[VITÓRIA 1X0 BOTAFOGO] Contra tudo e contra todos, caiu na Toca é pau!


VITÓRIA X BOTAFOGO

O Vitória entrou pressionado pelos resultados dos concorrentes, e se perdesse daria adeus a luta por uma vaga na libertadores, e nesses momentos é fundamental o apoio do torcedor, e este não decepcionou esta noite no Barradão, como eu disse no pré-jogo, uma festa que só nós sabemos fazer.

Uma partida perfeita taticamente do Vitória, é muito bom ver o time jogando assim, que coisa gostosa, que partidaça de Escudero, e que jogaço de Marcelo, é amigo! Quem tem treinador é outra coisa.

PS: Galera vocês irão me desculpar mas vou ser breve no texto por causa do horário e terei que ir trabalhar cedo amanhã.

Destaque para arbitragem que tentou de tudo para prejudicar o Vitória e ajudar o Botafogo, gol pessimamente anulado e a penalidade clara em cima de Juan chega a ser ridícula da maneira que Alicio estava em cima do lance.

Wilson: Muito seguro, boas defesas, é uma ótima liderança ajustando o posicionamento. 7.0

Ayrton: Começou pressionado por Lodeiro, mas depois foi crescendo no jogo e mostra porque ganhou a confiança do torcedor, precisa apenas calibrar o pé nas faltas. 7.5

Luiz Gustavo: Bela partida, impressiona a tranquilidade e a leitura que tem dos lances, ótima indicação de Ney Franco. 7,5

Victor Ramos: Parou de aparecer nas baladas, voltou a jogar bola, foi o zagueiro que nos gostamos de ver em campo. 8.0

Juan: Há muito tempo não tínhamos segurança na lateral esquerda, e ele chegou com desconfiança e mostra que sabe tudo da camisa 06, e quando vai para o meio, tem o talento no passe de um camisa 10, não tem como não ser 10,0

Marcelo: 100 partidas com a camisa do Leão? Não foi apenas a 2º, sendo a primeira como titular, e estreando de fato,  começou nervoso, mas com 10 minutos já comandava o meio de campo, jogou muito, anulou Seedorf, e saiu para o jogo, realmente Ney Franco tem olho para jovens talentosos. 9.0

Cácares: As vezes não aparece, mas se for olhar a partida tática dele, volto a dizer, é importantíssimo, joga pro time, mostra uma vontade, digna da camisa do Leão. 7.5

Escudero: Joga muito, renova logo Portela, o cara desse time, joga pro time, sem muito alarde, sendo simples, mas com uma qualidade impressionante, se já não bastasse, ainda marca como poucos, é a espinha dorsal desse time, quando foi para o meio, mostrou a Cajá como se joga, talento puro. 8,5

Marquinhos: Jogou bem, conseguiu uma assistência mal anulada e no segundo tempo, fez uma dupla que infernizou a defesa com Willian Henrique alternando os lados. 7,5

Dinei: Tem crescido em meu conceito desde que Ney chegou, pois além de ser importante no esquema, e de lutar, tem conseguido fazer seus gols, e até mesmo fazer o pivô. 7.0

Willian Henrique: Talismã, entrou errando, perdeu um gol, mas deu velocidade ao ataque e estava triangulando bem com Marquinhos, mais um gol e é peça importante nesse grande momento do time. 8.0

Euller: Falo desse garoto sempre, e muito bom jogador, tem coragem, vai pra cima, é lateral de qualidade, vem mais uma boa safra para o Leão, entrou e mudou a história do jogo, ótima assistência. 10.0

Elizeu: Entrou para segurar e foi bem, mostrou maturidade levando a bola para a lateral e tocando sempre para o Willian Henrique segurar o  jogo. 7.0

Ney Franco: Treinador é assim, tem que ter coragem, tem que mostrar que conhece do jogo e tem que mostrar que não é só discurso, ainda tem quem diga que não era para Caio cair? Nota 10,0

http://http://www.youtube.com/watch?v=n0YwpiiV-zY

FICHA TÉCNICA VITÓRIA 1 X 0 BOTAFOGO
Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 17 de outubro de 2013, quinta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Público: 17.086 pagantes
Árbitro: Alício Pena Júnior (MG)
Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Fábio Pereira (Fifa-TO)
Cartões Amarelos: Juan (Vitória); Lodeiro, Renan (Botafogo)
Gols:
VITÓRIA: William Henrique, aos 33 minutos do segundo tempo

VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Luiz Gustavo e Juan; Marcelo(Euller), Cáceres, Escudero(Eliseu) e Renato Cajá(William Henrique); Marquinhos e Dinei
Técnico: Ney Franco

BOTAFOGO: Renan; Edílson, Bolívar, Dória e Júlio César(Lima); Marcelo Mattos(Alex), Renato, Gegê, Seedorf e Lodeiro(Henrique); Rafael Marques
Técnico: Oswaldo de Oliveira

PS: Vitória de olho no mercado estrangeiro, Alexi Portela e outros dirigentes estão encaminhando documento a CBF para que em 2014 o numero de estrangeiros que podem atuar por uma equipe suba de 3 para 5.