Wellington Saci não é mais atleta do Vitória, outros jogadores podem sair(Índio, Adaílton e G10)


O lateral-esquerdo, Wellington Saci, está deixando o Vitória. O atleta até já viajou para São Paulo para se apresentar ao Corinthians, ele deve ser novamente emprestado, e ao que tudo indica ele continuará na série B só que no Atlético Paranaense.

Saci teve um bom começo no rubro-negro baiano, mas se contundiu e desde o seu retorno não conseguiu repetir o bom futebol, passou então a oscilar entre os titulares e reservas e há algumas rodadas tem sido reserva de Mansur, com a contratação de dois atletas para posição (Dener e Gabriel Araújo), o espaço ficou ainda menor e por isso ele e o clube chegaram a um acordo sobre a sua dispensa.

Adailton deve ser o próximo a deixar o clube, sem muito espaço e com a chegada de Marco Aurélio, está fora dos planos de Carpegiani. Especula-se ainda que índio também deve sair, o jogador vem conversando com a diretoria para definir o seu futuro e caso encontre algum clube não deve ter dificuldades de deixar o Vitória, o América de Natal tem interesse em contar com as flechadas do atacante. Outro que segue com futuro incerto é Geovanni, o ex-camisa 10 treina com o time b atualmente e desperta o interesse do Goiás, mas o alto salário tem atrapalhado a sua ida para o esmeraldino.

Geovanni pode ir para o Goiás


O Presidente do esmeraldino confirmou por meio de seu twitter @joaoboscoluz  que deseja contar com o meia Geovanni, ele escreveu que as negociações já estão abertas, mas que ao que tudo parece o alto salario de G10 é o que impede que tudo se concretize.

Geovanni chegou ao Vitória em 2011 e jogou 58 partidas até o momento, marcou 14 gols e foi artilheiro do campeonato baiano do ano passado. O Atleta esta treinando no grupo 2 do Vitória e foi colocado a disposição para negociação, o motivo seria justamente o que impede até o momento a sua ida para Goiânia, o alto salario, com o clube buscando cortar gastos, o jogador que tem a maior remuneração do elenco acabou sendo alvo.

Chumbinho, Cerezo, G10, Campeonato Baiano, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro


Newton Drummond chegou sem muito alarde e aos poucos foi mudando coisas que pareciam entranhadas no DNA do ECV, acabou com as especulações, com os bondes, com as preferências a determinados seguimentos da imprensa, não hesitou em comprar briga com nomes poderosos da mídia baiana para impor sua filosofia de trabalho, mas acima de tudo mostrou competência na gerencia do departamento de futebol do clube, a sua saída é temerosa e me preocupo que os avanços obtidos em tão pouco tempo, retrocedam as políticas que nunca deram certo no rubro negro. Precisamos de um novo homem forte do futebol, alguém que pegue o projeto de Chumbinho e  o pense como um legado, neste momento a continuidade da profissionalização dos departamentos é tudo que o Vitória precisa.

Cerezo

Demorou, mas parece que acordou, ao escalar o time no 4-3-3 alternando para o 4-4-2 a depender da movimentação de Marquinhos em campo, Cerezo para mim encontrou o melhor esquema tático para o Leão, somente mudaria duas peças: Geovanni em lugar de Lucio Flavio (há muito não tem rendido tudo o que sabe) e Rildo no Lugar de Dinei, outra possibilidade é montar o time que terminou o jogo com Arthur Maia, Geovanni e Marquinhos e ao invés de Dinei, a presença de Neto Baiano que no momento vive um melhor futebol, acredito até que ele tirou Neto para experimentar esta formação que deve iniciar o jogo de domingo já que o artilheiro vai cumprir suspensão.

O professor precisa mostrar coerência e manter o esquema no próximo jogo, só será ponderável as mudanças nas peças as quais me referi e é claro o Retorno de Douglas, pois mesmo com a boa estréia de Renan, hoje o dono da camisa 01 é Douglas, não se pode sucumbir a pressão de que Renan precisa jogar para ser convocado para as olimpíadas, a vaga tem que ser do melhor, e neste momento Douglas vem demonstrando porque tem que ficar com a vaga.

Mansur e Romário gostei muito da escalção dos garotos, ambos possuem boa qualidade técnica e visão de jogo, ainda precisam se aproximar mais ao ataque, quando o fizeram levaram perigo, resta saber se quando Saci e Nino estiverem aptos se os meninos serão mantidos.

Geovanni 10

Muito se especulou sobre Geovanni, disseram haver uma briga entre ele e Cerezo, depois falaram que G10 estava prestes a anunciar sua aposentadoria por causa de um problema crônico na cartilagem do joelho, e por ultimo que ele estava rescindindo contrato para ir para o Mirassol, pois bem, nenhuma das coisas se confirmaram e Geovanni entrou ontem no segundo tempo e deu outra dinâmica ao meio campo do Vitória, mesmo não sendo o camisa 10 nato, para mim hoje esta camisa é dele no Vitória, inteligente, com bom passe e perigoso nas cobranças de falta, Geovanni dá mais mobilidade e possibilidades ao ataque do decano, num esquema com Mineiro, Arthur Maia e Marquinhos acredito que seu futebol irá dar bons frutos, ainda tem o seu favor a vontade e a liderança dentro de campo.

Campeonato Baiano

Não é possível mais errar. O Vitória passou as ultimas duas décadas e meia dominando o estadual de ponta a ponta, o rubro negro se acostumou a ter as vantagens nas finais, é costumeiro que o palco da final da competição seja o Barradão e ao menos que o Leão comece a demonstrar um esquema tático definido e passe a vencer seus jogos, este ano veremos o Leão ter que reverter as desvantagens dos primeiros colocados, falta pouco para os jogos de volta e este é o momento de crescer no campeonato.

Copa do Brasil

Há cerca de duas semanas da competição, o Vitória ainda não a sua força máxima em campo e ainda não dispõe da melhor montagem tática, não podemos cometer o mesmo erro de 2011, o Leão tem obrigação de fazer uma boa competição, ainda mais quando a chave teoricamente coloca possibilidades favoráveis para o Leão chegar longe na competição, mas para isso é necessário que a partir de domingo o Vitória tenha uma postura coesa dentro das quatro linhas, e para isso é preciso coerência fora delas.

Campeonato Brasileiro

A competição mais importante do ano ainda demorará de começar, mas os pensamentos precisam estar focados nela, o Vitória não pode cometer o erro de só ter um esquema e time titular definido após 29 Rodadas, isso custou caro e por isso não conquistamos o acesso, o time cresceu na reta final, mas foi oscilante durante toda a competição e quando se joga a vida e tem toda a pressão por resultados, erros podem ser cometidos e os resultados podem ser trágicos como foi em 2011, por isso ficou a lição e este é o momento de Cerezo mostrar que é capaz de conduzir o Vitória a primeira divisão ao final de 2012.

Saudações Rubro Negras a todos e PEGA LEÃOOOOOOOOOOOOOOOOOO!