[Confiança x Vitória] Leão estreia na Copa do Nordeste e fala em recuperar hegemonia


maxresdefault

Dono de 5 títulos, maior vencedor do nordestão, o Vitória chega a terceira edição do novo Lampions League sob os olhares de desconfiança, nas duas ultimas o leão não conseguiu rugir, pelo contrario foi eliminado de maneira vergonhosa, mas desta vez a equipe comandada por Ricardo Drubscky promete ser diferente, todos se dizem focados na conquista do hexa e a recuperação da hegemonia, para isso o rubro negro estreia contra o Confiança em Sergipe na reabertura do Batistão.

O Vitória deve formar com o mesmo time que empatou na estreia do baiano, mesmo sem ter treinado, Escudero, Jorge Wagner e Nino foram relacionados e viajaram junto com a equipe e segundo o médico do clube não preocupam para partida.

COPA DO NORDESTE E ESPORTE INTERATIVO

Foi publicado na tarde de ontem que o canal esporte interativo ganhou espaço na grade da poderosa sky e que a partir de março os assinantes poderão curtir o EI e o EI Nordeste na segunda maior empresa de TV por assinatura do país, com isso a Copa do Nordeste ganha ainda mais força e visibilidade, os próximos contratos de marketing e publicidade devem ser em muito valorizados e a audiência da competição deve crescer significativamente, uma ótima oportunidade para o fortalecimento do futebol da região nordeste.

FICHA TÉCNICA

Confiança X Vitória

Copa do Nordeste – 1ª rodada

Local: Batistão, em Aracaju (SE)

Data: 04 de fevereiro de 2015, quarta-feira

Horário: 21h20
Árbitro: Charles Hebert Cavalcante (AL)
Auxiliares:  Otávio Correia de Araújo (AL) e Pedro Jorge Santos (AL)

Confiança:  Everson; Diogo, Valdo, Heverton Luiz e Altemar; Flávio, Richardson, Wallace Pernambucano e Everton Santos;  Leandro Kivel e Bibi. Técnico: Betinho

Vitória: Fernando Miguel; Nino Paraíba, Ednei, Kadu e Mansur; Amaral, José Welison, Vander, Escudero e Jorge Wagner; Neto Baiano.  Técnico: Ricardo Drubskcy

[Vitória x Bahia de Feira] Começa o baiano para o Leão


Vitória x Bahia de Feira 620x323 Leão x Tremendão O duelo de ___

Vitória x Bahia de Feira] Leão inicia caminhada no baiano.
Ainda com uma ressaca pesada da temporada 2014 e sentindo todos os malefícios do péssimo ano, o Vitória tenta recuperação em diversas matérias, passar nas provas do campeonato baiano e copa do nordeste para chegar com boas possibilidades na copa do Brasil,”Sulamericana” e Brasileiro serie b, é a meta pré-definida. Basta aguardar para saber se a direção de Falcão logrará seu primeiro êxito.

Ricardo Drubscky inicia seu trabalho demonstrando total confiança no argentino Escudero e no recém chegado Jorge Wagner, que se junta ao reincorporado Vander no setor de criações ofensivas, no setor defensivo tem a oportunidade Fernando Miguel se consolidar como camisa 01, Amaral sem a disputa com Coruja e “Luiz Gustavo” de inicio é o dono da camisa 05 e Edinei ganhou a briga com Saimon e fará parceria com kadu, mas existe também grande expectativa com o retorno do goleador provocador Neto Baiano que promete ser o xerife da equipe na luta pelos triunfos, na toca é chamado de prefeito, tamanha é a moral que o cara tem.
Gustavo, e Willie ficaram pelo caminho, fortes nomes no inicio da pré-temporada não demonstraram serviço e terão que aguardar novas chances, assim como Leílson, Romario, Neto Coruja e Gabriel Soares que retornam de contusão e ficaram pra trás junto com Rogerio.

O inicio do novo esquema tático do leão será posto a prova, o 4-2-3-1 de Drubscky promete um time onde marcação e contra ataque se alinham, mas para isso condicionamento e posicionamento precisam estar em dia e alinhados e é justamente nesses quesitos que o rubro negro sofreu em 2014, veremos então se os problemas foram resolvidos e se de fato o grupo tem mais qualidade.

FICHA TÉCNICA

Vitória x Bahia de Feira

Campeonato Baiano -1ª rodada

Local: Barradão, em Salvador

Horário: 18h30

Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade (BA)

Auxiliares: José Carlos de Oliveira dos Santos (BA) e Dijalma Silva Ferreira Júnior (BA)
Vitória: Fernando Miguel, Nino Paraíba, Ednei, Kadu e Mansur; Amaral, José Welison, Vander, Escudero e Jorge Wagner; Neto Baiano.  Técnico: Ricardo Drubskcy
Bahia de Feira: Leonardo; Ueslei, Tiago, Corrêa e Jorginho; Moisés, Lima, Renilson e Henrique;  Peixoto (Marcelo) e Souza. Técnico: Nadélio Rocha

A Parmalat voltou? E o sócio torcedor do Leão!


tampao_NovoBronzeAs 16 contratações do Palmeiras nesse inicio de temporada e até o grande duplo by pass que o alviverde deu nos grandes rivais São Paulo e Corinthians e anunciou a contratação de Dudu foi algo que espantou a mídia esportiva brasileira e a pergunta nos bate papos e resenhas são sempre a mesma. A Parmalat voltou pro Palmeiras? Em clara alusão quando a equipe era a maior potência do futebol do país quando era patrocinada pela marca italiana.

Talvez alguns se perguntem tá e o que nos rubros negros temos haver com isso? Respondo que tudo! O programa de sócio torcedor do Palmeiras teve um crescimento assustador de 500% isso mesmo 500% soltando para o terceiro maior atrás apenas de Inter e Grêmio, e ninguém duvida que o Porco voltará a briga pelos títulos e figurará novamente entre os poderosos do futebol nacional e é nisto que o Vitória entra.

g_1293569 - Cópia

Precisamos de uma política séria de associação do torcedor, entender que o maior investimento do Palmeiras no ano de 2015 parte do seu torcedor e não de patrocinador master, é ver a nova dinâmica do futebol mundial e que todos precisam se adequar, e isso é uma via dupla. A diretoria do Vitória acha que é encarecendo o ingresso e fazendo ações pontuais apenas para sócios que conquistará novas adesões e os números mostram que isso é falácia e burrice, todos os anos se fala em reformulação do SMV-SOU MAIS VITÓRIA para que o programa alavanque e isso nunca ocorre e nos moldes atuais nunca ocorrerá.

Se observarmos o melhor momento do SMV, veremos que foi em 2010, mais precisamente entre os meses de maio há agosto quando o Vitória fez uma grande copa do Brasil e chegou a final, tivemos um crescimento de quase 4 mil sócios naquele ano e soltamos para 12 mil associados no total e esta é mais uma prova de que o torcedor quer ver times competitivos, times que lutem por títulos e enquanto essa não for a politica do clube, estaremos fadados ao fracasso. Ó SÓCIO precisa ser visto como sócio de fato, como cliente,alguém que tem que direito a algo e não apenas como um apaixonado, um fã visceral da marca do clube, estes amantes inconsequentes sempre existiram e existirão, mas são minoria e continuarão a margem do processo de massificação de um sócio torcedor que chegue a superar a casa dos 30 mil adimplentes.

g_1293567 - Cópia

Ter políticas claras de crescimento, conquistas, investimentos, modernização, contratações, e políticas de base é o que faz a massa aderir a planos, a expectativa da democratização e renovação fez o nosso rival ter uma adesão fantástica e esse é mais um dos quesitos que precisam ser observados pelos nossos dirigentes, do contrario ficaremos eternamente lutando para subir a série A e fugindo do rebaixamento nos anos subsequentes.

Valmerson Santana\Leão Minha Paixão

O retorno do LMP


MAXI E ESCUDERO

Boa noite Nação Rubro Negra do Leão Minha Paixão!

A saudade foi grande e o tempo de espera uma tortura, pelo menos para mim, quero agradecer a todos que visitaram este espaço durante o tempo de inatividade e peço desculpas pelas falta de informações, não foi desrespeito mas impossibilidade mesmo.

Infelizmente meu filho de 1 ano e meio derrubou meu antigo notebook e a tela foi para o espaço, apesar das especulações de que tinha deixado o blog por causa da insatisfação com o Vitória de 2014, isso não é verdade, apesar da tristeza com o nosso time, não é do meu feitio e nunca será o de abandonar o barco, continuei firme no twitter e no whatsapp do LMP durante esse período e quem me acompanha é testemunha disso, mas infelizmente não tive como atualizar o blog, porém chega de churumelas, já estou buscando a atualização do LMP 2015 e teremos diante mão dois reforços de peso no editorial do blog, abraços a todos, feliz 2015.

Valmerson Santana-Leão Minha Paixão

[VITÓRIA X GOIÁS] A chance de sair da degola!


VITÓRIA X GOIÁS

O Vitória enfrenta o Goiás com chances reais de vencer e sair do Z-4 do campeonato brasileiro, os 3 pontos serão fundamentais para o leão neste jogo na luta contra o rebaixamento, o objetivo é manter a pegada de 100% de aproveitamento em casa nesse segundo turno.

Ney Franco tem o retorno de Juan na lateral esquerda, porém perdeu Dinei para a partida, Edno e Béltran brigam para assumir a camisa 9, outro que reaparece entre os relacionados é o goleiro Wilson que ficará no banco.

Com 6 pontos a mais do que o Vitória, o esmeraldino vinha fazendo um campeonato tranquilo, mas agora encontra-se apenas 6 pontos da zona, apesar da 10 ª colocação sabem que o duelo contra o rubro negro é de 6 pontos, com 3 derrotas nos últimos cinco jogos e sem presa fácil fora do Serra Dourada, o treinador Ricardo Drubuscky admite que o jogo será complicado, mas espera o triunfo.

Expectativa de um bom publico no Barradão nessa noite, com a sequência de triunfos em seus domínios, a vitória no ultimo jogo e a chance real de deixar a zona, rubro negros devem ser o 12º jogador e empurrar o Vitória para mais um resultado positivo.

FICHA TÉCNICA

Vitória x Goiás

Campeonato Brasileiro – 27ª rodada

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)

Data: 8 de outubro de 2014  (quarta-feira)

Horário: 21h

Árbitro :Péricles Bassols (RJ-Fifa)

Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (RJ-Fifa) e Gilberto Stina Pereira (RJ-CBF).

 

Vitória: Júnior Fernández; Nino Paraíba,Kadu, Roger Carvalho e Juan; Luiz Gustavo, Richarlyson, Marcinho e Escudero; Vínicius e Edno (Guillermo Beltrán). Técnico: Ney Franco.

 

Goiás: Renan, Thiago Mendes, Jackson, Pedro Henrique e Léo Veloso; Amaral, David, Tiago Real, Ramon e Esquerdinha; Erik. Técnico: Ricardo  Drubuscky

 

[VITÓRIA 2X1 BOTAFOGO] Leão vence duelo de 6 pontos e se mostra impiedoso no Barradão


VITÓRIA X BOTAFOGO

O Leão segue feroz no Barradão nesse segundo turno, o rubro negro bateu o Botafogo e subiu uma posição e se aproximou dos adversários na luta contra o rebaixamento, o time de Ney Franco chegou a 27 pontos na 17ª colocação e terá a chance na quarta novamente no Barradão de deixar a zona de degola.

Resultado super importante, agora cabe ao Leão mais 6 triunfos para chegar a marca de 45 pontos e afastar qualquer possibilidade matemática de não permanecer na divisão de elite em 2015, para o treinador Ney Franco o time mereceu o triunfo e foi superior ao adversário, sobretudo na segunda etapa quando marcou os dois gols do triunfo, o comandante aproveitou ainda para ressaltar o equilíbrio da equipe quando sofreu o empate.

FICHA TÉCNICA: Vitória x Botafogo
Campeoanto Brasileiro – 26ª rodada
Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 4 de outubro de 2014 (Sábado)
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (PE)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Albino Andrade Albert Junior (ambos do PE)
Cartões amarelo: Nino Paraíba e Escudero (Vitória); Ramírez, Gabriel e Dankler (Botafogo)
GOLS: Marcinho (duas vezes – Vitória) ; Rogério (Botafogo).
VITÓRIA: Júnior Fernández, Nino Paraíba, Roger Carvalho, Kadu e Mansur (Cáceres); Luiz Gustavo, Richarlyson, Escudero (Edno) e Marcinho; Dinei (Beltrán) e Vinícius. Técnico:Ney Franco
BOTAFOGO: Andrey; Régis, Dankler, André Bahia e Junior Cesar; Airton, Gabriel (Murilo), Fabiano (Carlos Alberto) e Ramírez; Rogério e Zeballos  Técnico: Vagner Mancini

[VITÓRIA X BOTAFOGO] Leão e fogão encaram jogo como decisão contra o rebaixamento


VITÓRIA X BOTAFOGO

Com 3 partidas no Barradão nas próximas 4 rodadas. O Vitória vê a possibilidade de sair da zona de rebaixamento e crescer no campeonato brasileiro, duelo contra o Botafogo e encarado como primeiro de quatro decisões que o rubro negro terá para escapar da degola.

Em situação conturbada, numa semana em que foram anunciadas 4 demissões o alvinegro carioca tenta diante do Leão amenizar a pressão que é grande, o treinador Vagner Mancini tem trabalho para definir os substitutos e buscar para o Vitória que vem arrasador e com 100% de aproveitamento no Barradão no segundo turno.

Para Ney Franco o retorno dos titulares facilitou o trabalho, porém o treinador tem a duvida de Escudero pra partida, Mansur deve ser o substituto de Juan suspenso e Wellison e Luis Aguiar são desfalques na equipe reserva.

FICHA TÉCNICA

Vitória x Botafogo
Campeoanto Brasileiro – 26ª rodada

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)

Data: 4 de outubro de 2014 (Sábado)

Horário: 16h20 (de Brasília)

Árbitro: Sandro Meira Ricci (PE)

Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Albino Andrade Albert Junior (ambos do PE)

 

VITÓRIA: Júnior Fernández, Nino, Roger Carvalho, Kadu e Mansur; Cáceres, Richarlyson, Escudero e Marcinho; Dinei e Vinícius. Técnico: Ney Franco

 

BOTAFOGO: Andrey, Régis, Dankler, André Bahia e Junior Cesar; Gabriel, Mario Bolatti (Aírton), Cachito Ramirez e Pablo Zeballos; Rogério e Wallyson. Técnico: Vagner Mancini

MERCADO

Flamengo procurou o Vitória e empresário para tentar a contratação de Arthur Maia, com contrato em vigor com o América RN a negociação não foi concretizada, porém o rubro negro carioca mantém as conversas e quer o meia para temporada 2015.

[SUL-AMERICANA] Atlético Nacional x Vitória, terá arbitragem do Equador


sulamricana
O árbitro Carlos Vera, no quadro internacional da FIFA desde 2007, foi designado pela Comissão de Árbitros para atuar no jogo Atlético Nacional x Vitória, nesta quarta-feira, 1º de outubro, às 20 horas de Brasília (22 horas em Brasília), em Medellin, na Colômbia, válido pela rodada de ida das oitavas-de-final da Copa Total Sudamericana.
Natural da cidade de Portoviejo, capital da província de Manabí, Equador, Carlos Vera tem 38 anos, esteve na Copa América 2011 e atuou no Campeonato Mundial no Brasil este ano. Apitou os jogos Nigéria x Irã e Grécia x Costa do Marfim e foi quarto árbitro (RESERVA) nos jogos Rússia x Bélgica e México x Holanda e na final entre Alemanha e Argentina.
O trio será completado pelos também equatorianos Carlos Herrera e Edwin Bravo. O quarto árbitro (também do Equador) será Carlos Orbe.

[ATLÉTICO-MG 2X0 VITÓRIA] O jogo e os próximos confrontos


ATLÉTICO-MG X VITÓRIA

Olhar o placar e ver 2×0 para o adversário é triste na situação que o Vitória se encontra, ainda mais quando o resultado final não traduz fielmente o que foi o jogo.

O Galo até que teve mais oportunidades, buscou mais o gol, natural de quem tem a melhor equipe, joga em casa e busca o G-4, mas o Leão não foi uma presa fácil, buscou marcar forte e sair nos contra ataques e criou suas chances, mas que fora desperdiçadas.

O grande erro do Vitória foi não matar o jogo, o lance desperdiçado por Vinicius quando chutou fraco mas poderia ter passado para Dinei livre na marca do pênalti, e novamente com Vinicius aos 40 do 1º Tempo quando ele recebeu em profundidade e chegou a tirar o goleiro Victor do lance, mas chutou para fora.

No segundo tempo Escudero saiu para entrada de Adriano e por incrível que pareça o time manteve a pegada, o alvinegro tentava ao abafa, mas era impedido pela defesa bem postada, quando conseguia a infiltração, Gatito estava lá para defender, o rubro negro jogava por uma bola e as chances apareciam, porém Marcinho por duas vezes ficou esperando não sei o que, ao invés de bater no gol,no final o golpe de misericórdia, o lance mais batido, mais tentado pelos atleticanos deu certo, jogada vertical e Tardelli recebeu na  cara de JR Fernandez fazendo 1×0, pouco tempo depois a zaga dormirá e Guilherme ampliou e sepultou a partida.

JR: FERNANDEZ: Boas saídas do gols, faz suas defesas, passa tranquilidade, mas a fase do time não ajuda.

NINO: Desafoga, busca o jogo, ´um valente em campo, mas não adianta chegar, lançar, lançar e lançar se Dinei é o homem invisível

KADU e ROGER: Seguros, travaram duelos com Tardelli , Guilherme e André e tiveram êxito na maioria dos lances.

JUAN: Foi bem melhor do que nas ultimas partidas, marcou e tentou a saída com Vinicius, mas ainda pode render mais.

LUIZ GUSTAVO: Um valente como cabeça de área, marca muito forte, depois continuou bem como zagueiro.

CÁCERES: Limitou-se a marcar, apareceu pouco no apoio, mas cumpriu bem a posição de segundo volante,

ESCUDERO: Jogando mais recuado e centralizado, deu o equilíbrio ao meio, mas ficou distante para criar jogadas, gosto mais dele aberto na esquerda.

MARCINHO: Camisa 10 que se preza não pode receber aquela bolas e ficar sem saber o que fazer, nem chuta, nem avança, nem passa, ainda errou o passe no gol de Tardelli.

VINICIUS: Tem velocidade, dribla bem, cria opção, mas precisa finalizar melhor e também passar a bola nos lances que tem alguém melhor colocado, foi responsável pelo zero no lado rubro negro.

DINEI: O homem invisível, uma camisa 09 daquele tamanho que não sobe, não aparece com tantos lances de bola lançada na área.

ADRIANO: Até que hoje foi bem, ajustou a marcação, porém sua saída de bola é sofrível.

EDNO: Péssimo, pesado, sem ritmo não deu continuidade em nenhum lance.

WILLIAN HENRIQUE: Entrou mal, não conseguiu puxar os contra ataques.

NEY FRANCO: Escalou o que tem de melhor, e para mim errou na mudança de Kadu e Edno, não que isso tenha sido definitivo para derrota, mas o zagueiro estava bem e o meia foi péssimo.

FICHA TÉCNICA

Atlético-MG X Vitória
Campeonato Brasileiro – 25ª rodada
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 28 de setembro de 2014, domingo
Horário: 16h
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (CBF-SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Rogério Pablos Zanardo (ASP-Fifa-SP) .
Cartões amarelo: Kadu  e Juan (Vitória); Guilherme e Diego Tardelli (Atlético-MG).
Gols: Diego Tardelli  e Dodo (Atlético-MG)
Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Léo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Josué, Leandro Donizete, Guilherme e Diego Tardelli; Carlos e André (Dodô). Técnico: Levir Culpi.
Vitória: Júnior Fernández; Nino Paraíba, Roger Carvalho, Kadu (Edno) e Juan; Luiz Gustavo, Cáceres, Escudero (Adriano) e Marcinho; Vinicius (William Henrique) e Dinei.Técnico: Ney Franco.
OS 4 JOGOS DO BRASILEIRO
Com 3 jogos em casa contra: Botafogo, Goiás e Cruzeiro e 1 fora contra o Sport, o Vitória jogará a sua vida no campeonato brasileiro, a meta tem que ser 12 pontos, a diretoria tem que tomar vergonha na cara e colocar os ingressos a R$ 10 e fazer do Barradão um caldeirão nesse momento complicado.

 

[ATLÉTICO-MG X VITÓRIA] Duelo de opostos, manter o G-4 ou sair do Z-4!


ATLÉTICO-MG X VITÓRIA

Leão e Galo duelam no estadio da independência nesse domigo (28) às 16:00 horas com objetivos extremamente opostos, o alvinegro sonha em vencer para se consolidar no G-4, porém o Vitória não quer nem pensar em permanecer no Z-4 e por isso o rubro negro almeja surpreender fora de casa.

O treinador Ney Franco tem o retorno do seu principal jogador, Escudero esta recuperado de contusão e reassume a camisa 11, porém o capitão Richarlyson ficará de fora cumprindo suspensão. Para Levir Culpi a duvida esta em Dátalo, o meia sentiu e foi substituído no ultimo jogo, caso não dê pra ele André deverá ser o substituto.

O Vitória precisará reajustar a marcação e a defesa se quiser sair vencedor do duelo, o Galo tem levado sufoco na parte defensiva, mas seu ataque costuma ser fulminante, o rubro negro terá que jogar como nos segundos tempos de Fluminense e Bahia, uma pegada forte e buscando o contra ataque com Nino pela direita e buscar o arremate com Dinei e Vinicius, os chutes de fora com Escudero, Marcinho e Cáceres também são uma boa arma.

Kadu e Roger Carvalho estão cientes de que deverão estar atentos para conseguirem parar o artilheiro do Atlético-MG e da seleção brasileira Diego Tardelli,com faro de gol e talento não é permitido dar espaços, a marcação tem que ser intensa e não pode dar tantas oportunidades de bola parada como foi no ultimo jogo com o Palmeiras.

ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson, Douglas Santos, Josué, Leandro Donizete, Dátolo(André), Guilherme, Diego Tardelli, Carlos. Técnico Levir Culpi

VITÓRIA: Jr Fernandez, Nino Paraiba, Roger Carvalho, Kadu, Juan, Luiz Gustavo, Cáceres, Escudero, Marcinho, Vinicius, Dinei. Técnico Ney Franco