[BOTAFOGO 1X1 VITÓRIA] Leão decepciona contra o lanterna!


BOTAFOGO 1X1 VITÓRIA

Em partida válida pela sétima rodada do campeonato brasileiro, o Vitória decepcionou mais uma vez fora de casa contra o lanterna Botafogo no estádio Raulino de Oliveira diante do menor publico registrado até  momento neste brasileirão.

Vindo de um triunfo contra o líder Inter, o rubro negro vivia a expectativa de vencer fora de Salvador pela primeira vez enfrentando o ultimo colocado Botafogo mas a exibição muito abaixo de algo parecido com futebol, escancarou ainda mais as deficiências do time e o empate conseguido nos acréscimos diminuiu o vexame.

O Vitória até começou bem, marcou forte e buscava as jogadas em contra ataque, num lance em que Dagoberto recebeu, ele tocou de cabeça por cima dos zagueiros e Kieza desperdiçou a chance. o K9 ainda teve mais um chance e chutou pra fora. Ai num lance chocante no meio campo, Flavio levou um chute no rosto que provocou um corte e ele caiu desacordado no gramado e se contorcendo, cena preocupante forte e que parece ter refletido na equipe. Depois do lance o camisa 15 saiu para entrada de Tiago Real e o futebol do rubro negro parece também ter saído de campo.

O Botafogo de Ricardo Gomes começou a criar mas parava nas boas defesas de Fernando Miguel que salvou o rubro negro e garantiu o empate no primeiro tempo.

No segundo tempo Mancini voltou com o mesmo time que terminou mal e foi punido por isso, O Botafogo chegou ao gol com Sassá que entrou justamente no após o intervalo e se desorganizou ainda mais na partida. Marinho em dia ruim não acertava as jogadas, Dagoberto isolado e Tiago Real que entrou e com ele o time caiu, era menos 1 em campo, Kieza brigando sozinho acertou a trave e nada dava certo, Mancini em sua teimosia apostou novamente em Vander e Alípio e o time só chegou ao empate nos acréscimos com Victor Ramos após falha da defesa o Botafogo, 1×1 e fim de partida.

FERNANDO MIGUEL: Mais uma boa partida 3 boas defesas, passa segurança, sem culpa no gol. 8,0

NORBERTO: Nem marcou nem apoiou, foi muito mal 3,0

RAMON: Vem crescendo, jogou bem conseguiu anular muitas jogadas 6,5

VICTOR RAMOS: Foi bem e marcou seu gol 7,0

D.RENAN: Nem de longe rende como no ano passado, não marca e nem apoia. 3,0

AMARAL: É uma piada chamar esse cara de pitbull, desonra o apelido de Vanderson, há muito eu digo marca com o olho e depois daqueles 3 gols, inventaram que ele entendi do futebol e ai que desgraçou tudo de vez, gol na conta dele. 0,0

WILLIAM FARIAS: Um monstro, marca sozinho nesse meio do Vitória, um guerreiro. 7,0

FLAVIO: Vinha bem, saiu cedo, quis voltar mas não deu, valeu pela raça. 6,5

MARINHO: Irreconhecível, não acertou nada 3,0

DAGOBERTO: Tentou, deu bom passe e surpreendentemente até ajudou a marcar mas ainda esta longe do que já foi.5,0

KIEZA: Brigador, teve duas oportunidades, acertou a trave mas esta sacrificado no esquema. 5,0

TIAGO REAL: Horroroso, errou tudo e mais um pouco 2,0

VANDER: Entrou quando o jogo estava perdido e nada mudou. 4,0

ALIPIO: Mesmo de Vander 4,0

MANCINI Teimosia é seu nome, e demora nas mudanças, empate na sua conta 4,0

FICHA TÉCNICA
Botafogo x Vitória

Campeonato Brasileiro – sétima rodada
Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda
Data: 12/06/2016
Horário: 11h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG-Fifa)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Sidmar dos Santos  Meurer (MG)
Gol: Sassá
Cartão Amarelo: Airton, Marinho, Anderson Aquino

Botafogo: Sidão; Luis Ricardo, Emerson Silva, Renan Fonseca e Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva, Gegê e Leandrinho (Salgueiro); Anderson Aquino e Ribamar (Sassá). Técnico: Ricardo Gomes.

Vitória:  Fernando Miguel; Norberto, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral (Alípio), Willian Farias e Flávio (Tiago Real); Dagoberto (Vander), Marinho e Kieza. Técnico Vagner Mancini

[VITÓRIA 1X0 INTER] Leão vence o líder com a força sobrenatural do Barradão!


VITÓRIA X INTER

Numa boa partida no Barradão o rubro negro chega a sua segunda vitória no brasileiro, mantém os 100% de aproveitamento em sua casa no ano, quebra a invencibilidade de 18 jogos do Inter, 5 jogos no brasileiro e mantém o tabu de 13 anos sem revés para o colorado no santuário.
O Vitória que entrou em campo modificado por Vagner Mancini com Flavio, Euller, Norberto, Dagoberto e Marinho fez o seu melhor primeiro tempo até aqui no brasileiro, com marcação consistente e saída rápida em contra ataques, quando o contra golpe era do Inter o Vitória conseguia recompor com velocidade e precisão e evitava lances de criação do adversário.
Logo que deu inicio a partida o rubro negro como de costume no Barradão buscou fazer uma pressão, e surtiu efeito, após roubada de bola do incansável Kieza, ele dividiu com o goleiro Danilo Fernandes e a bola sobrou para Marinho que num lindo toque de primeira por Cobertura fez o gol que daria os 3 pontos ao Leão. Após o gol o time da casa continuou bem, anulando o Inter e criando chances, Dagoberto acertou a trave depois de belo passe de Kieza em outras tentativas o time era parado com faltas, e o senhor Thiago Duarte sendo conivente, Paulão e Anselmo caçaram Marinho em campo e deveriam ter recebido tarjeta vermelha mas o arbitro contemporizou aplicando apenas amarelo.
No segundo tempo o colorado se lançou mais ao ataque mas parou na marcação do Vitória, o sistema defensivo esteve muito bem hoje, em apenas dois lances pontuais que o Inter teve a chance do empate, um no primeiro tempo quando Fernando Miguel furou o chute e o Sasha desperdiçou e no segundo quando a bola bateu em Ramon e sobrou para Aylon que sem goleiro chutou pra fora mas no geral, Fernando Miguel, Norberto, Ramon, Victor Ramos, Euller, Amaral e William Farias foram eficientes.
Por fim o Vitória ainda teve duas boas oportunidades de ampliar, primeiro Marinho recebeu de Kieza fez o giro e demorou de chutar, e no finzinho Marinho recebeu de Leandro Domingues num lindo contra ataque e ele lançou Kieza que tirou do goleiro e Paulão salvou milagrosamente se atirando na bola quando ela estava prestes a ultrapassar a linha. Fim de jogo Vitória 1×0 e 9ª colocação no brasileiro.
FERNANDO MIGUEL O capitão fez dua grandes defesas mas quase entrega o ouro numa furada de bola, no geral boa partida 7,0
NORBERTO Boa partida, justifica o porque da torcida o preferir na lateral direita, bom na marcação e timido no apoio mas dá consistência ao setor. 7,0
RAMON Partidaça, esta evoluindo, aprendendo a jogar série A, foi bem demais hoje. 7,5
VR3 Hoje foi consistente,mostrou pegada, não vacilou em momento algum. 7,5
EULLER Surpreendente, partidaça, marcou como nunca e apoiou bem as subidas de Marinho. 7,5
AMARAL Para mim destoou do time, erra muitos passes e ama marcar com o olho. 5,0
W.FARIAS O pilar da defesa, marca sozinho no centro do campo, um guerreiro os 90 minutos 9,0
FLAVIO Deu consistência ao sistema com maior marcação no meio, dando liberdade para Dagoberto e Marinho. 7,0
DAGOBERTO Uma boa partida, uma bola na trave e hoje correu, se movimentou, sofreu faltas, mostrou evolução, espera que cresça com o ritmo. 7,5
MARINHO Um monstro, acabou com a defesa do colorado, gol de inteligência e oportunismo, o motor de ataque do time. 8,5
KIEZA Brigador, valente, simbolo de raça e foi assim que nasceu o gol, me agrada sua postura dentro de campo. 7,5
MAICON SILVA Entrou para ajudar a segurar a onda pois Norberto cansou e conseguiu. 6,0
LEANDRO DOMINGUES O contra ataque que quase gera o segundo gol é o que esperamos dele, entrou aceso no jogo. 7.0
KANU Bom rever o negão na zaga do leão, reestreia pra segurar o placar. 6,0
VAGNER MANCINI Hoje foi inteligente quando sacou Vander,mudou o meio e deu consistência ao time, triunfo tático 8,0

 

FICHA TÉCNICA
Vitória x Internacional
Campeonato Brasileiro – sexta rodada
Local: Barradão, em Salvador
Data: 05/06/2016
Horário: 16h
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes:  Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP).
Cartões amarelos: Paulo, Anselmo, Jair,  Eduardo Sasha e Gustavo Ferrareis (Internacional); Willian Farias (Vitória)
Gol: Marinho (Vitória);
Vitória: Fernando Miguel; Norberto (Maicon Silva), Victor Ramos, Ramon e Euller (Kanu); Amaral, Willian Farias e Flávio; Dagoberto (Leandro Domingues), Marinho e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.
Internacional: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Anselmo (Jair), Andrigo (Aylon) e Gustavo Ferrareis; Eduardo Sasha e Vitinho (Alex). Técnico: Argel.
PS: Triunfo para celebrar o aniversario de 7 anos do blog LEÃO MINHA PAIXÃO no dia de hoje, isso mesmo o LMP nasceu dia 05 de Junho de 2009!

[VITÓRIA X INTER] Em jogo de Tabus, Leão quer vencer o líder Inter!


VITÓRIA X INTER

O Vitória recebe o Inter buscando voltar a vencer no brasileiro e se afastar da proximidade da zona de rebaixamento, o Inter quer manter a ponta e se distanciar do rival Grêmio.

Em situações bem distintas nesse inicio de brasileiro, o Vitória de Mancini precisa a todo custo dos 3 pontos, para o rubro negro triunfar é diminuir um pouco da grande desconfiança da torcida e evitar o principio de uma crise, já que os questionamentos param de crescer ainda mais a 3 jogos sem saber o que é ganhar. No lado colorado o time de Argel não sabe ainda o que é ser derrotado e vem a Salvador motivado e disposto a criar a “gordurinha” na ponta da tabela.

Mancini tem o retorno de Marinho a equipe mas perde Diego Renan e com isso o treinador vai promover mudanças, Euller aparece na esquerda e Norberto volta a lateral direita em lugar de Maicon Silva, outro que perde a vaga é Dagoberto, mal na ultima partida, sai para o retorno de Marinho.

 Argel pode ter um desfalque de ultima hora, Anselmo se machucou no treino deste sábado e virou duvida, em seu lugar deve entrar Fabinho para montar o ferrolho no meio campo de forte marcação do Inter que lidera o brasileiro com 13 pontos em 5 jogos com aproveitamento de 86,7%, bem acima dos 05 pontos 13 posição e 33,3% de aproveitamento do Vitória.

 

JOGO DOS TABUS

 O Vitória não perde para o Inter no Barradão há 13 anos, de lá para cá foram 5 jogos com 4 triunfos e 1 empate, no ultimo jogo o rubro negro venceu por 2×0.

O Vitória tem 100% de aproveitamento no Barradão em 2016. E a ultima derrota foi na série B para o  Náutico por 3×2 no dia de outubro 2015.

O colorado esta invicto no brasileiro e não perde há 18 partidas. Portanto as duas equipes possuem marcas importantes a defender

No total pelo campeonato brasileiro foram 31 jogos com 9 triunfos rubro negro, 10 empates e 12 triunfos do colorado, no Barradão são 8 Vitória, 2 empates e apenas 1 derrota uma ampla vantagem do leão, tendo marcado 17 e sofrido 06 gols.

 vitória x inter

FICHA TÉCNICA: VITÓRIA X INTER

Local: Barradão Data e horário: domingo, às 16h (horário de Brasília)

Arbitragem: Thiago Duarte Peixoto (SP), auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)

VITÓRIA: Fernando Miguel; Norberto, Victor Ramos, Ramon e Euller; Amaral, Willian Farias e Leandro Domingues; Marinho, Vander e Kieza.

INTER: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho (Anselmo), Andrigo e Gustavo Ferrareis; Eduardo Sasha e Vitinho.

Imagem

[Portuguesa x Vitória] Leão sem tempo para comemorar!


gh

 

O Vitória não teve tempo para comemorar a conquista do título do campeonato baiano porque a semana é de jogos difíceis pela Copa do Brasil e campeonato brasileiro. Nesta quarta o Leão enfrenta a Lusa em grande crise financeira tentando não fechar as portas e com isso buscando desesperadamente o resultado.

Mancini mandará um time misto no Canindé, Caique servindo a seleçãoe Fernando Miguel machucado dão vaga pra Wallace no gol, Marcelo, Tiago Real e Alipio serão as outras novidades, justamente eles que entraram no segundo tempo no BAVI e agora ganham oportunidade no time titular, o esquema de jogo esta mantido no 4-2-1-3.

Classificado as duras penas pra segunda fase da Copa do Brasil, time da Lusa enfrenta a maior crise de sua história e ver na competição uma oportunidade financeira para amenizar sua situação, time vai buscar parceria com a sensação Audax e caso haja segundo jogo contra o rubro negro deverá estar reforçado.

Kanu foi cortado da relação que viajou porque clube teme problema de regularização já que teve problemas com a documentação do zagueiro junto o time da Bélgica.

Marinho artilheiro da Copa do Brasil com 5 gols será poupado.

FICHA TÉCNICA
Portuguesa x Vitória
Copa do Brasil – 2ª fase (jogo de ida)
Local: Canindé, em São Paulo
Data: 11/05/2016
Horário: 21h45
Árbitro: Devarly Lira do Rosário (ES)
Assistentes: Andréa Izaura Maffra Marcelcino de Sá (Asp. Fifa-RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)

Portuguesa: Luis; Rodrigo, Talis, Guilherme e Cesinha; Ferdinando, Rafael, Gustavo e Vinícius; Bruno Mineiro e Diego Gonçalves (Formiga). Técnico: Anderson Beraldo.

Vitória: Wallace; José Welison, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Marcelo e Tiago Real; Alípio, Vander e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.

 

VITÓRIA CAMPEÃO BAIANO 2016 PAPÉIS DE PAREDE DO TÍTULO!


CLIQUE NAS IMAGENS PARA AUMENTAR O TAMANHO

wallpaper-VITÓRIA CAMPEÃO BAIANO 2016

FICHA TÉCNICA
Bahia x Vitória
Campeonato Baiano (2º jogo da final)
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 08/05/2015
Horário: 16h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Luiz Cláudio Regazone (Asp. Fifa-RJ)
Cartão Amarelo: Amaral, Hernane, Thiago Ribeiro, Marinho, Vander, Éder, José Wellison, Tinga
Cartão Vermelho:Jean (expulso no banco de reservas do Bahia), Lucas Fonseca, Diego Renan, Doriva (treinador), Dedé (expulso no banco de reservas do Bahia) e Norberto (expulso no banco de reservas do Vitória)

Bahia: Marcelo Lomba; Tinga, Lucas Fonseca, Éder e Moisés; Feijão, Paulo Roberto (Juninho), Danilo Pires (Henrique) e João Paulo Gomes (Luisinho); Thiago Ribeiro e Hernane Brocador. Técnico: Doriva.

Vitória: Caíque; José Welison, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Willian Farias e Leandro Domingues (Tiago Real); Vander (Alípio), Marinho (Vinicius) e Kieza. Técnico: Vagner Mancini

 

 

[BAHIA X VITÓRIA] Leão com vantagem para ficar com título do baiano!


VITÓRIA X BAHIA

O Vitória se acostumou a ganhar o campeonato baiano nas ultimas 3 décadas, situação que deixou o Leão e sua torcida bem desconfortável com o fato de estar a 2anos sem ganhar a competição, agora com vantagem e amplo tabu em cima do rival, a expectativa é da retomada da hegemonia.

Mancini leva a campo o mesmo time que venceu o BAVI no ultimo domingo por 2×0 no Barradão, mesmo “recuperados” Dagoberto, Fernando Miguel e Tiago Real iniciam no banco e poderão reforçar a equipe no decorrer do jogo.

No time de Doriva a expectativa é de mudança de formação com Thiago Ribeiro mais avançado próximo a Hernane e mais aberto no meio buscando pressionar o Vitória nos minutos iniciais, o que deve gerar espaços para os contra ataques rápidos puxados por Leandro Domingues, Vander e Marinho e essa deve ser a maior arma rubra negra na tarde de hoje.

Recheado de provocações o BAVI viverá novamente hoje mais um capitulo de sua história, as torcidas se alfinetam mas tudo na paz e nos bastidores os presidentes também resolveram promover “tretas” domingo passado o Vitória provocou o Bahia no telão do estádio do Barradão, o Bahia promete o troco e com tudo isso o folclore do BAVI continua forte e mostra porque esse confronto é especial e apaixonante.

NÚMEROS

O Vitória pode perder pela diferença de um gol que fica com o título

O Leão esta a 8 clássicos mais de dois anos sem perder para o rival

Já ocorreram 12 BAVIs dia das mães com 6 triunfos do Vitória, 3 empates e 3 derrotas

O Bahia nunca na história conseguiu reverter à vantagem do Vitória no segundo jogo

Diego Renan,Vander,Caique e o presidente Raimundo Viana nunca perderam para o rival, Já Marcelo Santana presidente do Bahia nunca venceu o clássico

FICHA TÉCNICA

Bahia x Vitória

Campeonato Baiano (2º jogo da final)

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador

Data: 08/05/2015

Horário: 16h

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)

Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Luiz Cláudio Regazone (Asp. Fifa-RJ)

Bahia: Marcelo Lomba; Tinga, Lucas Fonseca, Éder e Moisés; Feijão, Paulo Roberto, Danilo Pires e João Paulo Gomes; Thiago Ribeiro e Hernane . Técnico: Doriva.

Vitória: Caíque; José Welison, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Willian Farias e Leandro Domingues; Vander, Marinho e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.

[VITÓRIA X BAHIA] BAVI da decisão começa recheado de polêmicas!


VITÓRIA X BAHIA

 

Sempre cercado de polêmicas o clássico BAVI eleito essa semana como um dos principais 50 clássicos do futebol mundial pela revista FOUR FOUR TWO começa hoje no Barradão e promete ser uma verdadeira guerra.

Na desvantagem o Vitória busca em casa reverter à situação, mantendo o tabu que tem sem sofrer revés do rival, para isso conta com o versátil Marinho e o goleador Kieza personagem a parte no BAVI de hoje, já que no inicio do ano o atacante defendia o rival e agora esta do lado rubro negro para a revolta dos tricolores.

Outro personagem é Victor Ramos, VR3 como é chamado esteve envolvido em polêmica de “escalação irregular” e que rendeu uma guerra nos bastidores do futebol baiano com troca de farpas de dirigentes, torcedores e até mesmo a imprensa, confirmado no jogo o zagueiro já um personagem marcante do clássico de logo mais.

Pelo lado tricolor a expectativa fica entorno do seu artilheiro na temporada, Hernane que não treinou durante a semana, foi relacionado e deve mesmo começar mesmo sem estar 100% e ele chegou a provocar kieza durante a semana, será um duelo dos dois camisa 9.

Mancini decidiu manter surpresa mas as duvidas mesmo estão no gol porque Fernando Miguel sentiu no ultimo jogo e pode ver Caique destaque do ultimo BAVI que terminou com o Vitória vencendo o Bahia por 2×0, novamente sendo titular e Dagoberto deverá mesmo começar no banco, assim como Norberto.

Doriva pediu marcação especial em cima de Marinho 7 e nutre esperança no contra ataque com Thiago Ribeiro mas se preocupa em muito com a fragilidade das laterais,onde Marinho e Vander alternam as criações de ataque rubro negra.

A expectativa é de casa cheia e mais um espetáculo da torcida baiana no Barradão, mesmo com a reclamação do alto valor dos ingressos durante a semana o que empurrou muitos rubro negros a fila para associação ao SOU MAIS VITÓRIA.

 

FICHA TÉCNICA

Vitória x Bahia 

Campeonato Baiano (1º jogo da final)

Local: Barradão, em Salvador

Data: 01/05/2015

Horário: 16h

Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)

Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Guilherme Dias Camilo (Fifa/-MG)

Vitória: Caíque (Fernando Miguel); José Welison, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Willian Farias e Leandro Domingues; Vander (Dagoberto), Marinho e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.

Bahia: Marcelo Lomba; Tinga, Lucas Fonseca, Éder e Moisés; Feijão, Danilo Pires, Juninho, Thiago Ribeiro e Edigar Junio; Hernane. Técnico: Doriva.

[Náutico-RR x Vitória] Leão quer superar as adversidades e voltar com a classificação


nautico rr x VITÓRIA

Vitória estreia hoje em Roraima enfrentando o modesto time do Náutico com a ambição de obter a classificação para segunda fase da Copa do Brasil, para isso o leão precisa vencer com pelo menos dois gols de diferença que não necessitará do jogo de volta no Barradão.

Apesar disso o técnico Mancini além dos desfalques de Ramon machucado e Kieza suspenso, decidiu poupar alguns atletas, mesmo com o rubro negro sem ter uma maratona de jogos, Leandro Domingues nem sequer viajou, Vander e Marinho podem ficar no banco pra Gabriel e Willian Henrique.

No Náutico o treinador Antonino Moreira confirmou que vai mudar a postura da equipe pra enfrentar o Vitória, ele disse que precisa de um time mais compacto pra surpreender o leão que é time grande de série A e que não pode cometer os erros do campeonato estadual.

FICHA TÉCNICA

Náutico-RR x Vitória

Copa do Brasil – 1ª fase (jogo de ida)

Local: Vila Olímpica Roberto Marinho, em Rio Branco (RR)

Data: 13/04/2016

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: João Batista Cunha de Brito (AM)

Assistentes: Alexsandro Lira de Alexandre e Ivo Fernando da Costa de Sousa (ambos do AM).

Náutico-RR: Paulo Henrique; Djair (ou Anderson Teixeira), Fabinho, Alan Caruarú e Wagner; João Paulo, Eduardo Magrão e Samuel; Robemar, Paulinho e Heitor. Técnico: Antonino Moreira.

Vitória: Fernando Miguel; José Welison, Victor Ramos, Vinícius e Diego Renan; Amaral, Willian Farias e Arthur Maia; Vander (Gabriel), Marinho (William Henrique) e Robert. Técnico: Vagner Mancini.

SUB-17

o sub-17 rubro negro enfrenta o Cruzeiro nesta quarta-feira (13), às 17h, no Barradão, com entrada gratuita.

VITÓRIA: Kaik; Marcelinho, Jorginho, Gabriel e Neyveson; Francisco, Carlos e Paulo Vítor; Luan, Ruan Potó e Gabriel Coelho. Técnico: Valnei Pichiti

[VITÓRIA X GUANAMBI] Leão precisa vencer para garantir vaga


VITÓRIA X FLAMENGO GUANAMBI

O Vitória precisa vencer neste sábado o time do Flamengo de Guanambi por qualquer placar para garantir vaga a semifinal do campeonato baiano 2016, o Leão perdeu o primeiro jogo por 1×0 e por isso qualquer resultado que não seja um triunfo não interessa ao time comandado por Vagner Mancini.

Com desfalques, duvidas e estreias, o leão vai a campo no Barradão, Fernando Miguel continua de fora, Maicon Silva e Tiago Real também desfalcam o rubro negro, Willian Farias é duvida, certo mesmo serão as estreias de Victor Ramos e Kieza.

A expectativa é de um bom publico no Barradão, pela expectativa de ver os novos jogadores e também da classificação na competição, a diretoria resolveu fazer promoção e sócios torcedores poderão levar uma mulher como acompanhante.

Caique continua no gol, Welison também deve permanecer improvisado na lateral direita, Flavio e Marcelo brigam pela vaga de Willian Farias que só saberá se reuni condições no vestiário, Leandro Domingues e Arthur Maia disputam a vaga de Tiago Real.

Mancini espera que o gol saia nos primeiros minutos mas garante que o time irá manter a tranquilidade e não irá se afobar caso o gol demore um pouco a sair, Já Mazola garante que o time vai jogar com inteligência mas não irá ficar retrancado que buscará atacar o Vitória e manter a bola no ataque.

VITÓRIA: Caique, Welison, Victor Ramos, Ramon, Diego Renan, Amaral, Willian Farias( Flavio ou Marcelo), Leadro Domingues( Arthur Maia, Marinho, Vander, Kieza. Técnico Vagner Mancini.

GUANAMBI: Léo, Edivan, Jefferson, Teles, Xandi, Oliveira, Sidney, Cloves, Jó, Fabio Azevedo, José. Técnico Mazola

[Marketing] Ec Vitória e o novo jeito de ver o futebol.


ghO Vitória 2016 apresenta uma clara mudança na maneira de lidar com o futebol como mercado. O clube vem claramente explorando todas as formas possíveis afim de divulgar sua marca e com isso atrair novos sócios torcedores  e investidores, e ao que parece vem logrando êxito.

O setor que antes era cercado por críticas, vem ganhando constantes elogios, inclusive da mídia nacional. O rubro negro fez um excelente evento na Arena Fonte Nova no amistoso contra o clube chinês Tianjin e além do jogo o entretenimento foi um tiro certo do marketing e o ponto alto foi quando todas as modalidades esportivas do multi Esporte Clube Vitória foram chamados a campo e apresentados ao mundo.

12884557_1056359834407470_880934442_n

Em ano olímpico o rubro negro ganhou destaque no dia seguinte nas mídias do país e todos elogiaram a excelente organização e desenvolvimento do evento e o fato do leão ter tornado um simples jogo amistoso em algo grandioso com divulgação de novo uniforme, no site, estádio e do recém contratado Marinho, além da apresentação musical que embalou a noite. Quem acreditou que aquele evento seria algo singular do marketing se enganou, e vimos o aeroporto 2 de Julho virar uma extensão da arquibancada rubro negra, com direito a backdrops e toda uma estrutura pra festejar a chegada de Kieza-K9 que viu uma invasão rubro negra e uma celebração impactante. Daí o marketing teve uma nova grande sacada e promoveu a apresentação oficial do trio DKV( Dagoberto, Kieza e Victor Ramos) no Barradão e contou com cerca de 5 mil torcedores em êxtase nas arquibancadas do Barradão, num momento inédito na historia do Vitória e que tem contagiado o programa de sócios torcedores Sou Mais Vitória SMV que conta com um crescimento significativo de novos associados.

12476359_1056359744407479_1264567753_n

É importante falar ainda de algo que talvez tenha passado despercebido ao olhar de muitos mas que pra mim foi excelente e eu cobro desde que enviei o projeto de marketing 13 de Maio Um Nome na História para o clube que é a utilização de grandes ídolos do passado em eventos do clube. Ver a presença de André Catimba, Ricky e Flavio Tanajura como padrinhos dos contratados Kieza, Dagoberto e Victor Ramos me alegrou demais e me faz acreditar que este projeto de marketing do clube vai nos trazer grandes frutos. Esta nova onda em que o clube esta surfando nos faz ficar na expectativa e de olho no aniversario do clube em 13 de Maio que deve ser a próxima grande festa promovida pelo marketing rubro negro que adotou e vem justificando a hashtag #CADAVEZMAIOR.