[EC VITÓRIA 3X2 SPORT] Leão vence o Sport e sobe na classificação


EC VITÓRIA 3x2 SPORT

O Vitória começou o jogo indo para cima do Sport e logo no inicio teve duas boas chances de abrir o placar, a primeira com Amaral que recebeu, dominou e sozinho chutou em cima do goleiro, depois com Dagoberto que desperdiçou a chance de abrir o placar e marcar seu primeiro gol com a camisa do Vitória.

 

Quando o rubro negro dominava o jogo e parecia abrir o placar, eis que um banho de água fria, lançamento preciso de Diego Souza e Matheus Ferraz aparece sozinho na área com tranquilidade para dominar e chutar forte sem chances para Caique, Sport 1×0 mesmo com o Vitória atuando com 3 zagueiros.

 

Depois do gol o jogo ficou um pouco parado, até que Everton Felipe fez falta forte em vander e levou o segundo cartão amarelo, vermelho pra ele e Sport com um a menos em campo. A partir daí o Vitória partiu pra cima de vez em busca do gol de empate e chegou a ele com Vander que dominou e chutou forte para empatar, ele correu em direção da torcida e fez sinal de reverência, como se pedisse desculpas, decretado o fim do primeiro tempo.

 

No segundo tempo o Vitória voltou todo ataque, o time que já tinha mudado com Nickson em lugar de Amaral ainda na etapa inicial se lançou a frente e até os zagueiros faziam uma linha avançada próximo ao meio campo.

Para coroar as boas partidas que vem fazendo eis que o leão chegou a virada com Euller num belo gol, ele dominou no peito e bateu com força no canto do goleiro Agenor e festa no Barradão.

A situação ficou favorável mas não tranquila quando Lênis foi expulso por agredir Dagoberto e Nickson em lançamento marcar, 3×1 Vitória. Não tranquila porque mesmo com dois homens a mais e dois gols de diferença, o Vitória voltou a falhar e Matheus Ferraz diminuiu, 3×2. Já com Yan e Rafaelson em campo o rubro negro teve a chance de ampliar mais desperdiçou pelo menos 4 grandes contra ataques. O time ainda teve duas penalidades não assinaladas pela arbitragem

CAIQUE O goleiro voltou a titularidade e foi bem, sem culpa nos gols e com boas saídas 6,0

D.RENAN A direita esta fazendo bem pra ele, voltando a ser importante, bons lançamentos 7,0

VICTOR RAMOS KANU RAMON Não se pode tomar dois gols como foram os do Sport com 3 zagueiros, precisam treinar mais 5,0

EULLER Melhor em campo, marcou, atacou, armou, e fez um golaço, vem mostrando evolução 8,0

AMARAL hoje estava até bem na partida mas perdeu um gol feito, saiu por questões do jogo 6,5

WILLIAN FARIAS É um monstro, marca muito, merecia aquele gol para ser coroado. 8,0

TIAGO REAL Não marca, não arma e perde bons lances, quem disse que o Sport estava com um menos¿ 4,0

VANDER Vinha mal mas marcou um belo e importante gol, no segundo tempo esteve mais solto 7,0

DAGOBERTO Vem sendo muito participativo, buscando o jogo e gostei muito das tabelas com Euller e Nickson, falta o gol pra tirar o peso. 7,0

NICKSON Com personalidade moleque, entrou muito bem, foi pra cima e marcou o gol da Vitória 8,0

YAN Entrou com pouco tempo sem avaliação

RAFAELSON apesar do pouco tempo teve duas grandes chances e o nervosismo atrapalhou 5,0

VAGNER MANCINI Hoje tem meus parabéns pela escalação com 3 zagueiros e por mudou ainda no primeiro tempo e certo para o time buscar o triunfo 7,0

 

FICHA TÉCNICA

Vitória x Sport 

Campeonato Brasileiro – 12ª rodada

Local: Barradão, em Salvador

Data: 29/06/2016

Horário: 19h30

Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)

Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ).
Cartões amarelos: Tiago Real, Dagoberto, Nickson e Vander (Vitória); Everton Felipe, Durval e Lenis (Sport)
Cartão vermelho: Everton Felipe e Lenis (Sport)
Gols: Vander, Euller e Nickson (Vitória); Matheus Ferraz 2X (Sport)

Vitória:  Caíque; Diego Renan, Victor Ramos, Kanu, Ramon e Euller; Amaral (Nickson), Willian Farias  e Tiago Real (Rafaelson); Vander  e Dagoberto (Yan). Técnico: Vagner Mancini

Sport: Agenor; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Rodney Wallace; Ronaldo, Rodrigo Mancha, Diego Souza (Vínicius Arajuo), Gabriel Xavier (Lenis) e Everton Felipe; Edmilson (Rogério). Técnico: Oswaldo de Oliveira

Anúncios

[BOTAFOGO 1X1 VITÓRIA] Leão decepciona contra o lanterna!


BOTAFOGO 1X1 VITÓRIA

Em partida válida pela sétima rodada do campeonato brasileiro, o Vitória decepcionou mais uma vez fora de casa contra o lanterna Botafogo no estádio Raulino de Oliveira diante do menor publico registrado até  momento neste brasileirão.

Vindo de um triunfo contra o líder Inter, o rubro negro vivia a expectativa de vencer fora de Salvador pela primeira vez enfrentando o ultimo colocado Botafogo mas a exibição muito abaixo de algo parecido com futebol, escancarou ainda mais as deficiências do time e o empate conseguido nos acréscimos diminuiu o vexame.

O Vitória até começou bem, marcou forte e buscava as jogadas em contra ataque, num lance em que Dagoberto recebeu, ele tocou de cabeça por cima dos zagueiros e Kieza desperdiçou a chance. o K9 ainda teve mais um chance e chutou pra fora. Ai num lance chocante no meio campo, Flavio levou um chute no rosto que provocou um corte e ele caiu desacordado no gramado e se contorcendo, cena preocupante forte e que parece ter refletido na equipe. Depois do lance o camisa 15 saiu para entrada de Tiago Real e o futebol do rubro negro parece também ter saído de campo.

O Botafogo de Ricardo Gomes começou a criar mas parava nas boas defesas de Fernando Miguel que salvou o rubro negro e garantiu o empate no primeiro tempo.

No segundo tempo Mancini voltou com o mesmo time que terminou mal e foi punido por isso, O Botafogo chegou ao gol com Sassá que entrou justamente no após o intervalo e se desorganizou ainda mais na partida. Marinho em dia ruim não acertava as jogadas, Dagoberto isolado e Tiago Real que entrou e com ele o time caiu, era menos 1 em campo, Kieza brigando sozinho acertou a trave e nada dava certo, Mancini em sua teimosia apostou novamente em Vander e Alípio e o time só chegou ao empate nos acréscimos com Victor Ramos após falha da defesa o Botafogo, 1×1 e fim de partida.

FERNANDO MIGUEL: Mais uma boa partida 3 boas defesas, passa segurança, sem culpa no gol. 8,0

NORBERTO: Nem marcou nem apoiou, foi muito mal 3,0

RAMON: Vem crescendo, jogou bem conseguiu anular muitas jogadas 6,5

VICTOR RAMOS: Foi bem e marcou seu gol 7,0

D.RENAN: Nem de longe rende como no ano passado, não marca e nem apoia. 3,0

AMARAL: É uma piada chamar esse cara de pitbull, desonra o apelido de Vanderson, há muito eu digo marca com o olho e depois daqueles 3 gols, inventaram que ele entendi do futebol e ai que desgraçou tudo de vez, gol na conta dele. 0,0

WILLIAM FARIAS: Um monstro, marca sozinho nesse meio do Vitória, um guerreiro. 7,0

FLAVIO: Vinha bem, saiu cedo, quis voltar mas não deu, valeu pela raça. 6,5

MARINHO: Irreconhecível, não acertou nada 3,0

DAGOBERTO: Tentou, deu bom passe e surpreendentemente até ajudou a marcar mas ainda esta longe do que já foi.5,0

KIEZA: Brigador, teve duas oportunidades, acertou a trave mas esta sacrificado no esquema. 5,0

TIAGO REAL: Horroroso, errou tudo e mais um pouco 2,0

VANDER: Entrou quando o jogo estava perdido e nada mudou. 4,0

ALIPIO: Mesmo de Vander 4,0

MANCINI Teimosia é seu nome, e demora nas mudanças, empate na sua conta 4,0

FICHA TÉCNICA
Botafogo x Vitória

Campeonato Brasileiro – sétima rodada
Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda
Data: 12/06/2016
Horário: 11h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG-Fifa)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Sidmar dos Santos  Meurer (MG)
Gol: Sassá
Cartão Amarelo: Airton, Marinho, Anderson Aquino

Botafogo: Sidão; Luis Ricardo, Emerson Silva, Renan Fonseca e Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva, Gegê e Leandrinho (Salgueiro); Anderson Aquino e Ribamar (Sassá). Técnico: Ricardo Gomes.

Vitória:  Fernando Miguel; Norberto, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral (Alípio), Willian Farias e Flávio (Tiago Real); Dagoberto (Vander), Marinho e Kieza. Técnico Vagner Mancini

[VITÓRIA 1X0 INTER] Leão vence o líder com a força sobrenatural do Barradão!


VITÓRIA X INTER

Numa boa partida no Barradão o rubro negro chega a sua segunda vitória no brasileiro, mantém os 100% de aproveitamento em sua casa no ano, quebra a invencibilidade de 18 jogos do Inter, 5 jogos no brasileiro e mantém o tabu de 13 anos sem revés para o colorado no santuário.
O Vitória que entrou em campo modificado por Vagner Mancini com Flavio, Euller, Norberto, Dagoberto e Marinho fez o seu melhor primeiro tempo até aqui no brasileiro, com marcação consistente e saída rápida em contra ataques, quando o contra golpe era do Inter o Vitória conseguia recompor com velocidade e precisão e evitava lances de criação do adversário.
Logo que deu inicio a partida o rubro negro como de costume no Barradão buscou fazer uma pressão, e surtiu efeito, após roubada de bola do incansável Kieza, ele dividiu com o goleiro Danilo Fernandes e a bola sobrou para Marinho que num lindo toque de primeira por Cobertura fez o gol que daria os 3 pontos ao Leão. Após o gol o time da casa continuou bem, anulando o Inter e criando chances, Dagoberto acertou a trave depois de belo passe de Kieza em outras tentativas o time era parado com faltas, e o senhor Thiago Duarte sendo conivente, Paulão e Anselmo caçaram Marinho em campo e deveriam ter recebido tarjeta vermelha mas o arbitro contemporizou aplicando apenas amarelo.
No segundo tempo o colorado se lançou mais ao ataque mas parou na marcação do Vitória, o sistema defensivo esteve muito bem hoje, em apenas dois lances pontuais que o Inter teve a chance do empate, um no primeiro tempo quando Fernando Miguel furou o chute e o Sasha desperdiçou e no segundo quando a bola bateu em Ramon e sobrou para Aylon que sem goleiro chutou pra fora mas no geral, Fernando Miguel, Norberto, Ramon, Victor Ramos, Euller, Amaral e William Farias foram eficientes.
Por fim o Vitória ainda teve duas boas oportunidades de ampliar, primeiro Marinho recebeu de Kieza fez o giro e demorou de chutar, e no finzinho Marinho recebeu de Leandro Domingues num lindo contra ataque e ele lançou Kieza que tirou do goleiro e Paulão salvou milagrosamente se atirando na bola quando ela estava prestes a ultrapassar a linha. Fim de jogo Vitória 1×0 e 9ª colocação no brasileiro.
FERNANDO MIGUEL O capitão fez dua grandes defesas mas quase entrega o ouro numa furada de bola, no geral boa partida 7,0
NORBERTO Boa partida, justifica o porque da torcida o preferir na lateral direita, bom na marcação e timido no apoio mas dá consistência ao setor. 7,0
RAMON Partidaça, esta evoluindo, aprendendo a jogar série A, foi bem demais hoje. 7,5
VR3 Hoje foi consistente,mostrou pegada, não vacilou em momento algum. 7,5
EULLER Surpreendente, partidaça, marcou como nunca e apoiou bem as subidas de Marinho. 7,5
AMARAL Para mim destoou do time, erra muitos passes e ama marcar com o olho. 5,0
W.FARIAS O pilar da defesa, marca sozinho no centro do campo, um guerreiro os 90 minutos 9,0
FLAVIO Deu consistência ao sistema com maior marcação no meio, dando liberdade para Dagoberto e Marinho. 7,0
DAGOBERTO Uma boa partida, uma bola na trave e hoje correu, se movimentou, sofreu faltas, mostrou evolução, espera que cresça com o ritmo. 7,5
MARINHO Um monstro, acabou com a defesa do colorado, gol de inteligência e oportunismo, o motor de ataque do time. 8,5
KIEZA Brigador, valente, simbolo de raça e foi assim que nasceu o gol, me agrada sua postura dentro de campo. 7,5
MAICON SILVA Entrou para ajudar a segurar a onda pois Norberto cansou e conseguiu. 6,0
LEANDRO DOMINGUES O contra ataque que quase gera o segundo gol é o que esperamos dele, entrou aceso no jogo. 7.0
KANU Bom rever o negão na zaga do leão, reestreia pra segurar o placar. 6,0
VAGNER MANCINI Hoje foi inteligente quando sacou Vander,mudou o meio e deu consistência ao time, triunfo tático 8,0

 

FICHA TÉCNICA
Vitória x Internacional
Campeonato Brasileiro – sexta rodada
Local: Barradão, em Salvador
Data: 05/06/2016
Horário: 16h
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes:  Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP).
Cartões amarelos: Paulo, Anselmo, Jair,  Eduardo Sasha e Gustavo Ferrareis (Internacional); Willian Farias (Vitória)
Gol: Marinho (Vitória);
Vitória: Fernando Miguel; Norberto (Maicon Silva), Victor Ramos, Ramon e Euller (Kanu); Amaral, Willian Farias e Flávio; Dagoberto (Leandro Domingues), Marinho e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.
Internacional: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Anselmo (Jair), Andrigo (Aylon) e Gustavo Ferrareis; Eduardo Sasha e Vitinho (Alex). Técnico: Argel.
PS: Triunfo para celebrar o aniversario de 7 anos do blog LEÃO MINHA PAIXÃO no dia de hoje, isso mesmo o LMP nasceu dia 05 de Junho de 2009!

[VITÓRIA 1X1 ATLÉTICO MG] Leão e galo ficam em empate na fonte


 

VITÓRIA X ATLÉTICO MG

O Vitória ficou no empate contra o Atlético MG na Fonte Nova e agora ocupa a 10ª colocação na classificação do campeonato brasileiro serie A 2016. O Leão saiu atrás do placar e teve que se superar para chegar ao empate, teve até chances de virar a partida e sair com os 3 pontos mas desperdiçou e viu dois pontos escaparem nesse inicio embolado da competição.

O time de Mancini começou bem e teve chances com Diego Renan que carimbou a trave e Kieza que ficou travado na zaga e com tapinha de Victor para impedir a abertura do placar. Com o desenrolar da partida o galo foi ficando perigoso e passou a se aproveitar da maior posse de bola pra levar perigo ao gol de Fernando Miguel que fazia defesas importantes e quando o desenho era 0x0 para o final do primeiro tempo, eis que uma falha de marcação da defesa e um frango de Fernando Miguel, Patric recebeu o “passe” de Marcos Rocha na cobrança de escanteio e fez o gol que selou a 1ª etapa Vitória 0x1 Atlético MG.

No segundo tempo Mancini tirou logo de cara Deivid e Leandro Domingues para entrada de Dagoberto e Flavio e o rubro negro cresceu e passou a buscar o empate, a medida que o tempo passava o leão buscava o gol e o galo passou a se defender e buscar o contra ataque. E quando Mancini tirou Vander e colocou Alipio o time cresceu ainda mais e chegou ao empate num lançamento primoroso de Victor Ramos para Kieza, de VR3 para K9 que matou no peito e balançou a rede num toque na saída de Victor. 1×1 e cântico na arquibancada: ACABOU O CAÔ O K9 CHEGOU, O K9 CHEGOU!

Após o empate o Vitória cresceu e foi pra cima e teve uma chance impar numa falha de Victor que socou errado e a bola caiu no pé do jogador do Vitória que chutou e o zagueiro salvou com a bola indo ao gol, sem goleiro. Fim de jogo 1×1 e pelos 20 minutos finais ficou até um gosto amargo pelo resultado.

FERNANDO MIGUEL: Pegou muito e apesar da falha, fez uma boa partida com defesas difíceis. 7,5

MAICON SILVA: Sem ritmo sentiu um pouco o jogo mas surpreendentemente cresceu no segundo tempo 6,0

RAMON: Boa partida vem voltando a mostrar segurança, tá se adaptando a série A 6,5

VR3: Que lançamento lindo, bela assistência e esta se entendendo melhor com Ramon, começou vacilando mas depois se encontrou no jogo 7,5

DIEGO RENAN: Foi uma avenida, Marcos Rocha e Hyuri caíram em sua costas e criaram muito, cresceu no segundo tempo com o auxilio de Dagoberto e Flavio. 5,0

AMARAL: Correu muito mas precisa ser mais preciso nos botes, em alguns momentos erra passes que complicam. 6,0

WILLIAM FARIAS: Crescendo a cada partida, joga muito, importante por esquema e pro time, carregador de pianos. 7,5

LEANDRO DOMINGUES: Sumido, só apareceu para levar cotovelada e só! 3,0

DEIVID: Segurou demais a bola e errou muito, desperdiçou muitos lances de contra ataque por preciosismo. 4,0

VANDER: Mancini já chega de Vander pelo amor de Deus. Horroroso 3,0

KIEZA: Brocou mais um mas perdeu duas outras ótimas chances, esta em crescimento mais solto pela ponta esquerda caindo pro centro. 8,0

DAGOBERTO: Ainda estav fora da forma ideal mas o time cresceu com sua entrada, tem que ter sequência. 7,0

FLAVIO: Entrou e ajudou na marcação, foi importante no esquema e ajudou no empate 7,0

ALIPIO: Mostra que é jogador de entrar durante o decorrer do jogo, fez fumaça, apertou a defesa do galo e oLeão chegou ao gol. 7,5

VAGNER MANCINI: Sem Marinho e Norberto escalou o melhor que tinha sem improvisações mas evidente que o elenco é limitado, mudou a postura no segundo tempo e time empatou. 7,0

FICHA TÉCNICA
Vitória x Atlético-MG
Campeonato Brasileiro – 4ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 29/05/2016
Horário: 16h
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (Asp.Fifa-MS) e Ivan Carlos Bohn (CBF-PR)
Cartões amarelos: Diego Renan, Maicon Silva, Amaral, Willian Farias (Vitória) / Rafael Carioca, Lucas Cândido, Carlos, Capixaba (Atlético-MG)
Cartões vermelhos:
Gols: Kieza (Vitória) / Patric (Atlético-MG)
Vitória: Fernando Miguel;  Maicon Silva, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Willian Farias, David (Dagoberto) e Leandro Domingues (Flávio); Vander (Alípio) e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.
Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Tiago, Edcarlos e Lucas Cândido; Rafael Carioca, Leandro Donizete e Patric; Pablo (Júnior Urso), Carlos (João Figueiredo) e Hyuri (Capixaba). Técnico: Marcelo Oliveira

Assista aos melhores momentos e vejas as fotos de VITÓRIA 3X2 CORINTHIANS


 

 

CAPTURAS DE TELA

 

 

[Vitória 3×1 Portuguesa] Leão classificado para enfrentar o Cruzeiro


 

 

Mesmo sem apresentar um bom futebol o Vitória venceu a Lusa no Barradão e se classificou para terceira fase da Copa do Brasil onde enfrentará o Cruzeiro em jogo de ida e volta com ordem de mandos definidas por sorteio na CBF.

Mancini teve trabalho, e seu time deu muitos sustos ao torcedor presente no estádio Manoel Barradas, em especial quando sofreu um gol e precisava virar a partida para obter a classificação mas time demonstrava dificuldades em criar.

O Vitória chegou ao gol após jogada de Leandro Domingues que resultou em pênalti que Diego Renan bateu e fez finalizando o primeiro tempo empatada em 1×1.

Vagner Mancini não mudou ninguém no intervalo apesar do mal futebol e do resultado adverso, e até que deu certo logo no inicio da etapa final o Leão chegou ao segundo gol com Marcelo após rebote do goleiro em cabeçada de Kieza. Vitória 2×1 Portuguesa e agora o rubro negro estava se classificando.

Com placar adverso pela primeira vez o time paulista teve que se abrir e buscar o jogo e com isso deu mais espaços, e foi num desses espaços que o time da casa aproveitou o contra ataque e após lançamento Kieza dominou na área e bateu meio mascado mas o suficiente para vencer o goleiro e balançar a rede.Vitória 3×1 Portuguesa e classificação selada para terceira fase onde enfrenta a celeste.

[BAVI-BAHIA 1X3 VITÓRIA] O leão mostra mais uma vez quem manda na Fonte Nova!


bahia 1x3 VITÓRIA BAVI

O Vitória continua a passear na Arena Fonte Nova, não importa o quanto os torcedores e até jogadores do rival vociferem os números mostram quem é o verdadeiro dono do estádio, mais um triunfo e o rubro negro passa 2015 invicto nos clássicos 2 triunfos e 1 empate e o 3×1 de hoje ainda sacramentou a 100ª partida de Vagner Mancini comandando o Leão em 3 passagens pelo clube.

O BAVI

Estádio lotado, festa nas arquibancadas e aos 15 segundos gol do Bahia num vacilo total de todo o time do Vitória que ainda não havia percebido que o arbitro já havia iniciado a partida, bola tocada de pé em pé, marcação frouxa e Kieza apareceu livre para fazer Bahia 1×0. A unica coisa que não deveria ocorrer, o único fator  que poderia tirar o triunfo do Vitória era realmente sofrer um gol logo no inicio mas o time foi maduro e conseguiria reverter.

Com 1×0 no placar o rubro negro parecia nervoso, errava muitos passes e não conseguia criar, era o momento do rival aproveitar mas eles adotaram uma postura errada e custou caro, ao tentar buscar os contra ataques o Bahia levou o leão ao ataque, porém foi num contra ataque fulminante que Escudero empatou o jogo aos 28 minutos do 1º tempo, a jogada foi iniciada pelo próprio argentino que recebeu antes do meio e tocou rápido e avançou por trás da defesa para pegar o rebote de Douglas Pires, após conclusão de Elton no lançamento de Diogo Matheus, 1×1 e o domínio do Vitória começa a ficar mais claro.

Finalzinho do segundo tempo e o lance que definiu completamente a partida, Kieza meteu a mão na bola e fez o gol, bem anulado por Leandro Pedro Vuaden que aplicou o segundo cartão amarelo e expulsou o camisa 9 do Bahia, confusão em campo, muita reclamação e parece que nos vestiários  da fonte a coisa ficou quente e isso desestabilizou ainda mais o rival.

O Vitória com um a mais voltou soberano para o segundo tempo, comandava as ações e buscava o gol e após cobrança de escanteio de Escudero a bola foi cabeceada na área e ficou livre para Rhayner que chutou estranho mas marcou o segundo, Bahia 1 x 2 Vitória. Tudo que o Vitória queria, com placar e quantidade numérica vantajosa, o leão passou a administrar e só não sacramentou logo por que o bandeira anulou corretamente o gol de Elton de cabeça.

O Bahia até que tentava mas esbarrava em Ramon e Gatito e nesse momento Mancini já percebendo a queda de rendimento fez mudanças na equipe para garantir os 3 pontos e quando parecia que o Vitória não tinha mais pretensões, tocando a bola pro lado e pro outro, eis que Diego Renan toca para Elton que lindamente fazo pivô e de calcanhar toca na entrada da área o lateral do Vitória dá um chutaço que toca na trave e morre no fundo das redes sacramentando o triunfo do Vitória.

Após o terceiro, a expectativa era de mais gols e mais uma goleada na Arena, porém o rubro negro não estava com tanto apetite e fez apenas gastar o tempo como rival fragilizado em campo e a torcida de 4 mil rubro negros calando 33 mil tricolores na Arena FONTE NOSSA!

O vitória diminuiu para 4 pontos a distância para o Botafogo na briga pelo título, aumentou a distância para o quinto colocado o próprio Bahia em 5 pontos e terá mais duas partidas em casa para consolidar o retorno a primeira divisão.

 

SÉRIE B – 29ª RODADA
Bahia 1 x 3 Vitória
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Horário: 16h30
Gols: Kieza, Escudero, Rhayner e Diego Renan
Cartões amarelos: Amaral, Diogo Mateus e Ramon (Vitória). Kieza, Maxi, Tiago Real e Yuri (Bahia)
Cartões vermelhos: Kieza
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
Assistentes: Marcelo Bertanha Barison e Carlos Henrique Selbach
Bahia: Douglas Pires; Railan, Robson, Gustavo e João Paulo; Yuri, Paulinho Dias (Souza), Tiago Real e Eduardo(João Paulo Penha); Maxi Biancucchi e Kieza. Técnico: Sérgio Soares
Vitória: Gatito; Diogo Mateus, Kanu, Ramon e Diego Renan; Amaral, Pedro Ken, Vander, Rhayner (David) e Escudero (Jorge Wagner); Elton. Técnico: Vagner Mancini.

FOTOS DOS MELHORES MOMENTOS DO BAVI, VITÓRIA 2X1 BAHIA


48013_189161064567526_667562567_n 65672_189157434567889_725415581_n 217421_189160081234291_491791921_n 217483_189194974564135_1407424754_n 229184_189161837900782_1985480175_n 320765_189194977897468_439023566_n 374713_189396481210651_1410501744_n 428486_189193311230968_597118657_n 482538_189176314566001_893729943_n 603659_189161047900861_1815050896_n 644590_189193457897620_35925798_n 922890_189181481232151_1336982472_n 923293_189161841234115_2037899597_n 933984_189157421234557_1169017767_n 941765_189369871213312_1196714838_n 942007_189192497897716_432192899_n 942082_189181491232150_2021492461_n 943018_189127184570914_1523927383_n 945117_189193477897618_1349564137_n 945420_189193807897585_1741694461_n 947391_189193801230919_1599460510_n