[VITÓRIA 1X1 CEARÁ] Fragilidades ficaram expostas


VITÓRIA x CEARÁ

Na tarde de hoje o rubro negro não conseguiu vencer o Ceará e viu a classificação para as semifinais da Copa do Nordeste ficarem complicadas.

O grande detalhe é que o time alvinegro conseguiu praticamente anular as principais jogadas do Vitória e ainda levou muito perigo ao gol de Wilson. Parece que as constantes mudanças no time e com isso a alteração do esquema tático, fez com que o time de Ney Franco ainda não tenha um padrão definido de jogo e isso ficou muito exposto hoje em Pituaçu.

Para classificar, o Vitória precisa agora vencer o Ceará ou empatar com placar igual ou superior ao 2×2, 1×1 e 0x0 classificam o Vovó, para acabar de piorar Damian Escudero saiu sentindo dores no joelho e a situação complica, os exames médicos serão realizados nesta segunda feira e oremos para que não seja problemas de ligamento, já basta ter perdido Willie.

FICHA TÉCNICA

Vitória1 X1 Ceará
Copa do Nordeste
Local: Pituaçu, Salvador
Data:16/02/2014
Horário: 16h
Árbitro: Renan Roberto de Souza (PB)
Auxiliares: José Maria de Lucena Netto (PB) e Oberto da Silva Santos (PB)
Cartões amarelos: Bill e Samuel Xavier (Ceará).
Gols: Magno Alves (Ceará) e Dinei (Vitória).
Vitória: Wilson, Ayrton, Matheus Salustiano, Rodrigo Defendi e Juan (Adaílton); Luiz Gustavo (Euller), Cáceres, José Wellison (William Henrique) e Escudero; Marquinhos e Dinei .Técnico: Ney Franco
Ceará: Luís Carlos, Samuel Xavier, Sandro, Anderson e Hélder Santos; João Marcos, Leandro Brasília (Amaral), Ricardinho e Souza; Magno Alves e Bill (Tadeu).  Técnico: Sérgio Soares.
Anúncios

[Vitória x Confiança] Leão quer vencer e antecipar a classificação


VITÓRIA X CONFIANÇA

O Leão volta a campo no Pituaçu buscando a classificação para segunda fase do nordestão e enfrenta novamente o Confiança, clube que venceu por 2×0 lá em Sergipe com os meninos da base, mas desta vez o time de Ney Franco vai praticamente com força máxima, a única ausência é de Marquinhos que foi vetado pelo Departamento Médico, porém o time conta com o retorno de Telmário, sim ele mesmo, o homem do gol 1000.

 

Ney Franco começa a ter condições de montar um time tão competitivo com o do brasileiro, as chegadas dos zagueiros a recuperação de Dinei e a boa notícia do retorno aos treinos de André Lima, somado com o bom desempenho dos garotos da base, deixam o treinador e o torcedor animado e por isso esperamos ver um rubro negro ainda mais forte no jogo de logo mais.

 

Ney ainda tem algumas duvidas na montagem do time a principal é se ele vai num esquema com três atacantes com Willie, Alan Pinheiro e Dinei ou se tira Pinheiro para entrada de um meia que pode ser Arthur Maia, Euller ou Mauri

 

 

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA X CONFIANÇA-SE

Copa do Nordeste  – 5ª rodada

Local: Pituaçu, em Salvador

Horário: 16h

Data: 01/02/2014

Árbitro: Gleydson Ferreira Leite (PE)

Auxiliares: Ricardo Bezerra Chianca (PE) e Elan Vieira de Souza (PE)

 

Confiança-SE: Beto; Valdo, Bira, Vinicius, Wallace; Pedrinho, Josivan, Raulino, Everton; Kível e Bibi. Técnico – Givanildo Sales.
Vitória:  Wilson; Ayrton, Dão (Rodrigo Defendi), Matheus Salustiano e Juan; José Wellison (Mauri), Cáceres e Escudero; Willie, Alan Pinheiro e Dinei. Técnico – Ney Franco

 

PS: Galera estou com pouco tempo para produzir textos mais elaborados esses dias, muito trabalho já com os preparativos para o Carnaval e Copa do Mundo, como os mais antigos do blog sabem, sou guarda municipal e essa  tem sido uma época de intenso treinamento e especialização, estou produzindo um texto sobre a possibilidade da Arena Barradão com a TWA e muito mais. Abraços e SRN

[Atlético-MG X Vitória] Para que o sonho vire realidade!


ATLÉTICO-MG X VITÓRIA

O Leão faz o jogo da sua vida contra o galo, vislumbrando a classificação para Libertadores 2014, eu já digo que esse é o jogo antecipado da competição continental, porém para isso o rubro negro precisa vencer e torcer para que a rodada 38, seja tão boa quanto a 37.

De qualquer maneira o Vitória fez um grande campeonato, honrando a sua torcida e nos fazendo brigar na parte de cima da competição, sobretudo no segundo turno sob o comando de Ney Franco, o treinador chegou e disse que queria ver o Leão brigando pelo título simbólico de campeão do segundo turno e chegamos na ultima rodada realmente vislumbrando isso, com os mesmos 35 pontos do Cruzeiro e perdendo apenas no saldo de gols.

Para conseguir chegar a Libertadores o Vitória precisa vencer e torcer para que Goiás e Botafogo não vençam as suas partidas, em caso de derrotas destes adversários o Leão precisa apenas de um empate para carimbar a quarta colocação, o time pode brigar ainda com o Atlético-PR para isso o Leão precisa vencer e o time de Mancicni perder, mas o Leão precisa ainda tirar uma diferença de 6 gols de saldo.

O MOMENTO É IMPORTANTE

Dos quatro que concorre a vaga o Leão é quem vive o melhor momento, o Botafogo em crise venceu apenas um dos últimos 5 jogos e vem de uma derrota, já o Goiás teve duas derrotas consecutivas e com isso esta bastante ameaçado e seu principal jogador Walter não deverá estar 100% contra o Santos, o Atlético sofreu três derrotas nos últimos 5 jogos, isso sem contar a Copa do Brasil quando perdeu para o Flamengo, o time anda pressionado  e enfrentará o Vasco no sufoco para se salvar da degola.

Ao contrario dos adversários o Vitória venceu 3 dos últimos 5 jogos, tendo perdido apenas para o Cruzeiro, o time esta confiante e buscará o resultado para a classificação.

OPINIÃO LMP: Confiou na classificação, estou dizendo isso a muito tempo e agora é a hora da concretização, independente do resultado, postarei um texto bastante ilustrativo da nossa ótima campanha no brasileiro.

[VITÓRIA 4X2 FLAMENGO] Fotos e Videos do Leão na briga pela Libertadores!


vitória x flamengo
Quando a bola rolou para a despedida do Leão do Barradão no ano de 2013, ficou evidente a obrigação de vencer e alimentar as chances de ir a libertadores e também de se despedir do presidente Alexi Portela em grande estilo. E o rubro negro não decepcionou, um grande jogo e um atropelo no Flamengo.
Agora o Leão continua firme e tem que torcer para uma rodada semelhante a esta para cravarmos o nosso nome na libertadores 2014.
FOTOS: ESPORTE NA REDE/ GABRIELA SIMÕES
FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 4 X  2 FLAMENGO
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 1º de dezembro de 2013, domingo
Hora: 16 horas (horário de Salvador)
Árbitro: Paulo Cesar de Oliveira (SP)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Rogerio Pablos Zanardo (SP)
Gols: Dinei (2), Maxi Biancucchi e Marquinhos (Vitória); Wallace e Hernane (Flamengo)
VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Cáceres, Renato Cajá (Danilo Tarracha) e Escudero (Wiilliam Henrique) ; Marquinhos, Dinei e Maxi Biancucchi (Luiz Gustavo).
Técnico: Ney Franco
FLAMENGO: Paulo Victor, Digão, Wallace, Samir, João Paulo; Amaral, Luis Antônio, Adryan, Gabriel (Nixon); Bruninho (Rafinha) e Hernane
Técnico: Jayme de Almeida

[CRICIÚMA 1X1 VITÓRIA] A espera de um Milagre


CRICIÚMA X VITÓRIA

O Vitória não conseguiu o tão esperado triunfo e agora vive missão quase impossível para chegar a libertadores 2014, o time vai ter que torcer por uma combinação agressiva de resultados e vencer os dois últimos jogos que lhe restam.

O time começou muito mal mas sofreu o gol após um erro grosseiro de Sêneme mais uma vez contra o rubro negro neste brasileiro, Lins vai de pé alto em cima de Victor Ramos e ele dá lance para o tigre que teve penalidade com o seguimento do lance e abriu o placar. Depois do gol o rubro negro melhorou, mas foi no segundo tempo que o time criou oportunidades.

Ney mudou, tirou Willian Henrique e Michel e colocou Maxi Biancucchi e Danilo Tarracha e com isso o time cresceu e foi para cima, Juan quase marca um golaço que Gallato mandou para escanteio, Marquinhos cobrou e Telmário, Dinei marcou o milésimo gol do Leão em brasileiros.

dinei gol 1000 do Vitória

Logo após o empate o jogo ficou aberto, chances para as duas equipes o Leão partia para cima e o tigre buscava o contra ataque, Wilson fez três grandes defesas e  ataque leonino esbarrava na péssima noite de Marquinhos e aí o arbitro tratou de prejudicar novamente o Vitória, Escudero foi derrubado na área e ele não marcou, instantes depois quando a bola foi na mão de Kadu ele também não marcou, Sueliton agrediu Maxi e nada de cartão vermelho.

No final do jogo Ayrton teve a chance, um contra ataque bem bolado, um passe açucarado e era apenas empurrar para rede e ele infelizmente jogou por cima, uma pena. 1×1 no placar e estamos agora na espera de um milagre.

FICHA TÉCNICA 

CRICIÚMA X VITÓRIA
Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)
Data: 23 de novembro de 2013, sábado
Horário: 18h30 (de Salvador)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme – Fifa (SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto e Bruno Salgado Rizo (ambos de SP)
Gols: Wellington Paulista (Criciúma)  | Dinei (Vitória)
CRICIÚMA: Galatto; Sueliton, Ewerton Páscoa, Fábio Ferreira e Marlon; Henik, Serginho, Elton e Morais; Lins e Wellington Paulista
Treinador: Argel Fucks
VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Michel, Cáceres e Escudero; William Henrique, Marquinhos e Dinei
Treinador: Ney Franco
Wilson: Milagre, Milagre, Milagre… Pegou muito 10,0
Ayrton: Teve a chance da consagração nos pés e desperdiçou, não pode não pode, não… 6.0
Victor Ramos: Um primeiro tempo para esquecer, cresceu no segundo. 5.0
Kadu: Menos pior rsrsrsr do que Victor no primeiro e no segundo acompanhou. 6.0
Juan: Não esteve num bom dia, foi melhor no meio de campo, mas sem as grandes atuações de sempre. 6.0
Michel: Volta pro mar oferenda. 0.0
Cáceres: Razoável no primeiro e um monstro como 1º volante no segundo. 7.0
Willian Henrique: Errou tudo e mais um pouco, só serve de segunda. 0.0
Escudero: Muito marcado no inicio e depois cresceu com o restante do time. 6.0
Marquinhos: Horroroso, só acertou o escanteio do gol, mais um que poderia não ter retornado para o segundo tempo. 3.0
Dinei: Gol 1000 Telmário>>>>>>> Pelé+ Romário!
Maxi Biancucchi: Não conseguiu ser efetivo, ainda falta ritmo. 5.0
Danilo Tarracha: Segurou a onda, e foi importante para o crescimento do time. 6.5
Alemão: Não conseguiu ser efetivo, muito tempo sem atuar, mas ajudou a povoar o ataque e levar o time ao empate. 5.0
Ney Franco: Escalou o que tinha de melhor, e mudou acertadamente  no segundo tempo, é um grande treinador, tem o meu respeito. 7.5

[VITÓRIA 2X0 SANTOS] Ser Vitória é não jogar a toalha jamais!


VITÓRIA X SANTOS

O Vitória voltou a vencer e mantém viva as chances de ingressar na Libertadores 2014, para isso é preciso vencer as próximas partidas e acreditar no tropeço dos adversários.

O time jogou muito bem, anulou a equipe santista, e não desperdiçou as oportunidades como foi contra o Cruzeiro.

Gostei muito da partida, anular o adversario, marcar em cima e fazer uma jogada de pé em pé como foi a do primeiro gol, não é para qualquer um, e o domínio de Escumito 11 tirando o defensor mostra isso, ótima jogada e gol de Dinei, aos troncos e barrancos é 13º dele.

Depois do gol o jogo ficou morno e só reaqueceu no segundo tempo quando o Vitória veio para cima buscar a definição, até que Juan acertou um ótimo lançamento e Maxi Biancucchi com o domínio deixou dois para trás e soltou uma bomba que bateu no travessão e foi morrer na rede, golaço e Leão garantindo os 3 pontos.

A briga, o sonho a luta continua, vamos que vamos Leão.

 

WILSON – GOLEIRO
Pegou tudo e mais um pouco, o que foi aquela defesa no minuto final? Importantíssimo
Nota:8,0

AYRTON – LATERAL-DIREITO
Foi para cima, buscou as jogadas com Marquinhos e Cáceres, é um lateral com muitos recursos, me agradou muito sua partida.
Nota:7,0

VICTOR RAMOS – ZAGUEIRO
Conseguiu parar os ataques santista, recuperou definitivamente o bom futebol, Kadu é um grande parceiro.
Nota:7,0

KADU – ZAGUEIRO
Falta qualidade técnica, mas sobra vontade, as vezes é estabanado, mas dá sangue e isso agrada muito em todas as suas partidas, casou bem com VR3.
Nota:7,0

JUAN – LATERAL-ESQUERDO
Mais uma assistência na conta e demonstração do porque assumiu de fato a camisa 06 do Leão, tem muita qualidade, Renova Queiroz.
Nota:7,0

MARCELO – VOLANTE
Machucou-se ainda no inicio.
Sem Nota

MICHEL – VOLANTE
Entrou no lugar de Marcelo e conseguiu fazer uma boa partida, ajudou a anlar Cicero e Montillo.
Nota:7,0

LUÍS CÁCERES – VOLANTE
É um dos caras que simboliza essa boa campanha que tem tudo para se tornar ótima, marca com eficiência, anulou os meias do Santos e ainda apoia com qualidade.
Nota:7,5

ESCUDERO – MEIA
JOGA MUITO, Que assistência linda, que corte no zagueiro com o domínio da bola, que marcação implacável, o pulmão e o coração desse time. .
Nota:8,0

MARQUINHOS – ATACANTE
Oscilou entre bons e maus momentos, importante no lance do primeiro gol quando achou Escudero numa bela inversão, saiu machucado.
Nota:6,0

DANILO TARRACHA – LATERAL-ESQUERDO
Não trabalhou muito já que o Santos não atacava, por isso segurou a onda na defesa com o placar encaminhado.
Nota:6,0

WILLIAM HENRIQUE – ATACANTE
Jogou bem, foi para cima e entortou, mas precisa ser mais objetivo e tocar em alguns lances.
Nota:6,5

DINEI – ATACANTE
Um belo gol e muita disposição, tem que ser assim, ser desperdiçar as chances.
Nota:7,5

MAXI BIANCUCCHI – ATACANTE
ÔOOOOO O BIANCUCCHI VOLTOU, Golaço! Que pintura! Dominio tirando dois e um foguete lindo na rede!
Nota:8,0

NEY FRANCO – TREINADOR

Sacou Renato Cajá e colocou o  Talismã Pica Pau, o time começou elétrico, foi pra cima dominou e apesar das contusões continuou com o domínio da partida, colocou Maxi e ele brocou um lindo gol, é um grande treinador, entende muito do ludopédio.

Nota: 9.0

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 2 X 0 SANTOS
Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 17 de novembro de 2013, domingo
Horário: 16 horas (horário da Bahia)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-PE)
Assistentes: Elan Vieira de Souza e Albino Andrade Albert Júnior (ambos do PE)
Gols: Dinei e Maxi Biancuchi (Vitória).
Público: 15.400
Cartões amarelos: Bruno Peres, Alison e Emerson (Santos)
VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Kadú, Victor Ramos e Juan; Marcelo (Michel), Cáceres e Escudero; William Henrique (Maxi Biancucchi), Marquinhos (Danilo Tarracha) e Dinei
Técnico: Ney Franco
SANTOS: Aranha; Bruno Peres (Cicinho), Edu Dracena, Gustavo Henrique e Emerson; Alison (Willian José), Arouca, Cícero e Montillo; Thiago Ribeiro e Geuvânio (Gabriel)
Técnico: Claudinei Oliveira

[PONTE PRETA 0X3 VITÓRIA] O Leão quer rugir nas Américas!


ponte-preta-0x3-vitc3b3ria

Poucas palavras, não há muito o que dizer… VAMOS QUE VAMOS LIBERTADORES!

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 0 X 3 VITÓRIA
Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 10 de novembro de 2013 (domingo)
Horário: 16 horas (horário da Bahia)
Árbitro: Leandro Vuaden (RS)
Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
Gols: Renato Cajá, Ayrton e Dinei.

Cartões amarelos: Baraka (Ponte Preta); Marcelo (Vitória)
PONTE PRETA:Roberto; Régis, César, Diego Sacomam e Uendel; Baraka, Fellipe Bastos, Chiquinho (Elias) e Adrianinho; Rildo (Fernando Bob) e William (Rafael Ratão) Técnico: Jorginho
VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Danilo Tarracha; Marcelo (William Henrique), Cáceres, Renato Cajá (Michel) e Escudero; Marquinhos e Dinei (Maxi Biancucchi). Técnico: Ney Franco

[VITÓRIA 2X1 CORITIBA]


VITÓRIA X CORITIBA

O Leão voltou a vencer no campeonato brasileiro da primeira divisão e chega a quinta colocação com 40 pontos e de olho fito no G-4.

O Vitória começou de maneira arrasadora pressionando o Coritiba e não dando espaços para o adversario sair por jogo. Até que numa bola rebatida Juan mandou pra área e Marquinhos saiu de frente e bateu firme para abrir o placar, Vitória 1×0 Coritiba. Logo após o gol o rubro negro teve duas chances de ampliar e não fez, daí em diante o Coxa cresceu e chegou a sufocar, e quando todos esperavam o fim do primeiro tempo, eis que Michel dá um presente para o Robinho que lançou nas costas de Luiz Gustavo e Geraldo marcou um verdadeiro golaço, 1×1 e fim de papo.

dinei_vitoria_ae.jpg_95

No segundo tempo Ney resolveu manter o mesmo time e esperávamos a mesma postura do começo do primeiro tempo, porém foi o alviverde comandado por Chamusca que criou as oportunidades e esbarrou em Wilson e na falta de pontaria dos seus atacantes.

Sem conseguir criar, Ney Franco chamou Willian Henrique e tirou o Renato Cajá, logo depois colocou Euller na lateral esquerda em lugar de Luiz Gustavo e chamou Juan para o meio de campo, e deu certo, Euller, Juan e Willian Henrique foram responsáveis por incendiar o jogo e o Vitória chegou ao gol justamente com jogadas destes atletas.

Ayrton  lançou Juan que mandou para Willian Henrique fazer, mas ele conseguiu chutar em cima do goleiro, mas a bola sobrou para Dinei completar e chegar ao seu nono gol e se tornar o novo artilheiro do Vitória.

O Leão cresceu e Juan passou a comandar o jogo, seguido pelo garoto Euller as jogadas começaram a acontecer e o rubro negro teve pelo menos 3 oportunidades de selar o placar, mas Marquinhos e Willian Henrique duas vezes desperdiçaram, mas o importante é que o Vitória venceu e chegou a quinta colocação.

IMAGEM_NOTICIA_3

FICHA TÉCNICA

Série A

Vitória x Coritiba

Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA)

Data: 12 de outubro de 2013

Hora: 18h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho(CE)

Assistentes: Clóvis Amaral da Silva(PE)  e Carlos Jorge Titara da Rocha (AL)

Gols: Marquinhos e Dinei (Vitória) / Geraldo (Coritiba)

 

Vitória: Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Michel, Luiz Gustavo (Euller), Cáceres e Renato Cajá (William Henrique); Marquinhos e Dinei. Técnico: Ney Franco.

 

Coritiba: Vanderlei; Victor Ferraz, Leandro Almeida, Chico e Diogo; Júnior Urso, Gil, Germano (Lincoln) e Robinho (Botinelli); Geraldo e Julio César (Bill). Técnico: Péricles Chamusca.

Wilson; Muito seguro, boas saídas do gol, foi muito importante para o resultado. 8.0

 

Ayrton: Mostrou como fez falta no BAVI, muito seguro, bom nas bolas paradas, segura a onda na posição, importantíssimo. 7.5

 

Victor Ramos: Quase entrega pela displicência, mas fez uma boa partida, precisa ficar atento. 7.0

 

Kadu: Jogou pra pirão, é um cara de muita seriedade, errou quando tentou sair jogando, mas no mais muito eficiente. 7.0

 

Juan: O nome do jogo, apagado na lateral, onde só segurou o jogo, cresceu quando foi para o meio e criou pelo menos 3 chances claríssimas de gol, numa delas saiu o do triunfo. 8.0

 

Michel: Não entendo sua titularidade, novamente entregou e quase complica o jogo, tem que sair desse time e ir para o banco. 4.0

Luiz Gustavo: Não fez uma boa partida, tomou nas costas no primeiro e toda saída de bola adiantava e perdia. 5.0

Cáceres: Brigador, foi o cara da luta no meio com Luiz Gustavo e Michel jogando mal, joga pro time. 7.0

Renato Cajá: Mais uma partida muito abaixo, e imprensa e torcida continuam o suportando, quando é Arthur Maia em 15 minutos, precisa jogar mais do que Zidane em final da copa de 98, não entendo. 3.0

Marquinhos: Um belo gol, e depois 3 chances claras que não se pode desperdiçar, vai ser poupado por que foi um cara participativo, que buscou o jogo e não se omitiu. 7.0

Dinei: Gol de camisa 09, como esperamos dele, tem que ser assim, na raça na vontade, na sobra, na canela, o importante é bola na rede. 8.0

Willian Henrique: Entrou elétrico, dando velocidade, e opção, mas perdeu dois gols incríveis, graças a Deus não fez falta, mas não pode perder. 6.0

Euller: Não sente a pressão, o garoto entra e joga com personalidade, apoiou, encostou e foi importante. 7.5

Pedro Oldoni: Entrou faltando  minuto para gastar o tempo.

Ney Franco: Triunfo na suas mudanças, apostou e deu certo, esta de parabéns, mas 3 pontos na conta. 8.0

[ATLÉTICO-PR 3X5 VITÓRIA] O Leão firme na briga pelo G-5


ATLÉTICO-PR 3X5 VITÓRIA

O vitória foi pra cima do Atlético-PR e chega para brigar por uma vaga no G-5 como expliquei no texto anterior.

O time de Ney Franco surpreendeu Mancini e fez uma primeira etapa fantástica, digna de nota, perfeita. O leão abafou o furacão e chegou ao gol numa jogada no mínimo estranha, Renato Cajá brigou com o zagueiro a bola bateu nele, o goleiro defendeu e abola sobrou para  camisa 10 fazer o gol e fazer as pazes com o torcedor, embora ainda esteja devendo um melhor futebol.

Quando alguns esperavam a reação atleticana, eis que Ayrton resolveu acertar aquilo que credenciou sua contratação, ele cobrou forte a falta que bateu na barreira e foi no canto do goleiro Weverton, Vitória 2×0 e Mancini desesperado.  No final do primeiro tempo ainda deu para marcar o terceiro, em contra ataque rápido, Dinei acertou um chutaço e marcou um lindo gol.

No segundo tempo eu confesso que temi quando vi Marquinhos perder aquele gol feito aos 45 segundos do segundo tempo, era para fazer aquele gol e acabar com  jogo, depois disso era natural que o time dono da casa viesse para cima e apertasse o Leão.

O maior problema é que a defesa que foi brilhante no primeiro, parece que dormiu, o time se acomodou e tomou uma pressão incrível, o baixinho Ederson fez um gol de cabeça no meio da defesa, logo depois em cobrança de escanteio a bola ficou quente e não se pode dar tanto espaço ao artilheiro Ederson que bateu contou com o desvio e fez o segundo dele e do Atlético.

O que parecia preocupante, ficou ainda mais, após cobrança de escanteio Roger, aquele mesmo crucificado pela torcida subiu sozinho no segundo poste em cobrança de escanteio e marcou o gol de empate. Daí para frente a pressão do furacão continuo forte, mas com o Vitória é assim, tem que ter emoção, e não se pode jogar a toalha jamais. O treinador Ney Franco fez a leitura perfeita do jogo e Willian Henrique resolveu decidir a partida, um belo gol e depois uma assistência primorosa, e com isso o Leão vai pra briga da libertadores.

 atl-pr-x-vit-ba

Wilson: Hoje não conseguiu fazer as defesas milagrosas, mas não teve culpa nos gols.6.0

Ayrton: Jogou muito, dois golaços, eu tinha dito, Adeus Nino. 8.0

Victor Ramos: Fez um primeiro tempo primoroso no segundo, parece que estava dormindo, todos os lançamentos não conseguia subir. 4.5

Kadu: Excelente primeiro tempo, vacilou no gol quando não subiu o suficiente com Ederson, mas continua batalhando, mostrando garra. 6.0

Juan: Tem muita qualidade, tem mostrado vontade, gosto muito do seu futebol. 6.5

Luiz Gustavo: Justificou sua escalação, uma bela partida, muito seguro fazendo a proteção da defesa, a primeira impressão foi boa. 7.5

Elizeu: Jogou bem hoje, embora tenha oscilado no segundo tempo, fez o seu e foi importante. 6.5

Renato Cajá: Desencantou, um gol na raça, na vontade, hoje foi um pouco melhor, mas ainda pode render mais, ainda mais como armador.6.5

Escudero: Joga para o time, o cara marca, desarma, vai para cima, muito importante, olha o rendimento do time com ele! 7.5

Marquinhos: Foi mal, não conseguiu repetir as ultimas atuações, e perdeu o gol que faria toda a diferença no jogo, graças a Deus não fez falta. 4.0

Dinei: Fez um golaço como esperamos dele e ainda lutou, deu grande passe, foi importantíssimo, jogou muita bola. 9.0

Alemão: Entrou muito mal, não conseguiu repetir sua ultimas atuações. 5.0

Willian Henrique: Jogou muito, partiu para cima e fez um belo gol e deu uma assistência digna de camisa 10. 10.0

Marcelo: O jovem da base entrou para segurar no finzinho e segurou, mas foi pouco tempo para avaliar.

Ney Franco: Que isso amigo? Quando eu disse que Caio Junior tinha que sair alguns estavam me batendo, agora respondam se eu não estava correto?, Treinador de coragem, no melhor momento do adversario colocou dois atacantes e conseguimos o triunfo. 8.5

 

  FICHA TÉCNICA
Série A
Atlético-PR 3 x 5 Vitória
Local:
Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).
Data: 29/09/2013
Árbitro: Paulo Henrique de Godoy Bezerra (SC)
Auxiliares: Márcio Eustáquio Santiago (Fifa/MG) e Nadine Schram Bastos (Asp. Fifa/SC)
Cartões amarelos: Manoel, Marcelo, Roger (Atlético-PR) / Victor Ramos, Elizeu (Vitória)
Gols: Éderson (2x), Roger (Atlético-PR) / Renato Cajá, Ayrton (2x), Dinei e William Henrique(Vitória)

Atlético-PR: Weverton; Jonas (Roger), Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho (Zezinho); Deivid, João Paulo, Everton (Dellatorre) e Paulo Baier; Marcelo e Ederson. Técnico: Vagner Mancini.

Vitória: Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Elizeu, Luiz Gustavo (William Henrique), Escudero (Marcelo) e Renato Cajá (Alemão); Dinei e Marquinhos. Técnico: Ney Franco.

Vitória 2×1 Náutico O leão volta a rugir no brasileirão e sobe na classificação


VITÓRIA X NÁUTICO

 

Quando a bola rolou na toca do Leão a expectativa era de jogo fácil, mas o que se viu foi bem diferente, o Timbu veio disposto a dificultar a vida do Vitória e assustou com uma cabeçada na trave e logo depois abriu o placar com Hugo, depois de jogada de Tiago Real que viu a passagem do atleta por trás de Ayrton e Victor Ramos sai estabanado para tentar deixar o atacante impedido, resultado gol do alvirrubro.

 Com o placar desfavorável o que se esperava era que o time se perdesse, mas foi o contrario, o Leão veio para cima e após jogada trabalhada por Marquinhos e Ayrton, o lateral lançou precisamente e Dinei(MEU DEUSSSSSSSSSSSSSSSSSSS Ele fez gol), empatou com uma bela cabeçada, 1×1 e jogo aberto no Barradão. Logo após o rubro negro teve um contra ataque relâmpago puxado por Maxi Biancucchi, porém ele esticou demais a bola para Marquinhos que recuperou a redonda e chutou com estilo a bola caprichosamente tocou a trave.

 xIMAGEM_VITORIA_5.jpg.pagespeed.ic.IMiV6dhXGj

Depois o ritmo diminuiu e os times aguardaram o segundo tempo para definir. Logo no inicio Kadu vacilou e Hugo quase marca, Wilson fez grande defesa com 10 segundos de jogo, mas a partir daí o Vitória cresceu e foi em busca do triunfo.

 Antes de conseguir o gol o Vitória perdeu Maxi e Cáceres contundidos, Vander e Neto Coruja entraram, e foi numa jogadaça de Coruja que o Leão chegou ao gol, contra ataque rápido, Neto Coruja toca precisamente de calcanhar para Juan que dentro da área visualiza bem e lança, Dinei de letra marca o segundo e sela o triunfo do Vitória.


FICHA TÉCNICA

Série A

Vitória x Náutico

Local: Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador (BA).

Data: 15 de setembro de 2013 (domingo)

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Assistentes: Altemir Hausmann (RS e Frederico Soares Vilarinho (MG)

Gols: 2 Dinei / Hugo

 

Vitória: Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Michel, Cáceres (Neto Coruja) e Renato Cajá; Marquinhos, Maxi Biancucchi (Vander) e Dinei. Técnico: Ney Franco.

 

Náutico: Ricardo Berna; Derley, Jean Rolt, Willian Alves e Bruno Collaço; Elicarlos, Helder (Morales), Martinez e Tiago Real (Peña); Jones (Belusso) Carioca e Hugo. Técnico: Levi Gomes.

Wilson: Muito seguro, 3 belas defesas, é um bom goleiro 7.0

Ayrton: Foi ao ataque hoje e conseguiu uma bela assistência, esta se encaixando, vacilou junto com os outros no gol do timbu 6,5

Victor Ramos: Quer marcar por telepatia, novamente dormiu e precisa muito ir para o banco. 5.0

Kadu: Muita vontade e entrega, jogou muito bem, quase entrega, mas Wilson salvou a dele. 6,5

Juan: Uma bela assistência, esta aos poucos indo ao ataque, gostei. 7.0

Michel: Voltou a fazer faltas, a ser combativo, embora ainda desse muito espaço ao Tiago Real. 6.0

Cáceres: Não foi brilhante como nas ultimas partidas, mas deu gás, tem que jogar como terceiro homem. 5.0

Renato Cajá: Vá  para o banco pelo amor de Deus. 3.0

Marquinhos: Novamente jogou muito bem, recuperou seu bom futebol, a moral que Ney dá para ele esta fazendo bem. 7.5

Maxi Biancucchi: Elétrico, alternou bem com Marquinhos, precisa de um meio que o sirva com qualidade. 6.0

Dinei: ALELUIA, dois golaços, hoje foi camisa 9, tem que ser assim, jogou muito, jogou tudo. 10.0

Vander: Não conseguiu ir bem, eu entraria com Leílson. 4.0

Neto Coruja: Joga fácil, mas é de vidro, que banana, machucou novamente, belo passe, foi o cara da virada. 8.0

Luiz Alberto: Entrou para segurar a onda, no fim do jogo.

Ney Franco: Tem dado uma nova vida ao time, dois gols por jogadas com os laterais, isso já não acontecia fazia é tempo, recuperou o futebol de alguns jogadores e venceu a sua primeira no Leão. 9.0

PS: Escudero será julgado amanhã- Inocentado

PS2:  2 gols com jogadas de laterais, 13 finalizações, Dinei que não marcava desde do dia 17, isso vai mostrando uma evolução do Vitória, ainda precisa corrigir a defesa e achar um 10.

PS3: