[GRÊMIO X EC VITÓRIA] Uma boa hora para surpreender


GRÊMIO X EC VITÓRIA

A situação do rubro negro esta ficando delicada, muito próximo da zona de rebaixamento e sem vencer a 3 jogos, o time de Vagner Mancini precisa desesperadamente vencer o Grêmio nesta noite de São João e respirar um pouco no campeonato brasileiro e de quebra dar motivos para que seus torcedores possa celebrar a grande festa de tradição nordestina.

 

A tarefa do Vitória não é nada fácil, o tricolor gaucho além de invicto em casa, não sofreu gols em seus domínios, o que mostra o poder defensivo da equipe e que contrasta com o atual momento do ataque do rubro negro que não contará com o artilheiro Marinho e terá Dagoberto que ainda não marcou com a camisa do Vitória e Kieza que não balança as redes a 5 jogos.

 

Vagner Mancini modificou a equipe sacando Ramon da defesa e promovendo Kanu que volta a titularidade na equipe, outro que ganha chance é Euller que vai para lateral esquerda e Diego Renan se desloca para direita em lugar de Norberto. A grande duvida é quem entra no lugar de Marinho¿ Caso opte por Alipio ou Vander,o esquema será mantido no 4-2-1-3, se o escolhido for Flavio, Marcelo ou Welisson, além de reforçar a marcação no meio o time virá no 4-3-1-2 e ainda a possibilidade de que Ramon feche a trinca na defesa com o 5-2-1-2. Aguardar para ver a decisão de Mancini.

 

No time comandado por Roger Machado a tônica é vencer e não deixar Palmeiras e Inter se distanciarem, além de criar um pouco de gordura no G-4, somando 3 pontos,O Grêmio abriria 5 de diferença para o Corinthians que tropeçou na rodada e para o Santos que assumiu a 5ª colocação.

 

HISTÓRICO

 

O Leão não ruge alto contra o Grêmio em sua casa desde 82 quando venceu por 1×0, um ótimo dia para derrubar o jejum. No geral tricolores e rubro negros até que fazem um confronto equilibrado com 16 vitórias do Grêmio 08 empates e 11 triunfos do Vitória. Em 2014 o Vitória venceu no Barradão por 2×1 e o Grêmio venceu na Arena por 1×0 sendo este o ultimo confronto das duas equipes.

ec vitória x GRÊMIO

FICHA TÉCNICA

Grêmio x Vitória

Campeonato Brasileiro – 10ª rodada

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data: 23/06/2016

Horário: 19h15

Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa/SC)

Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Neuza Inês Back (Fifa/SC)

Grêmio: Marcelo Grohe; Edilson, Fred, Bressan e Marcelo Oliveira; Walace, Ramiro, Giuliano, Douglas e Everton; Luan. Técnico: Roger Machado.

 

Vitória: Fernando Miguel; Diego Renan, Victor Ramos, Kanu e Euller; Amaral, Willian Farias, Flávio e Tiago Real; Dagoberto e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.

 

Anúncios

[SÃO PAULO X VITÓRIA] Rubro negro que acabar com tabu histórico contra tricolor Paulista


São Paulo x Vitória

 

Sem ainda ter vencido nesse campeonato brasileiro fora de casa, o rubro negro busca seus primeiros 3 pontos longe de Salvador diante do tricolor paulista, para isso terá que superar um tabu de 44 anos sem nunca ter vencido o São Paulo em seus domínios em campeonatos brasileiros, são 15 jogos e o máximo até hoje foram 2 empates que o leão tenha melhor sorte hoje.

Mancini não contará com quarteto Maicon Silva, Leandro Domingues, Marcelo e Flávio que mesmo com exames não apontando nenhuma gravidade após choque feio que o deixou desacordado por segundos em campo no ultimo domingo, fica de fora por recomendação médica e da CBF que pede 72 horas de afastamento em casos semelhantes.

Bauza também definiu seu time sem 4 titulares Kelvin com desconforto muscular e Michel Bastos voltando de lesão não treinaram e devem ser poupados, Paulo Henrique Ganso e Rodrigo Caio recém chegados da seleção podem mudar a definição do time de Paton, o meia se colocou a disposição do treinador mas isso só ficará definido minutos antes. Quem é retorno certo ao time é o atacante Calleri que não atuou na ultima partida por que um amigo faleceu em acidente de moto e ele viajou a Argentina para prestar as ultimas homenagens.

Oscilante no campeonato com 2 triunfos, 2 derrotas nos últimos 4 jogos e vindo de derrota em casa no ultimo jogo o São Paulo ocupa a 7ª colocação com 10 pontos, um a mais que o Vitória que com 9 pontos está em 13º, além disso o tricolor tem o segundo pior ataque empatado com o Fluminense com apenas 6 gols marcados, sendo superior apenas ao Botafogo com 4 tentos marcados até aqui.

Histórico

32 jogos com 22 triunfos do São Paulo 4 empates e 6 triunfos do Vitória

Não empatam no brasileiro desde 1994

FICHA TÉCNICA

São Paulo x Vitória

Campeonato Brasileiro – oitava rodada

Local: Morumbi, em São Paulo

Data: 15/06/2015

Horário: 19h15

Árbitro: Wagner Reway (MT)

Assistentes:  Eduardo Gonçalves (Fifa-MS) e Fábio Rodrigo Rubinho (MT)

São Paulo: Denis, Bruno, Maicon, Lugano (Rodrigo Caio) e Matheus Reis; João Schmidt e Thiago Mendes; Auro (Michel Bastos), Ytalo (Ganso) e Centurión; Calleri. Técnico: Edgardo Bauza.

Vitória: Fernando Miguel; Norberto, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Willian Farias e Tiago Real; Dagoberto, Marinho e Kieza. Técnico: Vagner Mancini

[VITÓRIA 1X0 INTER] Leão vence o líder com a força sobrenatural do Barradão!


VITÓRIA X INTER

Numa boa partida no Barradão o rubro negro chega a sua segunda vitória no brasileiro, mantém os 100% de aproveitamento em sua casa no ano, quebra a invencibilidade de 18 jogos do Inter, 5 jogos no brasileiro e mantém o tabu de 13 anos sem revés para o colorado no santuário.
O Vitória que entrou em campo modificado por Vagner Mancini com Flavio, Euller, Norberto, Dagoberto e Marinho fez o seu melhor primeiro tempo até aqui no brasileiro, com marcação consistente e saída rápida em contra ataques, quando o contra golpe era do Inter o Vitória conseguia recompor com velocidade e precisão e evitava lances de criação do adversário.
Logo que deu inicio a partida o rubro negro como de costume no Barradão buscou fazer uma pressão, e surtiu efeito, após roubada de bola do incansável Kieza, ele dividiu com o goleiro Danilo Fernandes e a bola sobrou para Marinho que num lindo toque de primeira por Cobertura fez o gol que daria os 3 pontos ao Leão. Após o gol o time da casa continuou bem, anulando o Inter e criando chances, Dagoberto acertou a trave depois de belo passe de Kieza em outras tentativas o time era parado com faltas, e o senhor Thiago Duarte sendo conivente, Paulão e Anselmo caçaram Marinho em campo e deveriam ter recebido tarjeta vermelha mas o arbitro contemporizou aplicando apenas amarelo.
No segundo tempo o colorado se lançou mais ao ataque mas parou na marcação do Vitória, o sistema defensivo esteve muito bem hoje, em apenas dois lances pontuais que o Inter teve a chance do empate, um no primeiro tempo quando Fernando Miguel furou o chute e o Sasha desperdiçou e no segundo quando a bola bateu em Ramon e sobrou para Aylon que sem goleiro chutou pra fora mas no geral, Fernando Miguel, Norberto, Ramon, Victor Ramos, Euller, Amaral e William Farias foram eficientes.
Por fim o Vitória ainda teve duas boas oportunidades de ampliar, primeiro Marinho recebeu de Kieza fez o giro e demorou de chutar, e no finzinho Marinho recebeu de Leandro Domingues num lindo contra ataque e ele lançou Kieza que tirou do goleiro e Paulão salvou milagrosamente se atirando na bola quando ela estava prestes a ultrapassar a linha. Fim de jogo Vitória 1×0 e 9ª colocação no brasileiro.
FERNANDO MIGUEL O capitão fez dua grandes defesas mas quase entrega o ouro numa furada de bola, no geral boa partida 7,0
NORBERTO Boa partida, justifica o porque da torcida o preferir na lateral direita, bom na marcação e timido no apoio mas dá consistência ao setor. 7,0
RAMON Partidaça, esta evoluindo, aprendendo a jogar série A, foi bem demais hoje. 7,5
VR3 Hoje foi consistente,mostrou pegada, não vacilou em momento algum. 7,5
EULLER Surpreendente, partidaça, marcou como nunca e apoiou bem as subidas de Marinho. 7,5
AMARAL Para mim destoou do time, erra muitos passes e ama marcar com o olho. 5,0
W.FARIAS O pilar da defesa, marca sozinho no centro do campo, um guerreiro os 90 minutos 9,0
FLAVIO Deu consistência ao sistema com maior marcação no meio, dando liberdade para Dagoberto e Marinho. 7,0
DAGOBERTO Uma boa partida, uma bola na trave e hoje correu, se movimentou, sofreu faltas, mostrou evolução, espera que cresça com o ritmo. 7,5
MARINHO Um monstro, acabou com a defesa do colorado, gol de inteligência e oportunismo, o motor de ataque do time. 8,5
KIEZA Brigador, valente, simbolo de raça e foi assim que nasceu o gol, me agrada sua postura dentro de campo. 7,5
MAICON SILVA Entrou para ajudar a segurar a onda pois Norberto cansou e conseguiu. 6,0
LEANDRO DOMINGUES O contra ataque que quase gera o segundo gol é o que esperamos dele, entrou aceso no jogo. 7.0
KANU Bom rever o negão na zaga do leão, reestreia pra segurar o placar. 6,0
VAGNER MANCINI Hoje foi inteligente quando sacou Vander,mudou o meio e deu consistência ao time, triunfo tático 8,0

 

FICHA TÉCNICA
Vitória x Internacional
Campeonato Brasileiro – sexta rodada
Local: Barradão, em Salvador
Data: 05/06/2016
Horário: 16h
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes:  Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP).
Cartões amarelos: Paulo, Anselmo, Jair,  Eduardo Sasha e Gustavo Ferrareis (Internacional); Willian Farias (Vitória)
Gol: Marinho (Vitória);
Vitória: Fernando Miguel; Norberto (Maicon Silva), Victor Ramos, Ramon e Euller (Kanu); Amaral, Willian Farias e Flávio; Dagoberto (Leandro Domingues), Marinho e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.
Internacional: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Anselmo (Jair), Andrigo (Aylon) e Gustavo Ferrareis; Eduardo Sasha e Vitinho (Alex). Técnico: Argel.
PS: Triunfo para celebrar o aniversario de 7 anos do blog LEÃO MINHA PAIXÃO no dia de hoje, isso mesmo o LMP nasceu dia 05 de Junho de 2009!

[VITÓRIA X INTER] Em jogo de Tabus, Leão quer vencer o líder Inter!


VITÓRIA X INTER

O Vitória recebe o Inter buscando voltar a vencer no brasileiro e se afastar da proximidade da zona de rebaixamento, o Inter quer manter a ponta e se distanciar do rival Grêmio.

Em situações bem distintas nesse inicio de brasileiro, o Vitória de Mancini precisa a todo custo dos 3 pontos, para o rubro negro triunfar é diminuir um pouco da grande desconfiança da torcida e evitar o principio de uma crise, já que os questionamentos param de crescer ainda mais a 3 jogos sem saber o que é ganhar. No lado colorado o time de Argel não sabe ainda o que é ser derrotado e vem a Salvador motivado e disposto a criar a “gordurinha” na ponta da tabela.

Mancini tem o retorno de Marinho a equipe mas perde Diego Renan e com isso o treinador vai promover mudanças, Euller aparece na esquerda e Norberto volta a lateral direita em lugar de Maicon Silva, outro que perde a vaga é Dagoberto, mal na ultima partida, sai para o retorno de Marinho.

 Argel pode ter um desfalque de ultima hora, Anselmo se machucou no treino deste sábado e virou duvida, em seu lugar deve entrar Fabinho para montar o ferrolho no meio campo de forte marcação do Inter que lidera o brasileiro com 13 pontos em 5 jogos com aproveitamento de 86,7%, bem acima dos 05 pontos 13 posição e 33,3% de aproveitamento do Vitória.

 

JOGO DOS TABUS

 O Vitória não perde para o Inter no Barradão há 13 anos, de lá para cá foram 5 jogos com 4 triunfos e 1 empate, no ultimo jogo o rubro negro venceu por 2×0.

O Vitória tem 100% de aproveitamento no Barradão em 2016. E a ultima derrota foi na série B para o  Náutico por 3×2 no dia de outubro 2015.

O colorado esta invicto no brasileiro e não perde há 18 partidas. Portanto as duas equipes possuem marcas importantes a defender

No total pelo campeonato brasileiro foram 31 jogos com 9 triunfos rubro negro, 10 empates e 12 triunfos do colorado, no Barradão são 8 Vitória, 2 empates e apenas 1 derrota uma ampla vantagem do leão, tendo marcado 17 e sofrido 06 gols.

 vitória x inter

FICHA TÉCNICA: VITÓRIA X INTER

Local: Barradão Data e horário: domingo, às 16h (horário de Brasília)

Arbitragem: Thiago Duarte Peixoto (SP), auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)

VITÓRIA: Fernando Miguel; Norberto, Victor Ramos, Ramon e Euller; Amaral, Willian Farias e Leandro Domingues; Marinho, Vander e Kieza.

INTER: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho (Anselmo), Andrigo e Gustavo Ferrareis; Eduardo Sasha e Vitinho.