Vitória na expectativa de marcar 2014 em sua história


cats

É inegável que o Vitória começa o ano de 2014 mais forte do que as ultimas temporadas, a manutenção da base com Escudero, Juan, Ayrton, Cáceres e Wilson, juntamente com o multi-especulado treinador Ney Franco empolgam, mas por outro lado, a falta das contratações para reposição neste dado momento preocupam e deixam o torcedor irritado.

A quinta colocação no campeonato brasileiro e ter ficado em 8º no ranking de melhores clubes do ano deram moral ao rubro negro e o discurso é de que será um ano muito forte e com maiores investimentos no futebol, além do mais o time conta com uma nova diretoria comandada por Carlos Falcão e Epifânio Carneiro que prometem continuar o ritmo de crescimento do clube.

Para que definitivamente 2014 fique marcado positivamente na história do leão, é necessário reforçar pontualmente o seu elenco, com mais da metade de jogadores oriundos das divisões de base, o rubro negro precisa de titulares para a zaga, um meia armador, mesmo acreditando no potencial de Arthur Maia, um outro meia, um atacante e dois centroavantes.

O aspecto negativo até agora, vem da não manutenção da dupla de zaga Victor Ramos e Kadu e do atacante Maxi Biancucchi o que criou grande reboliço, ainda mais com o desfecho do mesmo indo para Itinga.

Cadê a grana?

Com a venda de Gabriel Paulista houve a promessa de contratar um grande atacante, fazer reforços pontuais e isso não aconteceu, somado a isso veio a venda de Léo e o dinheiro já teria sido depositado na conta pelo Flamengo, mas o Vitória continua letárgico e perde-se grandes chances de reforçar pontualmente o elenco e é nesse ponto que faço as minhas criticas a diretoria (porque fazem parte da antiga gestão), falta objetividade, falta rapidez, falta parar de 3 diretores irem a rádios diferentes e cada um dizer uma coisa. Isso mostra desorganização e amadorismo.

Maxi e Contratações

Maxi: Houve erros na condução das negociações e faltou profissionalismo quando o clube não antecipou as conversas, empresário de Maxi é de falto um grande leiloeiro, mas a verdade é que Queiroz e Falcão terão que se desdobrar para anunciar um nome forte para posição e Zeballos já foi descartado.

Zagueiro: Léo do Cruzeiro pretendido em 2013 esta a disposição, basta agora correr atrás e procurar o atleta que acredito ter um bom potencial, com isso ainda precisaríamos de mais um bom zagueiro, isso contando que Dão dará muito certo.

TIME DE 2014

Goleiros: Wilson demonstrou sem um grande goleiro e tem tudo para se firmar no coração do torcedor, terá com sombra os goleiros da seleção brasileira de base Gustavo e Seleção Boliviana de base e principal Guillhermo, é uma posição que dá tranquilidade.

Zagueiros : O calcanhar de Aquiles, Com apenas Dão de contratação e os jovens da base Matheus Salustiano, Josué e Vinicius é sem duvida a posição mais carente e que precisa urgentemente de dois grandes nomes.

Laterais: Com Euller, Mansur, Tarracha e Juan na esquerda, Nino (caso se cure, vou mandar a sessão do descarrego) e Ayrton é outro setor com grande força, tem titulares e reservas de condição excelente.

Volantes: Cáceres e Marcelo saem na frente e terão a companhia de Neto Coruja, Gabriel Soares, Mineiro e Lucas Zen o setor é forte e deve alegrar Ney Franco.

Meias: Escudero, Arthur Maia, Mauri, Felipe e Leílson Escudero é incontestável e os garotos possuem potencial, mas ainda precisamos de 2 contratações no setor.

Atacante: Marquinhos que mantenha o futebol que teve com Ney e Willie deixe de ser o novo Jobson/Balotteli e coloque a cabeça no lugar, é talentoso mas acha que joga muito mais do que na verdade joga. Willian Henrique um bom reserva, e Léo Ceará tido como promissor pelo treinador, mostra que ainda precisamos de mais um atleta pelo lado do ataque.

Centro Avante: Com o artilheiro Dinei machucado o questionado Pedro Oldoni começa como referência, mas todos sabemos que precisamos de dois grandes nomes no setor.

TIME BASE: Wilson, Ayrton, Dão contratar, contratar, Juan,  Marcelo, Cáceres, Escudero, Arthur Maia, Marquinhos e Pedro Oldoni.

MAXI E ESCUDERO

RANKING LMP: Temos um novo campeão, Deivid superou o primeiro campeão Geraldo e o atual Bi-Campeão Mocota e sagrou-se o  novo cara do Leão Minha Paixão, na temporada 2013 Deivid foi imbatível e chegou ao título com extrema facilidade, diria até com 10 rodadas de antecipação, meus parabéns e agradecimento a Deivid e a todos que comentam no LMP, vocês são a razão deste blog existir.

1º Deivid

2º Mocota

3º Geraldo

4º Augusto Caffe

5º Vilson

6º Junior

7º Fábio Monteiro

8º Jessica

9º Dantas de BH

10º Marcos

Anúncios