[Carpegiani] Vitória + Paraguai, Marketing ou Loucura?


Paulo Cesar Carpegiani chegou ao Vitória depois de muita novela e na apresentação disse que esta aguardando o desfecho de um projeto pessoal ainda este ano, mesmo não dizendo o que era, é claro que quase ninguém foi pego de surpresa e sabiam que se tratava de um possível convite para que o treinador volte ao comando da seleção “Larissa Riquelme”do  Paraquai, até aí normal mas o problema é que ele e diretoria rubro negra admitem que as coisas podem vim a ser de forma  paralela com Ricardo Silva assumindo a equipe em determinados momentos.

Qual a intenção do Vitória em aceitar isso? Será uma tentativa de alavancar um  certo marketing por ter um treinador que também comanda uma seleção mundial? Ou será uma loucura desvairada sem cálculos dos erros possíveis?

Como treinador de uma seleção que vai disputar as eliminatórias PCC ficaria cerca de 8 à 11 dias afastado do comando técnico do Vitória, este é o período em que ele recebe os jogadores convocados, faz a preparação para os 2 jogos que acontecem na mesma semana, Pouco tempo fora e como o Leão tem um grupo de auxilio técnico definido, pode não parecer um grande problemas, mas esta na formação do elenco do Paraguai a maior questão a ser pensada. Para convocar Carpegiani precisa assistir a jogos de jogadores Paraguaios, estudar táticas, esquemas e coisas relacionadas, aí é que o tempo do treinador pode ficar escasso para o Leão e prejudicar o rendimento da equipe.

Mesmo com o filho Rodrigo Carpegiani sendo o grande pesquisador do pai, não acredito que ele deixará isso  exclusivamente nas mãos de Rodrigo e nem acredito que a Associação Paraguaia iria aceitar tal fato.

No âmbito de mercado pode ser interessante para o Vitória que pode aproveitar do prestigio e marketing do treinador do Paraguai para contratar jogadores deste país e ainda expandir a marca Esporte Clube Vitória pelo mundo afora.

No mais vamos aguardar o inicio do trabalho de Paulo Cesar Carpegiani para responder se a diretoria acertou ou errou em trazer um treinador possivelmente dividido.

SRN

Anúncios

[Vitória 3×2 Feirense] Carpegianni e Ednilson Senna Terão muito trabalho


O Leão venceu na tarde de hoje com dificuldades a equipe do Feirense e se classificou a final do campeonato baiano e de quebra garantiu vaga na Campeonato do Nordeste 2013, agora o Vitória espera o jogo entre Bahia x Conquista para conhecer o seu adversário, antes da final o rubro negro encara o Botafogo pela Copa do Brasil nesta quarta no Barradão.

O JOGO

O Vitória começou sufocando como era esperado, com maior posse de bola o Leão partiu para cima e o adversário apenas se defendia tentando garantir a vantagem frágil do empate que possuía, aos 14 minutos Rildo recebeu a bola e lançou, Pedro Ken de cabeça abriu o placar, Vitória 1×0 Feirense, com o gol a equipe de Senhor do Bomfim saiu para o jogo e aumentou os espaços, o goleiro Renan salvou em duas oportunidades e no fim do primeiro tempo, Léo fez uma jogadaça e marcou um lindo Gol  fazendo 2×0 Vitória e dando números finais ao primeiro tempo.

Os times voltaram sem mudanças, mas com a equipe natural de Feira pressionando, e diminuindo com Danilo Cruz aos 7 minutos, ele percebeu Renan adiantado e bateu fazendo o gol. O Jogo ficou perigoso o rubro negro não rendia em campo e os visitantes queriam o segundo gol, neste momento saiu Rildo e entrou Tartá, o tartaruga ninja trouxe dinamismo e recuperou a posse de bola e num contra ataque ele recebeu e não foi fominha tirou do goleiro e deixou Neto Baiano livre para brocar mais um, Vitória 3×1 Feirense. Neste momento era esperado que o jogo ficasse tranquilo e que a classificação já estaria selada, mas logo na saída o Feirense foi para o ataque e Danilo Cruz experimentou de longe e Renan aceitou 3×2 e verdadeiro sufoco no jogo.

O jogo recomeça entra Arthur Maia e sai Geovanni que acabará de perder um gol feito, e sua segunda jogada Maia foi derrubado e o zagueiro Valdo foi expulso, quem acreditava na facilidade, se enganou  os feirenses continuaram melhor e atacando o Vitória que se fechou e passou a esperar o contra ataque, Ricardo Silva ainda colocou Rodrigo Mancha no lugar de Pedro Ken para garantir o resultado que acabou prevalecendo.

O filho e assistente do treinador Carpegianni assistiu ao jogo e pode fazer as primeiras anotações do Vitória, PCC chega ainda hoje a Salvador e será apresentado amanhã, junto com ele, chega Ednilson Senna que retorna ao clube para ser o preparador físico.

Ficha técnica – Vitória 3 X 2 Feirense 
Jogo de volta da semifinal do Campeonato Baiano.
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).
Data: Sábado, 28 de abril.
Horário: 16h.
Publico ( em minutos)
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação.
Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos e Raimundo Carneiro de Oliveira.

Vitória: Renan; Léo, Victor Ramos, Rodrigo e Wellington Saci; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Geovanni; Rildo (Tartá) e Neto Baiano. Técnico: Ricardo Silva.

Feirense: Naldo; Angelo, Valdo, Alysson e Reivan; Baiano, Ananias, André e Danilo Cruz; Paulinho (Jucimar) e Hermínio. Técnico: Ednaldo Oliveira.

O SUB-20 Também garantiu vaga na final após empatar com o Fluminense em 0x0.

[Carpegianni e Ramirez] Como as coisas são loucas no Vitória


Paulo Cesar Carpegianni é o novo treinador do Vitória, com passagem no clube em 2009 PCC sempre teve o nome especulado para retornar, mas algumas lambanças adiaram o seu retorno, quem não lembra em 2010 a história da passagem comprada e o triunfo do Vitória contra o Náutico lá em Recife que fizeram com que a pressão para Ricardo Silva continuasse?. Só que agora é para valer, o treinador chega esta semana na Toca e deve assitir ao jogo entre Vitória e Feirense, para mim dos nomes especulados é o melhor, tem experiência, sabe desenvolver jogadas ensaiadas, conseguiu montar um esquema quando esteve aqui, e tem coragem para acabar com panelinhas.
De acordo com Alexi Portela falta pouca coisa, e o que dizem é que o sálario ficou em torno de R$ 180 mil, ele deve trazer o filho para ser seu braço direito como em 2009 e Ricardo Silva passa a ser o numero 3 do Leão.
Ramirez renova contrato por 3 anos


Após idas e vinda e muitos processos, Ramirez foi obrigado a retornar ao Vitória e pela segunda vez perdeu uma ação na justiça contra o clube e por isso teve que aceitar a proporsta de renovação de contratato até o final de 2013, ele será emprestado ao Náutico esta temporada e só retorna ao Vitória em 2013.

Depois de PCC, Marcio Araujo se afasta de acerto com o Leão


Raimundo Queiroz afirmou que o contrato com o São Caetano e problemas pessoais dificultam a vinda de Marcio Araujo, sair do interior paulista é complicado para o treinador neste momento que por isso já é tido como um nome que não deve desenbarcar na Toca, o mesmo aconteceu com Paulo Cesar Carpegianni que era o preferido da diretoria rubro negra, com isso Ricardo Silva continua no comando e os fãs do auxiliar engrossam o coro para que ele seja efetivado, mas que de acordo com o presidente Alexi Portela, não irá acontecer.

Raimundo Queiroz elegiou o trabalho de Ricardo e disse que por hora ele permanece no cargo e existe a possibilidade dele ficar até o termino do campeonato baiano, mas o diretor negou que estivesse encerrando a procura por treinadores, ele disse que a busca continua no mercado e que a qualquer momento o Vitória pode anunciar seu treinador, disse ainda que este é o motivo da não efetivação de Silva ao comando técnico mesmo com o seu bom aproveitamento.

Nos bastidores o nome do interino ganha força e a depender do resultado desta quarta-feira quando o Leão enfrenta o ABC no Barradão pela Copa do Brasil, as coisas podem ser aceleradas, tanto para contratação do treinador, quanto para efetivação de Ricardo Silva, a verdade é que antes tido como improvavel, mas agora cada vez mais proximo a efetivação do auxiliar no comando do rubro negro.