Vitória relacionado com Farias, Kieza, Vander e Zé Love


treino do Vitória Após Treino tático realizado no final desta tarde no Barradão, O treinador do vitória vagner mancini convocou os atletas que irão para o jogo contra o Flamengo. Mancini terá os reforços de Vander, Willian Farias, Kieza e o recém contratado Zé Love, Já o zagueiro victor ramos continua sentindo dores e está vetado pelo departamento médico

Confira a lista completa de relacionados:
Goleiros: Fernando Miguel e Caíque
Laterais: Diego Renan, Diogo Mateus e Euller
Zagueiros: Ramon, Kanu e Vinícius
Volantes: Willian Farias, Amaral e José Welison
Meias: Flávio, Cárdenas, Tiago Real e Serginho
Atacantes: Zé Love, Kieza, Marinho, Vander, Ramallo, Nickson e David

 

Gols de Vitória 2×3 Santos


Vitória 2×3 Santos: Leão perde e se aproxima da zona


EC VITÓRIA x SantosO Vitória voltou a decepcionar em casa e com isso vê a zona de rebaixamento cada vez mais perto, com 19 pontos em 13° o time esta a 02 do Z-4 e a frente do próximo adversário, Figueirense que tem 17 pontos na 18 colocação.

O time começou bem, criando chances mas pecando na finalização e quando balançou a rede com Serginho o bandeira levantou o bastão de impedimento. O rubro negro não fez e vacilou na defesa,contra ataque rápido e Diego Renan ficou vendido, bola lançada Victor Ramos ver a bola passa, Euller tenta de Carrinho mas Vitor Bueno marca 1×0.

Depois do gol o Vitória continuou tentando e de tanto insistir o empate veio com uma bela cabeçada de Kanu mas quando todos ainda comemoravam e pensava na virada, veio o gol polêmico do Santos em novo cochilo defensivo e fim de primeiro tempo.

No segundo tempo o jogo permaneceu igual, Vitória indo pra cima e buscando o empate. Saíram Dagoberto e Serginho e Ramallo e Sherman entraram(Cárdenas pediu para ser chamado pelo primeiro nome).

Com a entrada do 10 o leão se organizou e em sua primeira oportunidade ele deu uma cavadinha e quase deixou Kieza de cada. O time cresceu e chegou ao empate com Vander chutando de esquerda.

A virada parecia surgir no Barradas,time tocando e buscando o gol,,Vander lançou e Cárdenas de cabeça quase vira mas Vanderlei fez excelente defesa e eis que vem o golpe derradeiro. Saída errada, zaga exposta e gol do Santos.

Agora é juntar os cacos e tentar o triunfo diante do Figueirense em jogo de 6 pontos no sábado.

Mancini precisa parar de insistir no esquema com 3 atacantes, parar de insistir em Dagoberto e arrumar essa defesa, todos os jogos o Vitória sofre gols de erros inacreditáveis. Ou muda ou chegou a hora de sair.
FICHA TÉCNICA

Vitória x Santos

Campeonato Brasileiro – 16ª rodada

Local: Barradão, em Salvador

Data: 24/07/2016

Horário: 18h30

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (ASP/Fifa-PR)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
Cartões amarelos: José Welison, Dagoberto e Willian Farias (Vitória); Ricardo Oliveira (Santos)
Gols: Vitor Bueno, Copete e Jean Mota (Santos); Kanu e Vander (Vitória)
Vitória: Caíque; Diego Renan, Victor Ramos, Kanu e Euller; José Welison, Willian Farias (Tiago Real) e Serginho (Cárdenas); Vander, Dagoberto (Ramallo) e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Caju; Renato, Léo Cittadini (Jean Mota), Lucas Lima  (Fernando Medeiros )e Vitor Bueno; Copete e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior

 

 

 

[CRUZEIRO 2X2 VITÓRIA] 99% comemora o resultado mas aquele 1% sabe que podia mais


cruzeiro 2 x 2 vitória

O Vitória foi a Belo Horizonte enfrentar o Cruzeiro no mineirão e volta a Salvador com um ponto na bagagem, porém a sensação é de que poderiam trazer bem mais.

O Vitória entrou no esquema com 3 zagueiros mas foi para cima e dominou até os 23 minutos do primeiro tempo com quatro grandes oportunidades desperdiçadas com Marinho exigindo duas grandes defesas de Fábio, Kieza não alcançando a bola e Kanu errando dois chutes bisonhos dentro da área. Como o a bola pune eis que a celeste abriu o placar depois de uma desatenção de Kanu e o Cruzeiro cresceu no jogo obrigando Caique a fazer boas defesas. Porém após os 35 o rubro negro voltou a crescer e pelas grandes defesas de Fábio não chegou ao empate.

O segundo tempo começou da pior forma possível, Ramon foi expulso logo aos 2 min e quando Arrascaeta aumentou muitos davam a fatura liquidada e torciam apenas para que não viesse uma goleada mas surpreendentemente o Vitória retomou o domínio foi pra cima e Marinho que infernizou a defesa foi derrubado na área, penalidade e gol de Diego Renan em cima do seu ex-time.

O leão sentiu a chance e Mancini chamou Vander em lugar de Amaral, mudança ousada para um time com um a menos fora de casa e deu certo aos 36 Vander pegou sobra e chutou forte para empatar, Cruzeiro 2×2 Vitória que partiu de vez pra cima e quase é premiado com a virada, Marinho partiu pela esquerda e lançou, Kieza sozinho deu carrinho mas pegou mal e Fábio defendeu e deu números finais a partida, deixando a sensação de que o resultado acabou sendo ruim apesar de todas as circunstâncias.

CAIQUE Boas defesas e uma saída de soco no fim que matou a todos de susto, sem culpas no gol mostra maturidade 7,0

DIEGO RENAN Tem uma dificuldade grande de chegar a linha de fundo mas teve frieza na penalidade 7,0

RAMON Precisa ser preservado 3,0

KANU Foi horroroso hoje, muito mal mesmo, perdeu dois gols e colaborou no primeiro gol 4,0

VICTOR RAMOS Segurou a onda sozinho da péssima manhã dos companheiros 6,0

EULLER Hoje cumpriu função tática cobrindo as subidas de Marinho, foi importante 7,0

AMARAL Até hoje me pergunto quem cometeu o absurdo de dar o apelido de Vanderson a ele 4,0

WILLIAN FARIAS É um cara fundamental nesse time, joga pro esquema 6,5

DAGOBERTO Apareceu bem no primeiro tempo e sumiu no segundo 5,0

MARINHO Arrasador, com a raça e vontade que queremos, merecia um gol, o cara do jogo 8,0

KIEZA Duas grandes chances e desperdiçou, teve a virada nos pés. 5,0

VANDER Esta queimando muitas línguas que continue entrando e resolvendo 8,0

TIAGO REAL Um a menos em campo enganador 4,0

VAGNER MANCINI Merece os parabéns, armou um time que foi superior e mesmo com erros individuais se superou 9,0

FICHA TÉCNICA
Cruzeiro x Vitória

Campeonato Brasileiro – 13ª rodada
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 03/07/2016
Horário: 11h
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez  (PE-Fifa)
Assistentes: Cleberson do Nascimento Leite (PE) e Bruno Cesar Chaves Vieira (PE)
Cartão Amarelo:Bryan, Kanu, Ramon (2), Lucas Romero, Victor Ramos
Cartão Vermelho:Ramon
Gol: Alisson, De Arrascaeta, Diego Renan, Vander

Cruzeiro: Fábio; Lucas (Willian), Fabrício Bruno, Bruno Viana e Bryan (Allano); Lucas Romero e Bruno Ramires; De Arrascaeta, Alisson e Elber (Alex); Riascos. Técnico: Paulo Bento.

Vitória: Caíque; Diego Renan, Kanu, Victor Ramos e Ramon; Amaral (Vander), Willian Farias e Euller; Marinho, Dagoberto (Tiago Real) e Kieza. Técnico: Vagner Mancini

[EC VITÓRIA 3X2 SPORT] Leão vence o Sport e sobe na classificação


EC VITÓRIA 3x2 SPORT

O Vitória começou o jogo indo para cima do Sport e logo no inicio teve duas boas chances de abrir o placar, a primeira com Amaral que recebeu, dominou e sozinho chutou em cima do goleiro, depois com Dagoberto que desperdiçou a chance de abrir o placar e marcar seu primeiro gol com a camisa do Vitória.

 

Quando o rubro negro dominava o jogo e parecia abrir o placar, eis que um banho de água fria, lançamento preciso de Diego Souza e Matheus Ferraz aparece sozinho na área com tranquilidade para dominar e chutar forte sem chances para Caique, Sport 1×0 mesmo com o Vitória atuando com 3 zagueiros.

 

Depois do gol o jogo ficou um pouco parado, até que Everton Felipe fez falta forte em vander e levou o segundo cartão amarelo, vermelho pra ele e Sport com um a menos em campo. A partir daí o Vitória partiu pra cima de vez em busca do gol de empate e chegou a ele com Vander que dominou e chutou forte para empatar, ele correu em direção da torcida e fez sinal de reverência, como se pedisse desculpas, decretado o fim do primeiro tempo.

 

No segundo tempo o Vitória voltou todo ataque, o time que já tinha mudado com Nickson em lugar de Amaral ainda na etapa inicial se lançou a frente e até os zagueiros faziam uma linha avançada próximo ao meio campo.

Para coroar as boas partidas que vem fazendo eis que o leão chegou a virada com Euller num belo gol, ele dominou no peito e bateu com força no canto do goleiro Agenor e festa no Barradão.

A situação ficou favorável mas não tranquila quando Lênis foi expulso por agredir Dagoberto e Nickson em lançamento marcar, 3×1 Vitória. Não tranquila porque mesmo com dois homens a mais e dois gols de diferença, o Vitória voltou a falhar e Matheus Ferraz diminuiu, 3×2. Já com Yan e Rafaelson em campo o rubro negro teve a chance de ampliar mais desperdiçou pelo menos 4 grandes contra ataques. O time ainda teve duas penalidades não assinaladas pela arbitragem

CAIQUE O goleiro voltou a titularidade e foi bem, sem culpa nos gols e com boas saídas 6,0

D.RENAN A direita esta fazendo bem pra ele, voltando a ser importante, bons lançamentos 7,0

VICTOR RAMOS KANU RAMON Não se pode tomar dois gols como foram os do Sport com 3 zagueiros, precisam treinar mais 5,0

EULLER Melhor em campo, marcou, atacou, armou, e fez um golaço, vem mostrando evolução 8,0

AMARAL hoje estava até bem na partida mas perdeu um gol feito, saiu por questões do jogo 6,5

WILLIAN FARIAS É um monstro, marca muito, merecia aquele gol para ser coroado. 8,0

TIAGO REAL Não marca, não arma e perde bons lances, quem disse que o Sport estava com um menos¿ 4,0

VANDER Vinha mal mas marcou um belo e importante gol, no segundo tempo esteve mais solto 7,0

DAGOBERTO Vem sendo muito participativo, buscando o jogo e gostei muito das tabelas com Euller e Nickson, falta o gol pra tirar o peso. 7,0

NICKSON Com personalidade moleque, entrou muito bem, foi pra cima e marcou o gol da Vitória 8,0

YAN Entrou com pouco tempo sem avaliação

RAFAELSON apesar do pouco tempo teve duas grandes chances e o nervosismo atrapalhou 5,0

VAGNER MANCINI Hoje tem meus parabéns pela escalação com 3 zagueiros e por mudou ainda no primeiro tempo e certo para o time buscar o triunfo 7,0

 

FICHA TÉCNICA

Vitória x Sport 

Campeonato Brasileiro – 12ª rodada

Local: Barradão, em Salvador

Data: 29/06/2016

Horário: 19h30

Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)

Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ).
Cartões amarelos: Tiago Real, Dagoberto, Nickson e Vander (Vitória); Everton Felipe, Durval e Lenis (Sport)
Cartão vermelho: Everton Felipe e Lenis (Sport)
Gols: Vander, Euller e Nickson (Vitória); Matheus Ferraz 2X (Sport)

Vitória:  Caíque; Diego Renan, Victor Ramos, Kanu, Ramon e Euller; Amaral (Nickson), Willian Farias  e Tiago Real (Rafaelson); Vander  e Dagoberto (Yan). Técnico: Vagner Mancini

Sport: Agenor; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Rodney Wallace; Ronaldo, Rodrigo Mancha, Diego Souza (Vínicius Arajuo), Gabriel Xavier (Lenis) e Everton Felipe; Edmilson (Rogério). Técnico: Oswaldo de Oliveira

[VITÓRIA X GUANAMBI] Leão precisa vencer para garantir vaga


VITÓRIA X FLAMENGO GUANAMBI

O Vitória precisa vencer neste sábado o time do Flamengo de Guanambi por qualquer placar para garantir vaga a semifinal do campeonato baiano 2016, o Leão perdeu o primeiro jogo por 1×0 e por isso qualquer resultado que não seja um triunfo não interessa ao time comandado por Vagner Mancini.

Com desfalques, duvidas e estreias, o leão vai a campo no Barradão, Fernando Miguel continua de fora, Maicon Silva e Tiago Real também desfalcam o rubro negro, Willian Farias é duvida, certo mesmo serão as estreias de Victor Ramos e Kieza.

A expectativa é de um bom publico no Barradão, pela expectativa de ver os novos jogadores e também da classificação na competição, a diretoria resolveu fazer promoção e sócios torcedores poderão levar uma mulher como acompanhante.

Caique continua no gol, Welison também deve permanecer improvisado na lateral direita, Flavio e Marcelo brigam pela vaga de Willian Farias que só saberá se reuni condições no vestiário, Leandro Domingues e Arthur Maia disputam a vaga de Tiago Real.

Mancini espera que o gol saia nos primeiros minutos mas garante que o time irá manter a tranquilidade e não irá se afobar caso o gol demore um pouco a sair, Já Mazola garante que o time vai jogar com inteligência mas não irá ficar retrancado que buscará atacar o Vitória e manter a bola no ataque.

VITÓRIA: Caique, Welison, Victor Ramos, Ramon, Diego Renan, Amaral, Willian Farias( Flavio ou Marcelo), Leadro Domingues( Arthur Maia, Marinho, Vander, Kieza. Técnico Vagner Mancini.

GUANAMBI: Léo, Edivan, Jefferson, Teles, Xandi, Oliveira, Sidney, Cloves, Jó, Fabio Azevedo, José. Técnico Mazola

O que esperar do Vitória 2016


ECV 2016

A começar pelo primeiro semestre onde o rubro negro terá pouco mais de 16 jogos, isso contando que ao contrario de 2015 o time não decepcione e chegue à final do estadual e também dos jogos da Copa do Brasil, já que por incompetência não disputará a Copa do Nordeste é a justificativa para as poucas contratações da diretoria até o momento, posso até dar um credito a isso, mas claro que as perdas de Escudero e Rhayner não serão digeridas sem uma grande contratação e sem os resultados necessários.

Ganhar o campeonato baiano virou obrigação para o Vitória em 2016, pois além de recuperar a hegemonia e apagar os vexames de 2015, o time é o único representante do certame que faz parte da elite do futebol brasileiro, e que de certo a competição também servirá de preparação para série A, onde teremos grandes adversários e apesar de que haverá contratações, já precisamos ter uma base solida pra chegar forte no nacional.

O Elenco

As renovações de Mattis, Diego e Amaral até agora é o ápice do time de Mancini, o retorno do velocista William Henrique e do questionado Arthur Maia também dão um certo volume ao time, Nickson e Rafaelson são observados com esperança, o camisa 09 por exemplo deve iniciar a temporada como titular e tem que mostrar a fome de gol que tinha na base, principalmente em jogos contra o rival em que sempre deixou sua marca. Ainda tem os recém contratados Alipio e Tiago Real que chegam sob a desconfiança e precisam mostrar trabalho pra conquistar a torcida rubro negra.

Ronaldo, Gustavo, Fernando Miguel,Euller,Diego Renan, Alef,  Arthur Maia, Rafaelson, Tiago Real, David, Amaral,Caique,Flavio, Gabriel, Mattis, Wellison, Josué, Nickson, Marcelo, Rômulo, Vander, Wallace, Willian Henrique,Yan, Ramon, além de Norberto e Robert que estão entregues ao departamento médico e de Gatito, Pedro Ken e Diogo Mateus que ainda negociam a renovação de contrato.

Eleições

Ano de eleições no clube, e ao que tudo indica pela primeira vez direta, com o sócio torcedor escolhendo seu presidente e a formação do conselho do clube, eis que quem esta no comando não quer dar chances de sair do clube e por isso eu espero um Vitória forte em 2016, acredito piamente que reforços irão chegar a toca do leão, a exemplo de 2013 quando o clube fez grandes investimentos no elenco com Escudero, Cáceres, Maxi e Cajá.

 

[CRICIÚMA 2X3 VITÓRIA] Leão vence duelo emocionante contra o Tigre e se mantém no G-4


CRICIUMA 2 X 3 VITÓRIA

FICHA TÉCNICA
Criciúma 2 x 3 Vitória
Série B – 24ª rodada
Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma
Data: 08/09/2015´
Horário: 19h
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias  Araújo (CBF-SP)
Assistentes: Daniel Cotrim de Carvalho (CBF-PR) e  Diogo Morais (CBF-PR).
Cartões amarelos: Guilherme Mattis , Diego Renan, Amaral e Rhayner (Vitória); Natan e Marcão (Criciúma)
Cartão vermelho: Marcão
Gols: Rhayner 2 x e Vander (Vitória); Roger Guedes e Wanderson (Criciúma)
Criciúma:Luiz; Jonas, Wanderson, Willian Rocha, Guilherme Santos; Wellington, Marcão, Natan (Douglas Moreira); Lucca, Neto Baiano e Jefferson (Roger Guedes) Técnico:Petkovic.

Vitória: Júnior Gatito; Diogo Mateus, Guilherme Mattis, Ramon, Diego Renan; Amaral, Flávio (Euller), Pedro Ken (Jorge Wagner, David (Vander); Rhayner e Rafaelson. Técnico: Vagner Mancini.

[VITÓRIA 3X1 PONTE PRETA] O triunfo da superação


VITÓRIA X PONTE PRETA

Quando a bola rolou no estádio Manoel Barradas- BARRADÃO nesta noite de quarta feira, eu tinha certeza de que teria que ser na base da superação, e disse isso no texto de pré-jogo, e não deu outra, o Leão mesmo com tantas dificuldades conseguiu uma virada emblemática daquelas de entrar para história por tudo que envolveu o jogo.

O Vitória começou muito bem, com a grande ousadia do garoto Euller ( o novo filho do vento rsrsrsr calma, muita calma, é só brincadeira) que chegava com toda força na defesa da macaca e levava perigo. Depois com os chutes de fora da área ( ALELUIA) de Luiz Alberto e que chutaço na trave, mas vacilou na saída com passe errado de Luiz Alberto, vacilo de Cáceres e gol do bom centro avante Willian.

Depois do gol o rubro negro se perdeu, sentou o golpe e ficou atordoado, foi muito bom o soar do gongo e fim de primeiro tempo para restabelecer as forças e buscar a recuperação no embate.

No segundo tempo Caio Junior retornou com Pedro Oldoni e ele não decepcionou aos 7 minutos a bola cabeceada por Cáceres em cobrança de escanteio de Renato Cajá, encontro o centro avante que de joelho empatou a partida e marcou seu primeiro gol com a camisa do Vitória.

1016998_564005343647504_1596436423_n

Após o gol o Leão cresceu, a torcida guerreira que esta de parabéns empurrou o time e aos 17 Vander fez uma verdadeira pintura, onde a Coruja dorme, golaço.

Com a virada no placar o rubro negro cresceu ainda mais e Caio Junior colocou Marquinhos e Eliseu em lugar de Cáceres e Camacho. Aos 42 Pedro Oldoni foi valente, brigou com os zagueiros e a bola ficou limpa para Marquinhos que entrou esperto, arisco com a vontade que todos pedimos a ele e ainda deu um drible desconcertante no defensor e tocou no canto do goleiro Roberto decretando Vitória 3×1 Ponte Preta.

WILSON: Trabalhou pouco desta vez, mas quando solicitado respondeu bem. 7.0

Gabriel Paulista: QUE DESPEDIDA HEIM? Parabéns que você agora honre o nome daqueles que vestiram o manto e saíram da nossa base na europa 7,5

Victor Ramos: Hoje foi bem miais seguro, trabalhou bem na defesa. 7.0

Fabricio: Levou um nó seco no gol de Willian, mas a culpa foi de Cáceres e Luiz Alberto, boa partida. 7.0

Euller: Muita coragem e segurança, foi o grande destaque ofensivo no primeiro tempo,, o garoto não sentiu a pressão, mantém ele Caio Junior. 8,0

Luiz Alberto: Uma partidaça, um único erro, faltou aquele golaço com a bola no travessão, 8.0

Cáceres: Vacilou, a bola veio na fogueira mas era para dar um bico, perdeu e tomamos o gol, mas não se abateu e fez seu jogo. 6,5

Camacho: Destou, foi melhor do que nas outras oportunidades, mas ainda não rendeu o que se espera dele. 4,5

Renato Cajá: Bela partida, voltou a ser importante com bons passes e na bola parada. 7.0

Vander: Estava precisando desse gol, que pintura hein garoto? Agora é dar continuidade. 7.5

Rômulo: Não foi bem mais uma vez, hoje teve até mais bolas, mas não soube fazer o pivô; 4,5

Pedro Oldoni: Partidaça, um gol importante e vamos dizer uma assistência. 8.0

Marquinhos: Fez o que esperamos dele, belo gol, tem que ser sempre assim decisivo. 8.0

Eliseu: Entrou com vontade e conseguiu manter a pegada no meio campo. 7.0

Caio Junior: Hoje acertou tudo, escalou o que tinha e substituiu muito bem, 10,0

Torcida: Não deu os 15 mil que pedi, mas os 5 mil guerreiros foram importantes, aplaudiram, cantaram, apoiaram e foi premiado com uma bela Vitória.

 

FICHA TÉCNICA

Série A
Vitória x Ponte Preta
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).
Data: 14/08/2013
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (Asp.Fifa/PR)
Auxiliares: Márcio Eustáquio Santiago (Fifa/MG) e Neuza Inês Back (Asp. Fifa/SC)
Gols: Vander, Marquinhose Pedro Oldoni (Vitória) / William (Ponte Preta)
Vitória: Wilson; Gabriel Paulista, Victor Ramos, Fabrício e Euller; Luís Alberto, Cáceres (Marquinhos), Renato Cajá e Camacho (Elizeu); Vander e Rômulo (Pedro Oldoni).Técnico: Caio Júnior.

Ponte Preta: Roberto; Artur, César, Ferron (Brian Sarmiento) e Diego Sacoman; Baraka, Uendel e Chiquinho; Éverton Santos (Alemão), Rildo e William. Técnico: Paulo César Carpegiani.

PS: O zagueiro Thiago Carvalho chega nesta quinta feira a Salvador, mas a informação é de que o atleta tem um problema medico, caso isso se confirme ele não assina com o Vitória.

PS2: Parabéns a Gabriel Paulista, torço pelo sucesso dele lá na Espanha, que bela despedida, carregado pelos companheiros, beijo no Escudo e apoio do torcedor, 142 partidas com a camisa do Leão.

[VITÓRIA 4X0 JUAZEIRENSE] Como tem que ser, sem piedade!


vitc3b3ria-x-salgueiro1

O Vitória entrou a campo na noite desta quinta feira contra o Juazeirense que detinha a melhor campanha da competição e simplesmente atropelou o adversário e praticamente selou a classificação para a final do campeonato baiano.

O Leão começou logo com gol, Cajá lançou e Gabriel Paulista tocou para Dinei marcar ainda com 1 minuto de jogo. Com vantagem revertida logo no inicio, o rubro negro ficou tranquilo para desempenhar seu futebol, a verdade é que o Juazeirense tentou de todas as formas e Deon até teve chances de empatar o jogo mas desperdiçou, o Vitória busca os contra ataques e num lance onde a jogada parecia dominada, Maxi acreditou e ganhou a bola, e tocou na saída do goleiro, 2×0 e fim de primeiro tempo.

No segundo tempo o Vitória resolveu administrar, Cajá saiu machucado e entrou Vander que foi para esquerda e Escudero veio fazer a armação, a verdade é que o Juazeirense apertava e Deola teve que se virar, fez grandes defesas e mostrou grande segurança. O placar parecia terminar 2×0, até que Sidrailson derrubou Nino e foi expulso, com isso o Vitória partiu para definir e chegou ao gol numa bela jogada de Vander, ele recebeu na esquerda, trouxe para o centro e bateu de fora da área colocado no canto esquerdo do goleiro, um golaço, e 3×0, a torcida comemorava e o Leão continuava em cima, em jogada de Escudero a bola sobrou com Vander , ele lançou e Marquinhos completou de cabeça, Vitória 4×0 Juazeirense e fim da partida.

O time demonstra amadurecimento tático e técnico, ainda precisa equilibrar o setor de ataque, alternando os lado, Escudero continua isolado, o time só utiliza o lado direito e faz com que a marcação em determinados momentos seja facilitada.

FICHA TÉCNICA
Campeonato Baiano – Semifinal
Vitória 4 x 0 Juazeirense
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).
Data: 02/05/2013
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA/GO)
Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira (FBF) e Alberto Tavares Neto (FBF)
Gols: Dinei, Maxi, Vander e Marquinhos (Vitória)
Cartões amarelos: Nino (Vitória) / Deon, Rodrigo, SIdraílson (Juazeirense)
Cartões vermelhos: Sidraílson (Juazeirense)
Público: 8.167 pagantes
Renda: R$ 82.895,00Vitória: Deola; Nino Paraíba, Gabriel Paulista, Fabrício e Mansur; Michel, Luís Alberto, Escudero e Renato Cajá (Vander); Maxi (Marquinhos) e Dinei (Marcelo Nicácio). Técnico: Caio Júnior.

Juazeirense: Maikon; Muriel (Edy), Sidrailson, Rodrigo e Nenem; Waguinho, Naldo, Capone e Vanderson (Madson); Willian Carioca (Quirino) e Deon. Técnico: Quintino Barbosa.