Vitória x Bahia Final do campeonato baiano


A dupla BAVI tem a batalha final(1º semestre) no quinto clássico do ano, valendo o título estadual, o Vitória terá o Barradão lotado de rubro negros e precisa apenas de um empate para a conquista do baiano, o rival precisa quebrar um tabu de 6 anos sem vencer o leão em sua selva.

Cheio de problemas para montar a equipe, Wesley Carvalho não antecipou a escalação, a tendência é que Gabriel Xavier e André Lima sejam titulares, além deles Jhemerson será opção no banco de reservas, Kieza e Fred estão vetados. Acredito que Wesley volta com Gabriel Xavier no meio e Euller retorna a lateral em lugar de Geferson e Bruno Ramires assume no lugar do suspenso Willian Correia.

No lado do rival, Guto Ferreira não tem problemas mas também adotou o mistério e só revela a equipe nos vestiários.

FICHA TÉCNICA
Vitória x Bahia
Campeonato Baiano – final
Local: Barradão, em Salvador
Data: 07/05/2017
Horário: 16h
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA)
Vitória: Fernando Miguel; Patric, Alan Costa, Kanu e Euller (Geferson); Willian Farias, Bruno Ramires, Cleiton Xavier e Gabriel Xavier (Euller); David e André Lima(Rafaelson). Técnico: Wesley Carvalho.
Bahia:Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Pablo Armero; Edson, Juninho (Renê Júnior) e Régis (Gustavo); Allione, Zé Rafael e Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.
Bahia 
Anúncios

Santos 3×2 Vitória Leão perde mas Ponte o salva da zona


Santos 3x2 VitoriaO Vitória voltou a perder para o Santos pelo placar de 3×2 mas desta vez na Vila Belmiro e só não voltou a zona de rebaixamento porque a Ponte Preta arrancou um empate por 1×1 com o Internacional no Beira Rio.

O rubro nego até começou bem, criando perigo e anulando as jogadas do Santos, até que Copete em impedimento marcou 1×0, após o gol o Vitoria perdeu a tranquilidade em campo e parou de atacar.

No intervalo Argel Fucks tirou Marcelo e Euller e colocou Diogo Mateus e David, levando Welison para o meio e o time chegou ao empate com Marinho cobrando penalidade, isso mesmo o Vitória fez gol de pênalti! Marinho não sentiu a pressão de que o time havia perdido os últimos 5 penais cobrados com 2 Diego Renan, Zé Love, Kieza e Cárdenas e balançou a rede mandando embora toda zica.

Não deu tempo comemorar, Diogo Mateus fez penalti e Ricardo Oliveira fez 2×1 e para piorar Diego Renan e Victor Ramos fizeram lambança e Copete marcou, Santos 3×1 com a desvantagem Fucks chamou Serginho no lugar de Cárdenas e ele acabou fazendo de cabeça o seu primeiro gol como profissional mas já era tarde, Santos 3×2 Vitória.

Fim de jogo na vila, as atenções se voltam ao Beira Rio onde o Inter já vencia por 1×0 mas no segundo tempo Antonio Carlos empata e deixa o leão fora da zona.

FICHA TÉCNICA
Santos x Vitória
Campeonato Brasileiro – 35ª rodada
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 17 de novembro de 2016, quinta-feira
Horário: 18h30 (de Salvador)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO/FIFA)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO/FIFA) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
Cartões amarelos: Yuri, Thiago Maia, Ricardo Oliveira (Santos); Diogo Mateus (Vitória)
Gols: Copete (duas vezes)  e Ricardo Oliveira (Santos); Marinho  e Serginho (Vitória).

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Fabián Noguera, Yuri e Zeca; Thiago Maia, Renato (Léo Cittadini) e Lucas Lima; Vitor Bueno (Lucas Veríssimo, Copete e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior

Vitória: Caíque; José Welison, Kanu, Victor Ramos e Diego Renan; Willian Farias, Marcelo (David), Euller (Diogo Mateus) e Cárdenas (Serginho), Marinho e Kieza. Técnico: Argel Fucks.

[BOTAFOGO X VITÓRIA] Final da Copa do Brasil sub-17, Leão precisa golear pra conquistar título


bot-x-Vitoria

Com títulos nas categorias sub-15 e sub-20 o Vitória quer aumentar o cartel e ser também campeão da Copa do Brasil sub-17, porém para tal feito o rubro negro terá de golear o Botafogo por três ou mais gols de diferença ou ainda vencer por 3×1 levar a decisão para penalidade e converter mais do que o time Alvinegro que venceu no Barradão por 3×1 e por isso tem boa vantagem.

O treinador João Burse do Vitória se apega aos números do Vitória na competição que sempre fez 3 gols fora de casa e o Botafogo já sofre revés em seus domínios, a tendência é que o leão sufoque a estrela solitária que buscará os contra ataques com os espaços deixados pelas tentativas desenfreada de reverter o placar adverso.

VITÓRIA: Jonh; Cedric, Rangerson, Gabriel e Padilha; Hebert, Luciano, Matheus e Yan; Eronildo e Potó.

[VITÓRIA X CRUZEIRO] Carimba a faixa Leão!


VITÓRIA X CRUZEIRO

Na briga pela libertadores, o Leão vai carimbar o título do Cruzeiro no Barradão, podem ate comemorar a conquista, mas  triunfo será rubro negro.

Com o Barradão lotado, o Vitória vai em busca de mais um triunfo para quem sabe então voltar ao G-4 do brasileiro e não mais sair. O time de Ney Franco esta pronto e tem a volta do lateral Juan em lugar de Tarracha. A expectativa é de um belo jogo, muito disputado, embora o Cruzeiro tenha uma possibilidade já entrar em campo com o título assegurado, já que o Criciúma recebe o Atlético PR as 20 horas e o jogo no Barradão é as 21:50.

Os olhos do Brasil estarão ligados no Barradão, todos querem ver a partida que pode definir o título ou dar de vez ao rubro negro a condição de ser um dos classificados para Libertadores 2014.

Como disse o Fernando Baía, a torcida e o time do Cruzeiro fizeram certo em comemorar no domingo passado, pois caiu na Toca é pau!

[Guaratinguetá x Vitória] Vencer para manter a briga pelo título


 

Em lados opostos da tabela o time nômade do interior de São Paulo e o Vitória duelam com objetivos diferentes, o primeiro sonha em fugir da zona de rebaixamento, já o Leão espera reassumir a liderança da competição.

 

O Vitória tem mudanças Gabriel Paulista reassume o seu lugar na zaga após cumprir suspensão e Marquinhos substituirá Willie que está suspenso, o restante do time é o mesmo que venceu o América MG por 5×3 no Barradão.

 

O treinador PC Gusmão realizou treinos durante a semana e disse estar confiante na luta pelo título, pela primeira vez o treinador assumiu existir uma possibilidade de continuar no clube após a competição, isso porque ele tem um pré-contrato assinado com um time Árabe mas deixou no mesmo a possibilidade de sair sem multa contratual, o que permitiria que ele continuasse no rubro-negro.

 

A rodada da competição começou ontem e os resultados não foram favoráveis ao Leão que esperava garantir a vaga já no jogo de hoje, mas terá que vencer e aguardar a rodada seguinte para arrematar a sua ida a série A 2013, no complemento da rodada o brioso buscará vencer e torcerá por um tropeço do Goiás para voltar ao topo da tabela.

 

 

FICHA TÉCNICA

Série B

Guaratinguetá x Vitória 

Local: Estádio Dario Leite

Data: 10/11/2012

Horário: 15h20 (horário da Bahia)

Árbitro: Anderson Daronco (RS-CBF 1)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (CBF-2) e Carlos Henrique Selbach (RS-CBF 1)

Guaratinguetá: Saulo; Leandro, Baggio, Igor e Renato Peixe; Bruno Formigoni, Ruan, Jairo e Marcinho; Alemão e Jonatas Belusso. Técnico: Carlos Octávio.

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Gilson; Uelliton, Michel, Tartá e Marquinhos; William e Elton. Técnico: PC Gusmão.

[VITÓRIA X ATLÉTICO PR] A grande final da série B


São 38 finais neste campeonato brasileiro da série b, todo jogo é uma decisão e isso não é exagero e nem cliché, é fato, mas o jogo de logo mais entre Leão e furacão para mim é considerada a grande final da competição, vamos aos fatos. É bem verdade que se vencer hoje o Vitória ainda não estará matematicamente classificado, de acordo com o competente matemático e rubro-negro Marcelo Monteiro o brioso ainda precisará de mais 1 ponto para assegurar a classificação na casa dos 67 pontos, Já o Atlético tem a chance de adentrar definitivamente no g-4 e assegurar a vaga para retornar a elite e caso sofra o revés fica um tanto distante do sonho.

Todo mundo conhece as tradições de Vitória e Atlético e por isso este é chamado de um jogo de série A, e poderá vim a ser de fato em 2013, as equipes trilharam caminhos diferentes, mas foram consideradas desde o inicio como os grandes favoritos ao título, o Leão está na cola do Criciúma e espera confirmar o pressagio, já o furacão após ter um inicio bastante complicado figurando até na zona de rebaixamento, se recuperou e busca o retorno a elite.

Paulo Cesar Carpegiani fez treino secreto durante a semana, testou novas formações e o time que entra em campo é uma verdadeira incógnita, já se especulou 4 escalações diferentes com uma briga acirrada no meio de campo com Willie, Tartá, Marquinhos, Rodrigo Mancha e Arthur Maia e até mesmo a saída do atacante Willian, sendo que Mancha atuaria como um terceiro zagueiro, o restante do time segue o mesmo, com a ausência de Victor Ramos lesionado e a manutenção de Josué ao lado Gabriel que retorna de suspensão.

Já o adversário vem a Salvador bem definido com a mesma formação dos últimos embates e sem grandes surpresas, a expectativa é de um grande jogo e que as duas equipes busquem o triunfo do inicio ao fim.

15 ANOS DA TORCIDA UNIFORMIZADA OS IMBATÍVEIS-TUI

Eu que vi de perto o nascimento da TUI fico espantado ao ver nas arquibancadas como em apenas 15 anos aquele pequeno grupo que estava na arquibancada da fonte nova se transformou nesta gigante torcida respeitada no país inteiro, ser a maior referência da torcida rubro-negra não é fácil mas a TUI conduz isso com grande maestria e por isso ostenta qualidades que o fazem parecer unica em meia grande multidão de 3 milhões de leoninos espalhados por este país, parabéns TUI, parabéns Imbatíveis, de presente vamos virar esta faixa hoje1

FICHA TÉCNICA
31ª rodada da Série B 
Vitória x Atlético-PR
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).
Data: sábado, 20 de outubro.
Horário: 16h.
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (Fifa/RS).
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (Asp. Fifa/ES) e Pablo Almeida de Costa (CBF/MG).

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Gabriel Paulista, Josué e Gilson; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Willie (Marquinhos ou Rodrigo Mancha); Élton e William. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Atlético-PR: Weverton; Maranhão, Manoel, Cleberson e Pedro Botelho; Deivid, João Paulo, Henrique e Elias; Marcelo e Marcão. Técnico: Ricardo Drubscky.