Sede de democracia levou a Vitória do Torcedor ao triunfo, veja as propostas da VdT


15288523_764390270376474_3310659872225178267_o-2VITÓRIA DO TORCEDOR: 528 Rubros negros, cerca de 33,20% dos 1590(Total de votos) escolheram a VdT para comandar o Esporte Clube Vitória no triênio 2016-2019, o triunfo de Ivã de Almeida e Pedro Catharino Gordilho Filho é fruto do desejo do torcedor por renovação e pela sede de democracia. Isso porque a chapa vencedora tem entre seus 200 conselheiros, nomes importantes que vem lutando nos últimos 6 anos pela abertura do clube, Paulo Catharino, Ivã de Almeida, Anderson Nunes, Toshio Akita, Fábio Mota foram nomes frequentes em reuniões por mudança de estatuto, convocação de AGE e teve como plataforma de campanha justamente a abertura do clube como ponto forte.

É preciso que a VdT no entanto mantenha alguns pontos positivos da atual gestão: Fortalecimento dos Esportes Olímpicos, Projeto Arena, Compra de jogadores destaque, investimento na estrutura e modernização do patrimônio que foram os pontos fortes da gestão curta de Raimundo Viana. Somado a isso, parte dos projetos de campanha das chapas Vitória gigante e Vitória de todos nós devem ser absorvidos porque agregam ao projeto da VdT, principalmente no que tange o futebol do clube, e essa é sem dúvida a maior preocupação do torcedor rubro negro neste momento.

Transformar a gestão do EC Vitória em profissional é o passo mais importante, ter independência dos setores e descentralização das funções e a proximidade com o torcedor precisam ser a marca e o legado desse novo grupo, agira é aguardar e torcer e cobrar para que a chapa Vitória do torcedor nos traga muito orgulho.

CONHEÇA AS PROPOSTAS DE CAMPANHA DA VT

15259405_764390603709774_6026335909386134501_o

CONVOCAÇÃO DE AGE PARA REFORMA ESTATUTÁRIA

Convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE) com a participação do Sócio Torcedor para reformar o estatuto em, no máximo, 90 dias.
ELEIÇÕES DIRETAS PARA CONSELHO DIRETOR

O Sócio Torcedor, finalmente, poderá escolher o Presidente e Vice-Presidente do Conselho Diretor do Esporte Clube Vitória através do seu Voto Direto.
CONSELHO DELIBERATIVO PROPORCIONAL

Uma votação independente em que o Sócio Torcedor votará na Chapa de Conselho que terá o seu percentual eleitoral convertido em vagas no Conselho Deliberativo.

REFORMULAÇÃO DOS PLANOS DE SÓCIO TORCEDOR

Reformulação geral no programa de Sócio Torcedor com novos planos, maiores vantagens e ampliando o prazo de renovação para 90 dias.
DIVULGAÇÃO DA LISTA DE SÓCIOS EM TEMPO REAL

Lista de Sócios do Clube atualizada em tempo real disponível no site oficial, em respeito aos milhões de rubro-negros que gostariam de ter acesso.

15259196_766030923545742_8928560121025693589_o
FORTALECIMENTO DA REDE VITÓRIA SEM FRONTEIRAS

Redução da distância entre o Clube e os grupos de torcedores fora de Salvador, estreitando relações, promovendo o intercâmbio e oficializando as embaixadas.

PROFISSIONALIZAÇÃO DA GESTÃO E DIREÇÃO

Todos os cargos, inclusive os diretivos, serão ocupados por profissionais qualificados, com metas, dedicação exclusiva, e com a devida remuneração salarial.
TRANSPARÊNCIA DA GESTÃO E DAS CONTAS

Criação de um link direto entre Conselho, Sócios Torcedores e Clube para a divulgação das ações e das prestações de contas de todas as diretorias do Clube.
INVESTIMENTO EM INFRAESTRUTURA

Parte do orçamento será disponibilizado, exclusivamente, para investimento profundo na infraestrutura do clube, especialmente, na do Barradão.

REVITALIZAÇÃO DA DIVISÃO DE BASE

Profissionalização da divisão de base, com foco, não somente na conquista de títulos, mas na revelação de jogadores de alto rendimento.
MAXIMIZAR O INVESTIMENTO NOS ESPORTES OLÍMPICOS

Implementação de novas categorias de esportes olímpicos e maximização dos investimentos na área, alavancando a imagem do clube para além do Futebol.
RESPONSABILIDADE E DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Implementação de ações voltadas à responsabilidade e ao desenvolvimento social, com atividades educacionais e esportivas nas comunidades.

Anúncios

[Eleição] Destaques dos 4 candidatos a presidência do Vitória!


phototastic-08_12_2016_43bb9d6d-8270-45d4-854a-77b08998ea97Amanhã (15/12) conheceremos o novo presidente do EC Vitória para os próximos 3 anos e o LMP resolveu destacar pontos positivos e negativos dos candidatos.

RAIMUNDO VIANA (CADA VEZ MAIS FORTE)

650x375_raimundo-viana-presidente-do-vitoria_1514277O atual presidente do Vitória assumiu o clube em grande crise após sucessivos fracassos de Carlos Falcão e conseguiu apagar as chamas.

Acesso pra série A do brasileiro

Campeão baiano 2016

Classificou para Copa do Nordeste 2017

Permanência na série A em 2017

“Fim da política de pés no chão” Com as compras dos direitos federativos de Marinho, Kieza e William Farias.

Inicio do projeto Arena Barradão.

O mandato de Viana também teve pontos negativos e com forte impacto na imagem do cartola.

Não aprovar a eleição direta para presidente

Não aprovar a formação de conselho proporcional.

Não ter renovado com Escudero e Gatito.

Não reforçar o elenco para o segundo semestre

Demora na definição da saída de Mancini

Campanha irregular no brasileiro

PAULO CARNEIRO (VITÓRIA GIGANTE)

10-03-15_paulocarneiro100315_1481207607Paulo foi presidente do Vitória na década de 90 e acumulou polêmicas a frente do comando, com estilo arrojado e agressivo, PC acumulou fãs e desafetos no clube.

Maior campeão estadual e do nordeste

11 consecutivos na série A

Revelação de grandes jogadores na base

Base papa títulos internacionais

Incluiu o Vitória no clube dos 13

Contratações de grandes craques(Petkovic,Bebeto,Túlio,Mazinho,Aristizabal,Edilson,Vampeta)

Vitória passou a mandar oficialmente seus jogos no Barradão

Boas campanhas nos brasileiros 93,98,99 e Copa do Brasil 2003

Mas como nem tudo é flores, houve também muitos problemas nos 17 anos em que PC ficou no comando.

Problemas de relacionamentos com parte da imprensa

Casos de agressão a repórteres e jogadores

Polêmica vendas de atletas como Hulk

Processo contra o clube com documentos falsos

Ida para o rival

Rebaixamento para séries B e C consecutivamente

RICARDO DAVI (VITÓRIA DE TODOS NÓS)

ricardo-daviRicardo teve passagem no departamento de marketing do Vitória e fez bom trabalho no setor, com ele as mídias sociais cresceram, o clube teve duas premiadas ações de marketing que ganhou o mundo mas também ficou marcado por criação de camisa “comemorativa”no rebaixamento 2014 ede estar ligado a gestão Falcão e sobretudo ter declarado que era contra eleições diretas.

IVÃ DE ALMEIDA( VITÓRIA DO TORCEDOR)

25015iv-de-almeida-escolhido-como-candidato-na-chapa-vit-ria-do-torcedor-2

Conselheiro do clube a bastante tempo, Ivã ganhou notoriedade nos últimos 6 anos e pode ser reconhecido como o cara que engatinhou um processo de oposição no clube quando em 2010 prometeu ir para o bate chapa com Alexi Portela e em 2013 com Carlos Falcão mas tem justamente isso contra a sua pessoa, após reunião do conselho desistiu de candidatura e esteve entre os que elegeram AP e CF por aclamação e sobretudo pelo fato de que nos períodos pós eleições não manteve uma postura sólida de oposição.

PS: Pouco se tem dos feitos de Ricardo Davi e Ivã de Almeida que permita listar seus pontos positivos e negativos até pelo fato de que nunca geriram o clube como os outros candidatos.

 

 

Liminar põe a Chapa Vitória Gigante novamente na briga


vitória giganteNa página oficial do Vitória Gigante, o grupo comemorou decisão judicial para que a chapa possa concorrer a eleição do Vitória no dia 11/12 com o candidato Walter Seijo e apoio do ex-presidente Paulo Carneiro.

Após o conselho ter acatado a denuncia das chapas Vitória do Torcedor e Vitória de todos nós e impugnado a chapa VG, já era esperado que o grupo recorresse da decisão e o juiz Walter Américo Caldas suspendeu a decisão o ato do conselho através do presidente José Rocha.

As chapas protestantes devem recorrer igualmente e tentar caçar a decisão do juiz e como já afirmei anteriormente, isso está muito longe de acabar e a eleição do clube deverá ser judicializada.

BOMBA: Chapa Vitória Gigante de Paulo Carneiro foi oficialmente impugnada!


vitória giganteA comissão presidida por José Rocha emitiu nota oficial no site do Vitória na qual decide impugnar a candidatura da chapa Vitória Gigante de Walter Seijo e Larissa Dantas com apoio do ex presidente Paulo Carneiro.

Membros das chapas Vitória de Todos Nós e Vitória do Torcedor fizeram requerimento para impugnação da chapa por descumprimento de regras do estatuto, e foi acatado.

O VG deve recorrer da decisão e podemos ter um grande imbróglio e judicialização da eleição do clube.

Abaixo o anexo da impugnação:

wp_ss_20161123_0001

GAME OF THRONES: Guerra ao trono da Toca do Leão!


th7c5fezckPela primeira vez na história o Vitória terá um poderoso embate para ver quem subirá ao trono de ferro da Toca do Leão. E se aqui não teremos Starks,Lannisters, Marteis e Targeriens, teremos ao menos 4 chapas numa disputa “sangrenta”.

As 17 horas as chapas:

CADA VEZ MAIOR, VITÓRIA DO TORCEDOR, VITÓRIA GIGANTE E VITÓRIA DE TODOS NÓS Oficializaram que irão para o bate chapa e com isso teremos uma guerra nunca vista para sabem quem fará parte do conselho do rei e quem sentará no trono do maior do norte-nordeste. Se a torcida estava decepcionada com as famigeradas eleições por aclamação, desta vez verá um pleito, embora haja ainda insatisfação por não haver eleição direta para escolha do presidente e nem formação de um conselho proporcional ao números de votos obtidos por cada chapa.

Hoje começou oficialmente a eleição para o próximo triênio no Leão da Barra e veremos quem sairá vivo e triunfante no dia 11/12.

Prenúncio de duas tragédias anunciadas


ECV 2016Um olhar para o passado recente do clube nos mostra o quão terrível é o momento atual do Esporte Clube Vitória, 2010 e 2014 parecem não ter servido como aprendizado, para não cometer os mesmos erros, antes o time vai desenhando a mesma trajetória rumo segunda divisão.

Para piorar, nas entranhas do clube, o poder deve se perpetuar mais uma vez entre os incompetentes, a menos de 2 meses para eleição presidencial, sem voto direto, a tendência é que Manoel Mattos e seu grupo de capachos conselheiros sejam eleitos para mais 3 anos de ingerência e amadorismo.

Não é novidade que o clube não tem planejamento, a maneira como a montagem de elenco foi feita em 2016 traduz bem isso, deixaram o principal jogador do elenco ir embora por uma dívida de R$ 500 mil, Gatito foi outro a sair, deixaram os fracos Rhayner e Diogo Mateus saírem para depois mendigarem seus retornos, o mesmo com Kanu e Victor Ramos e estava mantida a defesa de série B, sem reforços na série A. Somado a isso, ainda inventaram as contratações de Tiago Real e Alípio e a liberação do contestado Arthur Maia mas só tinha ele na posição, para ficar sem um10 de origem por meses.

O ano foi passando, os reforços prometidos não vieram, Mancini caiu e o time vai seguindo o mesmo destino, já anunciado anteriormente. O time em campo é retrato fiel do seu presidente que a cada aparição nos faz passar vergonha com suas pérolas que divertem e afaga boa parte da imprensa esportiva baiana que é incapaz de realizar o seu trabalho e tecer comentários a partir destes fatos, o folclore de mundico, parece deixar os donos dos microfones atônitos, enquanto o time sucumbe em seus devaneios.

Só milagres salvarão o Vitória do rebaixamento e da eleição de Manoel Mattos e seu conselho, então me apego a fé, creio contra a esperança de que as profecias do trágico fim de 2016 não se cumpram, para que possamos ter um 2017 feliz.

Eleição ameaçada no ECV


vs21

Fábio Mota já havia se manifestado através de entrevista exclusiva com a gente que iria a justiça por conta de problemas com a forma que esta sendo conduzida as eleições do clube, só que antes que viesse a tona o processo de Mota a chapa do Vitória Séc XXI se mobilizou e através de um dos membros entrou com a ação para impugnar o regime eleitoral do clube, como podem ver no texto da Tribuna da Bahia abaixo.

O sócio do Esporte Clube Vitória Ricardo Santos Pereira, registro número 01002675, entrou com um pedido de impugnação contra as normas do Regimento Eleitoral para o triênio 2014/2016, que vai direcionar o processo de sucessão de Alexi Portela Júnior, prevista para a primeira quinzena de dezembro de 2013. O documento pede revisão de critérios estabelecidos no Regimento, particularmente com relação aos prazos para a divulgação da relação de sócios que tem direito ao voto na eleição do novo presidente e do novo Conselho Deliberativo do clube.

“O prazo é insuficiente para que os associados que tenham direito ao voto, que diga-se de passagem são os mesmo que estarão aptos a serem candidatos ao Conselho, possam ter a fidúcia do direito estatutário líquido e certo. A Autorização para a divulgação da lista de votantes apenas 5 (cinco) dias antes da eleição trará benefícios diretos à chapa da situação, que diante da possibilidade do uso da máquina ou do descomedimento do poder político terá prejudicado seriamente o pleito eleitoral”, diz um dos trechos do pedido de impugnação do Regime, no ofício do sócio Ricardo Santos Pereira.

O ofício, redigido em quatro folhas ofício e dirigido ao presidente da Comissão Eleitoral, Nilton Gonçalves de Almeida Filho, questiona ainda no item 08, os critérios de divulgação, restrições à publicidade da plataforma e dos projetos dos candidatos à eleição presidencial do Vitória.