CORITIBA X VITÓRIA Mais uma grande decisão para o Leão


CORITIBA X VITORIAO leão vai a Curitiba enfrentar o Coxa pela 37 rodada do campeonato brasileiro da primeira divisão com a necessidade de vencer para ficar firme na luta contra o rebaixamento.

Sem Diego Renan e Diogo Mateus, Norberto volta a ter a chance na lateral direita e o treinador Argel Fucks fez questão de elogiar o jogador e afirmar que acredita que ele fará um bom jogo.

Na tarde de ontem o Inter venceu o Cruzeiro e chegou aos mesmos 42 pontos do Vitória, isso aumentou a pressão no rubro negro que vencendo ultrapassa o Sport e traz o time Pernambucano para mais próximo da briga.

Se o Vitória joga a vida, o Coritiba não tem grandes aspirações neste brasileiro, sem riscos de rebaixamento e sem chances de figurar na parte de cima, o time de Paulo Cesar Carpegiani entra em campo apenas pra cumprir tabela mas promete empenho mesmo assim.

FICHA TÉCNICA
Coritiba x Vitória
Campeonato Brasileiro – 37ª rodada
Data: 28 de novembro de 2016, segunda
Horário: 19 horas (de Salvador)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)

Coritiba: Wilson; Dodô, Walisson Maia, Juninho e César Benítez (Nery Bareiro); Amaral, Yan e Juan (Iago); Leandro, Kazim e Kleber. Técnico: Paulo César Carpegiani

Vitória: Fernando Miguel; Norberto, Kanu, Victor Ramos e Euller; Willian Farias, Marcelo e Cárdenas; Marinho, Kieza e Zé Love. Técnico: Argel Fucks.

[CRICIUMA 2X1 VITÓRIA] Não adianta jogar em cima e não marcar os gols!


Lamentável, o Vitória não consegue se impor e sair com os 3 pontos, perdemos a primeira na série b e caímos para decima segunda colocação, temos um jogo a menos e teremos duas partidas no Barradão para reagir e colocar o time no trilho rumo a série A.

O jogo

Mais do mesmo, Saci inerte, Neto Baiano perdendo gols, Mancha e Ananias não conseguem sair pro jogo, Marquinhos nem de longe lembra a boa fase de 2011, Rodrigo falhou novamente, Douglas ao contrario do que muita gente falou, para mim não teve o que fazer nos dois gols, Gabriel improvisado não dá e Tartá e Eduardo Ramos precisam de uma colaboração maior. Carpegiani não pode continuar substituindo no desespero, é verdade que Dinei e Rildo deram certo com Ricardo Silva, mas credito isso a sorte e não competência.

Dinei quase marca um golaço, Rildo é apenas arisco e Geovanni foi o nome dos 15 minutos finais, chamou a responsabilidade, chutou para boas defesas do goleiro e após fazer a linda jogada que gerou o escanteio, cobrou na cabeça de Rodrigo que diminuiu um pouco das decepções que ele vem causando.

No mais foram dois golaços de Zé Carlos, eu avisei no pré jogo que ele tinha qualidade e era perigoso, mas de nada adiantou, agora é treinar, trabalhar e vencer os jogos que teremos no Barradão.

OBSERVAÇÃO: Tem que parar com estes extremismos, quando ganha é tudo a mil maravilhas, quando perde esta tudo errado, a imprensa corrompida baiana esta execrando o Paulo Cesar Carpegiani e as coisas não são desta forma.

SÉRIE B
Criciúma x Vitória 
Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).
Data: Terça-feira, 29 de maio.
Árbitro: Claudinei Forati Silva (CBF/SP).
Assistentes: José Chaves Franco Silva (CBF/RS) e José Favel Silveira (CBF/RS).
Gols: Zé Carlos (Criciúma) / Rodrigo (Vitória)
Cartões amarelos: Elias, Douglas e Marlon (Criciúma) / Gabriel Paulista (Vitória)
Cartão vermelho: Marlon (Criciúma)
Criciúma: Douglas; Ezequiel, Nirley, Matheus e Marlon; Elias (Diego Felipe), Fransérgio, Lucca e Kléber; Zé Carlos (Ozeia) e Gilmar (Giovanni Augusto). Técnico: Paulo Comelli.
Vitória: Douglas; Gabriel, Victor Ramos, Rodrigo e Wellington Saci; Ananias (Geovanni), Rodrigo Mancha, Eduardo Ramos (Rildo) e Tartá; Marquinhos (Dinei) e Neto Baiano. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Vitória eliminado, e o que vem pela frente?


Após a tragédia ocorrida na cidade de Curitiba, e digo isso porque quem assistiu ao jogo não deve ter ficado com outro sentimento, pelo menos eu fiquei, comecei a pensar no que escrever, nas improvisações(que eu julgo acertadas nas questões de necessidades de elenco), no futebol sumido de Marquinhos, nas pixotadas de Rodrigo e num time que simplesmente foi apático no segundo tempo, não, não darei ênfase em nada disso, mas vamos ao que interessa.

A culpa pela eliminação vem de um único lugar, diretoria do esporte clube Vitória, Carpegiani desta vez foi apenas uma vitima, não temos laterais ou isso não é verdade? Léo é limitado e Saci é horrível e contrataram um cara que não pode jogar na Copa do Brasil e que estranhamente foi para o banco no brasileiro e nem entrou durante o jogo para um cara que esta improvisado na posição(PORQUE SERÁ?), por tanto a verdade é que jogar num esquema 3-5-2 ,pois foi assim que o time se postou claramente em campo não foi um erro de PCC, para mim a única falha é que deveria ser invertido Léo e Gabriel, mas até que eles não complicaram.

Mas o que vem pela frente?

É preciso contratar, porém todos sabemos desta premissa desde 2010, mas Alexi Portela e Falcão estão brincando de montar time e esperam que no acaso as coisas aconteçam, poderíamos reforçar para as finais da CB 2010 e jogamos com um time cheio de improvisados, precisávamos de contratações para o brasileiro e fomos rebaixados, teríamos que ter um planejamento em 2011 e foi só frustração e agora que perdemos o baiano e fomos eliminados na CKB 2012 o que será feito?

Continuou achando o Vitória um dos favoritos na série b 2012, mas é notório que precisamos de laterais e outros reforços, já que Lúcio Flavio  nunca mostrou futebol, Geovanni é oscilante ,Xuxa ano passado foi uma lastima e não dão oportunidades para o jovem Arthur Maia, não podemos apenas ficar com status de favorito e sucumbir mais uma vez na tabua de classificação, este é o momento de fazer as coisas acontecerem, e para salvar o ano, o acesso e porque não o título da série B são obrigações.

SRN

COPA DO BRASIL
Coritiba 4 x 1 Vitória
Local: Couto Pereira, em Curitiba.
Data: 23/05/2012
Árbitro: Sandro Meira Ricci
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia e Fábio Pereira
Gols: Everton Costa (2x), Roberto e Everton Ribeiro (Coritiba) / Marquinhos (Vitória)
Coritiba: Vanderlei; Ayrton, Demerson, Emerson e Lucas Mendes; Sergio Manoel; Júnior Urso, Renan Oliveira (Lincoln) e Everton Ribeiro (Vinicius); Roberto (Anderson Aquino) e Everton Costa. Técnico: Marcelo Oliveira.
Vitória: Gustavo; Gabriel Paulista, Victor Ramos, Rodrigo e Léo (Dinei); Uelliton, Rodrio Mancha, Pedro Ken (Rildo) e Tartá; Marquinhos e Neto Baiano. Técnico: Paulo César Carpegiani.

[Carpegiani] Vitória + Paraguai, Marketing ou Loucura?


Paulo Cesar Carpegiani chegou ao Vitória depois de muita novela e na apresentação disse que esta aguardando o desfecho de um projeto pessoal ainda este ano, mesmo não dizendo o que era, é claro que quase ninguém foi pego de surpresa e sabiam que se tratava de um possível convite para que o treinador volte ao comando da seleção “Larissa Riquelme”do  Paraquai, até aí normal mas o problema é que ele e diretoria rubro negra admitem que as coisas podem vim a ser de forma  paralela com Ricardo Silva assumindo a equipe em determinados momentos.

Qual a intenção do Vitória em aceitar isso? Será uma tentativa de alavancar um  certo marketing por ter um treinador que também comanda uma seleção mundial? Ou será uma loucura desvairada sem cálculos dos erros possíveis?

Como treinador de uma seleção que vai disputar as eliminatórias PCC ficaria cerca de 8 à 11 dias afastado do comando técnico do Vitória, este é o período em que ele recebe os jogadores convocados, faz a preparação para os 2 jogos que acontecem na mesma semana, Pouco tempo fora e como o Leão tem um grupo de auxilio técnico definido, pode não parecer um grande problemas, mas esta na formação do elenco do Paraguai a maior questão a ser pensada. Para convocar Carpegiani precisa assistir a jogos de jogadores Paraguaios, estudar táticas, esquemas e coisas relacionadas, aí é que o tempo do treinador pode ficar escasso para o Leão e prejudicar o rendimento da equipe.

Mesmo com o filho Rodrigo Carpegiani sendo o grande pesquisador do pai, não acredito que ele deixará isso  exclusivamente nas mãos de Rodrigo e nem acredito que a Associação Paraguaia iria aceitar tal fato.

No âmbito de mercado pode ser interessante para o Vitória que pode aproveitar do prestigio e marketing do treinador do Paraguai para contratar jogadores deste país e ainda expandir a marca Esporte Clube Vitória pelo mundo afora.

No mais vamos aguardar o inicio do trabalho de Paulo Cesar Carpegiani para responder se a diretoria acertou ou errou em trazer um treinador possivelmente dividido.

SRN

[Vitória x Coritiba] Um jogo para mostrar o caminho


Bom dia nação rubro negra!

Hoje às 21:50 o Vitória enfrentará o Campeão Paranaense pela Copa do Brasil com a obrigação de vencer, vencer para fazer o dever de casa e buscar a classificação a próxima fase e também para apagar o infortúnio da decisão estadual. O nível do jogo é bom e também mostrará se realmente temos uma base para a segunda divisão que já vai começar.

Um fator que pode ser motivador é a chegada do novo treinador Paulo Cesar Carpegianni que será apresentado na manhã de hoje na Toca do Leão e assistirá ao jogo no Barradão que ainda terá o comando de Ricardo Silva que fez um bom trabalho neste novo período a frente do time.

O leão tem desfalques e duvidas, Pedro Ken, e Uelliton estão suspensos, Léo e Romário machucados, com isso Gabriel vai de titular na lateral direita e Neto Coruja entra no lugar do seu parceiro, esta será a primeira partida de Coruja no ano após todo o imbróglio envolvendo sua transferência, Geovanni e Mineiro brigam pela vaga de Pedro Ken no meio, eu entraria com Arthur Maia. No Ataque Ricardo ainda não sabe se entra com Marquinhos ou Dinei.

Já o Coritiba vem motivado pela conquista do estadual e quer coroar esta boa fase, os jogadores demonstram ter estudado o Vitória e falam muito da marcação em cima de Neto Artilheiro do Brasil Baiano. Para o jogador Djair o fato do Vitória ter perdido o título preocupa ainda mais, pois deixa o time na necessidade de dar uma resposta ao torcedor e por isso vão precisar fazer de tudo para tentar frear o rubro negro e buscar decidir a vaga no Alto da Glória lá no Paraná.

 

Imagem

COPA DO BRASIL

Vitória x Coritiba
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).
Data: Quarta-feira, 16 de maio.
Horário: 21h50.
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (FIFA/RJ).
Assistentes: Altemir Hausmann (FIFA/RS) e Carlos Berkenbrock (FIFA/SC).

Vitória: Douglas; Gabriel Paulista (Dimas), Victor Ramos, Rodrigo e Wellington Saci; Neto Coruja, Rodrigo Mancha, Geovanni (Mineiro) e Tartá; Marquinhos (Dinei) e Neto Baiano. Técnico: Ricardo Silva.

Coritiba: Vanderlei; Ayrton, Demerson, Emerson e Eltinho; Júnior Urso, Sergio Manoel, Gil e Everton Ribeiro; Roberto e Anderson Aquino (Everton Costa). Técnico: Marcelo Oliveira.

Carpegianni novamente no Vitória


Segundo a resenha da Itapoan FM, o técnico Paulo Cesar Carpegianni esta vindo pra Salvador ainda hoje, e que o treinou chega para assinar contrato e treinar o Vitória.

PCC chegou a não querer vim para o Vitória por conta de questões pessoais, após um certo período ele veio a fechar com o clube, seu filho e auxiliar veio assistiu a partida da semifinal contra o Feirense e quando esperavam o treinador no dia seguinte em Salvador, o mesmo comunicou a desistência de vim para o clube a cerca de 15 dias agora vamos aguardar as cenas desta novela para saber se realmente Carpegianni chega na Toca.

[Vitória 3×2 Feirense] Carpegianni e Ednilson Senna Terão muito trabalho


O Leão venceu na tarde de hoje com dificuldades a equipe do Feirense e se classificou a final do campeonato baiano e de quebra garantiu vaga na Campeonato do Nordeste 2013, agora o Vitória espera o jogo entre Bahia x Conquista para conhecer o seu adversário, antes da final o rubro negro encara o Botafogo pela Copa do Brasil nesta quarta no Barradão.

O JOGO

O Vitória começou sufocando como era esperado, com maior posse de bola o Leão partiu para cima e o adversário apenas se defendia tentando garantir a vantagem frágil do empate que possuía, aos 14 minutos Rildo recebeu a bola e lançou, Pedro Ken de cabeça abriu o placar, Vitória 1×0 Feirense, com o gol a equipe de Senhor do Bomfim saiu para o jogo e aumentou os espaços, o goleiro Renan salvou em duas oportunidades e no fim do primeiro tempo, Léo fez uma jogadaça e marcou um lindo Gol  fazendo 2×0 Vitória e dando números finais ao primeiro tempo.

Os times voltaram sem mudanças, mas com a equipe natural de Feira pressionando, e diminuindo com Danilo Cruz aos 7 minutos, ele percebeu Renan adiantado e bateu fazendo o gol. O Jogo ficou perigoso o rubro negro não rendia em campo e os visitantes queriam o segundo gol, neste momento saiu Rildo e entrou Tartá, o tartaruga ninja trouxe dinamismo e recuperou a posse de bola e num contra ataque ele recebeu e não foi fominha tirou do goleiro e deixou Neto Baiano livre para brocar mais um, Vitória 3×1 Feirense. Neste momento era esperado que o jogo ficasse tranquilo e que a classificação já estaria selada, mas logo na saída o Feirense foi para o ataque e Danilo Cruz experimentou de longe e Renan aceitou 3×2 e verdadeiro sufoco no jogo.

O jogo recomeça entra Arthur Maia e sai Geovanni que acabará de perder um gol feito, e sua segunda jogada Maia foi derrubado e o zagueiro Valdo foi expulso, quem acreditava na facilidade, se enganou  os feirenses continuaram melhor e atacando o Vitória que se fechou e passou a esperar o contra ataque, Ricardo Silva ainda colocou Rodrigo Mancha no lugar de Pedro Ken para garantir o resultado que acabou prevalecendo.

O filho e assistente do treinador Carpegianni assistiu ao jogo e pode fazer as primeiras anotações do Vitória, PCC chega ainda hoje a Salvador e será apresentado amanhã, junto com ele, chega Ednilson Senna que retorna ao clube para ser o preparador físico.

Ficha técnica – Vitória 3 X 2 Feirense 
Jogo de volta da semifinal do Campeonato Baiano.
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).
Data: Sábado, 28 de abril.
Horário: 16h.
Publico ( em minutos)
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação.
Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos e Raimundo Carneiro de Oliveira.

Vitória: Renan; Léo, Victor Ramos, Rodrigo e Wellington Saci; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Geovanni; Rildo (Tartá) e Neto Baiano. Técnico: Ricardo Silva.

Feirense: Naldo; Angelo, Valdo, Alysson e Reivan; Baiano, Ananias, André e Danilo Cruz; Paulinho (Jucimar) e Hermínio. Técnico: Ednaldo Oliveira.

O SUB-20 Também garantiu vaga na final após empatar com o Fluminense em 0x0.

[Eduardo Ramos, Carpegianni e Ramirez] Como as coisas são loucas no Vitória


Eduardo Ramos esta confirmado como reforço do Esporte Clube Vitória, os detalhes de tempo de contrato ainda não foram divulgados, mas o jogador já está em Salvador e deve ser apresentado ainda nesta tarde na Toca do Leão. Eduardo Ramos estava no Náutico e já chegou a ser anunciado pelo Vitória, mas o negocio acabou não vingando, especulados outras vezes tamb ém não desejou vim, porém desta vez o namoro antigo acabou acontecendo e o atleta chega para tentar suprir a necessidade do rubro negro em ter um camisa 10 clássico.
Carpegianni também deve ser anunciado


Paulo Cesar Carpegianni é o novo treinador do Vitória, com passagem no clube em 2009 PCC sempre teve o nome especulado para retornar, mas algumas lambanças adiaram o seu retorno, quem não lembra em 2010 a história da passagem comprada e o triunfo do Vitória contra o Náutico lá em Recife que fizeram com que a pressão para Ricardo Silva continuasse?. Só que agora é para valer, o treinador chega esta semana na Toca e deve assitir ao jogo entre Vitória e Feirense, para mim dos nomes especulados é o melhor, tem experiência, sabe desenvolver jogadas ensaiadas, conseguiu montar um esquema quando esteve aqui, e tem coragem para acabar com panelinhas.
De acordo com Alexi Portela falta pouca coisa, e o que dizem é que o sálario ficou em torno de R$ 180 mil, ele deve trazer o filho para ser seu braço direito como em 2009 e Ricardo Silva passa a ser o numero 3 do Leão.
Ramirez renova contrato por 3 anos


Após idas e vinda e muitos processos, Ramirez foi obrigado a retornar ao Vitória e pela segunda vez perdeu uma ação na justiça contra o clube e por isso teve que aceitar a proporsta de renovação de contratato até o final de 2013, ele será emprestado ao Náutico esta temporada e só retorna ao Vitória em 2013.
SRN

 

[Carpegianni e Ramirez] Como as coisas são loucas no Vitória


Paulo Cesar Carpegianni é o novo treinador do Vitória, com passagem no clube em 2009 PCC sempre teve o nome especulado para retornar, mas algumas lambanças adiaram o seu retorno, quem não lembra em 2010 a história da passagem comprada e o triunfo do Vitória contra o Náutico lá em Recife que fizeram com que a pressão para Ricardo Silva continuasse?. Só que agora é para valer, o treinador chega esta semana na Toca e deve assitir ao jogo entre Vitória e Feirense, para mim dos nomes especulados é o melhor, tem experiência, sabe desenvolver jogadas ensaiadas, conseguiu montar um esquema quando esteve aqui, e tem coragem para acabar com panelinhas.
De acordo com Alexi Portela falta pouca coisa, e o que dizem é que o sálario ficou em torno de R$ 180 mil, ele deve trazer o filho para ser seu braço direito como em 2009 e Ricardo Silva passa a ser o numero 3 do Leão.
Ramirez renova contrato por 3 anos


Após idas e vinda e muitos processos, Ramirez foi obrigado a retornar ao Vitória e pela segunda vez perdeu uma ação na justiça contra o clube e por isso teve que aceitar a proporsta de renovação de contratato até o final de 2013, ele será emprestado ao Náutico esta temporada e só retorna ao Vitória em 2013.