[Criciúma x Vitória] O objetivo é o mesmo, vencer!


Agora só resta a série B, e com isso aumenta a responsabilidade do Vitória na competição, o adversário de hoje lidera a competição e é como já tinha dito no texto de analise dos clubes um time chato de ser  batido, possui uma marcação forte e atualmente mais avançada, por isso o rubro negro terá que se superar num quesito que tem sido critico, as triangulações e acertos no toque de bola, se Carpegiani conseguiu nestes cinco dias de folga imprimir um pouco do seu estilo, teremos um Vitória competitivo lá no sul.

De resultados opostos nos últimos jogos já que o tigre ganhou de 4×1 e o leão sofreu este mesmo placar, ambos buscam a mesma coisa no jogo de hoje, vencer, o Vitória para se aproximar da liderança que é do próprio criciúma, que tenta já se isolar na ponta da tabela.

Para o confronto desta noite o Vitória vem cheio de modificações, Douglas recuperado de contusão volta ao gol, Wellington Saci volta a lateral esquerda e Gabriel vai para direita, Ananias e Eduardo Ramos entram no lugar de Uelliton e Pedro Ken que se machucaram, será a estreia do meia que veio do Náutico, e a torcida carente de um camisa 10 aguarda ansiosamente por um futebol de um meio campo clássico , daqueles que deixa o atacante na cara do gol.

Paulo Cesar Carpegiani teve alguns dias para treinar e o fez com muito afinco, parando as jogadas, cobrando marcação avançada, toques rápidos, jogadas pelas laterais e jogadas ensaiadas em cobrança de falta. Será que já deu tempo do time imprimir o estilo PCC de futebol? Se a resposta for sim, teremos grandes chances de retornar a Salvador com os 3 pontos na bagagem, se não, teremos que contar com uma boa dose de sorte, mas em ambos o que vale mesmo é triunfar e que bom será se for jogando um futebol que encha os olhos do torcedor.

Líder da serie B até o momento o Criciúma de Paulo Comelli tem uma forte marcação no campo adversário e a velocidade do contra ataque como principal arma, o atacante Gilmar revelado na base do Vitória como sabemos é muito veloz e é o homem a ser lançado no ataque, o seu companheiro Zé Carlos não é tão veloz mas passa a bola com qualidade e rapidez o que confunde muitas vezes a defesa adversaria, é preciso marcar em cima e encurtar os espaços, com isso o Vitória neutraliza boa parte do esquema do tigre que também tem a bola aérea como ponto forte, e neste quesito eu espero que o trabalho feito por Carpegiani tenha dado resultado, pois este “foi” um martírio do Vitória nos últimos anos.

SÉRIE B

Criciúma x Vitória 

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).

Data: Terça-feira, 29 de maio.

Horário: 21h50.

Árbitro: Claudinei Forati Silva (CBF/SP).

Assistentes: José Chaves Franco Silva (CBF/RS) e José Favel Silveira (CBF/RS).

Criciúma: Douglas; Ezequiel, Nirley, Matheus e Marlon; Elias, Fransérgio, Lucca e Kléber; Zé Carlos e Gilmar. Técnico: Paulo Comelli.

Vitória: Douglas; Gabriel, Victor Ramos, Rodrigo e Wellington Saci; Ananias, Rodrigo Mancha, Eduardo Ramos e Tartá; Marquinhos e Neto Baiano. Técnico: Paulo César Carpegiani.

 

O OLHAR DA FELINA

Calma galera, eu sei que vocês estão ansiosos pela estreia, mas após um longo tempo de negociação, o LMP conseguiu comprar o passe de Jéssica, foi muito esforço, um alto salario, pagamento de luvas e acabou dando tudo certo, o  diretor Mocota estava acompanhando o trabalho de Jessica a tempo e viu que era o perfil que estávamos precisando, e assim que ele falou com o presidente Valmerson, os trabalhos começaram, contactamos o marketing e aí foi criado um banner, o Diretor Geraldo fez as petições  e conseguimos fazer a contratação, a receptividade da galera em receber o novo reforço nos animou muito e a felina nos pediu um tempo para ficar em melhor forma e assim corresponder as expectativas da exigente massa rubro negra logo de cara, por isso em breve vocês contarão com a maestria e sabedoria de Jéssica em: O OLHAR DA FELINA.