[VITÓRIA 4X1 ATLÉTICO] O time de Carlos Amadeu e o time de Caio Junior


IMAGEM_VITORIA_5

Ontem estive no Barradão e como todo rubro-negro fiquei muito feliz com a partida da meninada da Toca do Leão, verdadeiramente o trabalho feito por Epifânio, João Paulo e Carlos Amadeu é de extrema excelência e os frutos podem ser vistos aos montes dentro de campo.

 

O jogo pode ser definido como ataque contra defesa, foi o Vitória buscando o gol e o Atlético MG se defendendo da maneira que podia, na cabine especial, alguém deve ter gostado muito do que viu, Caio Junior chegou na segunda e na terça já pode ver que terá a sua disposição uma juventude qualificada e que precisa agora dosar as contratações com atletas experientes para dar aquela liga ao elenco e termos um Vitória competitivo.

 

Ao que tudo indica Neto Baiano e Deola estarão no leão em 2013, Victor Ramos diz que quer ficar, Marcelo Cordeiro já fez propaganda e embora não tenha nada confirmado ainda, o Vitória começa a esboçar um time para a temporada que vem.

 

Quero deixar registrado também que fiquei encantado com a produtividade coletiva do time da base, é claro que podemos pontuar as qualidades individuais de cada um dos jogadores, mas não tem como negar que o conjunto é muito bom.

37baacf03f3e11e286fe22000a1f9ac6_7

Arthur Maia teve atuação quase impecável 3 assistências, mais meia dúzia de passes que deixaram os companheiros na cara do gol e só não foi perfeito por desperdiçar o penal, sempre torci muito por ele e espero que oportunidades efetivas lhe sejam dadas este ano.

Willie joga muito, tem qualidade e velocidade e se parar de se achar um CR7 vai longe no futebol, ontem e em outros jogos, faltou um pouco de humildade, mas nada que comprometesse o seu bom desempenho, faz um belo trio com Maia e Pinheiro.

Alan Pinheiro fez dois golaços e justificou o porque vesti a 9, teve outras chances e desperdiçou, gostei muito da sua aplicação tática voltando para ajudar na marcação.

Josué e Matheus que partidaça, jogaram muito, um entrosamento invejável a muitas duplas de zaga e um gol de cada para coroar, tenho certeza de que em breve farão história como Wallace, David Luiz, Anderson Martins e Victor Ramos

Edson é uma maldade chamar este garoto de Magal, claro que existem semelhanças físicas, mas a bola jogada por este volante é com certeza muito mais vistosa do que o aquele que lhe rendeu o apelido, foi um monstro, uma grande atuação.

Gabriel Soares é um volante inteligente, chega com qualidade ao ataque e vai ter seu espaço em breve no time de cima, ontem não conseguiu ser produtivo ofensivamente, mas ajudou muito ao Edson na marcação e foi importante enquanto esteve em campo.

Gustavo duas belas defesas, e experiência em outros lances, o numero 1 do Leão e da seleção vai cada vez mais criando possibilidades para em breve ser o numero 1 do time profissional rubro-negro, não tinha o que fazer na falta que originou o gol adversário.

Mansur e Dimas as válvulas de escape quando o meio esta concentrado, mostraram muita eficiência até agora, apoiam bem o ataque e conseguem dar suporte na defesa, possuem grande importância dentro do esquema tático e estão conseguindo cumprir suas funções com bastante êxito.

Mauri para mim foi o único abaixo daquilo que pode render, tem muito potencial mas o congestionamento no meio da defesa atleticana e o grande números de faltas, acabaram deixando a sua atuação somente discreta.

Clayton, Guilherme e Marcone foram mexidas táticas de Amadeu e deram muito certo, o professor tem o time na mão e conhece a qualidade de cada um dos seus atletas, entraram bem e podem ser titulares sempre que for  preciso, aliás Clayton é titular e capitão, Marcone também é considerado junto Agdon aquele reserva de luxo e  isso só comprova a qualidade desta equipe.

 

Carlos Amadeu Um trabalho fantástico que será com fé em Deus coroado com o título da competição, inteligente e com grande conhecimento de futebol, Carlos Amadeu poderá em breve ser treinador do time principal e vim a ser mais uma revelação do clube.

20110501RM48845

Torcida parabéns! 21.659 recorde da competição e uma festa linda do inicio ao fim, mesmo com tantos empecilhos o torcedor rubro-negro compareceu em ótimo numero e apoio bastante a garotada, já ouvi muita gente dizendo que vai invadir Minas para comemorar o título, vamos que vamos!

 

No dia 20 de janeiro queremos ver o Vitória de Caio Junior semelhante ao Vitória de Carlos Amadeu, um time ofensivo, competitivo, bem postado taticamente e disciplinarmente, tenho certeza de que veremos muitos nomes do sub-20 entre os profissionais e brigando diretamente por posições, este é o segredo para um Vitória forte em 2013

 

 

FICHA TÉCNICA

Copa do Brasil Sub-20

Final

Vitória x Atlético-MG

Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).

Data: 11/12/2012

Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL)

Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e José Dias da Hora (BA)

Gol: Josué, Alan Pinheiro e Matheus (Vitória) / Roger (Atlético-MG)

Cartões amarelos: Dimas (Vitória) Lucas Cândido, Roger e Carlos Alberto (Atlético-MG)
Cartão vermelho: Jesiel (Atlético-MG)
Público: 21.659

 

Vitória: Gustavo, Dimas, Matheus (Clayton), Josué e Mansur; Édson, Gabriel Soares (Guilherme), Arthur Maia e Mauri; Willie (Marconi) e Alan Pinheiro. Técnico: Carlos Amadeu.

 

Atlético-MG: Paulo Victor; Jean Pablo (Dodô), Jesiel, Jemerson e Roger; Cácio (Rafael), Lucas Cândido, Álvaro (Henrique) e Paulinho; Carlos Alberto e Souza. Técnico: Rogério Micale.

[VITÓRIA X ATLÉTICO MG] Com Barradão lotado o sub-20 vai tentar repetir o feito do sub-15 e ser campeão da Copa do Brasil.


tampao_site

Um grande confronto está marcado para a terça feira 11/12/12 às 19:00 horas e a promessa é de um grande publico para assistir ao primeiro jogo da final entre Vitória e Atlético MG valendo o título da Copa do Brasil sub-20, ambos já garantiram vaga na taça libertadores da categoria em 2013.

A semana foi de intenso trabalho na Toca e com a recuperação do zagueiro Clayton o treinador Carlos Amadeu ganhou mais este reforço e poderá mudar a equipe titular, outra posição indefinida é o ataque, onde Marcone e Alan Pinheiro brigam pela titularidade.

O jogo também é a despedida do Vitória em 2012 e encarado como o grande presente depois do acesso a série A, o Leão chega a final após ter batido: América MG(atual campeão), Palmeiras, Cruzeiro, e Grêmio, havia a expectativa do clássico BAVI mas o rival foi eliminado na semifinal pelo galo.

A expectativa é que o Leão vença o jogo e abra vantagem para o jogo de volta em Minas, melhor ainda é vencer sem sofrer gols o que dá ainda mais vantagens para equipe rubro-negra, de acordo com o treinador Carlos Amadeu deve ser um jogo muito aberto com as duas equipes buscando sempre o ataque e que isso é muito bom, já que o Vitória é um time bastante ofensivo e com isso terá bastante espaço para buscar surpreender o adversário que tem estilo de jogo bem parecido.

476980cb289935c8eac8e4e-campeao2

Uma motivação extra para os garotos é a presença confirmada do novo treinador do clube, Caio Junior já disse que conhece bastante a base do Vitória e que será um prazer trabalhar com estes jovens talentos, os meninos da Toca de olho em uma vaga no time de cima darão a vida para impressionar o treinador.

Em 2010 a equipe do sub-15 foi campeã da Copa do Brasil da categoria e agora é a vez do sub-20, que tem quatro jogadores na seleção brasileira, Gustavo, Mansur, Gabriel Soares e Willie viajam e se apresentam para servir o país logo após a partida e isso comprova ainda mais a força desse time e bom trabalho desenvolvido pela divisão de base do Vitória através de Carlos Amadeu, João Paulo(coordenador da base) e Epifânio Carneiro.

385081_457307867650586_1276877904_n

O Leão deverá ir a campo com: Gustavo, Dimas, Josué, Clayton(Matheus), Mansur, Edson, Gabriel Soares, Arthur Maia, Mauri, Willie, Alan Pinheiro. TÉC: Carlos Amadeu.

Estão concentrados os seguintes jogadores: Gustavo, Ruan, Dimas, Guilherme, Josué, Matheus Salustiano, Clayton, Gabriel Araújo, Mansur, Iuri, Edson, Gabriel Soares, Arthur Maia, Mauri, Agdon, Alan Pinheiro, Willie, Marcone, Vinícius, Nathan, Wonbum Lee e Diego.

5

[Juazeirense x Vitória]Um jogo Importante, mas não passa de um treino de luxo


É bem verdade que os 3 pontos hoje é importante, que vencer da moral para o BA-VI de domingo e que desempenhar um bom futebol é a demonstração de sistema tático apurado, mas o que não dá para negar mesmo, é que o jogo de hoje é um treino de luxo. Se não fosse assim, Cerezo não pouparia jogadores, se assim não fosse, Toninho não colocaria, Geovanni, Marquinhos, Pedro Ken, e Tartá para ganharem ritmo de jogo e sobretudo não estariamos todos na expectativa do maior classico do Norte-Nordeste.

O Vitória precisa vencer para colocar pressão no Bahia de Feira e ultrapassar o timinho de Itinga que tem sido novamente ajudado pela arbitragem, e com isso os novos contratados querem colocar uma duvida na cabeça do treinador(Pedro Ken e Tartá), Geovanni e  Marquinhos querem retomar o posto de titulares, e Dinei quer mostrar que broca mais do que Neto Baiano que busca o gol de numero 50 com a camisa do Vitória(https://valmerson.wordpress.com/2012/02/08/neto-baiano-busca-marca-de-50-gols-com-a-camisa-do-vitoria/).

O Leão terá 5 mudanças para o jogo de hoje: Léo, Wellington Saci, Uelliton, Mineiro, e Lucio Flavio saem para entrada de Dimas, Elton, Michel, Mancha, e Geovanni, ainda existe a possibilidade de Marquinhos começar no lugar de Dinei, ja que Cerezo confirmou que o atacante esta fazendo uma função que não é sua e que ele brigará mesmo é com Neto.

FICHA TÉCNICA :JUAZEIRENSE X VITÓRIA – SÉTIMA RODADA DO CAMPEONATO BAIANO 2012
Data: 8/02/2012 (quarta-feira), às 22h
Local: estádio Adauto Moraes, em Juazeiro
Arbitragem: Jailson Macêdo Freitas, auxiliado por Luiz Carlos Silva Teixeira e Carlos Santos Oliveira

Juazeirense: Vinicius; Leumir, Edi, Ferreira e Michel; Vaguinho, Naldo, Cicinho e William; Clodoaldo e Rafael Baiano. Técnico: Aroldo Moreira

Vitória: Douglas; Dimas, Alan Henrique, Gabriel e Elton; Mancha, Michel, Arthur Maia e Geovanni; Dinei e Neto Baiano. Técnico: Toninho Cerezo

PS:Com relação aos Uniformes 2012 do Leão, serão apresentados após o Carnaval na inauguração da nova loja do clube no BARRADÃO, será novidade em dose dupla.

[Fluminense x Vitória] Muito mais coerente Cerezo e Eric Pino quer jogar no Vitória!


Após duas rodas escalando o time com 3 volantes, e apenas o lento Lucio Flavio como homem de criação, Cerezo voltou atrás e parece que escalará o time no 4-4-2 clássico com 2 volantes e 2 meias de oficio, 1 atacante de beirada e 1 centro avante, bom para o Vitória que nunca se acostumou a jogar com muitos pegadores na meiuca.

O jogo de hoje também é uma oportunidade para acompanhar o talento de 6 jogadores das divisões de base: Dimas, Dankler, Alan Henrique, Mineiro, Arthur Maia e Alan Pinheiro estão incumbidos de mostrar mais uma vez para todos as qualidades dos jogadores oriundos da Toca do Leão, empenho eu sei que não irá faltar.

Outra coisa interessante é o confronto de Agnaldo Liz e Allan Dellon que  fizeram nome justamente no rubro negro e hoje representam a equipe de Feira, outra novidade fica por conta do banco de reservas do Vitória, o goleador Dinei que saiu daqui prematuramente  com status de craque deve fazer sua reestréia no rubro negro e agora tem a responsabilidade de justificar o apoio da torcida.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE X VITÓRIA

Local: Estádio Alberto Olveira, em Feira de Santana (BA)

Data: 01/02/2012 (quarta-feira)

Horário: 21h50 (de Brasília).

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA).

Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos (BA) e Dijalma Silva Ferreira Júnior (BA).

Fluminense de Feira: Rodolpho, Jonathan, Jefferson, Odair e Julio Cesar; Evson, Jo, Fábio Augusto e Diego Perini; Alan Delon e Brasão.Técnico: Agnaldo Liz.

Vitória: Douglas, Léo, Alan Henrique, Dankler e Wellington Saci; Ueliton, Mineiro, Arthur Maias e Lúcio Flávio; Alan Pinheiro e Neto Baiano.Técnico: Toninho Cerezo.

Empresário não descarta acordo e jogador quer vim pro Leão

No meio de uma grande confusão, o meia chileno Eric Pino, que rescindiu contrato com o Antofagasta, clube que ajudou a colocar na primeira divisão do futebol do seu país, falou com exclusividade o Bahia Notícias nesta manhã. O jogador afirmou não entendeu nada desde sua chegada ao Brasil, mas começou a compreender a atual situação quando conversou com a diretoria do Vitória.

– Logo quando cheguei não sabia o que estava acontecendo, mas falei com a direção do Vitória nesta manhã e comecei a compreender o que estava acontecendo. Eu só cheguei ao Brasil para jogar bola e quero fazer isso. Imparato nunca foi meu responsável e não tem autorização para falar por mim. Estou bastante chateado – disse.

Segundo o atleta, o Vitória é o clube que ele gostaria de atuar.

– Eu desembarquei no Brasil para jogar bola e gostaria de jogar no Vitória, mas temos que sentar e conversar – finalizou.

[VITÓRIA 6X1 JUAZEIRO] Um reencontro perfeito


A ultima partida do Leão no barradas tinha sido traumática uma derrota que ainda dói quando lembramos, mas no reencontro com o torcedor o Vitória tratou de nos alegrar com uma bela goleada, daquelas que fazem a saudade ter valido a pena.

Lucio Flavio e Arthur Maia deram show de bola

Questionados, os meias do rubro negro resolveram mostrar futebol, primeiro o jovem da base que driblou três e tocou para Neto Baiano abrir o placar, depois ambos buscaram a partida e levaram perigo, o camisa 10 bateu uma na trave e serviu Uelliton no quarto gol, Maia tirou 3 e lançou Neto que foi derrubado na área e pênalti marcado e bizarramente desperdiçado por Neto Baiano, antes de sair o garoto que jogou muito hoje ainda quase deixa o dele em um belo chute defendido pelo arqueiro juazeirense, Lucio Flavio teve mais sorte após algumas chances o meia acertou um belo chute de fora da área e marcou o quinto do Leão.

Rildo e Uelliton

Riberildo sofreu dois penais e mais uma vez com sua velocidade foi decisivo para o Leão, já o traíra da camisa 05(Uelliton vá se f… o meu Vitória não precisa de você) Fez dói gols e tentou se redimir, mas ainda estou na bronca com este mal caráter.

A imprensa corrompida baiana

O Bahia vai ser campeão invicto, é obrigação atropelar os times do interior, e um monte de asneiras foram afirmadas antes do campeonato, mas mais uma vez eles tomaram na cara… SÃO 11 ANOS SEM TÍTULOS… E esse choro ninguém cala!

Ultras do Vitória

Foi legal presenciar o nascimento da nova torcida do Leão, Dieguinho, Dumel, Jonas, Matheus, Marcelo, Falconery, Djalminha e toda a galera que fez a festa ao lado do comando vermelho e preto e chamou a atenção do Renan Pinheiro e do Renato Lavigne, além do fotografo do Correio, vocês estão de parabéns…

Douglas foi pouco exigido e fez duas boas defesas, sem chances no gol.

Dimas mesmo improvisado, teve uma boa atuação e até se arriscou no ataque.

Dankler vacilou em alguns momentos, parecia disperso pela facilidade do jogo.

Gabriel Falhou no gol novamente, precisa acordar

Wellington Saci Assim como Gabriel vacilou no gol, mas foi bem e atacou com qualidade.

Uelliton dois golaços e uma boa partida.

Mineiro fechou bem no meio, tem talento.

Arthur Maia hoje justificou a fama, brilhante em campo só faltou o gol.

Lucio Flavio o gol no final foi a cereja do bola na sua ótima partida.

Rildo é muito veloz e já são 3 penalidades sofridas na competição.

Neto Baiano 3 gols e um penal bizarro, vai pedir musica!

Michel justificou a fama de Pitbull pegador desde que entrou

Elton o garoto tem um chute de qualidade e ajudou na meiuca.

Alan Pinheiro teve pouco tempo, e parecia um tanto nervoso.

Toninho Cerezo Escalou bem e mudou corretamente.

Ficha técnica Vitória 6 x 1 Juazeiro
2ª rodada do Campeonato Baiano 2012.

Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA).
Público: 5383 (pagantes) e 6114 (total).

Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação.
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Alberto Tavares Neto.

Gols: Neto Baiano (três: aos 7 e aos 38 do primeiro tempo e aos 48 do segundo tempo), Uelliton (dois: aos 24 e aos 42 do primeiro tempo) e Lúcio Flávio (aos 42 do segundo tempo) para o Vitória; Nino Guerreiro (aos 11 do primeiro tempo) para o Juazeiro.

                        Vitória: Douglas; Dimas, Dankler, Gabriel e Wellington Saci; Uelliton (Michel), Mineiro, Arthur Maia (Élton) e Lúcio Flávio; Rildo (Alan Pinheiro) e Neto Baiano. Técnico: Toninho Cerezo.

Juazeiro: Bruno (Esaúl); Mateus (Juninho Petrolina), Dias, Itamar (Araújo) e Piau; Daniel, Gama, Tiago e Alan; Tinho e Nino. Técnico: Emerson Matheus.

Algumas fotos da galera do Ultras arrumando a faixa e começando a ocupar o espaço, mais tarde ou amanhã terá mais!