Enderson Moreira deve ser anunciado como treinador do Vitória


GoiAs_-_Enderson

Enderson Moreira ´o nome preferido da diretoria para assumir o lugar de Jorginho, a informação é que a mudança será oficializada amanhã após a partida contra o Coritiba no Couto Pereira.

Por questões éticas a diretoria do Vitória não confirma que conversou com o treinador.

OPINIÃO LMP: Enderson para mim é um ótimo nome, confirmando será um dos poucos acertos dessa diretoria, e vai ajudar o time a entrar no rumo.

Anúncios

Os números não mentem, Jorginho tem que ser demitido


650x375_jorginho-e.c.-vitoria_1415465

33,3% de Aproveitamento em 10 jogos, com 3 derrotas e 2 empates em casa, 4 derrotas, 4 empates e apenas 2 triunfos no total, os números não mentem, rendimento com Jorginho é pífio e digno de segunda divisão.

A quem defenda que dez jogos é pouco tempo, porém Jorginho teve tempo de sobra, com uma inter-temporada no período da Copa o treinador tinha como ajustar o time, definir um esquema e mostrar uma postura tática, porém o que vemos é um time claudicante em campo, que sofre pressão da Chapecoense em casa e com 3 volantes em campo e no final ainda temos que ouvir:

” O resultado foi bom, é díficil jogar contra eles”.

E a grande prova da esquizofrenia de Jorginho:

” Só tenho uma coisa a dizer a vocês, o Atlético de Madrid esperou quase 3 anos com esse treinador para que os resultados viessem”. Isso é sério? Você só pode estar brincando, você quer mesmo se comparar a Simeone, Jorginho?

Poderia fazer uma lista relacionada a equipe espanhola, mas vou apenas dizer, não temos 3 anos para esperar pelos resultados e como você já deixou claro que não consegue, ARRUME AS MALAS, esta na hora do FORA JORGINHO!

[VITÓRIA 0X0 CHAPECOENSE] É preciso aprender com o passado!


vitória x chapecoense f

Em 2004 e 2010 o Vitória tinha times considerados medianos e que permaneceriam na série A, porém em ambas as campanhas o time passou a acumular insucessos em casa, muitos empates e o que se viu no final foi a segunda divisão. Era para ser um um proverbio, um ensinamento, um presságio mas o que vemos é a letargia de uma diretoria fraca e amadora diante de um time que sucumbi em todas as áreas.

Com 33% de aproveitamento, 15 pontos ganhos em 15 jogos e apenas 15 gols marcados, a campanha do rubro negro são não é mais trágica porque este campeonato esta extremamente nivelado por baixo.

Jorginho

Disse quando contrataram, fraco, não tem condições de treinar times da série A, e sua visão do jogo de hoje foi o fim da picada, dizer que o resultado foi bom, que empatar com a Chapecoense em casa foi normal e se comparar a Simeone, mostra o quanto esse sujeito é esquizofrênico, e para completar a sua falta de atitude frente as indisciplinas de alguns atletas é outra séria mostra da sua inabilidade para se manter no cargo.

Carlos Falcão

Venho criticando esse antes mesmo dele assumir, e minha opinião só piora, concordo com Geraldo, ficar em 16ª colocação é motivo de comemorar.

 

FICHA TÉCNICA:
VITÓRIA X CHAPECOENSE
Campeonato Brasileiro – 15ª rodada
Local: Estádio Manoel Barradas (Barradão), Em Salvador
Data: 17/08/2014
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (FIFA)
Auxiliares: Cleriston Clay Barretos Rios (FIFA) e Carlos Henrique Selbach (RS)
Cartões amarelos: Ayrton (Vitória) / Jaílton (Chapecoense)

Renda: R$ 162.781
Público Total: 11775
Vitória: Wilson; Ayrton, Roger Carvalho, Kadu e Euller; Adriano, Cáceres, José Welison (William Henrique) e Marcinho (Marcos Júnior) ; Caio e Dinei (Beltrán). Técnico: Jorginho
Chapecoense: Danilo; Fabiano (Grolli), Enrique Meza (Diones), Jailton e Ednei; Wanderson, Dedé, Abuda e Zezinho e Camilo (Tiago Luís); Bruno Rangel. Técnico: Celso Rodrigues

[SÃO PAULO X VITÓRIA] Leão quer confirmar evolução e quebrar tabu


são paulo x vitória

O Vitória tem uma tarefa difícil nesse inicio de noite no Morumbi quando tentará derrubar o Tabu de nunca ter vencido o São Paulo fora de Salvador. Para quebrar essa escrita, o time trá que enfrentar um quarteto poderoso, Ganso, Kaká, Pato e Kardec, mas Jorginho afirma que o time estará atento e vai brigar pelos 3 pontos.

Em alta, Caio é a aposta para marcar os gols leoninos, Dinei espera desencantar e acabar com o Jejum, as subidas de Aguiar, Richarlyson e Marcinho, o apoio de Euller e a boa bola parada de Ayrton podem ser ótimas armas e confirmar a evolução do rubro negro.

No lado tricolor o retorno do ídolo Kaká ao Morumbi gera grande expectativa na torcida que deve lotar o estádio, esse será mais um adversário do Leão que vai ter que superar a pressão, a defesa que conseguiu melhor desempenho nos últimos jogos e diminuiu a média de gols sofridos, precisará redobrar a atenção e paralisar o “quarteto fantástico”.

FICHA TÉCNICA
São Paulo x Vitória
Campeonato Brasileiro – 14ª rodada
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 10/8/2014
Hora: 18h30
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
São Paulo: Rogério Ceni, Douglas, Rafael Toloi, Antonio Carlos e Alvaro Pereira; Souza, Denilson, Ganso e Kaká; Alexandre Pato e Alan Kardec. Técnico: Muricy Ramalho.
Vitória: Wilson; Ayrton, Alemão, Kadu e Euller; Adriano, Luis Aguiar, Richarlyson e Marcinho; Caio e Dinei. Técnico: Jorginho.

[CRICIÚMA 1X3 VITÓRIA] O Leão volta a rugir na selva do brasileirão


criciúma 1x3 vitória

O Vitória começou a partida na zona de degola e pressionado, sem vencer desde o dia 10/05 a 8 rodadas, o time fazia de tudo para não deflagrar uma intensa crise e para isso vencer era necessário e o objetivo foi alcançado, 3×1 diante do Criciúma no Heriberto Hulse foi um grande resultado e a melhor partida do Leão nesse brasileiro.

Wilson: Duas grandes defesas, mas continua com o erro de não sair do gol, Gatito vem ai para assumir a 01.

Ayrton: Vive dessas cobranças de falta, ultimamente tem dado certo, ntão vamos lá.

Alemão: As vezes parece que se desliga na partida, mas fez um bom jogo.

Kadu: Muita vontade e pegada, trouxe mais segurança ao setor.

Euller: Grande jogada no primeiro gol, tem qualidade, precisa de sequência e orientação de posicionamento.

Adriano: Marca muito, é um volante estilo pegador, tem agradado.

Richarlyson: Outro que agrada, é experiente e dá tranquilidade ao setor.

Marcelo: Hoje voltou a jogar bem, marcou bem, mas faltou sair com a qualidade que o fez destaque ano passado.

Marcinho: Boa estreia, quase marca um golaço, mas ajudou bastante o time.

Caio: Desencantou, dois gols e ajudou o time com o triunfo, espero que embale.

Dinei: Tá devendo, se continuar assim, verá Beltran assumir a 09.

Luiz Gustavo: Entrou e deu conta do recado, manteve a pegada no meio de campo.

Willian Henrique: Se fosse um jogador de pensamento coletivo teria grande futuro com sua velocidade e dribles, mas prende excessivamente e acaba prejudicando ao time e a ele mesmo.

Willie: Teve pouco tempo.

Jorginho: Armou bem o time e mexeu com corência.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA 1 X 3 VITÓRIA
Campeonato Brasileiro – 12ª rodada
Local: Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)
Data:  26/7/2014
Hora: 18h30
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Luiz Claudio Regazone e Gilberto Stina Pereira (RJ)
Cartões amarelo: João Vitor, Serginho, Sérgio Escudero e Danilo Alves (Criciúma); Wilson, Adriano e Luiz Gustavo (Vitória)
Cartão vermelho: Sérgio Escudero (Criciúma).
Gols: Caio (duas vezes) e Ayrton (Vitória); Serginho (Criciúma).
CRICIÚMA: Luiz; Eduardo, Fábio Ferreira, Escudero e Cortez; Serginho, João Vitor, Rafael Costa e Paulo Baier; Silvinho e Michael (Danilo Alves) (Ronaldo Alves). Técnico:Wagner Lopes
VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Alemão, Kadu e Euller; Adriano, Marcelo (Luiz Gustavo), Richarlyson (William Henrique) e Marcinho; Caio (Willie) e Dinei. Técnico: Jorginho
ps: Gatito Fernandez contratado.

[VITÓRIA X SPORT] Pelo menos “uma alegria” no primeiro semestre


VITÓRIA X SPORT

Não é preciso relatar novamente a tragédia que foi o primeiro semestre do Vitória em 2014, mas para amenizar, bem que o rubro negro baiano pode vencer o clássico nordestino contra o Sport e pelo menos se garantir fora da zona de rebaixamento.

 

O Treinador Jorginho manteve a equipe e apenas Willie entra nos titulares devida a contusão de Coruja, ele ainda cogitou escalar Rodrigo Defendi na zaga e avançar Luiz Gustavo para o meio, com isso tiraria Hugo, ambas são péssimas escolhas, na verdade ele deveria entrar com Dinei em lugar de Souza, Léo Costa em lugar de Hugo, Nino e Euller nas laterais e o time estaria pronto, mas que a sorte nos acompanhe.

 

O Vitória terá ainda que se preocupar com seu ex-artilheiro Neto Baiano, o goleador provocador diz que não vai aliviar para seu time do coração e que espera balançar as redes.

 

O Sport também não vive grande momento, campeão estadual e do nordeste na temporada, o time começou embalado o brasileiro e agora esta a 3 jogos sem vencer na 15ª colocação, uma a frente do Vitória e com um ponto a mais, o rubro negro baiano por sua vez não vence a 5 jogos e ainda não conseguiu faturar os 3 pontos sob o seu mando de campo, a expectativa é de que o jejum acabe hoje nesse duelo de 6 pontos.

LMP (2)

FICHA TÉCNICA:

Vitória x Sport
Campeonato Brasileiro – 9ª rodada

Local: Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana

Data: 31/05/2014
Hora: 21h

Árbitro: Paulo Henrique Godoy Bezerra  (SC)

Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Kleber Lucio Gil (Fifa/SC)

 

Vitória: Wilson; Ayrton, Alemão, Luiz Gustavo e Danilo Tarracha; Josa, Cáceres e Hugo; Caio, Willie e Souza. – Treinador: Jorginho

 

Sport: Magrão; Patric, Ferron, Durval e Renê; Rodrigo Mancha; Rithely e Augusto César; Ananias, Érico Júnior e Neto Baiano – Treinador: Eduardo Baptista

 

CONTRATAÇÕES

A palavra na Toca é repatriar, Depois de Kadu e Victor Ramos que só dependem de anuncio oficial, eis que a bola da vez é Dudu Cearense, o atleta esta treinando na toca e já deixou claro que vem conversando com o Vitória e que pretende voltar ao Brasil no segundo semestre, ele estava na Grécia, Falcão admitiu negociar com o atleta.

[PONTE PRETA 0X3 VITÓRIA] O Leão quer rugir nas Américas!


ponte-preta-0x3-vitc3b3ria

Poucas palavras, não há muito o que dizer… VAMOS QUE VAMOS LIBERTADORES!

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 0 X 3 VITÓRIA
Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 10 de novembro de 2013 (domingo)
Horário: 16 horas (horário da Bahia)
Árbitro: Leandro Vuaden (RS)
Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
Gols: Renato Cajá, Ayrton e Dinei.

Cartões amarelos: Baraka (Ponte Preta); Marcelo (Vitória)
PONTE PRETA:Roberto; Régis, César, Diego Sacomam e Uendel; Baraka, Fellipe Bastos, Chiquinho (Elias) e Adrianinho; Rildo (Fernando Bob) e William (Rafael Ratão) Técnico: Jorginho
VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Danilo Tarracha; Marcelo (William Henrique), Cáceres, Renato Cajá (Michel) e Escudero; Marquinhos e Dinei (Maxi Biancucchi). Técnico: Ney Franco

[Atlético PR X VITÓRIA] O Confronto mais aguardado da série B


 

Os favoritos, esse é o peso e a responsabilidade que Vitória e Atlético PR ostentam na série B 2012, clubes de maior expressão e poder aquisitivo os rubro-negros duelam agora em campo para buscar ganhar moral na competição, mesmo vivendo um momento distinto, este promete ser um grande jogo com grandes facetas para quem é amante do ludopédio.

 

O Vitória busca manter o bom momento com 4 triunfos consecutivos e a fama de visitante inconveniente, o clube briga pela liderança da competição e precisa dos 3 pontos e de um tropeço do Criciúma para isso. Já o Atlético Paranaense tenta continuar a recuperação, desde a  chegada de Jorginho o time cresceu de rendimento e saltou na tábua de classificação estando agora na nona colocação.

 

Impedir os planos do furacão é o objetivo do Leão, vencer no gigante do Itiberê, trás verdadeiramente o status de favorito ao título e consequentemente, a uma das vagas para série A, por outro lado, para o time Paranaense representa o momento da virada na competição, aquele momento em que a confiança e por isso o jogo ganha contornos emocionantes para as duas equipes e suas torcidas.

O time do Vitória tem dois desfalques sérios, o promissor Gustavo assumi a camisa 1 no lugar de Douglas suspenso, mas a ausência mais sentida é a do artilheiro do Brasil, Neto Baiano, que negocia a sua ida para o Japão e por isso não viajou com o elenco, o recém contratado Marcelo Nicácio vai para sua segunda partida, mesmo sem estar 100 % fisicamente.

 

Curiosidades e Estatísticas do Confronto

 

O histórico do confronto entre Atlético PR x Vitória é extenso e muito disputado as equipes se enfrentaram em 25 oportunidades com 11 triunfos do Furacão, 10 do Leão e 4 empates, na história recente o Vitória vem se dando bem, nos últimos 4 jogos foram 3 triunfos do rubro-negro baiano e apenas uma derrota, com direito há um 2×0 lá na Arena da baixada. Não acontece um empate neste confronto desde 2002 quando o placar ficou em 1×1 no Barradão gol de Fernando para o Vitória e Kleber Pereira empatando para os atleticanos. De 2003 para cá aconteceram 10 jogos com 7 triunfos do Vitória e 3 do Atlético PR.

 

É isso aí galera, o Leão tem total condição de vencer o jogo e quem sabe de quebra assumir a liderança da competição, eu espero uma partida complicada, e sem duvida alguma está pode ser chamada de maior confronto da série b 2012.

SRN

 

FICHA TÉCNICA 

SÉRIE B

Atlético-PR x Vitória 

Local: Estádio Fernando Charub Farah (Gigante do Itiberê), em Paranaguá-PR.

Data: Sábado, 21/07.

Horário: 16h20.

Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP).

Auxiliares: Herman Brumel Vani (SP) e Ricardo Pavanelli Lanutto (SP).
Atlético-PR: Weverton; Maranhão, Manoel, Cleberson e Wellington Saci; Derley, João Paulo e Ligüera; Marcelo, Tiago Adan e Ricardinho. Técnico: Jorginho.
Vitória: Gustavo; Nino Paraíba, Gabriel Paulista, Victor Ramos e Dener; Uelliton, Michel, Pedro Ken e Leilson; Marquinhos e Marcelo Nicácio. Técnico: Paulo César Carpegiani.