Vitória na expectativa de marcar 2014 em sua história


cats

É inegável que o Vitória começa o ano de 2014 mais forte do que as ultimas temporadas, a manutenção da base com Escudero, Juan, Ayrton, Cáceres e Wilson, juntamente com o multi-especulado treinador Ney Franco empolgam, mas por outro lado, a falta das contratações para reposição neste dado momento preocupam e deixam o torcedor irritado.

A quinta colocação no campeonato brasileiro e ter ficado em 8º no ranking de melhores clubes do ano deram moral ao rubro negro e o discurso é de que será um ano muito forte e com maiores investimentos no futebol, além do mais o time conta com uma nova diretoria comandada por Carlos Falcão e Epifânio Carneiro que prometem continuar o ritmo de crescimento do clube.

Para que definitivamente 2014 fique marcado positivamente na história do leão, é necessário reforçar pontualmente o seu elenco, com mais da metade de jogadores oriundos das divisões de base, o rubro negro precisa de titulares para a zaga, um meia armador, mesmo acreditando no potencial de Arthur Maia, um outro meia, um atacante e dois centroavantes.

O aspecto negativo até agora, vem da não manutenção da dupla de zaga Victor Ramos e Kadu e do atacante Maxi Biancucchi o que criou grande reboliço, ainda mais com o desfecho do mesmo indo para Itinga.

Cadê a grana?

Com a venda de Gabriel Paulista houve a promessa de contratar um grande atacante, fazer reforços pontuais e isso não aconteceu, somado a isso veio a venda de Léo e o dinheiro já teria sido depositado na conta pelo Flamengo, mas o Vitória continua letárgico e perde-se grandes chances de reforçar pontualmente o elenco e é nesse ponto que faço as minhas criticas a diretoria (porque fazem parte da antiga gestão), falta objetividade, falta rapidez, falta parar de 3 diretores irem a rádios diferentes e cada um dizer uma coisa. Isso mostra desorganização e amadorismo.

Maxi e Contratações

Maxi: Houve erros na condução das negociações e faltou profissionalismo quando o clube não antecipou as conversas, empresário de Maxi é de falto um grande leiloeiro, mas a verdade é que Queiroz e Falcão terão que se desdobrar para anunciar um nome forte para posição e Zeballos já foi descartado.

Zagueiro: Léo do Cruzeiro pretendido em 2013 esta a disposição, basta agora correr atrás e procurar o atleta que acredito ter um bom potencial, com isso ainda precisaríamos de mais um bom zagueiro, isso contando que Dão dará muito certo.

TIME DE 2014

Goleiros: Wilson demonstrou sem um grande goleiro e tem tudo para se firmar no coração do torcedor, terá com sombra os goleiros da seleção brasileira de base Gustavo e Seleção Boliviana de base e principal Guillhermo, é uma posição que dá tranquilidade.

Zagueiros : O calcanhar de Aquiles, Com apenas Dão de contratação e os jovens da base Matheus Salustiano, Josué e Vinicius é sem duvida a posição mais carente e que precisa urgentemente de dois grandes nomes.

Laterais: Com Euller, Mansur, Tarracha e Juan na esquerda, Nino (caso se cure, vou mandar a sessão do descarrego) e Ayrton é outro setor com grande força, tem titulares e reservas de condição excelente.

Volantes: Cáceres e Marcelo saem na frente e terão a companhia de Neto Coruja, Gabriel Soares, Mineiro e Lucas Zen o setor é forte e deve alegrar Ney Franco.

Meias: Escudero, Arthur Maia, Mauri, Felipe e Leílson Escudero é incontestável e os garotos possuem potencial, mas ainda precisamos de 2 contratações no setor.

Atacante: Marquinhos que mantenha o futebol que teve com Ney e Willie deixe de ser o novo Jobson/Balotteli e coloque a cabeça no lugar, é talentoso mas acha que joga muito mais do que na verdade joga. Willian Henrique um bom reserva, e Léo Ceará tido como promissor pelo treinador, mostra que ainda precisamos de mais um atleta pelo lado do ataque.

Centro Avante: Com o artilheiro Dinei machucado o questionado Pedro Oldoni começa como referência, mas todos sabemos que precisamos de dois grandes nomes no setor.

TIME BASE: Wilson, Ayrton, Dão contratar, contratar, Juan,  Marcelo, Cáceres, Escudero, Arthur Maia, Marquinhos e Pedro Oldoni.

MAXI E ESCUDERO

RANKING LMP: Temos um novo campeão, Deivid superou o primeiro campeão Geraldo e o atual Bi-Campeão Mocota e sagrou-se o  novo cara do Leão Minha Paixão, na temporada 2013 Deivid foi imbatível e chegou ao título com extrema facilidade, diria até com 10 rodadas de antecipação, meus parabéns e agradecimento a Deivid e a todos que comentam no LMP, vocês são a razão deste blog existir.

1º Deivid

2º Mocota

3º Geraldo

4º Augusto Caffe

5º Vilson

6º Junior

7º Fábio Monteiro

8º Jessica

9º Dantas de BH

10º Marcos

Anúncios

Carlos Falcão é eleito presidente do Vitória por Aclamação!


CARLOS Falcão

Por aclamação, Carlos Sérgio Falcão foi eleito o novo Presidente do Conselho Diretor do Esporte Clube Vitória.

Como já havia antecipado há alguns meses não houve bate chapa para a eleição de presidente do ECV, isso porque o candidato da oposição Petter Silva renunciou a cabeça do Vitória século XXI e como também já havia previsto Fabio Motta não iria para o pleito apesar de ter armado palanque.

A verdade é que o triunfo de Falcão estava desenhado há muito tempo e esse tende a ser uma continuação do mandato de Alexi Portela, ainda que de forma indireta, pois o que se mostra é que existe um planejamento previamente aprovado para essa nova gestão que o Carlos Falcão e seu Vice Epifânio já participavam.

Falcão fica no cargo pelo triênio 2014 à 2016 e poderá tentar reeleição, ele substitui Alexi Portela que deve presidir o conselho fiscal do clube e que foi mandatário por 8 anos.

SITE OFICIAL DO VITÓRIA

Os conselheiros do Vitória deram mais um show de democracia e por aclamação elegeram Carlos Sergio Falcão presidente do Conselho Diretor do do clube para o triênio 2014/16, na noite desta segunda-feira, em Reunião Ordinária realizada no Estacionamento Interno do Estádio Manoel Barradas. A chapa “13 de Maio” tem como vice-presidente Epifânio Carneiro Filho.
Para o Conselho Fiscal foram eleitos Alexi Portela Júnior, que deixa a presidência do Conselho Diretor. Os membros efetivos do Conselho são Raimundo Dias Viana, Carlos Fernando Amaral Júnior, Pedro Amâncio de Araújo Filho e Carlos Alberto Silveira. Como suplentes os conselheiros eleitos são Luciano Patrício de Oliveira, Antônio Ricardo Goes Lima  e Jair de Oliveira Santos Filho.

[CLUBE FORMADOR] Vitória recebe certificado da CBF


Vitória recebe o certificado da CBF de clube formador de jogadores o bom trabalho feito com os jovens atletas nas categorias de base do Vitória rendeu ao Rubro-Negro o certificado de clube formador, fornecido pela CBF. O documento aponta que o Vitória possui todos os requisitos exigidos pela CBF, como condições técnicas, médicas e educacionais adequadas para os atletas menores e tem validade de dois anos.

O diretor das categorias de base, Epifânio Carneiro, disse estar feliz com a conquista e acha que o diploma pode mudar o futebol brasileiro.

Vejo com muita alegria esse prêmio que recebemos e acho que as coisas começam a mudar no futebol brasileiro. Com o certificado, espero que com as pessoas que tratam do futebol de base passem a levá-lo a sério no país, com respeito aos atletas e seus pais, e que tenham fim as propostas indecentes que iludem os jovens atletas – disse.

Epifânio lembrou o histórico do clube nas divisões de base do futebol. Segundo ele, o Vitória teve uma queda de rendimento entre 2005 e 2007, quando o foco estava voltada para volta do futebol profissional à elite do esporte. O clube possui atualmente cerca de 200 garotos na base e 15 incorporados ao elenco profissional. O diretor ressaltou também o acompanhamento educacional com os jovens atletas, para que eles estejam preparados para a vida fora do esporte.

Tivemos uma queda entre 2005 e 2007, mas hoje já conseguimos nos reajustar e o certificado comprova isso. Nos últimos cinco anos, conquistamos 49 títulos juntando todas a categorias. Para estarem aqui, os meninos precisam estar matriculados na escola. Fazemos um acompanhamento do rendimento deles nos estudos, damos apoio psicológico e assistência social. Tudo para que possam estar preparados para a vida, caso não vinguem no futebol – comentou Epifânio.

O certificado não é apenas um documento que atesta como bom o trabalho que um clube realiza nas categorias de base. Ele também traz beneficio. O time que forma o jogador tem preferência na renovação com ele após seu primeiro contrato.

A principal vantagem que a gente conquista é vantagem na renovação dos atletas que a gente forma. Isso é importante porque, geralmente, eles assinam o primeiro contrato com 16 anos e ele termina quando os atletas estão começando a atuar entre os profissionais. Assim, nós podemos nos defender das propostas vindas de fora que
muitas vezes tiram os jogadores do país.

http://www.lancenet.com.br/vitoria/Vitoria-certificado-CBF-formador-jogadores_0_802119942.html#ixzz2AyU7DUPJ