Wagner, governador da Bahia ou do Bahia?


wagner e schimidt, alexi portela fora

Não é de hoje que o governador Jacques Wagner demostra que a sua “paixão clubística” (Todos sabem que ele misto torcedor do Fluminense) é maior do que os seus deveres como mandatário do nosso estado.

Isso começou quando ele iniciou a reforma de Pituaçu para beneficiar o time de Itinga mesmo sem licitação e com estouro de 33 milhões de reais a mais do que o previsto no projeto de “urgência” que deveria sair por R$ 22 milhões, mas saiu por R$ 55 milhões.

Wagner depois chegou a dizer que iria compensar o Vitória, que iria ajudar nas obras do Barradão, mas até hoje nada foi feito, pelo contrario, o rubro negro sempre tem saído prejudicado.

Escrevi uma série de textos sobre a questão Barradão e Arena Fonte Nova ainda em 2010, antes do bum das grandes Arenas, iniciei as discussões mostrando as vantagens do Leão em estruturar o Barradão e o que a nova fonte traria consigo. Em 2011 fiquei animado quando ouvi que o clube tinha um projeto para o Barradão, depois ouvi o Sinval Vieira comentando que teve conhecimento do mesmo num programa de rádio daqui da capital e que se assemelhava há alguns projetos de estádios europeus, com a chamada lona estendida. (DEPOIS VEJA NOS TEXTOS ABAIXOS)

BARRADÃO REFORMADO OU ARENA FONTE NOVA?

https://valmerson.wordpress.com/2009/06/10/barradao-reformado-ou-nova-fonte-nova/

MODERNIZAÇÃO DO BARRADÃO

https://valmerson.wordpress.com/2011/11/11/modernizacao-do-barradao/

SAIBA PORQUE NÃO IR PARA ARENA FONTE NOVA

https://valmerson.wordpress.com/2013/01/06/saiba-porque-nao-ir-para-arena-fonte-nova/

A informação é que Vitória e OAS estavam chegando a um acordo sobre a parceria para a execução do projeto e Modernizar o Barradão, mas que o governo do estado havia pressionado a construtora para não fazer isso por conta do interesse do  Vitória ir para Fonte Nova e a OAS que é uma das empresas responsáveis pelo consorcio ficou de mãos atadas.

Quase no mesmo patamar a OAS assinou uma parceria com o Bahia e esta fazendo a cidade tricolor, um estruturado e moderno Centro de Treinamentos.

Em contra partida a isso tudo, o Vitória conseguiu verbas para a construção da Via expressa orçada em R$ 13 milhões, mas que desde 2010 não saiu praticamente do papel porque o governo do estado através da Conder não faz aquilo que é seu dever para que o dinheiro já em cofre tenha o seu destino final e beneficie o clube.

Como se já não bastasse tudo isso, Wagner resolver dar mais uma ajudinha ao Bahia, o governador coloca novamente o seu amor a frente  de tudo e esta intermediando um patrocínio master para o tricolor, isso mesmo. O governador já teria até agendado ida com Fernando Schmidt o da foto (presidente do Bahia) para ajudar na assinatura de contrato com a PETROBRAS.

Impressionante como sempre houve cobranças de que o Governo ajudasse a dupla BAVI, isso poderia ser feito por exemplo através da EMBASA E COELBA, mas nunca aconteceu,( de maneira semelhante a Internacional e Grêmio com o banco estatal Banrisul) ou até mesmo com o patrocínio firmado com grandes montadoras que se instalam aqui e tem isenções astronômicas de impostos.

Porém o que vemos é Wagner beneficiando o Bahia e deixando o Vitória sempre a mercê de sua própria sorte, falta respeito falta apoio, falta ética falta tudo, de maneira que chego a me questionar se Wagner é o governador da Bahia ou do Bahia?.

ps: Pituaçu não precisou de licitação a Via expressa com licitação não sai do papel mesmo com verba já assinada e em caixa?

 

Depois de Fábio Mota é a vez do governador Wagner liberar primeira parcela para construção de ginásio, novos campos e estacionamento


67684_133442513474810_185187354_n

Depois que Fábio Mota divulgou que a primeira parcela do contrato para a construção do Avenida Barradão já se encontra nas mãos da diretoria do clube, outra boa noticia relacionada a verbas empenhadas para melhorias no Barradão e seu entorno chega a Toca.

Desde 2009 que o Vitória e o governo do estado assinaram acordo mas os valores combinados estavam até hoje emperrados e muitos até desacreditaram que o projeto sairia do papel, mas desta vez as coisas começaram a andar, parece que a liberação da verba da via expressa Barradão/Paralela refrescou a memoria e R$ 900 mil dos R$ 11 milhões já chegaram a toca do Leão.

O acordo entre Governo e Vitória, prevê a construção de três campos profissionais, cinco quadras poliesportivas, estacionamentos e 1 ginásio de esportes na região do Barradão. Para justificativa do investimento o clube, por sua vez, faria a realização de trabalhos sociais com cerca de 250 crianças carentes da região de Canabrava, localidade que fica em torno do estádio Barradão, disponibilizando todo seu staff de profissionais, “ao custo de R$ 7 milhões por ano”.