Inter X Vitória Argel enfrenta primeira decisão contra o rebaixamento


Inter x VitoriaArgel faz hoje sua estreia pelo Vitória e tem pela frente o Inter, seu ex clube em uma verdadeira decisão na luta contra o rebaixamento, vencendo o rubro negro sai da zona e empurra o colorado pro z4.

O empate entre Figueirense 2×2 América MG foi excelente e agora é a hora do leão fazer a parte dele e vencer o jogo.

O Internacional chegou a liderar a competição, vinha com status d briga pelo título e de repente virou um saci correndo contra Bolt’s, amargou uma grande sequência de jogos sem vencer e sente a zona bem de perto.

Celso Roth disse que conhece bem o Argel Fucks que foi seu jogador mas do treinador Argel ele sabe muito pouco, já o treinador do Vitória conhece bem de elenco adversário, sabe as deficiências e pode tirar proveito disso.

Inter x Vitória já se enfrentaram 32 vezes num confronto bem equilibrado, são 12 triunfos do Inter 10 triunfos do Vitória e 10 empates, no ultimo confronto no Barradão pelo primeiro turno o Leão venceu por 2×1 quando o colorado era líder.

internacional x vitoriaCelso Roth terá o retorno de Paulão que sofreu uma concussão ao chocar com o companheiro Ernando com 20 segundos de jogo e acabou sendo substituído, Vitinho é dúvida e Ariel foi vetado. Já Argel Fucks não conta com Diego Renan suspenso e Vicintertor Ramos que sofreu uma punição de 7 das de afastamento por indisciplina.

Para o Vitória começar vencendo com Argel será muito importante, sair da zona, melhorar o pífio rendimento fora de casa com pouco mais de 16% de aproveitamento e pior campanha Vencer hoje no beira rio é sem dúvida alguma o grande passo para uma virada do rubro negro nesse campeonato
FICHA TÉCNICA
Internacional x Vitória
Campeonato Brasileiro – 25ª rodada
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 15/09/2016
Horário: 21h
Árbitro: Emerson Luiz Sobral (PE)
Assistentes: Francisco Chaves Bezerra Junior (PE) e Marlon Rafael Gomes de Oliveira (PE)

Internacional: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Geferson; Rodrigo Dourado, Fabinho, Seijas e Valdívia; Nico López e Aylon. Técnico: Celso Roth.

Vitória: ernando Miguel; Diogo Mateus, Kanu, Ramon e Euller; Willian Farias, Marcelo e Cárdenas; Marinho, Zé Love e Kieza. Técnico: Argel Fucks.

Anúncios

[INTER X VITÓRIA] Campeonato brasileiro começa e o Leão terá que superar as desconfianças


INTER X VITÓRIA

Se o ano começou sob grande expectativa de sucesso dentro de campo para o Vitória, as decepções na copa do nordeste e campeonato baiano não mantiveram o mesmo status e o time agora terá que superar a desconfiança provocada pelo insucesso.

Sem uma defesa consistente, somada a ausência do seu principal jogador(Escudero) e com a má fase dos seus centroavantes, acreditar num triunfo frente ao Inter Tetra campeão Gaúcho que atropelou o Grêmio seria apenas uma utopia se não estivéssemos falando do surpreendente futebol, mas não podemos esconder o franco favoritismo da equipe colorada.

No Inter Abel Braga disse que vai com a equipe ofensiva para tentar superar a “retranca” de Ney Franco por causa da escalação de 3 volantes, mas acredito que o treinador do leão apesar de não utilizar o já tradicional 4-3-3 vai buscar atacar e surpreender os donos da casa, mas com uma grande precaução com a defesa que é o setor problemático da equipe até aqui.

Confesso que sou um otimista, que acredito que a diretoria irá abrir o bolso e contratar reforços para o time e que dará qualidade humana para que Ney Franco faça um trabalho de excelência e que o Vitória irá novamente brigar na parte de cima da tabela e tentar conquistar a vaga na Libertadores, então fica o sentimento, o desejo, a vontade, então vamos que vamos, então PEGA LEÃO.

Inter: Dida; Cláudio Winck, Juan, Paulão e Fabrício; Willians, Aránguiz, Alex, D’Alessandro e Alan Patrick; Rafael Moura Téc. Abel Braga

Vitória:Wilson; Ayrton, Luiz Gustavo, Dão e Mansur; Neto Coruja, Cáceres, José Welison e Juan; Marquinhos e Dinei. Téc. Ney Franco

Brasileirão bate a porta e Vitória ainda não tem “um time”


INTER X VITÓRIA
A 22 dias da estreia do campeonato brasileiro Série A, quando enfrentará o Internacional em Porto Alegre, o Vitória ainda não tem um esquema definido, nem 11 titulares e nem mesmo um elenco com todos os setores fechados para disputa da competição mais disputada do futebol mundial.
A ZAGA
O sistema defensivo é o maior problema, apenas Luiz Gustavo e o jovem Salustiano mostram desempenho, mesmo assim mais para serem bancos do que para ser a dupla titular, precisamos de dois nomes que cheguem urgente para assumir as camisas 03 e 04, a diretoria tenta Leandro Euzébio e pode fechar a qualquer momento.
MEIO CAMPO
Com Coruja e Marcelo oscilantes em contusões, e a desaprovação de Lucas Zen, vamos precisar contratar um camisa 05, um cara pegador que imponha respeito, Welison, Mauri e Cáceres são caras para vestir a 07 e 08, segundo e terceiro homens, não podem fazer a primeira função, embora em alguns momentos tenham se saído bem na posição.
Ainda na meiuca, o Leão precisa ainda de um camisa 10, um cara para brigar com Hugo, que desenvolva futebol com maestria, que deixe os colegas na cara do gol.
ATAQUE
Mesmo com a contratação de Souza, ainda precisamos de um camisa 09, Dinei e Cavernão não vivem bom momento, e enquanto recuperam o futebol precisaremos de um goleador. O time precisa ainda de um atacante de beirada, Marquinhos é oscilante, Alan Pinheiro não aproveita as chances e Willie ainda se recupera de contusão, Caio é um bom nome e espero realmente que feche.
GOLEIRO E LATERAIS
Wilson é um bom goleiro, faz boas defesas e passa uma certa tranquilidade, é um atleta que mantém a regularidade, por isso tem status para manter a camisa 01. Já nas laterais, temos peças capazes de assumir a camisa 02 e 06, porém Ayrton precisa voltar ao futebol de 2013 com a precisão de faltas do inicio de 2014, por que já esta na hora de ver Nino voltar a titularidade, no lado esquerdo Juan também não vem bem, mas seu substituto tem que ser o jovem Euller e não Mansur, ainda temos Tarracha para posição.
NEY FRANCO
O treinador precisa definir logo o esquema, as contusões, falta de contratações o tem atrapalhado muito, mas não dá para mudar a cada jogo, o time precisa de padrão e Ney não tem repetido o ano de 2013 em que olhávamos para o time e víamos uma marca impressa, um objetivo a ser desenvolvido, espero que isso aconteça logo para o sucesso do Vitória no nacional.
DIRETORIA
Letárgica e ineficiente, a diretoria do Senhor Carlos Falcão e Raimundo Queiroz não agradam nesta temporada, sem fazer as contratações pertinentes e tendo perdido peças importantes, o time ainda não cumpre a expectativa que o cercou no final de 2013 e inicio de 2014, espero que as contratações ocorram, que qualifiquem o elenco e possibilitem com isso que Ney Franco monte uma equipe capaz de brigar novamente por uma vaga na Libertadores 2015.

10153091_730304773668522_836440104_n

[Inter x Vitória] Broca Leão


inter x Vitória

O Leão volta a campo nesta quinta feira e busca voltar a vencer no campeonato brasileiro e afastar ainda mais a proximidade da zona de rebaixamento. Ney Franco começa a dar a suas características ao time e esperar surpreender o colorado mesmo sem Maxi Biancucchi.

Com uma nova formação com 3 marcadores, Renato Cajá com mais liberdade para criar e Marquinhos crescendo de produção, o rubro negro vai jogar para voltar a triunfar longe de casa e subir na tabela de classificação, para isso o time terá maior apoio dos laterais e torce para que Dinei volte a marcar gols.

O Inter reclama do cansaço por ter jogado na terça feira e este pode ser um fator preponderante na partida, para isso o Vitória deve segurar ao máximo a posse de bola e fazer a mesma girar, obrigando os atletas adversários a se movimentarem mais e cansar, pelo desgaste já citado.

ESQUEMA TÁTICO DO VITÓRIA (2)

 

FICHA TÉCNICA

Série A

Internacional x Vitória

Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS)

Data: 12/09/2013

Horário: 19h30

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (CBF/GO)

Auxiliares: Janette Mara Arcanjo (Fifa/MG) e João Patrício de Araújo (CBF/GO)

Internacional: Alisson; Gabriel, Índio, Juan e Kleber; Ygor, Willians, Otávio e D’Alessandro; Scocco e Leandro Damião. Técnico: Dunga.

Vitória: Wilson, Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Michel, Cáceres, Neto Coruja e Renato Cajá; Marquinhos e Dinei. Técnico: Ney Franco.