Zé Love resolverá os problemas de Gols?


ze-eduardo-comemora-ao-abrir-o-placar-para-o-santos-no-empate-com-o-inter-no-beira-rio-1288469364704_615x300Zé Love foi contratado pelo Vitória para tentar fazer o que Kieza ,Ramallo e Rafaelson não estão desempenhado com sucesso, Gols e aquela velha participação como Pivô que se espera de um camisa 9, mas será o centro avante marrento que teve seu  destaque no Santos este cara?

Uma coisa é certa sem atuar há algum tempo, a condição física do jogador que estava no Al Shabab preocupa e neste momento o Vitória precisa de alguém que chegue para resolver imediatamente.

Tomará que a chegada de Zé Love sirva logo de imediato para sacudir Kieza que vem tendo atuações pífias com participações quase que nulas em muitos jogos.

Vitória x América MG Leão tem mais um jogo decisivo (Roleta russa parte 2)


 

Vitoria-x-America-MG O Vitória não vai ter vida fácil nesse segundo turno e a partida de hoje contra o time mineiro será uma verdadeira decisão para o rubro negro que precisa desesperadamente vencer no brasileiro para deixar a zona de rebaixamento e não permitir também qualquer tentativa do Coelho em se recuperar.

O time treinado por Mancini finalmente virá a campo no -4-2 mas não por mudança de pensamento e sim por não ter outra opção ja que Marinho esta suspenso e Dagoberto deixou o clube, com a situação forçada veremos pela primeira vez o time com dois homens de armação como o torcedor sempre desejou com Cárdenas tendo o auxílio de Serginho na criação.

O coelho de Enderson Moreira esta na vigésima colocação com apenas 13 pontos e tem saldo negativo de 20 gols tendo marcado 13 e sofrido 33 tentos, a campanha é péssima e o leão tem que se aproveitar.O Vitória tem 6 jogos no ano na Fonte sendo 5 triunfos e a conquista do estadual que mantenha a escrita e por falar em escrita o rubro negro nunca foi derrotado pelo alviverde em série A são 5 jogos com 3 triunfos e 2 empates.

FICHA TÉCNICA
Vitória x América-MG
Campeonato Brasileiro – 22ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 28/08/2016
Horário: 18h30
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa/RS)
Assistentes:  Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (RS)

Vitória:  Fernando Miguel; Diogo Mateus, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Willian Farias, Marcelo, Serginho e Cárdenas; Vander e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.

América-MG: João Ricardo, Jonas, Alison, Suéliton (Éder Lima), Gilson, Leandro Guerreiro, Juninho, Pablo (Diego Lopes), Matheusinho (Danilo), Osman, Michael. Técnico: Enderson Moreira.

O coelh

[Vitória x Coritiba] Roleta Russa parte 1


5210413Essa imagem traduz bem a última felicidade do Vitória, diante do adversário de hoje quando venceu por 3×1 de lá para cá só choro e ranger de dentes e para completar hoje o time inicia uma verdadeira roleta russa, onde cada jogo pode representar o “tiro fatal”.

A situação delicada no campeonato brasileiro faz muitos questionarem a participação do clube na Sul-americana, alguns afirmam até que torcerão para o time ser logo eliminado para dar prioridade ao certame nacional.

Apesar da luta ferrenha contra o rebaixamento ao que parece Vitória e Coritiba não estão dispostos a sair da sul-americana, dito isso porque tanto Mancini como Carpegiani convocaram seus titulares e devem ir a campo com força máxima no Barradão.

Vitória x Coritiba é curiosamente um dos confrontos que mais se repetem-se, na primeira ocasião o Rubro negro levou a melhor venceu por 2×0 no Barradão, perdeu pelo mesmo placar em Curitiba e nos pênaltis venceu por 5×3. No segundo embate o Coxa de classificou após triunfo do leão no Barradão por 1×0 e placar devolvido mo Couto Pereira nos pênaltis alviverde 4×3. Agora as equipes tem a chance de fazer o tira teima na competição.

FICHA TÉCNICA
Vitória x Coritiba
Copa Sul-Americana 2ª fase – jogo de ida
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 25/08/2016
Horário: 21h45
Árbitro: José Argote (VEN)
Assistentes: Franchescoly Chacón (VEN) e Elbis Gómez (VEN)

Vitória: Fernando Miguel; Diogo Mateus, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Willian Farias, Marcelo e Cárdenas; Marinho, Vander e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.

Coritiba: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Juninho e Juan; Edinho, João Paulo, Raphael Veiga e Evandro; Neto Berola e Kleber. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Vagner Mancini é certeza de rebaixamento


O treinador Vagner Mancini se especializou nos últimos anos em rebaixamento, não acredita? Os números não mentem e deixam claro porque a manutenção dele no comando é ter a certeza de que seu time disputará a divisão de acesso no ano seguinte.

De 2010 para cá Mancini teve 4 rebaixamentos no currículo.

GUARANI 2010 Treinando o bugre desde a primeira até a última rodada, o time foi para série B no ano seguinte.

CEARÁ e CRUZEIRO 2011 Assumindo o vozão na 14 rodada Mancini foi demitido na 22 porque o time sucumbia na zona de rebaixamento e acabou mesmo caindo naquele ano. O treinador ainda assumiu o Cruzeiro na 29 rodada e só não caiu com aquela goleada por 6×1 no Atlético MG na ultima rodada.

SPORT 2012 Tendo montado a equipe ficando da 1 a 16 rodada, VM saiu mas a equipe não conseguiu se livrar do descenso.

ATLETICO PR 2013 A Exceção! Mancini conseguiu recuperar um pouco da sua imagem quando levou o furacão a Libertadores terminando o brasileiro em terceiro mas estranhamente não tendo o contrato renovado e sendo demitido.

BOTAFOGO 2014 Mais um rebaixamento de ponta a ponta, esteve no comando do alvinegro em todas as 38 rodadas e caiu novamente para série B.

VITÓRIA 2015 Fez o sentido inverso quando “pagou suas série B” mesmo assim com sustos nas últimas rodadas, onde teve acesso confirmado.

VITÓRIA 2016 Apesar de ainda estar fora da zona, os números são de rebaixados, o aproveitamento atual de 37,3% é inferior ao dos 45 pontos e 39,47% necessários ao final do campeonato.

MANCINI não vence a 7 jogos 4 derrotas e 3 empates.

 

 

Não venceu nenhum dos 5 últimos colocados sendo goleado pelo Santa Cruz, perdendo para o Figueirense, empatando com Cruzeiro,Botafogo e América MG.

Ainda tem contra sua continuidade a forma horrível como o Vitória esta  comportando-se em campo, sem padrão tático defensivo e ofensivo, o time não consegue marcar e nem criar situações de gol contra os adversários,vivendo de lampejos em jogadas individuais e do famoso chuveirinho na área pra acertar aletoriamente.

Se com tudo isso Mancini não for demitido, o planejamento desta diretoria é voltar pra SÉRIE B.

Mancini fala em compactação para voltar a vencer


1RM_5304

O Vitória se reapresentou na toca do leão em preparação para o jogo contra o Figueirense sábado e Marinho e Fernando Miguel podem reforçar a equipe caso Mancini deseje, o atacante cumpriu suspensão e esta a disposição, já o goleiro esta recuperado de lesão e briga com Caique pela vaga.

No retorno Mancini conversou bastante com o grupo e a palavra da vez foi COMPACTAÇÃO, os espaços na marcação e também na construção de jogadas ofensivas foi discutido e o treinador pode novamente mudar a equipe e o sistema de jogo.

OPINIÃO LMP: Para compactar o time, acredito que VM deva esquecer pelo menos por hora o esquema com 3 atacantes, penso que o time ideal seria no 4-4-2 mantendo a defesa e apostando num meio com William Farias, Marcelo(Welison)Serginho e Cárdenas, Marinho e Kieza no ataque. Mais um homem no meio e centralizado, povoaria o setor e traria a compactação desejada, porém a transição defesa/ataque precisa de maior velocidade e também precisamos de mais apoio dos laterais,o que funcionou bem com Euller no esquema com 3 zagueiros onde tinha liberdade para chegar ao fundo.

Espero que Mancini tenha de fato acordado para realidade que o time não pode atuar tão exposto e promova as mudanças necessárias para evolução da equipe na classificação.

TIAGO REAL

A diretoria do Vitória desmentiu que o jogador esteja de saída para o Ceará e afirmou que ele continua no clube e faz parte dos planos do treinador no elenco.

[EC VITÓRIA X CHAPECOENSE] Vitória quer triunfo no Barradão para se afastar da zona


ec vitória x chapecoense barradão

Sem vencer a dois jogos realizados longe de sua casa o Vitória se aproximou da zona de rebaixamento, a palavra na Toca do Leão é manter os 100% no Barradão e afastar qualquer perigo de entrar no z-4.

O técnico Vagner Mancini não conta com o volante Willian Farias suspenso pelo 3º cartão amarelo, em compensação ele tem o retorno de Flávio e Leandro Domingues, a tendência é que ele promova o retorno do volante, mas se desejar um time mais ofensivo poderá recuar Tiago Real e fazer o retorno de Domingues.

Os visitantes vem de um empate por 3×3 contra o Grêmio e possuem o artilheiro do brasileiro o goleador Bruno Rangel que já marcou 7 vezes em rodadas, outro que esta atuando bem com gols e assistências é o meia revelado na base do Vitória Arthur Maia que foi emprestado ao verdão e tem sido ótima opção para Guto Ferreira durante os jogos.

Jogo de 6 pontos, vencendo o EC Vitória chega a 12 pontos e passa o adversário que esta com 11 na 11ª colocação, para isso precisa ficar de olho no artilheiro Bruno Rangel e apertar a marcação no meio, o time de Chapecó já tem 14 gols,são 06 a mais do que o Vitória uma média de 1,75 gols por partida o que mostra a força ofensiva da equipe, por outro lado a equipe sofreu os mesmos 12 gols do Vitória com média de 1,5 gols por partida ficando clara as deficiências do sistema defensivo de ambos.

 

HISTÓRICO
EC Vitória x Chapencoense é um confronto novo, em 2014 as equipes se enfrentaram pelo brasileiro com vantagem do time de Chapecó que venceu em casa por 1×0 e empatou por 0x0 no Barradão.

 EC VITÓRIA X CHAPECOENSE

FICHA TÉCNICA

Vitória x Chapecoense

Campeonato Brasileiro – nona rodada

Local: Estádio Manoel Barradas, Barradão, Salvador-BA

Data: 19/06/2016

Horário: 11h

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS-Fifa)

Assistentes: José Eduardo Calza (RS) Lúcio Beiersdorf Flor (RS)

Vitória:  Fernando Miguel; Norberto, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, e Flávio; Tiago Real, Dagoberto, Marinho e Kieza. Técnico Vagner Mancini.

 

Chapecoense: Danilo; Gimenez, Marcelo, Thiego e Sérgio Manoel; Josimar, Cléber Santana e Moisés (Rafael Bastos); Lucas Gomes, Silvinho e Bruno Rangel. Técnico Guto Ferreira

 

Imagem

[SÃO PAULO 2X0 VITÓRIA] Derrota da mediocridade!


SÃO PAULO 2X0 VITÓRIA (2)

O Vitória conhece sua terceira derrota no campeonato brasileiro e com isso vê a proximidade da zona de rebaixamento em noite de apagão no Morumbi, o rubro negro esta agora na 15ª posição na classificação com 9 pontos e vai tentar a recuperação em casa diante da Chapecoense.
Um jogo pegado com muitas faltas e daqueles que o adversário não rendia e pedia pra perder mas o Vitória não soube aproveitar, Kieza teve duas boas chances parou no goleiro Denis e depois mandou pra fora, quando o tricolor chegava eis que Fernando Miguel fazia belas defesas e segurava o empate, aos 39 minutos o jogo foi interrompido por motivo de um apagão no estádio do Morumbi que durou pouco mas de 20 minutos, logo no retorno o São Paulo chegou ao gol com Calleri mas bem anulado por impedimento.
No segundo tempo o técnico Bauza colocou força Máxima chamando Ganso e Michel Bastos pro campo e ai a mediocridade do elenco do Vitória ficou evidente, a medida que o jogo passava o time da casa foi avançando e as mudanças de Mancini rotineiras e previsíveis só fez o time chamar ainda mais o rival pra cima, resultado gols de Calleri e Lugano e mais uma derrota na bagagem
FERNANDO MIGUEL: Belas defesas, pega demais, sem culpa nos gols, evitou goleada. 6,5
DIEGO RENAN E NORBERTO( WELISON): Medíocres, se é que dá para chamar estes laterais do Vitória de medianos e nada de contratações.
VICTOR RAMOS E RAMON: A dupla esta mais entrosada, fez um bom jogo no geral mas em determinados momentos parece sofrer um apagão, tá na hora de Kanu nesse time.
AMARAL: Não marca, não ataca menos um em campo a muito tempo.
WILLIAN FARIAS: Já disse que tenho pena dele, joga sozinho no meio do time, hoje sofreu pra correr atrás dos meias.
TIAGO REAL: Yan e Nickson não podem ficar assistindo esse sujeito errar todos os passes, desonra a 11 que foi do gringo.
DAGOBERTO: Quando vinha fazendo uma partida onde brigava, aproximava de Kieza, Mancini o tira
MARINHO: Quando esta mal, todo o time vai mal, precisa de aproximação e soltar a bola em determinados momentos, nem todo lance é pra jogada individual.
KIEZA: Teve duas chances e não aproveitou, como te poucas chances precisa melhorar o aproveitamento.
ALIPIO: Nem vou dizer nada!
VANDER: Piada de Mancini.
MANCINI: Fui contra o seu retorno por essa teimosia característica, esquema que não dá certo, e Vander, Alípio e Welison sempre não dá, irritante.
FICHA TÉCNICA
São Paulo x Vitória
Campeonato Brasileiro – oitava rodada
Local: Morumbi, em São Paulo
Data: 15/06/2015
Horário: 19h30
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes:  Eduardo Gonçalves (Fifa-MS) e Fábio Rodrigo Rubinho (MT)
Cartões amarelos: Kieza e Willian Farias (Vitória); Bruno, Thiago Mendes e Michel Bastos (São Paulo)
Gols: Calleri e Lugano
São Paulo: Denis,; Bruno (Caramelo), Maicon, Lugano e Matheus Reis; João Schmidt e Thiago Mendes; Auro (Ganso), Ytalo e Centurión (Michel Bastos); Calleri. Técnico: Edgardo Bauza.
Vitória: Fernando Miguel; Norberto (José Welison), Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral (Vander), Willian Farias e Tiago Real; Dagoberto (Alípio), Marinho e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.

[BOTAFOGO X VITÓRIA] Leão duela contra estrela solitária em jogo de desafios


botafogo x vitóriaO Vitória tem o desafio de vencer a sua primeira partida longe de Salvador neste campeonato brasileiro, para isso terá que superar o lanterna Botafogo que espera triunfar e sair do principio de crise que esta instalado.
Vagner Mancini não tem problemas pro jogo, e com isso o rubro negro vai com força máxima, Tiago Real se recuperou e foi relacionado mas deve ficar no banco e o time deverá ser o mesmo que ganhou do líder Inter, durante a semana ele até esboçou um novo esquema com 3 zagueiros com a entrada de Kanu em lugar de Dagoberto mas isso não deve ocorrer inicialmente na manhã deste domingo no Rio.

Ricardo Gomes tem mais problemas do que a lanterna, 5 atletas desfalcam a estrela solitária: Jefferson, Carli, Rodrigo Lindoso ,Luís Henrique e Dudu Cearense não irão pra partida e o treinador já sinalizou as mudanças na equipe.

Botafogo tem o pior ataque do brasileirão e olha que o time finaliza bastante são 73 finalizações com apenas 3 gols marcados, o que dá uma média de 24,3 chutes a gol pra conseguir balançar as redes o que rende ao time de general Severiano a 20ª posição não apenas na tabela mas também no quesito aproveitamento quando o assunto é fazer gol, já o Vitória esta bem na quinta colocação, o leão é até mediano em numero de finalizações com 52 mas com razoável média de acertos, são 7 gols o que faz necessário que o rubro negro busque o gol em 7,4 média para chegar ao tento.

Histórico

Número de jogos pelo Brasileirão: 32 (14 vitórias do Vitória, nove do Bota e nove empates). Última partida pela competição: Vitória 2 x 1 Botafogo (Barradão, 2014). Último empate sem gols foi no Brasileiro de 2000. Jogo foi realizado no Caio Martins, em Niterói.  Histórico do confronto: 46 jogos (17 triunfos do Leão baiano, 16 do Glorioso e 13 empates)

Observação que os times se enfrentaram ano passado mas pela série B.

BOTAFOGO X VITÓRIA

FICHA TÉCNICA

Botafogo x Vitória

Campeonato Brasileiro – sétima rodada

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda

Data: 12/06/2016

Horário: 11h

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG-Fifa)

Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Sidmar dos Santos  Meurer (MG)

Botafogo: Sidão; Luis Ricardo, Emerson, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva, Gegê e Leandrinho; Anderson Aquino e Sassá (Ribamar). Técnico: Ricardo Gomes.

Vitória:  Fernando Miguel; Norberto, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Willian Farias e Flávio; Dagoberto, Marinho e Kieza. Técnico Vagner Mancini.

[VITÓRIA X INTER] Em jogo de Tabus, Leão quer vencer o líder Inter!


VITÓRIA X INTER

O Vitória recebe o Inter buscando voltar a vencer no brasileiro e se afastar da proximidade da zona de rebaixamento, o Inter quer manter a ponta e se distanciar do rival Grêmio.

Em situações bem distintas nesse inicio de brasileiro, o Vitória de Mancini precisa a todo custo dos 3 pontos, para o rubro negro triunfar é diminuir um pouco da grande desconfiança da torcida e evitar o principio de uma crise, já que os questionamentos param de crescer ainda mais a 3 jogos sem saber o que é ganhar. No lado colorado o time de Argel não sabe ainda o que é ser derrotado e vem a Salvador motivado e disposto a criar a “gordurinha” na ponta da tabela.

Mancini tem o retorno de Marinho a equipe mas perde Diego Renan e com isso o treinador vai promover mudanças, Euller aparece na esquerda e Norberto volta a lateral direita em lugar de Maicon Silva, outro que perde a vaga é Dagoberto, mal na ultima partida, sai para o retorno de Marinho.

 Argel pode ter um desfalque de ultima hora, Anselmo se machucou no treino deste sábado e virou duvida, em seu lugar deve entrar Fabinho para montar o ferrolho no meio campo de forte marcação do Inter que lidera o brasileiro com 13 pontos em 5 jogos com aproveitamento de 86,7%, bem acima dos 05 pontos 13 posição e 33,3% de aproveitamento do Vitória.

 

JOGO DOS TABUS

 O Vitória não perde para o Inter no Barradão há 13 anos, de lá para cá foram 5 jogos com 4 triunfos e 1 empate, no ultimo jogo o rubro negro venceu por 2×0.

O Vitória tem 100% de aproveitamento no Barradão em 2016. E a ultima derrota foi na série B para o  Náutico por 3×2 no dia de outubro 2015.

O colorado esta invicto no brasileiro e não perde há 18 partidas. Portanto as duas equipes possuem marcas importantes a defender

No total pelo campeonato brasileiro foram 31 jogos com 9 triunfos rubro negro, 10 empates e 12 triunfos do colorado, no Barradão são 8 Vitória, 2 empates e apenas 1 derrota uma ampla vantagem do leão, tendo marcado 17 e sofrido 06 gols.

 vitória x inter

FICHA TÉCNICA: VITÓRIA X INTER

Local: Barradão Data e horário: domingo, às 16h (horário de Brasília)

Arbitragem: Thiago Duarte Peixoto (SP), auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)

VITÓRIA: Fernando Miguel; Norberto, Victor Ramos, Ramon e Euller; Amaral, Willian Farias e Leandro Domingues; Marinho, Vander e Kieza.

INTER: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho (Anselmo), Andrigo e Gustavo Ferrareis; Eduardo Sasha e Vitinho.

[VITÓRIA 1X1 ATLÉTICO MG] Leão e galo ficam em empate na fonte


 

VITÓRIA X ATLÉTICO MG

O Vitória ficou no empate contra o Atlético MG na Fonte Nova e agora ocupa a 10ª colocação na classificação do campeonato brasileiro serie A 2016. O Leão saiu atrás do placar e teve que se superar para chegar ao empate, teve até chances de virar a partida e sair com os 3 pontos mas desperdiçou e viu dois pontos escaparem nesse inicio embolado da competição.

O time de Mancini começou bem e teve chances com Diego Renan que carimbou a trave e Kieza que ficou travado na zaga e com tapinha de Victor para impedir a abertura do placar. Com o desenrolar da partida o galo foi ficando perigoso e passou a se aproveitar da maior posse de bola pra levar perigo ao gol de Fernando Miguel que fazia defesas importantes e quando o desenho era 0x0 para o final do primeiro tempo, eis que uma falha de marcação da defesa e um frango de Fernando Miguel, Patric recebeu o “passe” de Marcos Rocha na cobrança de escanteio e fez o gol que selou a 1ª etapa Vitória 0x1 Atlético MG.

No segundo tempo Mancini tirou logo de cara Deivid e Leandro Domingues para entrada de Dagoberto e Flavio e o rubro negro cresceu e passou a buscar o empate, a medida que o tempo passava o leão buscava o gol e o galo passou a se defender e buscar o contra ataque. E quando Mancini tirou Vander e colocou Alipio o time cresceu ainda mais e chegou ao empate num lançamento primoroso de Victor Ramos para Kieza, de VR3 para K9 que matou no peito e balançou a rede num toque na saída de Victor. 1×1 e cântico na arquibancada: ACABOU O CAÔ O K9 CHEGOU, O K9 CHEGOU!

Após o empate o Vitória cresceu e foi pra cima e teve uma chance impar numa falha de Victor que socou errado e a bola caiu no pé do jogador do Vitória que chutou e o zagueiro salvou com a bola indo ao gol, sem goleiro. Fim de jogo 1×1 e pelos 20 minutos finais ficou até um gosto amargo pelo resultado.

FERNANDO MIGUEL: Pegou muito e apesar da falha, fez uma boa partida com defesas difíceis. 7,5

MAICON SILVA: Sem ritmo sentiu um pouco o jogo mas surpreendentemente cresceu no segundo tempo 6,0

RAMON: Boa partida vem voltando a mostrar segurança, tá se adaptando a série A 6,5

VR3: Que lançamento lindo, bela assistência e esta se entendendo melhor com Ramon, começou vacilando mas depois se encontrou no jogo 7,5

DIEGO RENAN: Foi uma avenida, Marcos Rocha e Hyuri caíram em sua costas e criaram muito, cresceu no segundo tempo com o auxilio de Dagoberto e Flavio. 5,0

AMARAL: Correu muito mas precisa ser mais preciso nos botes, em alguns momentos erra passes que complicam. 6,0

WILLIAM FARIAS: Crescendo a cada partida, joga muito, importante por esquema e pro time, carregador de pianos. 7,5

LEANDRO DOMINGUES: Sumido, só apareceu para levar cotovelada e só! 3,0

DEIVID: Segurou demais a bola e errou muito, desperdiçou muitos lances de contra ataque por preciosismo. 4,0

VANDER: Mancini já chega de Vander pelo amor de Deus. Horroroso 3,0

KIEZA: Brocou mais um mas perdeu duas outras ótimas chances, esta em crescimento mais solto pela ponta esquerda caindo pro centro. 8,0

DAGOBERTO: Ainda estav fora da forma ideal mas o time cresceu com sua entrada, tem que ter sequência. 7,0

FLAVIO: Entrou e ajudou na marcação, foi importante no esquema e ajudou no empate 7,0

ALIPIO: Mostra que é jogador de entrar durante o decorrer do jogo, fez fumaça, apertou a defesa do galo e oLeão chegou ao gol. 7,5

VAGNER MANCINI: Sem Marinho e Norberto escalou o melhor que tinha sem improvisações mas evidente que o elenco é limitado, mudou a postura no segundo tempo e time empatou. 7,0

FICHA TÉCNICA
Vitória x Atlético-MG
Campeonato Brasileiro – 4ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 29/05/2016
Horário: 16h
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (Asp.Fifa-MS) e Ivan Carlos Bohn (CBF-PR)
Cartões amarelos: Diego Renan, Maicon Silva, Amaral, Willian Farias (Vitória) / Rafael Carioca, Lucas Cândido, Carlos, Capixaba (Atlético-MG)
Cartões vermelhos:
Gols: Kieza (Vitória) / Patric (Atlético-MG)
Vitória: Fernando Miguel;  Maicon Silva, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Willian Farias, David (Dagoberto) e Leandro Domingues (Flávio); Vander (Alípio) e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.
Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Tiago, Edcarlos e Lucas Cândido; Rafael Carioca, Leandro Donizete e Patric; Pablo (Júnior Urso), Carlos (João Figueiredo) e Hyuri (Capixaba). Técnico: Marcelo Oliveira