[BOTAFOGO 1X1 VITÓRIA] Leão decepciona contra o lanterna!


BOTAFOGO 1X1 VITÓRIA

Em partida válida pela sétima rodada do campeonato brasileiro, o Vitória decepcionou mais uma vez fora de casa contra o lanterna Botafogo no estádio Raulino de Oliveira diante do menor publico registrado até  momento neste brasileirão.

Vindo de um triunfo contra o líder Inter, o rubro negro vivia a expectativa de vencer fora de Salvador pela primeira vez enfrentando o ultimo colocado Botafogo mas a exibição muito abaixo de algo parecido com futebol, escancarou ainda mais as deficiências do time e o empate conseguido nos acréscimos diminuiu o vexame.

O Vitória até começou bem, marcou forte e buscava as jogadas em contra ataque, num lance em que Dagoberto recebeu, ele tocou de cabeça por cima dos zagueiros e Kieza desperdiçou a chance. o K9 ainda teve mais um chance e chutou pra fora. Ai num lance chocante no meio campo, Flavio levou um chute no rosto que provocou um corte e ele caiu desacordado no gramado e se contorcendo, cena preocupante forte e que parece ter refletido na equipe. Depois do lance o camisa 15 saiu para entrada de Tiago Real e o futebol do rubro negro parece também ter saído de campo.

O Botafogo de Ricardo Gomes começou a criar mas parava nas boas defesas de Fernando Miguel que salvou o rubro negro e garantiu o empate no primeiro tempo.

No segundo tempo Mancini voltou com o mesmo time que terminou mal e foi punido por isso, O Botafogo chegou ao gol com Sassá que entrou justamente no após o intervalo e se desorganizou ainda mais na partida. Marinho em dia ruim não acertava as jogadas, Dagoberto isolado e Tiago Real que entrou e com ele o time caiu, era menos 1 em campo, Kieza brigando sozinho acertou a trave e nada dava certo, Mancini em sua teimosia apostou novamente em Vander e Alípio e o time só chegou ao empate nos acréscimos com Victor Ramos após falha da defesa o Botafogo, 1×1 e fim de partida.

FERNANDO MIGUEL: Mais uma boa partida 3 boas defesas, passa segurança, sem culpa no gol. 8,0

NORBERTO: Nem marcou nem apoiou, foi muito mal 3,0

RAMON: Vem crescendo, jogou bem conseguiu anular muitas jogadas 6,5

VICTOR RAMOS: Foi bem e marcou seu gol 7,0

D.RENAN: Nem de longe rende como no ano passado, não marca e nem apoia. 3,0

AMARAL: É uma piada chamar esse cara de pitbull, desonra o apelido de Vanderson, há muito eu digo marca com o olho e depois daqueles 3 gols, inventaram que ele entendi do futebol e ai que desgraçou tudo de vez, gol na conta dele. 0,0

WILLIAM FARIAS: Um monstro, marca sozinho nesse meio do Vitória, um guerreiro. 7,0

FLAVIO: Vinha bem, saiu cedo, quis voltar mas não deu, valeu pela raça. 6,5

MARINHO: Irreconhecível, não acertou nada 3,0

DAGOBERTO: Tentou, deu bom passe e surpreendentemente até ajudou a marcar mas ainda esta longe do que já foi.5,0

KIEZA: Brigador, teve duas oportunidades, acertou a trave mas esta sacrificado no esquema. 5,0

TIAGO REAL: Horroroso, errou tudo e mais um pouco 2,0

VANDER: Entrou quando o jogo estava perdido e nada mudou. 4,0

ALIPIO: Mesmo de Vander 4,0

MANCINI Teimosia é seu nome, e demora nas mudanças, empate na sua conta 4,0

FICHA TÉCNICA
Botafogo x Vitória

Campeonato Brasileiro – sétima rodada
Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda
Data: 12/06/2016
Horário: 11h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG-Fifa)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Sidmar dos Santos  Meurer (MG)
Gol: Sassá
Cartão Amarelo: Airton, Marinho, Anderson Aquino

Botafogo: Sidão; Luis Ricardo, Emerson Silva, Renan Fonseca e Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva, Gegê e Leandrinho (Salgueiro); Anderson Aquino e Ribamar (Sassá). Técnico: Ricardo Gomes.

Vitória:  Fernando Miguel; Norberto, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral (Alípio), Willian Farias e Flávio (Tiago Real); Dagoberto (Vander), Marinho e Kieza. Técnico Vagner Mancini

[BOTAFOGO X VITÓRIA] Leão duela contra estrela solitária em jogo de desafios


botafogo x vitóriaO Vitória tem o desafio de vencer a sua primeira partida longe de Salvador neste campeonato brasileiro, para isso terá que superar o lanterna Botafogo que espera triunfar e sair do principio de crise que esta instalado.
Vagner Mancini não tem problemas pro jogo, e com isso o rubro negro vai com força máxima, Tiago Real se recuperou e foi relacionado mas deve ficar no banco e o time deverá ser o mesmo que ganhou do líder Inter, durante a semana ele até esboçou um novo esquema com 3 zagueiros com a entrada de Kanu em lugar de Dagoberto mas isso não deve ocorrer inicialmente na manhã deste domingo no Rio.

Ricardo Gomes tem mais problemas do que a lanterna, 5 atletas desfalcam a estrela solitária: Jefferson, Carli, Rodrigo Lindoso ,Luís Henrique e Dudu Cearense não irão pra partida e o treinador já sinalizou as mudanças na equipe.

Botafogo tem o pior ataque do brasileirão e olha que o time finaliza bastante são 73 finalizações com apenas 3 gols marcados, o que dá uma média de 24,3 chutes a gol pra conseguir balançar as redes o que rende ao time de general Severiano a 20ª posição não apenas na tabela mas também no quesito aproveitamento quando o assunto é fazer gol, já o Vitória esta bem na quinta colocação, o leão é até mediano em numero de finalizações com 52 mas com razoável média de acertos, são 7 gols o que faz necessário que o rubro negro busque o gol em 7,4 média para chegar ao tento.

Histórico

Número de jogos pelo Brasileirão: 32 (14 vitórias do Vitória, nove do Bota e nove empates). Última partida pela competição: Vitória 2 x 1 Botafogo (Barradão, 2014). Último empate sem gols foi no Brasileiro de 2000. Jogo foi realizado no Caio Martins, em Niterói.  Histórico do confronto: 46 jogos (17 triunfos do Leão baiano, 16 do Glorioso e 13 empates)

Observação que os times se enfrentaram ano passado mas pela série B.

BOTAFOGO X VITÓRIA

FICHA TÉCNICA

Botafogo x Vitória

Campeonato Brasileiro – sétima rodada

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda

Data: 12/06/2016

Horário: 11h

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG-Fifa)

Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Sidmar dos Santos  Meurer (MG)

Botafogo: Sidão; Luis Ricardo, Emerson, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva, Gegê e Leandrinho; Anderson Aquino e Sassá (Ribamar). Técnico: Ricardo Gomes.

Vitória:  Fernando Miguel; Norberto, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Willian Farias e Flávio; Dagoberto, Marinho e Kieza. Técnico Vagner Mancini.