desconfiança e precisam mostrar trabalho pra conquistar a torcida rubro negra.

Ronaldo, Gustavo, Fernando Miguel,Euller,Diego Renan, Alef,  Arthur Maia, Rafaelson, Tiago Real, David, Amaral,Caique,Flavio, Gabriel, Mattis, Wellison, Josué, Nickson, Marcelo, Rômulo, Vander, Wallace, Willian Henrique,Yan, Ramon, além de Norberto e Robert que estão entregues ao departamento médico e de Gatito, Pedro Ken e Diogo Mateus que ainda negociam a renovação de contrato.

Eleições

Ano de eleições no clube, e ao que tudo indica pela primeira vez direta, com o sócio torcedor escolhendo seu presidente e a formação do conselho do clube, eis que quem esta no comando não quer dar chances de sair do clube e por isso eu espero um Vitória forte em 2016, acredito piamente que reforços irão chegar a toca do leão, a exemplo de 2013 quando o clube fez grandes investimentos no elenco com Escudero, Cáceres, Maxi e Cajá.