Renovações podem reforçar o pequeno elenco do Vitória


dankler

Caio Junior que conta com apenas 20 atletas, sendo que Nino e Michel estão machucados, pode ganhar dois reforços da base que ele tanto elogia.

O zagueiro Dankler afastado desde a final da série b e o lateral direito Romário recuperando de cirurgia no joelho podem renovar o contrato após problemas, o empresario do zagueiro recuou da negativa e começa a negociar a prorrogação do contrato que ia até junho, as conversas estão acontecendo e Dankler pode se juntar ao grupo na semana que vem.

romario400

Já o lateral vive um dilema ou renova ou vai a justiça, isso porque o contrato que se encerra no final deste mês é o primeiro do atleta e a lei da ao Vitória prioridade na renovação, mas o jogador alega que não recebeu os cuidados medicos necessarios a sua lesão o que acabou num agravamento, o jogador acabou fazendo a ccirurgia no joelho fora do clube, no estado do Rio e teria recebido auxilio do Flamengo que anseia em contar com seu futebol. O Flamengo teria desistido em contar com o atleta e a saída seria a renovação, mas isso vai depender se ele vai querer colocar o clube na justiça, o que parece que não vai ocorrer.

O vitória ainda está na briga para anunciar os retornos de Pedro Ken e Neto Baiano e o zagueiro Rodolfo do Vasco foi especulado como novo reforço.

Anúncios

[VITÓRIA 4X1 ATLÉTICO] O time de Carlos Amadeu e o time de Caio Junior


IMAGEM_VITORIA_5

Ontem estive no Barradão e como todo rubro-negro fiquei muito feliz com a partida da meninada da Toca do Leão, verdadeiramente o trabalho feito por Epifânio, João Paulo e Carlos Amadeu é de extrema excelência e os frutos podem ser vistos aos montes dentro de campo.

 

O jogo pode ser definido como ataque contra defesa, foi o Vitória buscando o gol e o Atlético MG se defendendo da maneira que podia, na cabine especial, alguém deve ter gostado muito do que viu, Caio Junior chegou na segunda e na terça já pode ver que terá a sua disposição uma juventude qualificada e que precisa agora dosar as contratações com atletas experientes para dar aquela liga ao elenco e termos um Vitória competitivo.

 

Ao que tudo indica Neto Baiano e Deola estarão no leão em 2013, Victor Ramos diz que quer ficar, Marcelo Cordeiro já fez propaganda e embora não tenha nada confirmado ainda, o Vitória começa a esboçar um time para a temporada que vem.

 

Quero deixar registrado também que fiquei encantado com a produtividade coletiva do time da base, é claro que podemos pontuar as qualidades individuais de cada um dos jogadores, mas não tem como negar que o conjunto é muito bom.

37baacf03f3e11e286fe22000a1f9ac6_7

Arthur Maia teve atuação quase impecável 3 assistências, mais meia dúzia de passes que deixaram os companheiros na cara do gol e só não foi perfeito por desperdiçar o penal, sempre torci muito por ele e espero que oportunidades efetivas lhe sejam dadas este ano.

Willie joga muito, tem qualidade e velocidade e se parar de se achar um CR7 vai longe no futebol, ontem e em outros jogos, faltou um pouco de humildade, mas nada que comprometesse o seu bom desempenho, faz um belo trio com Maia e Pinheiro.

Alan Pinheiro fez dois golaços e justificou o porque vesti a 9, teve outras chances e desperdiçou, gostei muito da sua aplicação tática voltando para ajudar na marcação.

Josué e Matheus que partidaça, jogaram muito, um entrosamento invejável a muitas duplas de zaga e um gol de cada para coroar, tenho certeza de que em breve farão história como Wallace, David Luiz, Anderson Martins e Victor Ramos

Edson é uma maldade chamar este garoto de Magal, claro que existem semelhanças físicas, mas a bola jogada por este volante é com certeza muito mais vistosa do que o aquele que lhe rendeu o apelido, foi um monstro, uma grande atuação.

Gabriel Soares é um volante inteligente, chega com qualidade ao ataque e vai ter seu espaço em breve no time de cima, ontem não conseguiu ser produtivo ofensivamente, mas ajudou muito ao Edson na marcação e foi importante enquanto esteve em campo.

Gustavo duas belas defesas, e experiência em outros lances, o numero 1 do Leão e da seleção vai cada vez mais criando possibilidades para em breve ser o numero 1 do time profissional rubro-negro, não tinha o que fazer na falta que originou o gol adversário.

Mansur e Dimas as válvulas de escape quando o meio esta concentrado, mostraram muita eficiência até agora, apoiam bem o ataque e conseguem dar suporte na defesa, possuem grande importância dentro do esquema tático e estão conseguindo cumprir suas funções com bastante êxito.

Mauri para mim foi o único abaixo daquilo que pode render, tem muito potencial mas o congestionamento no meio da defesa atleticana e o grande números de faltas, acabaram deixando a sua atuação somente discreta.

Clayton, Guilherme e Marcone foram mexidas táticas de Amadeu e deram muito certo, o professor tem o time na mão e conhece a qualidade de cada um dos seus atletas, entraram bem e podem ser titulares sempre que for  preciso, aliás Clayton é titular e capitão, Marcone também é considerado junto Agdon aquele reserva de luxo e  isso só comprova a qualidade desta equipe.

 

Carlos Amadeu Um trabalho fantástico que será com fé em Deus coroado com o título da competição, inteligente e com grande conhecimento de futebol, Carlos Amadeu poderá em breve ser treinador do time principal e vim a ser mais uma revelação do clube.

20110501RM48845

Torcida parabéns! 21.659 recorde da competição e uma festa linda do inicio ao fim, mesmo com tantos empecilhos o torcedor rubro-negro compareceu em ótimo numero e apoio bastante a garotada, já ouvi muita gente dizendo que vai invadir Minas para comemorar o título, vamos que vamos!

 

No dia 20 de janeiro queremos ver o Vitória de Caio Junior semelhante ao Vitória de Carlos Amadeu, um time ofensivo, competitivo, bem postado taticamente e disciplinarmente, tenho certeza de que veremos muitos nomes do sub-20 entre os profissionais e brigando diretamente por posições, este é o segredo para um Vitória forte em 2013

 

 

FICHA TÉCNICA

Copa do Brasil Sub-20

Final

Vitória x Atlético-MG

Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).

Data: 11/12/2012

Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL)

Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e José Dias da Hora (BA)

Gol: Josué, Alan Pinheiro e Matheus (Vitória) / Roger (Atlético-MG)

Cartões amarelos: Dimas (Vitória) Lucas Cândido, Roger e Carlos Alberto (Atlético-MG)
Cartão vermelho: Jesiel (Atlético-MG)
Público: 21.659

 

Vitória: Gustavo, Dimas, Matheus (Clayton), Josué e Mansur; Édson, Gabriel Soares (Guilherme), Arthur Maia e Mauri; Willie (Marconi) e Alan Pinheiro. Técnico: Carlos Amadeu.

 

Atlético-MG: Paulo Victor; Jean Pablo (Dodô), Jesiel, Jemerson e Roger; Cácio (Rafael), Lucas Cândido, Álvaro (Henrique) e Paulinho; Carlos Alberto e Souza. Técnico: Rogério Micale.

[VITÓRIA] Uma imagem resume o acesso do Leão! (FOTOS E PAPÉIS DE PAREDE)


A imagem acima é a figura que simboliza a subida do  Vitória, o acesso da perna quebrada, poderia ser a do furacão da alegria, do título, mas foi o de uma comemoração comedida, tímida, de quem sabe que poderia ter conquistado mais do que a simples subida na quarta colocação. O acesso é valido, mas ninguém esconde que há uma grande frustração em não ter ganho a competição.

No mais é agradecer a Neto Baiano pelos seus gols, agradecer a Paulo Cesar Carpegiani que conseguiu nos dar base para a classificação, ao apaga fogo do PC Gusmão, agradecer a Chumbinho, agradecer a Alexi Portela por acabar em parte com a politica de pés no chão e entender que é preciso investir para se ter retornos e sobretudo agradecer a torcida leonina que foi recordista de publico da competição e fez uma verdadeira festa. Vocês me deram motivo de orgulho em meio as decepções.

Tenho que deixar aqui a minha revolta contra Alexi Portela pela covardia e falta de comando quando foi preciso uma mão forte e não houve comando, a Ricardo Silva e Uelliton que derrubaram o treinador e entregaram o título, a Pedro Ken pela falta de hombridade, e a Raimundo Queiroz que se agarrou ao cargo e não teve a coragem de tomar as atitudes pertinentes ao cargo que exerce, vocês nos envergonharam.

Parabéns Ivete, Tatau, Alinne Rosa, Viáfara, Fernando Baía e Alexandre Peixe o amor de vocês e a maneira como conduziram os torcedores é emocionante, parabéns a TUI, que emoção, a virada da faixa foi algo marcante, esse acesso é de vocês… GUERREIROS. Parabéns a cada torcedor, a cada blogueiro, vocês são o combustível para este clube andar.

Em 2013 espero mudanças, espero renovação total, pouca gente deste elenco merece continuar, a garotada da base ( exceto aquele que todos já sabem) e o atacante Willian, Dinei, Deola, Michel, Fernando Bob o restante pode ir sem pena.

Quero ressaltar as frases ditas pelo presidente Alexi após o jogo:” – Vamos pensar a partir de amanhã. Hoje é só o momento de comemorar o retorno para Série A. Foi muito sofrido e acredito que a torcida merece essa alegria. Espero montar um grande clube para buscar o título do Nordestão, Baianão e fazer bonito no Brasileiro da Série A. Tem jogadores que estamos pensando, mas vamos esperar um pouco – “

“- Erramos. Quem não erra? Fizemos tudo com a intenção de botar o Vitória na primeira divisão. O Vitória não é feito só por mim. Existe um grande grupo de conselheiros e pessoas que me apoiam .”  e lembra-lo das frases de Chumbinho e PCC quando saíram e PC Gusmão quando assumiu.

Chumbinho: Existe muita interferência externa, muita gente querendo opinar, não se faz futebol desta maneira, os conselheiros devem contribuir para o clube, não mandar, decidir, isso fica a cargo de quem tem competência”

 

Paulo Cesar Carpegiani: O presidente é muito influenciável, ouve muita gente, se deixa levar, na mesma hora em que está tudo bem e parabeniza o seu trabalho, ele retorna após falar com pessoas más intencionadas e desmente tudo que disse anteriormente, ele é gente boa, mas não pulso firme, não tem a firmeza para comandar.

 

 

Paulo Cesar Gusmão: Futebol não se faz por amizade, o Vitória não é clube de amigos.

 

Portanto mais do que qualquer coisa 2013 tem que ser o ano de um novo modelo de administração, montagem de elenco e da maneira como conduzir o futebol do clube, é preciso entender que futebol não é para amigos, futebol é para profissionais, pessoas que se dão o respeito.

 

SRN

FICHA TÉCNICA

Série B

Vitória x Ceará

Local: Estádio Manoel Barradas

Data: 24/11/2012

Árbitro: Sandro Meira Ricci (PE-FIFA)

Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (MG-FIFA) Paulo César Faria Lima (MT-CBF 1)

Cartões amarelo: Nino Paraíba e William (Vitória) / Éverton (Ceará)
Cartão vermelho: Jaílton (Ceará)

Gol: William (Vitória) / Victor Ramos (Contra)
Renda: R$ 658.000.
Público total: 37.566.

 

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Mansur; Michel (Rodrigo Mancha), Fernando Bob, Willie e Pedro Ken; William (Leilson) e Dinei (Marcelo Nicácio). Técnico: Paulo César Gusmão.

 

Ceará: Diónantan; Apodi, Heleno, Jaílton e Vicente (Eusébio); João Marcos, Éverton (Luiz Henrique), Leandro Chaves e Magno (Régis); Mota e Robert. Técnico: Anderson Silva.

[VITÓRIA 1X0 CRB] O nome dele é Neto Artilheiro do Brasil Baiano


Valeu Neto Baiano, muito obrigado maior artilheiro do Barradão e do Brasil, perdoem a redundância!

Quero começar o texto “cornetando” a torcida, falei a semana toda que a minha preocupação era com todos os outros torcedores que se juntariam aos 7 mil guerreiros de sempre, não dá para reclamar desde o primeiro segundo de jogo, e são estes jogadores aí que estão trazendo a Vitória e parem de ficar decretando 5×0 e que o time adversário é mamata, esse Vitória que está ai aprendeu a gostar de vencer e entendi que 1×0 é goleada e ficarei muito feliz se continuar assim.

O CRB veio com uma proposta clara de se defender e sair nos contra ataques, e para furar este bloqueio o Vitória precisava de uma melhor atuação de Marquinhos e Leílson pelas pontas, além de um lateral esquerdo porque Dener já demonstrou não conhecer do ludopédio (não entendo porque não aproveitar Iuri), mas a verdade é que o rubro negro andou tropeçando nele mesmo, e no segundo tempo Carpegiani cometeu um erro que quase custou o triunfo.

A torcida esperava a saída de Leílson ou Marquinhos para entrada de Tartá, mas quem foi para o jogo foi Arthur Maia, até aí tudo bem, mas ele tira Dener e recua Pedro Ken para lateral, meu Deus! O CRB cresceu no jogo e teve duas oportunidades de marcar, porém Deola acabou aparecendo bem(no primeiro tempo ele soltou uma bola que quase resultou no gol adversário). Percebendo o erro grosseiro PCC avançou Pedro Ken e puxou Michel para fazer a lateral esquerda, ainda faltava o futebol dinâmico de Tartá e quando Leílson se machucou era esperado o ex- camisa 10, mas ele colocou Marcelo Nicácio, é querer verdadeiramente não vencer, mas a sorte está do lado deste Vitória e quando o treinador fez a única substituição correta da noite quando tirou Michel e colocou Léo na lateral esquerda, o Vitória voltou a crescer na partida.

Ai brilha a estrela do artilheiro, do cara que não desiste nunca, daquele briga para fazer o gol, numa jogada atrapalhada a defesa marcou bobeira e Neto cortou para perna esquerda e conseguiu deslocar o goleiro Cristiano, 1×0 no placar e mais 3 pontos na tabela de classificação.

O Vitória chegou ao sexto triunfo consecutivo, continua com a marca de ter feito gols em todos os jogos da série b 2012, chegou a 31 pontos com mais de 80% de aproveitamento,tem 8 pontos para o quinto colocado, e é o visitante que mais conquistou pontos, portanto está no rumo certo para ser campeão da série B

RUMO A SÉRIE A

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B

Vitória x CRB 

Local: Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador (BA)

Data: Sábado, 28 de julho

Horário: 16h20

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

Auxiliares: Gilberto Stina Pereira (RJ) e Wendel de Paiva Gouveia (RJ).

Publico Pagante:32.255 mil

Renda: R$ 568.175,00.

 

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Dankler, Victor Ramos e Dener(Arthur Maia) ; Uelliton, Michel (Léo), Pedro Ken e Leílson (Marcelo Nicácio); Marquinhos e Neto Baiano. Técnico: Paulo César Carpegiani.

 

CRB: Cristiano; Luiz Felipe, Rogélio, Rodrigão e Gleidson; Gercimar (Diego Aragão), Roberto Lopes, Geovani, Luciano (Vitor) e Jadilson; Preto. Técnico: Roberto Fonseca.

[Vitória x CRB] O grande dia chegou


 

A semana foi demorada, angustiante e até mesmo martirizante, mas eis que o grande dia chegou, e nem precisa chamar, pois toda a nação rubro-negra sabe que hoje todos os caminhos levam ao Barradão.

Carpegiani testou muitas mudanças no time, mas de novo mesmo, só a estreia de Deola  e Denner retornando a lateral esquerda, o restante do time é o mesmo, mas como o reforço de Neto artilheiro do  Brasil Baiano, que fará sua despedida do Barradão, lugar onde ele é o maior artilheiro da história, e quem sabe ele não faz  mais alguns para melhorar as estatísticas?

A festa hoje poderia ser completa, mas o chato Criciúma venceu ontem o rebaixável Barueri( olhem a minha analise  antes do inicio do campeonato, eu dizia -O Criciúma é imprevisível, um time chato e do Barueri afirmei, -Mesmo com todos os reforços não acredito que irá ter tempo de se entrosar , forte candidato a série c), mas nada de desanimo, vamos vencer novamente e continuar na perseguição a liderança, ainda falta muitas rodadas para conseguirmos o posto de numero 1 da série b.

 

O CRB virá num sistema fechado 4-5-1, buscando explorar os contra-ataques, já o Leão vai numa variação de 4-4-2 para -4-3-3 alternando a posição de Leílson entre o meio e o ataque.

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Dankler, Victor Ramos e Dener; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Leílson; Marquinhos e Neto Baiano. Técnico: Paulo César Carpegiani.

CRB: Cristiano; Luiz Felipe, Rogério, Rodrigão e Gleidson; Vitor, Roberto Lopes, Geovani, Luciano e Jadilson; Preto. Técnico: Roberto Fonseca.

 

 

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B

Vitória x CRB 

Local: Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador (BA)

Data: Sábado, 28 de julho

Horário: 16h20

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

Auxiliares: Gilberto Stina Pereira (RJ) e Wendel de Paiva Gouveia (RJ).

ps: Mais uma vez peço a você que vai ao Barradão hoje que torça incondicionalmente, lembre-se que a sua função e apoiar, veja a imagem abaixo e entenda.

Treino teve mudanças Importantes, Neto Baiano, Deola e Arthur Maia apareceram no time titular


Carpegiani deu prosseguimento na tarde desta quarta-feira à preparação do time do Vitória para jogar contra o CR Brasil, sábado, às 16h20, no Estádio Manoel Barradas. O técnico comandou um treinamento tático-coletivo no campo do Barradão.

Para substituir Gabriel, com três cartões amarelos, Carpegiani revezou os zagueiros Dankler, que atuou em Paranaguá, contra o Atlético (PR), e Rodrigo Costa. Deola assumiu o gol e outra experiência foi a substituição de Marquinhos por Arthur Maia.

No comando do ataque, o artilheiro do Brasil, Neto (37 gols) atuou no time com camisa amarela.
Carpegiani antecipou para a manhã o treinamento desta quinta-feira, que estava programado para 15 horas. O treino de sexta-feira também será de manhã e depois a equipe concentra na chácara Vidigal Guimarães.

Na primeira parte do treinamento desta quarta-feira, Carpegiani deu ênfase à parte tática para posicionar a defesa. Em seguida, treinou bola parada e, por último o coletivo que o time com colete preto venceu por 3 a 0, gols de Marcelo Nicácio, Mineiro e Alan Pinheiro, do time sub-20 e que foi integrado ao grupo profissional, assim como o volante José Welisson, campeão da Copa Internacional 2 de Julho.

Deola; Nino, Dankler, Victor Ramos e Léo; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Leílson; Arthur Maia e Neto Baiano.

Por causa de um trauma no dedo do pé direito, o meia-atacante Tartá foi poupado do treino com bola.
Os jogadores Mansur e Marco Aurélio continuam a fase de fortalecimento muscular no Centro de Fisiologia e nesta quinta-feira devem ser liberados para a etapa de transição com o professor Alex Fernandes.

Neste processo de transição já estão os meias Eduardo Ramos e Felipe e o volante Neto Coruja.
Dinei é o único jogador ainda entregue ao departamento médico. O médico Rodrigo Vasco da Gama acredita que segunda-feira o atacante esteja liberado para as atividades no campo.

Presente

Depois do treino desta sexta-feira, o meia Pedro Ken recebeu de presente das irmãs Katiele e Lorena Galvão um exemplar do livro “Mahatma Gandhi”. Torcedoras rubro-negras, elas são fãs do jogador.

“É sempre gratificante ter o reconhecimento do torcedor. Peguei o gosto pela leitura com meu pai e sempre antes de dormir, principalmente na concentração e quando estou viajando, leio bastante”, confessou o jogador.

Qual o Vitória que entrará em campo?


A semana esta bem movimentada na Toca do Leão, e sem duvida alguma a pergunta mais proferida é: Qual o Vitória que entrará em campo? Não é um questionamento simplesmente relacionado aos 11 titulares, até já sabemos que haverá substituições importantes, mas no tocante a postura da equipe em campo, o Vitória do primeiro tempo, ou do segundo em Goiânia?

Os retornos de Nino, Mansur, Douglas e Uelliton animam bastante e faz com que aumente a esperança de que o primeiro tempo contra o Goiás seja a tônica dos 90 minutos contra o Avaí, pelo menos o pensamento dos atletas tem sido o melhor possível. Pedro Ken afirmou que o Vitória tem que pensar na liderança, e que abriga não é somente para subir, mas para ser campeão, e que por isso o Avaí precisa pagar o pato e com isso todo o trabalho do Vitória na série B, volte a ser valorizado.

Os atletas não escondem a decepção e Neto Baiano foi outro que afirmou ser necessário apagar a péssima impressão da ultima rodada. Já Carpegiani busca nos reforços achar o equilíbrio do time que já demonstra um padrão tático, mas que oscila muito dentro de uma mesma partida, o time deve formar com: Douglas, Nino, Gabriel, Victor Ramos, Mansur, Uelliton, Rodrigo Mancha, Pedro Ken, Tartá, Marquinhos e Neto Baiano no clássico esquema 4-4-2 variando no jogo para o 4-4-1 e ou 4-4-3 dependendo da movimentação de Marquinhos e Tartá que oscilam entre o meio campo e o ataque.

Uma coisa é fato, para conseguir superar o trauma, o Vitória precisará muito do apoio incondicional da sua torcida guerreira, a nação rubro-negra tem que ir ao Barradão, e precisa gritar, aplaudir e empurrar o Leão da Barra rumo ao triunfo e a importante permanência no G4 do brasileirão.

Mais uma vez quero ressaltar o pacto, você apoia, a gente lota, Vitória ganha.

SRN

PS: Participe do nosso grupo no facebook, em breve novidades:https://www.facebook.com/groups/259704767429855/

PS2: Siga no twitter: @valmerson

PS3: Curta a nossa fã page: https://www.facebook.com/leaominhapaixao

RELACIONADOS PARA VITÓRIA X AVAÍ

Antes mesmo de terminar o treinamento coletivo no CT Manoel Pontes Tanajura, o técnico do Vitória, Paulo César Carpegiani, divulgou a lista dos jogadores relacionados para a partida do próximo sábado, dia 30, contra o Avaí, no estádio Manoel Barradas, pela oitava rodada da Série B.
A grande novidade na lista foi a presença do jovem Willie, revelado nas divisões de base do clube. Outra surpresa foi o volante Mineiro, esquecido no elenco nos últimos meses.
Confira a lista:
Goleiros: 
Renan e Douglas
Laterais: Nino Paraíba, Wellington Saci e Mansur
Zagueiros: Rodrigo, Gabriel e Victor Ramos
Volantes: Rodrigo Mancha, Uelliton, Ananias e Mineiro
Meias: Willie, Eduardo Ramos, Tartá, Pedro Ken e William
Atacantes: Neto Baiano, Marquinhos e Marco Aurélio

[Vitória x Guarani] O Jogo mais importante da série B


Na humilde opinião deste blogueiro, o jogo desta terça feira válido pela sexta rodada do brasileiro 2012, é o mais importante na caminhada rumo a primeira divisão para o Vitória, e explico. Sei bem que cada jogo é uma decisão, mas o de hoje representa a consolidação do G4, por isso vencer representará muito para o Leão, as rodadas 7 e 8 também serão de extrema importância, mas falarei delas em tempo oportuno.

Os times de Vitória e Guarani precisam superar os desfalques, o rubro negro ainda teve a sorte dos retornos de Dinei e Eduardo Ramos, mas Mansur esta fora e Léo preocupa bastante, o brioso deve ir a campo com formação diferente: A variação de 4-5-1 para 4-4-2 dará lugar ao 4-4-2 em transformação para 4-3-3 em ambas o posicionamento flutuante de Marquinhos e Tartá é que dá a tônica, podendo até se transformar num 4-2-4 kamikaze com Tartá, Dinei, Neto Baiano e Marquinhos partindo totalmente para o ataque.

Continuo com o pensamento de que no Barradão existe a responsabilidade do Leão estraçalhar as suas vitimas, precisamos mostrar o quão somos fortes na nossa selva, mas se o placar 1×0 de alguns amigos aqui acontecer, também irei considerar como goleada.

Dois grandes conhecidos estarão do outro lado, o técnico Vadão, experiente nesta competição e a jovem cria da Toca do Leão Kleiton Domingues são os destaques do tão desfalcado bugre, o primeiro já conseguiu um acesso pelo rubro negro e                                                                                                                                           o meia vem de um bom campeonato paulista  após  sair do Vitória e da responsabilidade de ser sempre comparado ao irmão Leandro Domingues.

É importante que o pacto continue, vamos apoiar o time durante os 90 minutos e com certeza sairemos com os 3 pontos, e rumo a liderança, não se esqueçam que neste dia 12/06 nada mais romântico do que levar a sua amada para ver o triunfo do rubro negro, como o nome do blog já diz, Leão Minha Paixão, Tatiane meu AMOR, por isso o clima vai esquentar mesmo é na arquibancada e entre um gol e outro, presenteie o seu amor com beijos e abraços, tendo a certeza de que todos os caminhos hoje… LEVAM AO BARRADÃO!

SRN

CAMPEONATO BRASILEIRO

SÉRIE B

Vitória x Guarani 

Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA).

Data: Terça-feira, 12 de junho.

Horário: 21h.

Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR/CBF).

Assistentes: José Carlos Dias Passos (PR/CBF) e Adair Carlos Mondini (PR/CBF).

Vitória: Douglas; Gabriel Paulista, Rodrigo, Victor Ramos e Welligton Saci; Uelliton, Rodrigo Mancha, Tartá e Marquinhos; Dinei e Neto Baiano. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Guarani: Emerson; Chiquinho, Domingos, André Leone e Bruno Recife; Jackson, Fábio Bahia, Kleiton Domingues e Danilo Sacramento; Thiaguinho e Ronaldo. Técnico: Vadão.

[BOA ESPORTE 1X2 VITÓRIA] Superando o além e entrando no G4


Foi preciso enfrentar o sobrenatural, ir a cidade dos ETs e vencer o além para que  o Vitória conseguisse o objetivo de adentrar ao grupo dos quatro times que ascendem a primeira divisão, e digo mais, foi com um gol a ser estudado pelo movimento empírico, teria Neto Baiano ido ao memorial do Vitória e assistido os jogos de Petckovic ? Só isso explicaria tamanha façanha.

O Vitória começou bem pressionando a saída do time de Varginha e com isso criando algumas oportunidades, o rubro negro saia nos contra ataques e levava perigo ao gol de Max, e logo aos 5 minutos Tartá sofreu falta e Neto Artilheiro do Brasil Baiano pegou a bola para cobrar, lembrei do jogo passado em que ele queimou a minha língua lá no Barradão quando eu disse “ Neto cobrando falta, pobre Vitória”. Sorri e eis que vem a cobrança e golaço. Gol com a marca, inteligência e técnica dignas do lendário Pet, ou até mesmo de Bebeto e Ramon em seus tempo áureos e festa leonina no país inteiro.

Tudo vinha como manda o figurino, mas a marcação recuou e foi dando cada vez mais espaço ao time da casa, e num lance de impedimento grotesco o Boa Esporte chegou ao empate, banho de agua fria na gélida cidade mineira, 1×1 no placar, aos poucos o Vitória foi se recuperando do baque e quando o relógio findava o primeiro tempo, falta para o Vitória, Neto Baiano pega a bola e aí eu digo novamente” ah para com isso, se Neto fizer novamente, eu nem sei o que dizer”. Gol do Vitória, não foi de Neto, mas foi tão surpreendente como se tivesse sido do artilheiro do Barradão e do Brasil(perdoem a redundância), tento marcado em jogada ensaiada, há quanto tempo não via isso acontecer com o Vitória? Neto tocou de calcanhar, Uelliton soltou a bomba de direita, o goleiro Max espalmou e Tartá empurrou para as redes, Leão novamente na frente e fim de primeiro tempo.

No intervalo eu ainda não tinha conseguido decifrar os enigmas que estavam acontecendo na cidade dos ETs, realmente parecia que forças ocultas favoreciam ao Vitória, e agora era somente esperar e selar o triunfo no segundo tempo.

Começa o segundo tempo e só um pedido eu tinha para os seres extraterrestres, por favor tratem de abduzir o Xuxa, ele já é menos um em campo mesmo, tratem logo disso, mas o sujeito que estava lá em cima nos anéis de Saturno não meu ouviu, poxa Carpegiani, não era preciso tanto sofrimento. O Boa esporte avançou e passou a pressionar o rubro negro, que com as laterais abertas, pois parecia realmente que Gabriel e Mansur foram abduzidos, só não fez o gol porque Douglas, voltou a ser aquele cara que nos encantou na série B de 2011, muitas defesaças e até quando o goleiro vacilou e saiu errado, o zagueiro estava lá para tirar de cima da linha e salvar o Vitória, no final foi isso aí mesmo, Tartá poderia ter acabado com o sofrimento, mas foi fominha, o Boa pressionou a bola não entrou, o juiz prolongou o sofrimento com 6 minutos de acréscimos, mas o apito soou e conquistamos os 3 pontos e chegamos ao G4 pela primeira vez, e que força nenhuma seja capaz de nos tirar de lá. Amém!

 

SÉRIE B

Boa Esporte 1 x 2 Vitória 

Local: Estádio Dilzon Luiz de Melo, em Varginha (MG).

Data: Sexta-feira, 8 de junho.

Árbitro: Janio Pires Gonçalves (CBF/TO).

Assistentes: Cesar Augusto de Oliveira Vaz (CBF/TO) e Leonardo Mendonça (CBF/ES).

Gols: Marcelo Macêdo (Boa Esporte) / Neto Baiano e Tartá (Vitória)

 

Boa: Esporte: Max; Maicon (Luis Felipe), Gabriel, Léo Fortunato e Radar (Tiago Alves); Claudinei, Olívio, Radamés e Jajá (Francismar); Marcelo Macedo e Vanger. Técnico: Sidney Moraes.
Vitória: Douglas; Léo, Victor Ramos, Rodrigo e Mansur; Uelliton, Rodrigo Mancha, Xuxa (Leílson) e Tartá (Ananias); Marquinhos e Neto Baiano. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Douglas: Deu um susto numa saída do gol, mas foi muito bem no jogo e garantiu o triunfo. NOTA 7,5

Léo: Não repetiu a boa atuação do ultimo jogo, saiu machucado. Nota 5,0

Rodrigo: Salvou em cima da linha, segurou bem a pressão. Nota 7,0

Victor Ramos: Anda preocupado com Nicole, tem que focar parceiro. Nota 5,0

Mansur: É este o seu lateral titular PCC? Pelo amor de Deus. Nota 4,0

Uelliton: Marca muito, e soltou uma pancada no segundo gol. Nota 7,5

Rodrigo Mancha: Até que ontem fez uma boa partida, marcou muito certo, mas seu passe é ruim. Nota 7,0

Xuxa: Ô ET faz um favor abduza este cara do Vitória, ver G10 ser sacado para ver menos um em campo. Nota zero

Tartá: Buliçoso e inteligente, marcou seu gol e ajudou no triunfo, saiu para não ser expulso. Nota 8,0

Marquinhos: Precisa recuperar o bom futebol, soltar um pouco a bola, esta devendo, vamos lá! Nota 6,0

Neto Baiano: Mais um de falta, 35 no ano, muita garra e entrega, para mim o melhor em campo. Nota 10,0

Gabriel: Entrou e mais uma vez esteve perdido na lateral, não é a dele. Nota 5,0

Ananias: Buscou segurar a pressão,  mas o Boa veio para cima, ajudou na marcação. Nota 6,0

Carpegiani: Como foi a diretoria e não você que bancou Xuxa ao invés de Geovanni, vou ser justo e atribuir uma boa nota, afinal os 3 pontos foram validos, e a cobrança ensaiada, tem a sua marca, mas deveria ter tirado logo Xuxa. Nota 7,0

[BOA ESPORTE X VITÓRIA] Vencendo o sobrenatural para não ser Abduzido


Forças ocultas, seres extraterrestres e muito mistério. O Vitória enfrentará o time do Boa Esporte na cidade mineira de Varginha, o local ficou conhecido  nacionalmente por matérias sobre supostas aparições  de ETs e o Leão vai ter quer superar o além e voltar com os 3 pontos para Salvador.

Para vencer a segunda fora de casa o rubro negro terá que superar desfalques, Além de Pedro Ken e Arthur Maia o time não contará, com Michel suspenso, Eduardo Ramos e Dinei machucados e Geovanni que ao que tudo indica esta em processo de desligamento. É Carpegiani, os ETs abduziram seu elenco e agora? Na lateral, Léo ganha a titularidade do improvisado Gabriel, e no meio, Uelliton é titular da posição e por isso substitui naturalmente o camisa 05, os problemas começam daí para frente, Lúcio Flavio e Rildo Foram liberados, Pedro Ken e Arthur Maia ainda se recuperam de lesão e Geovanni estranhamente não foi relacionado, a solução foi convocar o MIB(HOMENS DE PRETO) para trazer de volta Xuxa e Adailton, isso mesmo, Xuxa será titular e Adailton ficará no banco no lugar de Dinei, as coisas começaram tenebrosas, só faltava ser uma sexta feira 13.

Passada as questões sobrenaturais, o Vitória encerrou a preparação para o jogo e foi definida pelo treinador, o objetivo da equipe é recuperar os pontos perdidos na ultima terça em casa contra o América RN e com isso entrar no G4.

O Boa tem apenas um desfalque para a partida, o zagueiro Welton Felipe recebeu o 3º amarelo e não enfrenta o Vitória, para o seu lugar o treinador Sidney Moraes chamou o Neylor, ele e Gabriel comentaram que precisam antecipar as jogadas para conseguir parar o artilheiro do Brasil Neto Baiano.

É amigos Maquinhosmith e Tome Lee Neto Baiano Jones estão prontos para exterminar as ameaças de outro mundo, o mandamento no Vitória é não vacilar e brincar com as forças do além, aproveitar a chance e de uma vez por todas acabar com as ameaças dos ETs que buscam de qualquer maneira surpreender a terra do ludopédio.

FICHA TÉCNICA:

BOA ESPORTE X VITÓRIA

SEXTA FEIRA 08/06/12 ÀS 21:00

ESTADIO MUNICIPAL DE VARGINHA(MG)

VITÓRIA: Douglas, Léo, Victor Ramos, Rodrigo, Wellington Saci, Uelliton, Rodrigo Mancha, Xuxa, Tartá, Marquinhos, Neto Baiano

TÉCNICO:PAULO CESAR CARPEGIANI

BOA ESPORTE: Max, Maicon, Gabriel, Neylor, Radar; Claudinei, Radamés, Olívio, Jajá, Vanger, Marcelo Macedo

TÉCNICO:SIDNEY MORAES