[VITÓRIA 2X1 CORITIBA]


VITÓRIA X CORITIBA

O Leão voltou a vencer no campeonato brasileiro da primeira divisão e chega a quinta colocação com 40 pontos e de olho fito no G-4.

O Vitória começou de maneira arrasadora pressionando o Coritiba e não dando espaços para o adversario sair por jogo. Até que numa bola rebatida Juan mandou pra área e Marquinhos saiu de frente e bateu firme para abrir o placar, Vitória 1×0 Coritiba. Logo após o gol o rubro negro teve duas chances de ampliar e não fez, daí em diante o Coxa cresceu e chegou a sufocar, e quando todos esperavam o fim do primeiro tempo, eis que Michel dá um presente para o Robinho que lançou nas costas de Luiz Gustavo e Geraldo marcou um verdadeiro golaço, 1×1 e fim de papo.

dinei_vitoria_ae.jpg_95

No segundo tempo Ney resolveu manter o mesmo time e esperávamos a mesma postura do começo do primeiro tempo, porém foi o alviverde comandado por Chamusca que criou as oportunidades e esbarrou em Wilson e na falta de pontaria dos seus atacantes.

Sem conseguir criar, Ney Franco chamou Willian Henrique e tirou o Renato Cajá, logo depois colocou Euller na lateral esquerda em lugar de Luiz Gustavo e chamou Juan para o meio de campo, e deu certo, Euller, Juan e Willian Henrique foram responsáveis por incendiar o jogo e o Vitória chegou ao gol justamente com jogadas destes atletas.

Ayrton  lançou Juan que mandou para Willian Henrique fazer, mas ele conseguiu chutar em cima do goleiro, mas a bola sobrou para Dinei completar e chegar ao seu nono gol e se tornar o novo artilheiro do Vitória.

O Leão cresceu e Juan passou a comandar o jogo, seguido pelo garoto Euller as jogadas começaram a acontecer e o rubro negro teve pelo menos 3 oportunidades de selar o placar, mas Marquinhos e Willian Henrique duas vezes desperdiçaram, mas o importante é que o Vitória venceu e chegou a quinta colocação.

IMAGEM_NOTICIA_3

FICHA TÉCNICA

Série A

Vitória x Coritiba

Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA)

Data: 12 de outubro de 2013

Hora: 18h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho(CE)

Assistentes: Clóvis Amaral da Silva(PE)  e Carlos Jorge Titara da Rocha (AL)

Gols: Marquinhos e Dinei (Vitória) / Geraldo (Coritiba)

 

Vitória: Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Michel, Luiz Gustavo (Euller), Cáceres e Renato Cajá (William Henrique); Marquinhos e Dinei. Técnico: Ney Franco.

 

Coritiba: Vanderlei; Victor Ferraz, Leandro Almeida, Chico e Diogo; Júnior Urso, Gil, Germano (Lincoln) e Robinho (Botinelli); Geraldo e Julio César (Bill). Técnico: Péricles Chamusca.

Wilson; Muito seguro, boas saídas do gol, foi muito importante para o resultado. 8.0

 

Ayrton: Mostrou como fez falta no BAVI, muito seguro, bom nas bolas paradas, segura a onda na posição, importantíssimo. 7.5

 

Victor Ramos: Quase entrega pela displicência, mas fez uma boa partida, precisa ficar atento. 7.0

 

Kadu: Jogou pra pirão, é um cara de muita seriedade, errou quando tentou sair jogando, mas no mais muito eficiente. 7.0

 

Juan: O nome do jogo, apagado na lateral, onde só segurou o jogo, cresceu quando foi para o meio e criou pelo menos 3 chances claríssimas de gol, numa delas saiu o do triunfo. 8.0

 

Michel: Não entendo sua titularidade, novamente entregou e quase complica o jogo, tem que sair desse time e ir para o banco. 4.0

Luiz Gustavo: Não fez uma boa partida, tomou nas costas no primeiro e toda saída de bola adiantava e perdia. 5.0

Cáceres: Brigador, foi o cara da luta no meio com Luiz Gustavo e Michel jogando mal, joga pro time. 7.0

Renato Cajá: Mais uma partida muito abaixo, e imprensa e torcida continuam o suportando, quando é Arthur Maia em 15 minutos, precisa jogar mais do que Zidane em final da copa de 98, não entendo. 3.0

Marquinhos: Um belo gol, e depois 3 chances claras que não se pode desperdiçar, vai ser poupado por que foi um cara participativo, que buscou o jogo e não se omitiu. 7.0

Dinei: Gol de camisa 09, como esperamos dele, tem que ser assim, na raça na vontade, na sobra, na canela, o importante é bola na rede. 8.0

Willian Henrique: Entrou elétrico, dando velocidade, e opção, mas perdeu dois gols incríveis, graças a Deus não fez falta, mas não pode perder. 6.0

Euller: Não sente a pressão, o garoto entra e joga com personalidade, apoiou, encostou e foi importante. 7.5

Pedro Oldoni: Entrou faltando  minuto para gastar o tempo.

Ney Franco: Triunfo na suas mudanças, apostou e deu certo, esta de parabéns, mas 3 pontos na conta. 8.0

Anúncios