Os DETALHES das negociações do Vitória


2017-04-1-07-24-07O Vitória corre para confirmar os reforços para temporada 2017, com promessa de entregar o grupo “completo” para Argel Fucks na próxima segunda-feira (9), o diretor de futebol Sinval Vieira afirma que faltam detalhes para anunciar oficialmente.

DÁTOLO: O meia argentino foi procurado mas rejeitou a primeira proposta porque valor não havia agradado, clube fez nova proposta e agradou e as referencias sobre a estrutura lhe despertaram o interesse mas jogador tinha acordo verbal com o Boca, após conversa com time argentino, Jesus Dátolo e Vitória chegaram há acordo e jogador é esperado para assinar.

LEONARDO PISCULICHI: Vontade de atuar foi o principal motivo do gringo querer sair do River Plate, o detalhe que falta é tempo de contrato, valores já estariam certos entre jogador e Vitória e Sinval pod anunciar a qualquer momento.

FRED: Após imbróglio com anúncio de contratação do zagueiro e desmentida por empresario, atleta e Grêmio, Sinval Vieira adotou a postura da cautela e deixando para anunciar apenas com contrato assinado, as conversas continuaram e o agente do atleta afirmou que entre as partes tudo certo, detalhe é conseguir a liberação do Grêmio onde ele tem contrato.

GABRIEL XAVIER: A troca por empréstimo com Nickson parecia certa como anunciou o presidente do Cruzeiro mas outras propostas fizeram o empresário aguardar, ontem o mesmo já admitia que destino do meia deverá ser a toca do leão.

PAULINHO: As negociações aconteceram mas quando o Flamengo quis envolver Marinho, Sinval recuou.

DIEDERRICK JOEL: O camaronês de apenas 23 anos já”rodou o Brasil” Coritiba,Londrina,Santos e Cruzeiro já contaram com o atacante e o Vitória deseja o empréstimo do clube celeste.

GEFFERSON E ALAN COSTA: Lateral e zagueiro já estão “fechados, apalavrados” mas diretor aguarda assinatura para fazer anúncio.

LUCCA: Colocado a disposição para empréstimo pelo Corinthians, o atacante despertou interesse do rubro negro mas concorrentes fizeram proposta, o Botafogo que para Libertadores e a Ponte Preta para disputa do campeonato paulista, com apenas uma sondagem até o momento do Vitória, vinda é pouco provável.

Este é o resumo das principais negociações do EC Vitória até o momento.

PODEM SAIR:

Flávio: Com contrato até outubro, esta sendo emprestado para Ferroviária.

Gabriel: Jovem revelação da base deve ser confirmado como reforço do Fortaleza até dezembro.

Nickson: Aguarda apenas desfecho com Gabriel Xavier para ir pro Cruzeiro.

Euller: Em alta após terminar bem a fase final do brasileirão, o lateral despertou interesses de clubes que tentam acordo com o Vitória.

Marcelo: Volante tem propostas, entre os clubes o Atlético MG.

Cárdenas: Não há confirmação, apenas rumores de que possa ser emprestado mas com a possibilidade de chegar 3 reforços da mesma posição, acredito que o colombiano possa mesmo ser emprestado.

Anúncios

Nomes de Pisculichi, Dátolo e Lucca agradam e torcedores ficam empolgados


picsart_01-03-08-50-07A torcida rubro negra terminou o ano reclamando dos nomes em negociação com o clube mas a informação de que a qualquer momento Jesus Dátolo e Leonardo Pisculichi podem ser oficializados, deixou o torcedor empolgado.

Sinval Vieira já havia admitido negociação com os meias argentinos mas acerto parecia distante por outras propostas que os atletas tinham, porém ontem o empresário de Pisculichi informou que avançaram as negociações e falta apenas detalhes para fechar.

Dátolo por sua vez não fechou com o Boca Juniors e vem amanhã a toca para finalizar acordo.

Já o atacante Lucca, o Corinthians colocou a disposição para empréstimo e segundo o Arena Rubro Negra o Vitória já fez sondagem para contar com o jogador, o problema é que o Botafogo já manifestou interesse em contar com Lucca na libertadores.

Alan Costa e Gefferson dependem apenas de assinatura.

Fred: O empresário disse que tudo certo entre o jogador e Vitória, depende apenas da liberação do Grêmio.

Gabriel Xavier: Empresário revelou que falta detalhes para assinar o empréstimo e Nickson ir para o Cruzeiro também por empréstimo.

Flávio esta sendo emprestado para Ferroviária para disputa do Paulista, ele tem contrato até outubro.

Gabriel, jovem da base vai defender o Fortaleza por empréstimo nesta temporada.

[CONTRATADO] Fred é o primeiro reforço da era Ivã/Sinval


2016-22-12-19-47-47O zagueiro Fred que pertence ao Grêmio é o 1° reforço do Vitória na era Ivã de Almeida e Sinval Vieira.

O defensor chega por empréstimo até o final do ano e reforça o setor que perdeu Victor Ramos e Guilherme Mattis para próxima temporada.

O jogador tem 30 anos e foi um dos nomes solicitados por Argel Fucks na lista que vazou ontem, o time mantém conversas com Rodrigão e ganhou a concorrência do Sport e o zagueiro Werley outro da “lista” foi contratado pelo Coritiba.

Atlético Mineiro 2×1 Vitória Leão perde mais uma e volta a zona


o

atletico-2x1-vitoria

O vitória infelizmente perdeu +1 fora de casa e voltou a zona de rebaixamento após revés contra o atlético mineiro no estádio independência com 2 gols de Fred para o time mineiro e Kanu descontando para a equipe rubro negra.

O treinador vagner mancini insistiu no esquema com 3 atacantes E deixou serginho no banco a esperança do torcedor era ver o time no tradicional esquema 4 4 2 mas isso não aconteceu e o boliviano foi o escolhido pelo treinador para começar a partida. O jogo começou bom com o atlético buscando o ataque e o vitória saindo no contra ataque rápido e tentando abafar Com o sistema de marcação alta Porém os espaços deixados no meio campo foram perigosos e Robinho e Fred sempre conseguiam lances para finalizar dentro da área. Parecia não ser o dia do camisa 99 que perdeu 1 gol incrível depois de lançamento na área ele deu carrinho na bola sem goleiro e acertou o travessão mas infelizmente foi 1 ledo engano Fred viria a marcar nos acréscimos do 1os. tempo depois de lançamento ele finalizou no canto do goleiro Fernando Miguel abrindo o placar. Antes do gol de Fred 1 lance chamou muita atenção aos 36min 1 contra ataque rápido do vitória marinho recebeu em profundidade partiu conduzindo a bola e tentou encobrir o goleiro Giovanni que fez grande defesa o detalhe é que o atacante David passava Livre pra receber Marinho perdeu gol e ao final do 1. tempo o goleiro caíque reserva do rubro negro partiu pra cima do atacante e gerou 1 princípio de confusão mais os jogadores depois afirmaram que conversaram e se acertaram no vestiário.

No 2os. tempo puxe-nos continuaram buscando o gol o vitória chegou ao empate com o cano após cobrança de falta de diego renan pelo lado esquerdo o zagueiro cabeceou com precisão empatando a partida para vitória. Mancini mudou colocou Alipio e Serginho em lug r de Ramallo e David Mas foi o atlético que conseguiu o 2os. gol novamente com fred após vacilo da defesa do vitória o atacante recebeu sozinho e fuzilou o goleiro fernando miguel é decretado 2 a 1 para o atlético e dando números finais a partida.
FICHA TÉCNICA
Atlético-MG x Vitória
Campeonato Brasileiro – 23ª rodada
Local: Independência, Belo Horizonte (MG)
Data: 07/09/2016
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS/Asp. Fifa)
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Maurício Coelho da Silva (RS)
Cartões amarelos: Fernando Miguel, Marcelo, Diogo Mateus, Ramon e Alípio (Vitória); Edcarlos (Atlético-MG)
Gols: Fred – 2x (Atlético-MG); Kanu (Vitória)

Atlético-MG: Giovanni; Carlos César, Gabriel, Edcarlos e Fábio Santos; Rafael Carioca, Lucas Cândido, Maicosuel (Yago), Robinho e Carlos Eduardo (Clayton); Fred. Técnico: Marcelo Oliveira.

Vitória: Fernando Miguel; Diogo Mateus (Euller), Kanu, Ramon e Diego Renan; Amaral, Marcelo e Cárdenas; Marinho, David (Alípio) e Ramallo (Serginho). Técnico: Vagner Mancini.

[VITÓRIA 1X1 FLUMINENSE] Não se pode perder tantas chances


VITÓRIA X FLUMINENSE

POR: Marcelo Góis

Incrível a mescla de sentimentos nesse jogo entre Vitória e Fluminense, esta noite no Barradão. No primeiro tempo, vimos um Vitória alucinante: muito veloz, pressionando o adversário e muito determinado a acabar de vez com o jogo. Taticamente, notamos um time diferente da partida bisonha diante da Portuguesa. Sistema defensivo seguro, meio campo bem postado e jogando com seriedade e com exceção de Dinei, um ataque decisivo. Maxi confirmou sua boa fase, brocou mais um e é momentaneamente artilheiro da série A, com 8 gols. Marcelo Camacho enfim começou jogando óbvio que ele jogou recuado contudo, deu pra evidenciar é que se trata de um jogador que cadencia tanto o jogo, que chega a irritar.

Escudero ganhou liberdade pra jogar e deu boa mobilidade ao meio tanto que deu a assistência para o gol. No segundo tempo, o Fluminense voltou determinado a empatar e encurralou o Vitória. O que me deixa irritado é a absurda queda física do time que, teve três jogadores substituídos por lesão (Michel e Escudero com dores no Púbis e Tarracha com lesão no músculo posterior da coxa direita). Fred então, começou a fazer a diferença. Trabalhou no pivô e deu um passe para Jean na cara do gol finalizar e Wilson de maneira excepcional, defender e nos salvar. Em outro lance, o atacante Kenedi fez grande jogada e finalizou para outra grande defesa de Wilson, que em seguida, no reflexo pegou o rebote. Mais pro fim após cobrança de escanteio Wilson calculou errado, socou para trás e falhou bisonhamente, Fred livre pegou a sobra e empatou.

No ultimo minuto Fred apareceu na pequena área finalizando de cabeça e caprichosamente a bola foi no travessão. É impressionante o quanto esse esporte é cruel com qualquer atleta e em especial, na posição onde não se deve falhar nunca. Enfim, uma hora um resultado ruim ia aparecer e o torcedor deve e tem que entender que não há motivo para desespero. Incrível a mescla de sentimentos nesse jogo entre Vitória e Fluminense: Da empolgação, pra frustração e ao alívio.

FICHA TÉCNICA

Série A

Vitória x Fluminense

Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).

Data: 07/08/2013 

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)

Auxiliares: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Luiz Souza Santos Renesto (PR).
Gols: Maxi Biancucchi (Vitória) / Fred (Fluminense)

 

Vitória: Wilson; Gabriel Paulista, Victor Ramos, Fabrício e Danilo Tarracha (Mansur); Michel (Edson Magal), Cáceres, Escudero e Camacho (Renato Cajá); Maxi e Dinei. Técnico: Caio Júnior.

 

Fluminense: Diego Cavalieri, Igor Julião, Gum (Diguinho), Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean, Wagner (Kennedy) e Felipe (Eduardo); Rafael Sobis e Fred. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

POR: Valmerson Santana

WILSON: Estava quase sendo canonizado quando cometeu um erro fatal para o gol de Fred. 7,5

Gabriel: Partida muito segura, tem sido destaque improvisado. 7.0

Victor Ramos: Deu duas patinadas mas no geral foi muito bem. 6,5

Fabricio: Acompanhou os companheiros, muito seguro, principalmente nas bolas áreas. 6,5

Tarracha: Jogou muito bem, e se tivéssemos um centroavante de verdade, venceríamos a partida. 7,0

Michel: Do sistema defensivo foi aquele que destoou, não apareceu no jogo. 4,5

Cáceres: Encostou legal no ataque e ajudou a pressionar a defesa do Fluminense bela partida. 7,0

Camacho: Não conseguiu imprimir aquele passe que se espera de um 10, cadenciou demais a partida.

Escudero: O cara do meio campo, muita garra técnica e uma bela assistência, o time sentiu sua saída 7,5

Maxi Biancucchi: Outro gol do nosso artilheiro, precisa ter um parceiro de ataque melhor. 7,5

Dinei: Pelo amor de Deus, um cara gigante tem tantas bolas alçadas e não consegue cabecear uma. Zero

Renato Cajá: Continuou com o péssimo futebol das ultimas partidas. 2,5

Edson Magal: Conseguiu aparecer mais do que Michel, mas entrou em momento complicado: 5,0

Mansur: Não conseguiu manter a pegada de Tarracha, sentiu a falta de ritmo. 4,5

Caio Junior: Armou bem a equipe, mas sofre com as peças de reposição, 3 substituições por questões de contusão e necessidade física. 6,0

[VITÓRIA 2X2 INTER] O Leão começou rugindo forte, mas não garantiu a caçada.


VITÓRIA X INTER

 

 Comecei o texto pré-jogo afirmando que o Leão precisaria rugir forte na selva da série A, e o time até que não fez feio, estreou empatando com o forte Inter, mas um resultado a lamentar. Isso porque o rubro negro abriu o placar de 2×0 e teve chances de ampliar, porém caiu de rendimento e cedeu ao empate.

 Logo aos 2 minutos uma jogada de qualidade entre aqueles que são verdadeiramente destaques deste elenco, Escudero e Renato Cajá trocaram passes precisos e insinuantes e o camisa 11 lançou a bola para área e Maxi Biancucchi antecipou a defesa e  chutou de primeira para marcar um golaço e fazer Vitória 1×0. O jogo começou de maneira promissora e aos 11 minutos Renato Cajá cobrou falta com precisão e Gabriel Paulista tocou de cabeça e marcou o segundo do Leão.

Após a marcação do segundo gol o Vitória teve com Nino e Dinei a chance de liquidar a partida mas, não aproveitou e esse é o perigo de jogar contra um time qualificado que tem jogadores do calibre de Forlán e Fred. Aos 29 Forlán diminuiu após uma jogada mirabolante de Fred que driblou 3 jogadores e após um tropeção ridículo de Wilson tocou para trás para o gol de Forlán, o Vitória continuou melhor em campo, mas isso somente até o final do primeiro tempo.

No segundo tempo o que se viu foi o Inter buscando empatar e o time baiano todo atrás aceitando a pressão, a saída de Cajá revela aquilo que tenho dito sempre, não temos ninguém para substituí-lo, nesse momento o time já estava com Giancarlo que não teve grandes chances, aos 18 minutos o balde de água fria, um lançamento em profundidade e a defesa dormiu, Fred dominou e tocou fácil para empatar o jogo. Foi tomar o gol e parece que o Vitória acordou na partida, o time passou a criar novas oportunidades, mas a falta de tranquilidade e preciosismo de Marquinhos e Vander foram cruciais para não sairmos com os 3 pontos.

Aqueles que leram o pré-jogo viram a opinião deste blogueiro, destaques dos times Cajá e Forlán de olho neles Maxi e Fred e não deu outra.

Tenho dito, o Vitória precisa de pelo menos 1 goleiro (cara para ser titular), 1 zagueiro (dá mesma forma), 1 meia( pelo menos para ser reserva de Cajá),  1 Centro Avante para ser a referência do time.

Agora é jogar e vencer o Náutico nos Aflitos.

 FICHA TÉCNICA

Série A

Vitória 2 x 2 Internacional

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data: 25/05/2013

Hora: 18h30

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (FIFA/RJ)

Auxiliares: Fábio Pereira (CBF/TO) e Rodrigo Henrique Corrêa (CBF/RJ)

Gols: Maxi Biancucchi e Gabriel Paulista (Vitória) ; Diego Forlán e Fred (Internacional)
Vitória: Wilson; Nino Paraíba, Gabriel Paulista, Victor Ramos e Mansur; Neto Coruja, Cáceres, Escudero e Renato Cajá (Vander); Maxi (Marquinhos) e Dinei (Giancarlo). Técnico: Caio Júnior.

WILSON: É muito limitado, disse isso desde a sua chegada. Nota 5.0

NINO: Sacrificado na marcação, precisa de apoio dos companheiros, foi uma válvula no inicio do jogo. Nota 6.0

Gabriel Paulista: Se salva pelo gol que fez, mas dois gols de zaga amadora. Nota 5.0

Victor Ramos: Tem que voltar a pegar a Nicole urgente, caiu muito de rendimento. Nota 4.0

Mansur: Como já disse, é inexperiente, falta muito ainda (Tarracha urgente). Nota 2.0

Neto Coruja: Hoje não foi bem, marcou a distância, deu muito espaço. Nota 4.0

Cáceres: Dá mesma forma, precisa combinar com Coruja quem apoia Nino: Nota 5.5

Renato Cajá: Tem uma bola parada fenomenal e fez uma bela jogada com Escudero, time cai quando sai. Nota 7.0

Escudero: É um cara de muita qualidade, passe de precisão, precisa de um pouco de sorte nos arremates. Nota 7.5

Maxi Biancucchi: É o melhor atleta do time, pelo menos o mais regular, um golaço, deu canseira aos defensores: Nota 8.5

Dinei: Como eu queria que lembrasse o mesmo de 2008, mas é apenas dedicado taticamente. Nota 5.0

Vander e Marquinhos: Reboladores. Nota 3.0

Giancarlo: Não teve oportunidades, mas demonstra conhecer de futebol. Nota 5.0

Caio Junior: Não vou sacrifica-lo porque o time não tem peça de reposição, mas não pode ficar fazendo todos os jogos as mesma mudanças. Nota 6.0

 

Internacional: Agenor; Gabriel, Rodrigo Moledo, Juan e Kleber; Airton, Willians, Fred e D’Alessandro; Forlán e Rafael Moura. Técnico: Dunga.