ARENA BARRADÃO


IMAGEM_NOTICIA_3
(RETIRADO DO SITE OFICIAL DO CLUBE)
O torcedor rubro-negro conheceu na tarde deste sábado, 30, o detalhamento do projeto de construção da Arena Barradão, apresentado em exibição no telão do estádio, no intervalo do triunfo do Vitória por 3 a 0 sobre o Jacuipense, na estreia do Campeonato Baiano 2016.
O presidente Raimundo Viana e o vice-presidente Manoel Matos divulgaram os detalhes técnicos e econômicos do projeto desenvolvido pelo arquiteto Ivan Smarcevski, filho de Lev, responsável pelo projeto do atual estádio.
“O Vitória segue consolidando sua posição entre os maiores clubes do país com o projeto da construção de nossa arena. O Barradão ficará fechado por um tempo, a partir de 2017, e vamos inaugurar a nova casa no aniversário de 120 anos do clube, em 13 de maio de 2019”, disse o vice-presidente Manoel Matos.
Especificações da Arena:
– Função Multiuso;
– Capacidade: 35.000 pessoas;
– Espaço Lounge;
– 21 camarotes;
– Cadeiras Vip;
– Praça de Alimentação;
– Loja e Museu integrados;
– Estacionamento com 2.500 vagas, sendo 500 vagas Vip;
– Centro Administrativo;
– Hotelaria da Base;
– Investimento total de 270 milhões.
Cronograma:
Projeto Comercial – junho de 2016;
Captação de recursos – dezembro de 2016;
Projeto Executivo – janeiro de 2017;
Inauguração – 13 de maio de 2019.
OPINIÃO LMP
Faltou a diretoria explicar como será captados os recursos, ou apresentar os investidores para que o projeto orçado em R$ 270 Milhões saia do papel e tenha conclusão. A xplanação ainda esta muito vaga, o clube precisa divulgar um taser oficial a imprensa e detalhar ao torcedor, esse pode vim a ser o momento mais importante na história do clube e as coisas precisam ser mais claras e pode ser a mola propulsora para o SOU MAIS VITÓRIA.
Vídeo

[VITÓRIA 3X0 JACUIPENSE] Leão se impõe e estreia bem no baianão


VITÓRIA 3X0 jacuipense

O Vitória de Vagner Mancini venceu o Jacuipense na estreia do campeonato baiano 2016 no reencontro do torcedor com o Barradão, 3×0 tranquilo mesmo sem uma grande exibição do rubro negro que ainda busca entrosamento e melhor posicionamento no esquema proposto pelo treinador.

O jogo foi comandado pelo rubro negro com a batuta de Arthur Maia que buscou bastante as jogadas e marcou duas vezes para valer um, no primeiro gol foi assinalado o impedimento, no que valeu, uma grande jogada de Vander, um toque de cabeça de Marinho e um belo e importante gol do camisa 10 que vem adquirindo confiança e se destacando nesse inicio de trabalho.

No segundo gol a marca daquele que tem qualidade, Marinho recebeu passe de Tiago Real e virou bonito marcando seu primeiro gol com a camisa do leão logo em sua estreia e coroando sua boa partida. Porém nem tudo são flores o posicionamento de Tiago Real 11 não me agrada, jogando avançado como atacante fora das suas caracteristicas e principalmente o fraco desempenho do lateral direito Maicon Silva precisam ser observados por Mancini.

Fernando Miguel pouco trabalhou, fez uma penalidade e mais uma vez defendeu( há quem digaque ele fez a penaidade de proposito rsrsrsrsr para defender). Maia saiu machucado e mais uma vez aplaudido pelo torcedor e viu Alipio novamente marcar após jogada do talismã Willian pica pau Henrique e foi o suficiente para o rubro negro assinalar 3 pontos e abrir bem a temporada 2016.

Fernando Miguel: Trabalhou pouco, fez uma penalidade e mais uma vez defendeu. 7.5

Maicon: Não marca forte e no apoio é uma lastima, até agora não mostrou pra que veio. 3.0

Ramon e Mattis: No inicio o Vitória deu alguns espaços e a dupla deu uns vacilos, depois se ajustaram e deram tranquilidade. 7.0

Diego Renan: Foi bem no jogo, participou do lance do terceiro gol, sabe o jogo. 7.0

Amaral:Tranquilo, marcou com pegada e garante a meiuca no sistema ainda um pouco confuso. 8.0

Wiilian Farias: Tem bom passe e auxilia bastante a primeira e a segunda linha,importante; 7.5

Tiago Real: Jogando onde não é a sua mesmo assim tem conseguido ser importante, bela assistência, porém acho que será mais util se passar a jogar atrás de Arthur Maia. 7.0

Arthur Maia: Tá mostrando confiança e sobretudo vontade, foi uma boa partida e um gol importante nesse recomeço do atleta no Vitória, espero que dê continuidade e que a torcida faça o que vem fazendo aplaudindo o atleta que tem potencial e qualidade para ajudar a equipe. 8.5

Marinho: Buliçoso, inteligente, ajuda na marcação e vai pra cima, jogador que o torcedor gosta de ver em campo, ótima estreia e um belo gol. 8.5

Vander: Esteve oscilante no jogo, porém fez uma ótima jogada no lance do primeiro gol, tem qualidade, porém precisa ser menos individualista. 7.0

Alipio: Entrou e deixou o dele, esta com uma média boa e ganhando a confiança do treinador> 8.0

Willian Henrique: O fumaça de sempre, entrou driblou e deu passe pro gol, é jogador pro decorrer do jogo. 7.0

Marcelo: Entrou e deu continuidade na marcação. 7.0

Vargner Mancini: Pra mim erra no posicionamento de Tiago Real e errou na manutenção de Maicon, porém promoveu a estreia de Marinho e as entradas de Alipio e Willian Henrqiue. 8.5

FICHA TÉCNICA:
Vitória x Jacuipense
Campeonato Baiano – 1ª rodada
Local: Barradão, Salvador (BA)
Data: 30/01/2016
Horário: 16h (horário da Bahia)
Árbitro: Rafael Luis de Almeida Santos
Auxiliares: Carlos Eduardo Bregalda Gussen e Dijalma Silva Ferreira Junior
Cartões amarelos: Uesles, Pacujá e Leo Maceió(JAC); Fernando Miguel e Marinho (VIT)
Gols: Arthur Maia, Marinho e Alípio (VIT).
Vitória: Fernando Miguel, Maicon Silva, Guilherme Mattis, Ramon e Diego Renan; Amaral (Marcelo), Willian Farias, Tiago Real (Willian Henrique) e Arthur Maia (Alípio); Vander e Marinho. Técnico: Vagner Mancini
Jacuipense: Rodolpho; Pacujá, Uesles, Anderson e Jeferson; Dalmar, Léo Maceió (Ed), Muller e Marcel (Juninho), Tiago Orobó e Fumaça (Fagner). Técnico: Clébson Beleza

[VITÓRIA X JACUIPENSE] Leão volta ao Barradão e quer retomar a hegemonia estadual


VITÓRIA X jacuipense

O Vitória estreia contra a Jacuipense neste sábado no Barradão em busca de recuperar a hegemonia estadual e apagar a sua pior campanha em décadas quando não conseguiu chegar nem as semifinais do baiano..

O treinador Vagner Mancini elogiou bastante a equipe e mesmo com o elenco necessitando de reforços o considerou forte. Inovando num 4-2-4 Mancini sem muita conversa já promoveu a escalação de Marinho recém contratado em lugar do jovem Gabriel, eu gostaria que ele colocasse Marinho em lugar de Tiago Real que esteve muito avançado, fora das suas características na terça mas entendo que a faixa de campo do camisa 07 é a mesma do jovem da base e acredito que o volante deva ficar mais recuado desta vez na linha de 4 homens rubros negros.

A Jacuipense desistiu do direito de disputar a série D este ano e demonstra com isso uma certa fragilidade em seu elenco e financeiramente, porém o leão precisa estar atento e vencer na estreia em casa.

De olho neles

Arthur Maia e Marinho para mim merecem atenção especial, o primeiro dispensa apresentações e fica a expectativa de que ele renda ainda mais do que na terça e volte a ser aplaudido pelo torcedor e confirme toda a fama de bom jogador que obteve na época de base e que demonstre realmente o amadurecimento que ele revelou ter adquirido nas ultimas temporadas com os empréstimos. O segundo chegou badalado, como a grande contratação do clube até o momento, e numa negociação que durou dias e se arrastou de forma quase que dramática, espero que Marinho assuma a camisa 07 e se destaque com a camisa do Vitória.

VTÓRIA:Fernando Miguel; Maicon Silva, Ramon, Guilherme Mattis e Diego Renan; Amaral, Willian Farias, Arthur Maia e Tiago Real; Vander e Marinho. Técnico: Vagner Mancini
JACUIPENSE:Felipe,Pedro Henrique, Anderson, Alemão, Jeferson,Léo Maceio, Marcelo Muribeca, Juninho, Meidson, Thiago Técnico: Clebson Araújo

ARENA BARRADÃO

IMAGEM_NOTICIA_3

O torcedor do Vitória tem mais um motivo para comparecer à estreia do Rubro-Negro no Campeonato Baiano, neste sábado (30), no Barradão, contra a Jacuipense.

Além de atrações musicais, audiovisuais e artísticas, antes e no intervalo da partida, o clube exibirá no telão do estádio o projeto da Arena Barradão, já veiculado no lançamento da temporada 2016, na última terça-feira (26), na Arena Fonte Nova.

Após a partida, a diretoria rubro-negra, representada pelo presidente Raimundo Viana e pelo vice-presidente Manoel Matos, divulgará detalhes técnicos e econômicos do projeto em entrevista coletiva na sala de imprensa do clube.

VITÓRIA DIVULGOU AINDA CRONOGRAMA DE OBRAS

Instalação de grama sintética no em torno do campo do Barradão, construção de área de convivência, auditório e um centro integrado de medicina esportiva para a base.

Essas são apenas algumas das novidades anunciadas pela diretoria rubro-negra para o Complexo Barradão.

Com investimento patrimonial de R$ 4,2 milhões, a Toca do Leão vai passar por uma série de intervenções para atender demandas das diversas áreas do clube.

“Nada resiste ao trabalho. O investimento do clube em infraestrutura visa otimizar a rotina de trabalho e ratificar a excelência do clube, reconhecidamente um dos maiores do Brasil em patrimônio. O ano de 2016 ficará marcado na história do Esporte Clube Vitória”, afirmou o vice-presidente, Manoel Matos.

Algumas obras já estão em fase de acabamento, com previsão de entrega para fevereiro, a exemplo do centro integrado de medicina esportiva para a base, de um centro de treinamento para a base e os esportes olímpicos e de melhorias na estrutura de segurança e acesso.

CRONOGRAMA DE ENTREGA DAS OBRAS

Fevereiro
1. Inauguração do Centro Integrado de Medicina Esportiva da Base

2. Inauguração do Centro de Treinamento da Base e dos Esportes Olímpicos (Convênio Vitória Cidadania)

3. Melhorias na estrutura de segurança e acesso
3.1 – Novo centro de controle de operações
3.2 – Reforma das instalações das polícias civil e militar
3.3 – Substituição das catracas de acesso
3.4 – Instalação de catracas para pessoas com deficiência
3.5 – Reforma da área para pessoas com deficiência
3.6 – Implantação do sistema de monitoramento do estacionamento

Abril
4. Instalação da grama sintética no em torno do gramado do Barradão

Maio
5. Construção de um campo de grama sintética para uso do profissional e da base

Junho
6. Melhorias nas instalações da base
6.1 – Construção de área de convivência
6.2 – Auditório
6.3 – Melhorias no alojamento, na lavanderia e no refeitório
6.4 – Reforma da estrutura administrativa

Dezembro
7. Revitalização dos campos de treinamento do futebol profissional

Marketing fez grande trabalho


sad

A noite do dia 26.01.16 vai ficar marcada na história do futebol chinês e tem tudo para marcar a história do Esporte Clube Vitória,o evento realizado na Arena Fonte Nova foi muito bem organizado e trouxe muitos pontos positivos ao marketing do clube.

A apresentação de todas as modalidades esportivas desenvolvidas pelo Vitória para mim foi o ponto alto do evento, ver atletas muitas vezes desconhecidos trajando o manto rubro negro e aqui abro espaço para um trecho do texto do site oficial do clube e da fala do presidente Raimundo Viana  ’’No gramado da arena, mais de 200 atletas desfilaram a pluralidade rubro-negra. Esportes representados: futsal, taekwondo, futevôlei, handebol, basquete, natação, voleibol, futebol americano, judô, vôlei de praia, jiu-jítsu e MMA.

“O que mais me deixou satisfeito no evento foi a satisfação e o sentimento de pertencimento de cada atleta nosso ontem no gramado. O Vitória é uma verdadeira família, e é um clube cada vez mais unido”, falou emocionado o presidente Raimundo Viana’’.

No ano olímpico mostrar ao mundo que o Vitória não é apenas sua divisão de base de futebol e futebol profissional foi importantíssimo e merece todos os elogios.

A organização do evento também esteve de parabéns, as apresentações de dança e musica foram excelentes e Tatau cantando o hino Acapella foi sensacional e emocionante.

PONTOS NEGATIVOS

Faltou publicidade em cima do programa de sócios, era para destacar mais o programa e também era um ótimo momento pra apresentar a prometida reformulação, ao contrario disse mostraram reajustes nos preços.

ARENA BARRADÃO

Um projeto cativante, lindo, sensacional mas faltou um taser, algo que não deixe cair no esquecimento, o site oficial não falou nada, o restante da imprensa também silenciou e para o torcedor ficou aquela sensação de Metrô de Salvador.

CATRACAS E PREÇOS

Mias uma vez houve problemas na entrada de sócios na arena, cartões não reconhecidos provocaram filas e estresse, nesse sentido o torcedor se sente desrespeitado.

R$ 40,00 não é um preço admissível para um amistoso contra um time sem tradição, numa noite de terça feira, o estádio poderia estar lotado, a festa poderia ter sido mais bonita mas a equivocada política de preços estabelecida pelo clube desde o ano passado é um erro e não adianta Manoel Mattos vim a publico dizer que esta decepcionado com a presença do torcedor, quando tudo que o clube faz é para distanciar o mesmo.

CLIQUE NAS FOTOS PARA AMPLIAR

[VITÓRIA 5X1 TIANJIN QUANJIAN] Amistoso Internacional


VITÓRIA X TIANJIN QUANJIAN.png

Em noite de festa o Vitória goleou o Tianjin por 5×1 na Arena Fonte Nova e com o placar final na nossa casa de praia com um time de branco com detalhes em azul, dizem que já teve tremedeiras pelas bandas de Itinga.

O Vitória num esquema 4-2-4 teve dificuldades, e achei muito estranha a posição de Tiago Real extremamente avançado, aberto pela esquerda, acho que o camisa 11 deveria jogar atrás da ultima linha, formando um 4-2-1-3 com Arthur Maia a sua frente centralizado e Gabriel e Vander abertos pelas pontas, ou até mesmo a entrada de Rafaelson para ser a referência, o que aconteceu no segundo tempo e deu bastante certo.

Numa noite de festas o Vitória apresentou todas as suas modalidades esportivas numa tacada genial do marketing do clube, no ano de olimpíadas. Apresentações de dança e musica com o ponto alto tento Tatau cantando o hino do clube abrilhantaram a noite, o novo 3º Uniforme laranja e preto surpreendeu mas eu achei bonito.

O Vitória apresentou ainda o que virá a ser o novo site oficial do clube e um projeto da Arena Barradão que teria custo inicial orçado em R$ 250 milhões e que o rubro negro espera justamente parceiros chineses para tirar do papel.

O JOGO:

O vitória começou logo mostrando as fragilidades do time chinês e aos 5 minutos abriu o placar após chute de Diego Renan 26 que ainda desviou em Arthur Maia 10 que voltava da posição de impedimento, o bandeira correu para o meio. Vitória 1×0, gol do primeiro aniversariante da noite.

 

Depois do gol o Vitória não decolou e Maicon Silva cochilou na marcação, a bola foi lançada na área e Luis Fabiano marcou e empatou o jogo 1×1. O esquema não agradava e Real avançado atuava onde Maia deveria estar, com isso o leão não conseguia desenvolver um bom futebol e criar boas oportunidades, e quando já era esparado o fim do primeiro tempo, eis que Arthur Maia abriu na direita e Vander passou pelo zagueiro e lançou, Tiago Real chegou batendo e marcou o segundo do leão, ele que também fez aniversario hoje, fim de primeiro tempo.

No segundo tempo o Vitória começou melhor, e não demorou a marcar, cobrança de escanteio de Arthur Maia na cabeça de Guilherme Mattis que fez o terceiro. Vitória 3×1 Tianjin. Com o placar mais folgado e com alterações o Vitória se soltou no jogo e dominou completamente e veio a ampliar com David fazendo o quarto depois de chute de Rafaelson que sobrou e no fim, novamente com jogada iniciada por Rafaelson e que Alipiou concluiu fazendo o quinto e finalizando o jogo em Vitória 5×1 Tianjin Quanjian.

PONTOS POSITIVOS: Gostei do segundo tempo de Willian Farias, dos avanços de Diego Renan e da movimentação e vontade de Arthur Maia, procurou bastante o jogo e participou de dois gols do time.

PONTOS NEGATIVOS: Maicon Silva foi muito mal, como Mancini disse na coletiva que ele estava sentindo dores musculares, espero que tenha sido isso que tenha prejudicado sua participação. O esquema 4-2-4 também foi um pouco confuso e a famosa transição rápida não ocorreu, o posiconamento avanaçado de Tiago Real não agradou, mas Mancini me tranquilizou quando falou que foi apenas uma improvisação necessária mas diante disso, ele poderia ter escalado Rafaelson na função.

Vitória x Tianjin Quanjian (CHI)

Amistoso
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 26/01/2016
Horário: 20h30
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Carlos Eduardo Bregalda e José Carlos Oliveira dos Santos (ambos da BA)

Vitória: Fernando Miguel; Maicon Silva (Euller), Guilherme Mattis (Vinicius), Ramon e Diego Renan; Amaral (Marcelo), Willian Farias, Tiago Real (Rafaelson) e Arthur Maia (Yan); Vander (David) e Gabriel (Alipio). Técnico: Vagner Mancini.

Tianjin Quanjian:  Shi Meng; Zang Mei, Kilama, Wei Chao (Zhang Bai Cho) e Zhang Cheng (Xian Ning Ning); Wang Lie, Huang Long (Chu Zhing Zao), Jadson, Li Xing Can (Zheng Dalun); Geuvânio (Zang Chou) e Luis Fabiano.Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

NUMERAÇÃO FIXA DOS JOGADORES DO VITÓRIA

1 Fernando Miguel 2 Maicon Silva 3 Gui Mattis 4 Ramon 26 D Renan 5 Amaral 8 W Farias 10 A Maia 11 T Real 17 Vander 18 Gabriel

6 Vinícius
12 Ronaldo
13 Alef
14 José Welison
15 Flávio
16 Euller
19 Rafaelson
20 Alípio
21 Josué
22 Yan
23 Caique
27 David
28 Nickson
29 Marcelo

Ainda Leandro Domingues 30 e Marinho 7

[VITÓRIA X TIANJIN QUANJIAN] Leão inicia temporada 2016 em amistoso internacional


VITÓRIA X TIANJIN QUANJIAN

Quando a bola rolar as 20:30 de hoje na Arena Fonte Nova, o ano de 2016 terá inicio, pois a verdade é que o ano só começa quando o “liaum” entra em campo.e isso vai acontecer diante de muitas novidades, pois o Vitória 2016 começa com muitas mudanças em relação ao time que terminou 2015, a começar do esquema promovido por Vagner Mancini.

4-2-4 a utilização de um modelo sem o camisa 9 goleador, paradão na área é a tentativa de Mancini de surpreender os adversários. Com 3 linhas em campo a transição deve ser o destaque com os jogadores de frente alternando o posicionamento da marcação e dos avanços ofensivos de acordo com a posse de bola, a intenção é que o time utilize a velocidade entre os setores para fechar a defesa sem a bola e chegar rápido e em massa ao gol adversário, veremos se funcionará.

O Vitória terá as estreias de Maicon, Willian Farias e Tiago Real e o retorno do questionado Arthur Maia que quer mostrar valendo, o que mostrou nos treinos e deixar a estigma de promessa, virando o craque que foi na base, no profissional e assumindo de vez a camisa 10 do rubro negro que a tempo promete ser sua.” Espero que nesta temporada ele tenha tranquilidade e sequencia e que desde hoje desempenhe um bom futebol, confio no potencial do jovem de 23 anos que não é o novo Messi mas um jogador de qualidade, de bom passe e inteligente que pode sim fazer a função de armador que tanto necessitamos”. [OPINIÃO LMP]

O time de Luxemburgo tem colecionado derrotas nos jogos que tem realizado contra times brasileiros, porém o time tem um poder ofensivo invejável, o trio brasileiro Jadson, Geuvânio e Luis Fabiano é de impor respeito a qualquer defesa, por isso a defesa do leão deve ser bem testada. A defesa que é o setor “confiável” do time que terá apenas uma alteração na lateral direita, considerando que Fernando Miguel foi titular durante todo o primeiro semestre ano passado e foi sacado apenas por lesão, Mattis, Ramon, Renan e Amaral estão entrosados e serão o esqueleto do time nesse inicio de trabalho.

AÇÕES DO MARKETING

Estão programados pra hoje diversas ações do marketing do Vitória.

Apresentação do novo site oficial do clube

Apresentação do uniforme 3 da temporada 2016

Apresentação do projeto Arena Barradão

Apresentação de Marinho novo reforço do rubro negro

O Vitória ainda precisa de reforços para temporada, um 9 para mudança de esquema, e um zagueiro são indiscutíveis, já um meia eu diria pra aguardar e ver como será a temporada de Arthur Maia e de Leandro Domingues, ambos tem qualidade, precisam neste momento superar as desconfianças e mostrar o talento que possuem e serem os condutores do time do leão, juntos ou como titular e reserva. A verdade é que esse time precisará de melhores nomes para o segundo semestre, por hora Marinho deverá susbtituir Vander ou Gabriel e ser a cara do time de Mancini eu veremos no inicio de 2016.

VITÓRIA:Fernando Miguel; Maicon Silva, Guilherme Mattis, Ramon e Diego Renan; Amaral, Willian Farias, Tiago Real e Arthur Maia; Vander e Gabriel

TIANJIN QUANJIAN:Zhang Jin; Wang Cheng, Kilama, Liu Sheng e Zhang Cheng; Wang Jie, Huang Long, Jadson, Li Xing Can; Geuvânio e Luis Fabiano.

O que esperar do Vitória 2016


ECV 2016

A começar pelo primeiro semestre onde o rubro negro terá pouco mais de 16 jogos, isso contando que ao contrario de 2015 o time não decepcione e chegue à final do estadual e também dos jogos da Copa do Brasil, já que por incompetência não disputará a Copa do Nordeste é a justificativa para as poucas contratações da diretoria até o momento, posso até dar um credito a isso, mas claro que as perdas de Escudero e Rhayner não serão digeridas sem uma grande contratação e sem os resultados necessários.

Ganhar o campeonato baiano virou obrigação para o Vitória em 2016, pois além de recuperar a hegemonia e apagar os vexames de 2015, o time é o único representante do certame que faz parte da elite do futebol brasileiro, e que de certo a competição também servirá de preparação para série A, onde teremos grandes adversários e apesar de que haverá contratações, já precisamos ter uma base solida pra chegar forte no nacional.

O Elenco

As renovações de Mattis, Diego e Amaral até agora é o ápice do time de Mancini, o retorno do velocista William Henrique e do questionado Arthur Maia também dão um certo volume ao time, Nickson e Rafaelson são observados com esperança, o camisa 09 por exemplo deve iniciar a temporada como titular e tem que mostrar a fome de gol que tinha na base, principalmente em jogos contra o rival em que sempre deixou sua marca. Ainda tem os recém contratados Alipio e Tiago Real que chegam sob a desconfiança e precisam mostrar trabalho pra conquistar a torcida rubro negra.

Ronaldo, Gustavo, Fernando Miguel,Euller,Diego Renan, Alef,  Arthur Maia, Rafaelson, Tiago Real, David, Amaral,Caique,Flavio, Gabriel, Mattis, Wellison, Josué, Nickson, Marcelo, Rômulo, Vander, Wallace, Willian Henrique,Yan, Ramon, além de Norberto e Robert que estão entregues ao departamento médico e de Gatito, Pedro Ken e Diogo Mateus que ainda negociam a renovação de contrato.

Eleições

Ano de eleições no clube, e ao que tudo indica pela primeira vez direta, com o sócio torcedor escolhendo seu presidente e a formação do conselho do clube, eis que quem esta no comando não quer dar chances de sair do clube e por isso eu espero um Vitória forte em 2016, acredito piamente que reforços irão chegar a toca do leão, a exemplo de 2013 quando o clube fez grandes investimentos no elenco com Escudero, Cáceres, Maxi e Cajá.

 

[VITÓRIA X NÁUTICO] Confronto com clima de decisão no Barradão!


VITÓRIA X NAUTICO

Na reta final da série B cada jogo é uma verdadeira decisão e o clima hoje em Salvador é justamente este, o Vitória recebe o Náutico no Barradão e precisa vencer para não dar chances ao Timbu e a outros de se aproximarem do rubro negro e do G-4, recuperar a segunda colocação e continuar de olho no Botafogo.

Com uma série de mexidas nos treinos durante a semana Vagner Mancini prometeu mudar o time do Vitória mas a base deverá ser mantida, Vander deve ser a única ’’novidade’’ na 10 que circula com Deivid, Jorge Wagner e Flavio.

No alvirrubro a palavra é recuperação, após vexame em casa diante do Botafogo o time pernambucano sabe que uma derrota praticamente sepulta suas chances de acesso em 2015 e por isso a equipe de Dal Pozo deve vim fechada e buscar explorar os contra ataques, chances do leão pressionar e buscar o gol desde o inicio, marcando o Vitória encontrará espaços para jogar com mais tranqüilidade e surpreender o timbu.

A expectativa é de publico superior aos 25 mil no Barradão hoje empurrando o rubro negro que quer manter a invencibilidade que já duram 09 jogos e o tabu de 14 anos sem perder do Náutico em casa.

FICHA TÉCNICA

Vitória x Náutico

Série B – 33ª rodada

Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador

Data: 31/10/2015

Horário: 16h10 (da Bahia)

Árbitro: Rodrigo Alonso Ferreira (SC)

Auxiliares: Rosnei Hoffmann Scherer (SC) e José Roberto Larroyd (SC)

 

Vitória: Júnior Gatito; Diogo Mateus, Ramon, Kanu e Diego Renan; Amaral, Pedro Ken, Escudero e Rhayner; Vander e Elton. Técnico: Vagner Mancini.
Náutico:  Júlio César; Rafael Pereira, Fabiano Eller, Ronaldo Alves e Fillipe Souto; João Ananias, Jackson Caucaia, Willian Magrão e Biteco; Hiltinho e Bergson (Daniel Morais). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

[BAVI-BAHIA 1X3 VITÓRIA] O leão mostra mais uma vez quem manda na Fonte Nova!


bahia 1x3 VITÓRIA BAVI

O Vitória continua a passear na Arena Fonte Nova, não importa o quanto os torcedores e até jogadores do rival vociferem os números mostram quem é o verdadeiro dono do estádio, mais um triunfo e o rubro negro passa 2015 invicto nos clássicos 2 triunfos e 1 empate e o 3×1 de hoje ainda sacramentou a 100ª partida de Vagner Mancini comandando o Leão em 3 passagens pelo clube.

O BAVI

Estádio lotado, festa nas arquibancadas e aos 15 segundos gol do Bahia num vacilo total de todo o time do Vitória que ainda não havia percebido que o arbitro já havia iniciado a partida, bola tocada de pé em pé, marcação frouxa e Kieza apareceu livre para fazer Bahia 1×0. A unica coisa que não deveria ocorrer, o único fator  que poderia tirar o triunfo do Vitória era realmente sofrer um gol logo no inicio mas o time foi maduro e conseguiria reverter.

Com 1×0 no placar o rubro negro parecia nervoso, errava muitos passes e não conseguia criar, era o momento do rival aproveitar mas eles adotaram uma postura errada e custou caro, ao tentar buscar os contra ataques o Bahia levou o leão ao ataque, porém foi num contra ataque fulminante que Escudero empatou o jogo aos 28 minutos do 1º tempo, a jogada foi iniciada pelo próprio argentino que recebeu antes do meio e tocou rápido e avançou por trás da defesa para pegar o rebote de Douglas Pires, após conclusão de Elton no lançamento de Diogo Matheus, 1×1 e o domínio do Vitória começa a ficar mais claro.

Finalzinho do segundo tempo e o lance que definiu completamente a partida, Kieza meteu a mão na bola e fez o gol, bem anulado por Leandro Pedro Vuaden que aplicou o segundo cartão amarelo e expulsou o camisa 9 do Bahia, confusão em campo, muita reclamação e parece que nos vestiários  da fonte a coisa ficou quente e isso desestabilizou ainda mais o rival.

O Vitória com um a mais voltou soberano para o segundo tempo, comandava as ações e buscava o gol e após cobrança de escanteio de Escudero a bola foi cabeceada na área e ficou livre para Rhayner que chutou estranho mas marcou o segundo, Bahia 1 x 2 Vitória. Tudo que o Vitória queria, com placar e quantidade numérica vantajosa, o leão passou a administrar e só não sacramentou logo por que o bandeira anulou corretamente o gol de Elton de cabeça.

O Bahia até que tentava mas esbarrava em Ramon e Gatito e nesse momento Mancini já percebendo a queda de rendimento fez mudanças na equipe para garantir os 3 pontos e quando parecia que o Vitória não tinha mais pretensões, tocando a bola pro lado e pro outro, eis que Diego Renan toca para Elton que lindamente fazo pivô e de calcanhar toca na entrada da área o lateral do Vitória dá um chutaço que toca na trave e morre no fundo das redes sacramentando o triunfo do Vitória.

Após o terceiro, a expectativa era de mais gols e mais uma goleada na Arena, porém o rubro negro não estava com tanto apetite e fez apenas gastar o tempo como rival fragilizado em campo e a torcida de 4 mil rubro negros calando 33 mil tricolores na Arena FONTE NOSSA!

O vitória diminuiu para 4 pontos a distância para o Botafogo na briga pelo título, aumentou a distância para o quinto colocado o próprio Bahia em 5 pontos e terá mais duas partidas em casa para consolidar o retorno a primeira divisão.

 

SÉRIE B – 29ª RODADA
Bahia 1 x 3 Vitória
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Horário: 16h30
Gols: Kieza, Escudero, Rhayner e Diego Renan
Cartões amarelos: Amaral, Diogo Mateus e Ramon (Vitória). Kieza, Maxi, Tiago Real e Yuri (Bahia)
Cartões vermelhos: Kieza
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
Assistentes: Marcelo Bertanha Barison e Carlos Henrique Selbach
Bahia: Douglas Pires; Railan, Robson, Gustavo e João Paulo; Yuri, Paulinho Dias (Souza), Tiago Real e Eduardo(João Paulo Penha); Maxi Biancucchi e Kieza. Técnico: Sérgio Soares
Vitória: Gatito; Diogo Mateus, Kanu, Ramon e Diego Renan; Amaral, Pedro Ken, Vander, Rhayner (David) e Escudero (Jorge Wagner); Elton. Técnico: Vagner Mancini.