[Vitória oxo Bahia] a decisão é na nossa segunda casa


Boa noite amigos, após o empate de hoje eu liguei o radio e fui ouvir um pouco da resenha e me espantei com muitas asneiras ditas por quem se diz profissional de imprensa, fui mudando de radio em radio e para a minha decepção eu ouvi vários radialistas, comentaristas e apresentadores declarando o Bahia campeão baiano e que o tricolor dominou o Vitória hoje, aí eu parei e me perguntei: Será que eles assistiram ao mesmo jogo que eu? É claro que sim, mas o desespero da imprensa tricolorida é tão grande que eles até inventam uma realidade paralela.

O jogo começou como se esperava o Vitória na pressão e o Itinga tentando sair nos contra-ataques, o Leão criou algumas oportunidades mas sem êxito e no lado de lá, Douglas justificou o porque de ser tão festejado pela torcida, pega muito.

Geovanni esteve muito mal, Zé Roberto também, com laterais fracos as  coisas ficaram muito abertas para ambos, mas as emoções ficaram mesmo para o segundo tempo. Após o intervalo o Vitória que já tinha feito uma alteração com a saída de Michel para entrada de  Rodrigo Mancha teve que sair para o jogo e quase que algumas lambanças na defesa empenavam o baba, Rodrigo vacilou duas vezes e Douglas salvou e quando pareceu que o Bahia iria dominar as ações, o rubro negro cresceu e só não saiu triunfante e até mesmo com um placar bem agradável porque Tartá não sabe fazer gols e Marcelo Lomba estava em uma grande tarde, foram pelo menos 4 oportunidades e o meia atacante desperdiçou em todas.

Só digo mais uma coisa, no nosso parquinho metropolitano, a nossa segunda casa vai ser brocança Pega Leão.!

Douglas: Perfeito, mesmo estando a muito tempo sem atuar voltou muito  bem e garantiu o zero com boas defesas Nota 9.0

Léo: Estranhamente ele foi bem na marcação e ruim no apoio hoje Nota 6.0

Victor Ramos: Um monstro, esta jogando muito Nota 9.0

Rodrigo: Dois vacilos surpreendentes, mas depois deu liga e acabou indo bem Nota 7.0

Wellington Saci: Fraco no ataque, fraco no apoio, precisamos de lateral urgente Nota 4.0

Uelliton: Um verdadeiro guerreiro, é assim que você vai reconquistando a torcida: Nota 8.5

Michel: Até o momento em que esteve em campo foi bem. Nota 7.0

Pedro Ken: Partidaça, muito bem no jogo melhor em campo: Nota 9,5

Geovanni: A maior decepção, o maestro G10 não apareceu no jogo, Nota 4.0

Tartá: O que é que isso meu brother? Não se pode perder tantas oportunidades. Nota 6.0

Neto Baiano: Muito bem marcado, ele até que brigou mas não teve oportunidades. Nota 5.0

Rodrigo Mancha: Entrou no lugar de Michel e foi bem, marcou demais. Nota 7.0

Dinei: Teve uma oportunidade e desperdiçou, ajudou a prender a defesa deles. Nota 6.0

Romário: Pouco tempo, mas dois bons cruzemntos. Nota 6.0

Ricardo Silva: Armou bem o time, mas para mima errou na segunda substituição era Arthur Maia e não Dinei. Nota 7.5

Ficha Técnica Vitória 0 x 0 Bahia
Jogo de ida pela final do Campeonato Baiano 2012.
Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA).
Data: Domingo, 06 de maio.
Horário: 16h.
Público: 31.263 pagantes.
Renda: R$ 542.580,00.
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ).
Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Roberto Braatz (PR).
Cartões amarelos: Victor Ramos, Neto Baiano, Wellington Saci, Gabriel Paulista, Tartá, Dinei, Pedro Ken e Uelliton (Vitória); Souza, Rafael Donato e Vander (Bahia).

Vitória: Douglas; Leo (Romário), Rodrigo, Victor Ramos e Wellington Saci; Uelliton, Michel (Rodrigo Mancha), Pedro Ken e Geovanni (Dinei); Tartá e Neto Baiano. Técnico: Ricardo Silva.

Bahia: Marcelo Lomba; Madson, Rafael Donato, Titi e Gerley; Fahel, Diones (Danny Morais), Helder e Gabriel (Magno); Zé Roberto (Vander) e Souza. Técnico: Paulo Roberto Falcão.