PONTOS IMPORTANTES DA ENTREVISTA DE PAULO CARNEIRO PARA O NO AR COM ANDRÉ HENNING


A entrevista do ex-presidente do Vitória Paulo Carneiro ao programa NO AR com André Henning tratou de assuntos da história do clube mas foca apenas no lado positivo da gestão PC, talvez por falta de tempo as perguntas tenham sido centralizadas aos feitos que destacaram Paulo ao longo do seu comando a frente do EC Vitória, dentro de tudo que foi dito destaquei 5 pontos que considero importantes e que valem a reflexão.

1-COPA E LIGA DO NORDESTE

2-CRIAÇÃO DE UMA LIGA NACIONAL

3-DIVISÃO DE BASE

4-CAMPEONATO BAIANO

5-POLITICA DO ESPORTE CLUBE VITÓRIA

 

1 COPA E LIGA DO NORDESTE

O ex-presidente Paulo Carneiro na entrevista contou parte dos bastidores da Criação da Copa do Nordeste e citou a importância do retorno da competição ao formato que o consagrou nos anos 90, para PC, os clubes precisam se unir para priorizar o formato com datas aos sábados e domingos, aumentando o interesse dos investidores e elevando a competição que hoje vale R$ 30 milhões há um patamar de R$ 100 milhões por ano.

2-CRIACÃO DE UMA LIGA NACIONAL

Paulo retorna ao polêmico assunto do clube empresa, cita o exemplo da Argentina e diz que há uma necessidade de criar uma liga que defenda os interesses dos clubes principalmente no que tange a negociação dos direitos de transmissão, o ex-presidente afirma que os clubes aceitam muito passivamente os valores oferecidos pelas emissoras e cita o exemplo da entrada do Esporte Interativo que com a quebra de monopólio fez os valores da tv fechada saltar de R$ 60 para R$ 500 milhões.

3- DIVISÃO DE BASE

Ao citar a formação de grandes nomes na divisão de base, Paulo Carneiro fala da metodologia e do projeto do clube, e diz ser necessário que o clube tenha uma identidade independente do treinador, mostrar ao profissional que a filosofia do clube é ter por exemplo 2/3 de atletas formados em casa, pois não tem como ser diferente dada a diferença de orçamentos e que o clube precisa aliar as novas ferramentas de fisiologia, psicologia na formação de novos atletas.

PC ainda citou as competições internacionais, os confrontos contra grandes equipes do futebol mundial como fundamental na formação e que demonstrava a força do Vitória como uma das principais escolas do futebol mundial.

4- CAMPEONATO BAIANO

Para o dirigente é necessário que a dupla BAVI se uma, reúna com os clubes para mudar o formato da competição com calendário até junho mas com equipes sub-23, ele cita a possibilidade de ampliar o numero de equipes, ter mais praças esportivas, aumentando o interesse do mercado na competição.

5- POLITICA NO ESPORTE CLUBE VITÓRIA

Um clube dividido politicamente, assim Paulo define o Vitória antes dele e o Vitória atual, para PC o clube só pode crescer na sua gestão porque houve um projeto que foi abraçado, porque os nomes se unirão em prol de um projeto de fortalecimento do clube.

“O Vitória esta dividido politicamente desde o inicio de 2017 e isso é muito ruim” disse Paulo.

PC diz reconhecer a legitimidade de Ricardo David e que torce pelo mesmo, mas critica o isolamento do atual presidente há quem afirmou já ter se colocado a disposição para ajudar e citou também o ex-presidente do Vitória e atual presidente da Liga do Nordeste Alexi Portela que poderia contribuir neste momento de turbulência.

“O Vitória precisa se unir, precisa acabar com essa instabilidade politica” finalizou.

PS: Reitero a opinião do Leão Minha Paixão de apoio incondicional a democracia do clube e do direito de Ricardo David em cumprir seu mandato e que o próximo presidente seja escolhido na eleição no final de 2019.

Anúncios
Imagem

Vitória 2×1 Ceará Leão ruge no clássico nordestino e sobe na tabela


O Leão venceu a primeira no Barradão, a segunda consecutiva no brasileiro e chega a 10ª colocação na classificação, deixando o Ceará na zona de rebaixamento.

Em uma manhã de sol forte, com greve de ônibus, 8 mil guerreiros no Barradão e mudanças de Mancini, o Vitória triunfou diante do Ceará por 2×1 com gols de Wallyson e Neilton e agora mira a difícil tarefa de reverter o placar contra o Sampaio Corrêa.

Com Elias fazendo sua estreia no gol e Zé Welison de volante o Vitória de Mancini mostrou uma melhor consistência defensiva, o time ainda esta longe de uma grande exibição, mas mostrou evolução em alguns quesitos e o mais importante foi vencer e deixar a zona de rebaixamento.

Um bela partida de Neilton que deu assistência para o primeiro gol e fez o segundo de pênalti e menção negativa para Rhayner que além de continuar jogando mal, saiu ironizando as vaias da torcida.

FICHA TÉCNICA
Vitória x Ceará
Campeonato Brasileiro – 6ª rodada

Local: Barradão, em Salvador
Data: 20/05/2018
Horário: 11h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)
Assistentes adicionais: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ) e Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
Cartões amarelos: Kanu, André Lima, Jeferson e Lucas Fernandes (Vitória)
Gols: Wallyson e Neilton (Vitória) / Wescley (Ceará)

 

Vitória: Elias; Lucas (Guilherme Costa), Kanu, Wallison Maia e Jeferson; José Welison, Willian Farias e Rhayner (Rodrigo Andrade); Wallyson, Neilton e André Lima (Lucas Fernandes). Técnico: Vagner Mancini.

Ceará: Everson; Samuel Xavier (Pio), Luiz Otávio, Rafael Pereira, Romário; Richardson (Hyuri), Juninho e Ricardinho; Wescley, Éder Luís (Felipe Azevedo) e Elton. Técnico: Marcelo Chamusca

Vitória x Ceará “Decisão” nordestina no Barradão


Clássico nordestino na manhã de domingo no Barradão, o Vitória recebe o Ceará num duelo para ver quem foge da zona de rebaixamento, o leão quer vencer a primeira em casa e embalar na competição.

Mancini deve promover mudanças no gol, questionado Caique deve dar lugar a Ronaldo ou ao recém contratado Elias, e Zé Welison deve iniciar na sua posição de origem na “volância”.

PROBLEMA

Rodoviários em greve, “Buzu” paralisado e aumenta a dificuldade do torcedor em chegar ao Barradão.

Vitória x Ceará
Campeonato Brasileiro – 6ª rodada
Local: Barradão, em Salvador
Data: 20/05/2018
Horário: 11h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)
Assistentes adicionais: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ) e Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)

Vitória: Ronaldo (Caíque); Lucas, Kanu, Wallison Maia e Jeferson; José Welison, Willian Farias e Rhayner; Wallyson, Neilton e André Lima. Técnico: Vagner Mancini.

Ceará: Everson; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Rafael Pereira, Romário; Richardson, Pio, Juninho e Ricardinho; Wescley e Elton. Técnico: Marcelo Chamusca.

Ricardo David concede entrevista coletiva e fala do momento do Vitória


O presidente Ricardo David concedeu entrevista coletiva e tratou de assuntos importantes no momento do clube.

RD começou falando da demissão de Erasmo Damiani há quem agradeceu os serviços prestados mas explicou que a falta de experiência com elencos profissionais foi a maior justificativa para a saída do diretor de futebol e que estão descartados os nomes de Rodrigo Caetano que não assumirá devido a questões pessoais e Raimundo Queiroz e Paulo Carneiro.

DENILSON

Sobre o não comparecimento do atacante que estava relacionado para o jogo contra o Sampaio Corrêa, o presidente disse que o atleta será punido com a perda de 25% do salário.

MANCINI

Ricardo disse ter total confiança no treinador e que ele precisa de um elenco mais qualificado para dar melhores resultados. Sobre o episodio com o torcedor no aeroporto, o mandatário classificou a atitude de Mancini como uma reação normal e justificou que foi um único torcedor e que este foi desrespeitoso com o técnico que é um profissional muito zeloso e respeitoso.

CAIQUE

A renovação do contrato do goleiro está adiantado, faltando a assinatura para que seja prorrogado seu vinculo até 2020 mas que isso não significa titularidade e que a saída de Fernando Miguel foi a pedido e que o preparador de goleiros qualificou Ronaldo e disse que o garoto precisa ter suas chances.

CONTRATAÇÕES

David disse que o Vice Chico Sales assumirá a função até a contratação de um novo diretor e que o clube já esta em tratativas com atletas do futebol sul-americano e que até junho o time será reforçado.

 

Sampaio Corrêa x Vitória Leão com time misto no inicio da decisão


De olho na Copa, rumo ao Hexa, o Vitória mesmo poupando alguns jogadores garante que o objetivo é a conquista da Copa do Nordeste 2018, maior vencedor da competição, o Vitória é penta campeão mas desde o reinicio da competição ainda não levantou a taça, esta mais do que na hora.

No jogo desta noite no Castelão o rubro negro enfrenta a Bolívia querida, como é chamado o Sampaio Corrêa e o time não conta com Aderllan, Lucas Fernandes e Wallyson e ainda vai poupar, Kanu, Rhayner e Neilton.

Apesar da equipe mista, André Lima afirmou que o Vitória vai forte e sabe da obrigação de conseguir um bom resultado hoje para levar a vantagem para o Barradão.

 

FICHA TÉCNICA

Sampaio Corrêa x Vitória
Copa do Nordeste – quartas de final (jogo de ida)
Local: Castelão, em São Luís (MA)
Data: 16/05/2018 (quarta-feira)
Horário: 19h15
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: Marcelino Castro de Nazare (PE) e Ricardo Bezerra Chianca (PE)

 

Sampaio Corrêa: André Luiz; Bruno Moura, Fredson, Maracás e Alyson; César Sampaio, Diego Silva, William e João Paulo; Alvinho e Bruninho. Técnico: Roberto Fonseca.

Vitória: Caíque; Lucas, Ramon, Bruno Bispo e Jeferson; Willian Farias, José Welison, Yago e Alexander Baumjohann; André Lima e Luan (Denílson). Técnico: Vagner Mancini.

VASCO 2X3 VITÓRIA Leão vence e respira


Pressionado, o leão entrou em campo no seu aniversário de 119 anos precisando vencer, de uniforme novo, com time modificado, o Vitória teve êxito e triunfou diante do Vasco por 3×2 em São Januário.

Mancini prometeu oxigenar a equipe e foi a campo com 6 mudanças e deu certo, aos 16 minutos o rubro negro abriu o placar com André Lima depois de Neilton pressionar a defesa e a bola sobrar livre para o camisa 99 chutar e fazer 1×0. Após a vantagem o Vasco foi pra cima e pressionou o Vitória até que aos 37′ Rhayner comete penalidade, André Rios bate e Caique defende, no rebote a defesa fica parada, Caique sai para abafar em André Rios e comete nova penalidade desta vez cobrada por Pikachu que empata.

No segundo tempo o Vitória teve uma postura melhor e com a entrada de Lucas Fernandes o time chegou ao segundo gol após belo contra ataque, o atacante bateu a bola desviou no zagueiro e enganou Martin Silva, Leão 2×1.

O Vasco em desvantagem se atirou ao ataque e cedeu espaços para o contra ataque mas foi de bola parada o terceiro, após a cobrança a bola bate no zagueiro Werley e entra, gol contra, 3×1 no placar. Pressão cruzmaltina, 3 defesas de Caique e aos 37 o alvinegro diminui após vacilo na marcação, Andre Rios fica de cara com Caique e fuzila para deixar o placar em 3×2.

Apesar da pressão o Vitória conseguiu sua primeira Vitória e respira na competição, agora enfrenta o Sampaio Correia pela Copa do Nordeste e domingo encara o Ceará pelo brasileirão.

FICHA TÉCNICA
Vasco 2×3 Vitória
Campeonato Brasileiro – 5ª rodada
Data: 13/05/2018 (domingo)
Horário: 16h
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves (RS)
Assistentes: Laeirson Peng Martins (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)
Assistentes adicionais: Vinicius Gomes do Amaral (RS) e Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS)

Cartões amarelos: Breno, Henrique (Vasco) / Walisson Maia, Willian Farias, Fillipe Soutto (Vitória)

Gols: Yago Pikachu, Andrés Ríos (Vasco) / André Lima, Lucas Fernandes, Werley, contra (Vitória)

 

Vasco: Rafael Galhardo, Breno, Werley e Henrique; Desábato, Bruno Silva (Bruno Cosendey), Yago Pikachu, Wagner  (Riascos) e Caio Monteiro (Kelvin); Andrés Rios. Técnico: Zé Ricardo.

 

Vitória: Caíque; Lucas (José Welison), Kanu, Ramon e Jeferson;  Willian Farias, Fillipe Soutto e Rhayner (Lucas Fernandes); Neilton, Wallyson e André Lima (Denilson). Técnico: Vagner Mancini.

VASCO X VITÓRIA Em dia de aniversário leão precisa vencer


119 Anos não é pra qualquer um, o leão chega a essa marca gloriosa neste dia 13 de maio e tem mais um grande motivo para vencer o Vasco e fazer a alegria da imensa nação rubro negra e também das mamães. Com celebração e divulgação do novo uniforme e exibição do jogo na sala de cinema do Cinemark, o leão vai a campo com a ‘obrigação” dos 3 pontos.

Vasco e Vitória vivem momentos semelhantes apesar da distância na tabela da competição, as agremiações vivem momento conturbado nos bastidores e enquanto o rubro negro foi eliminado na Copa do Brasil, o time alvinegro foi eliminado na libertadores e tem grandes chances de eliminação na competição nacional precisando reverter um resultado de 3×0.

No G4 do brasileiro com 7 pontos, vencer é a chance de diminuir a crise no Vasco, já o Vitória com 1 ponto, é vencer a primeira e sair da zona de rebaixamento.

Zé Ricardo e Mancini barraram jogadores criticados nos times titulares. Paulão, Erazo e Welligton foram sacados no treino do gigante da Colina, Correia, Ramon, Botelho e Yago também foram barrados pelo leão da Barra.

HISTÓRICO

O Vitória leva vantagem em confrontos pelo brasileiro 15 triunfos do Vitória  09 empates  12 triunfos do Vasco a ultima partida foi no São Januario e terminou empatado em 1×1 em 2017.

 

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro 5ª Rodada

VASCO X VITÓRIA

SÃO JANUARIO-RIO DE JANEIRO

13.05.2018 ÀS 16 Horas

Arbitragem: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS) apita a partida, auxiliado por Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

Pendurados: Kanu, Rhayner, Ramon e Yago

Vasco: M SILVA, R GALHARDO, BRENO, WERLEY, HENRIQUE, B SILVA, DESÁBATO, C MONTEIRO, WAGNER, Y PIKACHU, A RIOS

Vitória: CAIQUE, LUCAS, KANU, W MAIA JEFERSON, FARIAS, SOUTTO, NEILTON, RHAYNER, DENILSON, ANDRÉ LIMA

Feliz aniversário leão 119 anos de muitas glórias…

 

COPA DO BRASIL Corinthians x Vitória


Dia de decisão na Copa do Brasil para o Vitória, o leão vai a São Paulo enfrentar o Corinthians precisando vencer por qualquer placar para conseguir vaga nas oitavas de final da competição nacional.

O Vitória tem os retornos de Willian Farias e Zé Wellison poupados na ultima partida e o reforço do zagueiro Aderllan que estreou bem contra o Fluminense, Mancini não confirmou a equipe mas a única mudança da primeira partida deve ser mesmo a entrada do defensor em lugar de Ramon.

Estratégias diferentes, enquanto o rubro negro deve novamente tentar anular o ataque alvinegro e partir forte no contra ataque no modelo reativo, o meia Rodriguinho lembrou da derrota ano passado para o Vitória no brasileiro e disse que a equipe precisa tomar cuidado, ser inteligente e sobretudo fazer o gol logo no inicio para tentar abrir espaços.

Como a primeira partida no Barradão terminou em 0x0 e não temos mais gols qualificado, qualquer empate leva a decisão para penalidades, e qualquer triunfo classifica a equipe vencedora.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS X VITÓRIA

COPA DO BRASIL-JOGO DE VOLTA- QUARTAS DE FINAL

ARENA CORINTHIANS-19:30 HORAS

VITÓRIA: Caique, Zé Welison, Aderllan, Kanu, Pedro Botelho, Willian Farias, Uillian Correia, Yago, Rhayner, Neilton, Denílson. Técnico: Vagner Mancini.

CORINTHIANS:Cássio, Mantuan, Balbuena, Henrique, Sidcley; Gabriel, Maycon; Pedrinho, Jadson, Rodriguinho, Romero Técnico: Carille

[Vitória x Fluminense] Leão pressionado por triunfo


O Vitória recebe o Fluminense pressionado pelo triunfo, precisando dos 3 pontos para deixar a zona de rebaixamento e para ter a tranquilidade nesta semana decisiva.

Vagner Mancini terá os reforços de Aderllan recém contratado, e Luas e André Lima recuperados de lesão mas tem os desfalques de Willian Farias e Zé Welison com desconforto musculares e do goleiro Fernando Miguel que esta deixando o clube.

Já Abel Braga celebra o retorno de Gilberto a equipe após cumprir suspensão mas pode poupar o zagueiro Gum e Ayrton Lucas. O treinador falou da preocupação com os contra ataques do Vitória e a força do Barradão.

HISTÓRICO

São 37 jogos com 15 triunfos do Fluminense  13 empates e 9 triunfos do Vitória no ultimo jogo no Barradão em 2017, as equipes empataram em 2×2.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro 4ª Rodada

VITÓRIA X FLUMINENSE

LOCAL: Estádio Manoel Barradas-BARRADÃO

DATA:06.05.2018 às 16 horas

ARBITRAGEM:Rodrigo D’Alonso Ferreira(SC)

ASSISTENTES: Helton Nunes(SC) e Alex dos Santos(SC)

ESCALAÇÃO

VITÓRIA: Caique. Jeferson, Kanu, Ramon, Botelho, Correia, Felipe Soutto, Yago, Rhayner, Neilton, Denílson Téc: Vagner Mancini.

FLUMINENSE: Julio Cesar, Renato Chaves, Gum, Frazam, Gilberto, Richard, Jadson, Sornoza, Ayrton Lucas, Robinho, Pedro. Téc: Abel Braga.

 

 

O presidente, o marketing, o basquete e a incompetência


Diretor de planejamento e diretor de marketing existe melhor qualificação para conhecer os caminhos das pedras para patrocinadores?. Ricardo Davi presidente eleito do Vitória ocupou estes dois cargos no clube, se elegeu afirmando também que já tinha um patrocinador encaminhado para o clube e tudo parecia bem normal analisando a trajetória dele no clube.

A tal marca não surgiu ainda mesmo com 5 meses de mandato, porém o mais gritante é o que surgiu como uma bomba sobre a possibilidade de fim da parceria com o Universo, acabando com o time de basquete que foi tão celebrado nos últimos 3 anos.

21 EXIBIÇÕES EM 2017

Existe maior atrativo no mercado do que alta exposição da marca,e investimento relativamente baixo? Se isso não basta ainda tem o fato de que em quadra, o Universo Vitória chegou em 3/3 playoffs, sendo em 1 deles, semifinalista. O basquete rubro negro conseguiu somente em 2017, 21 transmissões, sendo 15 no SPORTV, 2 BAND, 2 TWITTER, 2 FACEBOOK.

É exposição pra investidor nenhum botar defeito, é a oportunidade de pegar o baixo investimento de R$ 350 mil que o Vitória contribui na parceria e transformar em alguns poucos milhões de investimento no case de sucesso e de receita para o próprio clube, mas ao invés disso, o projeto pode não ter continuidade por alegação de que o cofre do clube está “quebrado”.

Se no futebol tenho sido cauteloso e pedido paciência ao projeto Ricardo Davi, no basquete não podemos admitir sofrer tamanho golpe, não é apenas perder uma modalidade que ganhou novos adeptos, cresceu entre a torcida e está trazendo frutos há uma comunidade inteira da cidade, é perceber que existe uma incoerência entre o discurso e a incompetência observada na forma de gerir o caso, o basquete agregou valorização a marca Esporte Clube Vitória, deu orgulho a cada rubro negro e até o dia 31/05 queremos a informação de que a parceria foi renovada, os laços foram estreitados e que o grito entoado no Barradão e que ecoou em Cajacity não será abafado mas se ouvirá em cada cesta improvisada em Salvador e que estará nas quadras do NBB pelo Brasil.