Imagem

Vitória 2×1 Ceará Leão ruge no clássico nordestino e sobe na tabela


O Leão venceu a primeira no Barradão, a segunda consecutiva no brasileiro e chega a 10ª colocação na classificação, deixando o Ceará na zona de rebaixamento.

Em uma manhã de sol forte, com greve de ônibus, 8 mil guerreiros no Barradão e mudanças de Mancini, o Vitória triunfou diante do Ceará por 2×1 com gols de Wallyson e Neilton e agora mira a difícil tarefa de reverter o placar contra o Sampaio Corrêa.

Com Elias fazendo sua estreia no gol e Zé Welison de volante o Vitória de Mancini mostrou uma melhor consistência defensiva, o time ainda esta longe de uma grande exibição, mas mostrou evolução em alguns quesitos e o mais importante foi vencer e deixar a zona de rebaixamento.

Um bela partida de Neilton que deu assistência para o primeiro gol e fez o segundo de pênalti e menção negativa para Rhayner que além de continuar jogando mal, saiu ironizando as vaias da torcida.

FICHA TÉCNICA
Vitória x Ceará
Campeonato Brasileiro – 6ª rodada

Local: Barradão, em Salvador
Data: 20/05/2018
Horário: 11h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)
Assistentes adicionais: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ) e Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
Cartões amarelos: Kanu, André Lima, Jeferson e Lucas Fernandes (Vitória)
Gols: Wallyson e Neilton (Vitória) / Wescley (Ceará)

 

Vitória: Elias; Lucas (Guilherme Costa), Kanu, Wallison Maia e Jeferson; José Welison, Willian Farias e Rhayner (Rodrigo Andrade); Wallyson, Neilton e André Lima (Lucas Fernandes). Técnico: Vagner Mancini.

Ceará: Everson; Samuel Xavier (Pio), Luiz Otávio, Rafael Pereira, Romário; Richardson (Hyuri), Juninho e Ricardinho; Wescley, Éder Luís (Felipe Azevedo) e Elton. Técnico: Marcelo Chamusca

Anúncios

Sampaio Corrêa x Vitória Leão com time misto no inicio da decisão


De olho na Copa, rumo ao Hexa, o Vitória mesmo poupando alguns jogadores garante que o objetivo é a conquista da Copa do Nordeste 2018, maior vencedor da competição, o Vitória é penta campeão mas desde o reinicio da competição ainda não levantou a taça, esta mais do que na hora.

No jogo desta noite no Castelão o rubro negro enfrenta a Bolívia querida, como é chamado o Sampaio Corrêa e o time não conta com Aderllan, Lucas Fernandes e Wallyson e ainda vai poupar, Kanu, Rhayner e Neilton.

Apesar da equipe mista, André Lima afirmou que o Vitória vai forte e sabe da obrigação de conseguir um bom resultado hoje para levar a vantagem para o Barradão.

 

FICHA TÉCNICA

Sampaio Corrêa x Vitória
Copa do Nordeste – quartas de final (jogo de ida)
Local: Castelão, em São Luís (MA)
Data: 16/05/2018 (quarta-feira)
Horário: 19h15
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: Marcelino Castro de Nazare (PE) e Ricardo Bezerra Chianca (PE)

 

Sampaio Corrêa: André Luiz; Bruno Moura, Fredson, Maracás e Alyson; César Sampaio, Diego Silva, William e João Paulo; Alvinho e Bruninho. Técnico: Roberto Fonseca.

Vitória: Caíque; Lucas, Ramon, Bruno Bispo e Jeferson; Willian Farias, José Welison, Yago e Alexander Baumjohann; André Lima e Luan (Denílson). Técnico: Vagner Mancini.

VASCO 2X3 VITÓRIA Leão vence e respira


Pressionado, o leão entrou em campo no seu aniversário de 119 anos precisando vencer, de uniforme novo, com time modificado, o Vitória teve êxito e triunfou diante do Vasco por 3×2 em São Januário.

Mancini prometeu oxigenar a equipe e foi a campo com 6 mudanças e deu certo, aos 16 minutos o rubro negro abriu o placar com André Lima depois de Neilton pressionar a defesa e a bola sobrar livre para o camisa 99 chutar e fazer 1×0. Após a vantagem o Vasco foi pra cima e pressionou o Vitória até que aos 37′ Rhayner comete penalidade, André Rios bate e Caique defende, no rebote a defesa fica parada, Caique sai para abafar em André Rios e comete nova penalidade desta vez cobrada por Pikachu que empata.

No segundo tempo o Vitória teve uma postura melhor e com a entrada de Lucas Fernandes o time chegou ao segundo gol após belo contra ataque, o atacante bateu a bola desviou no zagueiro e enganou Martin Silva, Leão 2×1.

O Vasco em desvantagem se atirou ao ataque e cedeu espaços para o contra ataque mas foi de bola parada o terceiro, após a cobrança a bola bate no zagueiro Werley e entra, gol contra, 3×1 no placar. Pressão cruzmaltina, 3 defesas de Caique e aos 37 o alvinegro diminui após vacilo na marcação, Andre Rios fica de cara com Caique e fuzila para deixar o placar em 3×2.

Apesar da pressão o Vitória conseguiu sua primeira Vitória e respira na competição, agora enfrenta o Sampaio Correia pela Copa do Nordeste e domingo encara o Ceará pelo brasileirão.

FICHA TÉCNICA
Vasco 2×3 Vitória
Campeonato Brasileiro – 5ª rodada
Data: 13/05/2018 (domingo)
Horário: 16h
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves (RS)
Assistentes: Laeirson Peng Martins (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)
Assistentes adicionais: Vinicius Gomes do Amaral (RS) e Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS)

Cartões amarelos: Breno, Henrique (Vasco) / Walisson Maia, Willian Farias, Fillipe Soutto (Vitória)

Gols: Yago Pikachu, Andrés Ríos (Vasco) / André Lima, Lucas Fernandes, Werley, contra (Vitória)

 

Vasco: Rafael Galhardo, Breno, Werley e Henrique; Desábato, Bruno Silva (Bruno Cosendey), Yago Pikachu, Wagner  (Riascos) e Caio Monteiro (Kelvin); Andrés Rios. Técnico: Zé Ricardo.

 

Vitória: Caíque; Lucas (José Welison), Kanu, Ramon e Jeferson;  Willian Farias, Fillipe Soutto e Rhayner (Lucas Fernandes); Neilton, Wallyson e André Lima (Denilson). Técnico: Vagner Mancini.

COPA DO BRASIL Corinthians x Vitória


Dia de decisão na Copa do Brasil para o Vitória, o leão vai a São Paulo enfrentar o Corinthians precisando vencer por qualquer placar para conseguir vaga nas oitavas de final da competição nacional.

O Vitória tem os retornos de Willian Farias e Zé Wellison poupados na ultima partida e o reforço do zagueiro Aderllan que estreou bem contra o Fluminense, Mancini não confirmou a equipe mas a única mudança da primeira partida deve ser mesmo a entrada do defensor em lugar de Ramon.

Estratégias diferentes, enquanto o rubro negro deve novamente tentar anular o ataque alvinegro e partir forte no contra ataque no modelo reativo, o meia Rodriguinho lembrou da derrota ano passado para o Vitória no brasileiro e disse que a equipe precisa tomar cuidado, ser inteligente e sobretudo fazer o gol logo no inicio para tentar abrir espaços.

Como a primeira partida no Barradão terminou em 0x0 e não temos mais gols qualificado, qualquer empate leva a decisão para penalidades, e qualquer triunfo classifica a equipe vencedora.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS X VITÓRIA

COPA DO BRASIL-JOGO DE VOLTA- QUARTAS DE FINAL

ARENA CORINTHIANS-19:30 HORAS

VITÓRIA: Caique, Zé Welison, Aderllan, Kanu, Pedro Botelho, Willian Farias, Uillian Correia, Yago, Rhayner, Neilton, Denílson. Técnico: Vagner Mancini.

CORINTHIANS:Cássio, Mantuan, Balbuena, Henrique, Sidcley; Gabriel, Maycon; Pedrinho, Jadson, Rodriguinho, Romero Técnico: Carille

AMÉRICA MG X VITÓRIA Campeonato Brasileiro


O Vitória tem na noite de hoje(30) uma tarefa complicada, encarar o América MG no estádio independência e mesmo no inicio da competição, deixa o fantasma da zona de rebaixamento pra trás. O time conta com os reforços de Wallyson e Lucas Fernandes e terá os desfalques de Juninho e Nickson que foram vetados pelo departamento médico.

Vagner Mancini deve manter a mesma equipe que vem atuando, a duvida está por conta do lateral Jeferson que pode atuar no lugar de Welison que vem sendo improvisado no setor.

A expectativa fica em relação de qual será a postura do leão diante do coelho, o time que fez uma boa exibição diante do Corinthians vai manter a mesma estratégia num jogo reativo, ou tentará novamente propor o jogo com triangulações? De qualquer forma, o rubro negro precisa do primeiro triunfo.

HISTÓRICO

EM Campeonato brasileiros são 5 jogos com 4 triunfos do Vitória e 1 empate, o ultimo jogo foi no Barradão em 2016 e o Vitória ganhou de 2×1, no independência o jogo terminou igual em 1×1.

FICHA TÉCNICA
América-MG x Vitória
Campeonato Brasileiro – 3ª rodada

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte
Data: 30/04/2018 (segunda)
Horário: 20h
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (ambos de SP)

América-MG:  Jori, Norberto, Messias, Rafael Lima e Carlinhos; Leandro Donizete, Juninho (Wesley) e Serginho; Marquinhos, Aylon e Rafael Moura (Judivan). Técnico: Enderson Moreira

Vitória: Caique, Jeferson (José Welison), Kanu, Ramon e Pedro Botelho; Willian Farias, Uillian Correia, Yago e Rhayner; Neilton e Denílson. Técnico: Vagner Mancini

Atlético PR x Vitória Leão quer recuperar os pontos perdidos


O Vitória vai em busca de mais 3 pontos fora de casa para deixar a zona de rebaixamento num jogo de 6 pontos contra o Atlético Paranaense na arena da baixada.

Alexandre Gallo fez treino secreto e não revelou a equipe, as dúvidas de como a equipe começa o jogo é se o contratado Fred perdeu a vaga para Ramon, se Patric retorna a lateral e assim Yago ganharia vaga no meio e por fim se ele utilizará o esquema com 2 ou 3 atacantes.

O time de Eduardo Baptista venceu a última em casa, saiu da zona e quer embalar, time bem na libertadores mas com inicio instável no brasileirão, o furacão parecia devastado, a equipe rubro negra agora busca sequência na competição e por isso o Vitória precisa ficar atento.

HISTÓRICO

31 JOGOS COM:

13 V do Vitória

6 Empates

12 V do Atlético PR

O último confronto foi pela segunda fase do brasileiro 2016, no Barradão, e o Vitória conseguiu uma virada eletrizante e venceu por 3×2, no ultimo jogo na Arena da Baixada ano passado o jogo foi 1×1.

 

FICHA TÉCNICA
Atlético-PR x Vitória
Campeonato Brasileiro – 10ª rodada
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 25/06/2017
Horário: 16h
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: José Reinaldo Nascimento Júnior e Daniel Henrique da Silva Andrade (DF)
Assistentes adicionais: Sávio Pereira Sampaio (DF) e Christiano Gayo Nascimento (DF)

Atlético-PR: Weverton; Gustavo Cascardo, Wanderson, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Matheus Rossetto e Lucho González; Nikão, Douglas Coutinho e Grafite. Técnico: Eduardo Baptista.

Vitória: Fernando Miguel; Leandro Salino,  Kanu, Fred e Geferson; Uillian Correia, Willian Farias, Patric e Gabriel Xavier; Neilton e Kieza. Técnico: Alexandre Gallo.

Vitória x Atlético MG Leão conta com sua maior força contra o Galo


Quando as coisas não vão bem, nada melhor do que voltar pra casa, e é justamente isso que o Vitória vai fazer neste domingo (11) para conseguir seu primeiro triunfo no brasileiro 2017.

Depois de 5 jogos, o leão volta a selva Barradão e com obrigação de vencer para sair da incômoda lanterna. Em 20° com apenas 1 ponto e 6% de aproveitamento e pior ataque da competição, o rubro negro recebe o galo 16° com 6 pontos e 40% de aproveitamento, o primeiro fora da zona, portanto aquele chamado jogo de 6 pontos.

O técnico Alexandre Gallo realizou treino fechado e não divulgou a equipe, mas apenas uma alteração é esperada, Salino no lugar de Patric.

O atlético tem novidades, Roger Machado ganhou os reforços de Danilo e Otero que deve ser titular em lugar de Valdivia.

44 Jogos 9 triunfos 14 empates e 21 derrotas são os números do Vitória que não vence o Galo desde 2010 quando venceu no Barradão e no mineirão.

Ficha Técnica:

Campeonato Brasileiro 2017

6a Rodada

Vitória x Atlético MG

Salvador-Ba 11 Junho 2017 às 16 horas

Vitória: Fernando Miguel;Salino,Alan Costa, Fred, Thallyson; Willian Farias, Uillian Correia, Gabriel Xavier; David, Neilton e Kieza. Técnico Alexandre Gallo.

Atlético MG: Victor; Alex Silva, Erazo, Felipe Santana e Danilo; Rafael Carioca, Yago, Elias e Otero (Valdívia); Robinho e Fred. Técnico Roger Machado

Arbitragem:

Árbitro:  Raphael Claus  (SP-FIFA)
Assistente 1: Alex Ang Ribeiro (SP-CBF)
Assistente 2: Tatiani Sacilotti do Santos Camargo (SP-FIFA)
Quarto Árbitro: Alberto Poletto Masseira (SP-CBF)
Assistente Adicional 1: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral  (SP-CBF)
Assistente Adicional 2: Marcio Henrique de Gois  (SP-CBF)

Vitória finaliza preparação contra o São Paulo e Alexandre Gallo define titulares


Foto: Mauricia da Matta

O técnico Alexandre Gallo encerrou a preparação do time que enfrenta o São Paulo nesta quinta(8) pela 5 rodada do campeonato brasileiro.

Gallo separou duas equipes, os titulares foram mantidos, o treinador iniciou focando em jogadas de bola parada, escanteio, faltas, e jogadas ensaiadas, o time formou com: Fernando Miguel, Patric, Alan Costa, Fred,Thallyson, Willian Farias, William Correia, Gabriel Xavier, David, Neilton, Kieza.

Os reservas comandados por Flávio Tanajura fizeram trabalho com bola em campo reduzido e tiveram os reforços de André Lima recuperado da fascite plantar e que deve voltar a ser relacionado, e os recém chegados Felipe Soutto e Yago( este ainda não pode atuar).

Após os trabalhos com Gallo e Tanajura, titulares e reservas se juntaram para o tradicional rachão.

Estatísticas de Fluminense 2×1 Vitória e os números de Alexandre Gallo novo técnico do Vitória


Os dados estatísticos de Fluminense 2×1 Vitória com base no site Footstats.

Os 3 últimos trabalhos de Alexandre Gallo

Gallo em 2015 comandou a seleção brasileira sub-20, fez 22 jogos com 14 V 4 E 4 D Aproveitamento de 69%.

Em 2016 AG treinou a Ponte Preta em 12 Jogos com 7 V 2E 3 D Aproveitamento de 63,88%

Seu último trabalho foi com o Náutico, assumiu em Abril de 2016 principalmente para disputa da série B e em 25 Jogos, obteve 11V 4E 10D Aproveitamento de 49,3%.

Na primeira divisão os únicos trabalhos que destaco foi em 2005 pelo Santos quando terminou na quinta colocação e em 2012 no Náutico quando foi 12°, classificando-se para Sul-americana, uma curiosidade é que Kieza era seu comandado e foi artilheiro com 13 gols.

Curiosidade:

Alexandre Gallo jogou 4 temporadas no Vitória entre 92 à 96 até se transferir para o Santos.

  1. O tão falado perfil do treinador

Olhando para os nomes de Carlos Amadeu, e Alexandre Gallo, treinadores pretendidos pelo Vitória, associo a eles e o dito “perfil” o fato de terem trabalhos sólidos com divisão de base e o fato do clube ser um grande formador de atletas, torço para que AG tenha êxito, consiga fazer um trabalho que traga resultados consolidados a curto, médio e longo prazo. Continuar lendo

O desafio de reconstrução do futebol do Vitória


A saída de Sinval Vieira da diretoria de futebol, abre espaço para que de fato o futebol do clube seja profissionalizado, Petkovic(novo diretor de futebol), tem agora a oportunidade de montar uma equipe com conhecimento técnico e tocar um projeto com metas a curto,médio e longo prazo.

É possível driblar a crise, a guerra nos bastidores e o péssimo momento em campo, Raimundo Viana conseguiu isso na renúncia de Falcão e agora Pet precisa repetir o feito no futebol mas ciente de que a dificuldade será maior.

CURTO PRAZO

O Vitória precisa de um treinador de ponta, Levir Culpi e Marcelo Oliveira seriam ideais, estes nomes podem ajudar a blindar o campo, os jogadores, diminuir a cobrança do torcedor e restaurar a confiança para não sermos rebaixados.

Convencer tais profissionais neste momento de caos, é a difícil tarefa de Ivã de Almeida e Petkovic, seria necessário oferecer um trabalho com estabilidade, visando resultados, mas com cautela, sem a pressão de demissão no primeiro tropeço, e abertura para pelo menos 4 contratações indicadas por estes profissionais.

MÉDIO PRAZO

Contrato até pelo menos dezembro de 2018, esquema e modelo implantados, base mantida e salvo do rebaixamento(Amém),começar o novo ano de acordo com um planejamento embasado, sólido que permita ao EC Vitória pensar em conquistas maiores, estes 6 meses serão importantíssimos para criar essa identidade e permitir que divisão de base e profissional sejam alinhados dentro de um projeto único.

LONGO PRAZO

Com uma identidade definida, colher os frutos destas mudanças e corrigir as falhas que persistirão, é olhar para o clube e ter expectativa, conhecendo seus anseios e almejando cada vez mais crescimento.

Espero que o cenário político seja “dissolvido” e que os pré candidatos aguardem 2019, e nisso, o grupo de conselheiros que pediam a destituição de Ivã, saiu na frente, eles anunciaram a retirada da petição com a saída de Sinval Vieira, e afirmam que as reinvindicações foram atendidas, bom para reagrupar o conselho neste momento de “reconstrução”.

PS: Augusto Vasconcelos deixa a direção jurídica do clube.

PS2:Leonardo Amoedo continua na direção do financeiro e controle.

PS3: Clube pode mudar a direção de comunicação.