[BAHIA X VITÓRIA] Clássico quente com clima de decisão!


bahia x VITÓRIA BAVI

Bem diferente do ultimo encontro quando goleou por 4×1 no Barradão. O Vitória chega ao clássico com moral, antes desanimado e em crise pelas eliminações do primeiro semestre, agora o rubro negro enfrenta o rival com a expectativa de se consolidar no G-4 e diminuir a distância para o líder Botafogo e de quebra instaurar uma possível crise no tricolor que por sua vez tenta ganhar novo folego na competição, já que vive um momento de grande instabilidade e perder hoje sacramenta sua saída do grupo dos 4 e pode ocasionar a demissão do treinador Sergio Soares.

O Vitória esta na segunda colocação com 49 pontos e 14 Vitórias, triunfando  abrirá 5 pontos e terá 3 triunfos a mais nos critérios de desempate do que o 5º colocado o proprio Bahia que possui  47 pontos e 12 Vitórias. O Bahia busca passar o rival, fato poucas vezes conseguidas nesse brasileiro, triunfando voltaria ao G-4 e ainda ficaria com 1 ponto de vantagem do rubro negro, dando o gás que eles precisam para encarar essa reta final.

Sem muitos mistérios o Vitória de Vagner Mancini esta escalado e a única ausência é do zagueiro Guilherme Mattis que foi expulso polêmicamente no ultimo jogo, recuperado Diogo Matteus deve reassumir a lateral direita e Diego Renan volta a esquerda no lugar de Euller e a provavél escalação deverá ser: Júnior Gatito, Diego Renan, Kanu, Ramon e Euller; Amaral, Pedro Ken, Escudero e Rhayner; David e Elton.

Já no time de Itinga existe a briga na zaga entre Robson e Jailton e a dupla de ataque mesmo com tanto suspense deverá ser mesmo Kieza e Maxi Biancucchi que ao longo da semana se queixaram de dores mas treinaram normalmente no ultimo coletivo da semana, com isso o Bahia deverá is a campo com: Douglas Pires; Railan, Robson (Jailton), Gustavo e João Paulo;  Yuri, Paulinho Dias, Tiago Real e Eduardo; Zé Roberto (Maxi) e Kieza.

Estratégias: Enquanto o Bahia deverá atuar buscando fechar os espaços e adiantando a marcação, o Vitória deverá usar a velocidade de Diogo e Rhayner e também a forte bola parada de Escudero, o rubro negro deverá tomar as iniciativas enquanto o tricolor tentará sair em contra ataque.

Publico recorde na Fonte Nova e uma grande festa com toda certeza das torcidas no maior clássico do norte-nordeste um dos maiores do Brasil e porque não dizer do mundo. A beleza e rivalidade de um BAVI é inexplicavél e contagiante, já perdi as contas de quantos assisti, só tenho a certeza que sorri muito mais do que chorei e espero hoje comemorar mais uma vez e como sempre deixo uma provocação aos meus amigos tricolores, repetirei a frase do ultimo clássico: É na Fonte Nova!HAHAHA então menos de 5 eu nem comemoro!

PEGA LEÃO!

Anúncios

VITÓRIA 4X1 BAHIA (JOGO COMPLETO) Campeonato brasileiro série B 2015


Novela Biancucchi e Escudero próxima de final feliz


MAXI E ESCUDEROUm dos empecilhos para a renovação com Escudero era a liberação do Boca Juniors que ainda detinha 6 meses de contrato com o atletas, mas as ultimas informações é que o empresário já conseguiu a rescisão do contrato e com isso as conversas com o Vitória ficam mais acessíveis já que um alto valor de luva era pedido justamente para liberação com o Boca, agora é acertar a base salarial e renovar com o rubro negro.

Já no caso Maxi Biancucchi o seu empresário Régis Marques Chedid afirmou em entrevista ao Bahia Notícias que já conversou com Raimundo Queiroz e que o desfecho positivo não esta distante, tempo de contrato que teria sido exigido com 3 anos e ajustes salariais de ambas as partes é o que falta para a confirmação de um novo contrato.

A expectativa é que ainda esta semana haja o desfecho e assinaturas de renovações de Maxi Biancucchi e Escudero, com isso a novela que ganhou contornos dramáticos na ultima semana, deve ser finalizada com um final feliz e o Vitória terá realmente conseguido manter a base que atuou bem em 2013 para temporada 2014 e o foco será nos reforços pontuais.

MONTAGEM DO ELENCO DO ECV 2014, Veja situação dos jogadores!


Brasil_CBF_Wallpaper_Colors_by_renatofraccari

Existem muitas especulações envolvendo possíveis contratações, renovações e dispensas de atletas para 2014, e pouco tem sido confirmado pela diretoria do Vitória, a garantia que temos é que Ney Franco conta com alguns atletas que possuem contrato e atletas oriundos das divisões de base, mas saiba mais do que tem acontecido nos bastidores da Toca do Leão.

Informações retiradas do EC Vitória Notícias!
ESPECULAÇÕES———-
Herrera (atacante do Emirates); Héverton (Portuguesa) e Rafinha (Flamengo)

CONTRATAÇÕES———-  RENOVARAM (confirmados)———-

AINDA POSSUEM CONTRATO———-

GOLEIRO(S)
Douglas (goleiro): contrato até 2014;
Gustavo (goleiro): contrato até 31/12/2014;
Wilson (goleiro, ex-Figueirense): contrato até dez/15;

ZAGUEIRO(S)
Reniê (zagueiro): contrato até 31/12/2013;

VOLANTE(S)
Edson Magal (volante): contrato até 31/12/2016;
Neto Coruja (volante): contrato até 31/03/2014;
Mineiro (volante): contrato até 31/12/2014;
Gabriel Soares (volante): contrato até 28/02/2015;
Luis Cáceres (meia/volante do Cerro Porteño): contrato até 12/2014;
Marcelo (volante): contrato até ????;

LATERAL(IS)
Euller (lateral): contrato até 29/05/2015;
Léo (lateral-direito): contrato até 31/12/2014;
Mansur (meia): contrato até 19/01/2016;
Nino Paraíba (lateral-direito): contrato até 10/12/2015;

MEIA(S)
Arthur Maia (meia): contrato até 31/12/2014;
Felipe Tertulino (meia):
Leilson (meia): contrato até 31/12/2014;
Vander (meia do Bahia):

ATACANTE(S)
Alan Pinheiro (atacante): contrato até 31/08/14;
Marquinhos (meia-atacante): contrato até 30/06/2014;
Dinei (atacante): contrato até 31/12/2014;
William Henrique (atacante): contrato até 31/12/2015;
Rômulo (atacante): contrato até 2016;

ORIUNDOS DA BASE———-

Alan Henrique (zagueiro): contrato até 31/12/2014;
Clayton (zagueiro): contrato até 31/12/2014;
Duylio (volante): contrato até 31/12/2015;
Lucas Garcia (volante): contrato até 31/12/2013
Iuri (lateral-esquerdo): contrato até 31/12/2015;
Dimas (lateral-direito): contrato até 31/12/2014;
Arthur Caculé (meia): contrato até 31/12/2014;
Adailton (atacante): contrato até 30/06/2014
Agdon (atacante): contrato até 31/12/2013;
Edson (atacante): contrato até 31/12/2014;
Thiago (atacante): contrato até 14/07/2013;
Jeferson (lateral-???): ???;

INDEFINIDOS (não sei a situação)———-
GOLEIRO(S)
Fernando Kaufmann (goleiro do Juventude-RS):

ZAGUEIRO(S)
Josué (zagueiro): contrato até 09/04/2014;
Kadu (zagueiro do Bragantino): pode permanecer em 2014;
Victor Ramos (zagueiro): tem contrato de empréstimo até dez/2013, pode permanecer;
Fabrício (zagueiro do Vasco):
Renato Santos (zagueiro do Flamengo-RJ):
Luiz Gustavo (zagueiro do Palmeiras-SP):

VOLANTE(S)
Luís Alberto (volante do Cruj-ROM):
Esdras (volante): contrato até 10/12/2013;
Ramires (volante): contrato até 15/05/2014;
Elizeu (volante do Esteril-POR):

LATERAL(IS)
Danilo Tarracha (lateral-esquerdo do Linense-SP):
Ayrton (lateral-direiro do Palmeiras-SP):
Juan (lateral-esquerdo do São Paulo):

MEIA(S)
Escudero (meia-atacante do Boca-ARG):
Renato Cajá (meia do Kashima Antlers)
Rafael Granja (meia): contrato até 11/05/2013;

ATACANTE(S)
Maximiliano Biancucchi (atacante do Olimpia-PAR):
Pedro Oldoni (atacante do Atlético-PR):
André Lima (atacante do Beijing Guoan-CHI):
Alemão (atacante da Ponte Preta-SP):

DE SAÍDA (já confirmados)———-
Daniel Borges (lateral-direito do Botafogo-SP): rescindiu contrato;
Deola (goleiro do Palmeiras-SP): confirmou que não ficará;
Michel (volante): contrato até 10/12/2013, confirmou saída;
David Braz (zagueiro do Santos):
FORAM EMPRESTADOS———-

Willie (atacante): contrato com ECV té 31/07/2017. Emprestado ao Vasco-RJ;

[ATLÉTICO-MG 2X2 VITÓRIA] Valeu pela bela campanha, mais sucesso em 2014!


1005225_559055020809203_564539009_n

Essa frase resume o sentimento, foi um bom campeonato, e que gostaríamos muito de sermos coroados com a libertadores, o que infelizmente não aconteceu, mas fica a expectativa de um 2014 arrasador e de muitas conquistas para o rubro negro.

Um ótimo trabalho de Ney Franco que chegou e disse que iria buscar o título simbólico do 1º turno e estamos aí 36 pontos junto com o Cruzeiro, campanha sensacional, espero sinceramente que a base do time seja mantida e vou falar um pouco disso agora.

Escudero: Esse cara é um monstro, futebol de gênio e raça de guerreiros, dá orgulho de ver ele com o manto rubro negro.

Maxi Biancucchi: 11 gols e um futebol de gente grande, outro que precisa renovar.

Ayrton e Juan: Os caras mudaram a maneira do Leão jogar, nos deram muitos alegrias, marcam e apoiam com qualidade.

Wilson: Goleiraço, pega muito, as vezes falha como qualquer goleiro, mas desde que assumiu a 1, ele vem honrando, que bom que já esta garantido.

Defesa: O ponto fraco do time em todo 2013, precisa contratar bem melhor, não dá para aturar David Braz e Fabricio e Kadu e Victor Ramos são apenas razoáveis, este é o setor que precisa de reformulação.

Cáceres e Marquinhos: Que bom que possuem contrato, terminaram o ano jogando muito.

Renato Cajá: Joga mais do que parece, mas muito, muito menos mesmo do que ele pensa, não renova, precisamos de 2 meias de criação.

Dinei: Demorou a engrenar, no final passou a ser o atacante que esperamos, mas precisamos de um bom reforço, além da recuperação e renovação de André Lima.

ELENCO PARA 2014 considerando as renovações:

Goleiros: Wilson, Gustavo, Fernando e Guilhermo está muito bom

Laterais: Nino, Ayrton, Juan, Euller, Mansur: Muita qualidade, setor fortíssimo.

Zaga: Luiz Gustavo e Contratar 4

Volantes: Marcelo, Cáceres, Neto Coruja e mais duas contratações.

Meia: Escudero, Arthur Maia e contratar 3 atletas.

Atacantes: Marquinhos, Maxi Biancucchi, Willian Henrique e Leílson muita qualidade.

Centroavante: Dinei, André Lima e mais um contratação.

Técnico Ney Franco: Coragem e qualidade que há muito tempo esperamos no Vitória.

DISPENSAS e não renovações: Renato Santos, Reniê, David Braz, Fabricio, Victor Ramos

Danilo Tarracha, Michel, Vander, Renato Cajá, Alemão, Pedro Oldoni

VENDE ou Empresta: Léo, Willie, Felipe,

OPINIÃO LMP: Como já afirmei foi uma grande competição e nos da esperanças de um ano bem  melhor em 2014, acredito num ano fantástico com Ney Franco a frente desde o inicio, ano de renovar e fazer SOU MAIS VITÓRIA. Durante essa semana , talvez amanhã mesmo, postarei com imagens ilustrativas o porque dá campanha nos dá orgulho.

[VITÓRIA 4X2 FLAMENGO] Fotos e Videos do Leão na briga pela Libertadores!


vitória x flamengo
Quando a bola rolou para a despedida do Leão do Barradão no ano de 2013, ficou evidente a obrigação de vencer e alimentar as chances de ir a libertadores e também de se despedir do presidente Alexi Portela em grande estilo. E o rubro negro não decepcionou, um grande jogo e um atropelo no Flamengo.
Agora o Leão continua firme e tem que torcer para uma rodada semelhante a esta para cravarmos o nosso nome na libertadores 2014.
FOTOS: ESPORTE NA REDE/ GABRIELA SIMÕES
FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 4 X  2 FLAMENGO
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 1º de dezembro de 2013, domingo
Hora: 16 horas (horário de Salvador)
Árbitro: Paulo Cesar de Oliveira (SP)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Rogerio Pablos Zanardo (SP)
Gols: Dinei (2), Maxi Biancucchi e Marquinhos (Vitória); Wallace e Hernane (Flamengo)
VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Cáceres, Renato Cajá (Danilo Tarracha) e Escudero (Wiilliam Henrique) ; Marquinhos, Dinei e Maxi Biancucchi (Luiz Gustavo).
Técnico: Ney Franco
FLAMENGO: Paulo Victor, Digão, Wallace, Samir, João Paulo; Amaral, Luis Antônio, Adryan, Gabriel (Nixon); Bruninho (Rafinha) e Hernane
Técnico: Jayme de Almeida

[VITÓRIA 2X0 SANTOS] Ser Vitória é não jogar a toalha jamais!


VITÓRIA X SANTOS

O Vitória voltou a vencer e mantém viva as chances de ingressar na Libertadores 2014, para isso é preciso vencer as próximas partidas e acreditar no tropeço dos adversários.

O time jogou muito bem, anulou a equipe santista, e não desperdiçou as oportunidades como foi contra o Cruzeiro.

Gostei muito da partida, anular o adversario, marcar em cima e fazer uma jogada de pé em pé como foi a do primeiro gol, não é para qualquer um, e o domínio de Escumito 11 tirando o defensor mostra isso, ótima jogada e gol de Dinei, aos troncos e barrancos é 13º dele.

Depois do gol o jogo ficou morno e só reaqueceu no segundo tempo quando o Vitória veio para cima buscar a definição, até que Juan acertou um ótimo lançamento e Maxi Biancucchi com o domínio deixou dois para trás e soltou uma bomba que bateu no travessão e foi morrer na rede, golaço e Leão garantindo os 3 pontos.

A briga, o sonho a luta continua, vamos que vamos Leão.

 

WILSON – GOLEIRO
Pegou tudo e mais um pouco, o que foi aquela defesa no minuto final? Importantíssimo
Nota:8,0

AYRTON – LATERAL-DIREITO
Foi para cima, buscou as jogadas com Marquinhos e Cáceres, é um lateral com muitos recursos, me agradou muito sua partida.
Nota:7,0

VICTOR RAMOS – ZAGUEIRO
Conseguiu parar os ataques santista, recuperou definitivamente o bom futebol, Kadu é um grande parceiro.
Nota:7,0

KADU – ZAGUEIRO
Falta qualidade técnica, mas sobra vontade, as vezes é estabanado, mas dá sangue e isso agrada muito em todas as suas partidas, casou bem com VR3.
Nota:7,0

JUAN – LATERAL-ESQUERDO
Mais uma assistência na conta e demonstração do porque assumiu de fato a camisa 06 do Leão, tem muita qualidade, Renova Queiroz.
Nota:7,0

MARCELO – VOLANTE
Machucou-se ainda no inicio.
Sem Nota

MICHEL – VOLANTE
Entrou no lugar de Marcelo e conseguiu fazer uma boa partida, ajudou a anlar Cicero e Montillo.
Nota:7,0

LUÍS CÁCERES – VOLANTE
É um dos caras que simboliza essa boa campanha que tem tudo para se tornar ótima, marca com eficiência, anulou os meias do Santos e ainda apoia com qualidade.
Nota:7,5

ESCUDERO – MEIA
JOGA MUITO, Que assistência linda, que corte no zagueiro com o domínio da bola, que marcação implacável, o pulmão e o coração desse time. .
Nota:8,0

MARQUINHOS – ATACANTE
Oscilou entre bons e maus momentos, importante no lance do primeiro gol quando achou Escudero numa bela inversão, saiu machucado.
Nota:6,0

DANILO TARRACHA – LATERAL-ESQUERDO
Não trabalhou muito já que o Santos não atacava, por isso segurou a onda na defesa com o placar encaminhado.
Nota:6,0

WILLIAM HENRIQUE – ATACANTE
Jogou bem, foi para cima e entortou, mas precisa ser mais objetivo e tocar em alguns lances.
Nota:6,5

DINEI – ATACANTE
Um belo gol e muita disposição, tem que ser assim, ser desperdiçar as chances.
Nota:7,5

MAXI BIANCUCCHI – ATACANTE
ÔOOOOO O BIANCUCCHI VOLTOU, Golaço! Que pintura! Dominio tirando dois e um foguete lindo na rede!
Nota:8,0

NEY FRANCO – TREINADOR

Sacou Renato Cajá e colocou o  Talismã Pica Pau, o time começou elétrico, foi pra cima dominou e apesar das contusões continuou com o domínio da partida, colocou Maxi e ele brocou um lindo gol, é um grande treinador, entende muito do ludopédio.

Nota: 9.0

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 2 X 0 SANTOS
Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 17 de novembro de 2013, domingo
Horário: 16 horas (horário da Bahia)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-PE)
Assistentes: Elan Vieira de Souza e Albino Andrade Albert Júnior (ambos do PE)
Gols: Dinei e Maxi Biancuchi (Vitória).
Público: 15.400
Cartões amarelos: Bruno Peres, Alison e Emerson (Santos)
VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Kadú, Victor Ramos e Juan; Marcelo (Michel), Cáceres e Escudero; William Henrique (Maxi Biancucchi), Marquinhos (Danilo Tarracha) e Dinei
Técnico: Ney Franco
SANTOS: Aranha; Bruno Peres (Cicinho), Edu Dracena, Gustavo Henrique e Emerson; Alison (Willian José), Arouca, Cícero e Montillo; Thiago Ribeiro e Geuvânio (Gabriel)
Técnico: Claudinei Oliveira

[CRUZEIRO X VITÓRIA] Como se fosse no Barradão


CRUZEIRO X VITÓRIA

Quando a bola rolar ás 18:30 no estádio do Mineirão o Vitória terá que enfrentar dois fortes adversários, o vice líder Cruzeiro dono do maior ataque do brasileirão, e o péssimo retrospecto fora de casa, portanto, digo a Caio Junior e aos atletas rubro-negros que joguem como se fosse no Barradão, e daí cravaremos 3 importantíssimos pontos.

Com o retorno do artilheiro Maxi Biancucchi, do Centroavante Dinei e do volante Michel o Leão tem menos problemas do que na ultima partida quando venceu a Ponte Preta, mas não contará com Gabriel Paulista e vai de Dimas na lateral direita, e ainda não conta com o importante Escudero.

O time de Marcelo Oliveira também tem desfalques importantes, Bruno Rodrigo, Souza e Luan não enfrentam o Vitória e o treinador deixou algumas duvidas para escalar a equipe.

Histórico do confronto:

As equipes já se enfrentaram em 32 jogos com 18 triunfos do Cruzeiro, 5 empates e 9 triunfos do Vitória. Isso contando Brasileiro série A e Copa do Brasil, na ultima partida em solo mineiro o Leão levou a melhor sobre a raposa, Cruzeiro 0x1 Vitória em 2010.

FICHA TÉCNICA
Série A
Cruzeiro x Vitória
Local:
Mineirão, em Belo Horizonte (MG).
Data: 17/08/2013
Horário: 18h30
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP) e Pedro Martinelli Christino (CBF/PR).

Cruzeiro: Fábio; Mayke, Léo, Dedé e Egídio; Nilton, Leandro Guerreiro, Ricardo Goulart e Everton Ribeiro; Martinuccio (Willian) e Borges. Técnico: Marcelo Oliveira.

Vitória: Wilson, Dimas, Victor Ramos, Fabrício e Euller; Michel(Cáceres), Luis Alberto, Vander e Cajá; Dinei e Maxi Biancucchi. Técnico: Caio Júnior.

[VITÓRIA 1X1 FLUMINENSE] Não se pode perder tantas chances


VITÓRIA X FLUMINENSE

POR: Marcelo Góis

Incrível a mescla de sentimentos nesse jogo entre Vitória e Fluminense, esta noite no Barradão. No primeiro tempo, vimos um Vitória alucinante: muito veloz, pressionando o adversário e muito determinado a acabar de vez com o jogo. Taticamente, notamos um time diferente da partida bisonha diante da Portuguesa. Sistema defensivo seguro, meio campo bem postado e jogando com seriedade e com exceção de Dinei, um ataque decisivo. Maxi confirmou sua boa fase, brocou mais um e é momentaneamente artilheiro da série A, com 8 gols. Marcelo Camacho enfim começou jogando óbvio que ele jogou recuado contudo, deu pra evidenciar é que se trata de um jogador que cadencia tanto o jogo, que chega a irritar.

Escudero ganhou liberdade pra jogar e deu boa mobilidade ao meio tanto que deu a assistência para o gol. No segundo tempo, o Fluminense voltou determinado a empatar e encurralou o Vitória. O que me deixa irritado é a absurda queda física do time que, teve três jogadores substituídos por lesão (Michel e Escudero com dores no Púbis e Tarracha com lesão no músculo posterior da coxa direita). Fred então, começou a fazer a diferença. Trabalhou no pivô e deu um passe para Jean na cara do gol finalizar e Wilson de maneira excepcional, defender e nos salvar. Em outro lance, o atacante Kenedi fez grande jogada e finalizou para outra grande defesa de Wilson, que em seguida, no reflexo pegou o rebote. Mais pro fim após cobrança de escanteio Wilson calculou errado, socou para trás e falhou bisonhamente, Fred livre pegou a sobra e empatou.

No ultimo minuto Fred apareceu na pequena área finalizando de cabeça e caprichosamente a bola foi no travessão. É impressionante o quanto esse esporte é cruel com qualquer atleta e em especial, na posição onde não se deve falhar nunca. Enfim, uma hora um resultado ruim ia aparecer e o torcedor deve e tem que entender que não há motivo para desespero. Incrível a mescla de sentimentos nesse jogo entre Vitória e Fluminense: Da empolgação, pra frustração e ao alívio.

FICHA TÉCNICA

Série A

Vitória x Fluminense

Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).

Data: 07/08/2013 

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)

Auxiliares: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Luiz Souza Santos Renesto (PR).
Gols: Maxi Biancucchi (Vitória) / Fred (Fluminense)

 

Vitória: Wilson; Gabriel Paulista, Victor Ramos, Fabrício e Danilo Tarracha (Mansur); Michel (Edson Magal), Cáceres, Escudero e Camacho (Renato Cajá); Maxi e Dinei. Técnico: Caio Júnior.

 

Fluminense: Diego Cavalieri, Igor Julião, Gum (Diguinho), Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean, Wagner (Kennedy) e Felipe (Eduardo); Rafael Sobis e Fred. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

POR: Valmerson Santana

WILSON: Estava quase sendo canonizado quando cometeu um erro fatal para o gol de Fred. 7,5

Gabriel: Partida muito segura, tem sido destaque improvisado. 7.0

Victor Ramos: Deu duas patinadas mas no geral foi muito bem. 6,5

Fabricio: Acompanhou os companheiros, muito seguro, principalmente nas bolas áreas. 6,5

Tarracha: Jogou muito bem, e se tivéssemos um centroavante de verdade, venceríamos a partida. 7,0

Michel: Do sistema defensivo foi aquele que destoou, não apareceu no jogo. 4,5

Cáceres: Encostou legal no ataque e ajudou a pressionar a defesa do Fluminense bela partida. 7,0

Camacho: Não conseguiu imprimir aquele passe que se espera de um 10, cadenciou demais a partida.

Escudero: O cara do meio campo, muita garra técnica e uma bela assistência, o time sentiu sua saída 7,5

Maxi Biancucchi: Outro gol do nosso artilheiro, precisa ter um parceiro de ataque melhor. 7,5

Dinei: Pelo amor de Deus, um cara gigante tem tantas bolas alçadas e não consegue cabecear uma. Zero

Renato Cajá: Continuou com o péssimo futebol das ultimas partidas. 2,5

Edson Magal: Conseguiu aparecer mais do que Michel, mas entrou em momento complicado: 5,0

Mansur: Não conseguiu manter a pegada de Tarracha, sentiu a falta de ritmo. 4,5

Caio Junior: Armou bem a equipe, mas sofre com as peças de reposição, 3 substituições por questões de contusão e necessidade física. 6,0

[VITÓRIA 2X1 PORTUGUESA] Uma partida péssima, e um resultado excelente


vitória x portuguesa

Ir a uma boa pizzaria é realmente um grande programa de domingo, comer aquela velha fatia de Portuguesa é sempre agradável, mas quase que o lazer vira preocupação o rango se torna indigesto.

Isso porque a começar pelo forno caldeirão (Barradão) estava faltando lenha, brasa (torcedor) e sem aquele calor tradicional a massa (time) parecia desandar, e o pizzaiolo Caio Junior não conseguia de maneira alguma corrigir a receita e o que se via é a pizza portuguesa cada vez mais indigesta, apimentada, tornando-se um grande pesadelo, e é nessas horas que precisamos de um garçom talentoso(Maxi), capaz de acalmar a fúria do cliente( torcedor) e deixar o colega(Tarracha) pronto para satisfazer o sonho de degustar uma boa massa. Depois disso contamos com a sorte, o forno resolveu aquecer, a massa cresceu, deu liga e fomos premiados com uma bela pizza.

O JOGO

O Vitória sofreu uma grande pressão da Lusa na noite deste domingo, e aquela velha máxima do futebol, mostrou mais uma que continua atual. Quem não faz, toma! Wilson foi sem duvida alguma o grande nome do jogo, pelo menos 4 grandes defesas, e em outras 4 contou com a sorte ou péssima pontaria da equipe paulista.

O Vitória não chutou uma bola sequer ao gol no primeiro tempo e continuou sofrendo no segundo. E quando Victor Ramos deu uma pixotada, Gabriel Paulista conseguiu até salvar o primeiro lance, Wilson fez milagre no segundo, e Victor Ramos e Michel ficaram olhando o jogador Cañete aos 18 minutos do segundo tempo marcar o gol e fazer 1×0 no placar.

O que era ruim, ficou ainda pior, o rubro negro que já iniciava a partida caindo para a 10º colocação sofria um revês e ia consolidando um momento ruim dentro da  competição, pois seria a quarta partida sem vencer, mas coisas inexplicáveis do esporte deixam atônita a cabeça desse que vos escreve. Quem em sã consciência acreditaria na virada? É mas o triunfo veio, primeiro numa jogada magistral de Maxi Biancucchi que entortou o zagueiro e lançou precisamente para Tarracha acertar um belo chuto e empatar aos 26 minutos.

Quem já estava satisfeito pelo empate, viu nos pés de Escudero de vencer, e não sei ainda como o argentino conseguiu chutar aquela bola para fora, porém com o leão as vezes é assim, sofrido, e aos 40 minutos, falta após jogada de Maxi e Fabricio cobra, a bola ia muito fora, mas ela toca no ultimo atleta da barreira, engana o goleiro e vai parar na rede, Vitória 2×1 Portuguesa. Aos 48 Valdomiro teve uma chance no único vacilo de Wilson, mas a bola caprichosamente foi para fora.

FICHA TÉCNICA -VITÓRIA 2 X 1 PORTUGUESA

Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA)
Data: 04 de agosto de 2013, domingo
Horário: 18h30 horas (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Guilherme Dias Camilo (MG)
Cartões amarelos: Daniel Borges (Vitória); Ferdinando e Correa (Portuguesa)
GOLS: VITÓRIA: Danilo Tarracha, aos 24, e Fabrício, aos 40 minutos do segundo tempo.
PORTUGUESA: Cañete, aos 17 minutos do segundo tempo

VITÓRIA: Wilson, Daniel Borges (Leílson), Gabriel Paulista, Victor Ramos e Danilo Tarracha; Michel, Edson Magal (Fabrício), Renato Cajá (Camacho) e Escudero; Maxi Biancucchi e Dinei
Técnico: Caio Júnior

PORTUGUESA: Lauro, Luis Ricardo, Moisés Moura, Valdomiro e Rogério; Ferdinando, Bruno Henrique (Corrêa), Moisés (Matheus), Souza e Cañete; Gilberto (Michel)
Técnico: Guto Ferreira

WILSON: O nome do jogo, ótimas defesa, vai se consolidando como paredão. 10,0

Daniel Borges: Esperaram tanto pra isso? 0,0

Victor Ramos: Eu já disse, volta pra Nicole meu filho! Nota 3.0

Gabriel Paulista: Salvou em duas oportunidades, salvou o companheiro de defesa. 7,0

Tarracha: Salvo pelo golaço. 5,0

Michel: Vai pro banco pelo amor de Deus, não marca, não faz falta, não apoia mas atrapalha. 3,0

Edson Magal: Muita vontade, mas não atuou bem, ainda cansou: 5,0

Escudero: O que foi aquilo meu caro? Ainda bem que não fez falta. 4,5

Renato Cajá: Mascarado e intocável, não gostou das reclamações, a muito merece um banco, nem bola parada esta conseguindo acertar. 0,0

Maxi Biancucchi: Foi a válvula de escape, conseguiu jogar por todo sistema ofensivo. 7,0

Dinei: Pelo amor de Deus Portela, contrate logo um camisa 09. 2,0

Leilson: Não entrou bem, não conseguiu dar a sua dinâmica, mas tem talento, 5.0

Camacho: Ainda não demonstrou grande futebol, mas tem sido melhor do que o Cajá: 5.0

Fabricio: Golaço huahuahau melhor falta do brasileirão rsrsrrs ensaida com a barreira 7.0

 

Caio Junior: Culpado pela péssima partida, não temos elenco, mas você é conivente com isso tudo quando não busca outras alternativas, mudança de esquema e mantém um time estudado pelos adversários. 4,0

Torcida: Deixou a desejar na quantidade, vaiou acertadamente, e demorou a ascender na partida. 4,0