Mudanças continuam, Sinval Vieira pode assumir a base!


SAM_0544

 

A diretoria do Vitória convidou Sinval Vieira para assumir a divisão de base do clube e o ex-diretor prometeu pensar no assunto. Uma surpresa, já que Sinval sempre que perguntado sobre o retorno ao clube, diz estar muito feliz como comentarista e que apesar da paixão pelo Vitória não deseja nesse momento em voltar aos bastidores do futebol.

Caso aceite o pedido, João Paulo deixa a base e passa  a ser o gerente de futebol no lugar de Flavio Tanajura que esta com situação indefinida no clube.

O Rubro negro ainda deve oficializar em breve a contratação de Felipe Ximenes como novo gestor de futebol em lugar do já demitido Raimundo Queiroz.

O Vitória na expectativa de um futuro glorioso(Gestão e Nordestão)


Esta semana fomos agraciados com duas noticias que realmente devem ser festejadas. Equilibrar os negócios do Vitória para elevar o clube ao patamar dos 10 maiores clubes do país e em seguida veio o lançamento oficial da Copa do Nordeste 2013 que terá o apoio da CBF e grandes parceiros comerciais.

Pois bem queridos, é verdade que tudo ainda é tudo ainda é mera especulação, mas a verdade é que o processo de gestão e o retorno da Copa do Nordeste tem tudo para ser um divisor de águas na história do futebol nordestino e é claro que, sobretudo o do Vitória. Há tempos que o meu pedido, o de tantos blogueiro, conselheiros e outros torcedores é que o Vitória tenha um planejamento dos seus departamentos, que haja criação de metas e profissionalização de seus setores, e foi justamente está iniciativa tomada pelo presidente Alexi Portela que foi muitas vezes duramente criticado por mim pela chamada politica de pés no chão, a melhor de todo o seu mandato na história do Leão e que pode sem duvida alguma colocar o seu nome num hall diferenciado na memoria do clube e dos seus torcedores.

De acordo com o Alexi e Falcão o clube busca através da contratação do Instituto especialista em gestão, Educação, Política e Estratégia(INGEPE) fortalecer e organizar o departamento de futebol, profissionalizar o marketing e atrair parceiros comerciais e consequentemente trazer frutos nas divisões de base, e patrimônio. A medida visa elevar o faturamento do  Vitória e chegar ao patamar dos 10 maiores clubes do Brasil se pensarmos que existem 4 grandes no Rio, 4 grandes em São Paulo, 2 no RIo Grande do Sul, 2 em Minas e logo depois vem equipes de porte médio 2 no Paraná, 2 na Bahia, 2 em São Paulo, 2 em Pernambuco e 2 em Goiás, o leão estaria pulando para a figura daqueles clubes brigam ano a ano pelos títulos nacionais e vagas nas competições internacionais , é se misturar entre:

1São Paulo

2Santos

3Corinthians

4Internacional

5Fluminense

6Flamengo

7Vasco

8Cruzeiro

9Grêmio

10Atlético MG

11Botafogo

12Palmeiras

Penso que está é mais ou menos a ordem dos 12 maiores clubes do país nos últimos 10 anos e se o objetivo do Esporte Clube Vitória é se infiltrar nesta zona e se fixar como um dos 10 maiores, teremos times mais competitivos, crescimento em patrocínios, títulos e torcida.

O retorno do Nordestão

Confesso que estou muito feliz e saudoso, está competição foi a primeira em que v i o Vitória sagrar-se campeão ao-vivo, pois estive na fonte nova naquele jogo em 97, é sem duvida alguma o torneio mais charmoso do país, e tem a rivalidade a flor da pele, sem duvida algum será um sucesso de publico e trará novamente o orgulho ao futebol do nordeste, em 2013 a Copa do Nordeste será somente uma sombra do que ela se tornará em cerca de dois a três anos, mas a edição 2013 será a mais importante, isso porque o seu sucesso e bom desempenho em audiência e publico atrairá mais parceiros comerciais e fará com que haja briga também entre as TVs abertas e fechadas e a vaga na sul-americana a partir de 2014 só abrilhantará mais a competição.

Os grupos da 1ª fase

Grupo A: Bahia, Ceará, ABC e Itabaiana

Grupo B: Sport, Fortaleza, Confiança e Sousa

Grupo C: Vitória, América/RN, Asa e Salgueiro

Grupo D: Santa Cruz, CRB, Campinense e Feirense

Os dois primeiros times de cada grupo avançarão para a fase mata-mata, da seguinte forma:
A1 x C2 / C1 x A2
B1 x D2 / D1 x B2

O vencedor de 2013 leva como prêmio a quantia que gira em torno de R$ 1 milhão. Em 2014, o campeão ganhará, além deste valor, vaga na Copa Sul-Americana de 2014.
Vitória, Bahia e Feirense fora da primeira fase do estadual

Participantes da Copa do Nordeste 2013, Bahia, Vitória e Feirense não participarão da primeira fase do Campeonato Baiano do mesmo ano. Essa foi à decisão divulgada pelos clubes durante o evento de lançamento da competição regional, realizado na noite desta quinta-feira, 13, em Fortaleza.

As três equipes só entrarão no estadual durante a segunda fase da competição, que começará obrigatoriamente após o dia 17 de março, última data reservada pela CBF para a disputa do Nordestão em 2013.

Rumo ao Hexa, Pega Leãooooooooooooo!

Raimundo Queiroz Retorna ao comando do departamento de futebol do Vitória


A diretoria do Vitória  confirmou no inicio da noite desta terça-feira (6) a contratação do seu novo gestor de futebol: Raimundo Queiroz, que assumirá a função pela segunda vez e confesso que é o meu nome preferido ao cargo.

Queiroz esteve no Vitória em 2009 e fez um trabalho bom, contratou Nino e proporcionou o retorno de Paulo Cesar Carpegianni as funções de treinador depois de mais de uma década e com sucesso. Conseguiu armar o time campeão baiano e que esteve bem no campeonato brasileiro e terminou na décima colocação no certame nacional, sua saída foi por intervenção do conselho do clube que preferiu Jorginho Sampaio, espero que desta vez Raimundo tenha autonomia para trabalhar.

 

Raimundo Queiroz fala sobre o seu retorno

É uma grande oportunidade de fazer um trabalho por completo. Tenho alguns projetos aqui em Goiânia, mas um convite do Vitória eu não poderia recusar. O Vitória é um clube que mora em meu coração e tenho muito carinho por sua torcida, que sempre me tratou bem, a imprensa e os dirigentes, que considero como irmãos. O importante é que meu nome teve uma aceitação de todos e sei que posso ajudar muito o Vitória –

 

Quando saí do Vitória fiquei com o coração partido, por não ter completado o trabalho de forma correta. Mas procurei ajudar muito o Vitória nesse período longe do clube e o cordão umbilical não foi rompido – disse.

 

Raimundo Queiroz chega a Salvador na segunda e tem como objetivos contratar dois jogadores para reforçar o elenco, e profissionalizar o departamento de futebol do clube.

Índio Processa o Vitória

Virou graça. O atacante Índio, resolveu atirar uma das suas tradicionais flechada, agora no próprio no Vitória. Segundo o site Bocão News, o atacante Índio, que defende as cores do Esporte Clube Vitória, entrou no último dia 20 de janeiro com uma ação trabalhista contra o clube da Toca do Leão. O atleta cobra do rubro-negro o pagamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), dos tempos em que esteve defendendo, por empréstimo, o Chunnam Dragons, da Coreia. A data da audiência entre Índio e o Vitória está marcada para o dia 8 de maio, na 9ª Vara do Trabalho de Salvador.

Índio retornou ao Vitória no início deste ano, após passar as duas últimas temporadas emprestado ao clube coreano. O atacante sagrou-se artilheiro do Campeonato Baiano em 2007, marcando 27 gols em 26 partidas, cinco dos quais anotados na vitória sobre o arquirrival Bahia por 6 a 5. Desde quando desembarcou no Barradão o jogador ainda não atuou.

SUB-17 continua na competição por índice Técnico

COPA RIO – Equipe com melhor índice técnico depois das classificadas, o Vitória segue disputando a Copa Rio Sub-17. Nas quartas-de-final, o time rubro-negro perdeu nos pênaltis para o Audax, ex-Pão de Açúcar, e agora nas oitavas-de-final enfrentará o Internacional, de Porto Alegre, nesta quarta-feira, dia 7, às 14 horas, no Estádio Cláudio Moacir de Azevedo.

 

Uma bomba caiu na torcida do Vitória


Já escrevi aqui no blog sobre este assunto, mas desta vez a coisa é mais seria do que eu imaginava, para quem não adivinhou ainda ao que estou me referindo, trata-se da demissão de Newton Drummond (Chumbinho) por interferência do conselho deliberativo do Esporte Clube Vitória.

Raimundo Queiroz foi derrubado do departamento de futebol por conselheiros que desejavam a permanência de Jorginho Sampaio, na quebra de braços, sobrou para o bigodudo, outro que sofreu perseguição no seu bom momento no clube e sucumbiu foi Ricardo Silva, a verdade é que mesmo não concordando com algumas coisas que Ricardo fez no Vitória, não posso deixar de declarar que o que conselheiros fizeram com ele, fez com que desesperadamente ele buscasse um meio de permanecer o mais tempo possível no cargo, sem apoio e com muitas cobranças, nosso ex-treinador teve que sucumbir a uma política de resultados e de aglutinação com determinados jogadores e como numa tragédia anunciada é claro que isso não iria muito longe.

Alguém lembra como aconteceu a saída de Mauro Galvão?

Depois de sair do Grêmio Mauro Galvão chegou ao Vitória com a obrigação de fazer um bom trabalho, mas pouco tempo depois, o mesmo percebeu que as coisas não seriam simples no rubro negro, isso porque as contratações e outras tarefas do departamento de futebol não eram decididas naquele setor e encaminhadas ao presidente para ser sancionado, antes da assinatura de Alexi Portela as decisões passavam pelo crivo de conselheiros e quando as coisas chegavam a um consenso o Vitória já tinha perdido a contratação do jogador, foi assim com Maxi Lopez(corigi o nome) e com Loco Abreu que aguardavam apenas o desfecho deste imbróglio e acabaram vestindo outras camisas que não a do Vitória.

Mauro Galvão saiu com fama de lerdo nas negociações  e de que não entendia do setor, mas será mesmo que isso é verdade? Ainda teve o fato das criticas dele há um determinado radialista que estranhamente tem a preferência dos dirigentes e conselheiros do clube, o que facilitaram ainda mais a sua saída.

Chumbinho chegou, começou a trabalhar e vai embora

Newton Drummond (Chumbinho) chegou sendo o décimo dirigente do departamento de futebol da era Alexi Portela,isso em cerca de 7 anos, desconfiança e temor logo deram lugar a esperança, o trato com a imprensa e a demonstração de conhecimento das suas funções dentro de um clube de futebol fizeram Chumbinho o nome forte do Vitória, isso no que tange a profissionalização do clube e as montagens de elenco e também no gerenciamento das atividades de atletas e comissão técnica, o mesmo comprou briga com a imprensa corrompida baiana, foi avacalhado sem chances de se defender, mas teve o apoio da torcida que reconheceu nele uma pessoa para trazer a Toca da Leão o profissionalismo que tanto se deseja.

Foram apenas 6 meses, e sem duvida as melhores e mais coerentes contratações da era Alexi Portela no Vitória, a maneira como conduziu os processos de contratações e assinatura de contrato é digno de alguém que domina o que faz, e que não veio para Salvador apenas com o nome de ter dirigido o Internacional, Chumbinho mostrou que existe a possibilidade de um caminho diferente, mas novamente os conselheiros querem tratar o clube como suas capitanias hereditárias e retardas o crescimento do Leão da Barra.

O nome mais forte para assumir o departamento é de João Paulo (cordenador das divisões de base) e nada contra a ele, mas isso demonstra que enquanto o estatuto não for mudado e enquanto pessoas capacitadas como Raimundo Queiroz e Newton Drummond não puderem exercer a sua autonomia para deliberar aquilo que precisa ser feito rumo a profissionalização do Vitória, que ficaremos a mercê da vontade de apadrinhados que acreditam ser donos do ECV por apenas terem contribuído em algum momento para algo dentro do clube. Lamentável e decepcionante, estamos perdendo um momento precioso, e só pela torcida que o Leão ainda continuará de pé!

SRN

Para quem quiser ver o outro texto que escrevi sobre o assunto: A Nebulosa escondida na Toca é só clicar no link abaixo:

https://valmerson.wordpress.com/2010/09/17/a-nebulosa-escondida-na-toca/

Que palhaçada é esta ALEXI PORTELA( Os motivos da saida de Chumbinho)