DO LEGADO AO CRESCIMENTO: O que Ivã de Almeida terá que fazer para um EC Vitória campeão


Ivã de Almeida presidente do Vitória Na noite de hoje(19) será empossado o novo presidente do conselho diretor do Esporte Clube Vitória, o professor Ivã de Almeida, e ele terá muito trabalho para lograr êxito em transformar o rubro negro num time campeão.

Para começar Ivã deve atentar para o legado deixado pelo ex-presidente Raimundo Viana, os quais merecem destaque:

INÍCIO DO FIM DOS PÉS NO CHÃO

Em mais de 8 anos em que o clube foi governado por Alexi Portela e Carlos Falcão me recordo de apenas 1 atleta que teve seus direitos adquiridos, mo caso Escudero no fim de 2013 no processo de renovação, há quem garanta que a medida foi apenas para garantir o triunfo na eleição do clube naquele ano. Pois bem, ainda que de forma moderada Raimundo Viana comprou Kieza, Marinho e Willian Farias e mostra o caminho a ser seguido. A política de pires na mão, mendigando atletas rejeitados por outros clube deve ser abandonada e o novo presidente, precisa dar continuidade a essa prática de investir em jogadores vistos como destaques.

INVESTIMENTO NO PATRIMÔNIO

Era constante as reclamações do torcedor sobre o investimento em estrutura e do final de 2015 ao final de 2016, pudemos observar investimentos em novos campos, inclusive um campo gramado sintético, acomodações das divisões de base, inclusive com academia e equipamentos médicos voltados somente para as novas gerações.

Valorização da marca fabrica de talentos.

ESPORTES OLÍMPICOS

Basquete,Vôlei,Futevôlei, futsal,Judô,Jiu Jitsu,MMA, Natação,Remo nunca vimos um Vitória tão plural, com tanto destaque em outros esportes, os investimentos para elevar a marca ECV além do futebol precisa ter continuidade e a VdT precisa olhar para isso.

ARENA BARRADÃO

A apresentação do projeto de reforma do estádio Manoel Barradas é algo que alegra o torcedor, analisar o que foi feito pela gestão passada e dar continuidade no processo de captação de recursos é importantíssimo para o futuro do Vitória.

MARKETING

Os eventos do clube foram de extremo sucesso este ano, desde o jogo amistoso com o Tianjin na Fonte Nova, a apresentação do trio DKV(Dagoberto,Kieza e Victor Ramos) e o evento de aniversário do clube, lograram êxito e foram bastante elogiados, inclusive na mídia nacional e é preciso seguir por este seguimento e dar ainda mais atenção ao marketing do clube.

CRESCIMENTO o que Ivã de Almeida não pode copiar.

O grande destaque do time nas ultimas 3 temporadas, Escudero não renovou e não se pode deixar Marinho sair sem esgotar todas as tentativas de manter o atleta em 2017.

PROFISSIONALIZAÇÃO DOS DEPARTAMENTOS

O clube precisa mais do que nunca de profissionais no futebol,base e marketing não podemos mais aturar tantos erros nestes setores, é preciso criar um planejamento, traçar o perfil e dentro dessa dinâmica investir.

Raimundo Viana assumiu que deixa o clube para seu sucessor com dinheiro em caixa mas a nova diretoria não pode continuar “desperdiçando” os recursos com contratações mal sucedidas, oriundas da falta de conhecimento profissional e de qualquer análise de desempenho. Conhecer desde o perfil do responsável pelas contratações, da triagem de atletas base x profissional, até as contratações que chegarão para o grupo é importante para que tenhamos bom desempenho nas competições disputadas.

Investimentos no futebol

O Vitória não fez grandes investimentos para o campeonato baiano 2016 e os reforços pontuais para o segundo semestre ficaram apenas nas promessas, o clube sofreu e por pouco salvou-se do descenso e isso não pode ser repetido.

FRACASSO NA BASE

O torcedor esta acostumado a ver a “fabrica de talentos” sempre entre os primeiros colocados das competições que disputa e este ano foi um festival de eliminações precoces desde a taça São Paulo a Copa do Nordeste o time andou decepcionando e para completar não tivemos tanta força para revelar destaques, Euller,Marcelo e Zé Welison já peregrinam no time de cima e Caique e David foram a salvação da lavoura em 2016, muito aquém dos R$ 8 milhões investidos por ano no setor.

SOU MAIS VITÓRIA X PREÇOS DE INGRESSOS

A política de ingressos este ano foi extremamente equivocada, majorar os preços dos ingressos, visando forçar o torcedor a se associar não teve sucesso e vimos o clube com público fraco, baixa arrecadação e com pouco apoio nas arquibancadas, os preços dos ingressos precisam estar condizentes com a realidade social de Salvador e compatível com os atrativos que o tim oferece, os investimentos no elenco é que farão o programa de sócios alavancar, ter um time competitivo que brigue por títulos que ofereça expectativa ao torcedor deve ser o caminho e não a prática de quase”extorquir” o torcedor.

Ainda nesse sentido do torcedor como força, é preciso de fato abrir o clube para seu torcedor, principalmente para os seus sócios, entender as necessidades e os anseios de quem vive o clube é importante, fazer um clube com ideias voltadas para uma melhor experiência de quem é a razão de existir de um clube é importantíssimo, e ouvir as ideias que surgem das vozes que ecoam da arquibancada deve ser o caminho para quem se denomina: VITÓRIA DO TORCEDOR.

Anúncios

[Eleição] Destaques dos 4 candidatos a presidência do Vitória!


phototastic-08_12_2016_43bb9d6d-8270-45d4-854a-77b08998ea97Amanhã (15/12) conheceremos o novo presidente do EC Vitória para os próximos 3 anos e o LMP resolveu destacar pontos positivos e negativos dos candidatos.

RAIMUNDO VIANA (CADA VEZ MAIS FORTE)

650x375_raimundo-viana-presidente-do-vitoria_1514277O atual presidente do Vitória assumiu o clube em grande crise após sucessivos fracassos de Carlos Falcão e conseguiu apagar as chamas.

Acesso pra série A do brasileiro

Campeão baiano 2016

Classificou para Copa do Nordeste 2017

Permanência na série A em 2017

“Fim da política de pés no chão” Com as compras dos direitos federativos de Marinho, Kieza e William Farias.

Inicio do projeto Arena Barradão.

O mandato de Viana também teve pontos negativos e com forte impacto na imagem do cartola.

Não aprovar a eleição direta para presidente

Não aprovar a formação de conselho proporcional.

Não ter renovado com Escudero e Gatito.

Não reforçar o elenco para o segundo semestre

Demora na definição da saída de Mancini

Campanha irregular no brasileiro

PAULO CARNEIRO (VITÓRIA GIGANTE)

10-03-15_paulocarneiro100315_1481207607Paulo foi presidente do Vitória na década de 90 e acumulou polêmicas a frente do comando, com estilo arrojado e agressivo, PC acumulou fãs e desafetos no clube.

Maior campeão estadual e do nordeste

11 consecutivos na série A

Revelação de grandes jogadores na base

Base papa títulos internacionais

Incluiu o Vitória no clube dos 13

Contratações de grandes craques(Petkovic,Bebeto,Túlio,Mazinho,Aristizabal,Edilson,Vampeta)

Vitória passou a mandar oficialmente seus jogos no Barradão

Boas campanhas nos brasileiros 93,98,99 e Copa do Brasil 2003

Mas como nem tudo é flores, houve também muitos problemas nos 17 anos em que PC ficou no comando.

Problemas de relacionamentos com parte da imprensa

Casos de agressão a repórteres e jogadores

Polêmica vendas de atletas como Hulk

Processo contra o clube com documentos falsos

Ida para o rival

Rebaixamento para séries B e C consecutivamente

RICARDO DAVI (VITÓRIA DE TODOS NÓS)

ricardo-daviRicardo teve passagem no departamento de marketing do Vitória e fez bom trabalho no setor, com ele as mídias sociais cresceram, o clube teve duas premiadas ações de marketing que ganhou o mundo mas também ficou marcado por criação de camisa “comemorativa”no rebaixamento 2014 ede estar ligado a gestão Falcão e sobretudo ter declarado que era contra eleições diretas.

IVÃ DE ALMEIDA( VITÓRIA DO TORCEDOR)

25015iv-de-almeida-escolhido-como-candidato-na-chapa-vit-ria-do-torcedor-2

Conselheiro do clube a bastante tempo, Ivã ganhou notoriedade nos últimos 6 anos e pode ser reconhecido como o cara que engatinhou um processo de oposição no clube quando em 2010 prometeu ir para o bate chapa com Alexi Portela e em 2013 com Carlos Falcão mas tem justamente isso contra a sua pessoa, após reunião do conselho desistiu de candidatura e esteve entre os que elegeram AP e CF por aclamação e sobretudo pelo fato de que nos períodos pós eleições não manteve uma postura sólida de oposição.

PS: Pouco se tem dos feitos de Ricardo Davi e Ivã de Almeida que permita listar seus pontos positivos e negativos até pelo fato de que nunca geriram o clube como os outros candidatos.

 

 

Liminar põe a Chapa Vitória Gigante novamente na briga


vitória giganteNa página oficial do Vitória Gigante, o grupo comemorou decisão judicial para que a chapa possa concorrer a eleição do Vitória no dia 11/12 com o candidato Walter Seijo e apoio do ex-presidente Paulo Carneiro.

Após o conselho ter acatado a denuncia das chapas Vitória do Torcedor e Vitória de todos nós e impugnado a chapa VG, já era esperado que o grupo recorresse da decisão e o juiz Walter Américo Caldas suspendeu a decisão o ato do conselho através do presidente José Rocha.

As chapas protestantes devem recorrer igualmente e tentar caçar a decisão do juiz e como já afirmei anteriormente, isso está muito longe de acabar e a eleição do clube deverá ser judicializada.

Prenúncio de duas tragédias anunciadas


ECV 2016Um olhar para o passado recente do clube nos mostra o quão terrível é o momento atual do Esporte Clube Vitória, 2010 e 2014 parecem não ter servido como aprendizado, para não cometer os mesmos erros, antes o time vai desenhando a mesma trajetória rumo segunda divisão.

Para piorar, nas entranhas do clube, o poder deve se perpetuar mais uma vez entre os incompetentes, a menos de 2 meses para eleição presidencial, sem voto direto, a tendência é que Manoel Mattos e seu grupo de capachos conselheiros sejam eleitos para mais 3 anos de ingerência e amadorismo.

Não é novidade que o clube não tem planejamento, a maneira como a montagem de elenco foi feita em 2016 traduz bem isso, deixaram o principal jogador do elenco ir embora por uma dívida de R$ 500 mil, Gatito foi outro a sair, deixaram os fracos Rhayner e Diogo Mateus saírem para depois mendigarem seus retornos, o mesmo com Kanu e Victor Ramos e estava mantida a defesa de série B, sem reforços na série A. Somado a isso, ainda inventaram as contratações de Tiago Real e Alípio e a liberação do contestado Arthur Maia mas só tinha ele na posição, para ficar sem um10 de origem por meses.

O ano foi passando, os reforços prometidos não vieram, Mancini caiu e o time vai seguindo o mesmo destino, já anunciado anteriormente. O time em campo é retrato fiel do seu presidente que a cada aparição nos faz passar vergonha com suas pérolas que divertem e afaga boa parte da imprensa esportiva baiana que é incapaz de realizar o seu trabalho e tecer comentários a partir destes fatos, o folclore de mundico, parece deixar os donos dos microfones atônitos, enquanto o time sucumbe em seus devaneios.

Só milagres salvarão o Vitória do rebaixamento e da eleição de Manoel Mattos e seu conselho, então me apego a fé, creio contra a esperança de que as profecias do trágico fim de 2016 não se cumpram, para que possamos ter um 2017 feliz.

Frase de Raimundo Viana traduz muito sobre como o Vitória é “GOVERNADO”


650x375_ec-vitoria-raimundo-viana-silvoney-salles_1520330Para algumas pessoas a frase dita pelo presidente Raimundo Viana foi apenas algo desastroso mas na verdade o que foi dito revela as entranhas do pensamento arcaico e a forma como o EC Vitória é conduzido.

Ao ser interpelado o presidente disse: “…SOU CONTRA O REBAIXAMENTO DOS GRANDES. O INTER É CAMPEÃO MUNDIAL. DEVERIA HAVER UMA PROTEÇÃO ESPECIAL, UM RANKING QUE PROTEGESSE OS MAIORES CLUBES.”

O Vitória clube presidido por Viana pode ser rebaixado mas Inter não? Quer dizer então que um clube jamais pode ascender ou descender de seu status de grande ou pequeno mesmo com seus feitos dentro de campo, não importando a gestão e o trabalho, o mérito e a competência.

Muito se discute d injusta forma como os recursos são divididos pela TV entre os clubes mas seguindo a lógica de RV nada deve mudar. Essa maneira “conservadora” mostra o porque dele Raimundo Viana ser um dos que barram eleições diretas no Vitória e que independente dos resultados das gestões, o clube tem que continuar na mão dos “Monarcas elitistas” que se julgam os grandes que não podem ser rebaixados para fora série A da presidência, diretorias e conselhos do clube.

A cada entrevista de Raimundo Viana ele solta uma pérola desagradável, desde o se achar protagonista, ao ser torcedor do Flamengo até o julgar que eleições diretas é para dar vez a aproveitadores. As palavras do gestor são preocupantes e demonstram o porque a ada dia torcedores estão descontentes com o EC Vitória a ponto de que há mais de um mês o clube não registra nem um sequer novo sócio torcedor ao PROGRAMA SOU MAIS VITÓRIA.

É presidente apesar dos péssimos nomes que surgem como prováveis candidatos a presidência do clube no fim do ano, vou torcer para que você desta vez honre sua palavra e não tente a reeleição porque “Múmias não podem ficar e fora da gestão”.

DESREUNIÃO no Vitória


vitoria sem fronteiras, vitoriaju, vitoria candango, vitoria sampa Oi TEXTO DO VITORIA CANDANGO

DESREUNIÃO” NO VITÓRIA
No último sábado (17/09), líderes da Rede Vitória Sem Fronteiras estiveram no Barradão, em reunião solicitada pelo Marketing do Vitória para apresentarem o planejamento do setor. Nossos representantes foram Raquel Ribeiro (VITORIAJU – Aracaju), Tiago Bittencourt (Vitória Candango – Brasília) e Vinicius Bittencourt (Vitória Sampa – São Paulo), munidos de questionamentos coletados pelas torcidas integrantes da Rede (22 torcidas agregadas). Eram principalmente sobre reforma do estatuto, ações de marketing, Arena Barradão e intervenções no time de futebol.
Antes de adentrar no decorrer da reunião, cabe esclarecer peculiaridades da Rede Vitória Sem Fronteiras, pois se trata de uma estrutura organizacional diferenciada dentre os movimentos de torcidas do Vitória.
A Rede não é uma torcida organizada, mas sim uma manifestação conjunta de torcidas, que muitas vezes não tem posicionamento uníssono. Imagine 50, 100, 200 torcedores em cada cidade destas 22 torcidas. Muitos deles estão há tanto tempo fora de Salvador, ou mesmo nunca estiveram tão próximos do clube. Nem por isso são menos importantes. O trabalho da Rede é dar visibilidade a esses torcedores, muitos deles associados do Vitória.
Com essa amplitude e essa capilaridade, imbuída do espírito democrático, a Rede procura ouvir os torcedores antes de se manifestar. Evitamos manifestações sobre aspectos que não são pacificados nas discussões. E as torcidas têm a liberdade de divergir do manifesto grupal e fazê-lo individualmente. Isso é democracia. E isso significa também que tudo o que publicamos requer um tempo maior de amadurecimento e de construção. Em geral, não atuamos com imediatismo.
Pois bem, voltemos a reunião do último sábado. Fomos recebidos muito bem pelo ouvidor Gilton do Carmo e nos sentamos à mesa com ele, com o presidente Raimundo Viana, com o conselheiro Ralph Fernandes, com Leila Teixeira e André Chaves, ambos do Marketing. Aí aconteceu o oposto do que a pauta previa e o oposto do que se espera de uma reunião, especialmente para torcedores que viajaram a Salvador por causa dela e precisavam otimizar o tempo.
O presidente Raimundo Viana repetiu a postura da reunião que tivemos em julho e passou cerca de uma hora e meia praticamente falando sozinho, enaltecendo as maravilhas da sua gestão. Foi interrompido algumas vezes pelos representantes da Rede, que não admitiram, por exemplo, ouvir que quem vaia o time não é Vitória, mas Victor Ramos, que ele julga ser um grande craque e ídolo, deve ser abraçado mesmo depois de fugir do seu tratamento médico para ir a uma festa em São Paulo. Ele deixou claro que prefere bater na torcida e apoiar um barqueiro pouco eficaz no seu trabalho. Chegou ao ponto de sugerir que torcedores que vaiaram poderiam ter sido “pagos”, como se a torcida do Vitória não estivesse insatisfeita o suficiente para fazer de graça. Raimundo Viana acha que torcedor do Vitória de verdade é o que pede para tirar foto com o “Vovô Mundico”.
Por quase a totalidade do tempo, Raimundo Viana se ateve a assuntos alheios a pauta. Levantou a voz para garantir seus argumentos que, em boa parte, eram também alheios a realidade, como enaltecer o desempenho de Kieza dizendo que ele é “vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro”. Algumas poucas vezes, os representantes da Rede conseguiram falar por cima do presidente, já que era impossível não ter reação diante tanta incoerência. O presidente adotou a estratégia de desvirtuar a pauta e empurrar a reunião com a barriga. E a reunião virou “desreunião”.
Pouco pode ser aproveitado deste dia. Levamos reclamações de torcedores quanto a dificuldade de renovar o Sou Mais Vitória pelo site, especialmente em um momento em que a eleição se aproxima e, pela mente dos nossos dirigentes, se o sócio atrasar a renovação em um dia invalida todo seu tempo de vínculo, perde os 18 meses contínuos e o direito de votar. Embora o estatuto não fale nada sobre o hiato entre o fim de um plano anual e a sua renovação, é assim que eles tratam a questão.
Foram explanados dois projetos sociais. A representante do VITORIAJU falou da escolinha comunitária Leões da Colônia, em São Cristovão (SE) e recebeu a promessa do clube fazer a divulgação do projeto e realizar uma peneira entre os garotos. Pelo Vitória Sampa, a campanha de doação de brinquedos às crianças do Instituto Saica Pilar no Dia das Crianças, também com promessa de divulgação. Sobre o Sou Mais Vitória, houve uma sugestão de benefício para sócios de fora de Salvador (a garantia do ingresso quando o time jogar próximo da cidade onde ele mora), a qual o vice-presidente Manoel Matos, que apareceu depois, concordou.
Lamentavelmente, foi o pouco que conseguimos colocar em discussão em quase três horas que estivemos representados no Barradão.
A Rede realizou todo o esforço para se fazer presente e foi privada de se manifestar sobre a questão central e vital do Vitória hoje, que é a malfadada reforma do estatuto. Se lá não pudemos falar, aqui decretamos aos quatro ventos que somos mais um dentre diversos movimentos de torcedores do Vitória que brigam por eleições verdadeiramente democráticas. Lutamos por uma estrutura organizacional plural e somos contra a proporcionalidade esdrúxula de uma chapa elegendo todos os seus candidatos e as outras obtendo vagas, aí sim, proporcionais. Somos contra a proposta do presidente do Conselho Fiscal ser obrigatoriamente da mesma chapa eleita para o Conselho Deliberativo, o que geraria desconfianças sobre a fiscalização. Temos a certeza de que a Assembleia Geral jamais votará pela perda do seu próprio poder de decisão sobre alterações do Estatuto. E é justamente por desejarmos estar cada vez mais presentes que reivindicamos a alternativa de votar pelo meio virtual, o que incluirá diversos sócios de fora de Salvador no processo político.
Por fim, lamentamos profundamente as manifestações tacanhas do presidente Raimundo Viana. Temos certeza de que o presidente do nosso clube precisa ser alguém de mente mais moderna e inovadora, que se conecte com a realidade e que trabalhe pela participação da torcida no dia a dia do Vitória e não apenas viva sob o carisma de um personagem.
O Vitória hoje é protagonista, sim, mas de uma comédia de erros, de um pastelão como o visto na última reunião do Conselho. Este Conselho ainda não se deu conta de que, endossada por um possível rebaixamento para a Série B, a chance de uma chapa de torcedores de arquibancada, não viciada, ganhar é muito grande, e de acordo com o estatuto atual, os 300 conselheiros de hoje darão adeus ao clube.
O Vitória tem muitos amadores, mas definitivamente não é para principiantes.
Amanhã vai ser outro dia. A justiça vingará.
ESTAMOS CONTIGO EM QUALQUER LUGAR!

Contratado Henrique é o novo zagueiro do Vitoria


IMAGEM_NOTICIA_3-2

O Esporte Clube Vitória comunica à Nação Rubro-Negra a contratação do experiente zagueiro Henrique, de 33 anos. Formado na base do Flamengo, onde conquistou o Campeonato Carioca em 2004, Henrique defendeu o Bordeaux, da França, por 9 temporadas.

 

No futebol francês, sagrou-se campeão da Ligue 1, em 2008/2009, da Copa da Franca, em 2012/2013, da Copa da Liga Francesa, em 2006/2007 e 2008/2009, além da Supercopa da França, em 2007/2008 e 2008/2009.

 

Pela equipe europeia, Henrique acumula quase 200 jogos oficiais. Em 2014, o defensor retornou ao Brasil para defender o Fluminense.

 

Henrique desembarca em Salvador nesta sexta-feira e assinará contrato até o final da temporada após a realização dos exames médicos.

 

“Estou mutio feliz pela oportunidade de jogar em grande clube. O Vitória tem uma ótima estrutura. Espero poder contribuir bastante. Minha mãe é baiana, do bairro da Federação, e será um prazer jogar em Salvador”, declarou o atleta, em contato com o Rubro-Negro nesta quinta-feira.

 

Zagueiro Bruno é opção de Vagner Mancini para o restante da temporada

 

Mais um garoto oriundo da Fábrica de Talentos está à disposição do técnico Vagner Mancini. No Vitória desde 2014, o zagueiro Bruno, de apenas 20 anos, foi integrado ao elenco profissional.

 

Bruno já foi campeão estadual sub-18 e sub-20, além de ter sido vice-campeão da Copa do Brasil Sub-20 e do Campeonato Brasileiro Sub-20. O zagueiro foi comandado recentemente por Wesley Carvalho e Carlos Amadeu.

 

1RM_6500(1)

Fichas:

 

Carlos Henrique dos Santos Souza

Altura: 1,88m

Nascimento: 02/05/1983

Natural de São Gonçalo (RJ)

 

Bruno Bispo

Altura e peso: 1,86m e 78kg

Nascimento: 06/06/1996

Natural de Aracaju (SE)

 

Fotos: Site oficial/FC Girondins de Bordeaux –

Francisco Galvão/EC Vitória

 

 

[O dono da 10] Vitória apresenta Cárdenas e ele já pode jogar


6tag-1797099771-1300079870025563832_1797099771N a sala de imprensa com a presença de sócios que fizeram o Sou Mais Vitória ou renovaram nos últimos dois dias, foi apresentado o meia colombiano Sherman Cárdenas, e o novo camisa 10 respondeu a perguntas da imprensa.

C10 pediu para não falar da passagem pelo Atlético MG, afirmou ser passado e disse que projeta novo momento .

Sobre a chegada ao Vitória ele disse que esta muito feliz com a oportunidade e que espera brilhar e fazer a Torcida Feliz.

 

Meia disse ainda que se sente no momento certo Para vestir a Camisa 10, disse que esta ciente da responsabilidade mas que esta pronto Para corresponded em campo e ajudar muito so Vitória nessa nova  na .oportunidade carreira.

REGULARIZADO A DISPOSIÇÃO DE MANCINI

O nome Cárdenas foi publicado no BID da CBF no inicio da tarde de hoje e agora ele esta a disposição de Mancini já para o jogo de Domingo contra o Santos caso assim o treinador deseje.

Diretoria apresenta projeto da Arena Barradão ao prefeito ACM NETO


untitledthghh[Texto do site oficial]O Esporte Clube Vitória deu mais um passo para a consolidação de um sonho da torcida rubro-negra, a construção da Arena Barradão.

Na tarde desta quinta-feira (21), o clube recebeu a visita do prefeito de Salvador, ACM Neto, que percorreu todo o Complexo Barradão, acompanhado do presidente do Vitória, Raimundo Viana, e do vice-presidente, Manoel Matos, além de diretores, conselheiros, comitiva do prefeito e imprensa.

No encontro, o Esporte Clube Vitória oficializou a entrega da documentação necessária à prefeitura para início do processo de licenciamento das obras.

ACM Neto, um dos gestores públicos mais bem avaliados do país, visitou os recém-inaugurados campos 4, 5 e 6 do CT Manoel Pontes Tanajura, conheceu as instalações do prédio administrativo do clube e sala de imprensa, e pisou gramado do Santuário.

Em seguida, o prefeito conheceu as novas estruturas da Fábrica de Talentos, a divisão de base do clube, como área de convivência, sala de computação e auditório.

O tour do prefeito pela Toca do Leão foi finalizado com a apresentação do projeto da Arena Barradão pelo Conselho Diretor na sala de projeções da Chácara Vidigal Guimarães. Após explanação do vice-presidente Manoel Matos sobre viabilidade econômica da Arena, o arquiteto Ivan Smarcevski, autor do projeto, explicou aos presentes os detalhes da futura nova casa rubro-negra.

“Hoje foi mais um dia histórico para o nosso clube. A postura do prefeito, comprometido com a concretização da Arena, reforça a imagem, o crédito e a força do Vitória em qualquer cenário”, comemorou o presidente do Vitória, Raimundo Viana.

“A prefeitura será facilitadora de todo o processo de construção da Arena Barradão. É compromisso do poder público. A cidade precisa de projetos arrojados como esse. Gostaria de parabenizar a diretoria do Vitória pelo trabalho sério que vem realizando”, declarou ACM Neto.

O evento também marcou a oficialização do projeto para a construção de uma estação de transbordo nas proximidades do Barradão. O desenho da obra foi apresentado pelo secretário de Urbanismo e Transporte de Salvador, Fábio Mota.

Após o discurso de agradecimento pelo convite, o prefeito ACM Neto foi presenteado pelo clube com um livro sobre o projeto da Arena Barradão, uma camisa oficial do Vitória e um quadro em homenagem ao seu avô, o rubro-negro Antônio Carlos Magalhães se

[CONTRATADO] Sherman Cardenas é o novo reforço do Vitória





EC Vitória contratou o meia Cárdenas do Atlético Nacional com contrato até o final de 2017, o meia chega por empréstimo e com passe fixado com preferência de compra pelo rubro negro.

Cardenas chega nessa terça feira, realizará exames e tudo certo assina com o clube.

ESCUDERO
Presidente afirma que com a chegada de Cardenas, o meia Damian Escudero não deverá ser contratado.

Rhayner

Clube ainda briga mas ao que parece o jogador não deseja bim, de acordo com Raimundo Viana só depende do atleta.

Apodi
Lateral foi oferecido mas de acordo com o presidente, negociações não avançaram e não deve vim.

Contratações
O clube deve anunciar um lateral durante a semana mas Viana resolveu manter em sigilo para não atrapalhar o andamento das negociações.