Vitória x Vasco Duelo de série A vale a vida na Copa do Brasil


O duelo de hoje no Barracão entre Vitória e Vasco vale muito mais do que um simples jogo, os times duelam por classificação a 4ª fase dá COPA do Brasil, pela permanência dos seus treinadores, por cerca de 800 mil de cota de premiação e para mostrar que estão no caminho certo para disputa do brasileiro.

O leão empurrado pela sua torcida pode empatar por 0x0 para ficar com a vaga, 1×1 e teremos penalidades, qualquer outro resultado de empate é bom para o alvinegro e quem vencer por qualquer placar,classifica.

Argel Fucks pressionado por uma boa exibição mas ciente dá necessidade do resultado, manda um time mais cauteloso com apenas dois atacantes, ele resolveu apostar no reforço do setor de meio campo e promove a dupla Gabriel e Cleiton os Xavier para o jogo e terá a possibilidade de modificar o esquema conforme o jogo.

Cristóvão Borges e o próprio time do Vasco chegam a beira fuma crise, em caso de eliminação é dada como certa a demissão do treinador é a qualidade do elenco para sequência do ano, será ainda mais questionada, a pressão foi forte em São Januário e os jogadores sabem disso é por isso a promessa é de dar a vida em campo.

Teremos sem dúvida um duelo de muita força,raça, disputa, Vitória e Vasco promete ser um jogo emocionante com a busca frenética pelo triunfo, espero que a arbitragem esteja num bom dia e não prejudique o rubro negro como foi no RJ. No mais é aguardar a noite e seguir para o Barradas, pois como todos já sabem TODOS OS CAMINHOS LEVAM AO BARRADÃO!

Ficha técnica:

Vitória x Vasco, jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil
Local: Barradão, Salvador;
Horário: 19h30 (de Brasília);
Provável escalação do Vitória: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Alan Costa e Geferson; Willian Farias, José Welison, Gabriel Xavier e Cleiton Xavier; David e Kieza;
Desfalques do Vitória: Euller está suspenso. Dátolo se recupera de lesão, assim como Leonardo Pisculichi.
Pendurados do Vitória: Geferson
Provável escalação do Vasco: Martín Silva, Gilberto, Rafael Marques, Rodrigo e Henrique; Jean, Douglas, Andrezinho (Bruno Gallo), Nenê e Kelvin; Luis Fabiano.
Desfalques do Vasco: Luan e Wagner estão vetados pelo departamento médico; Marcelo Mattos está em processo de recondicionamento físico.
Arbitragem: Dewson Fernando Freitas da Silva apita a partida, auxiliado por Helcio Araújo Neves e Heronildo S. Freitas da Silva. O trio é do Pará.

Anúncios

FINAL DA TAÇA BH- VITÓRIA X VASCO E CASOS SEMELHANTES AO DOPING DE ESCUDERO (Absolvidos)


VITÓRIA X VASCO

O Vitória vai em busca do bicampeonato da Taça BH, competição considerada a segunda mais importante entre divisões de base  no país, o time de Carlos Amadeu vem com a fama pela conquista da Copa do Brasil da categoria em 2012 e pela belíssima campanha até aqui na BH, para chegar a final o Leão fez a seguinte Campanha:

 

1ª rodada Vitória 2 x 1 Fluminense (RJ)

2ª rodada Vitória 3 x 0 Ouro Preto

3ª rodada Vitória 1 x 3 Internacional

4ª rodada Vitória 8 x 0 Mariana

5ª rodada Vitória 2 x 0 Guaicurus

Dia 25/08 Vitória 3 x 2 Criciúma

Quartas-de-Final Vitória 0 x 0 Coritiba (penaltis Vitória 5 x 4 Coritiba)

Semifinais Vitória 3 x 0 Sport

 

O Vasco é bicampeão da BH, é comandado por Sorato e eliminou equipes como Goias, América MG e Fluminense para chegar a final, time teve 6 triunfos, 1 empate e 1 derrota.

 

FICHA TÉCNICA: VASCO X VITÓRIA

Data/Hora: 01/09/2013 – 13H
Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas
Árbitro: Giovanni Fernandes (MG),
Auxiliares: Leandro Salvador da Silva (MG) e Filipe Ramos Santana (MG)

VASCO: Jordi; Richard (Eron), Alisson, Venício e Dieyson; Matheus Batista, Danilo, Jhon Cley, Guilherme Costa e Yago; Thalles – Técnico: Sorato.

VITÓRIA: Guillermo; Serafim, Vinícius, Josué e Ramon; José Wellison, Alex, Mauri e Wellington; Marcone e Agdon.

 

CASOS DE JOGADORES COM DOPING

IMAGEM_NOTICIA_3

CASO XANDÃO

O zagueiro Xandão, do São Paulo, foi absolvido por unanimidade, em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro, por causa de um caso de doping. O atleta havia sido pego no exame antidoping do jogo contra o Atlético Paranaense, em Curitiba pelo uso de três substâncias proibidas, mas nenhuma estimulante, presentes em um colírio.

Acompanhado do médico do São Paulo, José Sanchez, Xandão prestou depoimento perante a Quarta Comissão Disciplinar do STJD e explicou o uso do colírio no dia do jogo na Arena da Baixada. “Se não tivesse usado o remédio, talvez não pudesse jogar, pois estava me atrapalhando demais. Minha reação quando me falaram sobre o doping foi de dar risada e de forma irônica. Não acreditei. O doutor Sanchez também não entendeu o motivo de eu ter sido pego no doping, pois utilizei o medicamento de uso oftalmológico”, disse o zagueiro.

CASO DECO

O Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) julgou o meia Deco por cerca de quatro horas e concluiu que o jogador não teve a intenção de fazer uso da substância dopante furosemida. Mas entendeu que ele é responsável por tudo que ingere e decidiu pela suspensão do atleta do Fluminense pelo período de 30 dias.

Deco testou positivo para o diurético furosemida após a partida contra o Boavista, pela fase de classificação da Taça Rio, no dia 30 de março. O jogador corria o risco de ser punido por até dois anos de suspensão, mas confiava na absolvição, uma vez que o caso era o mesmo do meia Carlos Alberto, do Vasco, que teve a mesma substância encontrada em sua urina e foi inocentado pelo mesmo TJD-RJ.

OUTROS CASOS

Romário: Com doping positivo para furosemida em 2007, o atleta alegou utilizar a tempos para queda de cabelo e com conhecimento de médicos dos clubes e da seleção. Foi inocentado pelo STJD.

Marcão: Mesma substância e ano do baixinho e mesma alegação, pegou 120 dias, mas depois teve a pena reduzida para 60 dias.

Renato Silva: Pego por uso de maconha pegou 120 dias, mas teve a pena reduzida para 60 dias.

CASO DE ATLETA DE VOLEI INOCENTADA COM A MESMA SUBSTÂNCIA

“Comprovamos que as substâncias são oriundas do medicamento que ela vinha utilizando por determinação médica”, disse advogado

Gazeta Esportiva

POMEDORE – Ponteira do Cativa/Pomerode, última colocado na edição 2008/2009 da Superliga feminina, Grace foi absolvida da acusação de doping pelas substâncias rednisolona e prednisona na derrota para o Pinheiros/Mackenzie, em 31 de janeiro.

“Comprovamos que as substâncias são oriundas do medicamento anti-inflamatório de nome Prelone, que ela vinha utilizando para dores nos joelhos por determinação médica, sem saber que o princípio ativo era proibido”, comentou o advogado da atleta, Roberto Pugliese Jr..

Grace foi liberada da suspensão entre 120 a 360 dias com três dos cinco votos dos auditores da Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Voleibol Brasileiro.

Depois do jogo contra o Pinheiros, a jogadora não atuou em mais nenhuma partida em razão de sua contusão e foi submetida à cirurgia nos dois joelhos em março. Com a divulgação do exame antidoping positivo, ela havia sido suspensa preventivamente até a decisão que a absolveu no julgamento.

 

 

[VITÓRIA X VASCO] Na selva Barradão o Leão tem que rugir forte!


VITORIA X NÁUTICO

 

O Leão vai retornar a sua casa, a selva mais conhecida como Barradão, e no seu território o Vitória tem a obrigação de vencer sempre, todo e qualquer adversario deve ser visto como uma presa em que o rei tem a obrigação de transformar na sua caça, não que isso venha a ser fácil, mas no final do embate o Leão tem sempre que sair vencedor.

 

Na opinião deste blogueiro sobre o campeonato brasileiro o Vasco virá a brigar para não cair, mesmo com um treinador experiente e jogadores como Eder Luis e Tenório, o gigante da colina passa por grande crise e isso tem refletido em campo negativamente, o Vitória precisa se impor e mostrar que manda em casa.

 

O Leão vai ter o retorno de Cáceres em lugar de Edson Magal o restante do time é o mesmo que goleou o Náutico fora de casa, o time comandado por Caio Junior sabe da importância de vencer e se manter no g4.

 

A expectativa é de pelo menos R$ 25 mil pessoas hoje no Barradão empurrando o rubro negro em busca do triunfo, o clima é bom e é importante vencer para continuar crescendo, o Vasco esta longe de ter os grandes elencos de outrora e o Vitória tem que se aproveitar disso, o rubro negro que defende uma invencibilidade de 22 anos contra o Vasco da Gama jogando em Salvador, e nos últimos 8 jogos aqui foram 8 triunfos do Vitória em campeonatos brasileiros, os times ainda se enfrentaram pela Copa do Brasil.

 ESQUEMA TÁTICO DO VITÓRIA (2)

FICHA TÉCNICA

Série A

Vitória x Vasco 

Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).

Data: sábado, 1º de junho.

Horário: 18h30

Árbitro: Héber Roberto Lopes (FIFA/PR).

Assistentes: Carlos Berkenbrock (CBF/SC) e José Roberto Larroyd (CBF/SC)
Vitória: Wilson; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Danilo Tarracha; Neto Coruja, Cáceres, Renato Cajá e Escudero; Maxi Biancucchi e Dinei. Técnico: Caio Júnior.

Vasco: Michel Alves; Nei, Luan, Renato Silva e Yotun; Sandro Silva, Fellipe Bastos, Wendel e Alisson (Dakson); Eder Luis e Tenório. Técnico: Paulo Autuori.