Sede de democracia levou a Vitória do Torcedor ao triunfo, veja as propostas da VdT


15288523_764390270376474_3310659872225178267_o-2VITÓRIA DO TORCEDOR: 528 Rubros negros, cerca de 33,20% dos 1590(Total de votos) escolheram a VdT para comandar o Esporte Clube Vitória no triênio 2016-2019, o triunfo de Ivã de Almeida e Pedro Catharino Gordilho Filho é fruto do desejo do torcedor por renovação e pela sede de democracia. Isso porque a chapa vencedora tem entre seus 200 conselheiros, nomes importantes que vem lutando nos últimos 6 anos pela abertura do clube, Paulo Catharino, Ivã de Almeida, Anderson Nunes, Toshio Akita, Fábio Mota foram nomes frequentes em reuniões por mudança de estatuto, convocação de AGE e teve como plataforma de campanha justamente a abertura do clube como ponto forte.

É preciso que a VdT no entanto mantenha alguns pontos positivos da atual gestão: Fortalecimento dos Esportes Olímpicos, Projeto Arena, Compra de jogadores destaque, investimento na estrutura e modernização do patrimônio que foram os pontos fortes da gestão curta de Raimundo Viana. Somado a isso, parte dos projetos de campanha das chapas Vitória gigante e Vitória de todos nós devem ser absorvidos porque agregam ao projeto da VdT, principalmente no que tange o futebol do clube, e essa é sem dúvida a maior preocupação do torcedor rubro negro neste momento.

Transformar a gestão do EC Vitória em profissional é o passo mais importante, ter independência dos setores e descentralização das funções e a proximidade com o torcedor precisam ser a marca e o legado desse novo grupo, agira é aguardar e torcer e cobrar para que a chapa Vitória do torcedor nos traga muito orgulho.

CONHEÇA AS PROPOSTAS DE CAMPANHA DA VT

15259405_764390603709774_6026335909386134501_o

CONVOCAÇÃO DE AGE PARA REFORMA ESTATUTÁRIA

Convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE) com a participação do Sócio Torcedor para reformar o estatuto em, no máximo, 90 dias.
ELEIÇÕES DIRETAS PARA CONSELHO DIRETOR

O Sócio Torcedor, finalmente, poderá escolher o Presidente e Vice-Presidente do Conselho Diretor do Esporte Clube Vitória através do seu Voto Direto.
CONSELHO DELIBERATIVO PROPORCIONAL

Uma votação independente em que o Sócio Torcedor votará na Chapa de Conselho que terá o seu percentual eleitoral convertido em vagas no Conselho Deliberativo.

REFORMULAÇÃO DOS PLANOS DE SÓCIO TORCEDOR

Reformulação geral no programa de Sócio Torcedor com novos planos, maiores vantagens e ampliando o prazo de renovação para 90 dias.
DIVULGAÇÃO DA LISTA DE SÓCIOS EM TEMPO REAL

Lista de Sócios do Clube atualizada em tempo real disponível no site oficial, em respeito aos milhões de rubro-negros que gostariam de ter acesso.

15259196_766030923545742_8928560121025693589_o
FORTALECIMENTO DA REDE VITÓRIA SEM FRONTEIRAS

Redução da distância entre o Clube e os grupos de torcedores fora de Salvador, estreitando relações, promovendo o intercâmbio e oficializando as embaixadas.

PROFISSIONALIZAÇÃO DA GESTÃO E DIREÇÃO

Todos os cargos, inclusive os diretivos, serão ocupados por profissionais qualificados, com metas, dedicação exclusiva, e com a devida remuneração salarial.
TRANSPARÊNCIA DA GESTÃO E DAS CONTAS

Criação de um link direto entre Conselho, Sócios Torcedores e Clube para a divulgação das ações e das prestações de contas de todas as diretorias do Clube.
INVESTIMENTO EM INFRAESTRUTURA

Parte do orçamento será disponibilizado, exclusivamente, para investimento profundo na infraestrutura do clube, especialmente, na do Barradão.

REVITALIZAÇÃO DA DIVISÃO DE BASE

Profissionalização da divisão de base, com foco, não somente na conquista de títulos, mas na revelação de jogadores de alto rendimento.
MAXIMIZAR O INVESTIMENTO NOS ESPORTES OLÍMPICOS

Implementação de novas categorias de esportes olímpicos e maximização dos investimentos na área, alavancando a imagem do clube para além do Futebol.
RESPONSABILIDADE E DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Implementação de ações voltadas à responsabilidade e ao desenvolvimento social, com atividades educacionais e esportivas nas comunidades.

Eleição ameaçada no ECV


vs21

Fábio Mota já havia se manifestado através de entrevista exclusiva com a gente que iria a justiça por conta de problemas com a forma que esta sendo conduzida as eleições do clube, só que antes que viesse a tona o processo de Mota a chapa do Vitória Séc XXI se mobilizou e através de um dos membros entrou com a ação para impugnar o regime eleitoral do clube, como podem ver no texto da Tribuna da Bahia abaixo.

O sócio do Esporte Clube Vitória Ricardo Santos Pereira, registro número 01002675, entrou com um pedido de impugnação contra as normas do Regimento Eleitoral para o triênio 2014/2016, que vai direcionar o processo de sucessão de Alexi Portela Júnior, prevista para a primeira quinzena de dezembro de 2013. O documento pede revisão de critérios estabelecidos no Regimento, particularmente com relação aos prazos para a divulgação da relação de sócios que tem direito ao voto na eleição do novo presidente e do novo Conselho Deliberativo do clube.

“O prazo é insuficiente para que os associados que tenham direito ao voto, que diga-se de passagem são os mesmo que estarão aptos a serem candidatos ao Conselho, possam ter a fidúcia do direito estatutário líquido e certo. A Autorização para a divulgação da lista de votantes apenas 5 (cinco) dias antes da eleição trará benefícios diretos à chapa da situação, que diante da possibilidade do uso da máquina ou do descomedimento do poder político terá prejudicado seriamente o pleito eleitoral”, diz um dos trechos do pedido de impugnação do Regime, no ofício do sócio Ricardo Santos Pereira.

O ofício, redigido em quatro folhas ofício e dirigido ao presidente da Comissão Eleitoral, Nilton Gonçalves de Almeida Filho, questiona ainda no item 08, os critérios de divulgação, restrições à publicidade da plataforma e dos projetos dos candidatos à eleição presidencial do Vitória.

[VASCO 1X2 VITÓRIA] O Leão rugiu no alto da Colina


VASCO X VITÓRIA

Depois de um longo tempo o Vitória voltou a rugir alto fora da selva Barradão e o momento era o melhor possível, vencer o primeiro time da zona de rebaixamento se afastar da zona fantasma e voltar a aparecer na parte principal da tabela de classificação.

Eu vinha criticando Caio Junior a muito tempo, e mostrava o porque das minhas criticas ao antigo treinador, e a falta de postura fora de casa e a incoerência eram os fatos que eu batia a cada jogo. Com Ney Franco a postura é outra e existe coerência, o apoio a base, as falas do que precisam ser corrigidos e os problemas da equipe são coerentes com o que vemos em campo e por isso venho elogiando o trabalho do novo treinador, espero que ele seja sempre assim.

Wilson: Boas defesas e hoje parou as faltas de Juninho. 7.0

Ayrton: Ainda não acertou suas faltas, mas tem feito boas partidas, foi importante no lance do gol. 6.5

Victor Ramos: Venho criticando a muito tempo, mas muito tempo mesmo, vai pro banco, RS3 vem aí. Vacilou com 22 segundos e o Vasco desperdiçou e depois com toda aquela altura não subiu e o Vasco marcou. 3.0

Kadu: Falta técnica, mas sobra vontade, ele mostra que quer crescer num clube grande, eu dizia que precisávamos de um zagueiro e um volante que desse botinada, chutasse para o onde nariz apontasse, impusesse respeito, e ele faz isso. Tomará que Ney corrija alguns vacilos dele de posicionamento. 7.0

Juan: Muita experiência e muita vontade, tem chegado sempre e criado oportunidades, fez belas tabelas com Escudero, vai crescer ainda mais daqui para frente. 6.5

Michel: Esteve perdido na marcação, não conseguia pegar a segunda bola, saiu machucado. 4.0

Luiz Alberto: Também deu muito espaço e erra muito na saída de bola, melhorou no segundo tempo, mas ainda esta abaixo da média. 5.0

Renato Cajá: Vai pro banco meu filho, seu futebol sumiu. 4.0

Escudero: É impressionante, eu dizia que minha preocupação era o grande tempo parado e o trauma grande que ele sofreu, mas o argentino parece não sofrer como os meros mortais, folego impressionante e até deslocado para segundo volante faz uma postura técnica impressionante. 6.0

Marquinhos: GOLAÇO não precisa dizer mais nada 9.0

Dinei: Hoje não marcou, mas foi importante, brigou na frente e teve poucas oportunidades 6.0

Vander: Solta a bola rapaz, que mania da zorra de prender, só que Ney é treinador. 4.0

Alemão: Gol importante, para ganhar moral com a torcida e com o treinador, entrou muito bem, 8.0

Leílson: Conseguiu em pouco tempo dar mais movimentação do que Renato Cajá. 6.5

Ney Franco: Muito coerente, mesmo com as ausências importantes e o desentrosamento, teve coragem, colocou o time para frente e foi premiado com um belo triunfo. 10.0

FICHA TÉCNICA VASCO 1 X 2 VITÓRIA

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 18 de setembro de 2013, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Célio Amorim (SC)
Assistentes: Vicente Romano Neto (SP) e Daniel Ziolli (SP)
Cartões amarelos: Wendel e Montoya (Vasco)
GOLS
VASCO: André, aos 7min do primeiro tempo
VITÓRIA: Alemão, aos 35min do segundo tempo; Marquinhos, aos 44min do segundo tempo

VASCO: Diogo Silva; Fágner, Jomar, Cris e Yotún; Wendel (Edmílson), Pedro Ken, Juninho Pernambucano e Dakson (Montoya); Marlone e André (Tenório)
Técnico: Dorival Júnior

VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Michel (Vander) (Alemão), Luís Alberto, Renato Cajá (Leilson) e Escudero; Marquinhos e Dinei
Técnico: Ney Franco

OUÇA AQUI A ENTREVISTA COM FÁBIO MOTA (Candidato a presidente do Vitória)


ENTREVISTA

O Leão Minha Paixão em parceria com o Programa Resenha Rubro-Negra e Arena Rubro Negra entrevistaram o candidato a presidência do clube Fábio Mota e ele respondeu os questionamento feito pela bancada e também enviadas pelos nossos ouvintes e seguidores.

OPINIÃO LMP: Gostei muito da entrevista, Fábio confirmou que é candidato, esclareceu a questão da formação da chapa e comentou fatos importantes como a questão do Barradão. Para Mota o Vitória não pode abandonar o seu estádio e tem que criar maneiras de viabilizar a Arena Barradão, o ponto alto para mim foi quando ele falou sobre a captação de recursos,  da maneira como conseguiu viabilizar a verba para Via expressa e sobre a má vontade da Conder em realizar a obra, afirmou ainda que existem outros recursos disponíveis para investir por exemplo nos esportes olímpicos mas que a atual diretoria não se mobiliza, ele criticou ainda a falta de transparência no processo eleitoral e pediu a abertura total da democracia no clube, clique e ouça na íntegra e emita a sua opinião.

Nesta quinta a partir das 20 horas entrevistaremos a Advogado do clube Patricia Saleão que defendeu o jogador Escudero no caso de doping.

É hoje! Entrevista ao vivo com Fábio Mota!


ENTREVISTA

Hoje por volta das 20 horas a nação rubro-negra terá a oportunidade de conhecer mais sobre o candidato a presidente Fábio Mota.

Em parceria o Leão Minha Paixão e o Resenha Rubro-Negra  irão questionar a Mota sobre os seus projetos, sua história no clube, Barradão x Arena fonte nova, Via Expressa, sócio torcedor, marketing, divisão de base e selecionaremos perguntas dos nossos ouvintes e seguidores.

Você poderá acompanhar ao vivo pelo site http://www.estacaoradar.com.br e enviar as perguntas para as páginas do LMP ou Resenha.

Em breve publicarei a entrevista aqui no blog

Na próxima entrevista, conversaremos com a competentíssima advogada do Vitória Patricia Saleão.( Data em definição)

247578_179514858768957_2881001_n

[VITÓRIA X NÁUTICO] Nada além do triunfo


VITÓRIA X NÁUTICO

A 6 jogos sem vencer o rubro negro se aproximou assustadoramente da zona de rebaixamento e por isso vencer o lanterna em casa é muito mais do que obrigação. As últimas atuações empolgam, pois mesmo sem ter conseguido os 3 pontos, o Vitória atuou bem e voltou a ter um padrão de jogo, a expectativa é que isso se traduza em triunfo neste domingo no Barradão.

Ney Franco terá o retorno do artilheiro Maxi Biancucchi e contará com o ótimo momento de Marquinhos e Cáceres (seleção da rodada nos últimos dois jogos), além do apoio constante de Juan e quem sabe a volta do bom futebol de Renato Cajá.

A  maior preocupação do treinador é o sistema defensivo, pois como o meio voltou a criar e o ataque fazer gols, é não levar tentos o novo objetivo de Ney para que o leão possa rugir forte. Acredito que esse é o jogo para vencer, golear, ganhar moral, recuperar o saldo de gol e voltar a subir na tabela de classificação, do contrario o fantasma do rebaixamento irá se materializar, e o queremos longe da Toca do Leão.

Nas próximas partidas Ney Franco já “deverá” contar com alguns reforços, Arthur Maia e Renato Santos e Escudero, mas falaremos disso depois do jogo.

Já no time de Levi Gomes, o discurso é de complicar ao máximo o jogo no Barradão, o zagueiro Derley disse que o elenco é cheio de jogadores que foram campeões brasileiros em outros clubes, que possuem carreiras vitoriosas e precisam tirar o timbu dessa situação. Espero que essa reação deles fique para depois deste domingo. (risos)

 

Vitória: Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Michel, Cáceres, Renato Cajá e Marquinhos; Maxi Biancucchi e Dinei Ney Franco

Náutico: Ricardo Berna; Derley, Jean Rolt, Willian Alves e Bruno Collaço; Elicarlos, Helder, Martinez e Tiago Real; Jones Carioca e Hugo Levi Gomes

ENTREVISTA LEÃO MINHA PAIXÃO/RESENHA RUBRO-NGERA COM FÁBIO MOTA

ENTREVISTA

Nessa terça dia 17 às 20 horas o Leão Minha Paixão junto com o Resenha Rubro-Negra entrevistará o candidato a presidência do Vitória Fábio Mota.

Mota responderá as perguntas dos nossos ouvintes, para isso, envie sua pergunta para que possamos questionar ao vivo a ele no programa.

Fábio prometeu falar de tudo, a expectativa dele em ser presidente do clube, a disputa com Falcão, projetos e etc.

Então nação vamos participar, em breve tentaremos entrevista com os outros candidatos.

FIM DO BATE CHAPA, FALCÃO É O PRESIDENTE DO VITÓRIA 2014 À 2016


 CAIO JUNIOR 0S 5 ATOS
PETTER SOUZA
Como já havia antecipado em alguns grupos, os problemas enfrentados pela chapa do Vitória Séc XXI anteciparam o pleito na Toca do Leão, Petter Souza acabou de divulgar carta aberta a torcida onde retira a sua candidatura e você pode ler no final do texto. Com isso a expectativa de alguma participação do ex-presidente Paulo Carneiro no clube, caiu por terra, Petter que era apoiado por PC deixava claro que caso eleito o ex manager teria abertura para participação efetiva na vida do clube, mas isso não ocorrerá com os outros candidatos.
FABIO MOTA
Sem apresentar verdadeiramente um projeto ao torcedor e sem compor uma chapa até este momento, não acredito que Fábio Mota irá de fato brigar com Falcão pela presidência do clube, já havia antecipado que para mim Mota apenas tinha a intenção de fazer o seu nome conhecido para os próximos pleitos e isso de fato deve se confirmar em breve, logo teremos mais um candidato por aclamação no Esporte Clube Vitória.  O que de fato é péssimo para democracia no club e ´para as expectativas do torcedor. Fabio em diversas conversas me garantiu que vai pra briga no final do ano e mandou até que eu anotasse, mas mais uma vez ratifico a minha opinião sobre o caso.
CARLOS FALCÃO
O candidato da atual presidência e que goza do apoio da maior parte da bancada formadora de opinião que é a imprensa esportiva da Bahia, Falcão já era o grande favorito a presidência, e os fatos que sucederam só fez aumentar isso, ele só não será eleito se desistir da candidatura, coisa que acho quase impossível, já que há um consenso sobre seu nome dentro da Toca do Leão.
OPINIÃO LMP: Com tudo isso mais uma vez teremos uma presidente por aclamação e o Vitoria continua longe da chamada democracia tão almejada pelo seu torcedor, isso e muito negativo, principalmente na construção do conselho do clube, que para mim deve ser formado por proporção de votos, o que garante uma participação diferenciada com varias vertentes e opiniões dentro do clube.

Comunicado de Petter Souza e Silva sobre a retirada de candidatura para presidente do ECV

Caros amigos e torcedores do Vitória;

São nos momentos mais  difíceis da vida que temos a real noção de quem são nossos verdadeiros amigos e de quem gosta verdadeiramente da gente. Tenho passado por um período muito difícil e esta carta esclarecerá o que me move neste exato instante.

Como todos sabem, estou sendo acusado de estar envolvido em supostas irregularidades na ONG Pierre Bourdieu. Acusações duras e levianas, que me fizeram sofrer muito e abriram feridas que só serão cicatrizadas pelo tempo e pelo amor de minha família.

Continuo a afirmar minha inocência neste caso. Sou profissional da contabilidade com mais de 13 anos de profissão, pautados pela ética e respeito às leis. Fui contratado como prestador de serviços pela ONG Pierre Bourdieu e não tenho nenhuma relação com a suspeita de ilícito investigado. Fazia apenas a conciliação bancaria dos projetos, de modo que não participava das decisões, não tinha acesso aos recursos e  muito menos da gestão da ONG. Tenho plena confiança nas investigações e a certeza de que tudo será esclarecido.

Não sou ingênuo ao ponto de pensar que o que ocorreu foi motivado pela nossa candidatura a presidência do Vitória. Não foi isso. Não quero acreditar nisso. Mas também não podemos negar que a criminosa matéria exibida em sites sensacionalistas, colocou em mim os holofotes para o caso.

Enfim, o que tenho a dizer é que, por pressão da minha família, que foi atingida em cheio pelas mentiras e agressões, me vi obrigado a retirar minha candidatura à presidência do Esporte Clube Vitória nas eleições que se avizinham, em dezembro.

Também gostaria de dizer que não farei mais parte do projeto Vitória Século 21. Aquele grupo, que nasceu de um coletivo de pessoas determinadas a mudar a história da instituição através da democracia, com propostas avançadas como voto direto nas eleições para presidente, construção da Arena Barradão, revolução no programa de sócios, estruturação das divisões de base e um projeto sério de aperfeiçoamento da gestão do clube, tem muito a contribuir, mas agora sem a minha presença.

Por isso, peço desculpas e compreensão aos amigos de chapa, que me escolheram para  representá-los como candidato a presidente do clube. Meu momento agora está cem por cento dedicado a minha família, que sofreu comigo nesses dias de agonia que passamos, em paralelo ao estudo do processo e a minha defesa junto aos meus advogados, que vão provar a minha inocência.

Porém, continuarei a acreditar naqueles jovens determinados em modernizar nosso clube, dotá-lo de democracia e transparência tão necessários nos dias de hoje. Independente de qualquer coisa, continuarei torcendo pelo Vitória e por vocês, que querem um clube grande, livre dos empreiteiros que querem nos tirar do Barradão e livre de pessoas que querem se perpetuar na instituição a qualquer custo.

São essas as minhas palavras.

É esta a minha decisão.

Depois de Fábio Mota é a vez do governador Wagner liberar primeira parcela para construção de ginásio, novos campos e estacionamento


67684_133442513474810_185187354_n

Depois que Fábio Mota divulgou que a primeira parcela do contrato para a construção do Avenida Barradão já se encontra nas mãos da diretoria do clube, outra boa noticia relacionada a verbas empenhadas para melhorias no Barradão e seu entorno chega a Toca.

Desde 2009 que o Vitória e o governo do estado assinaram acordo mas os valores combinados estavam até hoje emperrados e muitos até desacreditaram que o projeto sairia do papel, mas desta vez as coisas começaram a andar, parece que a liberação da verba da via expressa Barradão/Paralela refrescou a memoria e R$ 900 mil dos R$ 11 milhões já chegaram a toca do Leão.

O acordo entre Governo e Vitória, prevê a construção de três campos profissionais, cinco quadras poliesportivas, estacionamentos e 1 ginásio de esportes na região do Barradão. Para justificativa do investimento o clube, por sua vez, faria a realização de trabalhos sociais com cerca de 250 crianças carentes da região de Canabrava, localidade que fica em torno do estádio Barradão, disponibilizando todo seu staff de profissionais, “ao custo de R$ 7 milhões por ano”.

[OPINIÃO] Uma avenida só não faz Barradão


558852_375250605896399_1454174221_n

Retirado do site Leão da Barra

publicada por Mário Pinho em 18.12.2012 às 15:35

O anúncio feito pelo Secretario Nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Fábio Mota, quanto ao repasse dos recursos para a construção da Avenida Barradão, fez bater novamente o sentimento de esperança do torcedor rubro-negro em ver o Leão continuar atuando em seu Santuário com mais facilidade. Mas as coisas precisam ser mais bem explicadas.

A primeira verdade é que Fábio Mota, conselheiro e candidato declarado à presidência do Vitória, utilizou-se do fato da Toca do Leão ter sido selecionada como centro de treinamento de seleções da Copa de 2014 para agilizar a verba que viabiliza a construção da via expressa ligando a Avenida Paralela ao Barradão.

É aí que mora outra verdade; a tendência brasileira é a modernização dos palcos futebolísticos, tanto públicos quanto privados. Ou seja, só a facilitação no acesso não dá ao Vitória um novo estádio e, consequentemente, a certeza da desistência da Fonte Nova como novo mando de campo.

Com um contrato assinado para quatro jogos na nova arena, a diretoria rubro-negra se comporta como um homem casado que se arrisca a marcar um encontro com outra mulher – mais nova e mais bonita. Diante da acomodação de parte da torcida que, com toda certeza, se satisfará com a estrutura da Fonte Nova, será difícil não deixar a tentação falar mais alto.

Em seu twitter Fábio Mota critica frequentemente a inércia na busca de investidores para a modernização do Manoel Barradas. A postura de Mota é semelhante a do ex-presidente Paulo Carneiro, que de quando em quando relembra, também por meio das suas redes sociais, fotos e vídeos do projeto da Arena Multiuso, promessa d’um equipamento às margens da Paralela.

Contudo, no Barradão esse assunto não é comentado. A área atual pertencente ao Vitória permite a construção de uma moderna arena, de um magnífico centro de treinamento a até mesmo de um ginásio poliesportivo. Um convênio até já foi assinado com o governo do Estado, em 2009, que tornou real a execução desses projetos, mas até hoje nenhum sinal de obras. Segundo um conhecido site local, o governo prometeu, mas não tem como pagar.

Mais uma verdade nessa história, e talvez a mais animadora, é que os aproximados 4 km de distância entre a Paralela e o Barradão são cercados de prédios residenciais e construções irregulares, marginais a vias de pequeno porte. Ou seja, a construção da tão sonhada Avenida Barradão sem dúvidas acabará com a maior crítica ao estádio, que é o acesso, e contemplará a indiscutível maioria dos torcedores que não aceitam sequer especulações quanto ao abandono do chamado “Santuário”.

Por fim, e mais do que importante, é preciso que se faça barulho na Toca. A via-expressa é de suma importância, mas o Barradão não pode continuar do jeito que está. A eleição está chegando e o equipamento não pode deixar de ser uma prioridade para a próxima gestão. Manter o atraso do estádio é atrasar o próprio clube e disso os times nordestinos não precisam mais.

E cá para nós, mais vale a pena conservar a mulher amada ao se aventurar em uma “pagou, pegou”, não é mesmo?