[Palmeiras x Vitória] Leão tenta embalar, porco quer sair da degola


PALMEIRAS X VITÓRIA

Vitória e Palmeiras viveram situações totalmente opostas no final de semana, enquanto o rubro negro venceu o clássico e saiu da zona de rebaixamento, o alviverde foi impiedosamente goleado e se afundou na lanterna da competição e na noite de hoje no Pacaembu as equipes se enfrentam e o Leão quer confirmar o crescimento na competição e consequentemente aumentar a crise no porco.

 

O treinador Ney Franco não poderá contar com Escudero, Luiz Gustavo e Vinicius e por isso vai de Adriano como cabeça de área e Willian Henrique como segundo atacante. Já Dorival não poderá contar com o zagueiro Vitorino.

Humilhado na ultima rodada, o Palmeiras vive uma semana conturbada, fez treino fechado para evitar o contato com a torcida, não permitiu a presença da imprensa e o caos esta instalado  no ano do centenário do clube, ultimo colocado com 22 pontos, o time encara o jogo contra o Vitória como jogo da vida, melhor colocado na tabela, fora da zona o Vitória é hoje exatamente o alvo do Palmeiras, o primeiro time fora da zona de rebaixamento, jogo de 6 pontos, jogo fundamental e essa é a motivação da equipe.

O rubro negro quer agora voltar a vencer fora, confirmar o crescimento dentro do brasileiro e ter a chance de se afastar do z-4, vencer o Palmeiras abrirá 4 pontos do 18º e caso o Botafogo perca, será 4 pontos do 17º, respirando um pouco na competição, volta a 14ª colocação e se aproxima da faixa dos 10 primeiros colocados.

Para o treinador Ney Franco o Vitória tem que manter a postura dos últimos dois jogos quando venceu Bahia e Fluminense, o treinador disse ainda que a situação do time ainda é delicada e por isso vencer é importante para confirmar a recuperação.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras X Vitória

Campeonato Brasileiro – 24ª rodada

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)

Data: 25 de setembro de 2014, quinta-feira

Horário: 19h30

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)

Assistentes: Cristhian Passos Sorence e Bruno Raphael Pires (ambos de GO)

Palmeiras:  Deola; João Pedro, Lúcio, Nathan e Victor Luis; Renato e Juninho; Mouche, Valdivia e Cristaldo; Henrique. Técnico: Dorival Júnior

Vitória: Júnior Fernández; Nino, Roger Carvalho, Kadu e Juan; Adriano, Cáceres, Richarlyson e Marcinho; William Henrique e Dinei. Técnico: Ney Franco

[CORINTHIANS 2X0 VITÓRIA] A falta de elenco, coragem e …


O time sentiu a falta do brigador e talentoso Escudero.

Falta elenco, viu aí que não era para se desfazer de Arthur Maia e Willie?

Era para ter renovado com Willian e ter fechado com Neto Baiano.

Camacho não disse ainda há que veio, Cajá continua em péssimo momento.

Michel e Cáceres não conseguem segurar o rojão no meio.

As contusões continuam acontecendo, cada jogo, cada treino uma nova vitima, tem que ir para seção do descarrego.

Caio Junior se mostra um cara limitado, não tem a capacidade de mudar o esquema, de criar variações e isso não pode acontecer num campeonato tão longo.

Rômulo, Dinei, Oldoni, e Giancarlo não dá, fracos, fracos, e digo mais,,, Fracos.

Não temos laterais, Vander não é substituto para Escudero, Cajá e Camacho se equivalem em lerdeza.

Victor Ramos, Gabriel Paulista e Fabricio não metem medo a nenhum atacante.

Michel e Cáceres não marcam e sobrecarregam a defesa.

Maxi Biancucchi e Escudero são sobrecarregados, e os outros times já descobriram isso, marcação cerrada em cima deles, sem apoio das laterais e sem passe na saída de bola não é surpresa entender porque o Vitória é o time que menos finaliza nesse brasileiro.

Se é fora de casa é desespero, é covardia, é sofrimento, o discurso de Libertadores não convence Caio Junior, Raimundo Queiroz, e Alexi Portela.

Alexi Portela se acomodou pelo inicio muito bom do Vitória e disse que iria contratar, que o time iria ter reforços, mas não vimos isso e portanto as deficiências do elenco que já eram evidentes, vieram a tona ainda mais rápido com as contusões.

Preparação física do Vitória é pífia, lesões musculares todos os jogos e treinos fazem com que desconfiemos da qualidade do setor.

A torcida também tem que parar de discurso e comparecer, fazer SMV e apoiar, a campanha do clube ainda é boa e tivemos o exemplo dos 27 mil Corintianos que compareceram ao Pacaembu hoje e o time deles estava atrás do rubro negro na tabela.

Teremos que ganhar da Ponte Preta na quarta feira no Barradão.