VITÓRIA TREINA DE OLHO NO BOTAFOGO COM RETORNOS DE GUILHERME MATTIS E TIAGO REAL


alipio

TEXTO E FOTOS DO SITE OFICIAL

O Vitória vai precisar de atitude, disposição e entrega de todos dentro de campo, para tentar contra o Botafogo, domingo, às 11 horas, em Volta Redonda, conquistar seu primeiro triunfo fora de casa.
A receita é do lateral-esquerdo Diego Renan, que não atuou diante do Inter RS, domingo passado, quando o Vitória desbancou o líder no Barradão ao vencer por 1 x 0, gol de Marinho.
“Quando uma equipe está numa situação difícil (o Botafogo é o último colocado)  joga tudo ou nada. Então esses jogos sempre têm a tendência de ser mais complicados. Mas  independente disso  no Campeonato Brasileiro não tem jogo fácil, todos são assim”, disse o lateral que foi o escolhido para a coletiva nesta terça-feira.
A reapresentação ocorreu sem novidades. Exceto Marinho, que deu voltas em torno do campo por causa do cansaço, todos trabalharam com a comissão técnica. Alguns com mais intensidade, sendo que aqueles que vêm jogando mais regularmente sendo afastado da última fase do treinamento.
O dia começou com os jogadores cantando parabéns pra você em homenagem ao meia Alípio, que completou 24 anos de idade. O professopr Angelo Alves comandou o aquecimento – posse de bola em campo em espaço reduzido.
Prosseguindo, treino técnico utilizando metade do campo, e por último, finalização com cruzamentos, sob comando do teinador Vagner Mancini com auxilio dos assistentes Regis Angeli e Wesley Carvalho.
Com o treinador Washingtoin Rufino, os goleiros Caique, Fernando Miguel e Wallace realizaram uma atividade à parte durante o aquecimeto.
Os jogadores Guilherme Mattis e Tiago Real, que estavam na transição, participaram normalmente das atividades.
O goleiro Gustavo, que passou por uma cirurgia para retirada de uma placa na tíbia – teve fratura por estresse – começou a andar em torno do campo. O zagueiro Vinícius segue entregue ao departamento médico em tratamento pós-operatório – foi submetido a uma artroscopia no joelho.
ARBITRAGEM
Jogo: 70 / Rodada: 7
Data: 12/06/2016 às 11h / Estádio: Raulino de Oliveira – Volta Redonda( RJ)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG-FIFA)
Árbitro Assistente 1: Celso Luiz da Silva (MG – CBF 1)
Árbitro Assistente 2: Sidmar dos Santos Meurer (MG-CBF 1)
Quarto Árbitro: Daniel de Sousa Macedo (RJ-CBF 2)
IMPRENSA
O treinamento desta quarta-feira, pela manhã, será fechado à Imprensa.
ATIVIDADES DO TIME PROFISSIONAL
Terça-feira, 07/06
Reapresentação e treino às 15 horas (Aberto à Imprensa)
Quarta-feira, 08/06
Treino às 9 horas (Fechado para a Imprensa)
Quinta-feira, 09/06
Treino às 15 horas (Aberto para a Imprensa a partir das 16 horas)
OBS: O técnico Vagner Mancini dará coletiva ao final
Sexta-feira,10/06
Treino às 9 horas (Fechado para a Imprensa)
Sábado, 11/06
Treino às 9 horas  (Fechado para a Imprensa)
Viagem à tarde para o Rio
Domingo, 12/06
Jogo com o Botafogo em Volta Redonda, às 11 horas
*Sujeita à alteração  pela Comissão Técnica
Fotos: Francisco Galvão/EC Vitória

[VITÓRIA X ATLÉTICO PR] A grande final da série B


São 38 finais neste campeonato brasileiro da série b, todo jogo é uma decisão e isso não é exagero e nem cliché, é fato, mas o jogo de logo mais entre Leão e furacão para mim é considerada a grande final da competição, vamos aos fatos. É bem verdade que se vencer hoje o Vitória ainda não estará matematicamente classificado, de acordo com o competente matemático e rubro-negro Marcelo Monteiro o brioso ainda precisará de mais 1 ponto para assegurar a classificação na casa dos 67 pontos, Já o Atlético tem a chance de adentrar definitivamente no g-4 e assegurar a vaga para retornar a elite e caso sofra o revés fica um tanto distante do sonho.

Todo mundo conhece as tradições de Vitória e Atlético e por isso este é chamado de um jogo de série A, e poderá vim a ser de fato em 2013, as equipes trilharam caminhos diferentes, mas foram consideradas desde o inicio como os grandes favoritos ao título, o Leão está na cola do Criciúma e espera confirmar o pressagio, já o furacão após ter um inicio bastante complicado figurando até na zona de rebaixamento, se recuperou e busca o retorno a elite.

Paulo Cesar Carpegiani fez treino secreto durante a semana, testou novas formações e o time que entra em campo é uma verdadeira incógnita, já se especulou 4 escalações diferentes com uma briga acirrada no meio de campo com Willie, Tartá, Marquinhos, Rodrigo Mancha e Arthur Maia e até mesmo a saída do atacante Willian, sendo que Mancha atuaria como um terceiro zagueiro, o restante do time segue o mesmo, com a ausência de Victor Ramos lesionado e a manutenção de Josué ao lado Gabriel que retorna de suspensão.

Já o adversário vem a Salvador bem definido com a mesma formação dos últimos embates e sem grandes surpresas, a expectativa é de um grande jogo e que as duas equipes busquem o triunfo do inicio ao fim.

15 ANOS DA TORCIDA UNIFORMIZADA OS IMBATÍVEIS-TUI

Eu que vi de perto o nascimento da TUI fico espantado ao ver nas arquibancadas como em apenas 15 anos aquele pequeno grupo que estava na arquibancada da fonte nova se transformou nesta gigante torcida respeitada no país inteiro, ser a maior referência da torcida rubro-negra não é fácil mas a TUI conduz isso com grande maestria e por isso ostenta qualidades que o fazem parecer unica em meia grande multidão de 3 milhões de leoninos espalhados por este país, parabéns TUI, parabéns Imbatíveis, de presente vamos virar esta faixa hoje1

FICHA TÉCNICA
31ª rodada da Série B 
Vitória x Atlético-PR
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).
Data: sábado, 20 de outubro.
Horário: 16h.
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (Fifa/RS).
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (Asp. Fifa/ES) e Pablo Almeida de Costa (CBF/MG).

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Gabriel Paulista, Josué e Gilson; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Willie (Marquinhos ou Rodrigo Mancha); Élton e William. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Atlético-PR: Weverton; Maranhão, Manoel, Cleberson e Pedro Botelho; Deivid, João Paulo, Henrique e Elias; Marcelo e Marcão. Técnico: Ricardo Drubscky.