Imagem

[Portuguesa x Vitória] Leão sem tempo para comemorar!


gh

 

O Vitória não teve tempo para comemorar a conquista do título do campeonato baiano porque a semana é de jogos difíceis pela Copa do Brasil e campeonato brasileiro. Nesta quarta o Leão enfrenta a Lusa em grande crise financeira tentando não fechar as portas e com isso buscando desesperadamente o resultado.

Mancini mandará um time misto no Canindé, Caique servindo a seleçãoe Fernando Miguel machucado dão vaga pra Wallace no gol, Marcelo, Tiago Real e Alipio serão as outras novidades, justamente eles que entraram no segundo tempo no BAVI e agora ganham oportunidade no time titular, o esquema de jogo esta mantido no 4-2-1-3.

Classificado as duras penas pra segunda fase da Copa do Brasil, time da Lusa enfrenta a maior crise de sua história e ver na competição uma oportunidade financeira para amenizar sua situação, time vai buscar parceria com a sensação Audax e caso haja segundo jogo contra o rubro negro deverá estar reforçado.

Kanu foi cortado da relação que viajou porque clube teme problema de regularização já que teve problemas com a documentação do zagueiro junto o time da Bélgica.

Marinho artilheiro da Copa do Brasil com 5 gols será poupado.

FICHA TÉCNICA
Portuguesa x Vitória
Copa do Brasil – 2ª fase (jogo de ida)
Local: Canindé, em São Paulo
Data: 11/05/2016
Horário: 21h45
Árbitro: Devarly Lira do Rosário (ES)
Assistentes: Andréa Izaura Maffra Marcelcino de Sá (Asp. Fifa-RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)

Portuguesa: Luis; Rodrigo, Talis, Guilherme e Cesinha; Ferdinando, Rafael, Gustavo e Vinícius; Bruno Mineiro e Diego Gonçalves (Formiga). Técnico: Anderson Beraldo.

Vitória: Wallace; José Welison, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Marcelo e Tiago Real; Alípio, Vander e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.

 

Anúncios

O que esperar do Vitória 2016


ECV 2016

A começar pelo primeiro semestre onde o rubro negro terá pouco mais de 16 jogos, isso contando que ao contrario de 2015 o time não decepcione e chegue à final do estadual e também dos jogos da Copa do Brasil, já que por incompetência não disputará a Copa do Nordeste é a justificativa para as poucas contratações da diretoria até o momento, posso até dar um credito a isso, mas claro que as perdas de Escudero e Rhayner não serão digeridas sem uma grande contratação e sem os resultados necessários.

Ganhar o campeonato baiano virou obrigação para o Vitória em 2016, pois além de recuperar a hegemonia e apagar os vexames de 2015, o time é o único representante do certame que faz parte da elite do futebol brasileiro, e que de certo a competição também servirá de preparação para série A, onde teremos grandes adversários e apesar de que haverá contratações, já precisamos ter uma base solida pra chegar forte no nacional.

O Elenco

As renovações de Mattis, Diego e Amaral até agora é o ápice do time de Mancini, o retorno do velocista William Henrique e do questionado Arthur Maia também dão um certo volume ao time, Nickson e Rafaelson são observados com esperança, o camisa 09 por exemplo deve iniciar a temporada como titular e tem que mostrar a fome de gol que tinha na base, principalmente em jogos contra o rival em que sempre deixou sua marca. Ainda tem os recém contratados Alipio e Tiago Real que chegam sob a desconfiança e precisam mostrar trabalho pra conquistar a torcida rubro negra.

Ronaldo, Gustavo, Fernando Miguel,Euller,Diego Renan, Alef,  Arthur Maia, Rafaelson, Tiago Real, David, Amaral,Caique,Flavio, Gabriel, Mattis, Wellison, Josué, Nickson, Marcelo, Rômulo, Vander, Wallace, Willian Henrique,Yan, Ramon, além de Norberto e Robert que estão entregues ao departamento médico e de Gatito, Pedro Ken e Diogo Mateus que ainda negociam a renovação de contrato.

Eleições

Ano de eleições no clube, e ao que tudo indica pela primeira vez direta, com o sócio torcedor escolhendo seu presidente e a formação do conselho do clube, eis que quem esta no comando não quer dar chances de sair do clube e por isso eu espero um Vitória forte em 2016, acredito piamente que reforços irão chegar a toca do leão, a exemplo de 2013 quando o clube fez grandes investimentos no elenco com Escudero, Cáceres, Maxi e Cajá.

 

[CATUENSE 1X3 VITÓRIA] Leão vence e se classifica para semifinal


CATUENSE X VITÓRIA

Se nos bastidores as coisas andam turbulentas para o rubro negro, no campeonato baiano o time passeia, o rubro negro venceu mais uma, manteve a invencibilidade e de quebra garantiu a classificação antecipada para disputa da semifinal da competição.

Ney Franco mudou a equipe e surtiu efeito, embora eu ainda acredite que a defesa é Salustiano e Ferrari.

Com o bom futebol de Wellison, uma boa chegada de Cáceres e Marquinhos o time rubro negro criou muitas oportunidades, e o gol nasceu logo no inicio com um minuto de partida, Cáceres lançou, Marquinhos driblou e tocou para entrada da área José Wellison chutou e marcou. Após o gol o Vitória continuou criando e mandando no jogo, mas o preciosismo impedia que a bola chegasse a rede, somente aos 43 minutos o Leão ampliou, cobrança de escanteio cabeçada de Dinei e sobra para Ferrari marcar mais um, zagueiro artilheiro.

Na segunda etapa o Vitória mesmo com um a menos em campo, Luiz Gustavo foi expulso aos 35 da primeira etapa, continuava com o domínio e criando as melhores chances, mas ainda desperdiçava. Quem estava elétrico era o garoto Wellison, ele tentou com um ótimo chute, mas João Paulo fez grande defesa, na sobra Dinei cabeceou em cima do goleiro, logo depois o menino da base acertou a trave numa jogada de linha de fundo de Cáceres, porém aos 18 minutos o garoto marcou mais um, ele deu um drible desconcertante no zagueiro e chutou no canto do goleiro que não pode fazer nada, 3×0 Leão no placar, aos 36 Kleuber diminuiu, ele passou por Ferrari e soltou uma bomba, fim de papo Catuense 1×3 Vitória

FICHA TÉCNICA

Catuense1 x 3 Vitória
Campeonato Baiano – 15ª rodada
Local: Estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas
Data: 09/03/2014
Horário: 16h
Árbitro: Marielson Alves da Silva
Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira e José Carlos Oliveira dos Santos.
Gols:  Kleuber (Catuense) ;José Welison e Jonathan Ferrari (Vitória)
Cartões amarelo: Anderson Silva (Catuense)
Cartão vermelho: Luiz Gustavo (Vitória)
Catuense: João Paulo; Rogério Rios, Anderson Silva, Anderson e Diego Prates; Fausto, Mica (Gil), Netinho (Deivid) e Nem (Marcos Neves); Kleuber e Robert .  Técnico: Sérgio Odilon.
Vitória:  Wilson; Ayrton, Rodrigo Defendi, Jonathan Ferrari e Juan; Luiz Gustavo, Marcelo (Mauri), José Wellison
e Cáceres (William Henrique); Marquinhos e Dinei (Alan Pinheiro). Técnico: Ney Franco.
WILSON: ótimas defesas, muito importante no triunfo 8.0
AYRTON: Não vem fazendo boas partidas, muito discreto, pode render mais ou Nino vai tomar essa vaga. 5.0
FERRARI: Marcou mais um gol, mas vacilou no gol da Catuense, mesmo assim é superior a Defendi. 6.5
DEFENDI: Hoje não teve muitos problemas, mas é muito fraco. 7.0
JUAN: Errou todas as tentativas de driblar e sair para o jogo, pode render mais. 5.0
LUIZ GUSTAVO: Que zorra foi aquela? Tem que ser punido pela diretoria 0.0
MARCELO: Ainda não vem repetindo as atuações de 2013, parece um pouco sem confiança, mas vai crescer de rendimento 6.0
WELLISON: 2 Gols, belos chutes, ótima chegada, melhor em campo 10.0
CÁCERES: Jogou muito, criou boas jogadas e foi importante no triunfo de hoje. 8.0
MARQUINHOS: Voltou a jogar bem, mas precisa fazer o simples em algumas oportunidades. 7.5
DINEI: 3 oportunidades e quase, tem decepecionado nesse inicio de ano. 4.0
WILLIAN HENRIQUE: Entrou dando passe para gol, deu um novo ânimo ao ataque, é cara pra segunda etapa; 7.5
MAURI: Entrou para segurar a onda e foi bem. 6.0
ALAN PINHEIRO: Tentou dar velocidade, mas teve pouco tempo 6.0
NEY FRANCO: Hoje colocou o time sem invenções, com coerência e deu tudo certo 8.0