SPORT X VITÓRIA O jogo dos desesperados



sport-x-ec-vitoriaO duelo de leões rubros negros na ilha do retiro tem ganha status de decisão para Sport e Vitória, isso porque apenas 1 ponto separam as duas equipes e triunfar significa ficar fora da zona de rebaixamento e de quebra se distanciar do concorrente direto nesse jogão de 6 pontos.

O técnico Argel Fucks teve problemas para escalar o time, sem o principal jogador da temporada, Marinho com lesão na coxa e o mais regular, William Farias o time terá que se superar, Cárdenas e Amaral são os substitutos. No banco outro desfalque, David sentiu desconforto muscular, foi vetado e voltou a Salvador, Gabriel viajou e vai compor o elenco.

Daniel Paulista assumiu o Sport essa semana e tem a difícil tarefa de fazer o time Pernambucano permanecer na primeira divisão, o jogo de hoje é considerado chave, tanto que a diretoria fez promoção para lotar a Ilha do Retiro e tentar fazer um caldeirão contra o Vitória.

Precisando vencer e com o apoio da torcida os donos da casa deve se lançar ao ataque e com isso permitir que o Vitória jogue da maneira que é mais eficiente, saindo em contrataque, explorando os espaços, o time tem dificuldade quando precisa propor o jogo e por isso é de extrema importância sair na frente do placar.

vitoria-x-sport

HISTÓRICO

O jogo entre os “primos” Vitória e Sport é recheado de equilíbrio são 20 jogos na primeira divisão com 7 triunfos do Vitória 6 Empates e 7 triunfos do Sport no último jogo o leão baiano levou a melhor e venceu por 3×2, agora as equipes terão um tira-teima eletrizante onde só o triunfo interessa.
FICHA TÉCNICA
Sport x Vitória
Campeonato Brasileiro – 31ª rodada
Local: Ilha do Retiro, em Recife
Data: 16/10/2016
Horário: 18h30 (horário local)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Márcio Soares Maciel (GO)

Sport: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê; Rithely, Neto Moura, Diego Souza, Everton Felipe e Rodney Wallace; Rogério. Técnico: Daniel Paulista.

Vitória: Fernando MIguel; Diogo Mateus, Kanu, Ramon e Diego Renan; Amaral, Marcelo, Tiago Real (Vander)  e Cárdenas; Zé Love e Kieza. Técnico: Argel Fucks