VITÓRIA 4X1 BAHIA (JOGO COMPLETO) Campeonato brasileiro série B 2015


[VITÓRIA 4X1 BAHIA] Mais um massacre rubro negro!


RTEmagicC_15f1f84848.jpg

O Vitória esta mais do que acostumado a massacrar o rival de Itinga, 5×1, 7×3, 4×1 são placares cada vez mais comuns no atual cotidiano do clássico, o rubro negro tem sido impiedoso com o tricolor seja na Arena Fonte Nova ou no Barradão e ontem não foi diferente 4X1 incontestável  e muita gozação num clássico lindo e de estádio cheio em Salvador.

O Leão abriu o placar logo no inicio com 4 minutos em jogada ensaiada entre Rhayner e Escudero que lançou para o zagueiro Guilherme Mattis que cabeceou para as redes, fazendo Vitória 1×0 Bahia, no intervalo ele já alfinetou:-Disseram que eu era lento a semana toda, que iam jogar em cima de mim,esta ai meu gol, eu estou levando a melhor. Mattis

O desenho tático revelado por Mancini durante a semana foi visto em campo e foi o diferencial do jogo, o treinador afirmou que o Vitória precisaria avançar a marcação e forçar o Bahia ao chutão e aos erros, surpreendeu na escalação incial quando colocou Rhayner e Marcelo de titulares e ambos deram conta do recado e justamente como planejado, assim a equipe se comportou e impôs seu jogo pra cima do rival, com Rhayner, Escudero, Elton e Pedro Ken pressionando na frente, Marcelo e depois Amaral e Flávio conseguindo anular a grande maioria das jogadas no meio, nas poucas oportunidades que o Bahia conseguia ultrapassar a barreira, Mattis e Ramon davam conta do recado e nos chutes de fora o Paredão Fernando Miguel mostrava toda sua segurança e aplicava belas defesas.

Poderia afirmar que foi um VItória perfeito em campo, mas as inúmeras perdas de oportunidades desperdiçadas me faz aplicar um quase perfeito, Elton lutou, foi importante taticamente mas não teve êxito na sua maior obrigação que é fazer gols, Rhayner infernizou, deu belas assistências, Escudero da mesma forma, mas o arremate final sempre faltava um algo mais, sobretudo no primeiro tempo e em jogos encardidos como clássicos não pode se dar ao luxo de não matar logo o rival.

No segundo tempo o Leão voltou ainda mais feroz, mudou a forma de jogar recuando a marcação e chamando o Bahia para o ataque, porém saindo rápido para o contra ataque e levando grandes perigos ao gol de Douglas Pires, e foi justamente num desses contra ataques que o Vitória conseguiu a oportunidade de ampliar após subida rapida de Diego Renan que foi derrubado na área e Arilson marcou a penalidade(ALELUIAAAAAAAAAAAAAA) Escudero bateu e fez Vitória 2×0 Bahia.

Após o segundo o jogo ficou completamente dominado, e ao 36 Rhayner tocou na frente e Rogério de prima marcou um golaço no Barradão, até agora o goleiro tricolor procura a bola. Vitória 3X0 e festa ainda maior na arquibancada e o melhor foi ver a torcida tricolete querendo ir embora e sem poder porque por ordem da policia militar os tricolores do poderiam deixar o Barradão após 1 hora depois do final do clássico. Aos 42 Maxi Goiabinha descontou mas a festa era mesmo rubro negra e aos 46 o estreante artilheiro do Brasil Robert mostrou logo seu cartão de visita e mandou um pombo sem asa no ângulo, decretando Vitória 4X1 Bahia.

FICHA TÉCNICA
Vitória 4×1 Bahia
10ª rodada – Série B
Local: Barradão, em Salvador
Data: 04/07/2015
Horário: 16h30
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA)
Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos e Jucimar dos Santos Dias (BA)
Cartões Amarelos: Escudero, Amaral e Rogério (Vitória); Adriano, Pittoni, Titi, Robson, Souza (Bahia)
Cartões Vermelhos: Escudero (Vitória); Souza (Bahia)
Gols: Guilherme Mattis, Escudero, Rogério, Robert (Vitória); Maxi Biancucchi (Bahia)

Vitória: Fernando Miguel; Diogo Mateus, Guilherme Mattis, Ramon e Diego Renan; Marcelo (Amaral), Flávio (Rogério), Pedro Ken e Escudero; Rhayner e Elton (Robert). Técnico: Vagner Mancini.

Bahia: Douglas Pires; Adriano Apodi, Robson, Titi e Marlon; Pittoni (Mario), Tiago Real e Souza; Maxi Biancucchi, Williams Santana (João Leonardo) e Léo Gamalho (Jacó). Técnico: Sérgio Soares.

 

DEMITIDO: Claudinei Oliveira deixa o comando do Vitória, Wesley assume interinamente


650x375_claudinei-oliveira_1520804
O Esporte Clube Vitória informa que o treinador Claudinei Oliveira deixou o comando técnico da equipe. O clube agradece o trabalho do profissional no período em que ficou à frente do rubro-negro e deseja sucesso em sua carreira.
Claudinei assumiu o Vitória no jogo contra o Colo Colo, dia 21 de março, e teve aproveitamento de 51%, com 4 vitórias, 5 empates e 2 derrotas.
Interinamente, assume o comando da equipe o técnico campeão do sub-20, Wesley Carvalho, que faz parte da comissão técnica do time profissional como um dos assistentes.
SITE OFICIAL

VITÓRIA CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL SUB-17 (Confira FOTOS)


622_c7925cf5-41bc-3a1e-b23a-bec06ca92a86

O Vitória que já havia sido campeão da Copa do Brasil sub 15 em 2010 e sub-20 em 2012, agora é também Campeão do Brasil sub-17, o time venceu o Botafogo no Rio de Janeiro por 3×1 e levou a decisão para os pênaltis e venceu por 4X3 com uma bela defesa do goleiro John. O time de João Burse chega hoje a Salvador com a taça, mais uma da fabrica de talentos que contrasta em muito com a fase vivida pelo profissional do clube.

 

CLIQUE NAS IMAGENS PARA MAXIMIZAR

 

 

ESPORTE CLUBE VITÓRIA Convoca o sócio torcedor!


smv

 

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Pelo presente EDITAL, ficam convocados todos os Associados do Esporte Clube Vitoria, nos termos do Art. 6o do Estatuto Social, para comparecer à Assembleia Geral Consultiva, que será realizada Sábado, 06 de Junho de 2015, às 10h00min, via portão 16, no espaço constante do estacionamento interno da administração do Clube, localizada na Rua Arthêmio Valente, nº 01, Praça Júlio Rêgo, Bairro Nossa Senhora da Vitória, para debater especificamente sobre eleições Diretas para Presidente do Clube.

Notas Explicativas:

1. Somente poderão participar os associados-torcedores, integrantes dos programas de fidelidade, cuja filiação seja no mínimo de 18 (dezoito) meses da data da realização da assembleia.

Salvador(Ba.), 11 de maio de 2015.

[BOTAFOGO X VITÓRIA] Final da Copa do Brasil sub-17, Leão precisa golear pra conquistar título


bot-x-Vitoria

Com títulos nas categorias sub-15 e sub-20 o Vitória quer aumentar o cartel e ser também campeão da Copa do Brasil sub-17, porém para tal feito o rubro negro terá de golear o Botafogo por três ou mais gols de diferença ou ainda vencer por 3×1 levar a decisão para penalidade e converter mais do que o time Alvinegro que venceu no Barradão por 3×1 e por isso tem boa vantagem.

O treinador João Burse do Vitória se apega aos números do Vitória na competição que sempre fez 3 gols fora de casa e o Botafogo já sofre revés em seus domínios, a tendência é que o leão sufoque a estrela solitária que buscará os contra ataques com os espaços deixados pelas tentativas desenfreada de reverter o placar adverso.

VITÓRIA: Jonh; Cedric, Rangerson, Gabriel e Padilha; Hebert, Luciano, Matheus e Yan; Eronildo e Potó.

[VITÓRIA X ASA] Leão quer vaga na próxima fase da copa do Brasil!


grd-vitoria e asa

O Vitória quer pegar o embalo do triunfo de sábado e se classificar hoje no Barradão para terceira fase da Copa do Brasil, para isso o rubro negro precisa de um empate por 0x0 ou qualquer triunfo, 1×1 leva as penalidades, qualquer outro resultado classifica o Asa de Arapiraca.

Claudinei relacionou 23 atletas e pode promover as estreias do zagueio Guilherme Mattis e do lateral Diogo Mateus, o treinador tem também o retorno de Jorge Wagner e Rhayner a equipe o desfalque fica por conta de Luiz Gustavo cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Já o treinador Vica confia na experiência de Didira para tentar surpreender o VItória, sem problemas o time vem completo para Salvador.

FICHA TÉCNICA

Vitória x ASA

Copa do Brasil 2ª fase – jogo de volta

Local: Barradão, em Salvador

Data: 19/05/2015

Horário: 19h30

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (ASP-FIFA-RS)

Auxiliares: José Javel Silveira (CBF-RS) e Alexandre Pruinelli Kleiniche (CBF-RS).

Vitória:  Fernando Miguel; Diego Renan, Ramon, Ednei e Mansur; Amaral, Flávio, Escudero e Gabriel; Vander e Elton. Técnico: Claudinei Oliveira.

ASA-AL: Pedro Henrique; Gabriel, Lucas Bahia, André Nunes e Rayro; Jorginho; Marcos Antônio, Didira e Uéderson; Valdanes e Alex Henrique. Técnico: Vica.

Claudinei Oliveira relaciona Vitória com Diogo Mateus, Mattis e retorno de Jorge Wagner


claudinei_thiago_19032015_1

O técnico Claudinei Oliveira relacionou 23 jogadores para partida contra o Asa de Arapiraca nesta terça no Barradão, valendo vaga na terceira fase da Copa do Brasil para enfrentar o Palmeiras.

As novidades ficaram por conta dos contratados Guilherme Mattis e Diogo Mateus, o retorno de Jorge Wagner que foi “poupado da ultima partida” e a ausência de Luiz Gustavo que cumprirá suspensão por terceiro cartão amarelo, além de ter se queixado de cansaço muscular.

Time que treinou como titular: Fernando Miguel; Romário (Diogo Mateus), Ramon, Ednei e Mansur; Amaral, Flávio, Marcelo, Jorge Wagner (Vander) ; Gabriel e Elton.

RELACIONADOS

Goleiros: Fernando e Wilson;
Laterais: Diego Renan, Diogo Mateus, Mansur, Romário e Euller;
Zagueiros: Ednei, Ramon, Diego Mattis e Maracás;
Volantes: Amaral, Marcelo e Flávio;
Meias: Escudero; Gabriel; Dakson, David e Jorge Wagner;
Atacantes: Vander, Elton, Rhayner e Léo Ceará.

ELTON

douglas_elton_futurapress_marcosbezerra

O diretor de futebol do Vitória Anderson Barros confirmou que não haverá troca de Elton por Pedro Ken e nenhum outro jogador do Coritiba, o mesmo disse que houve um interesse do clube paranaense pelo atleta mas que o Vitória não deseja liberar e que o centroavante permanece na toca.

O Campeonato Brasileiro precisa olhar para PREMIER LEAGUE!


Premier-League-LogoComecemos com um aviso: os números postados abaixo não são oficiais e finais, embora já estejam confirmados, extraoficialmente, na maior parte.

 

A Premier League está fechando os números do “dinheiro da TV” que será distribuído aos clubes nesse final de temporada. É uma fábula! E vai aumentar uma barbaridade a partir da temporada que terá início no próximo ano (veja aqui), quando entrará em vigor o contrato assinado em fevereiro último, com um aumento de 83% sobre os valores pagos atualmente para os direitos domésticos. Sobre os direitos para o exterior acredita-se num incremento de pelo menos 50%. Na prática, teremos alguns clubes recebendo por ano perto de três quartos de bilhão de reais pelos seus direitos de transmissão só da Premier League!

Antes de vermos os números estimados pelo pessoal do Total Sportek, vamos a uma explicação sobre como é formado e distribuído esse bolo.

 

Estamos falando aqui do dinheiro que vai para os vinte clubes que disputaram a temporada. Uma parte desse valor é formada pelos direitos de transmissão domésticos e outra parte pelos direitos de transmissão vendidos para outros países.

premier_league_banners-04

O valor dos direitos domésticos é dividido em três partes:

50% do total é dividido igualmente entre os 20 clubes;

25% é dividido de acordo com o mérito esportivo – o 20º colocado recebe €1.65 milhão (£ 1.2 milhão) e o campeão recebe esse valor multiplicado por 20 – €33.0 milhões (£ 24.0 milhões); ou seja, cada posição na tabela rende €1.65 milhão para o ocupante (£ 1.2 milhão);

25% é dividido de acordo com o número de jogos transmitidos; essa divisão pode ser tratada como o equivalente à audiência e tem uma regra própria: cada jogo rende pouquinho mais de €1 milhão (€ 1.031 ao câmbio de sexta-feira£ 0.75 milhão) e todo clube tem assegurado um mínimo de 10 jogos – €10.3 milhões (£ 7.5 milhões); isso não significa que esse clube terá os 10 jogos transmitidos e sim que receberá por esse número.

 

O valor negociado pelas transmissões para o exterior é dividido igualmente entre os 20 clubes. Nessa temporada, a parte doméstica dividida igualmente representou £ 23.0 milhões ou € 31.625 milhões. A parte internacional representou £ 32.0 milhões, equivalentes a €44.0 milhões. Total: €75.625 milhões por clube. Ou, no dinheiro da terra da Rainha, £ 55.0 milhões.

 

Na tabela, todos os valores formadores da cota estão em libras – £. A totalização está em libras, também, juntamente com o valor correspondente em Euros – – que é a moeda básica do futebol. Para termos uma noção mais próxima de nossa realidade, coloquei também esses valores em Reais – R$.

b0bf081b-a66f-4c18-828d-5f0e88a825d3_Captura de tela inteira 17052015 223052

 

 

Por fim, mais uma observação que considero importantíssima.

“… the Premier League clubs agreed

A frase acima ou outra similar, está em todo documento importante da Premier League, acompanha a comunicação de toda e qualquer decisão tomada pela Liga. Basicamente, ela significa: “os clubes da Premier League concordaram que…” ou “estão de acordo que” ou outra construção similar.

Em síntese: todas as decisões da Premier League, desde o acordo inicial dos clubes para sua fundação em 1991, foram e são tomadas em conjunto pelos clubes.

 

A divisão das receitas de transmissões não foi ordenada pela Rainha ou pelo Primeiro-Ministro ou pela Câmara dos Comuns ou pela Câmara dos Lordes. Tampouco caiu do céu.

Ela foi debatida e acertada entre os clubes.

Sociedades livres e avançadas não precisam da tutela do Estado para viver e progredir.

Bem pelo contrário, aliás.

Quanto mais Estado, menos desenvolvimento em todos os sentidos.

Se a Premier League fosse uma repartição burocrática do Estado ela seria apenas mais uma federação entre centenas, sem nada que a distinguisse e sem gerar, quem sabe, sequer um décimo das receitas que gera hoje.

TEXTO RETIRADO ORIGINALMENTE DO: http://globoesporte.globo.com/blogs/especial-blog/olhar-cronico-esportivo/post/os-espantosos-valores-da-premier-league-para-temporada-que-esta-terminando.html

OPINIÃO LMP: A divisão dos direitos do campeonato brasileiro só serão justas se copiar este modelo, Flamengo e Corinthians ganhando cifras infinitamente superiores aos dos outros times e com cerca de 5 faixas de valores a ser recebidos não há como os clubes pequenos e médios se tornarem competitivos, a divisão de maneira igualitária, por quantidades de jogos e classificação final como é na Premier League(campeonato Inglês) deve ser adotado para o fortalecimento e competitividade do campeonato brasileiro.

[OESTE X VITÓRIA] Leão tenta primeiro triunfo para amenizar a crise!


oeste-x-vitoria-ao-vivo-520x245

O Vitória vai a São Paulo com a obrigação de vencer o Oeste para tentar amenizar a crise que vive e com dois desfalques; Jorge Wagner e Luiz Gustavo não viajaram e serão substituídos por Dakson e Romário, já o rubrão tem o reforço de Mazinho carinhosamente chamado pelo torcedor de Messi Negro.

Na abertura da segunda rodada o Santa Cruz e o ABC se recuperaram e venceram e cabe ao rubro negro fazer o mesmo se quiser acreditar em acesso e sair da já incomoda 18 colocação. O técnico Claudinei Oliveira esta ameaçado e poderá não resistir caso ocorra outro revés. Do lado de lá o treinador que sempre aparece na lista dos lembrados do Leão Roberto Cavalo quer manter a pegada e repetir o triunfo da primeira rodada, desta vez em casa, já que venceu fora contra o ABC em Natal.

Em Salvador as especulações sobre reforços não para e o retorno de Pedro Ken foi confirmado, nomes como de Kleber Gladiador e Vitor Jr aparecem na lista mas a diretoria não confirma, o certo é que o leão pode apresentar nomes de jogadores do Corinthians na tarde de hoje.

Ficha Técnica

Oeste-SP

Paes; Fernandinho, Douglas Marques, Ligger e Ivonaldo; Leandro Mello, Dionísio, Mazinho e Roger Gaúcho (Wangler); Wagninho e Júnior Negão
Técnico: Roberto Cavalo

Vitória-BA

Fernando Miguel; Romário, Ednei, Ramon e Mansur; Amaral, Flávio, Escudero e Dakson; Vander e Elton.
Técnico: Claudinei Oliveira
FaseÚnicaRodada 2ª rodadaData16/05/2015
Horário 16h30 Local Estádio José Liberatti – Osasco (SP)
Árbitro Edivaldo Elias da Silva – PR

Assistentes Pedro Martinelli Christino – PR e Victor Hugo Imazu dos Santos – PR
ps: ver o site oficial do clube chamar Pedro Ken de ídolo é decepcionante, não preciso nem elencar os mais variados e polêmicos motivos da sua passagem aqui em 2012, mas dizer que um cara de uma única temporada é idolo… meu Deus!