[Vitória x Atlético] A ultima chance de Cerezo!


Com uma campanha pra lá de irregular no campeonato baiano 2012, Toninho Cerezo esta ameaçado no cargo e um insucesso hoje pode gerar a demissão do treinador que não esta agradando em nada neste momento. Há quem afirme que mesmo ganhando o mineiro pode deixar o Vitória hoje, e que só uma boa atuação da equipe com triunfo salvaria Cerezo da degola.

 

Vitória cheio de mudanças

 

Para tentar se manter, Cerezo promoverá mudanças na equipe afim de dar uma sacudida no elenco no jogo de hoje, Léo e Rodrigo entraram por causa das suspensões de Mansur e Victor Ramos, Renan deve dar lugar a Douglas no ridículo processo de rodízio de goleiros, mas é no meio que as coisas de vem acontecer. Mineiro, Arthur Maia e Lucio Flavio estão ameaçados por Robston, Pedro Ken e Geovanni respectivamente e há quem garanta que o Vitória irá a campo com Michel, Robston. Arthur Maia e Geovanni neste setor, agora é esperar para ver!

 

 

FICHA TÉCNICA

Vitória x Atlético-BA

Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA).

Data: Domingo, 4 de março.

Horário: 16h.

Árbitro: Gleidson Santos Oliveira.

Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos e Jefferson Abel Ferreira Lima.

 

Vitória: Renan (Douglas); Romário, Dankler (Rodrigo), Gabriel e Léo; Michel, Mineiro (Robston), Lúcio Flávio (Geovanni) e Arthur Maia (Pedro Ken); Marquinhos e Neto Baiano. Técnico: Toninho Cerezo.

 

Atlético: Marcos Paulo; Ademir, Rogério, Bira e George; Fausto, Garrinchinha, Tácio e Marcos Neves; Roberto e Deon. Técnico: Lameu.

Fora Cerezo e uma mudança de pensamento tático


Confesso que sonhei com a vinda de Cerezo, e quando seu nome foi especulado meu sorriso se abriu, isso tudo porque a filosofia de futebol ofensivo e estilo parecido ao do Carrossel holandês com rodízio de marcação e ataque, é tudo que o futebol moderno espera de um time, e o Vitória particularmente sempre se deu bem nesta formula. Em sua grande passagem aqui em 1999 Toninho demonstrou ser adepto a este esquema e por isso ele era tido por mim como o melhor nome para assumir o Vitória neste processo de mudanças que vive o clube, mas infelizmente isso não tem ocorrido.

Tenho pensado sobre a possível saída de Cerezo e algumas coisas me preocupam; Mudar de treinador na 12ª rodada é um risco para o campeonato baiano e para a Copa do Brasil que já irá começar; Quem no mercado seria capaz de dar um estilo de jogo vencedor a este elenco? Será que a diretoria não irá insistir erroneamente em Ricardo Silva novamente?. Estes são  alguns dos questionamentos que eu me faço, mas a verdade é que algo precisa mudar e tem que ser logo.

Se não bastasse o fato de que o rubro negro tem o pior inicio de campeonato baiano dos últimos 20 anos, o que mais me incomoda é as declarações de Cerezo, após a derrota para o Serrano Pedro Canisio questionou a ele sobre Lucio Flavio e a resposta dele foi:” Gostei da atuação do Lucio, acho que ele foi bem, deu alguns passes e construiu algumas jogadas, ele não teve culpa de nada, uma arbitragem dessas…” Dá para acreditar nisso? As incoerências de Cerezo é que estão me matando e se ele não tirar Lucio Flavio no Domingo por mim tem que ir embora, Geovanni tem que ser titular neste momento, este é o único modo de dar uma sacudida no Vitória.

Uma mudança de pensamento

Tenho percebido que diante da carência do Vitória em encontrar um meia armador e veloz, que o esquema tático deve ser modificado, o Leão deve passar a atuar em minha opinião no 3-5-2 ou 5-3-2 com a variação em campo a depender se o time esta atacando ou defendendo, Douglas , Gabriel, Rodrigo, Victor Ramos, Nino, Uelliton, Wellington Saci,Geovanni, Marquinhos, Rildo e Neto Baiano. Com isso continuaria com uma boa proteção no sistema defensivo e ganharia em velocidade e possibilidades de jogadas ofensivas, isso porque Uelliton tem boa marcação e boa aproximação ao ataque, Geovanni e Marquinhos podem dar o toque de qualidade e a velocidade necessária para ligar Neto e Rildo, e os cruzamentos de Saci e a velocidade de Nino também são grandes fatores, a correria de Rildo é outro fator preponderante para o sucesso deste esquema.

Ficariam como suplentes Renan, Romário, Mansur, Dankler, Alan Henrique,Mineiro, Arthur Maia, Rodrigo Mancha,Neto Coruja, Michel, Pedro Ken, Tartá,  Lucio Flavio,índio e Dinei.

Faça parte do Grupo Leão Minha Paixão no Facebook :

http://www.facebook.com/?ref=logo#!/groups/259704767429855/

 

Chumbinho, Cerezo, G10, Campeonato Baiano, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro


Newton Drummond chegou sem muito alarde e aos poucos foi mudando coisas que pareciam entranhadas no DNA do ECV, acabou com as especulações, com os bondes, com as preferências a determinados seguimentos da imprensa, não hesitou em comprar briga com nomes poderosos da mídia baiana para impor sua filosofia de trabalho, mas acima de tudo mostrou competência na gerencia do departamento de futebol do clube, a sua saída é temerosa e me preocupo que os avanços obtidos em tão pouco tempo, retrocedam as políticas que nunca deram certo no rubro negro. Precisamos de um novo homem forte do futebol, alguém que pegue o projeto de Chumbinho e  o pense como um legado, neste momento a continuidade da profissionalização dos departamentos é tudo que o Vitória precisa.

Cerezo

Demorou, mas parece que acordou, ao escalar o time no 4-3-3 alternando para o 4-4-2 a depender da movimentação de Marquinhos em campo, Cerezo para mim encontrou o melhor esquema tático para o Leão, somente mudaria duas peças: Geovanni em lugar de Lucio Flavio (há muito não tem rendido tudo o que sabe) e Rildo no Lugar de Dinei, outra possibilidade é montar o time que terminou o jogo com Arthur Maia, Geovanni e Marquinhos e ao invés de Dinei, a presença de Neto Baiano que no momento vive um melhor futebol, acredito até que ele tirou Neto para experimentar esta formação que deve iniciar o jogo de domingo já que o artilheiro vai cumprir suspensão.

O professor precisa mostrar coerência e manter o esquema no próximo jogo, só será ponderável as mudanças nas peças as quais me referi e é claro o Retorno de Douglas, pois mesmo com a boa estréia de Renan, hoje o dono da camisa 01 é Douglas, não se pode sucumbir a pressão de que Renan precisa jogar para ser convocado para as olimpíadas, a vaga tem que ser do melhor, e neste momento Douglas vem demonstrando porque tem que ficar com a vaga.

Mansur e Romário gostei muito da escalção dos garotos, ambos possuem boa qualidade técnica e visão de jogo, ainda precisam se aproximar mais ao ataque, quando o fizeram levaram perigo, resta saber se quando Saci e Nino estiverem aptos se os meninos serão mantidos.

Geovanni 10

Muito se especulou sobre Geovanni, disseram haver uma briga entre ele e Cerezo, depois falaram que G10 estava prestes a anunciar sua aposentadoria por causa de um problema crônico na cartilagem do joelho, e por ultimo que ele estava rescindindo contrato para ir para o Mirassol, pois bem, nenhuma das coisas se confirmaram e Geovanni entrou ontem no segundo tempo e deu outra dinâmica ao meio campo do Vitória, mesmo não sendo o camisa 10 nato, para mim hoje esta camisa é dele no Vitória, inteligente, com bom passe e perigoso nas cobranças de falta, Geovanni dá mais mobilidade e possibilidades ao ataque do decano, num esquema com Mineiro, Arthur Maia e Marquinhos acredito que seu futebol irá dar bons frutos, ainda tem o seu favor a vontade e a liderança dentro de campo.

Campeonato Baiano

Não é possível mais errar. O Vitória passou as ultimas duas décadas e meia dominando o estadual de ponta a ponta, o rubro negro se acostumou a ter as vantagens nas finais, é costumeiro que o palco da final da competição seja o Barradão e ao menos que o Leão comece a demonstrar um esquema tático definido e passe a vencer seus jogos, este ano veremos o Leão ter que reverter as desvantagens dos primeiros colocados, falta pouco para os jogos de volta e este é o momento de crescer no campeonato.

Copa do Brasil

Há cerca de duas semanas da competição, o Vitória ainda não a sua força máxima em campo e ainda não dispõe da melhor montagem tática, não podemos cometer o mesmo erro de 2011, o Leão tem obrigação de fazer uma boa competição, ainda mais quando a chave teoricamente coloca possibilidades favoráveis para o Leão chegar longe na competição, mas para isso é necessário que a partir de domingo o Vitória tenha uma postura coesa dentro das quatro linhas, e para isso é preciso coerência fora delas.

Campeonato Brasileiro

A competição mais importante do ano ainda demorará de começar, mas os pensamentos precisam estar focados nela, o Vitória não pode cometer o erro de só ter um esquema e time titular definido após 29 Rodadas, isso custou caro e por isso não conquistamos o acesso, o time cresceu na reta final, mas foi oscilante durante toda a competição e quando se joga a vida e tem toda a pressão por resultados, erros podem ser cometidos e os resultados podem ser trágicos como foi em 2011, por isso ficou a lição e este é o momento de Cerezo mostrar que é capaz de conduzir o Vitória a primeira divisão ao final de 2012.

Saudações Rubro Negras a todos e PEGA LEÃOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

[Bahia x Vitória] Com muitos mistérios BAVI DA PAZ marca duelo também fora do campo!


Semana de clássico é outra coisa, clima tenso, treino secreto e provocações, mas desta vez os falastrões não abriram a boca, Neto Baiano, Marquinhos e Uelliton andam comedidos, Souza, Tite e Avine também, será o reflexo dos treinadores que além de tudo são grandes amigos? Ou é medo de ambos os lados?

É meus queridos, mas BAVI tem que ter uma polêmica e desta vez ficou por conta da famigerada greve da PM, especulações de adiamento, clima de apreensão entre os torcedores, reuniões com a cúpula do futebol baiano e enfim tudo definido vai ter guerra neste domingo, ou melhor vai ter o BAVI DA PAZ, celebrando a cordialidades entre as torcidas.

A imprensa baiana desde o inicio do ano trata o time de Itinga como favorito, mas as goleadas rubro negras fizeram crescer a expectativa sobre o confronto que é o maior do norte -nordeste, a verdade é que as duas equipes ainda estão em formação e por isso ganhará talvez não a melhor, mas aquela que estiver com a cabeça no lugar, e se aproveitar das deficiências do adversário.

O Vitória pode vim a campo com algumas novidades, Marquinhos e Robston estão provavelmente certos e Mansur, Léo,Elton e Romário brigam pelas laterais e no meio Arthur Maia,Robston e Geovanni também guerreiam para estampar a camisa 08, embora eu pense que seria melhor um dois deles e não Lucio Flavio.

O Bahia também mantém a surpresa e vive a expectativa de uma escalação ultra-ofensiva com Ciro, Zé Roberto e Souza no ataque, uma variação de 4-3-3 para 4-4-2 com Zé Roberto fazendo a função de meia e de segundo atacante, mas a falta de ritmo pode comprometer o desempenho dele em campo.

Outro fator que preocupou foi o da arbitragem, após o Bahia vencer com lances bem polêmicos, aumentou a responsabilidade entre o trio a ser escalado, o Vitória pediu um trio de fora e a FBB escalou Rodrigo Martins Cintra, Ele será auxiliado por Raimundo Carneiro Oliveira e Elicarlos Franco Oliveira, dentre os nomes, para mim é o melhor, o unico que apresenta um aspecto de neutralidade e que o clássico vai ser decidido por jogadores e não por apito amigo.

Escalação do Vitória:Douglas; Léo, Gabriel, Dankler,e Elton ;Uelliton, Robston, Mineiro,e Lucio Flavio;Marquinhos, Neto Baiano

Escalação do Bahia: Omar; Coelho, Rafael Donato, Titi e Hélder; Fahel, Lenine e Morais; Zé Roberto, Gabriel e Souza

Vamos lá galera, invadir o parquinho metropolitano e fazer a festa, mas lembrem-se do compromisso de um BAVI DA PAZ!

SRN

[Juazeirense x Vitória]Um jogo Importante, mas não passa de um treino de luxo


É bem verdade que os 3 pontos hoje é importante, que vencer da moral para o BA-VI de domingo e que desempenhar um bom futebol é a demonstração de sistema tático apurado, mas o que não dá para negar mesmo, é que o jogo de hoje é um treino de luxo. Se não fosse assim, Cerezo não pouparia jogadores, se assim não fosse, Toninho não colocaria, Geovanni, Marquinhos, Pedro Ken, e Tartá para ganharem ritmo de jogo e sobretudo não estariamos todos na expectativa do maior classico do Norte-Nordeste.

O Vitória precisa vencer para colocar pressão no Bahia de Feira e ultrapassar o timinho de Itinga que tem sido novamente ajudado pela arbitragem, e com isso os novos contratados querem colocar uma duvida na cabeça do treinador(Pedro Ken e Tartá), Geovanni e  Marquinhos querem retomar o posto de titulares, e Dinei quer mostrar que broca mais do que Neto Baiano que busca o gol de numero 50 com a camisa do Vitória(https://valmerson.wordpress.com/2012/02/08/neto-baiano-busca-marca-de-50-gols-com-a-camisa-do-vitoria/).

O Leão terá 5 mudanças para o jogo de hoje: Léo, Wellington Saci, Uelliton, Mineiro, e Lucio Flavio saem para entrada de Dimas, Elton, Michel, Mancha, e Geovanni, ainda existe a possibilidade de Marquinhos começar no lugar de Dinei, ja que Cerezo confirmou que o atacante esta fazendo uma função que não é sua e que ele brigará mesmo é com Neto.

FICHA TÉCNICA :JUAZEIRENSE X VITÓRIA – SÉTIMA RODADA DO CAMPEONATO BAIANO 2012
Data: 8/02/2012 (quarta-feira), às 22h
Local: estádio Adauto Moraes, em Juazeiro
Arbitragem: Jailson Macêdo Freitas, auxiliado por Luiz Carlos Silva Teixeira e Carlos Santos Oliveira

Juazeirense: Vinicius; Leumir, Edi, Ferreira e Michel; Vaguinho, Naldo, Cicinho e William; Clodoaldo e Rafael Baiano. Técnico: Aroldo Moreira

Vitória: Douglas; Dimas, Alan Henrique, Gabriel e Elton; Mancha, Michel, Arthur Maia e Geovanni; Dinei e Neto Baiano. Técnico: Toninho Cerezo

PS:Com relação aos Uniformes 2012 do Leão, serão apresentados após o Carnaval na inauguração da nova loja do clube no BARRADÃO, será novidade em dose dupla.

[VITÓRIA 4X0 BAHIA DE FEIRA] Cerezo deu uma passadinha aqui no blog


Esta vendo Cerezo que fazer o fácil é o melhor? O leão acabou com a tal sensação do campeonato e mostrou um futebol digno dos torcedores que foram ao Barradão, mais uma vez eu afirmo que sem essa de revanchismos ou coisas do tipo, apenas 3 pontos que precisam ser comemorados.

Após Cerezo surpreender a todos, mas desta vez positivamente quando escalou Arthur Maia no lugar de Michel, o rubro negro correspondeu em campo e aniquilou o time de feira, Arthur Maia recebeu a bola e lançou para área Dinei mostrou faro de gol e abriu o placar,o menino da toca estava impossível, Arthur Maia entrou na área e foi derrubado,sofreu penalidade  marcada pelo arbitro e convertida por Neto Baiano que marcou seu oitavo gol na competição. O Vitória dominava a partida e o Bahia não conseguia reagir, neutralizado pelo Leão o treinador Arnaldo Lira choramingou feito menino, reclamou da arbitragem e mostrou que não sabe perder, quando tudo parecida terminado Uelliton aproveitou o rebote para marcar o terceiro e dar números finais ao primeiro tempo.

No segundo tempo o Vitória continuou mandando no jogo, mas como é normal diminuiu o ritmo, os destaques ficaram por conta do retorno de Marquinhos e entrada de Geovanni, e quando tudo parecia liquidado, Marquinhos lança Neto Baiano que toca Para Arthur Maia marcar um golaço (viu Cerezo? Um golaço, uma assistência e um pênalti, deixa o garoto jogar!), 4×0 e final de jogo.

PS: Este é o esquema de jogo e que venha o genérico no Domingo que vem!

FICHA TÉCNICA – Vitória 4 x 0 Bahia de Feira
Data
: 5/02/2012 (domingo), às 17h
Local: Barradão
Arbitragem: Lúcio José Silva, auxiliado por Dijalma Silva Ferreira e Carlos Vidal Pereira
Gols: Dinei , Neto Baiano, Uellinton e Arthur Maia.
Vitória: Douglas; Léo, A. Henrique, Gabriel e W. Saci (Dimas); Uelliton, Mineiro, Arthur Maia e Lúcio Flávio (Geovanni); Neto Baiano e Dinei (Marquinhos). Técnico – Toninho Cerezo.

Bahia de Feira : Dionnatan; T. Granja, P. Paraíba, Menezes e Weritinho; Carlos, Lau (Rômulo), Jonnathann e Maurício (Juninho); Carlinhos e João Neto. Téc. – Arnaldo Lira.

Confira os resultados da Rodada:

Vitória 4×0 Bahia de Feira

Itabuna 3×4 Bahia

Serrano 1×1 Atlético de Alagoinhas

Feirense 0x0 Juazeiro
Juazeirense 1×1 Camaçari

Fluminense 0x3 Vitória da Conquista

 

[Ponte Preta 0x0 Vitória] Um jogo que me deixou animado!


Ainda não foi uma partida fantástica do Leão, mas enfrentando uma boa equipe, organizada técnica e taticamente, líder da competição e invicta em seu mando de campo, o Vitória conseguiu demonstrar um padrão de jogo pela primeira vez nesta série B, a equipe se comportou muito bem defensivamente e faltou pouco para ser efetivo no setor ofensivo.

Talvez muitos não tenham prestado a atenção, mas foi a primeira vez no ano que eu vi o rubro negro praticar uma jogada ensaiada, em cobrança de escanteio quando todos correram para área chamando a marcação,Nino recebeu livre na entrada da área e não aproveitou, Geninho começa a imprimir a sua filosofia no time, que teve uma boa postura defensiva e boas oportunidades de ataque.

Fernando – Primeira grande partida dele no Leão, três grandes defesas, foi muito importante hoje.

Nino – Não fez uma partida daquelas dignas de seus melhores dias com a camisa do brioso, falta alguém do meio encostar quando chega na linha de fundo.

Alison – Muito seguro, mais uma vez uma ótima partida.

Gabriel – Justificou o porque a torcida pede sua presença desde o inicio do baiano, fez ótima dupla com Alison.

Fernandinho – Apareceu pouco ofensivamente e o time sentiu isso, defensivamente esteve muito bem.

Rodrigo Mancha – Melhor partida dele desde que chegou na Toca, foi eficiente nos desarmes, e na cobertura da defesa.

Zé Luis- Outro que foi bem defensivamente, faltou apoiar o ataque e ser o homem surpresa.

Neto Coruja – Rapaz que surpresa!!!!!!!! Um partidaço, depois de 7 meses parado fiquei inseguro com a sua escalação, mas foi um guerreiro em campo, e me agradou bastante.

Geovanni – Fez no segundo tempo o que se espera dele, chamou a responsabilidade e quase marca em duas oportunidades, precisa que alguém encoste com ele na meiuca.

Rildo – Teve tudo para se consagrar, um belo passe para Geovanni, e duas chegadas fortes, mas peca na definição.

Edu – Não foi bem, o físico ainda atrapalha o seu rendimento, teve duas oportunidades em que ficou claro que não tinha perna, o time para mim renderia mais ofensivamente neste jogo se tivesse, um homem referencia em seu lugar

Edson, Felipe, e Léo Fortunato entraram num momento de definição mas nem foram efetivos, nem comprometeram.

Geninho – Armou bem a equipe, deu uma disciplina tática que me agradou, mas demorou a mexer.

Ponte Preta 0 x 0 Vitória – 7ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Data: 25/06/2011 (sábado), às 16h20
Local: estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Arbitragem: Pablo dos Santos Alves (ES), auxiliado por José Maciel Linhares (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)

Ponte Preta: Julio César; Guilherme, Leandro Silva, Ferrón e Uendel; Xaves (Gérson), João Paulo, Josimar e Renatinho; Ricardinho (Bruno Soares) e Ricardo Jesus (Soares). Técnico – Gilson Kleina

Vitória: Fernando; Nino, Alison (Léo Fortunato), Gabriel Paulista e Fernandinho; Rodrigo Mancha, Zé Luís, Neto Coruja e Edu (Edson); Geovanni (Felipe) e Rildo. Técnico – Geninho

[Duque de Caxias 2×3 Vitória] Valeu pela entrega, pela vontade e pelo 3 pontos!


O primeiro triunfo de Geninho, a primeira vitória fora de casa e a primeira virada do ano para o Vitória. É para acabar com a má fase de vez e embalar na série B, e para não esquecer é a primeira vitória diante do Duque de Caxias, já que as equipes não haviam se enfrentado antes.

Ainda não foi uma excelente partida, mas hoje o Leão teve duas coisas muito importantes, vontade e postura, o time marcou em cima como Geninho vinha cobrando, diminuiu os espaços e disputou as jogadas, com isso o rubro negro conseguiu se impor em campo e sair com o triunfo, ainda é preciso entrosamento e condicionamento de alguns jogadores.

Fernando – Não teve culpa nos gols, mas tem que ter cuidado nas saídas 5.0

Nino- Bem longe daquilo que pode render e já rendeu por aqui 5.0

Alison- Muito seguro, bem na saída e não teve nada haver com os gols sofridos 7.5

Mauricio- Falha feia no primeiro gol, mas se redimiu com 2 gols para virada7.0

Fernandinho- Discreto, mas com uma boa apresentação para quem estava sem ritmo e entrosamento 6.0

Zé Luis- Foi uma boa estréia, gostei da marcação 6.0

Rodrigo Mancha- Marcou muito, teve raça e vontade7. 5

Jerson- Um Leão em campo, muita vontade, jogador que vem agradando 8.0

Xuxa- Péssima partida, muito lento, errando passes, tem que melhorar muito 2.0

Geovanni- Não fez uma boa partida, mas acabou participando das 3 jogadas de gols7.0

Neto Baiano- Esta um pouco perdido jogando sozinho, mas na oportunidade que teve brocou 7.0

Rildo- Entrou e movimentou o jogo, acabou sendo importante para o triunfo. 7.5

Esdras e Léo Fortunato entraram apenas para gastar o tempo.

Geninho- Escalou correto, e mexeu certo quando tirou Xuxa e colocou Rildo ainda no primeiro tempo 8.5

Ficha técnica Duque de Caxias 2×3 Vitória:

Duque de Caxias x Vitória – 4ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B
Data: 10/06/2011
Local: estádio Engenhão
Árbitro: Emerson Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Pedro Araújo Dias Cotta (MG)

Duque de Caxias: Fernando; Léo, Santiago, Bruno Costa (Genílson) e Paulo Rodrigues; Júlio César, Leandro Teixeira, Erick Flores e Tony (Gilcimar); Valdiram (Bruno Veiga) e Somália. Técnico – Alfredo Sampaio.

Vitória: Fernando; Nino Paraíba, Alison, Maurício e Fernandinho; Rodrigo Mancha, Zé Luís, Jérson, Xuxa (Rildo) e Geovanni (Esdras); Neto Baiano (Léo Fortunato). Técnico Geninho.

PS: O homem de amarelo queria empenar o jogo, depois do terceiro triunfo, um penal que foi assinalado de forma errada.

Classificação até este momento:

[Duque de Caxias x Vitória]É vencer, se impor e convencer.


Estamos na quarta rodada do campeonato brasileiro da série B, e até o momento o ECV ainda não demonstrou em campo o favoritismo depositado fora dele, as estatísticas comprovam que a 6ª rodada é o limite daqueles que sonham com o acesso, depois disso geralmente as equipes se mantém e as que ficaram para trás não conseguem se recuperar o suficiente para ficar entre os quatro melhores, da mesma forma como ocorreu com o Sport em 2010.

Não há mais desculpas para Geninho, já teve 3 semanas e 3 jogos para dar uma definição tática e técnica ao time, vencer é obrigação, se impor diante do lanterna da competição é o que rubro negro tem que fazer, pois tem que acabar com a balela de tem que respeitar os adversários, temos que respeitar nas declarações e fora de campo como agremiação, mas dentro de campo é necessário fazer jus a fama de maior da série B, e além disso é preciso convencer ao torcedor de que um padrão esta se formando e com os novos atletas do elenco o Vitória poderá sim rugir alto e brigar pelo título da competição nacional.

O Leão vai com 3 estréias para o jogo de hoje, Mancha, Zé Luis e Fernandinho estreiam na equipe, que terá uma nova formação 4-5-1 com Geovanni alternando de meia à atacante, Xuxa e Jerson chegando de trás e Neto Baiano fazendo o pivô entre os zagueiros, teremos pela primeira vez dos 1ºs volantes de oficio, e uma nova linha de 4 defensores com Nino,Alison,Mauricio e Fernandinho.

A campanha fraca nas duas fases do estadual 2011 revelou claramente os defeitos do elenco carioca, o Duque não deve ser uma surpresa e acredito que brigará para não cair.

Craque: Somália, com 8 gols no estadual, o artilheiro da equipe mostra qualidade para balançar as redes.

Destaque: Juninho e Lenilson (ex-Vitória), a dupla de meias, tem feitos gols e deixado Somália na cara para marcar, tem que marcar em cima, pois a experiência de um e a correria de outro, dá resultados.

Ponto Forte: A ligação rápida entre o meio e o ataque, que gera bons contra ataques e gols.

Ponto Fraco: Defesa que bate cabeça, jogadores lentos e que não suportam a pressão.

Estádio: Manda seus jogos no São Januario, não deve ser um mandante chato e nem ter torcedores.(foi alterado para o Engenhão)

Time Base: Fernando, Ari, Marlon, Fabio Braz e Hamilton; Lenon, Juninho e Lenílson; Geovani Maranhão, John e Somália.

[VITÓRIA X GUARANI] Para apoiar ou Protestar o Barradão é o lugar


A semana foi longa, e os sentimentos de revolta e frustração tomaram conta da nação rubro negra, muitos ensaiaram protestos, outros pediram publico zero, mas a verdade é que para apoiar ou protestar o lugar certo é o Barradão. Só peço uma coisa aos guerreiros, leve sua faixa, grite antes do jogo, mas quando a bola rolar esqueça a raiva e apóie o Vitória rumo ao triunfo, deixe a indignação para depois do jogo, não vamos cortar na carne como no jogo contra o Vila Nova.

O JOGO

Muitas mudanças e estréias no Leão que enfrenta o Bugre, o esquema tático será o 4-4-2, Fernando, Alison e Zé Luis estréiam, e Jerson ganha à vaga de Xuxa, com quase uma semana para trabalhar Geninho buscou ao máximo imprimir uma nova filosofia de jogo e padrão tático a equipe do Vitória e hoje veremos se isso deu certo.

Muito longe dos tempos áureos quando sagrou-se o único clube do interior paulista campeão brasileiro, o bugre não deverá alcançar o G4, mesmo com toda tradição,a equipe de Campinas vive seu pior momento na história, sendo do segundo escalão da competição paulista, onde se classificou para a segunda fase e é favorito a retornar a elite em São Paulo, mas sem muitas expectativas de investimentos para reforçar o elenco no nacional, onde não deve fazer cara feia para alguns adversários.

Copa do Brasil:
Eliminado pelo Horizonte-CE na 2º fase

Craque: Marcos Denner,o Atacante sabe o jogo e leva muito perigo ao gol adversário.

Destaque: Márcio Guerreiro, além de experiente o meia tem qualidade, é muito raçudo e auxilia bem ao ataque bugrino.

Ponto fraco: O fraco desempenho longe de seus domínios.

Ponto forte: A tradição da camisa, isso ainda pesa em alguns momentos, contra adversários menos tradicionais.

Estádio:Brinco de ouro, uma boa casa e com uma pequena torcida apaixonada que comparece em numero razoável.

Time base:Emerson; Chiquinho, Neto, Aislan e João Paulo; Leandro Carvalho, Lucas, Dadá e Felipe; Fabinho e Fernandão

HISTORICO DO CONFRONTO

Foram 26 jogos entre as duas equipes no período de 1974 a 2010, com 8 triunfos para cada lado, o Vitória marcou 33 gols e sofreu 37, o time rubro negro ficou 8 partidas sem perder para o bugre que por sua vez conseguiu uma invencibilidade de 3 partidas.

No Barradão foram 8 partidas com 3 triunfos do Leão, 3 empates e 2 derrotas, o Vitória marcou 15 vezes e sofreu 11 gols.

A ultima partida terminou empatada em Vitória 1×1 Guarani.

PS: Quando a bola rola meu Deus,Meu Deus, grita a galera Vitória.Quando a bola rola meu Deus,Meu Deus,Vitória Vitória Vitória!

SELOS DE QUALIDADE:São 4:Selo Taça, G4,Participação e Rebaixamento.Será utilizado para identificar na minha opinião, as possibilidades dos nossos adversários em termos de classificação ao final da competição.