Bahia x Vitória O grande clássico Raiz


A dupla BAVI volta a se encontrar pra mais um clássico mas desta vez existe algo diferente, vintage, retrô, a volta dá torcida raiz, e que nunca deveria ter sido extinta, é o retorno dá área reservada a torcida mista.

Para quem nasceu nos anos 2000 é difícil entender a emoção, o entusiasmo dos noventistas de um jogo Bahia x Vitória com torcida mista, isso tem muito haver com as guerras protagonizadas por organizadas que copiaram tudo que não presta dos Hooligans mas chegou a hora de lhes apresentar o que é torcer de verdade, o que é entrar na Fonte juntos, provocando, sentando lado a lado e sair com aquele sarro legal que somente os baianos tem.

Hoje será um BAVI sem dúvida diferente dos últimos 10 anos e que além de um bom futebol, possamos nos encantar com a festa das torcidas em paz e após o jogo que independente de quem vença sabemos que será o leão, vamos curtir com toda paz!

O técnico Argel Fucks divulgou antecipado a escalação e o único nome que não concordo é de Geferson, Euller vem tendo boas atuações e merece a titularidade. No primeiro BAVI dele mesmo já classificado em primeiro, Fucks vai com time titular e sabe dá importância, histórica dá partida e quer manter os 100%.

Guto Ferreira o que chama o Vitória de rival, e durante a semana levantou questionamento s sobre arbitragem, fez treino secreto e não divulgou a equipe mas a verdade é que não há muito que esconder.

TÉCNICA
Bahia x Vitória
Campeonato Baiano – 10ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 09/04/2017
Horário: 16h
Árbitro: Jailson Macedo Freitas
Assistentes: Carlos Eduardo Bregalda Gussen e Elicarlos Franco de Oliveira
Bahia: Anderson; Eduardo, Tiago, Éder e Armero; Edson (Renê Júnior), Juninho e Régis; Allione, Edigar Junio e Hernane. Técnico: Guto Ferreira
Vitória: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Alan Costa e Geferson; Willian Farias,  José Welison, Cleiton Xavier  e Gabriel Xavier; David e Kieza. Técnico: Argel Fucks

JUAZEIRENSE X VITÓRIA A caminhada rumo ao BI


juazeirense x vitoria

JUAZEIRENSE X VITÓRIA O inicio da caminhada rumo ao BI

Começa o baianão e o leão vai a Juazeiro para enfrentar a Juazeirense, também conhecido como Cancão de fogo pela primeira rodada em busca do bi-campeonato.

 
O time terá mudança em relação ao time que venceu o Sergipe, Leandro Salino será titular na lateral direita em lugar de Norberto que cumprirá suspensão e existe a possibilidade de que Cleiton Xavier comece no lugar de Pisculichi que ainda não está na forma ideal.

 

O técnico Barbosinha disse que o time precisa jogar com inteligência para superar o rubro negro, Chicão afirmou que não pode deixar o Vitória jogar para o canção sair com os 3 pontos, ao contrario da estreia do time no nordestão.

 

Argel Fucks afirmou que o time ainda precisa de mais tempo e ajustes mas que a expectativa é vencer e ao longo do baiano e da Copa do Nordeste montando a equipe ideal tática,físico e tecnicamente.

 

Relacionados do @ECVitoria:

Gol: F. Miguel e Wallace;
Lat: Euller, L. Salino, Cedric e Geferson;
Zag: Fred, A. Costa e Bruno

Vol: U. Correia e W. Farias;

Mei: Jhemerson, C. Xavier, G. Xavier e Pisculichi;
Ata: Paulinho, Pineda, David e Kieza.

c9645a83-3dff-4f28-a6af-dbaf55247cee
FICHATÉCNICA:
JUAZEIRENSE X VITORIA
CAMPEONATO BAIANO 1 RODADA
ESTÁDIO: Adauto Moraes-Juazeiro
29/01/2017 ÀS 16:00 HORAS

 
Juazeirense: Tigre; Nem, Emerson, Ricardo Braz, Marquinhos Bahia, Capone, Waguinho, Patrik,  Everlan, Júnior Chicão,  Sassá

Téc Barbosinha

 

VITÓRIA: Fernando Miguel, Norberto, Alan Costa, Fred, Geferson, Willian Farias, Uilliam Correia, Gabriel Xavier, Pisculichi(Cleiton Xavier), David, Kieza

Téc:Argel Fucks

 

ARBITRAGEM: JUAZEIRENSE X VITORIA  Arbitro: Ricarle Batista  Auxiliares: Adailton J Jesus da Silva  e José C Oliveira dos Santos

FBF e clubes anunciam regulamento do campeonato baiano 2017


O Campeonato Baiano de 2017 ganhou nova formula de disputa e terá inicio no dia 29 de janeiro, a primeira fase de classificação encerra 5 de abril. As semifinais acontecerão nos dias 9 e 16 de abril, enquanto que as finais nos dias 30 de abril e 7 de maio com total de 15 datas.

Os clubes se reuniram na sede da FBF.

O atual campeão Vitória,Bahia, Juazeirense, Fluminense de Feira, Galícia, Jacobina, Flamengo, Jacuipense, Vitória da Conquista, Bahia de Feira e o novato Atlântico aprovaram a nova formula de disputa

Na primeira fase de classificação, todos os 11 clubes em grupo único se enfrentarão em sistema apenas de ida, classificando-se os 4 melhores para a Semifinal. A partir da Semifinal será ida e volta, com 1º x 4º  e 2º  x 3º . Os dois vencedores buscam o título também em jogos de ida e volta. O primeiro e segundo colocados da semifinal têm vantagem de dois resultados iguais e realizar o jogo decisivo em seu mando de campo.

REBAIXAMENTO
Serão rebaixados para a Série B do Baianão 2018, os dois últimos colocados da 1ª fase, sem quadrangular.

MUDANÇA: As vagas para outras competições  serão distribuidas somente no Baianão, sem mais vagas para a Copa Governador do Estado. O campeão, o vice-campeão e o terceiro colocado garantirão vagas na Copa do Nordeste de 2018. Já na Copa do Brasil, o vencedor, o segundo colocado e o 3º garantirão as vagas. Poderão disputar o Brasileirão da Série D os três primeiros colocados exceto a dupla BAVI por já possuírem vaga em divisão superior.

[BAHIA X VITÓRIA] Leão com vantagem para ficar com título do baiano!


VITÓRIA X BAHIA

O Vitória se acostumou a ganhar o campeonato baiano nas ultimas 3 décadas, situação que deixou o Leão e sua torcida bem desconfortável com o fato de estar a 2anos sem ganhar a competição, agora com vantagem e amplo tabu em cima do rival, a expectativa é da retomada da hegemonia.

Mancini leva a campo o mesmo time que venceu o BAVI no ultimo domingo por 2×0 no Barradão, mesmo “recuperados” Dagoberto, Fernando Miguel e Tiago Real iniciam no banco e poderão reforçar a equipe no decorrer do jogo.

No time de Doriva a expectativa é de mudança de formação com Thiago Ribeiro mais avançado próximo a Hernane e mais aberto no meio buscando pressionar o Vitória nos minutos iniciais, o que deve gerar espaços para os contra ataques rápidos puxados por Leandro Domingues, Vander e Marinho e essa deve ser a maior arma rubra negra na tarde de hoje.

Recheado de provocações o BAVI viverá novamente hoje mais um capitulo de sua história, as torcidas se alfinetam mas tudo na paz e nos bastidores os presidentes também resolveram promover “tretas” domingo passado o Vitória provocou o Bahia no telão do estádio do Barradão, o Bahia promete o troco e com tudo isso o folclore do BAVI continua forte e mostra porque esse confronto é especial e apaixonante.

NÚMEROS

O Vitória pode perder pela diferença de um gol que fica com o título

O Leão esta a 8 clássicos mais de dois anos sem perder para o rival

Já ocorreram 12 BAVIs dia das mães com 6 triunfos do Vitória, 3 empates e 3 derrotas

O Bahia nunca na história conseguiu reverter à vantagem do Vitória no segundo jogo

Diego Renan,Vander,Caique e o presidente Raimundo Viana nunca perderam para o rival, Já Marcelo Santana presidente do Bahia nunca venceu o clássico

FICHA TÉCNICA

Bahia x Vitória

Campeonato Baiano (2º jogo da final)

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador

Data: 08/05/2015

Horário: 16h

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)

Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Luiz Cláudio Regazone (Asp. Fifa-RJ)

Bahia: Marcelo Lomba; Tinga, Lucas Fonseca, Éder e Moisés; Feijão, Paulo Roberto, Danilo Pires e João Paulo Gomes; Thiago Ribeiro e Hernane . Técnico: Doriva.

Vitória: Caíque; José Welison, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Willian Farias e Leandro Domingues; Vander, Marinho e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.

[VITÓRIA X GUANAMBI] Leão precisa vencer para garantir vaga


VITÓRIA X FLAMENGO GUANAMBI

O Vitória precisa vencer neste sábado o time do Flamengo de Guanambi por qualquer placar para garantir vaga a semifinal do campeonato baiano 2016, o Leão perdeu o primeiro jogo por 1×0 e por isso qualquer resultado que não seja um triunfo não interessa ao time comandado por Vagner Mancini.

Com desfalques, duvidas e estreias, o leão vai a campo no Barradão, Fernando Miguel continua de fora, Maicon Silva e Tiago Real também desfalcam o rubro negro, Willian Farias é duvida, certo mesmo serão as estreias de Victor Ramos e Kieza.

A expectativa é de um bom publico no Barradão, pela expectativa de ver os novos jogadores e também da classificação na competição, a diretoria resolveu fazer promoção e sócios torcedores poderão levar uma mulher como acompanhante.

Caique continua no gol, Welison também deve permanecer improvisado na lateral direita, Flavio e Marcelo brigam pela vaga de Willian Farias que só saberá se reuni condições no vestiário, Leandro Domingues e Arthur Maia disputam a vaga de Tiago Real.

Mancini espera que o gol saia nos primeiros minutos mas garante que o time irá manter a tranquilidade e não irá se afobar caso o gol demore um pouco a sair, Já Mazola garante que o time vai jogar com inteligência mas não irá ficar retrancado que buscará atacar o Vitória e manter a bola no ataque.

VITÓRIA: Caique, Welison, Victor Ramos, Ramon, Diego Renan, Amaral, Willian Farias( Flavio ou Marcelo), Leadro Domingues( Arthur Maia, Marinho, Vander, Kieza. Técnico Vagner Mancini.

GUANAMBI: Léo, Edivan, Jefferson, Teles, Xandi, Oliveira, Sidney, Cloves, Jó, Fabio Azevedo, José. Técnico Mazola

[BAHIA X VITÓRIA] BAVI põe dupla BAVI a prova


BAVI

Quando a bola rolar para o centésimo jogo da história da Arena Fonte Nova mais do que 3 pontos estarão em jogo, além de uma invencibilidade de quase 2 anos e 06 jogos o rubro negro lutará para mostrar pela primeira vez em 2016 futebol e o rival tricolor quer confirmar que os 100% não se tratou de ter adversários frágeis.

Num clássico marcado pelos desfalques, o Vitória perde Fernando Miguel, Maicon Silva e perde em não poder contar com o ainda não regularizado Victor Ramos, já o Bahia não contará com o seu artilheiro Ernane que só retorna aos gramados no segundo semestre. Em compensação a dupla conta com reforços, o Leão tem de volta Amaral, e o tão festejado Marinho, e poderá ter a estreia de Leandro Domingues que vai pro banco, já Doriva contará com João Paulo novamente na lateral esquerda.

O BAVI terá mais uma motivação, porém esta fora de campo a contratação do mais recente ídolo tricolor, Kieza, fez as manchetes esportivas turbinarem durante semana, enquanto no rival há muita choradeira, os rubro negros aproveitam para provocar e com certeza nas arquibancadas veremos coros dos dois lados, mesmo sem que K9 esteja em campo, porém o fato é que a contratação apimentou ainda mais o clássico de logo mais. Outro personagem polêmico deverá ser Tiago Real, tendo também pulado do fazendão para toca do Leão em 2016, é a primeira vez que enfrenta a ex- equipe e se diz preparado para a responsabilidade e que se marcar, não hesitará em comemorar.

Como nova formação, tendo a presença de um camisa 9, o vitória deve explorar as subidas de Diego Renan e seus bons lançamentos para Robert, aproveitando a principal dificuldade do sistema defensivo do Bahia, a bola alçada, outro trunfo é a velocidade de Marinho que reaparece a equipe, eu sacaria Vander, porém a escolha de Mancini parece ter sido Arthur Maia.

Doriva perdeu seu homem referência mas espera contar com o equilíbrio que o Bahia vem tendo e tentará surpreender no setor mais problemático do Vitória a defesa, sem o paredão Fernando Miguel, cabe a Wllace em sua segunda partida no profissional honrar as tradições de grande revelador de goleiros do Vitória, fato que até já faz um tempo que não acontece. Para isso o novo camisa 1 terá uma dupla de zaga e o lateral esquerdo também da base, Ramon, Vinicius e Euller, apenas Diego Renan e os volantes Amaral e Willian Farias para trazer mais experiência ao setor defensivo.

Entre desfalques, retornos, contratações e polêmicas, fica a expectativa de um grande jogo, com tudo a verdade é que mesmo com o triunfo  Bahia ou Vitória ainda estarão longe de ser o time em que se espera para o campeonato brasileiro das séries B e A respectivamente.

 

FICHA TÉCNICA

Bahia x Vitória

Campeonato Baiano- 6ª Rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador

Data: 13/03/2016

Horário: 16h

Árbitro: Gleidson Santos Oliveira

Assistentes:  Elicarlos Franco de Oliveira e Dijalma Silva Ferreira Junior

 

Bahia: Marcelo Lomba; Hayner, Gustavo, Éder e João Paulo; Feijão; Paulo Roberto; Juninho, Luisinho e Edigar Junio; Zé Roberto. Técnico: Doriva

 

Vitória: Wallace; José Welison (Euller), Ramon, Vinícius e Diego Renan; Amaral, Willian Farias e Tiago Real; Marinho (Arthur Maia), Vander e Robert. Técnico: Vagner Mancini

 

 

 

 

 

 

O que esperar do Vitória 2016


ECV 2016

A começar pelo primeiro semestre onde o rubro negro terá pouco mais de 16 jogos, isso contando que ao contrario de 2015 o time não decepcione e chegue à final do estadual e também dos jogos da Copa do Brasil, já que por incompetência não disputará a Copa do Nordeste é a justificativa para as poucas contratações da diretoria até o momento, posso até dar um credito a isso, mas claro que as perdas de Escudero e Rhayner não serão digeridas sem uma grande contratação e sem os resultados necessários.

Ganhar o campeonato baiano virou obrigação para o Vitória em 2016, pois além de recuperar a hegemonia e apagar os vexames de 2015, o time é o único representante do certame que faz parte da elite do futebol brasileiro, e que de certo a competição também servirá de preparação para série A, onde teremos grandes adversários e apesar de que haverá contratações, já precisamos ter uma base solida pra chegar forte no nacional.

O Elenco

As renovações de Mattis, Diego e Amaral até agora é o ápice do time de Mancini, o retorno do velocista William Henrique e do questionado Arthur Maia também dão um certo volume ao time, Nickson e Rafaelson são observados com esperança, o camisa 09 por exemplo deve iniciar a temporada como titular e tem que mostrar a fome de gol que tinha na base, principalmente em jogos contra o rival em que sempre deixou sua marca. Ainda tem os recém contratados Alipio e Tiago Real que chegam sob a desconfiança e precisam mostrar trabalho pra conquistar a torcida rubro negra.

Ronaldo, Gustavo, Fernando Miguel,Euller,Diego Renan, Alef,  Arthur Maia, Rafaelson, Tiago Real, David, Amaral,Caique,Flavio, Gabriel, Mattis, Wellison, Josué, Nickson, Marcelo, Rômulo, Vander, Wallace, Willian Henrique,Yan, Ramon, além de Norberto e Robert que estão entregues ao departamento médico e de Gatito, Pedro Ken e Diogo Mateus que ainda negociam a renovação de contrato.

Eleições

Ano de eleições no clube, e ao que tudo indica pela primeira vez direta, com o sócio torcedor escolhendo seu presidente e a formação do conselho do clube, eis que quem esta no comando não quer dar chances de sair do clube e por isso eu espero um Vitória forte em 2016, acredito piamente que reforços irão chegar a toca do leão, a exemplo de 2013 quando o clube fez grandes investimentos no elenco com Escudero, Cáceres, Maxi e Cajá.

 

Números da gestão Carlos Falcão são trágicos para o Vitória


CF

Depois do post com os números de Jorginho frente ao comando técnico do Vitória, torcedores pediram os números do time sob a batuta de Carlos Falcão e eis que o aproveitamento do presidente realmente pífio, sem nenhuma conquista e 3 decepções no ano, a sul-americana e brasileiro poderiam apagar o estrago desse inicio de gestão, mas até aqui o nacional é uma vergonha, e no continental é possível imaginar algo diferente?

VEJAM OS NÚMEROS:

CAMPEONATO BAIANO (72,2% DE APROVEITAMENTO/VICE-CAMPEONATO)

8 VITÓRIAS

2 DERROTAS

2 EMPATES

COPA DO NORDESTE (50% DE APROVEITAMENTO/ ELIMINAÇÃO NAS QUARTAS)

3 VITÓRIAS

3 EMPATES

2 DERROTAS

COPA DO BRASIL (33,3% DE APROVEITAMENTO/ ELIMINAÇÃO NA 1ª FASE)

2E

CAMPEONATO BRASILEIRO ATÉ A 15ª RODADA (33,3% DE APROVEITAMENTO ATÉ O MOMENTO)

3 VITÓRIAS

6 DERROTAS

6 EMPATES

RETROSPECTO EM BAVIs ( 20% DE APROVEITAMENTO)

5 jogos

3 EMPATES

2 DERROTAS

TOTAL 37 JOGOS  (49,54% DE APROVEITAMENTO)

14 VITÓRIAS

10 DERROTAS

13 EMPATES

OBS: O GRANDE http://www.ecvitorianoticias.com/ FOI UTILIZADO COMO BASE DE PESQUISAS PARA OBTER TAIS RESULTADOS.

[BAHIA X VITÓRIA] Agora é hora de decisão!


bahia x vitória campeonato baiano 2014

O DIA 06/04 PARA O VITÓRIA

– Nessa data, em 1997, o Rubro Negro vencia o BaVi na antiga Fonte Nova por 4 a 2. Com gols maravilhosos de jogadores como: Bebeto Gama, Ueslei e Agnaldo Capacete.

Foi um BaVi eletrizante, com uma Fonte Nova praticamente lotada. Mais de 75.000 pagantes (infelizmente nunca mais teremos um publico desse em BaVi) presenciaram um jogão de bola. Eu estava lá e vibrei com mais um momento mágico do Rubro Negro, goleamos o nosso rival, nesse jogo que assim como hoje, foi o 1º jogo da Final (só que naquele ano foi final do 1º turno).

Esse foi o único BaVi realizado nessa data. Espero que hoje se repita o triunfo, de preferência de goleada (se não golearmos, tá bom também)

Ah! e amanhã completa exatos um ano do 5 a 1 qua aplicamos no Jahia, na inauguração da Arena Fonte Nova.

Veja a ficha dos 4 a 2 que enfiamos no dia 06/04/1997:

Jahia 2 x 4 Vitória (06/04/1997, Fonte Nova)
Competição: Final do 1º Turno do Baiano de 97
Gols: Edmundo e Odemílson (Bah);
Bebeto Gama, Flávio Tanajura, Úeslei e Agnaldo (Vit)
Público: 75.044
Vitória: Nílson, Russo, Flávio, Júnior Tuchê e Esquerdinha; Preto Casgrande,, Bebeto Campos, Gil Baiano (Uéslei) e Chiquinho (Emerson); Bebeto Gama (Humberto) e Agnaldo
Técnico: Arturzinho

E veja os gols:

http://www.youtube.com/watch?v=6AknaA_VNzI

HISTORICO

FICHA TÉCNICA

Bahia x Vitória 
Campeonato Baiano – 1º jogo da final
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 06/04/2014
Horário: 16h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho (FIFA-GO) e Bruno Boschilla (FIFA-PR)
Bahia: Marcelo Lomba; Diego, Demerson, Titi e Pará (Guilherme Santos); Fahel, Uelliton, Pittoni, Lincoln e Rhayner;  Anderson Talisca. Técnico: Marquinhos Santos.

Vitória: Wilson; Ayrton, Matheus Salustiano, Rodrigo Defendi e Mansur; José Welison, Cáceres, Juan e Hugo; Souza e William Henrique. Técnico: Ney Franco.

Ney Franco relaciona atletas e Souza fará sua estreia


CAVERNÃO SOUZA
Ney Franco relacionou os atletas que irão para partida contra o Vitória da Conquista pela semifinal do campeonato baiano logo após o coletivo que contou com mudanças, sem Luiz Gustavo e Welison o treinador vai de Salustiano na zaga e com o contestado Lucas Zen no meio, no ataque saiu Alan Pinheiro e entrou Souza.
O atacante antes apelidado de caveirão esta sendo rebatizado e quer ser conhecido no leão como #CAVERNÃO em homenagem aos Imbatíveis, Souza vive a expectativa de estrear bem e apagar seu passado polêmico no rival de Itinga.
O time que foi escalado como titular no coletivo por Ney Franco e deve ser confirmado contra o conquista é: Wilson; Ayrton, Matheus Salustiano, Rodrigo Defendi e Juan; Lucas Zen, Cáceres e Hugo; Marquinhos, Dinei e Souza no sistema 4-3-3.
Goleiros: Wilson e Gustavo
Laterais: Ayrton, Juan, Nino Paraíba e Mansur
Zagueiros: Rodrigo Defendi, Matheus Salustiano e Dão
Volantes: Cáceres e Lucas Zen
Meias: Hugo e Mauri
Atacantes: Marquinhos, William Henrique, Souza, Dinei e Alan Pinheiro.