[SÃO PAULO X VITÓRIA] Não e questão de vingança, é questão de Libertadores


são paulo x vitória

 

Quando a bola rolar para Vitória e São Paulo no Morumbi, objetivos diferentes serão combustíveis dos dois lados para tentar o triunfo, o time paulista busca fugir da zona de rebaixamento, enquanto o rubro negro busca uma vaga na zona de classificação para Libertadores.

O Vitória joga também para quebrar o tabu de nunca ter vencido o São Paulo no Morumbi, são 12 jogos com 10 triunfos paulistas e 2 empates.

O time de Ney Franco esta definido e tem o retorno de Victor Ramos, já o time de Muricy pode contar com algumas surpresas já que o treinador escondeu o time da imprensa.

 

São Paulo em principio de nova crise, com problemas na gestão de Juvenal, a torcida pressiona e após conseguir sair rapidamente do sufoco, eis que o tricolor novamente esta ameaçado de rebaixamento, o segundo na sua história, já que ele contou na década de 90 com uma virada de mesa para não ir a segundona do estadual. O rubro negro que esta invicto no segundo turno e vem de 2 triunfos fora, espera engatar o 3 triunfo e embalar ainda mais na  competição.

Rogério x Franco

Quando todos esperavam uma espécie de revanchismo, eis que Ney Franco novamente se mostrou inteligente, e tratou logo de acabar com essa história de vingança, ou sentimento de revanche, o treinador esta correto, pois não é questão de vingança, é uma questão de Libertadores.

FICHA TÉCNICA

Série A

São Paulo x Vitória

Local: Morumbi, em São Paulo (SP).

Data: 05/10/2013

Horário: 21h

Árbitro: Anderson Daronco

Auxiliares: Rodrigo Henrique Corrêa e José Eduardo Calza

São Paulo: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rodrigo Caio e Antônio Carlos; Reinaldo, Douglas, Wellington, Maicon e Ganso; Ademilson e Luís Fabiano. Técnico: Muricy Ramalho.

Vitória: Wilson; Ayrton, Kadu, Victor Ramos e Juan; Luiz Gustavo, Cáceres, Escudero e Renato Cajá; Marquinhos e Dinei. Técnico: Ney Franco.

 

PS: A pressão da Felina deu certo, o jurídico do Vitória leu o texto e anunciou que vai entrar com ação na justiça, o episódio contra a instituição na Arena 51 não passará em branco.