[VITÓRIA 5X1 MIXTO] Como tem que ser no Barradão!


vitoria 4 x 1 mixto

Afirmei no texto pré-jogo, Caiu na Toca é Pau! E tem que ser mesmo, tem que se impor tem que mostrar que é time grande, lançar a pressão nos adversários e não dar chance qualquer de um resultado que não seja o triunfo rubro negro. Essa de Claudio Adão cantar de galo e de tvezinha de Salvador que fica dando ibope a esse tipo de situação inclusive usando a Arena Fonte Nova (PERDÃO, DIGO ARENA 51) tem que ser respondida assim, desta forma, sem maiores delongas.

O Leão teve uma boa atuação, pressionou como era esperado, e a equipe do Mixto tentou se defender e segurar o resultado como pode, e o grande destaque do time foi o camisa 10 Marquinhos, o jogador foi realmente o mastro do time, chamou a responsabilidade e deixou os companheiros na cara do gol. Já Dinei desencantou, marcou duas vezes e tirou um peso das costas, mas mesmo assim ainda perdeu gols inacreditáveis.

Escudero marcou de pênalti mas esta devendo, faltou futebol ao gringo, aliás eu acho que o esquema favorece muito o lado direito e o camisa 11 acaba isolado e sem grandes opções, temos Nino,Luis Alberto, Marquinhos, e Biancucchi caindo pelo setor direito e ninguém fecha na esquerda, isso mostra um desequilibro no esquema.

Deola: Fez uma boa exibição, boas defesas 7.0

Nino: Procurou bem as jogadas, fez boa aproximação com Marquinhos. 6,5

Gabriel: Fez uma boa partida, conseguiu anular muitas vezes os atacantes 7.0

Victor Ramos: Falta marcar os gols do ano passado, mas lá atrás é o homem de confiança da defesa 7.5

Mansur: Apoio bem em algumas oportunidades e não teve problemas na defesa. 7.0

Michel: Parece que estar acordando, fez uma boa partida. 7.0

Luis Alberto: Sai muito bem para o jogo, e conseguiu marcar bem. 7.0

Escudero: Marcou seu gol, mas tem futebol para muito mais, esta isolado na esquerda. 6.5

Marquinhos: O maestro, jogou muito, ditou o ritmo da partida. 10.0

Biancucchi: O gringo é buliçoso, parte para cima e se movimenta bem, não marcou gol, mas foi importante com a penalidade sofrida. 7.5

Dinei: Desencantou, dois importantes gols para tirar a pressão, espero que agora ele renda o esperado, pois anda perdendo gols inacreditáveis. 8.0

Marcos: Entrou bem e conseguiu dar continuidade a pressão pelo lado direito junto com Marquinhos e depois com Vander. 7.0

Vander: Outro golaço, esta mostrando capacidade para vestir o manto. 7.0

Lucio Maranhão: Sem tempo para apresentar seu futebol.

O Vitória se classificou e agora espera o vencedor de Salgueiro e Boa Esporte na segunda fase!

FICHA TÉCNICA
Copa do Brasil
Vitória 5 x 1 Mixto 
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).
Data: terça-feira, 16 de abril.
Horário: 19h30.
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (SE).
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (SE) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE).
Gols: Dinei (2), Escudero, Vander, Marquinhos (Vitória); Geovane (Mixto)
Vitória: Deola; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Mansur; Michel, Luís Alberto, Marquinhos e Escudero; Maxi Biancucchi e Dinei. Técnico: Caio Júnior.
Mixto: André; Marcos, Soares Júnior, Kall (Odaiu) e Jorginho; Natan, Kiko (Gean), Vítor e Robinho; Felipe Adão (Marcley) e Jeovani. Técnico: Cláudio Adão.

[AMÉRICA-RN 1X2 VITÓRIA] Vitória estreia vencendo de virada com time de “reservas de luxo”


AMÉRICA-RN X VITÓRIA 2

O Vitória começou com o pé direito a temporada 2013, o penta campeão nordestino, venceu fora de casa de virada à equipe do América de Natal mesmo não fazendo uma grande partida e sem contar com boa parte dos reforços contratados para o ano.

O Leão entrou em campo no esquema 4-3-1-2 com Arthur Maia sendo o homem de ligação mas jogando invertido na direita e Marquinhos na ponta esquerda com Nicacio isolado no ataque, só que isso não deu resultados, Maia até começou bem mas sem um apoio de qualidade, já que Léo não acertava um passe e sem aproximação logo caiu de rendimento na partida, Michel, e Mancha foram outros que nada acertaram e para completar logo no inicio o América marcou após um vacilo completo da defesa do Vitória que teve Fabricio improvisado na esquerda.

No intervalo Caio JR mexeu, e mexeu muito mal, tirou erroneamente Arthur Maia, para entrada certa de Lúcio Maranhão, era para sair Mancha, e entrou Dimas em lugar de Léo, realmente o lateral direito esteve muito mal, assim como o lateral esquerdo improvisado Fabricio mas a mudança não era essa, porém mesmo assim o time voltou melhor e logo no inicio empatou com Marquinhos após chute de Lúcio Maranhão e rebote que caiu no pé do camisa 11 que marcou.

O time do América não tentava nada e o Vitória parecia estar satisfeito com o resultado, um grande exemplo disso foi a falta de ataque de ambas as equipes e a substituição de Caio colocando Reniê em lugar de Fabricio e formando um time com 3 zagueiros. Porém num lance em que o melhor em campo Marquinhos cobrou perfeitamente o escanteio, Nicacio marcou de cabeça e selou o gol do triunfo dos reservas de luxo do Vitória.

FICHA TÉCNICA

Campeonato do Nordeste 

América-RN 1 x 2 Vitória

Estádio: Nazarenão, em Goianinha (RN)

Data: 20/01/2013

Árbitro: Avelar Rodrigo da Silva (CE)

Auxiliares: Thiago Gomes Brigido (CE) e Carolina Romanholi Melo (CE)

América-RN: Dida; Norberto, Edson Rocha, Rodrigão e Renato Potiguar (Fernandes); Jérson (Índio), Daniel, Fabinho e Netinho; Cascata (Tatu) e Rico. Técnico: Roberto Fernandes.

Vitória: Deola; Léo (Dimas), Gabriel Paulista, David Braz e Fabrício (Reniê); Rodrigo Mancha, Michel, Mineiro e Arthur Maia (Lúcio Maranhão); Marquinhos e Marcelo Nicácio. Técnico: Caio Júnior.

RESULTADOS DA PRIMEIRA RODADA DA COPA DO NORDESTE 2013

cnef

Contratações

De acordo com Raimundo Queiroz o Vitória chegou há um acordo com Herrera, e Escudero e um representante do clube irá viajar para assinar o contrato com os atletas e confirmar as contratações,

Podemos contratar um lateral esquerdo ainda, mas vamos aguardar primeiramente a chegada de Mansur e ver o que Caio acha do potencial dele.

Sobre Victor Ramos, Alexi Portela disse que negociou pessoalmente com o jogador e aguarda agora só a liberação do Standard Liedge da Belgica.

 

ARENA FONTE NOVA

Alexi Portela confirma que o Vitória irá mandar o BAVI na Arena Fonte Nova, o público será dividido com o rival nos dois BAVIs do Campeonato Baiano.

classificac3a7c3a3o-da-sc3a9rie-b-2012-a21

[ASA 2X3 VITÓRIA] Com sustos, mas o triunfo prevaleceu.


O Vitória chegou há mais um triunfo na série B 2012 e aguarda o fechamento da rodada para saber se é o novo líder da competição, a sua parte já foi feita, agora é torcer pela derrota do Criciúma para o ABC em Natal.

Jogando como a torcida gosta, assim começou o rubro-negro indo para cima dos donos da casa e pressionando como se estivesse no Barradão, aos 8 minutos Pedro Ken com a sua visão além do alcance(Lion do Thundercats), observou a corrida de Marquinhos e lançou a bola em profundidade, o camisa 11 que retornou ao time titular tirou o goleiro e marcou o primeiro do Vitória fazendo 1×0.

Mesmo com tantos desfalques o brioso não sentiu dificuldades e dominou o time do ASA no primeiro tempo, e só não ampliou por que Nicácio ainda não está em boa forma física. No segundo tempo o Leão começou arrasador e justificou a superioridade da primeira etapa. Novamente ele Pedro Ken cobrou uma falta com rapidez e inteligência e Nino soltou um torpedo, Vitória 2×0 e maior tranquilidade. Pouco tempo depois ainda comemorava o gol, quando o Vitória marcou o terceiro com Victor Ramos de cabeça, aí era só comemorar.

Porém foi justamente aí que os sustos começaram, 20 minutos e o Vitória vencia para 3×0, lançamento na área e a defesa fica assistindo o jogador pular no meio da área e marcar o gol. O que parecia ser apenas o gol de honra, chegou a assustar e lembrar aquele jogo contra o Goiás, isso porque 3 minutos depois em novo vacilo da defesa, o ASA chegou ao segundo gol e aí amigo, foi um verdadeiro Deus nos acuda, pressão dos donos da casa e contando os minutos para o jogo acabar, o alvinegro ainda teve um jogador expulso e com isso o Leão retomou o domínio da partida, e teve até mais duas chances para ampliar o resultado que terminou com ASA 2X3 VITÓRIA.

Um ótimo resultado, o Leão justificou a fama de melhor visitante da série B, e o melhor, abriu uma vantagem de 6 pontos  para o 5º colocado. O Time começou com um volume muito bom e a marcação bem ajustada, um equilíbrio nos setores e pressionando o adversário, essa é a postura que queremos ver, infelizmente a condição física de Nicácio e Marquinhos não eram as melhores, pois poderíamos ter um melhor desempenho, é preciso corrigir as oscilações que com isso seremos o Campeão da série B com certeza.  No próximo jogo o Vitória não contará com o goleiro Douglas suspenso pelo terceiro cartão amarelo, mas tem o retorno do artilheiro do Brasil Neto Baiano, o jogo será contra o Atlético PR em Paraná.

Ficha técnica – ASA 2×3 Vitória
11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Local: Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca-AL.
Data: Terça-feira, 17 de julho.
Horário: 19h30.

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).
Auxiliares: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Victor Oliveira Cruz (SE).

Gols: Lúcio Maranhão e Roberto (aos 20 e aos 23 minutos, respectivamente) para o ASA; Marquinhos, Nino Paraíba e Victor Ramos (aos sete minutos do primeiro tempo, aos quatro e aos 15 do segundo, respectivamente) para o Vitória.

Cartões amarelos: Gaúcho e Fabiano (ASA); Douglas (Vitória).

Cartão vermelho: Gabriel (ASA).

ASA: Gilson; Gabriel, Gaúcho (Danilo Cruz), Fabiano e Chiquinho; Cal, Elvis, Lucas (Geovane), Valdívia (Maranhão) e Roberto Jacará; Lúcio Maranhão. Técnico: Heriberto da Cunha.

Vitória: Douglas; Nino, Victor Ramos, Gabriel e Dener; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Leílson (Eduardo Ramos); Marquinhos (Willie) e Marcelo Nicácio (Tartá). Técnico: Paulo César Carpegiani.

Douglas: Foi muito bem, fez boas defesas, saídas de gol e garantiu o triunfo, Nota 7,5

Nino: Um monstro, correu muito e marcou um golaço Nota 8,0

Victor Ramos: Está se especializando em fazer gols, mais um na conta e foi bem na defesa: Nota 8,0

Gabriel: Esteve muito bem também, vacilou junto com todos no gol do ASA. Nota 7,5

Dener: Uma boa estreia, marcou com eficiência, sofreu um pouco no final do jogo com o time saindo nas costas dele, mas resistiu bem a pressão, quero ver a sua continuidade. Nota 7,0

Uelliton: Bom jogo, mas precisa caprichar no passe de bola, assustou em duas oportunidades, como sempre um guerreiro em campo. Nota 7.0

Michel: Marca muito e saí bem para o jogo, é o grande parceiro de Uelliton: Nota 7,5

Pedro Ken: É  um maestro em campo, marca muito e saí fácil para o jogo, coloca a Vitória na conta dele. Nota 10,0

Leílson: Não repetiu a boa atuação do ultimo jogo, mas não complicou, o garoto tem muito futuro. Nota 6,5

Marquinhos: É um talento nato, marcou um golaço e colocou pressão em Carpegiani e em Tartá. Nota 7,5

Marcelo Nicácio: Sentiu muito a falta de ritmo e o condicionamento físico irregular, mas foi aquele jogador que pelo menos buscou fazer a sua função e segurou a defesa adversaria. Nota 6,0

Ricardo Silva/Carpegiani: Colocou o melhor que tinha em campo e o time foi bem, venceu mais uma fora de casa e substitui coerentemente. Nota 9,0

Qual o Vitória que entrará em campo?


A semana esta bem movimentada na Toca do Leão, e sem duvida alguma a pergunta mais proferida é: Qual o Vitória que entrará em campo? Não é um questionamento simplesmente relacionado aos 11 titulares, até já sabemos que haverá substituições importantes, mas no tocante a postura da equipe em campo, o Vitória do primeiro tempo, ou do segundo em Goiânia?

Os retornos de Nino, Mansur, Douglas e Uelliton animam bastante e faz com que aumente a esperança de que o primeiro tempo contra o Goiás seja a tônica dos 90 minutos contra o Avaí, pelo menos o pensamento dos atletas tem sido o melhor possível. Pedro Ken afirmou que o Vitória tem que pensar na liderança, e que abriga não é somente para subir, mas para ser campeão, e que por isso o Avaí precisa pagar o pato e com isso todo o trabalho do Vitória na série B, volte a ser valorizado.

Os atletas não escondem a decepção e Neto Baiano foi outro que afirmou ser necessário apagar a péssima impressão da ultima rodada. Já Carpegiani busca nos reforços achar o equilíbrio do time que já demonstra um padrão tático, mas que oscila muito dentro de uma mesma partida, o time deve formar com: Douglas, Nino, Gabriel, Victor Ramos, Mansur, Uelliton, Rodrigo Mancha, Pedro Ken, Tartá, Marquinhos e Neto Baiano no clássico esquema 4-4-2 variando no jogo para o 4-4-1 e ou 4-4-3 dependendo da movimentação de Marquinhos e Tartá que oscilam entre o meio campo e o ataque.

Uma coisa é fato, para conseguir superar o trauma, o Vitória precisará muito do apoio incondicional da sua torcida guerreira, a nação rubro-negra tem que ir ao Barradão, e precisa gritar, aplaudir e empurrar o Leão da Barra rumo ao triunfo e a importante permanência no G4 do brasileirão.

Mais uma vez quero ressaltar o pacto, você apoia, a gente lota, Vitória ganha.

SRN

PS: Participe do nosso grupo no facebook, em breve novidades:https://www.facebook.com/groups/259704767429855/

PS2: Siga no twitter: @valmerson

PS3: Curta a nossa fã page: https://www.facebook.com/leaominhapaixao

RELACIONADOS PARA VITÓRIA X AVAÍ

Antes mesmo de terminar o treinamento coletivo no CT Manoel Pontes Tanajura, o técnico do Vitória, Paulo César Carpegiani, divulgou a lista dos jogadores relacionados para a partida do próximo sábado, dia 30, contra o Avaí, no estádio Manoel Barradas, pela oitava rodada da Série B.
A grande novidade na lista foi a presença do jovem Willie, revelado nas divisões de base do clube. Outra surpresa foi o volante Mineiro, esquecido no elenco nos últimos meses.
Confira a lista:
Goleiros: 
Renan e Douglas
Laterais: Nino Paraíba, Wellington Saci e Mansur
Zagueiros: Rodrigo, Gabriel e Victor Ramos
Volantes: Rodrigo Mancha, Uelliton, Ananias e Mineiro
Meias: Willie, Eduardo Ramos, Tartá, Pedro Ken e William
Atacantes: Neto Baiano, Marquinhos e Marco Aurélio

[BOA ESPORTE X VITÓRIA] Vencendo o sobrenatural para não ser Abduzido


Forças ocultas, seres extraterrestres e muito mistério. O Vitória enfrentará o time do Boa Esporte na cidade mineira de Varginha, o local ficou conhecido  nacionalmente por matérias sobre supostas aparições  de ETs e o Leão vai ter quer superar o além e voltar com os 3 pontos para Salvador.

Para vencer a segunda fora de casa o rubro negro terá que superar desfalques, Além de Pedro Ken e Arthur Maia o time não contará, com Michel suspenso, Eduardo Ramos e Dinei machucados e Geovanni que ao que tudo indica esta em processo de desligamento. É Carpegiani, os ETs abduziram seu elenco e agora? Na lateral, Léo ganha a titularidade do improvisado Gabriel, e no meio, Uelliton é titular da posição e por isso substitui naturalmente o camisa 05, os problemas começam daí para frente, Lúcio Flavio e Rildo Foram liberados, Pedro Ken e Arthur Maia ainda se recuperam de lesão e Geovanni estranhamente não foi relacionado, a solução foi convocar o MIB(HOMENS DE PRETO) para trazer de volta Xuxa e Adailton, isso mesmo, Xuxa será titular e Adailton ficará no banco no lugar de Dinei, as coisas começaram tenebrosas, só faltava ser uma sexta feira 13.

Passada as questões sobrenaturais, o Vitória encerrou a preparação para o jogo e foi definida pelo treinador, o objetivo da equipe é recuperar os pontos perdidos na ultima terça em casa contra o América RN e com isso entrar no G4.

O Boa tem apenas um desfalque para a partida, o zagueiro Welton Felipe recebeu o 3º amarelo e não enfrenta o Vitória, para o seu lugar o treinador Sidney Moraes chamou o Neylor, ele e Gabriel comentaram que precisam antecipar as jogadas para conseguir parar o artilheiro do Brasil Neto Baiano.

É amigos Maquinhosmith e Tome Lee Neto Baiano Jones estão prontos para exterminar as ameaças de outro mundo, o mandamento no Vitória é não vacilar e brincar com as forças do além, aproveitar a chance e de uma vez por todas acabar com as ameaças dos ETs que buscam de qualquer maneira surpreender a terra do ludopédio.

FICHA TÉCNICA:

BOA ESPORTE X VITÓRIA

SEXTA FEIRA 08/06/12 ÀS 21:00

ESTADIO MUNICIPAL DE VARGINHA(MG)

VITÓRIA: Douglas, Léo, Victor Ramos, Rodrigo, Wellington Saci, Uelliton, Rodrigo Mancha, Xuxa, Tartá, Marquinhos, Neto Baiano

TÉCNICO:PAULO CESAR CARPEGIANI

BOA ESPORTE: Max, Maicon, Gabriel, Neylor, Radar; Claudinei, Radamés, Olívio, Jajá, Vanger, Marcelo Macedo

TÉCNICO:SIDNEY MORAES

[VITÓRIA 4X0 IPATINGA] Como tem que ser no Barradão


No texto da quinta feira aqui no blog eu já dizia que o Vitória tinha que entrar em campo hoje e atropelar, não se tratava de menosprezar o Ipatinga, mas de fazer reviver a fama do rubro negro nos seus domínios, o leão rugiu alto em sua selva e não tomou conhecimento da presa, que indefesa só fez agonizar e esperar que o sofrimento acabasse.

É isso que tem que ocorrer, como nas antigas lutas do lendário Mike Tison onde o combate era vencido antes mesmo de entrar no ringue, era sempre no olhar após a pesagem que o pugilista estraçalhava o moral dos seus oponentes e quando eles subiam no campo de batalha era apenas para tentar apanhar pouco e buscar evitar o nocaute, pois a derrota era sempre eminente. Assim sempre foi o Vitória no Manoel Barradas,  mas ultimamente esta mística estava sendo desfeita e eu afirmei que o Vitória teria que ganhar, golear, massacrar e convencer e foi o que ocorreu, nossos inimigos devem entrar no Barradão sempre com o pensamento de que o objetivo é perder de pouco, e logo no inicio o Vitória mostrou isso ao Ipatinga.

Vamos ao Jogo

O Vitória teve um inicio como deve ser em casa, simplesmente arrasador, o time foi para cima pressionando a saída de bola e sufocando o adversário que estava retraído em campo, logo aos 4 minutos o esforço deu certo, Neto Baiano lançou Eduardo Ramos que cruzou na área para Marquinhos abrir o placar, festa rubro negra  no Barradão. Quem esperava uma tentativa de reação dos mineiros viu o brioso em cima e sem dar oportunidades e logo aos 8 minutos o volante da Ipatinga bobeu e perdeu a bola para Tartá que avançou e marcou o segundo dando grande tranquilidade no jogo.

Um Vitória muito mais organizado em campo, tocando a bola e marcando no campo adversário e por mais que o Ipatinga tentasse reagir era o Vitória que criava as melhores oportunidades de marcar, em uma delas Neto Artilheiro do Brasil Baiano quase marca de letra, após este lance, como é normal o time segurou o jogo até o fim do primeiro tempo.

Após o intervalo eu esperava um Vitória administrando o placar, mas não foi isso que aconteceu 2 minutos e a zaga vacila, Neto Baiano aproveita e marca seu gol de numero 33 no ano e segundo na série B 2012, após o gol que esfriou qualquer tentativa de reação adversaria o Leão se retraiu e procurou jogar nos contra ataques, o Ipatinga até tentou assustar mas só conseguiu isso em duas falhas do zagueiro Rodrigo, pois que conseguia mesmo construir as jogadas e levar perigo era o Vitória.

Carpegiani mudou, entrou Geovanni no lugar de Eduardo Ramos(partidaça diga se de passagem) e Dinei no lugar de Neto Baiano e no primeiro lance do suplente de Neto em campo ele marcou um belo gol e deu números finais a partida, Ananias ainda entrou no lugar de Michel para segurar o resultado e poupar o volante que estava voltando de contusão.

É isso aí amigos, o Leão agora tem que repetir o feito na terça feira no Barradão e chegar ao g4 do brasileirão.

SRN

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 4 X 0 IPATINGA
Campeonato Brasileiro 2012 – 1º turno (4ª Rodada)

Data 2 de junho às 16h20
Local Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA)
Gols 1º tempo
Marquinhos, aos 4min, e Tartá, aos 8min
Gols 2º tempo
Neto, aos 2min, e Dinei, aos 34 min
Árbitro Ítalo Medeiros de Azevedo (RN/CBF)
Assistentes 1 – Luiz Carlos Câmara Bezerra (RN/CBF) 2 – Lorival Candido das Flores (RN/CBF)
Cartão amarelo
Mansur (Vit), Everton e Leanderson (Ipa)

Público: 7 mil e 379 pagantes  Renda: R$74.015,00

VITÓRIA:Douglas; Gabriel, Victor Ramos, Rodrigo Costa e Mansur; Michel (Ananias), Rodrigo Mancha, Eduardo Ramos (Geovanni) e Tartá; Marquinhos e Neto (Dinei)
Técnico: Paulo César Carpegiani

IPATINGA:Bruno; Gasparetto, Azevedo (Everton) e Pedrão; Ruy (João Neto), Leanderson, Leandro Brasília, Wellington Bruno e Chiquinho; Tiago Pereira e Márcio Diogo (Djavan)
Técnico: Ney da Matta

[Bahia 3×3 Vitória] Não faltaram raça, amor e paixão!


Parabéns Esporte Clube Vitória pelos seus 113 anos, parabéns a cada um dos jogadores que entraram em campo hoje e foram guerreiros, vocês honraram o manto e por falar de guerreiros, quero parabenizar aos 3 mil leoninos que estiveram no nosso parquinho metropolitano, vocês me enchem de orgulho, aos 3  milhões e meio de torcedores do Vitória fica aqui o meu obrigado, é um prazer torcer ao lado de vocês.

Perdemos o título, mas ao contrario do ano passado, para mim o Vitória esta no caminho certo, o time tem jogadores de qualidade e Ricardo Silva encontrou um bom esquema de jogo, é preciso que a diretoria cumpra a sua palavra e reforce o elenco que aí vamos brigar pelo título do campeonato brasileiro e da Copa do Brasil, agora quero falar um pouco do jogo.

Meus amigos que jogo foi este? Uma bela partida de futebol hoje no nosso parquinho metropolitano, o Vitória entrou mal escalado e eu disse isso no texto pré-jogo, para mim Marquinhos sem condições de jogo deveria começar no banco e Geovanni deveria continuar como titular, mas a pressão da imprensa corrompida baiana foi grande e Ricardo Silva cometeu seu único erro na tarde de hoje.

O Vitória começou em cima e conseguiu brocar logo no inicio com um cruzamento lindo de Victor Ramos e um golaço de Neto Artilheiro do Brasil Baiano, quem esperava maior tranquilidade, viu o Vitória vacilar incrivelmente no lance seguinte e levar o empate numa jogada batida do Bahia, Gabriel levanta a bola e alguém arremata, desta vez Fahel recebeu livre para bater forte e contar com a falha de Douglas que não fechou bem o ângulo, após o gol o Bahia cresceu e o Vitória se perdeu em campo, e aos 46 outra bola lançada e Douglas vacilou feio e a bola entro direto, virada do Bahia em Pituaçu, ao Vitória só restava vim para o segundo tempo e tentar a virada histórica.

Ricardo Silva tirou Marquinhos acertadamente e colocou Dinei, o Vitória foi para cima e após escanteio o jogador do Vitória foi derrubado pênalti que Neto Baiano cobrou com maestria e empatou o jogo, o Leão acordou e foi para cima. Contra ataque rápido e a bola fica com Tartá que foi derrubado na área o juiz da a vantagem e Pedro Ken cruza milimetricamente para Dinei marcar o gol da virada e o que seria o gol do título.

O jogo estava franco e aberto e quando Neto Baiano saiu eu sinceramente me preocupei, Geovanni entrou para cadenciar o jogo e tentar arrematar no contra ataque, mas quem chegou ao gol foi o Bahia, após a terceira cobrança de falta  na área o jogador do Bahia cabeceia e Douglas rebate para pequena área, Diones pega a sobra e marca o gol do empate e do título do Bahia, é verdade que o Vitória ainda foi pra cima e Rodrigo Mancha e Pedro Ken por duas vezes tiveram a chance de brocar, mas ficaram nas defesas milagrosas de Marcelo Lomba, por fim o esporte é assim mesmo, nós que estamos acostumados com as taças, temos que parabenizar o rival pelo seu título após 11 anos de puro jejum, agora resta ao Vitória vencer a Copa do Brasil e a série B do Brasileiro e espero em Deus que isso vai acontecer.

PARABÉNS ESPORTE CLUBE VITÓRIA!

DOUGLAS: Foi mal hoje, sentiu a pressão e falhou quando não podia. Nota 4.0

ROMÁRIO: Estava bem indo para cima, se contundiu muito cedo.

RODRIGO: Foi valente, mostrou raça, mas vacilou no terceiro gol.  Nota 7.0

VICTOR RAMOS: Belo passe e muita vontade o jogo todo, estou gostando das suas atuações:  Nota 8.0

WELLINGTON SACI: Levou pressão no primeiro tempo e no segundo cresceu com o time, mas é muito fraco:  Nota 5.0

UELLITON: Raça, meu capitão é simbolo de garra, é isso que a torcida espera de você.  Nota 8.0

RODRIGO MANCHA: Foi valente, mostrou qualidade, mas perdeu o gol do título: Nota 7,5

PEDRO KEN: Um ruim primeiro tempo e o segundo tempo de muita garra, ótimo passe e só faltou o gol do título.  Nota 8.0

TARTÁ:Teve muita vontade, mas não foi bem hoje: Nota 5,0

MARQUINHOS: Péssimo, foi um grande erro sua entrada de primeiro, pior em campo: Nota 2,0

NETO BAIANO: Valente, guerreiro, brigador e artilheiro, pena que não deu, mas você é o cara. Nota 10,0

GABRIEL: Improvisado e mesmo assim foi muito bem, não houve avanços do Bahia pelo seu lado. Nota 8,5

DINEI: Entrou e deu outra cara ao Vitória, muito bem em campo e gol que poderia ser o do título: Nota 8,5

GEOVANNI: Sem muito tempo, entrou para tentar ligar os contra ataques, mas o jogo ficou muito parado com confusões, catimbas e tudo mais depois do gol de empate. Nota 6,0

RICARDO SILVA: Só vacilou ao entrar com Marquinhos e eu avisei, tem que ler mais o LMP, mas substituiu bem e o time tem tido um bom rendimento com ele em campo. Nota 7,5

Relacionados, Arbitragem, convocação e muito mais!


Relacionados Para o Bavi e muito mais
Ricardo Silva comandou treinamento na tarde desta sexta-feira, com portões fechados, no Barradão, e não antecipou a escalação do Vitória para o primeiro clássico Ba-Vi decisivo do Campeonato Baiano, neste domingo, às 16 horas. O técnico tem dúvidas e vai aguardar os trabalhos deste sábado para começar a defini-las.
No treinamento desta sexta-feira, o atacante Neto foi poupado. Mas o goleador do Brasil (29 gols) não preocupa para o clássico. Marquinhos, embora já venha treinando normalmente, não foi relacionado para o primeiro Ba-Vi.
Vinte e um atletas foram convocados para a concentração que começa nesta sexta-feira, às 22 horas, na chácara Vidigal Guimarães. As novidades são o volante Mineiro, que volta a ser relacionado, e o recém-contratado Willian, que pela primeira vez é chamado.

Goleiros: Gustavo, Douglas e Renan
Laterais:Romário, Wellington Saci e Léo
Zagueiros Gabriel, Victor Ramos e Rodrigo Costa
Volantes:Uelliton, Michel, Rodrigo Mancha e Mineiro
Meias: Willian, Arthur Maia, Geovanni, Lúcio Flávio, Tartá e Pedro Ken
Atacantes: Neto e Dinei

Rildo cumpre a punição e doa cestas basicas


O atacante Rildo entregou, nesta sexta-feira, 10 cestas básicas como punição por ter saído insatisfeito do campo ao ser substituído no jogo contra o Feirense. A multa foi aplicada pela comissão técnica.
“Capitão, já paguei a multa”, brincou Rildo quando Uelliton, capitão do time, estava chegando ao clube.
Rildo se desculpou com o técnico Ricardo Silva e com os jogadores assim que o jogo foi encerrado, no vestiário, por ocasião da oração. “Estava com vontade de ajudar e não queria sair”, disse. As cestas serão destinadas a uma instituição de caridade que será escolhida na próxima semana pela comissão técnica.

Arbitragem

A ansiedade é grande e não é nenhuma surpresa que toda e qualquer noticia sobre o clássico BAVI que decide o campeonato baiano 2012 ganha imenso destaque, pois bem, após muita espera para conhecer o trio que comanda o jogo, saber se é baiano ou de fora, temos a resposta e sem muita surpresa. O árbitro do primeiro clássico será Marcelo de Lima Henrique, do Rio de Janeiro, e os seus auxiliares serão Altemir Hausmann, do Rio Grande do Sul, e Roberto Braatz, do Paraná. Os três pertencentes ao quadro da Fifa, a escolha parece ter agradado a gregos e troianos.
Com o trio de qualidade no apito e bandeiras, a expectativa é que o título seja decidido de fato pelos atletas e é por isso que ambos os times estão promovendo treinos secretos a fim de surpreender o adversário, no primeiro BAVI do Barradão isso deu certo para o Vitória que surpreendeu o Bahia e venceu, o leão vai tentar manter a escrita e sair forte na luta pelo caneco e manutenção da hegemonia estadual, mas na verdade não acredito em surpresas, os times e esquemas serão os mesmos das rodadas anteriores.

Romário é convocado

A coordenação das divisões de base do Vitória recebeu uma ótima notícia na tarde desta sexta-feira (4). O lateral-direito Romário, que já integra o elenco profissional desde o ano passado, foi convocado pelo técnico Ney Franco para a seleção sub-20 para disputar o Torneio Oito Nações, na África do Sul, entre os dias 24 de maio e 3 de junho.
O jogador vai se apresentar ao treinador no dia 14 deste mês, logo depois da final do Campeonato Baiano. Ele encontrará a delegação no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro.
Após esse encontro, todos os convocados seguem para a Granja Comary, local onde ficarão hospedados até o dia 21. (informações Bahia Noticias).

Remo Conquista Ouro

A promessa era trazer ouro para casa e eles estão trazendo duas medalhas. A equipe do Esporte Clube Vitória conquistou quatro medalhas no XVII Campeonato Sul-Americano de Remo Master, realizado no ultimo final de semana, em Mercedes, no Uruguai.

SUB-20 Pronto para a decisão

O time sub-20 rubro-negro está pronto para a partir deste sábado, 5,  tentar a conquista do bicampeonato da categoria, enfrentando o Bahia, em dois jogos. O primeiro será no Estádio Governador Roberto Santos, às 15 horas, e o segundo no dia 12, também às 15 horas, no Barradão.

Por ter realizado melhor campanha, o Vitória joga por dois empates. Pode, também, vencer um jogo (1 a 0, por exemplo) e perder o outro pelo mesmo placar.

Na fase de classificação, o Vitória acumulou 54 dos 66 pontos disputados, marcou 75 gols e sofreu 17. Nas semifinais, venceu o Fluminense, por 3 x 2, em Conceição do Jacuípe, e empatou de 0 a 0 no Barradão.
Na artilharia, Alan Pinheiro tem 16 gols e Arthur Caculé está com 13. O artilheiro é Nadson, do Camaçari, com 20.

Ademilton Piedade Carigé, assistido por Dijalma Silva Ferreira Júnior e Cláudio Santos Oliveira, vai apitar o clássico.

Sem escalação – Depois do treinamento da manhã desta sexta-feira, no campo 1 do CT Manoel Pontes Tanajura, o técnico Carlos Amadeu convocou os jogadores rubro-negros que estão concentrados em um hotel na orla. Amadeu não confirmou a escalação da equipe.

“Pretendo assistir primeiro o videoteipe de um jogo do nosso adversário para definir a melhor formação”, explica o treinador rubro-negro, campeão em 2011.

Video completo do Ultimo BAVI

SRN

[VITÓRIA 6X1 FEIRENSE] Um resultado para dar moral


O Vitória não deu chances ao seu adversario das semifinais do campeonato baiano, o Feirense foi massacrado sem piedade a goleada de 6 a 1 foi até pouco já que o rubro negro passou a administrar o resultado no segundo tempo e mesmo assim ainda desperdiçou inumeras oportunidades. O destaque da partida foi o atacante Marquinhos, autor de três gols. Outro que mostrou um bom desempenho foi Arthur Maia que a cada jogo vem mostrando mais personalidade e começa a justificar o futebol que o fez ser a grande promessa das divisões de base.Vitória e Feirense voltam a se enfrentar nas semifinais do baianão.

Noss primeiros minutos parecia que o Vitória não teria vida fácil. O Feirense queria triunfar e obter as vantagens, para isso tomou a iniciativa e chegou com perigo por duas vezes. Logo no início, Jaiminho arrancou pela direita, tentou o cruzamento e chutou para fora. Logo após, Renan foi obrigado a sair do gol para fazer uma defesa, Mas o ímpeto parou por aí. Aos sete minutos, Geovanni cobrou escanteio, o goleiro Feirense socou mal a bola, e Dinei cabeceou para o fundo das redes. Dois minutos depois, o Leão ampliou o placar. Dinei recebeu em profundidade e chutou forte para a boa de defesa de Uóston. No rebote, Arthur Maia deixou o dele.

O Vitória continuou pressionando e aos 14 minutos Arthur Maia chutou de fora da área e o goleiro Uóston se esticou todo, e fez uma defesa de pagar ingresso evitando o que seria um golaço do jovem da base. 18 minutos e o Feirense consegue diminuir após jogada de bola ensaiada, Sandro cruzou , o zagueiro Rodrigo se atrapalhou e marcou contra. Parecia que o Feirense iria reagir,mas aos 20 minutos, após cobrança de escanteio, Uelliton mandou de cabeça para o gol.

Só o Leão que atacava no jogo. Aos 37 Arthur Maia passou com maestria, Marquinhos sozinho não vacilou e marcou.  Cinco minutos depois Marquinhos marcou novamente, Geovanni mostrou toda a sua categoria e mandou na caeça do camisa 11 que brocou novamente. Com isso o melhor do norte/nordeste deu numeros finais a primeira etapa

Uma coisa era verdade no ínicio do segundo tempo, ou o Leão continuava em cima e aplicava uma goleada histórica ou apenas segurava o resultado e mesmo encontrando facilidades o rubro negro decidiu apenas deixar o tempo passar,O time de Feira até que tentou diminuir o vexame, já que o Vitória tinha diminuido o ritmo e até começou a se poupar, mas pouco foi feito e não houve surpresas, o goleiro Renan quas ençao viu a cor da bola. Mesmo sem muito esforço, o Leão chegou ao sexto gol. Aos 23, Marquinhos recebeu belo passe de Rodrigo Mancha e encobriu o arqueiro do Feirense. É o terceiro do atacante na partida.

Com o resultado na mão, o Leão se limitou a tocar a bola e controlar a partida até o apito final.

O Vitória espera agora até quarta feira quando enfrenta o ABC-RN pela Copa do Brasil no Barradão, a diretoria também promete divulgar a contratação do novo treinador, apesar de eu acreditar que eles vão acabar fazendo a alegria de Mocota e efetivando Ricardo Silva.

Foto da pintura das arquibancadas do BARRADÃO

FICHA TÉCNICA
Vitória 6 X 1 Feirense
Local: Barradão
Data: Domingo, 15 de abril.
Gols: Dinei, Alysson (contra), Arthur Maia, Marquinhos (3x); Rodrigo (contra)
Árbitro: Marielson Alves Silva.
Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos e Kleber Moradillo da Silva.

Vitória : Renan; Léo, Victor Ramos, Rodrigo, Wellington Saci; Michel, Ueliton, Arthur Maia e Geovannni (Lúcio Flávio); Dinei (Rildo) e Marquinhos

Feirense

: Uoston; Angelo, Valdo, Alysson (Everton) e Sandro; Ananias, Alexandre, Gilcimar e Danilo Cruz; Jaiminho (Tite) e Ermínio

PARTICIPE DA ESCOLHA DO 3° MANTO DO ESPORTE CLUBE VITÓRIA:

http://enquete.ecvitoria.adss.com.br/

[VITÓRIA 5X0 ATLÉTICO] QUANDO O GAME OVER ERA DADO COMO CERTO, ELE INSERIU NOS CREDITOS.


Ameaçado no cargo o treinador Toninho Cerezo decidiu não inventar, fez o simples mantendo a base da ultima partida mesmo esta não tendo sido bem no jogo em questão, as mudanças ficaram por conta de Douglas retornando ao gol e Rodrigo fazendo a sua estréia, no mais o time foi o mesmo.

Diferentemente da partida contra o Serrano os jogadores iniciaram buscando o jogo e levando perigo, mas o time do Atlético tem atletas de uma certa qualidade, Tácio, Garrinchinha, Deon e Robert levaram perigos em duas oportunidades e Douglas foi muito bem, o jogo ficou sem criatividade com os laterais presos e Lucio Flavio e Mineiro sem apresentar um bom futebol, Arthur Maia até que tentava mas sem participação não tinha como ser efetivo, mas mesmo assim o gol saiu, cobrança de escanteio e toque de cabeça no primeiro pau encontrando Neto Artilheiro do Brasil Baiano que chutou forte e abriu o placar Vitória 1×0 Atlético, depois disso o Vitória passou a ter mais volume, porém sem muita efetividade, ainda mais que Marcos Paulo esteve bem no gol adversário.

O primeiro tempo se encaminhava para o fim, quando em um contra ataque fulminante, Lucio Flavio, lançou Arthur Maia, o zagueiro chegou antes e jogou a bola pra lateral, porém Maia foi inteligente e cobrou rápido em Mineiro que disparou em direção ao livre e foi derrubado dentro da área, Pênalti! Neto Baiano partiu e marcou o segundo dele e do Vitória na partida, fim de primeiro tempo.

Na segunda etapa o Vitória veio mais tranqüilo para o jogo e desde o inicio sufocou o adversário que em jogada rápida de Léo teve um jogador expulso, aí foi só alegria, Lucio Flavio quase marca em linda cobrança de falta que o goleiro salvou milagrosamente mandando para escanteio, e foi justamente neste lance que veio o gol mais bonito da partida, após a cobrança Gabriel dominou no peito e bateu de bate pronto fazendo o terceiro do Leão, Toninho atendeu a torcida e colocou Geovanni no lugar de Lucio Flavio e G10 mostrou sua qualidade sendo participativo, chamando a responsabilidade e até orquestrando a torcida, ele e Nino que entrou no lugar de Romário deram velocidade ao Vitória que desperdiçou muitos contra ataques, Marquinhos foi bem, mas longe daquilo que sabemos que ele pode render, esteve muitas vezes impedido e adiantando demais a bola, o mesmo acontecendo com Mineiro que vinha mal, mas queimou a língua de muitos quando acertou um chutaço de fora e marcou o quarto do Vitória.

Dankler entrou no lugar de Rodrigo e jogo ficou definido da seguinte forma, Nino recebe, corre,e  toca em Arthur Maia que  empurra para Marquinhos e Mineiro, foram vários lances assim, em duas oportunidades Maia chutou de fora e quase marcou, gostei da partida dele muito participativo, mas ainda sem a confiança necessária o que deixou intranqüilo em alguns momentos, tal como a chance de gol que ele recebeu livre, bateu forte e Marcos Paulo defendeu. O Vitória ainda queria mais, Geovanni cobrou falta e o goleiro mais uma vez fez grande defesa, e quando tudo se encaminhava para 4×0, eis que Mineiro deu um chutão na bola, Marquinhos correu e evitou a saída, Arthur Maia atrás e Neto Baiano e Geovanni na área eram as opções, ele lançou rasteiro e Neto Artilheiro do Brasil Baiano tirou o goleiro, virou a cara e marcou, VITÓRIA 5X0 ATLÉTICO, Cerezo se salvou e agora vem a Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA: Vitória 5 x 0 Atlético de Alagoinhas
Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA).
Data: Domingo, 4 de março.
Horário: 16h.
Árbitro: Gleidson Santos Oliveira.
Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos e Jefferson Abel Ferreira Lima.
Gols: Neto Baiano (3x), Gabriel Paulista e Mineiro
Público: 4813 pagantes.
Renda: R$ 41.970,00.

Vitória: Douglas; Romário (Nino), Gabriel, Rodrigo e Léo; Michel, Mineiro, Arthur Maia e Lucio Flávio (Geovanni); Marquinhos e Neto Baiano. Técnico Cerezo

Atlético: Marcos Paulo; Ademir (Antônio Carlos), Bira, Rogério e George; Fausto, Tácio, Garrinchinha (Lazáro) e Narciso; Robert e Deon. Técnico – Lameu (interino).

PS: Maiores artilheiros da história do Barradão


Rank Jogador Gols/Temporada(s)
1 Ramon Menezes 44/ 5
2 Allan Dellon 40/7

3 Neto Baiano 38/3
… 3 Neto Baiano 38 3

Rumo A Lideranca Neto … !

Alguém duvida que ele vai assumir a liderança?

Resultados de 13º rodada do Campeonato Baiano
Fluminense 0 x 2 Bahia
Vitória 5 x 0 Atlético
Bahia de Feira 3 x 0 Juazeirense
Camaçari 1 x 1 Serrano
Feirense 3 x 1 Vitória da Conquista
Juazeiro 1 x 0 Itabuna