[ASA 2X3 VITÓRIA] Com sustos, mas o triunfo prevaleceu.


O Vitória chegou há mais um triunfo na série B 2012 e aguarda o fechamento da rodada para saber se é o novo líder da competição, a sua parte já foi feita, agora é torcer pela derrota do Criciúma para o ABC em Natal.

Jogando como a torcida gosta, assim começou o rubro-negro indo para cima dos donos da casa e pressionando como se estivesse no Barradão, aos 8 minutos Pedro Ken com a sua visão além do alcance(Lion do Thundercats), observou a corrida de Marquinhos e lançou a bola em profundidade, o camisa 11 que retornou ao time titular tirou o goleiro e marcou o primeiro do Vitória fazendo 1×0.

Mesmo com tantos desfalques o brioso não sentiu dificuldades e dominou o time do ASA no primeiro tempo, e só não ampliou por que Nicácio ainda não está em boa forma física. No segundo tempo o Leão começou arrasador e justificou a superioridade da primeira etapa. Novamente ele Pedro Ken cobrou uma falta com rapidez e inteligência e Nino soltou um torpedo, Vitória 2×0 e maior tranquilidade. Pouco tempo depois ainda comemorava o gol, quando o Vitória marcou o terceiro com Victor Ramos de cabeça, aí era só comemorar.

Porém foi justamente aí que os sustos começaram, 20 minutos e o Vitória vencia para 3×0, lançamento na área e a defesa fica assistindo o jogador pular no meio da área e marcar o gol. O que parecia ser apenas o gol de honra, chegou a assustar e lembrar aquele jogo contra o Goiás, isso porque 3 minutos depois em novo vacilo da defesa, o ASA chegou ao segundo gol e aí amigo, foi um verdadeiro Deus nos acuda, pressão dos donos da casa e contando os minutos para o jogo acabar, o alvinegro ainda teve um jogador expulso e com isso o Leão retomou o domínio da partida, e teve até mais duas chances para ampliar o resultado que terminou com ASA 2X3 VITÓRIA.

Um ótimo resultado, o Leão justificou a fama de melhor visitante da série B, e o melhor, abriu uma vantagem de 6 pontos  para o 5º colocado. O Time começou com um volume muito bom e a marcação bem ajustada, um equilíbrio nos setores e pressionando o adversário, essa é a postura que queremos ver, infelizmente a condição física de Nicácio e Marquinhos não eram as melhores, pois poderíamos ter um melhor desempenho, é preciso corrigir as oscilações que com isso seremos o Campeão da série B com certeza.  No próximo jogo o Vitória não contará com o goleiro Douglas suspenso pelo terceiro cartão amarelo, mas tem o retorno do artilheiro do Brasil Neto Baiano, o jogo será contra o Atlético PR em Paraná.

Ficha técnica – ASA 2×3 Vitória
11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Local: Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca-AL.
Data: Terça-feira, 17 de julho.
Horário: 19h30.

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).
Auxiliares: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Victor Oliveira Cruz (SE).

Gols: Lúcio Maranhão e Roberto (aos 20 e aos 23 minutos, respectivamente) para o ASA; Marquinhos, Nino Paraíba e Victor Ramos (aos sete minutos do primeiro tempo, aos quatro e aos 15 do segundo, respectivamente) para o Vitória.

Cartões amarelos: Gaúcho e Fabiano (ASA); Douglas (Vitória).

Cartão vermelho: Gabriel (ASA).

ASA: Gilson; Gabriel, Gaúcho (Danilo Cruz), Fabiano e Chiquinho; Cal, Elvis, Lucas (Geovane), Valdívia (Maranhão) e Roberto Jacará; Lúcio Maranhão. Técnico: Heriberto da Cunha.

Vitória: Douglas; Nino, Victor Ramos, Gabriel e Dener; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Leílson (Eduardo Ramos); Marquinhos (Willie) e Marcelo Nicácio (Tartá). Técnico: Paulo César Carpegiani.

Douglas: Foi muito bem, fez boas defesas, saídas de gol e garantiu o triunfo, Nota 7,5

Nino: Um monstro, correu muito e marcou um golaço Nota 8,0

Victor Ramos: Está se especializando em fazer gols, mais um na conta e foi bem na defesa: Nota 8,0

Gabriel: Esteve muito bem também, vacilou junto com todos no gol do ASA. Nota 7,5

Dener: Uma boa estreia, marcou com eficiência, sofreu um pouco no final do jogo com o time saindo nas costas dele, mas resistiu bem a pressão, quero ver a sua continuidade. Nota 7,0

Uelliton: Bom jogo, mas precisa caprichar no passe de bola, assustou em duas oportunidades, como sempre um guerreiro em campo. Nota 7.0

Michel: Marca muito e saí bem para o jogo, é o grande parceiro de Uelliton: Nota 7,5

Pedro Ken: É  um maestro em campo, marca muito e saí fácil para o jogo, coloca a Vitória na conta dele. Nota 10,0

Leílson: Não repetiu a boa atuação do ultimo jogo, mas não complicou, o garoto tem muito futuro. Nota 6,5

Marquinhos: É um talento nato, marcou um golaço e colocou pressão em Carpegiani e em Tartá. Nota 7,5

Marcelo Nicácio: Sentiu muito a falta de ritmo e o condicionamento físico irregular, mas foi aquele jogador que pelo menos buscou fazer a sua função e segurou a defesa adversaria. Nota 6,0

Ricardo Silva/Carpegiani: Colocou o melhor que tinha em campo e o time foi bem, venceu mais uma fora de casa e substitui coerentemente. Nota 9,0