Via Expressa: Documento é liberado, e projeto sairá do papel


fundo jogos

A construção da Via Expressa Barradão, que dependia de liberação da Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom), não enfrenta mais obstáculos para ser iniciada. De acordo com a autarquia, o projeto da ligação viária foi aprovado definitivamente, após o recebimento das documentações necessárias. O alvará ainda é confeccionado pela Sucom e ficará à disposição da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) e da Top Engenharia (empresa responsável pelo empreendimento), que devem efetuar o pagamento de taxas municipais para receber o documento.  O projeto pretende ligar a Avenida Paralela e a Rua Artêmia Castro Valente, a fim de facilitar o acesso ao Estádio Manoel Barradas, o Barradão, propriedade do Esporte Clube Vitória.

As obras foram orçadas em cerca de R$ 18 milhões e estão previstas para ser concluídas no final do próximo ano. A companhia responsável pela construção venceu o processo licitatório em maio.

INFORMAÇÕES DO BAHIA NOTICIAS.

 

Sexta histórica para o estádio Barradão


bARRADÃOEstá confirmada para esta sexta-feira, às 10h30, a assinatura da ordem de licitação para construção da Via Expressa ligando a Avenida Luís Viana Filho (Paralela) à região do Estádio Barradão. O governador Jaques Wagner estará no estádio rubro-negro e assinará a ordem em ato que contará com a presença do presidente Carlos Sergio Falcão, dirigentes e conselheiros do clube.
Com investimentos orçados em R$18 milhões, a Via Expressa terá 4,6 quilômetros de extensão, e terá aporte de R$5 milhões do Governo Federal  e R$13 milhões do governo estadual.
A via passará pelos bairros de Trobogy, Canabrava e Nova Brasília, beneficiando cerca de 200 mil pessoas, conforme estimativa da Conder (Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado). O diretor de obras estruturais da Conder, em entrevista ao jornal A Tarde, disse acreditar que em “meados de abril”  seja assinada a ordem de serviço.
“A obra beneficiará toda a população residente nessa região porque a via não será utilizada apenas para os dias de jogos”, destaca o secretário de Comunicação do Governo, Robinson Almeida.
A Via Expressa terá pista dupla, duas faixas por sentido, e um canteiro central, com pontos de parada de ônibus.
“Ela vai ajudar os torcedores, sim, mas também a população de Canabrava, Trobogy e da Arthemio Valente. É isso que faz essa obra ser tão importante: agrega valor no âmbito esportivo e também no social já que vai desafogar o trânsito de uma região densamente povoada”, disse o presidente Carlos Sergio Falcão em entrevista ao jornal A Tarde.
A Via Expressa foi sugerida na Comissão de Turismo do Congresso Nacional no ano de 2011, pelo deputado federal José Alves Rocha, presidente do Conselho Deliberativo do Vitória.
“O projeto da Via Expressa vai dar oportunidade a ter jogos do clube com lotação completa pela facilidade que vai proporcionar ao torcedor rubro-negro de ir ao estádio com segurança, rapidez e conforto. O projeto tem a participação do Ministério do Turismo do Governo da presidenta Dilma Rousseff, e parceria com o Governo do Estado, através da Conder. Portanto, a torcida rubro-negra agradece o gesto do governador ao compreender a importância do Estádio Barradão para o esporte baiano e todos nós estamos orgulhosamente agradecidos a Jaques Wagner”, comenta José Rocha.
EMPRESTIMO
Hoje o Vitória confirmou o empréstimo de Arthur Maia ao América-RN time briga para ter o jovem meia desde o inicio do ano, Maia fica até o final do ano e deve ter o seu vínculo aumentado com o rubro negro.

Wagner, governador da Bahia ou do Bahia?


wagner e schimidt, alexi portela fora

Não é de hoje que o governador Jacques Wagner demostra que a sua “paixão clubística” (Todos sabem que ele misto torcedor do Fluminense) é maior do que os seus deveres como mandatário do nosso estado.

Isso começou quando ele iniciou a reforma de Pituaçu para beneficiar o time de Itinga mesmo sem licitação e com estouro de 33 milhões de reais a mais do que o previsto no projeto de “urgência” que deveria sair por R$ 22 milhões, mas saiu por R$ 55 milhões.

Wagner depois chegou a dizer que iria compensar o Vitória, que iria ajudar nas obras do Barradão, mas até hoje nada foi feito, pelo contrario, o rubro negro sempre tem saído prejudicado.

Escrevi uma série de textos sobre a questão Barradão e Arena Fonte Nova ainda em 2010, antes do bum das grandes Arenas, iniciei as discussões mostrando as vantagens do Leão em estruturar o Barradão e o que a nova fonte traria consigo. Em 2011 fiquei animado quando ouvi que o clube tinha um projeto para o Barradão, depois ouvi o Sinval Vieira comentando que teve conhecimento do mesmo num programa de rádio daqui da capital e que se assemelhava há alguns projetos de estádios europeus, com a chamada lona estendida. (DEPOIS VEJA NOS TEXTOS ABAIXOS)

BARRADÃO REFORMADO OU ARENA FONTE NOVA?

https://valmerson.wordpress.com/2009/06/10/barradao-reformado-ou-nova-fonte-nova/

MODERNIZAÇÃO DO BARRADÃO

https://valmerson.wordpress.com/2011/11/11/modernizacao-do-barradao/

SAIBA PORQUE NÃO IR PARA ARENA FONTE NOVA

https://valmerson.wordpress.com/2013/01/06/saiba-porque-nao-ir-para-arena-fonte-nova/

A informação é que Vitória e OAS estavam chegando a um acordo sobre a parceria para a execução do projeto e Modernizar o Barradão, mas que o governo do estado havia pressionado a construtora para não fazer isso por conta do interesse do  Vitória ir para Fonte Nova e a OAS que é uma das empresas responsáveis pelo consorcio ficou de mãos atadas.

Quase no mesmo patamar a OAS assinou uma parceria com o Bahia e esta fazendo a cidade tricolor, um estruturado e moderno Centro de Treinamentos.

Em contra partida a isso tudo, o Vitória conseguiu verbas para a construção da Via expressa orçada em R$ 13 milhões, mas que desde 2010 não saiu praticamente do papel porque o governo do estado através da Conder não faz aquilo que é seu dever para que o dinheiro já em cofre tenha o seu destino final e beneficie o clube.

Como se já não bastasse tudo isso, Wagner resolver dar mais uma ajudinha ao Bahia, o governador coloca novamente o seu amor a frente  de tudo e esta intermediando um patrocínio master para o tricolor, isso mesmo. O governador já teria até agendado ida com Fernando Schmidt o da foto (presidente do Bahia) para ajudar na assinatura de contrato com a PETROBRAS.

Impressionante como sempre houve cobranças de que o Governo ajudasse a dupla BAVI, isso poderia ser feito por exemplo através da EMBASA E COELBA, mas nunca aconteceu,( de maneira semelhante a Internacional e Grêmio com o banco estatal Banrisul) ou até mesmo com o patrocínio firmado com grandes montadoras que se instalam aqui e tem isenções astronômicas de impostos.

Porém o que vemos é Wagner beneficiando o Bahia e deixando o Vitória sempre a mercê de sua própria sorte, falta respeito falta apoio, falta ética falta tudo, de maneira que chego a me questionar se Wagner é o governador da Bahia ou do Bahia?.

ps: Pituaçu não precisou de licitação a Via expressa com licitação não sai do papel mesmo com verba já assinada e em caixa?

 

Vitória pretende renovar com Biancucchi, time treinará na toca durante a copa das confederações, time não teve proposta da Puma, contrato com a Caixa e Via Paralela/Barradão


MAXI BIANCUCCHI

MAXI BIANCUCCHI, ESCUDERO, CÁCERES

Em entrevista ao programa Grito Rubro Negro, o vice presidente do Vitória Carlos Falcão respondeu perguntas feitas por Renato Lavigne e o manager foi bem esclarecedor em suas respostas.

Começando sobre a questão do destaque do leão na temporada o atacante argentino Maxi Biancucchi, Falcão disse que o Vitória tem a pretensão de renovar o contrato do atleta, o clube espera ter a oportunidade de prolongar o vinculo do mesmo, mas sem adquirir os direitos econômicos, seja parcial ou total. Ainda falando de Maxi ele só sai do Vitória antes do termino de contrato caso algum clube pague a multa rescisória que é de R$ 10 mi para clubes brasileiros e R$ 15 mi para estrangeiros e o jogador desejar sair.

VITÓRIA NA TOCA

556455_288070464623547_423845295_n - Cópia

Quando se reapresentar na terça feira o Vitória vai sim treinar na sua casa a toca do Leão, cedida a FIFA para preparação das seleções que disputam a copa das confederações, a toca vai continuar como centro de treinamento do rubro negro, para tanto o time vai ter que treinar em horários diferentes em pelo menos 1 hora da seleção Italiana, e não utilizará o campo número 1, a quantidade de funcionários do clube será estudado e aqueles que forem trabalhar nesses dias serão credenciados para ter a entrada permitida e assim atender as necessidades do Vitória.

CASO PUMA

Uniforme-Padrao1_e_2_Por_Arena_Rubro_Negra2

O Vitória não teve nenhum contato com a Puma ou com nenhuma outra fornecedora de materiais esportivos para assumir o lugar que atualmente é da pênalti, Carlos Falcão afirmou que o clube esta feliz com a atual parceira e que existe uma cordialidade muito grandes entre tais empresas e que elas não costumam contatar clubes para quebra de contrato,  o que existe é apenas contatos para saber quando acaba o contrato vigente.

VIA EXPRESSA

O Manager disse ainda que já há uma empresa vencedora de licitação para realizar as obras e o Vitória esta acompanhando de perto e aguardando as ações do governo para execução das mesmas.

PATROCÍNIO DA CAIXA

Após a entrega da documentação necessária para o fechamento do contrato, o Vitória espera a assinatura do mesmo e a expectativa é de que na reestreia  no brasileiro o clube já estampe a nova marca em seus uniformes. Sobre a questão da necessidade de que o rival Bahia assine no mesmo dia, Falcão explicou que não é verdade, a Caixa pode e deve assinar com o clube que apresentar os requisitos, o outro terá que  buscar a documentação adequada para tornar a parceria vigente, o diretor explicou ainda a questão da dupla Coritiba e Atlético-PR que viveu caso semelhante com o Coxa só aderindo a marca agora, quase um ano após o rival.

[ VIA EXPRESSA BARRADÃO] Ficará pronta antes da Copa do Mundo


content (1)

Uma tarde de boa notícia para a torcida rubro-negra. Tudo indica que antes da Copa do Mundo de 2014, estará pronta a Via Expressa Arthemio Valente, que ligará a Avenida Paralela ao Estádio Manoel Barradas. A previsão é do secretário Cícero de Carvalho Monteiro, da SEDUR (Secretaria de Desenvolvimento Urbano).

Cícero acompanhado do presidente Alexi Portela Júnior, do vice Carlos Sergio Falcão, Epifânio Carneiro, Hildebrando Maia e conselheiros, visitou as obras de construção dos três campos de treinamento e do estacionamento no Estádio Manoel Barradas, nesta segunda-feira.

Ao se reunir com os dirigentes no Espaço Ivete Sangalo, anexo à sala da presidência, Cícero comentou também sobre as obras da Via Expressa e outras que vão melhorar sobremaneira o trânsito no entorno do Barradão.

“No passado recebemos um convite do deputado José Rocha (presidente do Conselho Deliberativo do clube), que foi presidente da Comissão de Desportos e Turismo da Câmara Federal, e estivemos juntamente com o conselheiro (do ECV) Fábio Mota, secretário nacional de Turismo, e foi alocado um recurso através desta comissão, no Ministério de Turismo, para a gente poder fazer a obra da Via Expressa Arthemio Valente. Inicialmente pensamos em fazer um projeto através de parceria com torcedores do Vitória, mas depois tomamos a decisão de licitar o projeto para ser uma coisa mais profissional. O Governo do Estado está investindo cerca de R$380 mil para fazer um projeto bem profissional e a gente oferecer as melhores condições possíveis não só para a torcida do Vitória em dia de jogo, mas também para todo o entorno aqui. A gente sabe que Salvador hoje passa por um problema muito grave de mobilidade não só nesta região, mas em grande parte da cidade. O Governo do Estado está com um programa denso de obras e essa obra que nós projetamos ligando o Barradão até a Avenida  Paralela, uma obra de 3,5 a 4 km, vamos aproveitar para fazer acesso para as unidades habitacionais próximas ao Barradão e dar uma boa fluidez ao tráfego e uma melhor mobilidade”.

Cícero acrescentou que o projeto tem previsão de prazo mais ou menos de três meses e a partir de julho ou agosto deste ano já esteja licitando a obra com recurso através do Ministério do Turismo e também com a contrapartida do Governo do Estado.

“A nossa previsão é que depois de licitar em agosto é que seja um prazo de oito meses a um ano para a construção. A gente espera que em meados de 2014, talvez até para Copa do Mundo, esteja com a avenida pronta”, aposta.

O secretário estadual revelou que outras obras de mobilidade serão executadas pelo Governo do Estado e vai beneficiar o estádio rubro-negro.

“Outra via forte que é alimentada toda vez que tem jogo no Barradão é a Avenida São Rafael. O Governo do Estado, dentre as muitas obras que vai fazer de mobilidade, irá duplicar a Avenida Gal Costa e interligar com a Avenida Pinto Aguiar através de um túnel. Estou discutindo com a diretoria da Conder a possibilidade de a gente propor à Prefeitura fazer uma pista ligando o CAB (Centro Administrativo da Bahia) à Avenida Gal Costa e que a Avenida São Rafael no sentido Barradão ou vice-versa seja mão única, com a possibilidade de derivar para a Gal Costa e ter acesso para o outro lado”.

Cícero Monteiro assegurou que não haverá problema de recursos para a obra do convênio assinado pelo clube e o Governo do Estado e que está em sendo executada pela empresa Ambiental.

“Não haverá problema de fluxo de caixa. O governador tem uma orientação. A gente só assina qualquer contrato ou convênio quando o dinheiro está encaixado como ele fala. Então nós assinamos aquele convênio lá atrás, tivemos dificuldades no passado e no final de dezembro liberamos uma parcela próxima de 890 mil de um convênio de 3 milhões e 700 mil aproximadamente e o que vi agora pessoalmente e nossa equipe da Sedur vem acompanhando é o bom andamento e a qualidade das obras. Quero ressaltar isso e parabenizar o Vitória por todo este empreendimento.  A prestação de contas foi dada entrada semana passada e  vou pedir a minha equipe para rapidamente analisar e liberar a próxima parcela”.

content

Ao finalizar a visita, o secretário destacou a infraestrutura do clube e parabenizou a diretoria. “Não tinha noção e fiquei impressionado com a condição que o Vitória tem hoje. O fruto disso são os bons resultados em campo. Para ter um time bom você precisa ter instalações boas, equipamentos”.

O presidente Alexi Portela Júnior, em nome da diretoria, agradeceu a visita do secretário. “Queria agradecer sua presença aqui. Estamos fazendo as coisas invisíveis e que vão ficar perene no clube. Essa visita foi importante para ver in loco como estamos usando com lisura e lealdade o dinheiro liberado pelo Governo do Estado. Estas obras vão servir  não só ao Vitória e sim também às crianças carentes que vivem em torno do ECV”.