Sinval Vieira “deu a ideia” diretor comentou da base ao profissional


sinval-vieiraO diretor de futebol do EC Vitória não teve filtros em entrevista concedida a rádio Sociedade, Sinval Vieira respondeu a tudo que foi questionado, de maneira direta e objetiva, ele “deu a ideia” como se diz num bom baianês.

A eliminação do time de Hamilton Mendes na Copa São Paulo foi o 1° grande tema e Sinval teceu duras críticas a divisão de base atual do clube.

“Iremos reformular toda base, com novos profissionais, uma nova dinâmica, a base é composta de 3 coisas: Busca, formação e transição”.

Busca de talentos, formação técnica destes atletas e o mais importante a transição deles para o profissional. Neste momento SV abriu um parêntese e passou a relatar histórias antigas de jogadores neste processo de transição para profissional com os treinadores Arthurzinho e Agnaldo Liz quando ele coordenava as divisões de base.

A entrevista seguiu e SV foi interpelado sobre as saídas de Gabriel, Yan e Nickson e respondeu: -Emprestamos estes atletas porque com as contratações que fizemos de Pisculichi, Dátolo e Cleiton eles dificilmente iriam jogar aqui, então buscamos vitrines para que eles possam jogar, ganhar experiência e também quem sabe gerar alguma receita futura para o clube.

CONTRATAÇÕES

O Luis Fabiano não vem, não está dentro do perfil que queremos, converso muito com Argel e todas as contratações foram feitas através de um perfil que acreditamos que o time vai jogar, por isso só trazemos jogador que queremos e que acreditamos que vai encaixar nesse modelo que estamos pensando.

Temporada 2017

Não conversei com Argel sobre poupar atletas por causa de gramado ruim, a ideia que eu tenho é que joguem todos os jogos, foram contratados pra isso.

“Montamos um time para jogar, para ganhar títulos, vamos entrar nas competições para ser campeão, a meta é ganhar o baiano, a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil”

PLANEJAMENTO

Já estamos planejando o futuro, estamos montando uma comissão que ficará de olho nas competições e que enviaremos para acompanhar os jogadores.

O pensamento é que em Setembro já ter o planejamento de 2018 definido e fazer as contratações, vimos várias equipes fazendo isso e é o que queremos fazer.

MARINHO

O jogador veio bem orientado pelo Jorge Machado e fez aquele teatro, foi tudo bem combinado para forçar a saída, só que eles não contavam com o endurecimento da diretoria.

Conversei com Marinho e Machado e explicamos que não teria como liberar sem o pagamento da multa, o torcedor iria cobrar pelo ídolo que ele se tornou e que iria ficar em maus lençóis.

Entendo perfeitamente ele vislumbrado para ganhar R$ 800 mil na China, Marinho ganha R$ 240 mil no Vitória só disse a eles paguem a multa e boa sorte.

Interessante que M7 atrapalhou muita negociação que fizemos, sempre que a gente ligava para um clube atrás de um jogador, ouvia: Liberamos se envolver o Marinho na negociação, isso nos atrasou, não fechamos alguns jogadores logo por este motivo.

Sobre Ídolos, estou conversando muito com o Viáfara, acredito que ele pode nos ajudar muito e futuramente estará no clube como preparador de goleiros. Finalizou Sinval Vieira.

 

 

Ivã Almeida e Paulo Catharino falam do “Novo” Vitória


imagekakakNa noite de ontem(16) Ivã de Almeida e Paulo Catharino, concederam entrevista na rádio FM Itapoan e falaram um pouco do que pretendem implantar no Esporte Clube Vitória na gestão VITÓRIA DO TORCEDOR.

Ivã de Almeida

25015iv-de-almeida-escolhido-como-candidato-na-chapa-vit-ria-do-torcedor-2O novo presidente será empossado na próxima segunda(19) mas afirmou que já vem trabalhando com uma equipe a cerca de 2 meses, entre as principais falas do comandante, as que se destacaram foi:

TRANSIÇÃO: Ivã elogiou o ex-presidente Raimundo Viana e agradeceu o fato dele estar colaborando totalmente nesse 1° momento, Viana tem demonstrado todos os passos do clube e facilitando com isso que o trabalho de IA possa ter resultados mais rapidamente.

FIM DA POLÍTICA DE PÉS NO CHÃO

Pés no chão é arriscado, precisamos ser arrojados, entendo que time vencedor é investimento e faremos de tudo para formar um Vitória campeão.

GESTÃO, FUTEBOL E BASE

Ivã de Almeida com toda sua experiência na área, admitiu que seu governo será na gestão do clube, sem maiores influências sobre os outros setores. Sinval Vieira será o homem forte tanto do futebol quanto das divisões de base mas terá profissionais na equipe para auxiliar nas contratações e gerenciamento, sobre a base, ele confirmou que o “fracasso” atual nas competições e na revelação de grandes nomes, já fez Sinval pensar na mudança de treinadores e na forma de trabalho e que não haverá mais choques na transição dos atletas para o profissional, haja vista que Sinval comandará os dois setores.

UNIÃO COM A OPOSIÇÃO

Para o presidente, este é o momento de trazer de volta a unidade no clube e disse que já conversa com os outros 3 grupos para alinharem forças em prol do Vitória.

PAULO CATHARINO GORDILHO FILHO

paulo catharino gordilho filhoO novo presidente do conselho deliberativo falou da luta nestes 6 anos com diversos grupos de oposição e a união de boa parte destes, o que levou a VdT ao triunfo. Reuniões,AGE, e medidas para que o torcedor pudesse votar e pra que de fato o clube pudesse ter uma oposição.

REUNIÕES DO CONSELHO

Paulo prevê a primeira reunião do conselho para próxima quinta-feira(22) e nela já deliberar a aprovação do orçamento do clube em 2017.

PCGF prometeu transparência e participação do sócio e do torcedor do clube e que todas as reuniões do conselho terão transmissão ao vivo em algum canal de mídia do EC Vitória para que o torcedor saiba o que esta sendo deliberado.

MUDANÇA DO ESTATUTO

O presidente pretende entregar em abril o novo estatuto do clube com sócios tendo direito a voto direto para escolha do novo presidente e formação de um conselho proporcional ao n°s de votos de cada chapa, além disso afirmou que estudam mudar o processo de carência do ST que atualmente é de 18 meses. É preciso diminuir esse tempo, trazer mais torcedores para dentro do clube(Paulo Catharino).

PROJETO ARENA

Paulo C.G. Filho “O conselho não irá abrir mão de votar nos projetos do clube, se o presidente Ivã entender que o projeto da Arena Barradão é interessante, ele terá que ser apresentado ao conselho, e através da deliberação do conselho, o projeto poderá ter prosseguimento”.

“Não queremos com isso, engessar o clube, o presidente terá autonomia para gerir o clube mas projetos dessa dimensão precisam passar pela aprovação dos conselheiros.(Paulo Catharino Gordilho Filho).

Com tudo isso amigos, já podemos ver o inicio do desenho o que será o EC Vitória 2017-2019 e entender quais os caminhos que o clube deverá prosseguir a partir da próxima segunda-feira quando os novos governantes serão empossados oficialmente e com a confirmação dos novos dirigentes que serão anunciados em cada setor do clube.

 

Contratado Henrique é o novo zagueiro do Vitoria


IMAGEM_NOTICIA_3-2

O Esporte Clube Vitória comunica à Nação Rubro-Negra a contratação do experiente zagueiro Henrique, de 33 anos. Formado na base do Flamengo, onde conquistou o Campeonato Carioca em 2004, Henrique defendeu o Bordeaux, da França, por 9 temporadas.

 

No futebol francês, sagrou-se campeão da Ligue 1, em 2008/2009, da Copa da Franca, em 2012/2013, da Copa da Liga Francesa, em 2006/2007 e 2008/2009, além da Supercopa da França, em 2007/2008 e 2008/2009.

 

Pela equipe europeia, Henrique acumula quase 200 jogos oficiais. Em 2014, o defensor retornou ao Brasil para defender o Fluminense.

 

Henrique desembarca em Salvador nesta sexta-feira e assinará contrato até o final da temporada após a realização dos exames médicos.

 

“Estou mutio feliz pela oportunidade de jogar em grande clube. O Vitória tem uma ótima estrutura. Espero poder contribuir bastante. Minha mãe é baiana, do bairro da Federação, e será um prazer jogar em Salvador”, declarou o atleta, em contato com o Rubro-Negro nesta quinta-feira.

 

Zagueiro Bruno é opção de Vagner Mancini para o restante da temporada

 

Mais um garoto oriundo da Fábrica de Talentos está à disposição do técnico Vagner Mancini. No Vitória desde 2014, o zagueiro Bruno, de apenas 20 anos, foi integrado ao elenco profissional.

 

Bruno já foi campeão estadual sub-18 e sub-20, além de ter sido vice-campeão da Copa do Brasil Sub-20 e do Campeonato Brasileiro Sub-20. O zagueiro foi comandado recentemente por Wesley Carvalho e Carlos Amadeu.

 

1RM_6500(1)

Fichas:

 

Carlos Henrique dos Santos Souza

Altura: 1,88m

Nascimento: 02/05/1983

Natural de São Gonçalo (RJ)

 

Bruno Bispo

Altura e peso: 1,86m e 78kg

Nascimento: 06/06/1996

Natural de Aracaju (SE)

 

Fotos: Site oficial/FC Girondins de Bordeaux –

Francisco Galvão/EC Vitória

 

 

VITÓRIA CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL SUB-17 (Confira FOTOS)


622_c7925cf5-41bc-3a1e-b23a-bec06ca92a86

O Vitória que já havia sido campeão da Copa do Brasil sub 15 em 2010 e sub-20 em 2012, agora é também Campeão do Brasil sub-17, o time venceu o Botafogo no Rio de Janeiro por 3×1 e levou a decisão para os pênaltis e venceu por 4X3 com uma bela defesa do goleiro John. O time de João Burse chega hoje a Salvador com a taça, mais uma da fabrica de talentos que contrasta em muito com a fase vivida pelo profissional do clube.

 

CLIQUE NAS IMAGENS PARA MAXIMIZAR

 

 

[VITÓRIA] Veja o caminho que o Leão precisa seguir para se reestruturar


CF

A renuncia de Carlos Falcão e Epifânio da presidência do Esporte Clube Vitória precisa ser apenas o primeiro ato de sucessivas ações para mudar de vez a história do clube leonino. Apesar da pressão sobre o cargo é importante a manutenção de Anderson Barros no futebol porém medidas radicais precisam ser tomadas neste setor e em outros do rubro negro, veja quais:

g_1293569 - Cópia - Cópia

1 MUDANÇA DE ESTATUTO: O compromisso do novo presidente eleito tem que ser a mudança do estatuto para dar direito de voto ao sócio torcedor do Vitória escolher diretamente o novo presidente do clube.

2 ELEIÇÃO DIRETA: Após a mudança do estatuto o novo presidente deve convocar o conselho e publicar edital para uma nova eleição já com a participação do sócio torcedor.

3 PROPORCIONALIDADE DO CONSELHO: O Conselho diretor do Vitória precisa ser renovado e precisa de uma oposição atuante e diversas ideias, o novo corpo de conselheiros precisa ser formado a partir da proporcionalidade dos votos, cada chapa votada deve ter presença de membros através da proporção de votos alcançados nas eleições.

4 AUTONOMIA DO GESTOR DE FUTEBOL e de Marketing: O VItória precisa de uma vez por todas ter uma gestão de futebol profissional, onde o setor tome as decisões pertinentes ao futebol do clube, contratações e planejamento não podem continuar sofrendo influências externas e que prejudica a celeridade das ações e o dinamismo pertinente ao cargo, os mais de 15 diretores que o clube teve no setor não puderam desempenhar integralmente a sua grande missão e este é o momento para selar isso. Dá mesma forma o marketing do clube precisa de autonomia e profissionalização,ações precisam ser tomadas para o fortalecimento da marca e a expansão da mesma, para fechamento de melhores patrocínios.

5 POLÍTICA DE DIVISÃO DE BASE: Além de reestruturar a base que já foi a melhor do Brasil, inclusive com o título mundial em 2001, o Vitória precisa de uma política de valorização dos atletas oriundos da base e com isso evitar perder jovens promessas e prepará-los para integrar o time profissional.

6 NOMES PARA RENOVAÇÃO: Com a possibilidade de abertura do clube com a democratização, nasce a possibilidade de que novos nomes integrem o conselho diretor do Vitória e que também estes possam pleitear a vaga de presidente do clube.

[VITÓRIA X PALMEIRAS] É Amadeu por todos e todos por Amadeu!


VITÓRIA X PALMEIRAS

 

Todos sabem o desejo da diretoria rubro negra em efetivar Amadeu como treinador do clube, mas para isso um resultado positivo hoje contra o Palmeiras é imprescindível, vencer é a única forma de manter o treinador de sucesso do sub-20 no profissional.

 

Se é preciso triunfar, não falta declarações de apoio a Amadeu, os garotos da base, pupilos dele, prometem fazer de tudo para vencer, já o treinador afirma que esse é o jogo da vida dele, uma coisa parece certa, não deverá faltar entrega dos leoninos.

 

Com muitos desfalques, Amadeu promoveu muita mudanças, Nino, Salustiano, Mauri e Alan Pinheiro devem figurar no time titular.

 

O Palmeiras também terá um interino no comando, sem conseguir fechar com Luxemburgo, o time vem comandado por Alberto Valentim, e ao contrario de Amadeu, ele não parece viver a expectativa de ser efetivado, já que a diretoria do alviverde prega que esta em contato com treinadores de ponta para substituir o tão questionado Gilson Kleina.

 

FICHA TÉCNICA:

Vitória x Palmeiras

Campeonato Brasileiro – 5ª rodada

Data: 18/5/2014

Horário: 18h30

Local: Estádio Pituaçu, em Salvador (BA)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (FIFA/RS)

Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

 

Vitória: Wilson, Nino Paraíba, Alemão, Matheus Salustiano, Juan; Neto Coruja, José Welison, Mauri (Hugo; Caio, Marquinhos e Alan Pinheiro (William Henrique). Técnico: Carlos Amadeu

 

Palmeiras: Fábio, Tiago Alves (Victor Luis), Lúcio, Marcelo Oliveira e Juninho; Renato, Wesley e Mendieta; Diogo, Marquinhos Gabriel e Henrique. Técnico: Alberto Valentim

Willie é reprovado nos exames médicos e é devolvido


willie

 

Emprestado ao Figueirense no inicio da semana, Willie vai retornar ao Vitória, isso porque o problema cardíaco que fez com que o jovem atleta fizesse uma cirurgia, acusou nos exames de admissão e o departamento médico do time catarinense acredita que é melhor não assinar contrato com o jogador que tem que fazer exames periódicos a cada 3 meses para saber as condições de saúde que tem para atuar.

Willie se junta a Vander, Edson Magal e Rómario e deixam o elenco do Vitória ainda maior, Vander deve ser novamente emprestado, Magal e Rómario poderão ser incorporados ao elenco.

Vitória tenta explicar o caos na divisão de base(Perda de atletas)


1014142_607586725942460_678356414_n

Em relação às informações divulgadas na imprensa local sobre o prejuízo que o EC Vitória está teoricamente tendo com a “perda” de atletas nas divisões de base, a diretoria vem esclarecer detalhadamente cada caso:

 

PETRUS (meia) – Corinthians

Não foi aproveitado pelo Departamento de Futebol Profissional, tendo o seu contrato rescindido com o clube em 2007, e depois de passar por alguns clubes – Fluminense de Feira, Juazeirense, Juazeiro, Boa Esporte – acabou se destacando na Penepolense e está no Corinthians

 

DANILO (volante) – Vasco

Atleta foi levado do clube pelo seu procurador, o Sr. Stefan Krause (mesmo de Dankler), hoje sem relação nenhuma com o clube. À época, Danilo havia retornado da Seleção Brasileira Sub-15 e não assinou o seu Contrato de Formação, mecanismo criado pela Lei 12.395/11, para proteger os clubes formadores

 

ALAN SANTOS (volante) – Santos

O seu procurador pagou a multa rescisória, em torno de R$500 mil, sendo levado para o Santos com 17 anos de idade, quando faltava dois anos para vencer seu contrato

 

NATAN (meia-atacante) – Grêmio

Atleta dispensado do São Paulo, Internacional RS e Vitória. Atualmente encontra-se na reserva do Grêmio RS

 

LUCAS (zagueiro) – Alemanha

Dispensado do EC Vitória no sub-20, atualmente está no sub-20 do Friburguense, e também passou pelo São Raimundo (AM). Foi para Alemanha a fim de submeter-se a avaliação em um time de 4ª Divisão. Porém, não foi aprovado.

 

GUIDO (goleiro) – Bahia

Retirado do EC Vitória por sua família, o seu empresário e o Santos. Deixou o clube depois de dois anos como titular na Seleção Brasileira e, exatamente, antes de negociar a assinatura do seu primeiro contrato com o EC Vitória.

Ano passado foi dispensado pelo Santos e encontra-se atualmente no Bahia.

 

JEFERSON (lateral-esquerdo) – Internacional

Levado pelos seus empresários (Grupo ROGON) assinou contrato com o Internacional RS, onde está treinando a parte. Recentemente foi oferecido ao EC Vitória, que recusou por ter na posição Mansur e Euller com maiores perspectivas de futuro.

 

JEANDERSON (meia) – Atlético PR

Atleta pertencente ao Bahia de Feira

 

MICHEL (atacante) – Portugal

Recusou a proposta do EC Vitória para renovação do seu contrato de trabalho, obrigando o clube a usar dos meios legais para requerer a sua renovação tendo em vista o “Direito de Preferência”, respaldado por lei.  O Vitória aguarda ainda o cumprimento da tramitação legal do compromisso assumido pelo  Beira Mar, clube da 2ª Divisão de Portugal.

 

UBERLAN (lateral-esquerdo) – Grêmio

Atleta com a mesma idade de Euller (19 anos) foi dispensado do EC Vitória e do Grêmio RS. Atualmente realiza testes no América Mineiro.

 

MATHEUS SANTANA (atacante) – Vasco

Dispensado do EC Bahia e do EC Vitória por opção.

 

SINVAL (zagueiro) – Vasco

Dispensado do EC Vitória por opção.

 

LUAN (meia) – Vasco

Atleta estava em avaliação no EC Vitória e não foi aprovado.

 

ROBERTINHO (volante) – São Paulo

Foi levado do EC Vitória pela sua família, por meio de proposta feita pelo Santos, em um período que a Lei e o Movimento dos Coordenadores da Divisão de Base ainda não existiam. Ano passado o atleta foi dispensado do Santos e atualmente encontra-se na reserva do São Paulo.

 

FILIPE SAMPAIO (atacante) – Fluminense

Foi levado do clube por sua família em 2011. Lamentavelmente ainda não existia o amparo legal para proteger os clubes formadores.

 

VITINHO (meia) – Corinthians

Dispensado por opção do clube em 2013.

 

RAFAEL (zagueiro) – Fluminense

Dispensado por opção do clube em 2013.

 

GEOVANE (zagueiro) – Atlético Mineiro e Seleção Brasileira

O EC Vitória desconhece a existência do jogador e o Atlético Mineiro, por meio do seu coordenador da divisão de base, André Figueiredo, também não conhece o atleta.

 

AGDON (atacante) – Portugal

O clube não teve interesse na renovação do atleta e sua utilização na equipe profissional e por isso foi liberado.

 

ROMÁRIO (lateral-direito) – Alemanha

O clube já entrou na Fifa cobrando direitos de transferência junto ao Hoffenheim

 

DANKLER (zagueiro) – Botafogo

Não aceitou a proposta de renovação firmada pelo EC Vitória, após duas renovações, preferindo aguardar o vencimento do prazo legal do seu contrato de trabalho, posteriormente, transferindo-se em definitivo para o Botafogo do Rio.

 

Em relação aos atletas Danilo, Guido, Jeferson, Robertinho, Filipe e Romário, o EC Vitória ressalta que até 2011 não existia a Lei 12.395/11, que alterou a Lei 9.615/98, nem o Movimento dos Coordenadores de Divisão de Base, facilitando, desta forma, que atletas fossem retirados à revelia dos clubes. A partir das mudanças, das quais o Vitória participou ativamente, o clube já tem três anos ser “perder” jogadores.

 

Ressalte ainda, que onde são testados anualmente 18 mil jovens promessas, que faz parte do processo o fato de que nem todos sejam aproveitados pelo clube, levando-se em consideração diversos fatores.  Por isso é comum um atleta não ser aproveitado em uma equipe e firmar-se em outra.

 

Dois grandes ídolos da torcida e que hoje são titulares da Seleção Brasileira de Luiz Felipe Scolari chegaram ao Vitória dispensados por outros clubes: o zagueiro David Luiz e o atacante Givanildo Huck.

 

Assim, a nação rubro-negra pode ter a certeza que, apesar de possíveis erros, todos os esforços são diariamente empenhados no sentido de valorizarmos e protegermos o patrimônio do clube.

 

GRANDE PERDA

vitoria55

Meus sentimentos a família Imbatíveis pelo falecimento do puxador Chapolin, um cara que representou muito a nação rubro negra, é uma perda grande e irreparável com toda certeza, sempre fui fã daquele cara, que a diretoria e o clube honre a memoria de Lucas que deu a sua vida em amor ao Vitória

COPA NIKE: Vitória ganha do Fluminense e chega a semifinal


FS_1024x768_04
O sub-15 do Vitória classificou-se em primeiro lugar na fase nacional da Copa Nike ao vencer o Fluminense do Rio, por 2 x 0, nesta quinta-feira, pela manhã.
Matheus João marcou os dois gols do triunfo rubro-negro, aos 3 e 7 minutos do primeiro tempo. O Vitória deve enfrentar pegar o Inter RS ou o Cruzeiro MG na semifinal. O jogo será na tarde desta quinta-feira.
A equipe atuou com: Kaick; Igor, Gabriel, Jorge e Pablo; Carlos, Francisco, Marcelo e Gabriel (Coelho); Poto (Carlos) e Matheus João (Lucas);
O Vitória iniciou a sua participação, quarta-feira, em Araraquara (SP), com dois empates.  No primeiro jogo do dia, às 9 horas, contra o Botafogo (RJ),  empatou em 1 a 1.
No segundo jogo, a equipe rubro-negra não conseguiu marcar e diante do São Paulo ocorreu o empate de 0 a 0.

Mudanças continuam, Sinval Vieira pode assumir a base!


SAM_0544

 

A diretoria do Vitória convidou Sinval Vieira para assumir a divisão de base do clube e o ex-diretor prometeu pensar no assunto. Uma surpresa, já que Sinval sempre que perguntado sobre o retorno ao clube, diz estar muito feliz como comentarista e que apesar da paixão pelo Vitória não deseja nesse momento em voltar aos bastidores do futebol.

Caso aceite o pedido, João Paulo deixa a base e passa  a ser o gerente de futebol no lugar de Flavio Tanajura que esta com situação indefinida no clube.

O Rubro negro ainda deve oficializar em breve a contratação de Felipe Ximenes como novo gestor de futebol em lugar do já demitido Raimundo Queiroz.