Renovações podem reforçar o pequeno elenco do Vitória


dankler

Caio Junior que conta com apenas 20 atletas, sendo que Nino e Michel estão machucados, pode ganhar dois reforços da base que ele tanto elogia.

O zagueiro Dankler afastado desde a final da série b e o lateral direito Romário recuperando de cirurgia no joelho podem renovar o contrato após problemas, o empresario do zagueiro recuou da negativa e começa a negociar a prorrogação do contrato que ia até junho, as conversas estão acontecendo e Dankler pode se juntar ao grupo na semana que vem.

romario400

Já o lateral vive um dilema ou renova ou vai a justiça, isso porque o contrato que se encerra no final deste mês é o primeiro do atleta e a lei da ao Vitória prioridade na renovação, mas o jogador alega que não recebeu os cuidados medicos necessarios a sua lesão o que acabou num agravamento, o jogador acabou fazendo a ccirurgia no joelho fora do clube, no estado do Rio e teria recebido auxilio do Flamengo que anseia em contar com seu futebol. O Flamengo teria desistido em contar com o atleta e a saída seria a renovação, mas isso vai depender se ele vai querer colocar o clube na justiça, o que parece que não vai ocorrer.

O vitória ainda está na briga para anunciar os retornos de Pedro Ken e Neto Baiano e o zagueiro Rodolfo do Vasco foi especulado como novo reforço.

Romário faz operação no Rio e pode treinar no Flamengo


Uma confusão danada, onde ninguém se entende. Essa é a relação atual do lateral-direito Romário com o Vitória. No Rio de Janeiro há três semanas, o jogador operou o joelho esquerdo sem a autorização do Vitória na semana passada e seus empresários planejam colocá-lo para fazer três meses de fisioterapia no Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo.

Morando na casa do procurador Toni Batista, no bairro do Recreio dos Bandeirantes, Romário garante que a Rogon, empresa que administra sua carreira, enviou um laudo da cirurgia ao Vitória. Documento este que, segundo Ivan Carillo, chefe da equipe médica do Leão, não chegou ao clube.”A Rogon enviou um comunicado dizendo que ia fazer a cirurgia e não tem relatório nenhum”, garantiu Carillo.

As divergências entre as duas partes envolvidas não param por aí. “Aqui, os médicos disseram que era necessário fazer um pré-operatório. Perdi muita massa e seriam necessários uns 15 dias de trabalho (reforço). Aí (em Salvador), já queriam me botar na maca pra operar. Eu ia ficar mais de um ano parado. Agora, acredito que volto em quatro ou cinco meses”, diz Romário, que sofreu uma ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo no Ba-Vi decisivo do Baiano, 13 de maio.

A versão do departamento médico rubro-negro é completamente diferente. “Nós fizemos tudo correto. Pedimos a ressonância e os exames pré-operatórios necessários de urina, fezes e sangue. Marcamos a cirurgia duas vezes no Hospital Santa Clara e ele não apareceu”, disse Carillo, reforçando que o pré-operatório citado pelo jogador é um exercício isométrico feito com todos os jogadores do clube, mesmo aqueles que não estão lesionados.Mas a discussão continua. O empresário de Romário reclama da falta de atenção após a lesão. “Romário estava duas semanas em Salvador, sem ninguém do Vitória ligar pra ele, sem fazer nada. Aí que eu fui praí e trouxe ele ao Rio de Janeiro”, conta Toni Batista, que alega que a cirurgia custou R$ 22 mil.

Nessa história conturbada, o caso está no departamento jurídico do clube. “A nossa orientação é que não deve fazer (cirurgia e tratamento fora). Temos que analisar pra ver que providência devemos tomar. Mas também não existe a obrigação de o jogador fazer o tratamento no clube, já que envolve uma questão maior de direito à vida e à saúde”, explica o advogado rubro-negro, Manoel Machado.

Hoje, Romário é considerado um atleta afastado por licença médica e seu contrato fica suspenso em razão do acidente de trabalho (lesão no Ba-Vi). O Vitória, que não perde nenhum direito sobre o jogador mesmo ele tendo optado por fazer o procedimento fora, já enviou um Comunicado de Acidente de Trabalho (CAT) ao INSS. Como qualquer outro profissional acidentado, Romário terá que passar por uma perícia e a obrigação de pagamento do salário a partir de julho é do INSS.

O lateral pretende aparecer na Toca do Leão em duas semanas. “Quero fazer tudo certinho com o Vitória. O que fiz não foi em termo de sair do Vitória. Eu tenho prioridade de tratar onde eu quiser. Não tem trairagem. Procurei o melhor pra mim. Minha carreira que está em jogo”, afirma ele, operado pelo ortopedista Vitor Favila Guimarães da Silva, com passagem pelas seleções brasileiras de base.

Outra novela é quanto a renovação do vínculo de Romário, que vai até dezembro. Nos bastidores,uma possível transferência para o Botafogo tem força. E vale lembrar que ele pode se recuperar no Flamengo. Mas oficialmente, Vitória e empresários não confirmam qualquer proposta. “Queremos renovar”, resume o diretor de futebol Raimundo Queiroz.

O certo é que o Vitória, como fez o primeiro contrato do atleta, tem prioridade na renovação. Pra ficar mais claro: qualquer clube que queira levar Romário tem a obrigação de apresentar antes a proposta ao Vitória. Caso o rubro-negro iguale e o jogador opte pela transferência, o clube contratante teria que pagar indenização num valor referente a 200 vezes o salário oferecido. Mesmo em conflito com o clube, Romário não nega a possibilidade de deixar a Toca.


Futebol é negócio. Se o Vitória vier com uma proposta boa, acima das demais que eu receber, quero ficar. Tenho que ver a melhor condição pra mim
, deixa no ar o jogador, convocado para as seleções brasileiras de base desde os 15 anos.

[Bahia 3×3 Vitória] Não faltaram raça, amor e paixão!


Parabéns Esporte Clube Vitória pelos seus 113 anos, parabéns a cada um dos jogadores que entraram em campo hoje e foram guerreiros, vocês honraram o manto e por falar de guerreiros, quero parabenizar aos 3 mil leoninos que estiveram no nosso parquinho metropolitano, vocês me enchem de orgulho, aos 3  milhões e meio de torcedores do Vitória fica aqui o meu obrigado, é um prazer torcer ao lado de vocês.

Perdemos o título, mas ao contrario do ano passado, para mim o Vitória esta no caminho certo, o time tem jogadores de qualidade e Ricardo Silva encontrou um bom esquema de jogo, é preciso que a diretoria cumpra a sua palavra e reforce o elenco que aí vamos brigar pelo título do campeonato brasileiro e da Copa do Brasil, agora quero falar um pouco do jogo.

Meus amigos que jogo foi este? Uma bela partida de futebol hoje no nosso parquinho metropolitano, o Vitória entrou mal escalado e eu disse isso no texto pré-jogo, para mim Marquinhos sem condições de jogo deveria começar no banco e Geovanni deveria continuar como titular, mas a pressão da imprensa corrompida baiana foi grande e Ricardo Silva cometeu seu único erro na tarde de hoje.

O Vitória começou em cima e conseguiu brocar logo no inicio com um cruzamento lindo de Victor Ramos e um golaço de Neto Artilheiro do Brasil Baiano, quem esperava maior tranquilidade, viu o Vitória vacilar incrivelmente no lance seguinte e levar o empate numa jogada batida do Bahia, Gabriel levanta a bola e alguém arremata, desta vez Fahel recebeu livre para bater forte e contar com a falha de Douglas que não fechou bem o ângulo, após o gol o Bahia cresceu e o Vitória se perdeu em campo, e aos 46 outra bola lançada e Douglas vacilou feio e a bola entro direto, virada do Bahia em Pituaçu, ao Vitória só restava vim para o segundo tempo e tentar a virada histórica.

Ricardo Silva tirou Marquinhos acertadamente e colocou Dinei, o Vitória foi para cima e após escanteio o jogador do Vitória foi derrubado pênalti que Neto Baiano cobrou com maestria e empatou o jogo, o Leão acordou e foi para cima. Contra ataque rápido e a bola fica com Tartá que foi derrubado na área o juiz da a vantagem e Pedro Ken cruza milimetricamente para Dinei marcar o gol da virada e o que seria o gol do título.

O jogo estava franco e aberto e quando Neto Baiano saiu eu sinceramente me preocupei, Geovanni entrou para cadenciar o jogo e tentar arrematar no contra ataque, mas quem chegou ao gol foi o Bahia, após a terceira cobrança de falta  na área o jogador do Bahia cabeceia e Douglas rebate para pequena área, Diones pega a sobra e marca o gol do empate e do título do Bahia, é verdade que o Vitória ainda foi pra cima e Rodrigo Mancha e Pedro Ken por duas vezes tiveram a chance de brocar, mas ficaram nas defesas milagrosas de Marcelo Lomba, por fim o esporte é assim mesmo, nós que estamos acostumados com as taças, temos que parabenizar o rival pelo seu título após 11 anos de puro jejum, agora resta ao Vitória vencer a Copa do Brasil e a série B do Brasileiro e espero em Deus que isso vai acontecer.

PARABÉNS ESPORTE CLUBE VITÓRIA!

DOUGLAS: Foi mal hoje, sentiu a pressão e falhou quando não podia. Nota 4.0

ROMÁRIO: Estava bem indo para cima, se contundiu muito cedo.

RODRIGO: Foi valente, mostrou raça, mas vacilou no terceiro gol.  Nota 7.0

VICTOR RAMOS: Belo passe e muita vontade o jogo todo, estou gostando das suas atuações:  Nota 8.0

WELLINGTON SACI: Levou pressão no primeiro tempo e no segundo cresceu com o time, mas é muito fraco:  Nota 5.0

UELLITON: Raça, meu capitão é simbolo de garra, é isso que a torcida espera de você.  Nota 8.0

RODRIGO MANCHA: Foi valente, mostrou qualidade, mas perdeu o gol do título: Nota 7,5

PEDRO KEN: Um ruim primeiro tempo e o segundo tempo de muita garra, ótimo passe e só faltou o gol do título.  Nota 8.0

TARTÁ:Teve muita vontade, mas não foi bem hoje: Nota 5,0

MARQUINHOS: Péssimo, foi um grande erro sua entrada de primeiro, pior em campo: Nota 2,0

NETO BAIANO: Valente, guerreiro, brigador e artilheiro, pena que não deu, mas você é o cara. Nota 10,0

GABRIEL: Improvisado e mesmo assim foi muito bem, não houve avanços do Bahia pelo seu lado. Nota 8,5

DINEI: Entrou e deu outra cara ao Vitória, muito bem em campo e gol que poderia ser o do título: Nota 8,5

GEOVANNI: Sem muito tempo, entrou para tentar ligar os contra ataques, mas o jogo ficou muito parado com confusões, catimbas e tudo mais depois do gol de empate. Nota 6,0

RICARDO SILVA: Só vacilou ao entrar com Marquinhos e eu avisei, tem que ler mais o LMP, mas substituiu bem e o time tem tido um bom rendimento com ele em campo. Nota 7,5

Relacionados, Arbitragem, convocação e muito mais!


Relacionados Para o Bavi e muito mais
Ricardo Silva comandou treinamento na tarde desta sexta-feira, com portões fechados, no Barradão, e não antecipou a escalação do Vitória para o primeiro clássico Ba-Vi decisivo do Campeonato Baiano, neste domingo, às 16 horas. O técnico tem dúvidas e vai aguardar os trabalhos deste sábado para começar a defini-las.
No treinamento desta sexta-feira, o atacante Neto foi poupado. Mas o goleador do Brasil (29 gols) não preocupa para o clássico. Marquinhos, embora já venha treinando normalmente, não foi relacionado para o primeiro Ba-Vi.
Vinte e um atletas foram convocados para a concentração que começa nesta sexta-feira, às 22 horas, na chácara Vidigal Guimarães. As novidades são o volante Mineiro, que volta a ser relacionado, e o recém-contratado Willian, que pela primeira vez é chamado.

Goleiros: Gustavo, Douglas e Renan
Laterais:Romário, Wellington Saci e Léo
Zagueiros Gabriel, Victor Ramos e Rodrigo Costa
Volantes:Uelliton, Michel, Rodrigo Mancha e Mineiro
Meias: Willian, Arthur Maia, Geovanni, Lúcio Flávio, Tartá e Pedro Ken
Atacantes: Neto e Dinei

Rildo cumpre a punição e doa cestas basicas


O atacante Rildo entregou, nesta sexta-feira, 10 cestas básicas como punição por ter saído insatisfeito do campo ao ser substituído no jogo contra o Feirense. A multa foi aplicada pela comissão técnica.
“Capitão, já paguei a multa”, brincou Rildo quando Uelliton, capitão do time, estava chegando ao clube.
Rildo se desculpou com o técnico Ricardo Silva e com os jogadores assim que o jogo foi encerrado, no vestiário, por ocasião da oração. “Estava com vontade de ajudar e não queria sair”, disse. As cestas serão destinadas a uma instituição de caridade que será escolhida na próxima semana pela comissão técnica.

Arbitragem

A ansiedade é grande e não é nenhuma surpresa que toda e qualquer noticia sobre o clássico BAVI que decide o campeonato baiano 2012 ganha imenso destaque, pois bem, após muita espera para conhecer o trio que comanda o jogo, saber se é baiano ou de fora, temos a resposta e sem muita surpresa. O árbitro do primeiro clássico será Marcelo de Lima Henrique, do Rio de Janeiro, e os seus auxiliares serão Altemir Hausmann, do Rio Grande do Sul, e Roberto Braatz, do Paraná. Os três pertencentes ao quadro da Fifa, a escolha parece ter agradado a gregos e troianos.
Com o trio de qualidade no apito e bandeiras, a expectativa é que o título seja decidido de fato pelos atletas e é por isso que ambos os times estão promovendo treinos secretos a fim de surpreender o adversário, no primeiro BAVI do Barradão isso deu certo para o Vitória que surpreendeu o Bahia e venceu, o leão vai tentar manter a escrita e sair forte na luta pelo caneco e manutenção da hegemonia estadual, mas na verdade não acredito em surpresas, os times e esquemas serão os mesmos das rodadas anteriores.

Romário é convocado

A coordenação das divisões de base do Vitória recebeu uma ótima notícia na tarde desta sexta-feira (4). O lateral-direito Romário, que já integra o elenco profissional desde o ano passado, foi convocado pelo técnico Ney Franco para a seleção sub-20 para disputar o Torneio Oito Nações, na África do Sul, entre os dias 24 de maio e 3 de junho.
O jogador vai se apresentar ao treinador no dia 14 deste mês, logo depois da final do Campeonato Baiano. Ele encontrará a delegação no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro.
Após esse encontro, todos os convocados seguem para a Granja Comary, local onde ficarão hospedados até o dia 21. (informações Bahia Noticias).

Remo Conquista Ouro

A promessa era trazer ouro para casa e eles estão trazendo duas medalhas. A equipe do Esporte Clube Vitória conquistou quatro medalhas no XVII Campeonato Sul-Americano de Remo Master, realizado no ultimo final de semana, em Mercedes, no Uruguai.

SUB-20 Pronto para a decisão

O time sub-20 rubro-negro está pronto para a partir deste sábado, 5,  tentar a conquista do bicampeonato da categoria, enfrentando o Bahia, em dois jogos. O primeiro será no Estádio Governador Roberto Santos, às 15 horas, e o segundo no dia 12, também às 15 horas, no Barradão.

Por ter realizado melhor campanha, o Vitória joga por dois empates. Pode, também, vencer um jogo (1 a 0, por exemplo) e perder o outro pelo mesmo placar.

Na fase de classificação, o Vitória acumulou 54 dos 66 pontos disputados, marcou 75 gols e sofreu 17. Nas semifinais, venceu o Fluminense, por 3 x 2, em Conceição do Jacuípe, e empatou de 0 a 0 no Barradão.
Na artilharia, Alan Pinheiro tem 16 gols e Arthur Caculé está com 13. O artilheiro é Nadson, do Camaçari, com 20.

Ademilton Piedade Carigé, assistido por Dijalma Silva Ferreira Júnior e Cláudio Santos Oliveira, vai apitar o clássico.

Sem escalação – Depois do treinamento da manhã desta sexta-feira, no campo 1 do CT Manoel Pontes Tanajura, o técnico Carlos Amadeu convocou os jogadores rubro-negros que estão concentrados em um hotel na orla. Amadeu não confirmou a escalação da equipe.

“Pretendo assistir primeiro o videoteipe de um jogo do nosso adversário para definir a melhor formação”, explica o treinador rubro-negro, campeão em 2011.

Video completo do Ultimo BAVI

SRN

[VITÓRIA 5X0 ATLÉTICO] QUANDO O GAME OVER ERA DADO COMO CERTO, ELE INSERIU NOS CREDITOS.


Ameaçado no cargo o treinador Toninho Cerezo decidiu não inventar, fez o simples mantendo a base da ultima partida mesmo esta não tendo sido bem no jogo em questão, as mudanças ficaram por conta de Douglas retornando ao gol e Rodrigo fazendo a sua estréia, no mais o time foi o mesmo.

Diferentemente da partida contra o Serrano os jogadores iniciaram buscando o jogo e levando perigo, mas o time do Atlético tem atletas de uma certa qualidade, Tácio, Garrinchinha, Deon e Robert levaram perigos em duas oportunidades e Douglas foi muito bem, o jogo ficou sem criatividade com os laterais presos e Lucio Flavio e Mineiro sem apresentar um bom futebol, Arthur Maia até que tentava mas sem participação não tinha como ser efetivo, mas mesmo assim o gol saiu, cobrança de escanteio e toque de cabeça no primeiro pau encontrando Neto Artilheiro do Brasil Baiano que chutou forte e abriu o placar Vitória 1×0 Atlético, depois disso o Vitória passou a ter mais volume, porém sem muita efetividade, ainda mais que Marcos Paulo esteve bem no gol adversário.

O primeiro tempo se encaminhava para o fim, quando em um contra ataque fulminante, Lucio Flavio, lançou Arthur Maia, o zagueiro chegou antes e jogou a bola pra lateral, porém Maia foi inteligente e cobrou rápido em Mineiro que disparou em direção ao livre e foi derrubado dentro da área, Pênalti! Neto Baiano partiu e marcou o segundo dele e do Vitória na partida, fim de primeiro tempo.

Na segunda etapa o Vitória veio mais tranqüilo para o jogo e desde o inicio sufocou o adversário que em jogada rápida de Léo teve um jogador expulso, aí foi só alegria, Lucio Flavio quase marca em linda cobrança de falta que o goleiro salvou milagrosamente mandando para escanteio, e foi justamente neste lance que veio o gol mais bonito da partida, após a cobrança Gabriel dominou no peito e bateu de bate pronto fazendo o terceiro do Leão, Toninho atendeu a torcida e colocou Geovanni no lugar de Lucio Flavio e G10 mostrou sua qualidade sendo participativo, chamando a responsabilidade e até orquestrando a torcida, ele e Nino que entrou no lugar de Romário deram velocidade ao Vitória que desperdiçou muitos contra ataques, Marquinhos foi bem, mas longe daquilo que sabemos que ele pode render, esteve muitas vezes impedido e adiantando demais a bola, o mesmo acontecendo com Mineiro que vinha mal, mas queimou a língua de muitos quando acertou um chutaço de fora e marcou o quarto do Vitória.

Dankler entrou no lugar de Rodrigo e jogo ficou definido da seguinte forma, Nino recebe, corre,e  toca em Arthur Maia que  empurra para Marquinhos e Mineiro, foram vários lances assim, em duas oportunidades Maia chutou de fora e quase marcou, gostei da partida dele muito participativo, mas ainda sem a confiança necessária o que deixou intranqüilo em alguns momentos, tal como a chance de gol que ele recebeu livre, bateu forte e Marcos Paulo defendeu. O Vitória ainda queria mais, Geovanni cobrou falta e o goleiro mais uma vez fez grande defesa, e quando tudo se encaminhava para 4×0, eis que Mineiro deu um chutão na bola, Marquinhos correu e evitou a saída, Arthur Maia atrás e Neto Baiano e Geovanni na área eram as opções, ele lançou rasteiro e Neto Artilheiro do Brasil Baiano tirou o goleiro, virou a cara e marcou, VITÓRIA 5X0 ATLÉTICO, Cerezo se salvou e agora vem a Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA: Vitória 5 x 0 Atlético de Alagoinhas
Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA).
Data: Domingo, 4 de março.
Horário: 16h.
Árbitro: Gleidson Santos Oliveira.
Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos e Jefferson Abel Ferreira Lima.
Gols: Neto Baiano (3x), Gabriel Paulista e Mineiro
Público: 4813 pagantes.
Renda: R$ 41.970,00.

Vitória: Douglas; Romário (Nino), Gabriel, Rodrigo e Léo; Michel, Mineiro, Arthur Maia e Lucio Flávio (Geovanni); Marquinhos e Neto Baiano. Técnico Cerezo

Atlético: Marcos Paulo; Ademir (Antônio Carlos), Bira, Rogério e George; Fausto, Tácio, Garrinchinha (Lazáro) e Narciso; Robert e Deon. Técnico – Lameu (interino).

PS: Maiores artilheiros da história do Barradão


Rank Jogador Gols/Temporada(s)
1 Ramon Menezes 44/ 5
2 Allan Dellon 40/7

3 Neto Baiano 38/3
… 3 Neto Baiano 38 3

Rumo A Lideranca Neto … !

Alguém duvida que ele vai assumir a liderança?

Resultados de 13º rodada do Campeonato Baiano
Fluminense 0 x 2 Bahia
Vitória 5 x 0 Atlético
Bahia de Feira 3 x 0 Juazeirense
Camaçari 1 x 1 Serrano
Feirense 3 x 1 Vitória da Conquista
Juazeiro 1 x 0 Itabuna

[Vitória x Atlético] A ultima chance de Cerezo!


Com uma campanha pra lá de irregular no campeonato baiano 2012, Toninho Cerezo esta ameaçado no cargo e um insucesso hoje pode gerar a demissão do treinador que não esta agradando em nada neste momento. Há quem afirme que mesmo ganhando o mineiro pode deixar o Vitória hoje, e que só uma boa atuação da equipe com triunfo salvaria Cerezo da degola.

 

Vitória cheio de mudanças

 

Para tentar se manter, Cerezo promoverá mudanças na equipe afim de dar uma sacudida no elenco no jogo de hoje, Léo e Rodrigo entraram por causa das suspensões de Mansur e Victor Ramos, Renan deve dar lugar a Douglas no ridículo processo de rodízio de goleiros, mas é no meio que as coisas de vem acontecer. Mineiro, Arthur Maia e Lucio Flavio estão ameaçados por Robston, Pedro Ken e Geovanni respectivamente e há quem garanta que o Vitória irá a campo com Michel, Robston. Arthur Maia e Geovanni neste setor, agora é esperar para ver!

 

 

FICHA TÉCNICA

Vitória x Atlético-BA

Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA).

Data: Domingo, 4 de março.

Horário: 16h.

Árbitro: Gleidson Santos Oliveira.

Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos e Jefferson Abel Ferreira Lima.

 

Vitória: Renan (Douglas); Romário, Dankler (Rodrigo), Gabriel e Léo; Michel, Mineiro (Robston), Lúcio Flávio (Geovanni) e Arthur Maia (Pedro Ken); Marquinhos e Neto Baiano. Técnico: Toninho Cerezo.

 

Atlético: Marcos Paulo; Ademir, Rogério, Bira e George; Fausto, Garrinchinha, Tácio e Marcos Neves; Roberto e Deon. Técnico: Lameu.