SAIBA PORQUE NÃO IR PARA ARENA FONTE NOVA!

ogaaanjs0gvvgqo0thitg2ykpfaas0ws_fozmd1ef_4cvjpmatzwdmtrtj0nde6j5jojzzfvqclprcfhwwiwcqbjp2eam1t1ufznscrk5qgelz_tvbbdbxy6uknb

As discussões em deixar o Barradão rumo ao modernismo da Arena Fonte Nova ficaram cada vez mais acentuados nas ultimas semana e fazendo um comparativo do que está ocorrendo em Minas que é bem semelhante aqui na Bahia, entendemos o porque que o Vitória não deve aceitar o atual contrato com  o consorcio e deixar de mandar seus jogos no Barradão. Quero lembrar que ainda existem benefícios  em Minas que não temos direito aqui lá o contrato prevê arrecadação referente à venda de ingressos e no estacionamento do estádio, além de ter um bar temático e um museu no local. Aqui existe apenas a arrecadação mediante a venda de ingressos e mesmo assim, o prejuízo frente a possibilidade de arrecadação por aqueles que vão explorar a arena em Minas é muito grande, imagine aqui em Salvador.

 

VEJA A CARTA DO PRESIDENTE ALEXANDRE KALIL DO ATLÉTICO MINEIRO E AS MEDIDAS QUE ELE ESTÁ TOMANDO PARA MODIFICAR ESTA REALIDADE:
Depois de recusar proposta para o Atlético-MG atuar no Mineirão, que será reaberto em 3 de fevereiro, no clássico com o rival Cruzeiro, o presidente Alexandre Kalil disse que levará ao governador de Minas, Antonio Anastasia, o contrato oferecido pelo consórcio Minas Arena, que administra o estádio da Pampulha.

Em entrevista a Rádio Itatiaia, o dirigente atleticano voltou a atacar a proposta apresentada pela Minas Arena. Segundo Kalil, o contrato apresentado pela concessionária é “imoral” e levará o futebol mineiro à “falência”.

“O Mineirão não é dos mineiros. O Atlético e o Cruzeiro são dos mineiros. O Mineirão é de uma empresa privada que quer liquidar o futebol mineiro. A brincadeira é algo em torno de três bilhões de reais, e eu estou dizendo aqui porque estudamos os números. Estamos marcados com o governador para ver o horror que é o contrato que estão oferecendo no Mineirão”, observou o presidente atleticano.

O Cruzeiro assinou, no final de 2012, contrato com a Minas Arena para os próximos 25 anos. Pelo acordo, o clube celeste terá participação na arrecadação referente à venda de ingressos e no estacionamento do estádio, além de ter um bar temático e um museu no local.

Alexandre Kalil disse que tentará mudar o contrato proposto pela Minas Arena com ajuda do governo de Minas. “A torcida do Cruzeiro pode ficar tranquila porque esse contrato pífio que foi feito com o Cruzeiro vai ser modificado também, porque é obrigado, se fizer o do Atlético, fazer o do Cruzeiro”, observou.

O presidente atleticano pregou a união com o rival para que o contrato do Cruzeiro. “Não é Atlético contra Cruzeiro. Cabe ao Cruzeiro entender isso. É Atlético e Cruzeiro, que são patrimônio do povo mineiro contra uma empresa privada. Esse é o embate. O Atlético abraçar o Cruzeiro contra uma empresa privada”, disse.

“Vamos ser liquidados pela imoralidade que estão tentando fazer no futebol mineiro. Isso são números, eu não vou divulgar antes por questão de lealdade e amizade com o governador. Já estou marcado com ele, vou levar os números, que são absurdos”, acrescentou Kalil.

O Atlético já definiu que irá mandar seus jogos da fase de grupos da Libertadores no estádio Independência, onde tem um acordo de exploração comercial assinado com a BWA, empresa que explora o estádio.

“Estão fazendo essa celeuma com o objetivo único de levar o Atlético, na marra, para o Mineirão. O que eu quero dizer para a torcida mineira é que do jeito que está não vai ficar, nem para o Atlético, nem para o Cruzeiro. O que está hoje é um desastre para o futebol mineiro. No edital diz isonomia, o que for feito pelo Atlético será feito para o Cruzeiro e vice-versa”, ressaltou o presidente do Atlético.

15 comentários em “SAIBA PORQUE NÃO IR PARA ARENA FONTE NOVA!

  1. Pingback: Wagner, governador da Bahia ou do Bahia? | Leão Minha Paixão

  2. Prezado Valmerson e amigos,

    Excelente a continuidade do debate acerca do mando de campo do vitória.

    Esse ano será decisivo para o destino do Vitória e, em meu entendimento, Portela não assinará nada até o final do mandato.

    Caberá aos candidatos apresentarem suas propostas e, inclusive, comprovar a viabilidade orçamentária e vantagem econômica.

    Gostaria de ressaltar três aspectos a respeito do marketing:

    I. Finalmente, como outros clubes, o Vitória decidiu investir na exposição do patrocinador master no campo de treinamento (parabéns ao responsável).

    II A npotícia do convênio com a brahma a respeito de rede de descontos pode ser uma alternativa /9vamos ver/0.

    /III. /O site do /vitória destaca a exposição da taça do nordeste (objeto de desejo).

    Ora, temos 5 conquistas regionais e a menção no site é pífia.

    Precisamos remodelar o site (será que ninguém no vitória perde tempo observando outros sites).

    Curtir

  3. Caro Mocota, a decisão de o Vitória ir ou não para a arena é de total responsabilidade de AP e cia sim. Afinal são eles que decidem, são eles que mandam e assinam, isso é fato, não dá pra transferir ou dividir a culpa com terceiros, além do mais o ex-presidente quando defendia a ida para lá não era nesses moldes, ele a exemplo do presidente do CAM, queria o controle da arena para a dupla baVi tendo assim o dereito a várias receitas, afinal são eles que atraem o torcedor. Quanto ao detentor de seguidores, sua opinião não deveria influenciar nas decisões do clube se o faz, paciencia. Repito, espero uma decisão firme de quem tem o poder de mando e espero ver o Vitória jogando no Barradão e espero tambem melhorias para o nosso Santuário.

    Curtir

  4. Aí Portela enfraquece a amizade não? Ao invés de pagar os míseros R$ 150 mil (se é que é isso mesmo) a Neto Brocador Baiano, contratou Lúcio Maranhão e um tal de Pedro Oldoni que foi reprovado da Série B no Atlético PR…

    Quanto esses dois juntos vão custar ao Vitória? O que o Goiás TEM QUE A GENTE NÃO TEM???

    Muito decepcionado…

    SRN

    Curtir

    • Infelizmente Deivid, é torcer para os conselheiros que montaram o time de 2012 tomar a frente novamente (por isso Chumbinho entregou o cargo) e concertar as besteiras que RQ vem fazendo. O cara ta esculhambando o trabalho serio que Alexi Portela realiza.

      PS I – E ainda ainda tinha gente que dizia que o “excelente” diretor Raimundo Queiroz não ficava por culpa de Ricardo Silva…. (kkkkk…. deixe Mocota, viu?)

      PS II – Este senhor foi mandado embora por um motivo, somente: É muito fraco!!!

      PS III – Portela meu filho, um diretor a mais um diretor a menos não vai fazer diferença nenhuma. O que adianta estruturar o clube todo e ser forte na base se no profissional Raimundo Queiroz só vem fazendo besteira?

      PS IV – Abra o olho não, fique aí vacilando. (Rum!)

      Diga não a Fonte Nova. Diga sim ao Novo Barradão.

      Avante Leão!!!

      Curtir

  5. O mais lamentável disso tudo, é que ficamos “em casa, sentados e com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar”. Veja o exemplo do dirigente do clube mineiro, enquanto ele vai à luta, mostrando ao torcedor as desvantagens e o absurdo que é a “PARCERIA” desses consórcios com os clubes, os “dirigentes” da dupla BA x VI, não se manifestam, não são transparentes com relação aos interesses do clube. Particularmente, não acho que seja apenas lerdeza desses cartolas, mas, despreparo para conduzir o clube, isso é fato.

    Curtir

    • Isso aí Dantas,
      Fica difícil opinar quando os dirigentes não são transparentes. Não sabemos ao certo quais são as vantagens e desvantagens.
      Atualmente penso que OS jogos com a expectativa de público acima dos 50 mil devem ser mandados na NOVA FONTE NOVA, os demais jogos devem ser realizados na nossa casa, o BARRADÃO.

      Curtir

      • Caro Fiuza.

        Perdão!!!

        Mas sinceramente Mocota não consegue entender esta filosofia:

        “…. expectativa de público acima dos 50 mil devem ser mandados na NOVA FONTE NOVA, os demais jogos devem ser realizados na nossa casa, o BARRADÃO.”

        O que Mocota não consegue entender:

        Os jogos noturnos ou os jogos com grande expetativa de publico a receita de bares, publicidade, estacionamento… Será 100% do Vitória?

        Nos jogos com expectativa de 50 mil pagantes todas as receitas durante a semana que antecede este jogo será do Vitória?

        Tirando a turma do eixo Rio-São Paulo, o Grêmio já atingiu R$ 250 milhões anuais em arrecadação. O Vitória indo para Fonte Nova terá alguma chance de chegar próximo a este valor?

        Fiuza meu bom amigo de fé irmão camarada, será que os times no mundo que conquistam a maior quantidade de títulos o fator financeiro não faz a diferença?

        Por que no Brasil Corinthians, São Paulo, Flamengo, Inter, Fluminense… Dominam o brasileirão?

        Por que o Boca comanda a Argentina?

        E as finanças do Real e Barça são inferiores aos clubes que não chegam as finais há muito tempo no espanhol?

        E o que falar das receitas de Inter, Milan, Juventus, Manchester…

        E na Bahia?

        Será por que as Sardinha e o Vitória comandam o Estado há muito tempo?

        Se o Vitória deixar de lutar por sua soberania e a Arena Novo Barradão pode escrever aí:

        “Para o Vitória ganhar um título nacional vai ser tão difícil quanto uma equipe do interior ganhar o baiano com a dupla ba x VI na Serei A”.

        A diferença é muito grande.

        PS – Fiuza, para “abrir o cofre” e fazer a diferença o cofre do clube tem que estar cheio de grana. O consorcio tá pouco se lixando se o Vitória precisa de MUITO dinheiro pra fazer grande contratações.

        PS – Fiuza, ajude o Vitória…

        Diga não a Fonte Nova. Diga sim ao Novo Barradão.

        Avante Leão!!!

        Curtir

      • Amigo Mocota,

        O entendimento é simples:
        O Barradão tem capacidade para 35 mil pessoas (sabemos a falta de conforto e o terror que fica dentro e ao redor do nosso estádio quando lota) a Arena Fonte Nova tem capacidade para 55 mil pessoas muito bem acomodadas e com acesso muito melhor.
        O Vitória faturaria com os grandes espetáculos por vender 20 mil ingressos a mais ( algo próximo a R$ 1 milhão por jogo). A torcida ganharia conforto e tudo mais que um estádio moderno e centralizado pode proporcionar.

        Volto a frisar que não temos como analisar detalhes do contrato, estou pensando numa lógica simples.

        O Barradão e todo o complexo da Toca do Leão pode e deve continuar sendo usado pelo Vitória para treinamentos (base e profissional) e jogos pequenos e médios.

        Deixo uma pergunta: Os grandes clubes citados ( Corinthians, São Paulo, Flamengo, Inter, Fluminense, Inter, Milan, Juventus, Manchester, Real e Barça) mandam seus grandes jogos num estádio com acesso limitadíssimo para transportes público e particulares (estacionamento na lama) e com muitas outras dificuldades ( que a torcida do Vitória bem conhece)?

        Por fim, a falta de contratações com a qualidade esperada pela torcida nada tem a ver com essa discussão…

        RQ tem que ACORDAR para realidade do mercado!!!
        AP tem que ABRIR O COFRE e bancar reforços, pois o Vitória emprestou ou dispensou mais de 20 jogadores aos quais o salários vinham sendo pagos, uma economia de pelo menos 800 mil/ mês!!!

        Curtir

  6. Pessoalmente, prefiro a concepção de Mocota a respeito do Pituaçu se tornar a “nova casa do vitória”.

    O problema é que Jaques Wagner, alẽm de tricolor, tem interesse em empurrar o Vitória para arena fonte nova.

    Neste contexto, o Vitória deve discutir o que é melhor para seu futuro.

    A única boa notícia recente é o empenho de 5 milhões para a primeira fase da obra da via expressa.

    Se, de fato, a via expressa sair do papel, entendo que o Vitória deve propor um projeto decente para modernizar o Barradão.

    Acho mais viável gastar 20 ou 30 milhões no Barradão do que um projeto de 400 milhões que comprometa o futuro do clube.

    Ademais, não existe nenhuma área urbana edificável na paralela mais próxima do centro do que o Barradão.

    Enfim, um estádio que outrora era distante, na atualidade, esta situado nas imediações da principal avenida da capital/ região metropolitana.

    Não me preocupo com os 4 jogos, mas sim, com o silêncio de Portela a respeito de investimentos no Barradão.

    Curtir

    • Realmente irmão Carlos, esse silencio de Alexi e o desejo da menor parte da torcida de ir para a Fonte Nova tá deixando Mocota muito apreensivo.

      Diga não a Fonte Nova. Diga sim ao Novo Barradão.

      Avante Leão!!!

      Curtir

  7. Olá pessoal pessoal, aqui mesmo no LMP, opinei sobre a questão Barradão x Arena F. Nova, na época citei justamente o caso do Atlético-MG que já se recusava a jogar na Arena MG, cosiderando um absurdo a proposta que havia sido feita a eles, pois aqui o nosso rival sem escolha já se comprometeu a jogar na nova Arena. Na oportunidade eu dizia que era um ótimo negócio apenas para o consórcio, e para os clubes? E para o Vitória que terá que deixar sua casa? Bom, espero uma posição clara e firme por parte de AP e cia, estou preocupado porque firmeza e posições claras não são definitivamente o forte desta diretoria.

    Curtir

    • Olá caro José Raimundo!!!

      Tudo bem?

      Responde uma coisa ao seu irmão Rubro-Negro Mocota, por gentileza:

      Será que se o Vitória mudar para a Arena Fonte Nova e ficar amarrado sem poder crescer, será que culpa será somente “desta diretoria”?

      E a parcela de culpa do ex-presidente que defendia que o Vitória deveria ir para a Arena Fonte Nova para não perder o cavalo selado?

      E a parcela de culpa daquele que detém a maior quantidade de seguidores e defende que o Vitória tem que fazer alguns jogos no Barradão e outros na Fonte, sem mostrar a vantagem financeira ocorrendo esta situação?

      E quanto a todos os outros que viram Mocota fazer campanha contra a ideia do Vitória na Fonte, desdo o primeiro semestre de 2011 e por um motivo ou por outro preferiram fazer de conta que não estavam vendo nada ou ficaram mudas?

      Mocota lamenta profundamente pelos 04 jogos que o Vitória vai fazer na Fonte e numa hora dessa não aparecer nenhuma noticia quente (que beneficie o clube) das “fontes seguras”.

      Diga não a Fonte Nova. Diga sim ao Novo Barradão.

      Avante Leão!!!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s