[Joinville x Vitória] O jogo que deveria ser mas não é!


Com o time Catarinense já sem chances de acesso e com o melhor do norte/nordeste com chances remotas de título, a partida entre Joinville e Vitória ficar marcado como: O jogo que deveria ser, mas não é, deveria ser o jogo da luta pelo acesso, contra a luta pelo título, um jogo de casa cheia com todos os requintes de final de copa do mundo, com torcedores baianos lotando ônibus e a região da arquibancada que a si foi destinada, enquanto a torcida da casa fazia uma festa ensurdecedora e tentava desta maneira empurrar o JEC rumo ao triunfo, mas isso ficará só na vontade.

O Joinville afirma querer terminar a competição com o maior numero de pontos possíveis, mas não descarta utilização de time misto, já o Vitória teve “o seu capitão” argh mandado de volta a Salvador as vésperas do jogo e isso demonstra bem o que é este momento para ambos, de uma classificação possível a contentamento de que fez um bom campeonato no seu retorno a segunda divisão, e do título dado como certo a ameaça de ficar sem o acesso, este é o resumo deprimente de Joinville x Vitória no certame nacional.

Os positivistas dizem que acreditam no título, e que blábláblá emoção, tudo bem, confesso que sonho com a combinação milagrosa de resultados e que saíamos com a conquista, mas deixar de lado o fato de que o Vitória se tornou a grande decepção desta competição, mesmo que carimbe o acesso e mesmo que conquiste o agora improvável título é algo preocupante, é algo que para mim é mais grave do algumas utopias propagadas por aí a fora, por tanto afirmo desde já que ficarei feliz, comemorarei com o acesso e mais ainda caso o caneco venha para a galeria do memorial, mas não deixarei de fazer as minhas pesadas criticas ao fim da competição e de acreditar que é preciso uma renovação geral no Vitória no elenco, na comissão e nas eleições 2013.

Escalação do Vitória: 1 Deola, 2 Nino, 3 Victor Ramos, 4 Gabriel e 6 Gílson; 5 Michel, 7 Fernando Bob, 8 Pedro Ken e 10 Willie; 11 William e 9 Elton Téc> PC Gusmão

SERÁ?

Anúncios

[Guaratinguetá x Vitória] Vencer para manter a briga pelo título


 

Em lados opostos da tabela o time nômade do interior de São Paulo e o Vitória duelam com objetivos diferentes, o primeiro sonha em fugir da zona de rebaixamento, já o Leão espera reassumir a liderança da competição.

 

O Vitória tem mudanças Gabriel Paulista reassume o seu lugar na zaga após cumprir suspensão e Marquinhos substituirá Willie que está suspenso, o restante do time é o mesmo que venceu o América MG por 5×3 no Barradão.

 

O treinador PC Gusmão realizou treinos durante a semana e disse estar confiante na luta pelo título, pela primeira vez o treinador assumiu existir uma possibilidade de continuar no clube após a competição, isso porque ele tem um pré-contrato assinado com um time Árabe mas deixou no mesmo a possibilidade de sair sem multa contratual, o que permitiria que ele continuasse no rubro-negro.

 

A rodada da competição começou ontem e os resultados não foram favoráveis ao Leão que esperava garantir a vaga já no jogo de hoje, mas terá que vencer e aguardar a rodada seguinte para arrematar a sua ida a série A 2013, no complemento da rodada o brioso buscará vencer e torcerá por um tropeço do Goiás para voltar ao topo da tabela.

 

 

FICHA TÉCNICA

Série B

Guaratinguetá x Vitória 

Local: Estádio Dario Leite

Data: 10/11/2012

Horário: 15h20 (horário da Bahia)

Árbitro: Anderson Daronco (RS-CBF 1)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (CBF-2) e Carlos Henrique Selbach (RS-CBF 1)

Guaratinguetá: Saulo; Leandro, Baggio, Igor e Renato Peixe; Bruno Formigoni, Ruan, Jairo e Marcinho; Alemão e Jonatas Belusso. Técnico: Carlos Octávio.

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Gilson; Uelliton, Michel, Tartá e Marquinhos; William e Elton. Técnico: PC Gusmão.

Falta de apoio e respaldo? Vocês estão de brincadeira!


Vê jogadores do Vitória reclamando de falta de apoio e respaldo do torcedor é algo que não posso admitir, 4 de 5 melhores públicos da competição, líder isolado de média de publico e ainda tenho que ouvir que os jogadores estão inseguros porque não encontram apoio, a conta outra Deola, porque os números não mentem e mostra que o que mais vocês possuem é apoio do torcedor.

Nem vou me alongar, os números falam por si só.

 

Todos os públicos:

 

1ª rodada:

CRB 2 x 0 Bragantino – 6.106 pagantes

Ceará 1 x 2 América-MG – 16.147 pagantes

Ipatinga 1 x 1 ABC – 111 pagantes

América-RN 5 x 2 Goiás – 1.951 pagantes

Paraná 1 x 1 Guarani – 3.974 pagantes

Boa 2 x 2 Avaí – 1.150 pagantes

Grêmio Barueri 0 x 1 Vitória – 1.412 pagantes

Joinville 1 x 4 Atlético-PR – 12.250 pagantes

Criciúma 4 x 1 Guaratinguetá – 5.420 pagantes

São Caetano 0 x 1 ASA – 499 pagantes

 

2ª rodada:

Avaí 1 x 0 São Caetano – 4.330 pagantes

Guarani 0 x 0 Boa – 2.265 pagantes

ABC 0 x 0 Joinville – 3.609 pagantes

Guaratinguetá 2 x 1 Ceará – 1.006 pagantes

América-MG 4 x 0 CRB – 3.304 pagantes

Bragantino 3 x 4 Criciúma – 642 pagantes

ASA 1 x 1 Grêmio Barueri – 2.003 pagantes

Goiás 2 x 0 Paraná – 3.609 pagantes

Vitória 2 x 2 América-RN – 7.949 pagantes

Atlético-PR 1 x 0 Ipatinga – 1.305 pagantes

 

3ª rodada:

Ceará 2 x 2 Goiás – 8.154 pagantes

Joinville 2 x 0 Guarani – 9.089 pagantes

América-RN 1 x 0 Avaí – 1.797 pagantes

São Caetano 2 x 1 Bragantino – 306 pagantes

CRB 3 x 1 Guaratinguetá – 2.321 pagantes

Boa 2 x 1 Atlético-PR – 2.939 pagantes

Criciúma 2 x 1 Vitória – 7.338 pagantes

Grêmio Barueri 0 x 3 ABC – 953 pagantes

Ipatinga 1 x 0 ASA – 238 pagantes

Paraná 0 x 1 América-MG – 2.860 pagantes

 

4ª rodada:

Guaratinguetá 0 x 2 América-RN – 341 pagantes

Atlético-PR 3 x 0 Grêmio Barueri – 2.865 pagantes

Goiás 1 x 0 CRB – 3.172 pagantes

Avaí 1 x 2 Joinville – 4.630 pagantes

Guarani 4 x 1 Ceará – 2.300 pagantes

América-MG 3 x 0 Criciúma – 5.191 pagantes

ASA 3 x 2 Boa – 1.840 pagantes

ABC 0 x 1 São Caetano – 4.230 pagantes

Vitória 4 x 0 Ipatinga – 7.379 pagantes

Bragantino 3 x 3 Paraná – 539 pagantes

 

5ª rodada:

São Caetano 1 x 1 América-MG – 214 pagantes

Joinville 1 x 0 ASA – 7.057 pagantes

Boa 1 x 2 Vitória – 2.010 pagantes

Ipatinga 1 x 2 Avaí – 643 pagantes

América-RN 2 x 1 Bragantino – 1.180 pagantes

Criciúma 3 x 0 Goiás – 9.585 pagantes

Grêmio Barueri 2 x 2 Guarani – 1.257 pagantes

CRB 2 x 0 Atlético-PR – 4.039 pagantes

Paraná 3 x 2 Guaratinguetá – 1.943 pagantes

Ceará 4 x 2 ABC – 8.107 pagantes

 

6ª rodada:

Vitória 1 x 0 Guarani – 6.526 pagantes

Grêmio Barueri 1 x 2 Paraná – 865 pagantes

Ipatinga 1 x 2 Boa – 232 pagantes

Avaí 2 x 0 América-MG – 4.404 pagantes

São Caetano 3 x 2 América-RN – 403 pagantes

Joinville 1 x 1 Ceará – 11.316 pagantes

Atlético-PR 0 x 0 Goiás – 2.668 pagantes

ABC 4 x 2 CRB – 3.405 pagantes

Bragantino 1 x 0 Guaratinguetá – 555 pagantes

ASA 1 x 2 Criciúma – 1.975 pagantes

 

7ª rodada:

América-MG 3 x 2 Bragantino – 2.236 pagantes

América-RN 2 x 0 ASA – 1.194 pagantes

CRB 2 x 2 São Caetano – 3.022 pagantes

Guaratinguetá 1 x 1 Avaí – 882 pagantes

Paraná 2 x 0 Joinville – 5.245 pagantes

Ceará 1 x 0 Atlético-PR – 10.652 pagantes

Goiás 4 x 3 Vitória – 4.232 pagantes

Criciúma 3 x 2 Ipatinga – 7.536 pagantes

Guarani 1 x 1 ABC – 1.877 pagantes

Boa 4 x 1 Grêmio Barueri – 1.161 pagantes

 

8ª rodada:

Grêmio Barueri 0 x 1 América-MG – 1.018 pagantes

Goiás 1 x 1 Guaratinguetá – 5.228 pagantes

Ipatinga 1 x 2 Ceará – 349 pagantes

América-RN 1 x 0 Guarani – 2.272 pagantes

ASA 3 x 1 ABC – 1.011 pagantes

Criciúma 2 x 0 CRB – 8.901 pagantes

São Caetano 1 x 1 Paraná – 754 pagantes

Vitória 2 x 0 Avaí – 9.185 pagantes

Atlético-PR 0 x 0 Bragantino – 2.142 pagantes

Boa 0 x 0 Joinville – 1.546 pagantes

 

9ª rodada:

Guarani 1 x 0 Ipatinga – 1.939 pagantes

Guaratinguetá 0 x 1 São Caetano – 1.074 pagantes

Ceará 2 x 2 Criciúma – 11.634 pagantes

Joinville 4 x 0 Grêmio Barueri – 6.059 pagantes

Avaí 2 x 0 ASA – 4.494 pagantes

América-MG 3 x 2 Atlético-PR – 4.392 pagantes

ABC 0 x 1 Vitória – 4.156 pagantes

Bragantino 3 x 3 Goiás – 762 pagantes

CRB 4 x 2 América-RN – 4.004 pagantes

Paraná 2 x 0 Boa – 2.118 pagantes

 

10ª rodada:

Vitória 4 x 3 Paraná – 6.487

Criciúma 4 x 3 Boa – 5.460

Guaratinguetá 2 x 1 ASA – 697

Goiás 2 x 0 América-MG – 8.420

Ipatinga 0 x 3 Grêmio Barueri – 261

Atlético-PR 2 x 1 ABC – 2.853

São Caetano 1 x 0 Joinville – 786

América-RN 1 x 1 Ceará – 3.728

CRB 2 x 0 Avaí – 5.011

Bragantino 0 x 0 Guarani – 1.021

 

11ª rodada:

Boa 0 x 0 CRB – 1.096 pagantes

ASA 2 x 3 Vitória – 639 pagantes

Joinville 6 x 0 Ipatinga – 3.105 pagantes

Guarani 1 x 2 Goiás – 978 pagantes

Ceará 2 x 2 São Caetano – 9.193 pagantes

Avaí 1 x 2 Atlético-PR – 3.552 pagantes

Grêmio Barueri 0 x 0 Bragantino – 652 pagantes

Paraná 1 x 0 América-RN – 2.044 pagantes

ABC 2 x 2 Criciúma – 3.183 pagantes

América-MG 2 x 1 Guaratinguetá – 1.705 pagantes

 

12ª rodada:

América-RN 2 x 1 Ipatinga – 1.992 pagantes

São Caetano 3 x 0 Grêmio Barueri – 406 pagantes

América-MG 1 x 1 Guarani – 2.339 pagantes

Guaratinguetá 0 x 0 Boa – 741 pagantes

Ceará 3 x 2 ASA – 7.977 pagantes

Atlético-PR 0 x 1 Vitória – 4.768 pagantes

Goiás 2 x 0 Avaí – 12.344 pagantes

CRB 4 x 3 Joinville – 5.506 pagantes

Criciúma 2 x 1 Paraná – 9.659 pagantes

Bragantino 1 x 2 ABC – 851 pagantes

 

13ª rodada:

Boa 2 x 1 América-MG – 3.652 pagantes

ASA 0 x 1 Goiás – 1.800 pagantes

Joinville 1 x 0 América-RN – 8.626 pagantes

Grêmio Barueri 1 x 4 Criciúma – 1.001 pagantes

Avaí 1 x 0 Bragantino – 3.160 pagantes

Guarani 2 x 1 Atlético-PR – 2.224 pagantes

Vitória 1 x 0 CRB – 32.255 pagantes

Paraná 1 x 0 Ceará – 7.171 pagantes

ABC 3 x 0 Guaratinguetá – 4.529 pagantes

Ipatinga 1 x 2 São Caetano – 181 pagantes

 

14ª rodada:

América-MG 0 x 2 Joinville – 2.522 pagantes

Goiás 1 x 1 ABC – 16.408 pagantes

Criciúma 2 x 1 Guarani – 8.138 pagantes

Paraná 1 x 1 Avaí – 5.899 pagantes

Ceará 1 x 1 Boa – 7.226 pagantes

Guaratinguetá 0 x 1 Atlético-PR – 782 pagantes

América-RN 2 x 1 Grêmio Barueri – 1.305 pagantes

Bragantino 2 x 2 ASA – 573 pagantes

CRB 2 x 0 Ipatinga – 4.043 pagantes

São Caetano 0 x 0 Vitória – 723 pagantes

 

15ª rodada:

Vitória 0 x 1 Bragantino – 12.964 pagantes

Grêmio Barueri 0 x 0 CRB – 1.010 pagantes

Ipatinga 0 x 6 Goiás – 248 pagantes

Boa 1 x 1 América-RN – 2.293 pagantes

Joinville 3 x 1 Criciúma – 18.115 pagantes

Avaí 2 x 1 Ceará – 6.432 pagantes

Guarani 2 x 1 Guaratinguetá – 1.758 pagantes

ASA 3 x 2 América-MG – 2.011 pagantes

Atlético-PR 0 x 1 São Caetano – 2.461 pagantes

ABC 2 x 0 Paraná – 3.974 pagantes

 

16ª rodada:

América-RN 0 x 2 Atlético-PR – 1.893 pagantes

Bragantino 0 x 2 Ipatinga – 570 pagantes

Avaí 3 x 1 ABC – 5.103 pagantes

Ceará 2 x 0 Grêmio Barueri – 10.198 pagantes

ASA 1 x 0 Guarani – 3.561 pagantes

Goiás 2 x 0 Boa – 15.375 pagantes

São Caetano 1 x 1 Criciúma – 888 pagantes

Guaratinguetá 0 x 3 Joinville – 793 pagantes

América-MG 1 x 2 Vitória – 2.465 pagantes

Paraná 4 x 0 CRB – 5.917 pagantes

 

17ª rodada:

Joinville 1 x 0 Bragantino – 10.754 pagantes

Vitória 2 x 0 Guaratinguetá – 10.307 pagantes

Criciúma 4 x 3 América-RN – 7.432 pagantes

Ipatinga 2 x 0 Paraná – 196 pagantes

CRB 0 x 2 Ceará – 3.845 pagantes

Boa 1 x 3 São Caetano – 1.632 pagantes

Guarani 0 x 2 Avaí – 1.240 pagantes

ABC 0 x 2 América-MG – 5.889 pagantes

Grêmio Barueri 2 x 0 Goiás – 805 pagantes

Atlético-PR 1 x 0 ASA – 922 pagantes

 

18ª rodada:

Vitória 2 x 1 Joinville – 13.308 pagantes

Guaratinguetá 3 x 1 Ipatinga – 503 pagantes

Guarani 4 x 0 CRB – 1.191 pagantes

Avaí 2 x 1 Grêmio Barueri – 6.176 pagantes

América-MG 1 x 1 América-RN – 1.246 pagantes

Atlético-PR 1 x 0 Criciúma – 3.234 pagantes

Goiás 0 x 0 São Caetano – 10.070 pagantes

ABC 1 x 2 Boa – 2.844 pagantes

Bragantino 1 x 3 Ceará – 1.033 pagantes

ASA 1 x 1 Paraná – 2.522 pagantes

 

19ª rodada:

Criciúma 2 x 0 Avaí – 17.278 pagantes

Grêmio Barueri 2 x 3 Guaratinguetá – 810 pagantes

Ipatinga 1 x 0 América-MG – 563 pagantes

Ceará 1 x 3 Vitória – 15.011 pagantes

Paraná 1 x 2 Atlético-PR – 9.241 pagantes

São Caetano 1 x 2 Guarani – 1.047 pagantes

Joinville 1 x 0 Goiás – 14.241 pagantes

América-RN 1 x 0 ABC – 2.969 pagantes

CRB 0 x 1 ASA – 5.476 pagantes

Boa 3 x 0 Bragantino – 1.224 pagantes

 

20ª rodada:

Vitória 1 x 0 Grêmio Barueri – 13.299 pagantes

Atlético-PR 1 x 1 Joinvillle – 1.418 pagantes

Avaí 2 x 1 Boa – 3.360 pagantes

Guarani 0 x 0 Paraná – 2.008 pagantes

Bragantino 0 x 2 CRB – 566 pagantes

ASA 4 x 1 São Caetano – 1.912 pagantes

Guaratinguetá 2 x 1 Criciúma – 214 pagantes

América-MG 1 x 3 Ceará – 758 pagantes

ABC 2 x 2 Ipatinga – 2.517 pagantes

Goiás 1 x 0 América-RN – 5.579 pagantes

 

21ª rodada:

Criciúma 3 x 2 Bragantino – 10.244 pagantes

Boa 1 x 2 Guarani – 1.550 pagantes

Grêmio Barueri 1 x 0 ASA – 961 pagantes

Ceará 1 x 1 Guaratinguetá – 8.283 pagantes

Ipatinga 1 x 1 Atlético-PR – 516 pagantes

Paraná 1 x 3 Goiás – 3.069 pagantes

América-RN 2 x 2 Vitória – 1.702 pagantes

São Caetano 1 x 0 Avaí – 798 pagantes

Joinville 0 x 0 ABC – 11.942 pagantes

CRB 0 x 1 América-MG – 4.038 pagantes

 

22ª rodada:

Atlético-PR 2 x 1 Boa – 3.392 pagantes

Avaí 2 x 2 América-RN – 4.605 pagantes

Guarani 2 x 1 Joinville – 2.251 pagantes

América-MG 0 x 0 Paraná – 1.257 pagantes

Vitória 2 x 2 Criciúma – 31.894 pagantes

Guaratinguetá 1 x 2 CRB – 210 pagantes

Goiás 0 x 0 Ceará – 9.522 pagantes

ABC 2 x 1 Grêmio Barueri – 2.965 pagantes

Bragantino 2 x 3 São Caetano – 628 pagantes

ASA 3 x 0 Ipatinga – 1.338 pagantes

 

23ª rodada:

Ceará 1 x 0 Guarani – 6.919 pagantes

Paraná 2 x 0 Bragantino – 2.092 pagantes

América-RN 4 x 1 Guaratinguetá – 1.417 pagantes

Boa 3 x 2 ASA – 1.342 pagantes

Grêmio Barueri 0 x 6 Atlético-PR – 1.157 pagantes

Ipatinga 1 x 1 Vitória – 850 pagantes

CRB 0 x 2 Goiás – 4.031 pagantes

Joinville 1 x 0 Avaí – 12.737 pagantes

Criciúma 0 x 4 América-MG – 9.287 pagantes

São Caetano 0 x 1 ABC – 673 pagantes

 

24ª rodada:

Atlético-PR 4 x 1 CRB – 3.585 pagantes

ASA 1 x 0 Joinville – 2.721 pagantes

Avaí 2 x 1 Ipatinga – 3.417 pagantes

Guaratinguetá 2 x 0 Paraná – 162 pagantes

Vitória 3 x 2 Boa – 10.326 pagantes

América-MG 2 x 5 São Caetano – 1.350 pagantes

ABC 0 x 1 Ceará – 5.015 pagantes

Guarani 1 x 0 Grêmio Barueri – 1.665 pagantes

Bragantino 1 x 0 América-RN – 632 pagantes

Goiás 1 x 0 Criciúma – 13.030 pagantes

 

25ª rodada:

Criciúma 2 x 1 ASA – 6.998 pagantes

Paraná 1 x 1 Grêmio Barueri – 1.486 pagantes

América-RN 0 x 2 São Caetano – 1.232 pagantes

Guaratinguetá 2 x 0 Bragantino – 208 pagantes

América-MG 1 x 0 Avaí – 604 pagantes

Ceará 4 x 3 Joinville – 10.706 pagantes

Guarani 0 x 0 Vitória – 6.657 pagantes

CRB 3 x 3 ABC – 1.971 pagantes

Goiás 3 x 2 Atlético-PR – 18.179 pagantes

Boa 2 x 1 Ipatinga – 3.625 pagantes

26ª rodada:
Vitória 3 x 1 Goiás – 33.861 pagantes
Joinville 3 x 1 Paraná – 9.315 pagantes
Atlético-PR 2 x 1 Ceará – 5.415 pagantes
ASA 0 x 2 América-RN – 5.283 pagantes
ABC 3 x 1 Guarani – 4.690 pagantes
Avaí 2 x 0 Guaratinguetá – 3.093 pagantes
São Caetano 3 x 2 CRB – 855 pagantes
Grêmio Barueri 1 x 2 Boa – 815 pagantes
Bragantino 2 x 0 América-MG – 718 pagantes
Ipatinga 2 x 3 Criciúma – 285 pagantes

27ª rodada:
Ceará 1 x 1 Ipatinga – 14.028 pagantes
Joinville 3 x 0 Boa – 7.677 pagantes
Avaí 2 x 0 Vitória – 5.490 pagantes
ABC 1 x 1 ASA – 4.784 pagantes
CRB 0 x 2 Criciúma – 4.508 pagantes
Guarani 0 x 0 América-RN – 2.213 pagantes
Bragantino 2 x 1 Atlético-PR – 1.204 pagantes
Paraná 2 x 1 São Caetano – 1.004 pagantes
América-MG 1 x 2 Grêmio Barueri – 442 pagantes
Guaratinguetá 0 x 3 Goiás – 348 pagantes

28ª rodada:
Vitória 1 x 0 ABC – 20.515 pagantes
Goiás 1 x 0 Bragantino – 13.556 pagantes
Criciúma 2 x 1 Ceará – 11.318 pagantes
Atlético-PR 5 x 4 América-MG – 5.029 pagantes
Boa 2 x 1 Paraná – 3.748 pagantes
ASA 1 x 0 Avaí – 3.561 pagantes
América-RN 3 x 3 CRB – 1.274 pagantes
Grêmio Barueri 1 x 1 Joinville – 883 pagantes
São Caetano 1 x 0 Guaratinguetá – 556 pagantes
Ipatinga 0 x 0 Guarani – 175 pagantes

29ª rodada:
Joinville 0 x 0 São Caetano – 11.242 pagantes
Ceará 4 x 0 América-RN – 8.511 pagantes
ABC 0 x 1 Atlético-PR – 4.306 pagantes
ASA 3 x 1 Guaratinguetá – 3.800 pagantes
Avaí 1 x 0 CRB – 3.124 pagantes
América-MG 1 x 2 Goiás – 2.560 pagantes
Boa 0 x 4 Criciúma – 1.936 pagantes
Paraná 3 x 1 Vitória – 1.433 pagantes
Guarani 1 x 2 Bragantino – 930 pagantes
Grêmio Barueri 2 x 0 Ipatinga – 667 pagantes

30ª rodada:
Goiás 5 x 0 Guarani – 15.992 pagantes
Criciúma 2 x 0 ABC – 10.313 pagantes
Vitória 2 x 0 ASA – 9.495 pagantes
Atlético-PR 3 x 1 Avaí – 3.598 pagantes
CRB 0 x 0 Boa – 1.938 pagantes
Bragantino 2 x 2 Grêmio Barueri – 1.416 pagantes
São Caetano 2 x 0 Ceará – 985 pagantes
América-RN 2 x 1 Paraná – 701 pagantes
Guaratinguetá 1 x 2 América-MG – 695 pagantes
Ipatinga 1 x 0 Joinville – 37 pagantes

31ª rodada:
Vitória 0 x 2 Atlético-PR – 28.361 pagantes
Joinville 3 x 1 CRB – 7.055 pagantes
ABC 1 x 0 Bragantino – 5.713 pagantes
ASA 3 x 0 Ceará – 3.989 pagantes
Paraná 1 x 1 Criciúma – 3.100 pagantes
Avaí 1 x 4 Goiás – 2.423 pagantes
Guarani 0 x 3 América-MG – 1.157 pagantes
Grêmio Barueri 2 x 2 São Caetano – 903 pagantes
Boa 0 x 1 Guaratinguetá – 856 pagantes
Ipatinga 4 x 0 América-RN – 385 pagantes

32ª rodada:
Goiás 4 x 0 ASA – 21.062 pagantes
Criciúma 3 x 4 Grêmio Barueri – 13.762 pagantes
Ceará 0 x 1 Paraná – 3.165 pagantes
CRB 0  x 1 Vitória – 3.140 pagantes
Atlético-PR 1 x 1 Guarani – 1.704 pagantes
Guaratinguetá 2 x 1 ABC – 1.219 pagantes
América-MG 3 x 2 Boa – 878 pagantes
América-RN 3 x 1 Joinville – 723 pagantes
Bragantino 1 x 0 Avaí – 577 pagantes
São Caetano 1 x 1 Ipatinga – 476 pagantes

33ª rodada:
Vitória 0 x 1 São Caetano – 14.828 pagantes
ASA 1 x 1 Bragantino – 8.005 pagantes
Joinville 2 x 2 América-MG – 6.516 pagantes
Atlético-PR 3 x 0 Guaratinguetá – 5.456 pagantes
ABC 3 x 2 Goiás – 3.828 pagantes
Guarani 1 x 2 Criciúma – 1.258 pagantes
Avaí 3 x 1 Paraná – 1.134 pagantes
Grêmio Barueri 2 x 3 América-RN – 888 pagantes
Boa 1 x 0 Ceará – 783 pagantes
Ipatinga 3 x 2 CRB – 443 pagantes

[VITÓRIA X SÃO CAETANO] Quando a Sobrevivência nos permite a Vingança


Parece roteiro de filme, parece mais um dos épicos da dramaturgia, mas não é, é vida real, é embate, é sobrevivência e vingança trilhando lado a lado, eis que rubro-negro e azulão estão novamente frente a frente e quis o mundo do ludopédio que fosse com as seguintes características, para que haja mais sabor, e que sejamos brindados por vingar a nossa derrota diante do inimigo.

Não há como esquecer aquele fatídico dia de 2011, porém o Vitória tem a chance de reescrever a história de uma maneira mais positiva e com um final feliz. É claro que vencer  hoje significa o retorno para elite e isso já seria o suficiente, mas ter a chance de tirar da briga quem te eliminou há cerca de 1 ano, é a cereja do bolo.

No seu segundo jogo a frente do comando do Vitória Ricardo Silva irá manter a equipe que venceu o CRB e conta ainda com o retorno do atacante Willian que estará no banco de reservas. O time contará ainda com o apoio incondicional dos guerreiros torcedores que irão ao Barradão cantar e com Fé em Deus comemorar o acesso, mesmo tendo o horário como grande inimigo, jogo as 18:30 horas é uma brincadeira muito sem graça da CBF, mas tudo bem, sempre foi assim, contra tudo e contra todos, vamos lá mais uma vez.

Quero terminar o texto com uma frase marcante de Aquiles em TROIA:

Guerreiros, estão vendo a glória, vão em frente, peguem na, é de vocês!  

FICHA TÉCNICA

Vitória x São Caetano

Série B – 33ª rodada 

Data: 26/10/2012

Horário: 18h30 (horário da Bahia)

Local: Estádio Barradão, em Salvador

Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ)

Assistentes: Wilton José Lins da Silva (SP) e Jossemmar Diniz Moutinho (SP)

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Gabriel, Josué e Mansur; Michel, Uelliton, Pedro Ken e Tartá; Elton e Marquinhos. Técnico: Ricardo Silva.

São Caetano: Luiz; Samuel Xavier, Eli Sabiá, Gabriel e Diego; Augusto Recife, Moradei, Éder e Pedro Carmona (Ailton e Luciano Mandi); Danielzinho e Leandrão. Técnico: Ailton Silva (interino).

 

PS: Não vou ficar aqui me defendendo das acusações infundadas de Mocota e nem vou render assunto, quem me acompanha durante estes 4 anos sabe muito bem que nunca tive problemas no blog com pensamentos contrários aos meus e sempre tive a humildade de retornar a este espaço e me retratar quando errei, mas julgar a idoneidade e a veracidade dos meus textos é algo inconcebível, já que a minha postura aqui sempre foi a de prezar pela verdade dos fatos e não ser dado as especulações e nada daquilo que eu não pudesse comprovar, para você Mocota que diz que nos blogueiro deveríamos abrir as nossas fontes, deveria saber que isso algo sigiloso em todo o meio jornalístico e que as mesmas devem ser preservadas, tudo que escrevo aqui, o faço com ciência com conhecimento, com horas de pesquisa e dedicação, mas se cerca de 4 anos não bastam para mostrar para você a idoneidade deste blogueiro, peço simplesmente que deixe de ler os meus textos e que sempre que for necessário utilizarei o blog para fazer criticas aqueles que você protege com tanta veemência se assim eles merecerem, da mesma forma que já utilizei em muito para elogiar as suas ações positivas.

[VITÓRIA X CRICIÚMA] Leão X Tigre, QUEM É O REI DA SELVA?



O jogo de logo mais no Barradão é um dos confrontos mais aguardados da série b 2012, sendo até considerado por muitos como a final antecipada da competição, isso ocorre devido a regularidade das duas equipes na competição e a briga árdua que ambos travam pela liderança da competição desde as primeiras rodadas e que a partir da 16ª passou a ser do Leão.

 O bom é que ambos terão força máxima, sem problemas de cartões ou contusões os técnicos Paulo Cesar Carpegiani e Paulo Comelli poderão escalar os seus titulares e ainda contar com os seus respectivos suplentes no banco.

No primeiro turno as equipes se enfrentaram e o Criciúma venceu por 2×1, de lá para cá muita coisa aconteceu, a começar pelos titulares do Vitória que mudaram completamente, são 8 alterações, agora as equipes duelam no Barradão e o rubro-negro espera ir a forra e descontar a derrota no primeiro turno. Caso vença o Vitória abre 6 pontos do Criciúma em caso de derrota os times ficarão empatados e o saldo de gols é o que irá determinar quem será o líder.

 

Histórico do confronto

Editado do site (http://canalecvitoria.com/?p=5507)

 

Vitória e Criciúma se enfrentaram 8 vezes pela Série B, e o Criciúma tem uma pequena vantagem, com 4 triunfos enquanto o Vitória venceu 3 jogos e ocorreu ainda um empate.

Na estatística geral, foram 21 jogos entre Vitória e Criciúma, o Vitória venceu sete jogos, o time catarinense venceu sete e houve sete empates, com 22 gols feitos pelo Vitória e 26 feitos pelo Criciúma, os dois times já se enfrentaram pelas seguintes competições: Brasileirão (11 jogos), Série B (8 jogos) e Série C (2 jogos). O último jogo entre os dois times no Barradão o Vitória venceu por 3 a 1.

O Vitória nunca perdeu para o Criciúma em Salvador foram 10 jogos com 6 triunfos e 1 empate sendo que o primeiro triunfo do rubro-negro foi na fonte nova, os outros jogos foram no Barradão

RESUMO ESTATÍSTICO

Maior Goleada do Vitória: Não Houve

Maior Goleada do Crciúma: Criciúma 6 x 0 Vitória, no Heriberto Hulse, pela Série C de 2006

Maior Goleador dos Confrontos: Dão (Vit), com 3 gols.

Maior Público: 38.412 pagantes na Fonte Nova, no jogo: Vitória 2 x 1 Criciúma,realizado pela 2ª Divisão de 1992

Menor Público: 1.381 pagantes no Barradão, no jogo: Vitória 0 x 0 Criciúma, pelo Brasileirão de 1995

Média de Público: 11.495 pagantes por jogo

Partida com Maior Número de Gols: 06 Gols no jogo Criciúma 6 x 0 Vitória (no Heriberto Hulse, pela Série C de 2006)

Placar mais Repetido: 1 a 0, ocorreram em 4 jogos

Média de gols por jogo: 2,2 gols por partida (foram 45 gols em 20 jogos)

Jogador, com a camisa doVitória, que  disputou mais partidas contra o Criciúma:Flávio Tanajura (Zagueiro, de 1994 a 1997), com 5 jogos

Maior sequência invicta do Vitória sobre o Criciúma: 8 jogos, de: 02/07/1992 a 24/09/2003 (três triunfos e cinco empates)

Maior sequência invicta do Criciúma sobre o Vitória: 5 jogos, desde 12/10/2006 (três triunfos e dois empates)

 

triunfos e dois empates)

Curiosidades de Vitória x Criciúma:

– O Criciúma é um dos poucos times do Brasil a ter enfrentado o Vitória nas três divisões nacionais: Série A, série B e Série C, além do time catarinense, mais quatro times tiveram essa proeza: Jahia, Grêmio Barueri, Confiança e Ipatinga.

– O jogo dessa próxima terça feira marcará o 7º encontro entre Vitória e Criciúma em Brasileiros da 2ª divisão, com isso o Criciúma se tornará o adversário que o Vitória mais enfrentou em jogos pela Série B (2ª divisão)

– O Rubro Negro só venceu um jogo na casa do Criciúma, o estádio Heriberto Hulse, foi pelo Brasileiro de 1988, o gol foi marcado por Hélio “caipira”, logo no comecinho do jogo aos 7 minutos do 1º tempo, em pleno dia de Finados (02/11).

– Vitória e Criciúma se enfrentaram pelas semifinais da 2ª divisão em 1992, em jogos de ida e volta, ambos os times lutavam para garantir uma vaga na final daquela competição (na outra semifinal jogaram Paraná e Santa Cruz), no jogo de ida deu Criciúma 2 a 1, na partida de volta o Rubro Negro precisava vencer a partida e não deu outra, com um “show” de Arturzinho que jogou muito e acabou marcando dois gols, o Vitória garantia a sua vaga para a final. É bom lembrar que Criciúma e Vitória já estavam classificados para a 1ª divisão, pois naquele ano subiram 12 clubes.

Pois bem queridos, hoje nem é preciso dizer que teremos casa cheia e que todos os caminhos levam ao Barradão, aliás até o Capitão nascimento mandou este recado aí:

 

 

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B

Vitória x Criciúma

Data:04/09/2012

Horário: 19h30

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)

Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (FIFA/GO) e Eduardo de Souza Couto (RJ)

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Gilson; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Willie; William e Elton. Técnico: Paulo César Carpegiani

Criciúma: Michel Alves; Ezequiel, Matheus Ferraz, Nirley e Marlon; Diego Oliveira, Elias, Kléber e Giovanni Augusto; Lucca e Zé Carlos. Técnico: Paulo Comelli.

[Ceará x Vitória] Para retomar a liderança


O leão entra em campo para confirmar a liderança do campeonato brasileiro série b no fechamento do primeiro turno, para isso o rubro negro precisará vencer o Ceará em Fortaleza, um empate promove um empate com o Criciúma e derrota garante o tigre na primeira colocação.

Vitória e Ceará  fazem campeonatos distintos até aqui, o time de Fortaleza está na 10ª colocação com 28 pontos e não confirma por enquanto o status de ter entrado na competição como um dos fortes candidatos ao acesso. Já o Vitória está na briga pela liderança e é figura cativa no G-4 da competição, o rubro negro também tem o status de visitante com melhor percentual de aproveitamento, sendo assim temido pelos adversários mesmo fora de seus domínios.

TEXTO DO SITE OFICIAL DO VITÓRIA

O Vitória, com um jogo a menos, está com 41 pontos e o líder Criciúma, que jogou na terça-feira – ganhou de 2 a 0 do Avaí – está com 42. Independente de qualquer resultado, o time rubro-negro permanece no G4, pois tem sete pontos de frente para o terceiro colocado, o São Caetano (34) e oito para o quarto e quinto colocados, Joinville e Goiás, respectivamente, ambos com 33.

Vitória está no G4 desde a 5ª rodada e a pior colocação foi a 12ª na terceira. O rubro-negro ficou quatro rodadas na 4ª colocação, uma na 3ª, oito na 2ª e na 18ª assumiu a liderança, que defende nesta sexta-feira, na quente Fortaleza. Foi 6º, 5º e 7º uma vez.

Coincidentemente, os dois times vêm de três triunfos seguidos. O Vitória, dois em casa – Guaratinguetá, 2 x 0, e Joinville, 2 x 1 – e um fora – 2 x 1 diante do América MG. O Ceará venceu dois fora e volta a jogar diante de sua torcida que deve lotar o PV.

Neste estádio, o Vitória tem um ótimo retrospecto: em seis jogos, venceu três, empatou dois e perdeu um. O último confronto foi realizado dia 26 de maio de 2007, pelo 1º turno da Série B, e o rubro-negro venceu por 3 x 0, gols de Joãozinho (2) e Alisson. Apodi, atualmente na equipe cearense, atuou pelo Vitória.

Com 75.9 de aproveitamento, o Vitória tem uma campanha que supera a de todos os campeões da Série B na era dos pontos corridos. Último campeão, a Portuguesa, por exemplo, teve 71% de aproveitamento nos 38 jogos. O time que mais se aproximou foi o Corinthians (74%), vencedor em 2008.

Atacar
Carpegiani entende que assim como em casa, como visitante o Vitória também tem que buscar vencer seus jogos. O time, por sinal, é considerado um visitante indigesto, pois das nove partidas longe da torcida, ganhou seis, empatou uma (São Caetano) e perdeu duas (Criciúma e Goiás).

– Eu preparo minha equipe para em casa e fora jogar para vencer. Fora de casa a diferença é que o adversário está motivado e nós temos que controlar isso com organização. O campo é igual para todos – costuma falar Carpegiani.

A equipe deixou Salvador, quinta-feira, às 13h40, praticamente definida. Carpegiani perdeu o atacante Marquinhos, que sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo, durante o rachão no campo 2 do CT Manoel Pontes Tanajura. A dúvida do técnico é se começa com dois homens de área, Elton e William, como ocorreu diante do Joinville, ou coloca mais um jogador de meio.

Os jogadores estão conscientes da pressão que a torcida do Ceará exercerá no PV, nesta sexta-feira.

– A torcida do Ceará faz um caldeirão no estádio e muita pressão no adversário. Mas já estamos calejados e temos muitos jogadores experientes, acostumados a esse tipo de situação – comenta o meia Pedro Ken, um dos destaques da boa campanha do rubro-negro.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B

Ceará x Vitória

Local: Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE)

Data: 24 de agosto de 2012, sexta

Hora: 21h

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Assistentes: Ubirajara Ferraz Jota (PE) e Márcio da Silva Oliveira (RN)

Ceará: Fernando Henrique; Paulo Sérgio, Thiego, Daniel Marques e Márcio Careca; Heleno, João Marcos, Juca (Magno) e Bruninho; Mota e Itamar. Técnico: PC Gusmão.

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Gílson; Michel, Uelliton, Pedro Ken e Willie; William e Elton. Técnico: Paulo César Carpegiani.

[VITÓRIA 2X0 GUARATINGUETÁ] Com a determinação que deve ter


Bonito de se ver. Assim foi o Vitória no jogo contra o Guaratinguetá, o Leão buscou o triunfo desde o primeiro minuto de jogo e conseguiu imprimir o seu ritmo de jogo e dominou totalmente o adversário, o rubro-negro só não goleou por detalhes, porém o mais importante foi mais um triunfo na competição.

 

Com dois gols de Willian o Vitória chegou a liderar a competição mas o Criciúma conseguiu uma virada história com 3 gols em cinco minutos, porém o Leão continua no caminho certo e com certeza em breve alcançará a primeira posição.

 

O rubro negro começou sufocando logo no inicio, Pedro Ken quase marcou logo aos dois minutos em bela jogada onde ele tocou por cima do goleiro mas a bola foi para fora, o time continuou em cima e Nino Paraíba mostrou mais uma vez o porque de ser tão festejado pela torcida, ele fez um cruzamento entre 3 defensores adversários e Willian se jogou de peixinho e fez o seu primeiro gol com a camisa do Vitória. Era 14 minutos do primeiro tempo e isso foi importante para o brioso porque fez com que o adversário tivesse a necessidade de sair para tentar empatar, mas o que ocorreu foi o aumento do espaço e o Leão teve chances de ampliar com Pedro Ken chutando na trave, Willie obrigando o goleiro a fazer boa defesa, o Vitória chegou ao segundo após jogada que começou com o Maestro Pedro ken que lançou Willie e o jovem da base teve tranquilidade de dominar e tocar para Willian marcar o segundo dele e do Vitória ,2×0.

 

No segundo tempo o Vitória continuou com o domínio do jogo, as chances de ampliar foram criadas mas o goleiro César fez grandes defesas, em outras oportunidades os zagueiros Fábio Braz e Marquinhos conseguiram afastar os perigos, mas o Leão venceu e desempenhou um bom futebol e isso é o mais importante, na sexta o time enfrenta o terceiro colocado Joinville aqui mesmo no Barradão!

 

Douglas: Muito seguro quando exigido, fez duas boas defesas. Nota 7,5

Nino: Joga muito e esse ano tem o diferencial de acertar com precisão os cruzamentos. Nota 9,0

Victor Ramos: Muito seguro na defesa e quase marca o seu novamente, bela partida: Nota 7.5

Gabriel: Muita garra e determinação, se entendi bem com Victor. Nota 8,0

Gilson: Outra boa partida, ele tem conseguido desempenar o time, marca com segurança e vai para o ataque com qualidade. Nota 8,0

Uelliton: Uma partidaça, marcou muito e está de parabéns Nota 9,0

Michel: Valante, guerreiro, e saí bem para o ataque, importante: Nota 8,5

Pedro Ken: É verdadeiramente o maestro desse time, jogou muito. Nota 9,0

Leílson: Se contundiu muito cedo, mas estava bem no jogo.

Willie: Muita personalidade, jogou muito o garoto, mostrou muita tranquilidade. Nota 10,0

Willian: Goleador nato, mostrou sua credencial, dois belos gols: Nota 10,0

Tartá: Jogou muito bem, tem visão de jogo e dá velocidade ao ataque: Nota 8,0

Marquinhos: Entrou arisco, querendo mostrar serviço e hoje voltou a acertar boas jogadas. Nota 7,5

Fernando Bob: Entrou para segurar a onda e conseguiu. Nota 7,0

Carpegiani: Montou bem o time e substituiu com inteligência: Nota 10,0

 

 

FICHA TÉCNICA: Vitória 2 x 0 Guaratinguetá
Campeonato Brasileiro 2012 (Série B) –  1º turno (17ª Rodada)
Data: 14 de agosto
Hora: 19h30
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA)
Gols: 1º tempo William (VIT, aos 10 e 38min
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE/CBF 2)
Assistentes
1 –  José Wanderlei da Silva (PE/CBF-1)
2 –  Clóvis Amaral da Silva (PE/CBF-2)
Cartão amarelo: Bruno Formigoni (GTA)
Renda: R$
Público: pagantes
VITÓRIA: Douglas; Nino, Gabriel, Victor Ramos e Gilson; Uelliton (Fernando Bob), Michel, Pedro Ken (Marquinhos) e Leílson (Tartá); Willie e William
Técnico: Paulo César Carpegiani
GUARATINGUETÁ: César Luz; Fábio Braz, Marquinhos e Filipe (Vinícius); Marlon, Jairo, Leandro Silva, Bruno Formigoni,  Lenílson (Keninha) e Jefferson (Danilo Gomes); Alemão
Técnico: Pintado

[VITÓRIA X GUARATINGUETÁ] Retomar a grande marca


O Vitória vai para mais uma batalha na série b 2012, desta vez o adversário é o time do Guaratinguetá. O rubro-negro almeja vencer para poder quem sabe chegar a liderança da competição pela primeira vez, já o time paulista busca desesperadamente melhorar sua a situação, com apenas 9 pontos e figurando fixamente na zona de rebaixamento a tentativa é de pelo menos empatar com o Leão no Barradão.

Empolgado com mais um triunfo fora de casa, o leão ganhou reforços para o jogo de hoje, Nino e Uelliton retornam a titularidade e o recém-contratado Fernando Bob vai figurar no banco, a única ausência é do goleiro Deola suspenso, o restante do time é o mesmo que venceu o América-MG no ultimo sábado.

Sem tempo para treinar Carpegiani decidiu poupar alguns atletas no treino, mas confirmou a presença de todos no jogo de logo mais, a única duvida era na manutenção de Gilson que estreou bem ou o retorno de Mansur, mas o primeiro parece ter mesmo conquistado a vaga e terá a chance de pela primeira vez mostrar o seu futebol diante da massa rubro-negra. Existe também uma grande expectativa em torno do novo ataque do Leão, Willian e Willie o goleador recém-contratado e a jovem cria da base vão poder quem sabe desta vez firmar essa parceria, já que no jogo de estreia deles a expulsão de Deola fez com que o jovem fosse sacado para recompor a meta, espero um bom futebol de ambos e quem sabe muitos gols.

Uma outra expectativa é de como o Vitória jogará a partir de hoje, isso porque com Gilson mostrando que sabe avançar, a tendência é que o time do Vitória passe a oscilar ataques pelas duas laterais, o que comumente só ocorria na direita, o bom é que surgirão mais opções de gols e confundirá bastante a defesa oposta, ainda mais que após a saída de Tartá do time titular os ataques pela esquerda do capo ficaram escassos e isso refletiu na média de gols nos últimos jogos, espero que com isso o time “desempene” e possa ter maior equilíbrio entre os setores.

Quero mais uma vez pedir aqui a todos os torcedores que irão se juntar aos 7 mil guerreiros de sempre que apoiem incondicionalmente e lembrem-se que esse time do Vitória aprendeu a vencer independente das circunstâncias, é um time que busca sempre os 3 pontos e é só isso que importa, se dê para dar show, aí já é outra coisa, mas o essencial é sempre vencer.

SRN

FICHA TÉCNICA
SÉRIE B
Vitória x Guaratinguetá 
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).
Data: Terça-feira, 14 de agosto.
Horário: 19h30.
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (CBF/PE).
Assistentes: José Wanderlei da Silva (CBF/PE) e Clóvis Amaral da Silva (CBF/PE).
Vitória: Douglas; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Gílson; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Leílson; Willie e William. Técnico: Paulo César Carpegiani.
Guaratinguetá: César; Fábio Braz, Marquinhos, Filipe e Leandro Silva; Jonatan, Bruno Formigoni, Danilo Gomes e Lenílson; Erivelton (Altair) e Alemão. Técnico: Pintado.
ps: O Vitória contratou o atacante Elton que estava no Corinthians.
PS2: Como já tinha citado aqui,o Governo pressiona a OAS e ambos pressionam o Vitória para jogar na ARENA FONTE NOVA.

[América-MG 1X2 VITÓRIA] Com raça e dedicação, superando as adversidades


Já disse aqui em diversas oportunidades que este Vitória 2012 aprendeu a gostar de vencer, e não importa as dificuldades, os 3 pontos é sempre o objetivo, foi necessário passar pela lambança do arbitro Antonio Schneider, mas foi até bom, o time mostrou garra, disciplina tática e sobretudo superação.

Bom para calar a imprensa corrompida e parte da corneteira torcida leonina que já estava tocando as trombetas do apocalipse na ultima rodada, está aí, mais uma vez o Vitória queima e cala a língua ferina de vos outros.

O jogo começou bem movimentado com a verdadeira luta de dois times que buscam uma vaga no G-4 e consequentemente na série A, pena que o juiz quis interferir na normalidade da partida, mas que bom que ele não conseguiu, digo isso porque mesmo com o placar adverso e com um jogador a menos, o Vitória não se intimidou, e teve uma aplicação tática maravilhosa, enquanto que o América buscava ampliar o placar a qualquer custo, com isso o jogo ficou franco, disputado e bom de se ver.

Quero nesta estrofe  desculpar, é que cometi uma injustiça com o Arbitro Antonio Schneider, ao assistir novamente a partida eu percebi uma coisa, ele na verdade estava buscando igualar as coisas, é que o Vitória jogava com 12 em campo, é verdade conte você mesmo: Deola, Carlinhos, Victor, Gabriel, Gilson, Manha, Michel, Leílson, Pedro Ken, Pedro ken, Willie e Willian, viram? Realmente temos que fazer justiça, quem tem Pedro Ken tem um a mais e por isso o juiz acertou em manter a igualdade.(rsrrsrsrsrsrsr)

Voltando a assunto sério, fiquei muito feliz com a partida do Vitória, e a coroação com o triunfo, realmente o time mereceu, pois fez por onde conseguir este objetivo.

Fico indignado quando leio tais comentários, durante o jogo após as substituições a explosão de cornetas estava por todos os lados, o que isso? Criticaram a saída de Willian e Carlinhos para entrada de Nicácio e Rodrigo, queriam Marquinhos e Léo, mas vamos aos fatos: Marquinhos além de não está em boa fase, tem características totalmente diferentes da do camisa 9 e sua entrada poderia proporcionar maior liberdade aos defensores do alviverde, pois sem um homem referência a tendência é que a zaga tenha mais liberdade para sair em suas ações. Já no caso da lateral, Léo não treinou a semana inteira com dores, havia o risco dele ir para o jogo e sentir a lesão e o Vitória ficar com 2 a menos em campo, e aí “torcida” o que iriam dizer? Achei acertada a decisão de mandar Gabriel para lateral e colocar Rodrigo na defesa, era arriscado demais apostar em Léo, quem não lembra da contusão de Dinei?(Talvez alguns digam que é fácil comentar isso agora, após o resultado, mas os convido a visitar o meu twitter e facebook e vê se o que digo agora não foi o que comentei com aqueles que estavam soltando as bruxas).

Agora o Vitória terá duas partidas em casa e espero sinceramente que os 6 pontos sejam assegurados, vencer estas partidas será muito importante ao decorrer do campeonato, ainda mais que estamos na virada da competição e é agora que é hora do Leão mostrar as suas garras.

 

PEGA LEÃO.

FICHA TÉCNICA

América MG 1 X 2 VITÓRIA
Campeonato Brasileiro 2012 (Série B) – 1º turno (16ª Rodada)

Data
11 de agosto
Hora
16h20
Local
Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Gols
1º tempo
Alessandro(AMG), aos 23min, e Pedro Ken (VIT), aos 32min
2º tempo
Marcelo Nicácio (VIT), aos 40min
Árbitro
Antônio Frederico de Carvalho Schneider  (RJ/CBF-1)
Assistentes
1 – Ediney Guerreiro Mascarenhas  (RJ/CBF-1)
2 – Jackson Massara dos Santos (RJ/CBF-1)
Cartão amarelo: Leandro Ferreira (AMG)
Expulsão: Deola, aos 24min do 1º tempo
Renda: R$41.910,00
Público: 2.475 pagantes

AMÉRICA MG
Neneca; Boiadeiro, Gabriel, Vinícius Simon e Bryan; Dudu (Pará), Leandro Ferreira, Thiaguinho (Soares) e Thiago Humberto (Fábio Júnior); Alessandro e Rodrigo Pimpão

Técnico: Milagres

VITÓRIA
Deola;  Carlinhos (Rodrigo Costa), Gabriel, Victor Ramos e Gilson; Rodrigo Mancha, Michel, Pedro Ken e Leilson; Willie (Douglas) e William (Marcelo Nicácio)

Técnico: Paulo César Carpegiani

[Vitória x São Caetano]Para superar o trauma e extravasar a irá


Geralmente eu tiro a possibilidade de vingança dos meus textos por uma série de motivos, mas no jogo de hoje, é diferente, as circunstâncias permitem chamá-lo de vingança e serve também para superar um grande trauma recente na história do Leão.

É um fato que ninguém esqueceu aquele fatídico jogo entre Vitória x São Caetano pela penúltima rodada da série b 2011, e por isso vencer o azulão hoje no Anacleto Campanela ajuda a apagar um pouco daquela grande decepção.

O Vitória vai à busca de seu sétimo triunfo consecutivo, para isso terá apenas uma mudança, Gabriel Paulista no lugar de Dener, o time terá o reforço de Eduardo Ramos no banco de reservas, ele que está recuperado de lesão e pode pintar durante o jogo, o restante do time será o mesmo que venceu o CRB por 1×0 no sábado no Barradão.

Sem tempo para treinar, os acertos na equipe se deram por meio de conversa, o grupo ainda foi a campo por 20 minutos, mas o trabalho foi exclusivamente de orientação de posicionamento, o Vitória vai em busca Da conquista de mais 3 pontos fora de casa e com isso confirmar mais ainda a fama de visitante mais incômodo da competição, tendo vencido 5 de 7 jogos até aqui.

O São Caetano de Sergio Guedes é muito mais forte do que o de 2011, isso é possível analisando as duas campanhas, o time do ano passado escapou do rebaixamento na ultima rodada e o de 2012, vem brigando por uma vaga no g4, a meta do rubro-negro é atrapalhar as pretensões do azulão e vencer um jogo considerado de 6 pontos.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B

São Caetano x Vitória 

Local: Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano (SP).

Data: Terça-feira, 30 de julho.

Horário: 21h50.

Árbitro: Anderson Daronco (CBF/RS).

Assistentes: João L Monteiro de Souza Jr. (CBF/RS) e José A Chaves Franco Filho (CBF/RS).

 

São Caetano: Fábio (Luiz); Samuel Xavier, Eli Sabiá, Gabriel e Diego Corrêa; Augusto Recife, Moradei, Éder e Aílton; Geovane e Somália. Técnico: Sérgio Guedes.

 

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Dankler, Victor Ramos e Gabriel Paulista; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Leílson; Marquinhos e Neto Baiano. Técnico: Paulo César Carpegiani.