TAÇA BH- VASCO 1X0 VITÓRIA


VITÓRIA X VASCO
O Vitória teve um pênalti a favor aos 11 minutos do primeiro tempo e o goleiro Jordi defendeu a cobrança de José Wellison. Numa cobrança de falta, no segundo tempo, Jhon Cley acabou acertando o ângulo do goleiro Guillermo, e o Vasco derrotou o Vitória, conquistando o título  da XXIX Copa BH de Futebol Junior.
A decisão foi disputada na Arena Jacaré, em Sete Lagoas, Região Metropolitana de Belo Horizonte, e reeditou a final de 1994 quando o Vitória se tornou o primeiro e até hoje único time nordestino a conquistar o torneio. Coincidentemente, o adversário naquela partida foi o Vasco.
Árbitro: Giovanni Fernandes, assistido por  Leandro Salvador da Silva e Filipe Ramos Santana (trio da Federação Mineira).
CAMPANHA DO VITÓRIA
1ª rodada
Dia 15/08
16h30
Vitória 2 x 1 Fluminense (RJ)
Estádio Emílio Ibrahim (Guarany), em Mariana
2ª rodada
Dia 17/08
15 horas
Vitória 3 x 0 Ouro Preto
Estádio Genival Alves Ramalho (campo da Barra), em Ouro Preto
3ª rodada
Dia 19/08
15h30
Vitória 1 x 3 Internacional
Estádio Genival Alves Ramalho (campo da Barra), em Ouro Preto
4ª rodada
Dia 21/08
19 horas
Vitória 8 x 0 Mariana
Estádio Emílio Ibrahim (Guarany), em Mariana
5ª rodada
Dia 23/08
16 horas
Vitória 2 x 0 Guaicurus
Estádio Genival Alves Ramalho (campo da Barra), em Ouro Preto
Oitavas-de-final
Dia 25/08
15 horas
Vitória 3 x 2 Criciúma
Estádio Emílio Ibrahim (Guarany), em Mariana
Quartas-de-Final
Dia 27/08
18 horas
Vitória 0 x 0 Coritiba (penaltis Vitória 5 x 4 Coritiba)
Estádio Genival Alves Ramalho (campo da Barra), em Ouro Preto
Semfinais
Dia 29/08
19 horas
Vitória 3 x 0 Sport Recife
Estádio Genival Alves Ramalho (campo da Barra), em Ouro Preto
Final
Dia 31/08
13 horas
Vitória 0 x 1 Vasco
Arena Jacaré, em Sete Lagoas
Anúncios

FINAL DA TAÇA BH- VITÓRIA X VASCO E CASOS SEMELHANTES AO DOPING DE ESCUDERO (Absolvidos)


VITÓRIA X VASCO

O Vitória vai em busca do bicampeonato da Taça BH, competição considerada a segunda mais importante entre divisões de base  no país, o time de Carlos Amadeu vem com a fama pela conquista da Copa do Brasil da categoria em 2012 e pela belíssima campanha até aqui na BH, para chegar a final o Leão fez a seguinte Campanha:

 

1ª rodada Vitória 2 x 1 Fluminense (RJ)

2ª rodada Vitória 3 x 0 Ouro Preto

3ª rodada Vitória 1 x 3 Internacional

4ª rodada Vitória 8 x 0 Mariana

5ª rodada Vitória 2 x 0 Guaicurus

Dia 25/08 Vitória 3 x 2 Criciúma

Quartas-de-Final Vitória 0 x 0 Coritiba (penaltis Vitória 5 x 4 Coritiba)

Semifinais Vitória 3 x 0 Sport

 

O Vasco é bicampeão da BH, é comandado por Sorato e eliminou equipes como Goias, América MG e Fluminense para chegar a final, time teve 6 triunfos, 1 empate e 1 derrota.

 

FICHA TÉCNICA: VASCO X VITÓRIA

Data/Hora: 01/09/2013 – 13H
Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas
Árbitro: Giovanni Fernandes (MG),
Auxiliares: Leandro Salvador da Silva (MG) e Filipe Ramos Santana (MG)

VASCO: Jordi; Richard (Eron), Alisson, Venício e Dieyson; Matheus Batista, Danilo, Jhon Cley, Guilherme Costa e Yago; Thalles – Técnico: Sorato.

VITÓRIA: Guillermo; Serafim, Vinícius, Josué e Ramon; José Wellison, Alex, Mauri e Wellington; Marcone e Agdon.

 

CASOS DE JOGADORES COM DOPING

IMAGEM_NOTICIA_3

CASO XANDÃO

O zagueiro Xandão, do São Paulo, foi absolvido por unanimidade, em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro, por causa de um caso de doping. O atleta havia sido pego no exame antidoping do jogo contra o Atlético Paranaense, em Curitiba pelo uso de três substâncias proibidas, mas nenhuma estimulante, presentes em um colírio.

Acompanhado do médico do São Paulo, José Sanchez, Xandão prestou depoimento perante a Quarta Comissão Disciplinar do STJD e explicou o uso do colírio no dia do jogo na Arena da Baixada. “Se não tivesse usado o remédio, talvez não pudesse jogar, pois estava me atrapalhando demais. Minha reação quando me falaram sobre o doping foi de dar risada e de forma irônica. Não acreditei. O doutor Sanchez também não entendeu o motivo de eu ter sido pego no doping, pois utilizei o medicamento de uso oftalmológico”, disse o zagueiro.

CASO DECO

O Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) julgou o meia Deco por cerca de quatro horas e concluiu que o jogador não teve a intenção de fazer uso da substância dopante furosemida. Mas entendeu que ele é responsável por tudo que ingere e decidiu pela suspensão do atleta do Fluminense pelo período de 30 dias.

Deco testou positivo para o diurético furosemida após a partida contra o Boavista, pela fase de classificação da Taça Rio, no dia 30 de março. O jogador corria o risco de ser punido por até dois anos de suspensão, mas confiava na absolvição, uma vez que o caso era o mesmo do meia Carlos Alberto, do Vasco, que teve a mesma substância encontrada em sua urina e foi inocentado pelo mesmo TJD-RJ.

OUTROS CASOS

Romário: Com doping positivo para furosemida em 2007, o atleta alegou utilizar a tempos para queda de cabelo e com conhecimento de médicos dos clubes e da seleção. Foi inocentado pelo STJD.

Marcão: Mesma substância e ano do baixinho e mesma alegação, pegou 120 dias, mas depois teve a pena reduzida para 60 dias.

Renato Silva: Pego por uso de maconha pegou 120 dias, mas teve a pena reduzida para 60 dias.

CASO DE ATLETA DE VOLEI INOCENTADA COM A MESMA SUBSTÂNCIA

“Comprovamos que as substâncias são oriundas do medicamento que ela vinha utilizando por determinação médica”, disse advogado

Gazeta Esportiva

POMEDORE – Ponteira do Cativa/Pomerode, última colocado na edição 2008/2009 da Superliga feminina, Grace foi absolvida da acusação de doping pelas substâncias rednisolona e prednisona na derrota para o Pinheiros/Mackenzie, em 31 de janeiro.

“Comprovamos que as substâncias são oriundas do medicamento anti-inflamatório de nome Prelone, que ela vinha utilizando para dores nos joelhos por determinação médica, sem saber que o princípio ativo era proibido”, comentou o advogado da atleta, Roberto Pugliese Jr..

Grace foi liberada da suspensão entre 120 a 360 dias com três dos cinco votos dos auditores da Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Voleibol Brasileiro.

Depois do jogo contra o Pinheiros, a jogadora não atuou em mais nenhuma partida em razão de sua contusão e foi submetida à cirurgia nos dois joelhos em março. Com a divulgação do exame antidoping positivo, ela havia sido suspensa preventivamente até a decisão que a absolveu no julgamento.

 

 

TAÇA BH: [SPORT 0X3 VITÓRIA] Time se classifica para final contra o Vasco


fundo para novos layoutssAS

Com gols de Agdon, Marcone e Vínicius, o Vitória está garantindo presença na final da Taça BH sub-20. #MELHORBASEDOBRASIL

A Base Campeão do Brasil em 2012, agora busca o Bi- campeonato da Taça BH, que é muito importante no calendário brasileiro, considerada a segunda maior competição de divisão de base do país. O time enfrentará no sábado dia 31, o Vasco que venceu o Fluminense nos Pênaltis. O time de Carlos Amadeu conseguiu 5 triunfos, 1 empate( triunfo nos pênaltis) e 1 derrota.

PS: A sport tv anunciou o jogo e depois não transmitiu, desrespeito com os torcedores das equipes.

[TAÇA BH] VITÓRIA 3X2 CRICIÚMA


taça bh

Na base da raça, o Vitória venceu apertado o Criciúma por 3 a 2 em partida válida pelas oitavas-de-final da Taça Belo Horizonte de Futebol Junior, garantindo presença nas quartas-de-final.

O jogo foi disputado no Estádio Campo do Guarany, na cidade de Mariana.Marcone duas vezes e Alex marcaram os gols do Vitória que terá nesta terça-feira como próximo adversário o Coritiba, que eliminou o Inter (RS) nos pênaltis.

Foi um jogo equilibrado e o Rubro-negro atuou desfalcado do goleiro Guillermo, solicitado para o time profissional, e do zagueiro Josué, suspenso.O Vitória venceu atuando com a seguinte formação: Luan; Guilherme, Copette, Vinícius e Ramon; José Wellisson, Alex (Léo Ceará), Mauri e Wellington (Erick); Marcone e Agdon. Técnico: Carlos Amadeu.Erick Giovane Fernandes, assistido por Leandro Salvador da Silva e Leonardo Henrique Pereira (FMF) apitou a partida.

 

[VITÓRIA 1X0 BARUERI] Vocês precisam ouvir mais o Profeta do LMP


Tenho dito a diversas rodadas que este Vitória aprendeu a gostar de ganhar e que não importa o resultado, os 3 pontos é sempre o objetivo e 1×0 é goleada, mas infelizmente alguns torcedores ficam ouvido a mídia corrompida baiana ao invés de colar no conhecimento do profeta do LMP, mais uma vez vocês puderam ver quem tem razão e espero que parem de ser iludidos por aqueles que apenas brincam de trabalhar  com o futebol.

O jogo começou alucinante e com o Barueri buscando empenar o babá, mas o Vitória conseguiu achar o seu ritmo e recuperou o domínio da partida. O rubro-negro poderia ter aberto o placar em duas oportunidades no primeiro tempo em principal no pênalti sofrido por Gilson e desperdiçado pelo maestro Pedro Ken, perdeu a cobrança mas continuou com a cabeça erguida e fez uma ótima partida.

O segundo tempo o Leão foi pra cima e chegou ao gol com Michel em jogada inteligente de Willian, após a abertura o time teve diversas chances de ampliar mas esbarrou nas boas defesas de Fernando e também na falta de pontaria em alguns momentos, mas o importante foi o triunfo e o domínio de toda a partida.

Deola: Um verdadeiro paredão, muita segurança e boas defesas

Nino: O mesmo guerreiro de sempre, boa partida

Victor Ramos: Jogou muito, fechou com excelência a defesa.

Gabriel Paulista: Acompanhou o parceiro de defesa, ótima atuação

Uelliton: Parabéns Capitão, mais uma vez um Leão em campo e gostei de ter reconhecido o seu erro.

Michel: Golaço e nova partidaça dele, é um pitbull.

Pedro Ken: Maestro, jogou muito e é uma pena ter perdido o pênalti, mas não se abateu.

Willie: Oscilou bastante, mas é talentoso e vai continuar em muito ajudando ao ECV.

Elton: Brigou bastante e mostra muita qualidade, gostei da sua atuação.

Willian: Não fez, mas deu o passe, brigou bastante e justifica a sua contratação a cada jogo.

Carpegiani: O professor encontrou o time, e tem tido a inteligência de substituir com sabedoria.

 

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B

Vitória x Grêmio Barueri 

Data: 28/08/2012

Local: Estádio Barradão, em Salvador

Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)

Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Ramires Santos Candido (ES)
Gol: Michel (Vitória)
Público: 13.299
Renda: R$ 179.330,00

 

Vitória: Deola; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Gilson; Uelliton, Michel (Fernando Bob), Pedro Ken e Willie (Tartá); Elton e William. Técnico: Paulo Cesar Carpegiani.

 

Grêmio Barueri: Fernando Leal; Anderson Salles, Alex Lima, André Luis e Márcio Pitt; Alê, Dionísio, Rafael Chorão (Tadeu) e Marcelinho Paraíba; Roger (Marcos Pimentel) e Henrique Dias (Roninho). Técnico: Evandro Guimarães.

 

VITÓRIA 2X0 BAHIA no da taça BH

Após derrotar o Vasco nas oitavas de final da Taça BH, o Vitória enfrentou o rival Bahia  nesta terça-feira (28) para disputar uma vaga na semifinal do torneio. O Leão não teve muita dificuldade para aplicar 2 a 0, com gols de Léo e Wellington, ainda no primeiro tempo. Com isso, o rubro-negro enfrentará o vencedor da partida entre Santos e Flamengo na semifinal.

SRN